Sie sind auf Seite 1von 64

COMO

COMEÇAR A
INVESTIR
MESMO SEM TER
DINHEIRO
SOBRANDO

Em primeiro lugar quero te agradecer


por baixar este e-book. Eu decidi
escrevê-lo por conta das constantes
dúvidas que recebo. Na maioria dos
casos são pessoas que nunca tiveram
o hábito de investir, outras não sabem
como começar, e outras infelizmente
foram tomadas por dívidas.
Independente da sua situação, eu
acredito que se você colocar em
pratica o conteúdo deste e-book, sua
vida financeira será transformada e
como consequência o seu futuro.
ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE
Todas as informações con/das neste guia são provenientes de
minhas experiências pessoais com o aprendizado de economia e
finanças ao longo de vários anos de estudos. Embora eu tenha me
esforçado ao máximo para garan/r a precisão e a mais alta qualidade
dessas informações e acredite que todas as técnicas e métodos aqui
ensinados sejam altamente efe/vos para qualquer pessoa que deseja
prosperar financeiramente, desde que seguidos conforme instruídos,
nenhum dos métodos ou informações foi cien/ficamente testado ou
comprovado, e eu não me responsabilizo por erros ou omissões. Sua
situação e/ou condição par/cular pode não se adequar perfeitamente
aos métodos e técnicas ensinados neste guia. Assim, você̂ deverá u/lizar
e ajustar as informações deste guia de acordo com sua situação e
necessidades.

Todos os nomes de marcas, produtos e serviços


mencionados neste guia são propriedades de seus respec/vos
donos e são usados somente como referência. Além disso, em
nenhum momento neste guia há a intenção de difamar,
desrespeitar, insultar, humilhar ou menosprezar você̂ leitor ou
qualquer outra pessoa, cargo ou ins/tuição. Caso qualquer escrito
seja interpretado dessa maneira, eu gostaria de deixar claro que
não houve intenção nenhuma de minha parte em fazer isso. Caso
você̂ acredite que alguma parte deste guia seja de alguma forma
desrespeitosa ou indevida e deva ser removida ou alterada, pode
entrar em contato diretamente comigo através do e-mail
contato@renatoroquejani.com.br.

3
DIREITOS AUTORAIS
Este livro está protegido por leis de direitos autorais. Todos os
direitos sobre o livro são reservados. Você̂ não tem permissão para
vender este livro nem para copiar/reproduzir o conteúdo do livro em
sites, blogs, jornais ou quaisquer outros veículos de distribuição e mídia.
Qualquer Cpo de violação dos direitos autorais estará́ sujeita a ações
legais.

SOBRE O AUTOR

Renato Roquejani é coach financeiro e empreendedor. Marido da


Fernanda, pai da Júlia e do Joshua. Deixou o que para muitos seria o
"emprego dos sonhos" em uma mulCnacional para viver sua paixão de
ajudar pessoas a prosperar financeiramente, a realizarem os seus
sonhos e viverem o seu propósito de vida. Entusiasta de economia e
finanças, começou a se preocupar com a aposentadoria aos 6 anos de
idade. É o idealizador do programa Prosperidade com Propósito onde
ensina técnicas para prosperar financeiramente com base em
inteligência financeira, inteligência bíblica e técnicas coaching.

Instagram: @renatoroquejani
Facebook: @rroquejani
E-mail: contato@renatoroquejani.com.br
Site: h[p://www.renatoroquejani.com.br/

4
SUMÁRIO
Introdução

PARTE 1 - MENTALIDADE
01. Que limitação?
02. Qual é o Propósito?
03. Como você quer prosperar?
04. Você acredita em mágica?

PARTE 2 - PROSPERIDADE
05. Organizando a casa
06. Fazendo dinheiro
07. Plantando sementes
08. Regando, regando e regando

PARTE 3 - ABUNDÂNCIA
09. A hora da colheita
10. Gratidão e retribuição
11. FIM
INTRODUÇÃO

Eu preciso te contar uma história e ela é sobre mágica. Sendo


bem honesto, existe um ponto aqui onde eu e minha esposa
discordamos. Eu entendo perfeitamente o argumento dela de que
sendo cristão, e uma pessoa que preza pela honestidade, que odeia a
mentira, fica meio estranho fazer truques com o intuito de enganar as
pessoas. Mas por outro lado, as pessoas sabem que não tenho poderes
sobrenaturais para efetuar tais truques, e eu sempre sou honesto
dizendo que estou fazendo um truque e não mágica. Em minha defesa,
eu tenho a alegar que Erik Weisz era judeu, filho de um rabino e ainda
assim fazia seus truques. Não precisa pesquisar no google, eu falarei
mais sobre ele no capítulo 4.

Tudo começou quando minha filha tinha perto de 2 anos de


idade, nós três estávamos no hospital, era uma das primeiras vezes em
visitávamos o Hospital Sabará Infantil, talvez a primeira. Enquanto
aguardávamos o médico chamar a nossa senha, a expressão no rosto
dela era de total desespero. O medo e a incerteza sobre o que
aconteceria naquela sala era maior do que o desconforto que ela sentia
em seu corpo. Eu como pai, faria qualquer coisa para tirar aquele
sofrimento, ainda que fosse possível transferir para mim, mas naquele
momento eu estava impotente, não havia nada que eu pudesse fazer.

Exceto uma coisa... :)

6
... e então eu a fiz.

“O que é isso na sua orelha?” – perguntei – Colocando o dedo


dentro do ouvidinho dela, coçando um pouquinho a parte de dentro, e
ao puxar de volta a minha mão, havia uma bolinha daquelas coloridas
que pulam muito. Eu ainda me lembro daquele sorriso. Por um
momento, não estávamos mais na sala de espera do hospital, eu não
consigo descrever tudo em detalhes, mas existe uma palavra para
aquele momento, foi simplesmente mágico. Além de mágico, durou
muito tempo, pois ainda Gve que atender aos pedidos “vê se tem
mais?”, e não parava mais de sair bolinhas, umas 4 ou 5 no total, todas
diferentes, nem sei como cabiam tantas dentro daquele ouvidinho.

Eu sei que este é um livro sobre finanças, mas poderia ser


sobre mágica. Eu contei essa história porque existe uma grande chance
de que você esteja agora com as suas finanças exatamente como minha
filha estava naquela sala de espera do hospital, em desespero, sem
saber o que fazer, sem saber o que esperar. Ou talvez você esteja como
eu, se senGndo impotente diante de uma situação que você gostaria de
poder resolver e não consegue.

Eu não vou te enganar, eu não sei fazer mágica de verdade.


Mas eu conheço alguns truques de finanças que podem funcionar como
mágica. No decorrer deste livro, eu vou comparGlhar esses truques com
você, para que você possa aplicá-los na sua vida e transformar esse
momento de desespero e incerteza em um momento mágico, para você
e para sua família.

7
PARTE 1
MENTALIDADE
“e não vos conformeis com
este mundo, mas
transformai-vos pela
renovação da vossa mente,
para que proveis qual é a
boa, agradável e perfeita
vontade de Deus.”
Romanos 12:2
01

QUE
LIMITAÇÃO?
QUE LIMITAÇÃO?
Quando eu era criança, cresci assistindo aos filmes do Bruce
Lee, embora nunca tenha praticado kung fu, trago em minha memória
as recordações das lutas, dos gritos, da velocidade dos golpes e
principalmente das cenas com nunchaku (eu ainda tenho um desses de
recordação). Toda essa introdução foi para chamar a sua atenção para
um trecho do filme A origem do dragão que narra o combate épico
entre Bruce Lee e seu rival, o também mestre Wong Jack Man.

Na primeira oportunidade em que eles se encontram, o Bruce


Lee havia acabado de vencer e humilhar o atual campeão de karatê dos
Estados Unidos, então ele caminha em direção ao Wong Jack Man e o
diálogo abaixo acontece:

- Wong Jack Man: Sua técnica é impressionante...


- Wong Jack Man: Mas... tem uma limitação.
- Bruce Lee: Que limitação?
- Wong Jack Man: VOCÊ!

É interessante pensar que alguém que acabou de humilhar o


campeão de karatê possa ter alguma limitação, e provavelmente, assim
como o Bruce Lee, você não consiga ver, talvez não queira ver, ou só
não consiga admitir que pode ser a sua própria limitação. Mas uma
coisa você não pode negar, tudo o que você viveu até agora, te trouxe
até aqui e não foi capaz de te levar mais adiante.

Você precisaria de alguém para lhe dizer não é? Alguém que


se importe com seu futuro... Talvez um especialista.... Um mestre no
assunto... Pelo menos alguém que esteja no seu nível de
conhecimento... Aonde podemos encontrar um.... Quem sabe...

10
VOCÊ É A LIMITAÇÃO, E ISSO NÃO PODE
CONTINUAR ASSIM.
A sua situação atual está limitada por você mesmo. Talvez
você esteja culpando a falta de conhecimento, a falta de oportunidade,
os empresários e ricos do país, o desemprego, o cônjuge, a
enfermidade, o imprevisto, o milagre que não chega, a falta de… Eu
consigo enumerar uma quantidade enorme de adversidades que
podem surgir, mas nenhuma delas irá tirar de você a responsabilidade
de superá-las e lutar pelos seus objetivos. A responsabilidade é sua!

A partir de agora você terá duas opções. Você pode deixar


tudo como está, ou pode buscar algo diferente, para melhor. Eu sei que
você já é um especialista na primeira opção, afinal de contas, você
chegou até aqui, não foi? Já para a segunda opção, a de buscar algo
diferente, ela irá exigir de você muita humildade, em primeiro lugar.
Humildade para reconhecer que você não sabe tudo (se te serve de
consolo, eu também não sei tudo), que pode aprender mais um pouco,
que pode ter cometido erros e precisa aprender com eles, enfim, não
será fácil, mas eu te garanto que valerá a pena.

Antes de continuarmos, eu preciso que você invista cinco


minutos do seu tempo para fazer algo muito importante. É o primeiro
investimento de muitos que você irá fazer a partir deste e-book. Eu
preciso que você pense um pouco e anote quais são as possíveis
limitações que você está impondo para as suas finanças. Se você
delegou a sua responsabilidade para outros, quais limitações eles estão
impondo? E por último, quais atitudes VOCÊ irá tomar a respeito?

