Sie sind auf Seite 1von 1

Graziella Cristina Demantova A arquiteta Graziella

é formada em Arquite-
Cristina Demantova, de-
REDES TÉCNICAS E

Graziella Cristina Demantova


tura e Urbanismo, pela
Puccamp (Campinas,
pois de discutir a parti-
1999). A motivação para cipação social na gestão
pesquisar novas formas
de pensar as cidades
conduziu à formação de
SERVIÇOS AMBIENTAIS do território em sua dis-
sertação de mestrado,
busca dar continuidade
mestre em Engenharia ao seu trabalho. Re-
Agrícola pela Faculdade
de Engenharia Agrícola -
Integrando qualidade ambiental des Técnicas e Serviços
Ambientais: integrando
Feagri/ Unicamp (2003),
dentro da linha de pes-
e de vida nas cidades qualidade ambiental e
de vida nas cidades é o
quisa de Planejamento e
resultado. A singularida-
Desenvolvimento Rural
Sustentável. Em 2009 Graziella Cristina Demantova de deste trabalho está
na construção do diálo-
defende a tese de dou-
torado intitulada Redes go entre o ambiental e
Técnicas Ambientais: o urbano no espaço, a
diversidade e conexão partir da discussão do
entre pessoas e lugares

Redes Técnicas e Serviços Ambientais


papel das diversidades
(origem deste livro. Des- Propostas para melhorar a qualidade ambiental e de vida nas ci-
social e ambiental na
de 2004 é pesquisadora dades através da estruturação e constituição das redes técnicas formação do território.
do Laboratório Fluxus ambientais, enquanto estratégia metodológica para gestão das Pela discussão inicial
(Laboratório de Redes áreas verdes urbanas é o resultado da reflexão crítica dos três
Técnicas e Sustentabili-
sobre espaço absoluto
dade Socioambiental) em
temas principais presentes neste livro: espaço urbano, susten- e relativo, Demantova
dois grupos de pesquisa: tabilidade urbana e redes técnicas, que foram estruturados nos aponta os problemas
Ordenamento Territorial capítulos do estudo apresentado. O conceito de rede técnica am- urbanos. Entretan-
e Áreas de Preservação biental foi construído a partir da constatação da adoção da vi- to, ao invés de tentar
Permanente. Atualmente são de espaço absoluto, estritamente físico-material, onde ape- resolvê-los ela busca
é pesquisadora cola- reconhecer os sistemas
boradora do Departa-
nas a introdução de objetos técnicos é vista como indutora das
mudanças desejadas, e pela necessidade de se buscar outras que os produziram e os
mento de Saneamento sistemas sobre os quais
e Ambiente (DAS/FEC/ visões que analisassem o espaço urbano em sua complexidade,
eles foram introduzidos.
UNICAMP) onde realiza não apenas como um sistema técnico, nem como uma reserva O espaço é reconhecido
projeto de pós-doutorado de mercado ambiental para o sistema capitalista de produção,
para investigar as técni- por seus sistemas ecoló-
cas de aprendizagem no
mas como um sistema socioambiental. gicos, pelas funções que
ensino de arquitetura e acontecem.
assim contribuir para o
processo de ensino e for- Da apresentação de
mação de futuros profis- Emília Wanda Rutkowski
sionais do urbano.