Sie sind auf Seite 1von 24

FINANÇAS E ANÁLISE DE INVESTIMENTOS

Professora: Andréa Freire, Ma.


andreafreire@unifacex.edu.br
Seleção dos investimentos
2

Andréa Freire, Ma. https://pt.linkedin.com/pulse/o-objetivo-das-empresas-n%C3%A3o-%C3%A9-lucro-carlos-fernando-paleo-da-rocha-60304431760687 267 84 01/04/2019


Risco e Retorno
3

No Brasil as taxas de juros são elevadas e existem muitas oportunidades de


investimento, tanto no mercado financeiro como em negócios próprios.

Na busca de lucros elevados, muitos investidores acabam se esquecendo de


analisar o risco.

De forma geral, retornos mais elevados somente podem ser obtidos quando o
investidor está também correndo maiores riscos.

Portanto, atenção para as promessas de rentabilidade elevada!

Andréa Freire, Ma. 01/04/2019


Relação Risco versus Retorno
4

A relação entre risco e retorno é simples: ambos andam de mãos dadas. Basta
olhar para o mercado financeiro: enquanto a poupança mostra maior segurança,
investimentos em ativos mais arriscados, como a Bolsa, por exemplo, acabam
mostrando retornos de longo prazo mais elevados.

Imagine que você montou um novo negócio, que mostre, desde o início, uma
lucratividade elevada. Por algum tempo esta pode ser a situação, mas isso tende a
mudar, a partir do momento em que mais pessoas souberem dessa informação.

Se o negócio é bom, rapidamente você ganhará concorrentes, o que provavelmente


pressionará as margens de lucro para baixo.

Andréa Freire, Ma. 01/04/2019


Risco
5

 O Risco existe em todas as atividades empresariais;

 Tudo o que é decidido hoje, visando a um resultado futuro, está sujeito a algum
grau de Risco;

 As possibilidades de ocorrerem alguns obstáculos podem ser remotas, ou quase


impossíveis, mas mesmo assim geram incertezas;

 Os Riscos, geralmente, estão associados a algum fator negativo que possa


impedir ou dificultar a realização do que foi planejado;

Andréa Freire, Ma. 01/04/2019


Risco
6

 O Risco é a chance de perda financeira;

 Quanto mais próximo da certeza estiver o retorno de um Ativo, menor sua


variabilidade e, em consequência, menor o seu Risco.

Exemplo: uma aplicação na poupança de $ 1.000 que garante $ 5 de juros


após 30 dias não apresenta nenhum risco por que há variabilidade;
Mas, um investimento de $ 1.000 nas ações que podem render de $ 0 a $ 10,
nos mesmos 30 dias, é considerada de alto risco, devido a variabilidade de seu
retorno.

Andréa Freire, Ma. 01/04/2019


Riscos de Natureza Operacional
7

São inerentes às atividades de operações e podem causados por catástrofes,


fraudes, falha humana, produtos e serviços, ou até por problemas de imagem.

Exemplos:
 Perda material (incêndio, terremoto, guerra, roubo...);
 Responsabilidade civil (erros técnicos, acidentes devidos ao mau
funcionamento de equipamentos...);
 Crédito (inadimplência);
 Obsolescência tecnológica;
 Gestão ineficaz ou fraudulenta.

Andréa Freire, Ma. 01/04/2019


Riscos de Natureza Financeira
8

Podem exercer impacto sobre os Ativos e Passivos financeiros, bem como sobre os
preços futuros, podendo causar grandes prejuízos financeiros.

Exemplos:
 Aumento inesperado e considerado de preço de matéria prima;

 Redução forçada do preço de venda;

 Variações inesperadas e consideráveis de taxas de câmbio;

 Variações inesperadas e consideráveis de taxas de juros.

Andréa Freire, Ma. 01/04/2019


Classificação dos Riscos
9

Risco sistemático ou conjuntural: risco que afeta as empresas em geral.


Exemplos: alteração na taxa de juros, na taxa de câmbio, na alíquota do
imposto, na legislação trabalhista etc.

Risco não sistemático ou específico: risco que afeta especificamente


uma empresa ou pequeno grupo de empresas.
Exemplo: carteira com ações dos setores automotivo e alimentício.