11
SUPERANDO A LIMITAÇÃO

Olhe para o elefante, ele tem muita força, mas está limitado
por uma corda que mais parece um barbante. Ela é tão frágil que ele
poderia romper com um esforço mínimo. Porém, ele não o faz, não
rompe a corda, porque dentro da cabeça dele, na sua mentalidade, ele
acredita que aquela corda é muito mais forte do que ele. Como pode?
Simples, quando ele era ainda um filhote e não Cnha a plenitude das
suas forças, ele foi amarrado neste mesmo local por uma corrente, mais
forte do que ele. Então ele tentou, tentou, tentou, até que passou a
acreditar que era impossível se libertar e desisCu. A parCr do momento
em que a crença foi instalada, ele nunca mais tentou. E você
elefanCnho? Já desisCu de muita coisa que não deu certo não é? Não
permita que suas crenças limitem os seus sonhos. Chegou a hora de
testar mais uma vez a resistência dessa corrente, estou certo que ela
será hoje um simples barbante.

12
02

QUAL É O
PROPÓSITO?
QUAL É O PROPÓSITO?

Esse livro se trata de como começar a investir, certo? Mas


antes de chegar lá, você precisa saber o motivo, a razão, o propósito
para o qual você irá investir. Algumas pessoas investem para ser
milionários, outras investem para comprar uma casa para a mãe, outras
investem para atingir a sua independência financeira. Outras inclusive
investem sem nem saber o motivo, por medo de algo ruim acontecer e
acho que você não quer ser uma dessas. Já pensou ter muito dinheiro
investido só esperando o pior? Seria o mesmo que se planejar para o
pior, que eventualmente vai acabar acontecendo.

O próximo investimento de tempo que você irá fazer é em


listar os motivos pelos quais você quer começar a investir. Para isso eu
gosto de usar uma ferramenta chamada Dream List, ou lista dos sonhos,
mas com uma pequena modificação. Na Dream List original, você coloca
ao lado do sonho, uma sigla que representa o tempo (curto prazo,
médio prazo ou longo prazo). Para o propósito deste livro, eu quero que
você coloque um valor, um montante financeiro que irá garantir a
realização daquele sonho.

14
UM EXEMPLO DE DREAM LIST
Só para te avisar, isso é uma lista de sonhos, isso quer dizer
que ela não precisa ser possível no momento, aproveite para sonhar
grande.

Eu confesso que não sei se você irá conseguir realizar todos os


sonhos da sua lista, mas eu sei de uma coisa, se você não sonhar e não
tentar realizar, certamente não acontecerá.

SONHO TEMPO R$
Pagar as dívidas do cartão de crédito CP 20.000

Matricular o filho na escola de inglês CP 6.000

Viagem para Fortaleza nas férias de Julho CP 8.000

Carro novo MP 50.000

Viagem para Disney nas férias de Janeiro MP 40.000

Independência Financeira LP 10.000.000

Construir um hospital para a população LP 60.000.000

Entrar para a lista da Forbes LP 4.000.000.000

* Informações fictícias, faça as contas e cotações de valores antes de adicionar.

Gaste o tempo que você precisar para listar os seus sonhos, e


quando estiver tudo pronto, prossiga por este livro. A partir deste ponto
você saberá exatamente o porquê precisa investir. Isso fará com que
você se sinta muito mais motivado a investir do que simplesmente
investir por investir, ou investir para acumular, ou investir para os
imprevistos...

15
PRIORIDADES PRIMEIRO, CERTO?

Eu aposto que você se empolgou na lista dos sonhos, essa era


a intenção e não tem nada de errado nisso. Mas eu preciso te avisar
que existem prioridades, você precisa garantir algumas coisas antes de
pensar em sair gastando no carro novo ou na viagem para a Disney.

Existem 2 coisas que eu sempre recomendo que as pessoas


considerem antes de saírem gastando todas as suas reservas:

A primeira delas é ter um montante financeiro equivalente a


um ano (doze meses) das suas despesas mensais. Já ouviu falar da
expressão “não tem aonde cair morto”? Ela só se aplica para quem não
se preocupou com isso. Eu gosto de chamar de reserva para
oportunidades, você nunca vai saber quando uma oportunidade (ou
imprevisto) que precisa de dinheiro pode aparecer.

A segunda delas é aposentadoria. Meu Deus, como ainda tem


gente que confia no INSS? Talvez você receba algo ao se aposentar, ou
talvez receba ZERO! Não dá para contar com isso, você precisa investir
agora pensando na sua aposentadoria.

16
03

COMO VOCÊ
QUER
PROSPERAR?
EU NÃO QUERO TER MUITO DINHEIRO
Algumas pessoas acreditam que ter muito dinheiro é algo
negativo, que o dinheiro é maldito, etc... Um pensamento bem egoísta
na minha opinião e que leva a uma vida de escassez. Eu acredito de
coração que se você tem ou se esforça para conseguir a capacidade
para ganhar muito dinheiro, é porque você tem um dom (veja
Deuteronômio 8:18), e mesmo que você não queira muito dinheiro para
si próprio, você poderá ajudar outras pessoas com o excedente. Isso se
chama abundância, ou seja, eu tenho mais do que eu preciso e
compartilho com quem precisa e não tem. Infelizmente, se você não
quer ter muito, você escolheu uma vida de escassez e com certeza deve
estar conseguindo atingir esse. Ninguém precisa de ajuda para isso, já
nascemos especialistas no assunto.

EU VOU FICAR RICO RÁPIDO


Isso é tão comum, a maioria das pessoas está procurando por
uma forma rápida de enriquecimento como se fosse a única alternativa
possível ou viável. Não quero te jogar um balde de água fria mas eu não
acredito nisso. Só quem fica rico com isso são as pessoas que vendem
fórmulas milagrosas para enriquecimento rápido para pessoas
desinformadas. De qualquer forma, se você ainda quer continuar
tentando, posso te ajudar, os números sorteados na loteria próxima
semana serão 12-27-32-41-43-58. Porém tenha muito cuidado, pessoas
que enriquecem da noite para o dia normalmente não estão preparadas
para lidar com tanto dinheiro, em poucos de anos a maioria delas acaba
pior financeiramente do que estava antes de ganhar. Você precisa
aumentar antes a sua capacidade de administrar e gerir uma
quantidade maior de dinheiro do que possui, assim, quando ganhar
muito dinheiro, vai fazer ele multiplicar ainda mais e não perder tudo.

18
EU MEREÇO, SOU FILHO DE DEUS
Se você é cristão, você pensa ou já pensou isso. A maioria dos
cristãos se julga merecedor de receber toda sorte de bênçãos porque
Jesus já conquistou na cruz, etc.. Eu já pensei assim, achava que
merecia e que ia começar a chover do céu tudo o que eu precisava. Eu
acredito em milagres, porém, a bíblia diz que “a cada um será dado
conforme a sua capacidade”, você recebe hoje o que tem capacidade de
administrar. Imagine que uma pessoa está muito endividada e por um
milagre a dívida some, existem grandes chances da pessoa fazer outra
dívida no lugar. Não é assim que Deus faz, ele patrocina projetos,
propósitos, necessidades, se você tiver um projeto que irá abençoar
mais pessoas além de você, ai sim você estará selecionado para receber
a provisão financeira.

EU VOU APRENDER A PROSPERAR

Esse talvez seja o caminho mais difícil, porém, é com certeza o


mais assertivo. Aprender não envolve somente a teoria, porque sem a
prática o conhecimento será inútil. Imagine que você terá aulas teóricas
de natação com Michael Phelps. Na minha opinião, ele tem tudo o que
precisa para fazer de você um campeão da natação. Porém, depois de
receber toda a teoria com ele, você terá que pular na água e praticar o
que aprendeu na teoria. Você vai começar bem ruinzinho e vai precisar
praticar, mais e mais, até ir se aperfeiçoando. É necessário combinar
CONHECIMENTO, PRÁTICA e REPETIÇÃO. E é exatamente desta forma
que iremos abordar finanças aqui neste livro.

Mesmo que você devore o livro, na hora de colocar em


prática, não vai acertar de primeira, mantenha a calma e não desista.

19
04

VOCÊ
ACREDITA EM
MÁGICA?
VOCÊ ACREDITA EM MÁGICA?

Erik Weisz, o filho do rabino, também conhecido por seu


nome artístico Harry Houdini, ou “O Grande Houdini”. Talvez o adjetivo
“grande” seja pouco, ele é possivelmente o maior escapista e ilusionista
de todos os tempos. No dia 7 de janeiro de 1918, ele fez uma de suas
maiores ilusões de palco, diante dos olhos do público ele fez uma
elefanta de 4,5 toneladas desaparecer, as pessoas não estavam
preparadas para aquilo, nunca haviam presenciado algo parecido.
Durante meses, talvez anos, ele foi questionado sobre o paradeiro da
elefanta Jenny. Defensores dos animais alegaram crueldade. Mas o fato
é que algo extraordinário aconteceu e ninguém daquela época ficou
sabendo como.

Nós estamos prestes a entrar na parte 2 deste livro, onde você


irá aprender e colocar em prática alguns truques que irão transformar
suas finanças. Imagine todos os seus problemas financeiros como essa
elefanta de 4,5 toneladas, que está prestes a desaparecer. É possível
que as pessoas ao seu redor queiram saber qual foi a mágica que você
fez, quanto a isso, deixarei a seu critério decidir se pretende
compartilhar seus truques ou não. Se achar válido, pode compartilhar o
link do cadastro para receber este material.

21
MAIS IMPORTANTE AINDA

Mais importante ainda do que acreditar em mágica é você


entender que hoje você é a sua maior limitação. Que você também
precisa definir um propósito para cada investimento. E principalmente,
querer aprender, praticar e repetir. Um esforço que inicialmente pode
parecer pesado, mas que recompensa ao longo do tempo.

SÓ MAIS UM TRUQUE

Antes de prosseguir, preciso que você esteja ciente de mais


um truque. Não existe mágica que nos permita investir sem ter
dinheiro. O dinheiro é o objeto do investimento.

