Sie sind auf Seite 1von 2

Direito Tributário

Professor Rubens, de Oliveira Gomes


Aluno: Gabriel Ribeiro de Souza
RA: 15431022703

Pesquisa Dirigida
Tributos em Espécie - Impostos – parte I

I. Descreva e conceitue quais são as espécies de tributos previstas no ordenamento


jurídico tributário brasileiro?

Impostos; Taxas; Contribuições de Melhoria; Empréstimos Compulsórios; Contribuições


Especiais.

II. No âmbito do que já foi abordado na disciplina de Direito Tributário, aliado ao que
a CTN em seu art. 16 define o que seja o imposto, descreva com suas palavras o
conceito jurídico/econômico de imposto?

Tributo cuja obrigação tem por fato gerador uma situação independente de qualquer
atividade especifica, relativa ao contribuinte, de maneira que ocorre transferência de
recursos dos particulares para o Estado.

III. Descreva e conceitue os termos patrimônio e patrimônio líquido sob as


perspectivas jurídico/econômico e contábil?

Patrimônio: Conjunto de coisas avaliáveis em dinheiro.

Patrimônio Líquido: fonte de recursos da empresa proveniente do capital dos sócios os


dos próprios lucros gerados pela empresa.

IV. Conceitue o termo derrogado sob a perspectiva jurídico/tributária?

Cessar ou modificar o efeito de uma lei, de um regulamento, somente numa de suas


seções, abarcando apenas uma de suas partes; invalidar o valor de; anular.

V. Quais seriam e quando podem vir a serem exigidos os impostos extraordinários?

Impostos não previstos em lei que podem ser instituídos em períodos de guerra, com
objetivo de financiar a guerra.

VI. Quais seriam as principais funções dos impostos sobre o comercio exterior?

Função econômica e regulatória da Balança Comercial, dos Preços Nacionais e da


Política Cambial.
VII. Qual é e quando ocorre o fato gerador do imposto de importação?
Entrada de produtos fabricados fora do território nacional a qualquer titulo ou
renacionalização de produtos fabricados no Brasil. Fato Gerador ocorre no momento do
Registro da DI – Declaração de Importação.

VIII. Quais são as bases de cálculo e contribuintes do imposto de importação?

Alíquota especifica: unidade de medida

Alíquota ad valorem: preço normal de mercado que o produto alcançaria em condições


similares e não necessariamente, o valor da operação.

Arrematação: valor da operação

IX. Descreva o que sejam Zonas Francas, ZPEs, drawback e dumping?

Zonas Francas: Área de livre comercio de importação e exportação e de incentivos


fiscais

ZPE: distrito industrial onde empresas nele localizada operam com suspensão de
impostos, liberdade cambial e gozam de procedimentos administrativos simplificados.

Drawback: Forma de proteção da indústria nacional pela qual o produtor, quando


exporta o produto acabado é ressarcido do imposto de importação incidente sobre os
insumos importados que foram utilizados nesses produtos.

Dumping: Invasão de mercadorias estrangeiras a preços abaixo do valor justo, visando


aniquilar a concorrência no pais de destino.

X. Qual é e quando ocorre o fato gerador do imposto de exportação?

Saída de produtos fabricados em território nacional, ou nacionalizados, para o


estrangeiro a qualquer titulo ou remessa de produtos para a Zona Franca. Fato Gerador
ocorre no momento do Registro da Guia de Exportação;

XI. Quais são as bases de cálculo e contribuintes do imposto de exportação?

Alíquota especifica: Unidade de medida

Alíquota ad valorem: preço normal de mercado que o produto alcançaria em condições


similares e não necessariamente, o valor da operação.

XII. Quais são as alíquotas e quais os produtos atualmente estão alcançados pelo
imposto de exportação?

Alíquota básica é de 30%, podendo ser reduzida a até ZERO ou aumentada para até
150%. 30%: castanha de caju com casca

9%: peles em bruto de bovino ou de equídeo, peles em bruto de ovinos, outras peles
em bruto.
150%: cigarro e armas e seus acessórios