Andréa Freire, Ma. 01/04/2019


Retorno
10

É o ganho ou prejuízo total que se tem com um investimento ao longo de um


determinado período de tempo.
A equação abaixo é utilizada para determinar a taxa de retorno ao longo do
tempo.

Retorno = C + Pt – Pt-1 / Pt-1

R = taxa de retorno efetiva, esperada ou exigida num período t


C = caixa recebido a partir do investimento
Pt = preço do Ativo no tempo t
Pt-1 = preço do Ativo no tempo t -1 tempo.

Andréa Freire, Ma. 01/04/2019


A racionalidade do investidor
11

Toda avaliação de investimentos tem como ponto chave a ponderação


entre risco e retorno.

O Risco pode ser percebido como a possibilidade de perda financeira. É utilizada


frequentemente como sinônimo de incerteza referindo-se a variabilidade de
retornos de um ativo.

O Retorno é o resultado ocorrido por um investimento.

Andréa Freire, Ma. 01/04/2019


Exemplo 01 de Risco e Retorno
12

Uma empresa comprou um equipamento eletrônico há um ano atrás por R$


12.000,00 e seu valor de mercado atual é de R$ 12.700,00. Durante o ano o
equipamento a utilização deste equipamento gerou uma receita de R$ 700,00.
Deste modo podemos calcular o retorno do investimento nesta máquina através
da seguinte expressão:
Retorno = C + Pt – Pt-1 / Pt-1
R = taxa de retorno efetiva, esperada ou exigida num período t
C = caixa recebido a partir do investimento
Pt = preço do Ativo no tempo t
Pt-1 = preço do Ativo no tempo t -1

Retorno= 700 + 12.700-12.000 = 0,11667 ou 11,67%


12.000
Andréa Freire, Ma. 01/04/2019
Exemplo 02 de Risco e Retorno
13

Um gerente de investimentos comprou 1.000 ações ordinárias de uma empresa da


área de energia, no dia 1o de janeiro de 2011, ao preço de R$ 10,00 por ação.
Essa empresa distribuiu dividendos de R$ 0,50 por ação ordinária em 30/11/2011.
Logo após recebê-los, o gerente vendeu todas as ações ao preço unitário de R$
9,90. Qual o retorno percentual do investimento?

Resolução:
Investimento = 1.000 ações x R$ 10,00 = R$ 10.000,00
Recebimentos totais= 1.000 ações x R$ 0,50 + 1.000 ações x R$ 9,90
= 500 + 9.900 = R$ 10.400,00
Taxa de Retorno (r) = [(Recebimentos / Investimentos) – 1 ]
= (10.400 / 10.000) -1 = 0,04, ou seja, o retorno foi de 4%.

Andréa Freire, Ma. 01/04/2019


Análise de Sensibilidade
14

Considera diversos resultados alternativos possíveis para obter um senso da


variabilidade dos retornos:

 Resultados pessimistas (os piores possíveis);


 Resultados mais prováveis (esperados);
 Resultados otimistas (os melhores possíveis).

O Risco pode ser medido pela Amplitude dos retornos:


Amplitude = Resultado otimista – Resultado pessimista.

Quanto maior a amplitude, maior a variabilidade, ou maior o risco do ativo.

Andréa Freire, Ma. 01/04/2019


Desvio Padrão e Coeficiente de Variação
15

Desvio Padrão ():


Indicador estatístico mais comum de risco;
Mede a dispersão em torno do valor esperado.
V =  ( x – Md)2 / n -1
=√V
Coeficiente de Variação (CV):
Consiste numa medida de dispersão relativa que é útil na comparação dos riscos
dos ativos com diferentes retornos.
CV =  / Retorno esperado
Quanto mais alto o CV maior o risco e, portanto, maior o retorno esperado.

Andréa Freire, Ma. 01/04/2019


Exemplo 03 de Risco e Retorno
16

Nota: O desvio padrão analisa a regularidade dos valores, quanto menor melhor, todavia depende do perfil
do investidor sendo agressivo ou moderado.