Pode parecer contra intuitivo visto que o título do livro


contém “mesmo sem ter dinheiro sobrando”, mas não é, no decorrer do
livro você irá aprender a fazer dinheiro novo. Quem sabe semelhante a
tirar um coelho da cartola... Ou um elefante... Ou um carro.. Um avião...
Quem sabe algo maior... :)

22
PARTE 2
PROSPERIDADE
“Com a sabedoria edifica-se
a casa, e com a inteligência
ela se firma; pelo
conhecimento se encherão
as câmaras de toda sorte de
bens, preciosos e
deleitáveis.”
Provérbios 24:3-4
05

ORGANIZANDO
A CASA
PRECISO DE 3 VOLUNTÁRIOS
Imagine que você teve a coragem de se candidatar como
voluntário para um show de mágica meu, e junto com você, duas
pessoas que você confia muito e que você tem certeza de que não
foram contratadas por mim. Entre eu e vocês está uma mesa, e eu
estou embaralhando um deck de cartas enquanto faço a seguinte
pergunta: “Vocês estão prestando atenção?”. Após cortar o baralho em
3 montes e colocá-los sobre a mesa, eu peço que você escolha um dos
3 e pegue cuidadosamente somente a carta de cima. Sem deixar que eu
veja, eu preciso que você memorize a carta sem mostrar para as
pessoas ao lado, depois coloque de volta no monte. Depois de
embaralhar mais um pouco, eu corto o baralho no aleatoriamente, e
pego uma carta:

- É essa?
- Não.
- E essa? – Embaralhando e cortando novamente
- Errou de novo – você diz
- Não é possível. Eu nunca errei antes. Mais uma tentativa, se não der
certo vou desistir e largar essa profissão. Mas agora preciso da
participação de vocês 2 aqui do lado, vocês 3 juntos farão esse truque
ficar muito melhor.

Eu repito o procedimento (embaralhar, cortar aleatoriamente


e pegar uma carta) e entrego uma carta para a pessoa a sua direita. Por
favor, olhe a carta, memorize e não conte para ninguém. Depois repito o
procedimento com a pessoa da esquerda. Olhe, memorize e não conte
para ninguém. E por fim, eu repito o procedimento e pego mais uma
carta para você, mas eu te peço, não olhe a sua carta ainda, deixe ela
aqui na mesa por enquanto. E vocês 2 ao lado, deem a última olhada na
carta de vocês antes de devolver a carta para o baralho...

25
Assim que as duas cartas são colocadas de volta, eu
embaralho mais um pouco, e segurando o baralho com uma das mãos,
eu folheio o baralho mostrando todas as cartas que estão ali no baralho
para vocês, cartas sortidas, nenhuma repetida. Vou mostrar novamente
as cartas, preciso que vocês tentem identificar a carta de vocês aqui. E
folheio novamente. Encontraram? Não? Vou fazer novamente. Nada
ainda? Tudo bem, eu acho que a carta de vocês não está mais aqui no
baralho. Mas eu confesso que não quero mais tentar adivinhar, então
eu vou contar até três, e no três, eu quero que vocês juntos me digam
em voz alta qual carta tiraram. Um... Dois... Três... “Seis de copas!” os
três respondem simultaneamente, enquanto um olha para a cara do
outro sem entender como isso aconteceu. Para complicar ainda mais,
havia uma carta em cima da mesa, pode pegar e mostrar para todos? E
lá estava novamente o famoso seis de copas. Impressionante não é?
Mas ainda não acabou. Vocês não conseguiram achar a carta de vocês
aqui no baralho porque ela estava na mesa, então eu quero que vocês
coloquem ela aqui no fundo e prestem bem atenção porque eu vou
folhear o baralho novamente e ela não pode sumir dessa vez, ok? E
agora, ao folhear o baralho... TODAS as cartas do maço se tornam “Seis
de copas”, o baralho inteiro está repleto da mesma carta. Agora sim,
parece mágica.

Talvez esse seja o meu truque preferido, fala sério,


transformar todo o baralho na carta que a pessoa escolheu? Surreal!
Mas eu quero chamar a sua atenção para um detalhe no meio de tudo
isso. Você e as duas pessoas, em boa parte do tempo tiveram a
sensação de controle, só vocês sabiam a carta e principalmente quando
eu não conseguia acertar. Era como se vocês tivessem no controle de
tudo e tinham o poder de me aposentar da profissão de mágico. A
realidade porém era que se tratava de uma falsa sensação de controle.
Eu sempre estive no controle, sempre. Cada um pegou a carta que eu
decidi que pegaria, eu não acertei a carta de propósito, porque as
outras duas pessoas ainda precisavam participar, e aumentar o drama.
Eu sempre estive no CONTROLE de cada frase, cada etapa, tudo.

26
O CONTROLE DAS FINANÇAS
Por algum motivo que eu ainda não descobri qual é, as
pessoas entenderam errado o termo orçamento nas finanças pessoais.
A maioria dos especialistas e livros que falam de finanças recomenda
que a pessoa anote todos os gastos, o tempo todo, sem deixar passar
nada, e que fazendo isso ela vai ter como controlar os gastos. Se você já
tentou fazer isso, com certeza descobriu que é chato pra caramba e a
maioria desiste porque, na real, ninguém aguenta fazer algo chato por
muito tempo. Mesmo usando aplicativos para celular você não
consegue persistir por muito tempo, inclusive com aquele famoso que
conecta no seu banco e faz tudo por você. Mesmo que você anote tudo,
ou use aplicativo famoso, se você estiver anotando tudo para depois
descobrir se deu certo ou deu errado, você está igualzinho estava no
truque anterior, com uma falsa sensação de controle. Depois que você
já gastou mais do que podia, já está gasto, não tem como voltar no
tempo. Isso não é orçamento, na minha opinião é insensatez.

Orçamento significa planejamento, ou seja, você define antes


o quanto irá gastar antes de gastar, e com isso você consegue mensurar
a qualquer momento se está perto do limite, já chegou no limite ou
ainda pode continuar gastando. A vantagem de fazer um orçamento da
forma correta é a de estar no controle. Você não vai mais precisar
chegar ao final do mês para descobrir que alguma coisa deu errado.
Imprevistos sempre vão acontecer, orçamento não é bola de cristal para
prever o futuro, mas ele te permite ter flexibilidade para fazer ajustes e
replanejar o resto do mês sem se arrebentar em dívidas ou gerar aquele
baita estresse. Você já viu algum orçamento empresarial? Normalmente
os departamentos tem um orçamento anual, ou seja, um montante de
dinheiro disponível para investir no departamento. Com aquele
orçamento eles planejam o ano todo, e ao longo do ano vão
executando, medindo e ajustando. NUNCA FALTA DINHEIRO E TAMBÉM
NUNCA SOBRA DINHEIRO, E ISSO É ÓTIMO!
27
NÃO SOBRA NADA???????????
Eu espero que aquele último parágrafo tenha te chamado a
atenção, foi por isso que eu o deixei em negrito. Você deveria estar se
perguntando agora algo do tipo “Como assim não sobra nada e está
tudo ótimo, não deveria começar a sobrar?”. Eu não quero ser irônico
com o que eu vou falar, mas se você estiver esperando sobrar alguma
coisa no final do mês, com certeza não vai ter nada sobrando no final do
mês, nesse caso é melhor que não sobre com você sabendo que não vai
sobrar, não é? Ok, eu tentei confundir sua cabeça de propósito, então
vou simplificar. NÃO DEVE SOBRAR NADA porque você já vai ter
INVESTIDO o que normalmente as pessoas esperam que sobre no final
do mês e nunca sobra, é por isso que é ÓTIMO, porque foi PLANEJADO.
Ao final do mês você irá se sentir realizado, mesmo sem ter nada
“sobrando”.

Todo mundo precisa ganhar dinheiro, isso se chama renda, eu


não vou detalhar a renda aqui porque o próximo capítulo é totalmente
dedicado a ela. Mas você precisa entender que independente do
tamanho da sua renda, a sua capacidade de administração precisa ser
excelente. Eu tenho dito há mais de uma década que mais importante
do que o quanto você ganha é o que você faz com o que você ganha. Se
você não souber gerenciar uma renda de R$1.000,00 vai se perder com
R$1.000.000,00. Porém, entenda que é com uma renda pequena que
você vai começar a se preparar para rendas maiores. “Sobre o pouco
foste fiel, sobre o muito te colocarei”

Antes de partir para a parte prática, eu gostaria de acrescentar


algumas regras. Essas regras irão facilitar muito a sua vida na hora de
gerenciar suas finanças e o seu orçamento, não pode ser chato que
nem o modelo tradicional e ainda tem que te dar o controle, não é?

28
#1 - UM PROPÓSITO PARA CADA R$
Toda vez que você receber algum dinheiro, você irá definir
qual é o propósito ele irá servir. Imagine que você é uma empresa e que
recebeu R$1.000,00 de salário, você vai contratar 10 funcionários que
recebem R$100,00 para este mês. Eles acabaram de chegar na empresa
e não sabem o que fazer, como você está no controle, você vai decidir e
falar para eles. 3 funcionários (R$300,00) cuidar do supermercado, 2
funcionários (R$200,00) vão cuidar do carro, 1 funcionário vai cuidar da
internet, 1 funcionário vai cuidar dos cuidados pessoais, 1 funcionário
vai cuidar do lazer. Você vai delegando até que todos os funcionários
estejam com o seu propósito definido. Entendeu?

