Sie sind auf Seite 1von 6

L I S TA D E E X E R C Í C I O S 15

Q U Í M I C A G E R A L - M Ó D U LO 0 6

FORÇAS INTERMOLECULARES OU FORÇAS DE VAN DER


WAALS
01 - (UNIFICADO RJ)
Um estudante de química do segundo grau re-
solveu comparar experimentalmente as diferenças dos
pontos de ebulição de quatro ácidos inorgânicos: HF, HCl,
HBr e HI. Os resultados desse experimento encontram-se
listados na tabela abaixo.

O valor acentuadamente mais elevado do ponto de


ebulição do HF ocorre em virtude da

a) menor eletronegatividade do flúor


b) ausência de polaridade da substância De posse das informações da tabela e do gráfico,
c) maior massa molecular do HF comparada que representam os pontos de ebulição, respectivamente,
aos demais das substâncias simples halogênicas e dos haletos de hi-
d) formação de ligações de hidrogênio por esta drogênio, em função da massa molar, é correto afirmar:
substância
e) capacidade do HF de formar ligação do tipo a) As interações entre moléculas das substân-
iônica intermolecular cias simples halogênicas ficam mais fracas à medida que
há aumento de tamanho entre elas e, consequentemente,
02 - (UEFS BA) nos pontos de ebulição.
Quando uma substância molecular passa do es- b) O aumento do tamanho das moléculas das
tado líquido ou sólido para o estado gasoso, ocorre o rom- substâncias simples halogênicas e dos haletos de hi-
pimento de ligações intermoleculares. Desse modo, é drogênio, HCl, HBr e HI, é responsável pelo ponto de ebu-
possível perceber que o ponto de ebulição de uma substân- lição crescente dessas substâncias.
cia molecular depende de dois fatores, o tamanho da molé- c) As moléculas de HF, embora pequenas,
cula e a intensidade das forças entre elas. quando comparadas às dos demais haletos de hidrogênio,
estão unidas por fracas ligações de hidrogênio e, por essa
razão, o ponto de ebulição de HF(l) é 20ºC.
d) As moléculas de HCl(g), HBr(g) e HI(g) são
apolares, e as interações entre elas são do tipo dipolo
instantâneo-dipolo induzido.
e) A interação entre as moléculas das substân-
cias simples halogênicas são de natureza dipolo induzido.

12
03 - (UEG GO) a) dipolo-dipolo, ligação de hidrogênio, dipolo-
O eixo y da figura abaixo representa as temperatu- dipolo e dipolo induzido-dipolo induzido.
ras de ebulição de compostos dos elementos das famílias b) dipolo instantâneo-dipolo induzido, dipolo-
14 e 16 da tabela periódica. No eixo x tem-se os valores dipolo, ligação de hidrogênio, dipolodipolo.
das massas molares. Levando-se em consideração o c) dipolo-dipolo, ligação de hidrogênio, ligação
gráfico a seguir, responda aos itens abaixo: de hidrogênio e dipolo-dipolo
d) forças de London, dipolo-dipolo, ligação de
hidrogênio e dipolo induzido-dipolo induzido.

06 - (UFC CE)
Recentemente, uma pesquisa publicada na revista
Nature (Ano: 2000, vol.405, pg. 681,) mostrou que a ha-
bilidade das lagartixas (víboras) em escalar superfícies
lisas como uma parede, por exemplo, é resultado de in-
terações intermoleculares. Admitindo que a parede é re-
coberta por um material apolar e encontra-se seca, assi-
nale a alternativa que classifica corretamente o tipo de
a) Explique o comportamento observado para interação que prevalece entre as lagartixas e a parede, re-
os pontos de ebulição nos compostos da família do car- spectivamente:
bono. a) íon – íon.
b) Explique por que a água apresenta ponto de b) íon – dipolo permanente.
ebulição superior ao dos demais compostos do grupo do c) dipolo induzido – dipolo induzido.
oxigênio e por que essa discrepância não ocorre com os d) dipolo permanente – dipolo induzido.
compostos da família do carbono. e) dipolo permanente – dipolo permanente.

04 - (UFPA) 07 - (UFC CE)


Os insetos mostrados na figura não afundam na A água apresenta-se no estado líquido, à tempera-
água devido ao (a) tura ambiente e à pressão atmosférica, e entra em ebu-
lição a uma temperatura que é cerca de 200 oC mais ele-
vada do que a do ponto de ebulição previsto teoricamente,
na ausência das ligações de hidrogênio.
Com relação às ligações de hidrogênio, assinale a
alternativa correta.
a) Ocorrem entre moléculas, onde o átomo de
hidrogênio é ligado covalentemente aos átomos mais
a) presença de pontes de hidrogênio, em eletropositivos, pelos seus pares de elétrons ligantes.
função da elevada polaridade da molécula de água. b) Originam-se da atração entre os átomos de
b) fato de os insetos apresentarem uma densi- hidrogênio de uma molécula de água, que têm carga par-
dade menor que a da água. cial negativa, e o átomo de oxigênio de uma outra unidade
c) elevada intensidade das forças de dispersão molecular, que tem carga parcial positiva.
de London, em conseqüência da polaridade das moléculas c) No estado sólido, as ligações de hidrogênio
de água. presentes na água são mais efetivas, resultando em efeitos
d) interação íon – dipolo permanente, orig- estruturais que conferem menor densidade ao estado
inada pela presença de substâncias iônicas dissolvidas na sólido do que ao líquido.
água. d) Quanto maior for a eletronegatividade do
e) imiscibilidade entre a substância orgânica átomo ligado ao hidrogênio na molécula, maior será a den-
que recobre as patas dos insetos e a água. sidade de carga negativa no hidrogênio, e mais fraca será
a interação com a extremidade positiva da outra molé-
05 - (UFU MG) cula.
As substâncias SO2, NH3, HCl e Br2 apresentam
as seguintes interações intermoleculares, respectiva-
mente:

13
GA B A R I TO L I S TA 15

Q U Í M I C A G E R A L - M Ó D U LO 0 6
01 - (UNIFICADO RJ)
Gab: D

02 - (UEFS BA)
Gab: B

03 - (UEG GO)
Gab:
a) Com o aumento da massa molar ocorre aumento
da temperatura de ebulição.
b) Por que a água estabelece ligações de hidrogênio,
na família do carbono isso não ocorre.

