Sie sind auf Seite 1von 3

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS

ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS


SETOR DE ENGENHARIA RURAL

Prof. Adão Wagner Pêgo Evangelista

7ª LISTA DE EXERCÍCIOS

1) Caracterize o tipo de escoamento numa canalização de 10" de diâmetro que


transporta 360000 1/h de água à 20 0C. Considere a viscosidade cinemática, à referida
temperatura, 1x10 -6 m2 /s.

Resposta: Regime turbulento (Re = 501275)

2) Qual a máxima velocidade de escoamento de:


a) água;
b) óleo lubrificante SAE-30 à temperatura de 40 graus C, numa tubulação de 300 mm
sob regime laminar ?
Dados de viscosidade cinemática:
- água à 40 graus C = 0,66 x 10-6 m2/s
- óleo lubrificante SAE-30 à 40 graus C = 1,0 x 10-4 m2/s

Resposta: a) 0,0044 m/s; b) 0,67 m/s.

3) Uma tubulação de aço, com 10" de diâmetro e 1600 m de comprimento, transporta


1892500 L/dia de óleo combustível a uma temperatura de 25 0C. Sabendo que a
viscosidade cinemática ao referido fluido àquela temperatura é da ordem de 0,00130
m2/s, responda:
a) Qual o regime de escoamento a que está submetido o fluido em questão?
b) Qual a perda de carga contínua ao longo do referido oleoduto?

Resposta: a) Regime laminar (Re = 84,46) b) 45,5 m.c.óleo

4) Uma canalização nova de 25 mm de diâmetro e 200 m de comprimento, feita de


cimento amianto, conduz água a uma temperatura igual a 20 0C e vazão de 1 L/s.
Calcule a perda de carga através da Fórmula Universal. Dado : k = 0,000025 m.

Resposta: 41,6 m.c.a.

5) Estime o valor da perda de carga através da:


a) Equação Universal;
b) Equação de Hazen-Williams;
Dados: - Fluido = água à 20 graus C
- Comprimento da tubulação = 500m
- Material = cimento amianto
- Diâmetro = 500 mm
- Velocidade = 0,5 m/s
Resposta: a) 0,20 m.c.a.; b) 0,22 m.c.a.;
6) Estime o valor da perda de carga através da:
a) Equação Universal;
b) Equação de Hazen-Williams;
Dados: - Fluido = água a 20 graus C;
- Comprimento da tubulação = 500m
- Material = cimento-amianto
- Diâmetro = 75 mm
- Velocidade = 3m/s
Resposta: a) 54,4 m.c.a.; b) 56,7 m.c.a.;

7) Calcular a perda de carga numa tubulação de 10 km de comprimento e 500 mm de


diâmetro, transportando de 200 l/s de um líquido. Adotar o coeficiente rugosidade da
equação de Darcy-Weisback f = 0,015.

Resposta: hf = 9,86 m.c.a

8) Calcular o número de Reynolds do escoamento no interior da tubulação do exercício


1 e dizer qual o tipo de escoamento, sabendo-se que
Resposta: Re = 1269619, Regime turbulento

9) Qual o diâmetro de uma tubulação de ferro fundido (C = 90) que transporta 45 l/s de
água, estando os tubos num plano horizontal, com uma diferença de pressão entre suas
extremidades de 7 m.c.a. Considere o comprimento da tubulação de 7m.

Resposta: D = 156 mm.

10) Calcular a perda de carga devido ao escoamento de 18 l/s de óleo pesando 934
kgf/m3 com viscosidade cinemática de 0,0001756 m2/s, quando o escoamento se faz em
tubulação de aço de 5”, em uma extensão de 8,4 km.
Resposta: hf = 424,93 m.c.óleo ou 396,88 m.c.a.

11) Uma tubulação de aço, com 0,3 m de diâmetro e 300 m de comprimento conduz 130
l/s de água a 15,5 0C. A rugosidade do tubo é 0,0003 m. Sendo a viscosidade cinemática
da água a essa temperatura de 0,000001127 m2/s, calcular a perda de carga e a
velocidade média do escoamento.
Resposta: hf = 3,45 m.c.a; V = 1,84 m/s.

12) Para um sistema de irrigação precisa-se conduzir uma vazão de 30 l/s, numa
distância de 2 km, sendo a tubulação feita de ferro fundido usado (C = 100), na qual
serão instalados uma curva de 45 0 , uma curva de 90 0 (raio longo), um registro gaveta e
uma válvula de retenção.
Determine o diâmetro da tubulação e a perda de carga correspondente. Considerar uma
velocidade máxima admissível da água no interior da tubulação de 2,0 m/s.
Dados: Diâmetros internos dos tubos de 4”, 5” e 6” são 0,1016m, 0,126m e 0,152m
Resposta: D = 0,152 m; hf = 63,01 m.
13) calcule a vazão que escoa entre os reservatórios (Figura abaixo), sabendo-se que a
tubulação é de PVC com 320 m de extensão e 200 mm de diâmetro. Utilize o método
dos comprimentos equivalentes (n0 de diâmetros da tubulação).
Na Figura 1

Resposta: 0,062 m3/s.