Você sabe quem inventou esse método revolucionário de


gerenciar dinheiro? Todo dia eu vejo alguém que inventou e dão um
nome diferente, tem até brasileiros que não me parecem assim tão
genais. Eu desconfio mesmo que quem inventou foram nossos avós,
bisavós, tataravós e por ai vai. Na época deles, não havia governo
populista oferecendo financiamento para tudo o que pode ser
comprado, o crédito bancário era restrito, e o Frank MacNamara só
criou o cartão de crédito em 1950 e ele ainda levaria anos até se
espalhar pelo mundo. Como eles dificilmente tinham acesso a formas
de endividamento, a forma mais comum de sobreviver ao mês era
gastar menos do que ganhavam. E como eles conseguiam isso? De duas
maneiras, uma delas era passar necessidade. Se não tinham dinheiro,
não poderiam comprar, não havia escolha, ponto final. A outra era se
planejar. Separar o dinheiro do mercado, do transporte, da moradia, da
poupança. Eles tinham um caderninho para anotar os gastos? Aposto
que tinham, mas mais importante do que anotar os gastos, eles
controlavam o SALDO de quanto ainda poderiam gastar. E é aqui que
está a grande sacada dos nossos antepassados. O gasto que você
anotou não serve para nada se você não souber o saldo sempre que for
fazer uma decisão de compra.
29
#2 - POUPE PARA ECONOMIZAR
Que papo é esse de poupar para economizar? Não são a
mesma coisa? A resposta é sim e não, depende do contexto. A maioria
dos brasileiros se aperta financeiramente em janeiro e fevereiro, já
reparou? Eu não sei qual foi o gênio que decidiu que o começo do ano é
a época das despesas anuais... IPTU, IPVA, matrícula da escola, material
escolar, licenciamento dos carros, seguro obrigatório. Essa é a época em
que o pessoal se aperta. Fora essa, tem outras despesas que você sabe
que irão acontecer uma vez por ano seguros, manutenção do carro,
manutenção na casa, aniversários, dia das crianças, natal, férias, etc...

Para que o truque seja bem feito, você precisa estar no


controle, mas no controle de tudo, inclusive das despesas anuais. E se a
partir de agora, ao invés de se apertar quando essas contas chegarem,
ou parcelar cada um desses pagamentos, você planejar o seu
orçamento de forma que não haja mais surpresas e apertos?

Como todo ano você paga essas contas, você pode ter uma
ideia aproximada de quanto ela irá custar no ano seguinte. Minha
sugestão é que você comece a poupar 1/12 avos de cada despesa
anual, para que na data do pagamento você tenha o valor integral para
efetuar o pagamento sem que essa conta desestabilize seu orçamento
mensal. Em boa parte dessas contas, você tem um desconto se pagar a
vista, e aqui começa a nascer um dinheirinho para investir. Vamos pegar
o IPVA do estado de SP por exemplo, se você pagar a vista você pode
economizar 3%. “Ah, mas 3% é muito pouco”. Pensa só um pouquinho,
isso é equivalente a 1% ao mês a risco zero, são 3% de ganho imediato,
não dá nem tempo da inflação corroer. Muita gente se contenta com 3%
de lucro na bolsa de valores. Imagine então o colégio dos filhos, onde
você pode sentar e negociar, 5%, 10%, 15%... Dinheiro para investir
surgindo como mágica... Eita truquezinho maneiro.

30
#3 - SEJA FLEXÍVEL
Agora que você já está animado porque já começou a
vislumbrar um dinheiro nascendo para se tornar investimento eu
preciso te dar um choque de realidade. Você vai planejar o seu
orçamento bonitinho, colocar o propósito de cada real, inclusive para as
despesas anuais e na hora que você for colocar em prática, com certeza
alguma coisa vai dar errado, inevitavelmente. Talvez você até consiga
acertar um mês, talvez alguns, mas eventualmente você vai errar feio
em alguma coisa, ou vai surgir um imprevisto e bagunçar o orçamento.
Isso é normal.

Essa é a hora de ser flexível. Lembra do exemplo que eu dei


onde você estava com o controle dos funcionários? Dentro do seu
orçamento você definiu por exemplo que neste mês precisaria de 3
funcionários para o supermercado, mas sua família veio te visitar e você
precisou de mais 1 funcionário. Você definiu que 3 dariam conta, mas
precisou de 4. Como em uma empresa, você vai pegar esse funcionário
de outro departamento e colocar para ajudar no supermercado. O
funcionário que iria cuidar do lazer, agora está responsável por
supermercado. Como resultado disso, você continua dentro do
orçamento mensal (não sobra e nem falta, lembra?), porém, você tem 1
funcionário a menos cuidando do lazer. Aplicando este nível de
flexibilidade, você deixará de usar empréstimo bancário ou rotativo do
cartão e passará a pegar emprestado com você mesmo, fará uma troca
de um propósito por outro, segundo as suas prioridades. No mês
seguinte se você julgar melhor, você pega um funcionário do
supermercado para ajudar no lazer e fica tudo certo. O importante é ser
flexível, não se estressar e ficar sempre dentro do orçamento mensal, o
saldo não pode ficar negativo.

31
#4 – ENVELHEÇA O DINHEIRO
Você conseguiu imaginar o quanto de estresse você vai
economizar por começar a trabalhar com o dinheiro da forma como eu
acabei de te ensinar? Você vai ter um saldo por propósito, as despesas
anuais não serão problema e ainda vão gerar um dinheiro para ser
investido, e quando surgirem imprevistos, você vai ser flexível o
suficiente para administrar e ajustar os propósitos para equilibrar o
orçamento mensal sem deixar ele estourar.

Isso funciona como um relógio, desde que não aconteçam


imprevistos grandes o suficiente para abalar um mês inteiro. Como você
sabe que nunca vai acontecer algo dessa magnitude? Você pode perder
um emprego, ficar doente, alguém pode ficar doente e precisar de sua
ajuda. Ninguém quer algo assim, mas não temos como garantir que
nunca acontecerá. E é por isso que você precisa envelhecer o seu
dinheiro.

Envelhecer o seu dinheiro nada mais é do que planejar a


frente. Você recebe o salário hoje, e começa a delegar os propósitos
para o mês seguinte, porque os propósitos do mês atual estão sendo
financiados com o salário do mês anterior. Essa é a primeira meta, que é
sempre estar planejando o mês seguinte, assim você não precisa se
preocupar com o mês atual.

A segunda meta para envelhecer o dinheiro é criar um colchão


de oportunidades, vou falar mais no capítulo 7. Aqui você vai criar um
propósito maior, onde você vai começar a poupar até atingir o
suficiente para cobrir 12 meses das suas despesas mensais. Quando
você conseguir, compre um bolo e comemore, seu dinheiro terá 1
aninho de vida.

32
SISTEMA DE ENVELOPES
Eu AMO o sistema de envelopes, você já deve ter ouvido falar
dele, se não foi o meu tataravô que inventou só pode ter sido o seu.
Nesse sistema você pega um conjunto de envelopes (10, 20, quantos
precisar, desde que você consiga administrar) e escreve em cada
envelope um propósito pelo qual você precisa destinar o dinheiro
(moradia, supermercado, transporte, internet, etc...). Sempre que você
receber algum dinheiro, você vai planejar o que irá fazer com ele, e
distribuir o valor dentro dos envelopes. Conforme você for vivendo o
mês, cada vez que você precisar gastar alguma coisa, você olha dentro
do envelope para consultar o saldo. Se tiver saldo para comprar, você
vai e compra. Se não tiver, precisa se perguntar se pode pegar
emprestado de outro, se não valer a pena, não compra. Simples assim.
Mas muito efetivo para controlar o saldo de cada propósito/envelope.

Se você nunca foi muito de controlar o dinheiro eu sugiro que


comece realmente com os envelopes físicos, isso te dará uma noção de
administração financeira com doses de administração do emocional.
Mas eu tenho que admitir que hoje essa não é a melhor alternativa,
simplesmente porque o dinheiro não rende nada e a inflação vai
corroendo. Algumas pessoas abrem várias poupanças no banco para
tentar simular esse tipo de estratégia de envelopes. Isso também é ruim
por 2 motivos, poupança rende virtualmente nada, e dá um trabalho
danado ficar gerenciando vários números de conta e senhas. Para
facilitar temos muitos aplicativos que cumprem bem essa função de
gerenciar os envelopes. Você vai precisar lançar os gastos porque ele
não vai adivinhar sozinho o quanto você gastou, mas por sorte, alguns
permitem que você exporte o extrato do banco e importe no aplicativo.
Em último caso você pode usar uma planilha Excel, e criar categorias
com saldos. Qualquer que seja o modelo utilizado para controlar, o
saldo das suas contas será somente uma ilusão, a realidade precisa
estar no saldo das categorias/propósitos.
33
ENVELOPES VIRTUAIS

Se você reparar, vai notar que do lado esquerdo desse


exemplo existem vários locais onde o dinheiro físico está dividido,
totalizando R$25.200,00, porém, existe um montante financeiro líquido
de R$23.400,00. Se você fosse confiar no saldo da sua conta bancária,
você acreditaria que teria um total de 25.200,00 e não R$23.400,00.
Aonde está a diferença? A diferença está nos R$1.800,00 reais que você
já comprometeu no seu cartão de crédito e está só esperando chegar o
dia de pagar a fatura. Ou seja, assim que você passou o cartão de
crédito, o dinheiro já saiu do envelope correspondente, se por exemplo
você abasteceu o carro, o dinheiro saiu do envelope do carro. Do lado
direito você irá notar que nesse mês houve um recebimento de
R$4.000,00, e todos esses R$ encontraram seu propósito (seus
envelopes), por isso o total distribuído no orçamento foi de R$4.000,00.
Quanto já foi gasto no mês? Somente R$1.800,00. Ainda existem
R$2.200,00 para serem gastos nos envelopes ou transferidos de um
envelope para o outro se necessário. Moleza?

34
06

FAZENDO
DINHEIRO
FAZENDO DINHEIRO
Por acaso você já viu algum coelho saindo da cartola? Se o Mr.
M ainda não estragou esse barato, eu sugiro que você veja. É muito
legal, mas como sempre, um truque e não mágica. A maioria das
pessoas acredita que a cartola tem um forro falso, e que o coelho fica o
tempo inteiro dentro da cartola escondido, outros acreditam que a
cartola e a mesa tem um buraco por onde o mágico passa com sua mão
e traz o coelho para fora. Mas as melhores são aquelas em que o
mágico estende um pano de outra cor sobre a mesa e coloca a cartola
em cima, e você fica se perguntando, como é que ele pegou o coelho
debaixo da e mesa sem sequer mexer no pano? O fato é que o coelho
sempre esteve por ali por perto, e em algum momento ele vai para
dentro da cartola sem você perceber e depois sai. Parece mágica!