Andréa Freire, Ma. 01/04/2019


Solução do Exemplo 03
17

Dados Ação A Ação B


Retorno 20% 26%
Risco 16% 25%

Cálculo do coeficiente de variação:

CVA = 16/20 = 0,80


CVB = 25/26 = 0,96

A ação B é do maior risco por apresentar maior coeficiente de variação, o que


significa dizer que o risco por unidade de retorno maior, ou seja, quanto maior
risco maior o retorno.
Andréa Freire, Ma. 01/04/2019
Exemplo 04 de Risco e Retorno
18

Abaixo são apresentados os retornos esperados da ação de uma empresa de capital aberto e
do mercado, considerando três cenários prováveis:
Cenários Probabilidade ou Retorno do mercado Retorno da ação da
expectativa de retorno empresa
Otimista 30% 24% 18%
Mais provável 50% 16% 12%
Pessimista 20% 6% -3%

Pede- se:
a) Retorno esperado da ação da empresa;
b) Retorno esperado do mercado
Solução: Retorno por Ação RA = [(0,30*0,18) + (0,50*0,12) + (0,20*-0,03)] = 0,1080 = 10,8%
Retorno do Mercado RM = [(0,30*0,24) + (0,50*0,16) + (0,20*0,06)] = 0,164 = 16,4%

Andréa Freire, Ma. 01/04/2019


Variância e Desvio Padrão
19

Exemplo: Bob Marley decide investir na bolsa onde obteve as seguintes


informações:
Cotações
Ações 14/jul 15/jul 16/jul
ABCP3 R$ 20,00 R$ 10,00 R$ 8,00
BBVJ3 R$ 8,00 R$ 17,00 R$ 8,00
CBOP3 R$ 10,00 R$ 8,00 R$ 16,00

Sabe-se que ele não quer cometer risco.


Através da tabela acima,qual a ação a escolher?

Andréa Freire, Ma. 01/04/2019


ABCP3 R$ 20,00 20 R$ 10,00 R$ 8,00
BBVJ3 R$
-1
8,00 R$ 17,00 R$ 8,00
CBOP3 R$ 10,00 R$ 8,00 R$ 16,00
Tomada de decisão
Ações Média Variância Desvio Padrão
ABCP3 R$ 12,67 R$ 41,33 6
BBVJ3 R$ 11,00 R$ 27,00 5
CBOP3 R$ 11,33 R$ 17,33 4

A ação que obteve o menor desvio padrão deve ser considerada a de


melhor regularidade em resultados. Dessa forma a ação CBOP3 se
enquadra na melhor condição para se investir.
Andréa Freire, Ma. 01/04/2019
Exemplo
21

Robin é proprietária de um fliperama, e deseja aferir o retorno de duas máquinas:


Conqueror e Demolition, ambas compradas há um ano. A Conqueron foi adquirida
por R$ 20.000,00 , tem valor de mercado de R$ 21.500,00 e durante o ano gerou
R$ 800 em receitas. A Demolition foi adquirida por R$ 12.000,00, valor de
mercado de R$ 11.800,00 e gerou R$ 1.700,00 de receitas. Qual a taxa de retorno
anual das duas máquinas?

rC = 800 + 21.500 – 20.000 / 20.000 = 11,5%

rD = 1.700 + 11.800 – 12.000 / 12.000 = 12,5%

Andréa Freire, Ma. 01/04/2019


Exemplo
22

Taxa de investimento Ativo A Ativo B


Pessimista 13% 7%
Provável 15% 15%
Otimista 17% 23%

Identifique:

• A Amplitude;
• A média;
• A Variância; e
• O Desvio Padrão de cada um dos investimentos

Andréa Freire, Ma. 01/04/2019


23

 Amplitude:
Ativo A: 17 – 13 = 4%
Ativo B: 23 – 7 = 16%

 Média:
Ativo A: 17 + 15 + 13 / 3 = 15%
Ativo B: 23 + 15 + 7 / 3 = 15%

 Variância:
Ativo A: (17 – 15)2 + (15 – 15)2 + (13 – 15)2 / 3 – 1 = 4%
Ativo B: (23 – 15)2 + (15 – 15)2 + (7 – 15)2 / 3 – 1 = 64%

Andréa Freire, Ma. 01/04/2019


Continuação exemplo anterior
24

Desvio padrão: Coeficiente de Variação:


Ativo A Ativo A
=√V CV =  / retorno
 = √ 4 = 2% CV = 2 / 15 = 0,13
Ativo B Ativo B
=√V CV =  / retorno
 = √ 64 = 8% CV = 8 / 15 = 0,53

Andréa Freire, Ma. 01/04/2019