Aqui no Brasil, é comum associar ganhar dinheiro com trocar


horas por trabalho, isso não é um problema de forma nenhuma, exceto
quando você passa a acreditar que essa é a única forma de ganhar
dinheiro, como se o coelho estivesse o tempo todo dentro da cartola. O
termo “make money”, muito comum nos Estados Unidos quer dizer
fazer dinheiro, do sentido de fabricar, criar um dinheiro novo. Assim
como aquele coelho estava em algum lugar por perto da cartola,
existem várias oportunidades com dinheiro dando sopa ao seu redor
que você não está sabendo aproveitar. Você não precisa roubar o
dinheiro de ninguém, você não precisa roubar a oportunidade de
ninguém, só o que você precisa fazer é encontrar as oportunidades,
decidir qual irá pegar, e colocar dentro da cartola. É ai que a mágica
começa.

Já conseguiu identificar algum coelho... ops... Alguma


oportunidade ao seu redor? É sobre isso que iremos falar agora.

36
RENDA, RENDA, RENDA
Sejamos honestos, a maioria de nós foi adestrado para
estudar, arrumar um bom emprego, casar, comprar uma casa, ter filhos,
se aposentar e depois ficar fingindo que a morte nunca vai chegar. De
todos esses, o único que você não pode escolher é o último, os outros
você tem condição de assumir o controle. Como adestrado que você é,
se ainda não caiu na real, você está hoje fazendo parte da maioria. O
problema é que a maioria só reclama. Reclama do país, reclama do
chefe, reclama que ganha pouco, reclama, reclama, reclama. Ainda que
você esteja na maioria, eu quero te desafiar a trocar o tempo que você
gasta na reclamação por um tempo procurando uma oportunidade de
fazer dinheiro. Olhe ao seu redor, procure pessoas precisando de
alguma ajuda, olhe para sua casa, veja se tem algo que possa vender,
cada um tem coelhos diferentes para sair da cartola, você precisa
encontrar os seus. Alguns coelhos dão mais trabalho, outros são mais
tranquilos, escolha começar pelos mais fáceis, e vá tirando um por um,
até ter tirado todos.

Se você hoje tem uma renda que paga suas contas do mês,
seja ela do seu emprego, seja de um negócio, ou qualquer outra fonte,
ela é a sua renda principal. Você precisa cuidar muito bem dela, para
não correr o risco de perdê-la. Se você já perdeu, precisará encontrar
outra e cuidar dela. A renda principal tem a única e exclusiva finalidade
de fazer possível o cumprimento do seu orçamento mensal. Ela tem que
pagar suas contas, tem que sobrar um pouco para investir, um pouco
para doar, um pouco para o lazer, etc... Se você é um empregado, os
coelhos são mais escassos, mas você pode pedir um aumento para seu
chefe essa semana. Já tentou isso? Ele provavelmente irá negar, e você
vai ter uma boa oportunidade de perguntar a ele o que você precisa
fazer para conseguir um aumento ou uma promoção. Extraia dele um
caminho detalhado, porque quando você percorrer esse caminho, ele
não terá como negar. (ou passará vergonha)
37
Por algum motivo as pessoas tem medo de pedir aumento, eu
já tive também, e até hoje não sei o motivo. Então, vai lá, pede e se
descobrir, me conta depois. O importante é não deixar a sua renda
principal estagnada, ela é responsável pelo seu padrão de vida, e
inevitavelmente ele vai subir com o tempo.

RENDA EXTRA
Além da renda principal, você precisa encontrar uma (dúzia
de) renda extra. Esse é o maior truque que você poderá realizar para
fazer muito dinheiro para começar a investir (ou investir mais). TODO o
dinheiro que você ganhar com renda extra, DEVE ser revertido para
investimento. Para suas contas você tem a principal, essa é para investir
e construir seu patrimônio, seu futuro e você tem que ter muita
disciplina para não começar a direcionar para seus desejos de consumo.
Você começa com uma, e assim que possível, cria a segunda, e depois a
terceira... A primeira vez que ouvi falar em renda extra foi em um texto
do Mark Ford, se eu ainda me lembro, ele teve que criar 9 fontes de
renda extra, para poder equiparar ao valor que ele ganhava de renda
principal, e depois disso foi criando outras fontes de renda maiores e
melhores. Se você quiser ter muito dinheiro para investir, precisa olhar
com carinho para a criação de renda extra.

Toda vez que abordo esse assunto a pessoa me olha com cara
de “eu não tenho tempo”, todo mundo tem 24h no dia, o que você não
tem é prioridade certa para as coisas que está fazendo. Se julgar
importante criar renda extra, você dará prioridade a isso e vai conseguir.

Eu vou te dar algumas ideias de fontes de renda extra, mas


não se limite ao que eu vou listar, eu não conheço a sua vida, e com
certeza tem muito coelho ai por perto que não vive por aqui.

38
Vamos lá, aqui estão algumas ideias de renda extra que você
pode considerar:

- Vender alguma coisa que está parado em casa


- Vender alguma coisa que alguém (ganha comissão)
- Virar representante de algum produto ou serviço (ganhar comissão)
- Trabalhar com marketing de rede (polishop, herbalife, hinode,etc..)
- Escrever um e-book como esse (e vender)
- Dar aulas particulares
- Criar workshops e cursos que ajudem as pessoas
- Fazer algum curso de especialização e começar a trabalhar com isso
- Fazer hora extra no seu trabalho
- Atender mais clientes no seu trabalho
- Criar novos produtos (brigadeiro, coxinha, software, foguete J)
- Oferecer serviços (cortar grama, lavar carro, etc...)

Sempre tem espaço para mais um coelhinho saindo da cartola,


procure pelos seus, comece pelo mais fácil e vá acrescentando um a
um. Não existe truque melhor para fazer dinheiro para investir do que
esse, e na maioria dos casos ele só depende de você. Existem 2 coisas
que podem estar te impedindo de ter uma renda extra. A primeira delas
é falta de conhecimento sobre a possibilidade de ter uma renda extra,
simplesmente você nunca viu ninguém fazer e segue o exemplo. A
segunda é a questão das prioridades, uma pessoa normal passa muito
tempo na frente da televisão, é novela, jogo de futebol, netflix, internet.
Eu não tenho nada contra isso, eu também assisto televisão, 2 vezes
por semestre, o problema é você assistir 2 vezes por dia! Eita
prioridadezinha errada! Eu já te contei que o tempo é o maior ativo que
você pode ter? Se você perder R$1.000,00 agora, você consegue
recuperar, talvez de forma fácil, ou com mais dificuldade, mas você
recupera. Agora o tempo perdido, esse nunca mais volta. Use o seu
tempo com sabedoria, gaste ele com aquilo que vai te trazer retorno e
não com algo que só vai te fazer gastar o seu precioso tempo.

39
RENDA PASSIVA
Eu sei que talvez até esse livro você estivesse passivo em
relação a sua renda, mas agora eu vou te apresentar para a melhor de
todas as rendas, a renda passiva. Se criar renda extra era equivalente a
tirar um ou vários coelhos da cartola, a renda passiva vai fazer um
elefante aparecer no meio de um estacionamento.

A renda passiva é aquela renda que faz o dinheiro cair na sua


conta sem você ter que fazer nada. O dinheiro sendo feito no piloto
automático. E não, não estou falando de desviar dinheiro de órgãos
públicos ou licitações para a construção de estádios para a copa do
mundo. Essa renda vai ser o resultado dos seus investimentos. Todo o
dinheiro que você conseguir investir nos passos anteriores virá para cá,
e ele vai começar a te pagar juros, dividendos, criando uma fonte de
renda constante sem que você precise trabalhar para receber. Adivinha
o que você vai fazer com cada elefante que aparecer aqui? Você vai
ajuntar ele com os outros, reinvestindo para gerar mais e mais
elefantinhos.

Não sei se você já começou a vislumbrar o quanto isso tudo


aqui é poderoso para a construção do seu patrimônio, é dinheiro
fazendo dinheiro. Se você não parar de tirar coelhos da cartola e não
parar de reinvestir os seus elefantinhos, você pode garantir o futuro de
gerações.

Alguns exemplos de renda passiva: Aluguéis, dividendos,


participação nos lucros de empresas, direitos autorais de músicas,
livros, franquias, aposentadoria, previdência privada, entre outros.

Deu para ficar animado?

40
07

PLANTANDO
SEMENTES
ESCOLHENDO AS SEMENTES
Se você ainda não assistiu ao filme O Ilusionista com Edward
Norton, eu recomendo que assista. Em uma de suas apresentações o
ilusionista corta uma laranja ao meio, pega uma sementinha e a coloca
em um vaso que se encontra no meio do palco. Em seguida aquela
semente começa a germinar, um caule verde aparece, folhas começam
a sair, vão ganhando o formato de uma árvore e em seguida começam a
aparecer os frutos, várias laranjas, ele apanha duas delas e arremessa
para a plateia verificar que são verdadeiras.

Eu não tenho ideia de como esse truque é feito, embora tenha


minhas teorias, mas ele tem relação com uma das frases que minha
esposa sempre usa “o plantio é opcional, mas a colheita é certa”. Aquele
truque começou com uma laranja inteira, para que ele pudesse pegar
uma única semente e fazer a mágica acontecer. Antes de plantar a sua
semente você precisa escolher qual tipo de fruto você quer colher.
Neste capítulo eu quero te mostrar alguns tipos de frutos que podem
fazer sentido para o seu projeto de começar a investir (e nunca mais
parar), os que vou comentar são: Títulos de dívida, Ações, Moeda Forte,
Imóveis ou Fundos imobiliários e aplicações de liquidez diária.

Antes de nos aprofundarmos em cada um deles eu queria te


contar um segredo. É intuitivo e óbvio que você queira partir logo de
cara para os investimentos que rendem mais, porém, não isso não é
necessário e nem obrigatório. Com investimentos você só precisa ser
acima da média e constante por um longo período de tempo. Grandes
investidores foram construindo seus enormes patrimônios com lucros
anuais um pouquinho acima da média, com riscos controlados, e assim
no longo prazo, chegaram ao topo dos mais ricos do mundo. A regra
aqui é clara, ganhe sempre um pouco mais do que a maioria, e perca
sempre um pouco menos do que a maioria.

42
TÍTULOS DE DÍVIDA: Os títulos de dívida, representam uma promessa
de pagamento de quem tomou dinheiro emprestado a quem
emprestou o dinheiro. No passado, nossos pais chegavam na mercearia
da esquina e compravam fiado, o dono da mercearia anotava em um
caderninho o nome de quem levou a mercadoria fiado (empréstimo), o
valor devido e a data para o pagamento (normalmente na data onde
recebia o salário). Neste caso nós somos a mercearia e ao invés de
entregarmos mercadorias fiado, emprestamos dinheiro. E do outro lado,
quem recebe empréstimos, utiliza o nosso dinheiro para expandir seus
negócios e por isso nos paga de volta um valor corrigido (com juros).

CDB – Certificado de Depósito Bancário – é um título de dívida emitido


pelos bancos para se capitalizar e financiar suas operações de crédito.

LCI – Letra de Crédito Imobiliário – é outro título de dívida emitido pelos


bancos, porém é lastreado por empréstimos imobiliários.

LCA – Letra de Crédito do Agronegócio – é similar a LCI, porém é


lastreado por empréstimos para o setor de agronegócio.

LC – Letra de Câmbio – é muito parecido com o CDB, porém, ao invés de


ser emitida pelos bancos, é emitido pelas financeiras.

Debêntures - é um título de dívida emitido pelas empresas para se


capitalizar e financiar suas operações.

Tesouro Direto - é um título de dívida emitido pelo governo federal para


investir em educação, indústria, infraestrutura, etc...

43
AÇÕES: As ações representam uma pequena participação acionária em
uma empresa de capital aberto, ou seja, listada na bolsa de valores.
Normalmente as empresas encontram na abertura de capital uma
forma barata de conseguir recursos financeiros para expandir os seus
negócios, e em contrapartida cedem um pedacinho da empresa para
cada novo acionista. Embora o número de CPFs cadastrado na BMF &
Bovespa seja percentualmente muito inferior ao número dos EUA, essa
modalidade é acessível a todo brasileiro que tiver interesse. O que
normalmente assusta as pessoas é a volatilidade, ou seja, a mudança
constante na cotação dos preços das ações. Isso acontece porque os
preços sobem e descem de acordo com a percepção dos investidores.
De forma MUITO SIMPLISTA se eles acreditam que a ação irá se
valorizar, eles aceitam pagar mais caro do que ela vale, elevando sua
cotação. Se acreditam que irá desvalorizar, eles vendem o que possuem
para garantir seu lucro, muitas vezes levando a cotação para baixo.

IMÓVEIS OU FUNDOS IMOBILIÁRIOS: Imóveis são os queridinhos dos


brasileiros, isso é passado de geração em geração, e temos a percepção
de que o imóvel sempre se valoriza e nunca perde valor, quase como
um investimento de lucro garantido, o que não é totalmente verdadeiro.
Você pode comprar um imóvel em um bairro simples hoje e daqui
alguns anos aquele bairro se tornar muito procurado, isso geraria
valorização, porém o inverso também pode acontecer e desvalorizar seu
investimento. Os imóveis dão a falsa sensação de que não existe
volatilidade na sua cotação, pois não estão listados em um sistema em
tempo real como o das ações. Já os Fundos Imobiliários, são grandes
fundos que captam dinheiro no mercado para comprar imóveis como
shoppings, torres comerciais, etc... Eles alugam esses imóveis, e dividem
o valor dos alugueis recebidos com os cotistas dos fundos. Essa é uma
ótima alternativa para quem quer receber um aluguel e não possui
dinheiro o suficiente para comprar um imóvel. Assim como as ações os
Fundos Imobiliários (FIIs) possuem cotação em tempo real, e com isso
volatilidade.

44
MOEDA FORTE: Moeda forte é um termo utilizado para descrever uma
moeda de um país desenvolvido, com economia forte, taxa de câmbio
estável e aceita mundialmente. Dólar, Euro e Libra são exemplos de
moedas fortes. A moeda forte tem sua utilidade muito além de fazer
viagens para o exterior, elas podem ser utilizadas como proteção para
investimentos com um pouco mais de risco realizados dentro do
território nacional.

APLICAÇÕES DE LIQUIDEZ DIÁRIA: Se você está procurando começar sua


caminhada de investimentos, aqui está o seu primeiro passo. Liquidez
diária significa que você pode a qualquer momento solicitar o resgate
do seu investimento sem que você tenha qualquer prejuízo por conta
da retirada. Esse é o tipo de investimento ideal para montar o seu
colchão de oportunidades. Eu já ouvi nome de tudo quanto é tipo de
colchão, mas no meu treinamento Prosperidade com Propósito, eu
explico o porque chamar de colchão de oportunidades. Muitas pessoas
dão foco no lado negativo, ficam fazendo o colchão para estarem
preparados para o dia ruim, só que na minha opinião, quando você faz
isso, você está preparando o dia ruim, porque o seu cérebro não sabe
separar imaginação de realidade, então ele vai acabar buscando isso e o
dia ruim vai acontecer. É muito melhor você se preparar para uma
oportunidade. Apareceu um carro que está uma barganha, você
compra, paga a vista, depois vende seu carro atual e repõe no colchão.
Apareceu o dia ruim? Ok, sem problemas, você também estará
preparado.

Eu não considero a poupança aqui, na verdade EU NUNCA


considero a poupança para nada. Primeiro que ela rende praticamente
ZERO em um ano se descontada a inflação, e segundo que se você
precisar tirar 1 dia antes do aniversário, perdeu o rendimento de quase
um mês. Prefira fundos DI (com taxas mínimas), CDBs e Tesouro SELIC
que tenham valorização diária e permitam o resgate a qualquer
momento.

45
DESCOBRINDO O SEU PERFIL
Você já deve ter ouvido falar de perfil do investidor. Isso é um
termo usado pelos bancos, corretoras e instituições financeiras para
dividir os investidores em grupos com base na sua experiência e filtrar
as operações que os investidores podem realizar. Normalmente os
perfis são: Conservador, moderado e arrojado. Os perfis são tratados
pelas instituições como aquela mãe que tem um cuidado excessivo
pelos filhos. Os filhos “conservadores” são aqueles que a mãe pega na
mão vai junto com eles até a padaria buscar pão. Os filhos são
“moderados” a mãe permite que eles vão sozinhos, mas fica olhando de
longe eles percorrerem todo o trajeto, já os “arrojados” a mãe deixa
irem sozinhos. Traduzindo isso para o mercado financeiro, basicamente,
os arrojados tem acesso a investimentos de risco muito maior, estes são
bloqueados para os conservadores. Com todo respeito a quem teve
essa brilhante ideia, eu acho isso uma ofensa à sua inteligência. Só
porque você vai começar a investir agora não quer dizer que você não
tenha o conhecimento necessário para fazer um investimento arrojado,
além disso, eu acredito que você só vai aprender na prática. Se você
nunca fizer um investimento arrojado, como é que vai ficar arrojado?

Por enquanto vamos deixar por isso mesmo, vamos pensar em


um perfil um pouco diferente para você. Você precisa entender em que
ciclo da sua vida você está. Se você tem 20 anos, sua renda ainda é
pequena se comparada ao que você irá evoluir durante os muitos anos
que tem pela frente. Se você já está perto dos 40, está provavelmente
no auge da sua carreira, muito bem remunerado e na metade da sua
vida de trabalho, e se já está na casa dos 60 sua renda está caindo.
Trocando em miúdos, o jovem tem menos dinheiro para investir e
suporta investimentos mais arriscados buscando lucros maiores, e
quanto mais velho for ficando, maior a possibilidade de investimento e
maior aversão ao risco, até chegar na casa dos 60 onde em teoria não
pode correr riscos.
46
Esse perfil se aplica para todos? Claro que não. Warren Buffett
por exemplo, tem mais de 80 anos, porém, tem tanto dinheiro que
pode alocar parte dele em investimentos extremamente arriscados.
Mas se você nunca investiu, eu acho válido usar como base essa conta
que eu acabei de te passar, sabendo que as exceções existem.

ASSIMETRIA: RISCO VS RETORNO


Antes de fazer qualquer investimento eu calculo essa
assimetria entre risco e retorno. A maioria dos investidores não pensa
nisso na sede de auferir lucros cada vez maiores, mas para quem
pretende construir e multiplicar seu patrimônio no longo prazo, essa é
uma regra de preservação de capital.

Imagine um cenário hipotético onde eu tenho R$10.000,00


para investir, e decido comprar 10.000 reais em uma microcap por
exemplo. A assimetria risco x retorno fica convidativa. Ela poderia
valorizar uns 1000% nos próximos meses, e pode desvalorizar 100%. Eu
não tenho como prever o futuro, mas tenho como medir o quanto eu
ACHO que posso ganhar e quanto eu tenho CERTEZA do máximo que eu
posso perder. Nesse caso, eu o meu RISCO é de perder R$10.000,00, ou
seja, tudo o que eu investi, e o meu RETORNO pode ser de
R$100.000,00. Essa é uma boa assimetria, porque posso ganhar muito
se comparado ao quanto eu posso perder. Cabe a mim decidir se
poderia sobreviver com R$10.000,00 a menos caso desse tudo errado.
Fuja da alavancagem, muitos novatos no investimento começam
buscando o mercado de opções para enriquecer rapidamente, e usam a
alavancagem para fazer negócios representando mais dinheiro do que
possuem, isso faz a assimetria ficar nada convidativa, usando um
exemplo exagerado (mas não impossível), com o investimento de
R$10.000,00 você poderia correr o RISCO de perder R$1.000.000,00
(um milhão, ou mais) para um possível RETORNO de no máximo
R$100.000,00, podendo ganhar muito, mas também perder muito mais.

47
SELECIONANDO OS INVESTIMENTOS
Depois de escolher as sementes, você precisa levar em
consideração alguns critérios para fazer a seleção das sementes que
irão constantemente gerar os frutos. O primeiro critério é que o seu
investimento precisa sempre render mais do que a inflação. A inflação é
um índice que mede o poder de compra do consumidor mês a mês. Por
exemplo, se o kg do arroz este mês custa R$10,00 e no mês seguinte
passou a custar R$11,00, a inflação do arroz em um mês foi de 10%. A
conta não é tão simplista assim, envolve vários produtos e serviços, e
tem uma média por trás, mas efetivamente, ela mede o poder de
compra. Se você tinha R$10,00 esse mês e não comprou esse arroz do
exemplo, no mês seguinte você não consegue comprar mais, porque
comparativamente, como o arroz vale mais, seu dinheiro agora vale
menos. Agora imagine o cenário da poupança em 2015, ela rendeu
8,15% no ano, ótimo rendimento se comparado a 2018, porém, a
inflação corroeu 10,67% do poder de compra, o que fez o rendimento
real da poupança ser negativo em 2,28%. O segundo critério é pagar
menos taxas, se você for investir em tesouro direto pelo banco, vai
pagar 0,5% de taxa para o banco, se for por uma corretora
independente vai pagar 0% de taxa. Com pouco dinheiro você nem vai
ligar, mas pensa em R$300.00,00 e você vai entender. Se for aplicar em
um fundo de investimento, existe a taxa de administração, procure
sempre as mais baixas, 0,5% que você deixar de pagar faz uma diferença
absurda no longo prazo. E o terceiro critério é maximizar a
rentabilidade. Esse pode parecer óbvio, mas eu tenho que reforçar
quanto maior a rentabilidade do seu investimento, mais dinheiro você
vai ganhar. É a mesma regra para fazer o orçamento mensal, ganhar
muito (rentabilidade), gastar pouco (menores taxas) e nunca gastar mais
do que ganha (inflação menor que a rentabilidade descontando as
taxas).

Moleza né? Vamos para a parte prática!


48
DÍVIDAS
Se você vai começar, e está endividado, eu sugiro que você
faça o cálculo de quantas dívidas tem, o total que está devendo em cada
uma delas, quanto de juros está pagando em cada uma. Com isso você
vai poder elaborar um plano para começar a eliminar as dívidas,
começando pela que cobra mais juros até chegar na que cobra menos.
Vai ser muito difícil algum investimento compensar se comparado a
uma dívida, a tendência é que você ganhe mais deixando de pagar juros
do que recebendo juros. Essa é uma conta que deve fazer. Inclusive se
você tem imóvel financiado em dezenas de anos para pagar, calcule se
não compensa antecipar, ninguém merece pagar 3x o valor do imóvel e
receber um só.

COLCHÃO DE OPORTUNIDADES
Se você vai começar sem dívidas, não tem como começar por
outro lugar. É hora de montar o seu colchão de oportunidades, que
nada mais é do que um montante de dinheiro investido que representa
12 vezes o total da sua despesa mensal. Exemplo, se por mês você gasta
R$5.000,00, a sua meta é ter investidos R$60.000,00 aqui. E aonde você
vai colocar esse dinheiro? Sendo bem direto e objetivo, abra uma conta
em uma corretora independente, não custa nada, e você pode testar
várias, tem vídeos no youtube aos montes explicando como fazer. Para
mim a Easynvest e a Rico são as mais fáceis de operar por ter o sistema
integrado com o Tesouro Direto, mas qualquer uma delas vai te atender,
escolha a que mais te agrada. Minha opção pessoal para o colchão de
oportunidades é o Tesouro Selic, que é uma modalidade pós fixada com
base na taxa Selic. A taxa Selic caiu muito nos últimos meses, então não
espere uma rentabilidade avassaladora. Vai render bem pouco mesmo,
mas a ideia desse investimento não é ganhar muito, é ter liquidez para
uma eventual necessidade de dinheiro rápido. Depois de montar o
colchão você pensa em algo mais avançado.
49
08

REGANDO,
REGANDO E
REGANDO
TEMPO PRECIOSO
Como você ainda não me disse a sua idade, eu serei obrigado
a utilizar um truque para descobrir. Eu preciso que você se concentre ao
máximo e siga rigorosamente todos os passos que eu te pedir, ok? Está
concentrado? Vamos lá. Pense por 30 segundos na sua idade, não
precisa me falar. Em seguida eu preciso que você multiplique a sua
idade por 5. Agora adicione 8 ao resultado. Você está embaralhando
bem essa idade no meio desses números, está ficando difícil de
adivinhar. Ainda tem o resultado da soma? Multiplique o por 2. Depois
subtraia 6. E multiplique por 10. Estamos quase lá, preciso que você me
diga: Qual foi o resultado? Agora que eu sei esse resultado, vou te dizer
a sua idade. Como você não consegue me ouvir, eu preciso que você
assuma meu papel e faça mais 2 continhas que eu faria se estivesse na
sua frente. Subtraia 100 do resultado, e depois divida por 100. Aqui está
a sua idade. J

Você se lembra do que eu disse em relação a idade no


capítulo anterior? Quanto mais jovem você for, mais tempo você vai ter
para deixar o dinheiro rendendo, multiplicando e trabalhando para
você. Você precisa regar as sementes que plantou, e fazer por dias,
meses, anos, só então você poderá colher os frutos. Idealmente você irá
colher os frutos iniciais e reinvestir novamente todos eles, até que
tenha conseguido chegar no seu objetivo final.

"Juro composto é a oitava maravilha do mundo. Quem entende, ganha.


Quem não entende, paga." (Albert Einstein)

51
Imagine que até aqui você conseguiu seguir tudo a risca ,você
arrumou a casa e passou a administrar melhor suas finanças com seu
orçamento pessoal, criou fontes de renda extra e direcionou todas para
geração de renda passiva, em seguida você analisou os investimentos
possíveis e escolheu aqueles que se enquadravam nos 3 critérios... Uau,
suas finanças vão começar a voar e seu patrimônio crescer cada vez
mais... A menos que.... Você não espere tempo o suficiente.

Muitas pessoas começam a investir e assim que conseguem


acumular alguma coisa gerando renda passiva, vão lá e compram um
passivo (carro, casa, etc... Algum bem que além de custo, gera despesa),
não cometa esse erro, não venda o futuro para comprar o presente, é
necessário disciplina para colher cada vez mais frutos.

A prosperidade financeira pode ser medida em 4 níveis e eu


sugiro que você busque chegar ao último deles.

Escravidão Financeira: é quando você precisa trabalhar para pagar suas


contas do mês, ou seja, você depende do seu salário, não tem escolha,
não tem liberdade. Isso não é muito distante do que viviam os escravos
antes da Lei Áurea, exceto porque eles sabiam que eram escravos.
Segurança Financeira: é quando você conseguiu atingir um nível de
renda passiva que cobre todas as suas despesas essenciais. Ou seja, se
você perder sua renda principal, sua renda passiva paga suas contas.
Independência Financeira: é um patamar acima da segurança
financeira, porém, ao invés da renda passiva cobrir somente as
despesas essenciais, ela cobre também alguns luxos e mimos, uma
qualidade de vida superior. Imagine você com uma boa grana e vivendo
de forma limitada, com certeza vai ficar tentado a gastar uma parte.
Liberdade Financeira: é o último patamar da renda passiva, ao chegar
aqui, basicamente você ganha mais dinheiro sem fazer nada do que
você consegue gastar. Uma renda passiva várias vezes acima do seu
padrão de vida com luxos e mimos. Você nunca vai subir esses níveis se
não souber esperar.
52
PARTE 3
ABUNDÂNCIA
“Aquele que semeia pouco,
pouco também ceifará; e
aquele que semeia em
abundância, em abundância
também ceifará”
2 Coríntios 9:6
09

A HORA DA
COLHEITA
A COLHEITA E AS LENTILHAS
Eu não faço ideia se este livro está acrescentando algum valor
na sua vida, se vai fazer com que você coloque em prática algumas
mudanças que podem te fazer prosperar. Mas se você colocar em
prática pelo menos um dos truques que eu ensinei, algum resultado
você vai ter, se colocar todos, com certeza terá muito resultado. Em
algum momento você vai chegar no ponto em que os frutos estarão
prontos para a a colheita. Todo o seu esforço em criar renda extra,
investir bem, e esperar será recompensado. E você deve aproveitar esse
momento da melhor forma possível, porque você foi merecedor para
conquistar isso.

Um grande desafio é saber a hora certa certa da colheita, em


meio a tanto esforço, organização e disciplina, haverão momentos onde
você irá se sentir merecedor de uma recompensa. Com certeza você
estará certo em relação ao merecimento, mas será que estará certo em
relação ao tempo da colheita? Um dos assuntos que eu gosto muito é a
chamada inteligência emocional, a inteligência emocional é uma forma
mais científica de explicar o que a bíblia ensina como frutos do espírito,
e eu queria destacar um deles para este exemplo que se chama domínio
próprio. Eu sempre gostei de trabalhar muito, não tenho problemas
com isso, e muitas vezes preciso até me conter um pouco para não
deixar as coisas ficarem fora de equilíbrio, mas houve um momento da
minha vida onde eu trabalhava muito, ganhava muito e me cansava
muito. Era um cansaço mental e psicológico que superava o cansaço
físico. Quando isso acontecia eu me sentia merecedor de uma
recompensa e começava a planejar uma viagem, mas não uma
qualquer, tinha que ser A VIAGEM, afinal, eu merecia não é? O
problema é que esse desajuste emocional fazia com que de tempos em
tempos eu literalmente queimasse boa parte das minhas economias. A
viagem era fantástica, sem dúvida, mas duas dessas por ano, talvez um
tanto exagerado.
55
Quando eu digo exagerado, entenda como desnecessário e
muitas vezes fora de propósito, eu estava olhando para o meu
momento atual, meu cansaço mental, meu estresse e queria fugir. Me
faltava um propósito de longo prazo. No meu treinamento Prosperidade
com Propósito, eu ensino como programar o seu GPS da vida financeira,
definindo um ponto de partida e um ponto de chegada. Se eu tivesse
isso definido naquela época, provavelmente teria gasto menos, ou
criado mais renda extra para financiar as viagens.

Eu compartilhei um pouco do meu aprendizado através de


erros para que você não faça o mesmo. Você precisa ter um objetivo de
longo prazo, organizar os sonhos que quer realizar, e colocá-los em uma
sequência. Dificilmente você conseguirá realizar todos de uma só vez.
Mas se der foco neles um de cada vez, você vai conseguir realizá-los
como se fossem uma lista de tarefas, um por um.

Por isso voltamos a inteligência emocional e o domínio


próprio, assim que você souber aonde quer chegar, você precisará
exercitar o domínio próprio para se manter no percurso, mesmo
sabendo que você é merecedor, você precisa olhar para frente e tomar
uma decisão, se vale a pena realmente adiar o futuro que você sonhou
para receber uma recompensa no presente.

Na bíblia, existe um homem chamado Jacó, que depois passou


a ser chamado de Israel, ao qual acabou dando o nome a nação de
Israel que conhecemos. Jacó não era o primogênito da sua família, mas
passou a ser quando seu irmão Esaú trocou o seu direito de
primogenitura por um prato de lentilhas. Esaú, não teve domínio
próprio, ele estava com muita fome quando seu irmão (ligeiro demais)
lhe ofereceu um prato de lentilhas em troca da primogenitura. Naquele
momento o prato de lentilhas parecia ser tudo o que ele precisava, e ele
optou por abrir mão de algo muito maior para o seu futuro. Não siga o
mesmo caminho, não troque seu futuro por um prato de lentilhas.

56
10

GRATIDÃO E
RETRIBUIÇÃO
SEJA GRATO
Eu tenho que confessar que existe uma coisa que me
incomoda que é a modinha do “gratidão”. Eu acredito que isso
impregnou como um vírus, principalmente no meio dos coaches. O que
me incomoda é que as pessoas aparentemente substituíram a palavra
obrigado por gratidão. Quando alguém me fala isso, eu sinceramente
sinto como se a pessoa não se importasse realmente, porque soa para
mim muito impessoal. Se algum dia você me disser “gratidão”, não se
ofenda se eu te deixar falando sozinho.

O fato de eu ficar incomodado não quer dizer que você não


deva ser grato, e eu sugiro que você escreva diariamente ou pelo menos
uma vez por semana alguns motivos pelo qual você é grato.
Especialmente agora que você terá que colocar coisas novas em prática,
seja grato pelo conhecimento que adquiriu, seja grato por cada
resultado que obteve, por menor que seja, seja grato pelas coisas que
você já nem percebe mais, como o ar que respira, a árvore na frente da
sua casa, a possibilidade de ter um carro e não andar mais de ônibus.
Aprenda a ser grato por tudo o que você tem hoje e você se sentirá
grato quando sua vida melhorar.

Só não vai me escrever “gratidão pela arvore”, “gratidão pelo


ar”... Hahaha. Brincadeira, escreva do jeito que se sentir melhor, só
tente ser o mais pessoal possível para se conectar com as suas
emoções.

Eu sou grato por ter escrito este livro e com isso poder ajudar
pessoas, sou grato por ter a certeza de que ele vai chegar até uma
pessoa que não sabia mais o que fazer com suas finanças e iniciar uma
virada para melhor. SEJA GRATO.

58
RETRIBUIÇÃO
Quando ficamos muito gratos por alguma coisa, temos o
sentimento de querer retribuir, fazer algo em troca por aquela pessoa.
Eu até acredito que seja algo cultural onde temos obrigação de retribuir.
Se você recebe um presente de aniversário de alguém, aquela pessoa
automaticamente entra na sua lista de “preciso comprar um presente
no aniversário dela”. Eu sinceramente espero que você um dia seja tão
grato por todas as coisas que possui que viva uma vida de retribuição,
isso é o princípio de uma vida de abundância aonde você tem condições
de retribuir tudo o que recebeu.

Porém, isso pode ser um vilão quando você coloca essa


obrigação acima da sua condição. Imagina que você não tem dinheiro
nenhum sobrando, e está chegando o aniversário daquela pessoa que
está na sua lista de “preciso comprar um presente no aniversário dela”,
talvez essa pessoa tenha um estilo e gosto sofisticado e um presente
qualquer não irá agradá-la. O que você faz nesse caso? Apela para o
cartão de crédito ou dívida para retribuir ou aceita dar os parabéns para
a pessoa sem nenhum presente ou talvez um mais em conta, dentro do
orçamento?

Lembra de quando expliquei que você precisava assumir o


controle? Que tipo de controle você tem se a obrigação de retribuir é
maior do que a sua condição atual. Estou dizendo que você não deve
retribuir? Longe disso. Mas você é o responsável pelo seu futuro, as
pessoas ao seu redor não tem obrigação de te ajudar a conquistar os
seus sonhos, você tem.

Você precisa encontrar o equilíbrio.

59
EQUILÍBRIO: DAR X RECEBER
A busca pelo equilíbrio entre dar e receber envolve mais do
que simplesmente colocar cada um deles do lado de uma balança e
garantir que ela fique imóvel. Você precisa considerar o seu momento
de vida, o quanto possui de recursos disponíveis e o quão distante está
de atingir os seus objetivos. Se você está com a conta de luz R$50,00
atrasada, por mais que ame alguém não deveria gastar esses R$50,00
para comprar um presente para ela, talvez precise ser criativo, escrever
uma carta, fazer uma surpresa e pagar a conta de luz. Por outro lado, se
você está voando em direção a realização dos seus sonhos e possui
recursos o suficiente para comprar O PRESENTE, simplesmente o faça.

DAR É MELHOR DO QUE RECEBER


Se em algum momento da vida você perceber que chegou
aonde queria, ou que é grato o suficiente pela vida que tem e melhorá-
la seria somente um bônus, possivelmente você chegou em um ponto
onde pode doar mais do que receber. Uma vida de abundância é uma
vida onde você possui o que precisa e ainda sobra para ajudar aos que
não tem condições nem de suprir suas necessidades. Talvez você possa
ajudar pessoas que estão passando por problemas que você já passou e
aprendeu a superar, talvez possa ajudar financeiramente, talvez com
seu conhecimento, talvez com o seu tempo. Você é quem decide.

“Lembrando as palavras do próprio senhor jesus, que disse:


‘Há maior felicidade em dar do que em receber’”
Atos 20:35

60
12

FIM
Chegamos ao fim deste livro, mas para você é só o começo. O
começo de uma nova jornada em busca de uma condição de vida
melhor, em busca da realização de sonhos, em busca de mais tempo em
qualidade com a sua família. Essa é a sua busca, e a sua jornada, e hoje
é o primeiro dia de um novo começo para ela. Mas antes de nos
despedirmos eu queria te dizer três coisas.

A primeira delas é obrigado por ter baixado este livro digital e


obrigado ter chegado até o final. Para mim foi um grande desafio
concluir este livro, e eu ainda pretendo atualizá-lo de tempos em
tempos com conteúdo relevante e com ajustes pelos feedbacks que for
recebendo.

A segunda delas é que embora a jornada seja sua e você seja o


único responsável por ela, isso não significa que você precisa seguir por
ela sozinho. Ao longo da sua jornada você encontrará desafios que são
maiores do que você, e você precisará contar com mentores que irão te
ajudar a aprender e selecionar as ferramentas necessárias para superá-
los, pessoas que já passaram pelo desafio que você irá enfrentar e já os
superaram, que sabem o caminho mais rápido e mais curto. Existem
muitas pessoas qualificadas para fazer esse papel de te ajudar, mas eu
ficaria extremamente honrado se por algum motivo você me
considerasse como uma dessas pessoas. Me siga nas redes sociais, onde
eu pretendo sempre adicionar conteúdo para te motivar e desafiar a
buscar prosperar cada vez mais. Sinta-se a vontade para entrar em
contato.

Instagram: @renatoroquejani
Facebook: @rroquejani
E-mail: contato@renatoroquejani.com.br
Site: http://www.renatoroquejani.com.br/

62
A terceira delas é a mais importante de todas. Nós falamos
sobre como ganhar dinheiro e como fazer os primeiros investimentos,
também falamos de realizar sonhos e sobre os níveis de prosperidade,
onde você pode chegar até a sua liberdade financeira onde não haverá
limites e todos os seus sonhos poderão ser realizados. Mas isso não
quer dizer que o vazio que existe dentro do nosso coração estará
totalmente preenchido. Você pode passar toda a sua vida tentando
preencher esse vazio com coisas materiais, com pessoas, com muito
dinheiro investido, com viagens, passeios, aventuras radicais, pode me
ajudar a listar. Nada disso vai preencher o vazio da nossa alma que só
pode ser preenchido pelo amor incondicional de Deus.

O apóstolo Pedro, conviveu com Jesus durante os anos de seu


ministério, e por conta de tudo o que havia sentido desse amor ele
chegou a dizer a Jesus que nunca o abandonaria. Acontece que Pedro
negou por três vezes o conhecer e entrou em um certo colapso
emocional. Depois de ressuscitar Jesus aparece para Pedro e
literalmente restaura o vazio instalado quando ele o negou. Antes de
refazer o diálogo, eu quero te explicar o original grego para 2 palavras
que descrevem o amor. Fileo, significa o amor fraternal, entre as
pessoas que nós conhecemos, dos relacionamentos. E Ágape, este o
amor incondicional, o amor de Deus.

Pedro, você me Ágape? – Senhor, tu sabes que te eu Fileo.


Pedro, você me Ágape? – Senhor, tu sabes que te eu Fileo.
Pedro, você me Fileo? Pedro se entristece antes de responder que Fileo.

Para mim, mais do que simplesmente fazendo perguntas,


Jesus estava percorrendo o caminho inverso das negações com
afirmações, ressignificando seu passado e preenchendo novamente o
vazio que existia na alma de Pedro. Jesus conhecia a Pedro assim como
conhece você, ele sabe das suas limitações e ainda assim ele te Ágape.
Se isso não for presente na sua vida, nada mais valerá a pena. Dê esse
passo e o convide para fazer parte da jornada da sua vida.
63
J
OBRIGADO
OBRIGADO
OBRIGADO
OBRIGADO
OBRIGADO
OBRIGADO
OBRIGADO