04 - (UFPA)
Gab: A

05 - (UFU MG)
Gab: A

06 - (UFRRJ)
Gab: C

07 - (UFC CE)
Gab: C

14
L I S TA C O M P L E M E N TA R 15

Q U Í M I C A G E R A L - M Ó D U LO 0 6

FORÇAS INTERMOLECULARES OU FORÇAS DE VAN DER


WAALS
01 - (IFGO) 03 - (UFOP MG)
Considere o quadro a seguir. Ele apresenta as tem- Um produto comercial chamado Scotch Gard é
peraturas de fusão e de ebulição das substâncias Cl2, ICl e utilizado, sob a forma de spray, em superfícies como as de
I2: estofados e tecidos, para torná-las à prova d’água. O
princípio de atuação do Scotch Gard é que ele torna a su-
Temperatura Temperatura de
Substância perfície:
de fusão / °C Ebulição / °C a) hidrofílica, impedindo que a água seja absor-
Cl 2 − 102 − 35 vida por ela.
b) hidrofóbica, impedindo que a água seja ab-
ICl 27 97 sorvida por ela.
I2 113 184 c) hidrofílica, permitindo que a água seja absor-
vida por ela.
Considerando-se essas substâncias e suas proprie- d) hidrofóbica, permitindo que a água seja ab-
dades, é correto afirmar que: sorvida por ela.

a) No Cl2 , as interações intermoleculares são 04 - (FATEC SP)


mais fortes que no I2 . O volume ocupado por qualquer amostra de água
b) Nas condições normais de temperatura e depende da temperatura da amostra. O gráfico a seguir
pressão, o Cl2 é gasoso, o ICl é líquido e o I2 é sólido. representa a variação do volume de certa amostra de água
c) Na molécula do ICl , a nuvem eletrônica da em função da sua temperatura.
ligação covalente está mais deslocada para o átomo de
V(mL)
cloro.
d) No ICl , as interações intermoleculares são,
exclusivamente, do tipo dipolo instantâneo – dipolo in-
duzido.
e) O ponto de fusão da molécula de I2 é o
maior das três substâncias em função das suas interações
intermoleculares serem mais intensas.

02 - (UFC CE)
Sabendo-se que a temperatura de ebulição de uma 0 1 2 3 4 5 6 7 T (°C)
substância depende da intensidade das forças intermolecu-
lares presentes, assinale a alternativa que corretamente
Analisando-se o gráfico, pode-se concluir que a
apresenta as substâncias em ordem crescente de tempera-
densidade da água:
tura de ebulição.
a) cresce com o aumento do volume.
a) H2, N2, O2, Br2
b) varia linearmente com a temperatura.
b) N2, Br2, O2, Br2
c) não varia com a temperatura.
c) Br2, O2, N2, H2
d) é mínima a 0°C .
d) Br2, N2, H2, O2
e) é máxima a 4ºC .
e) O2, Br2, N2, H2

18
05 - (UECE) sentam uma curvatura (menisco) convexa, indicando que
O mercúrio, que corre dentro dos termômetros, as forças coesivas entre as moléculas do líquido são
por exemplo, não molha o vidro nem qualquer tipo de pa- maiores do que as forças adesivas entre as paredes de
pel. Isso ocorre porque os átomos de mercúrio vidro e o líquido. Outros líquidos apresentam menisco na
forma cônica. Entre os líquidos a seguir, quando coloca-
a) em contato com a superfície do vidro, se dos em um frasco cilíndrico, apresentará menisco con-
desfazem, espalhando-se. vexo:
b) possuem força de coesão maior que a força
de atração com a superfície do vidro. a) a água.
c) são polares e as moléculas da superfície do b) o mercúrio.
vidro são apolares. c) o clorofórmio.
d) possuem força de atração com a superfície do d) o metanol.
vidro maior que a força de coesão.
09 - (PUC RS)
06 - (UFOP MG) A tensão superficial da água explica vários fenôme-
As forças intermoleculares mais intensas em um nos, como o da capilaridade, a forma esférica das gotas de
líquido contendo ligações não polares são: água e o fato de alguns insetos poderem andar sobre a
a) Forças de dispersão de London. água. A alta tensão superficial da água é uma conseqüên-
b) Forças dipolo-dipolo. cia direta:
c) Ligações covalentes. a) da sua viscosidade.
d) Ligações de hidrogênio. b) do seu elevado ponto de fusão.
c) do seu elevado ponto de ebulição.
07 - (Unimontes MG) d) das atrações intermoleculares.
O gráfico abaixo apresenta a variação da densi- e) das ligações covalentes entre os átomos de
dade da água líquida em função da temperatura, à pressão “H” e “O”.
de 1atm.

Analisando-se esse gráfico, pode-se afirmar que


a) o volume da água é menor em temperaturas
acima de 4ºC.
b) a água tem volume máximo ao atingir a tem-
peratura de 4ºC.
c) a massa (g) correspondente a 1 cm3 de água
é maior a 30ºC.
d) a água se contrai, à medida que a tempera-
tura diminui até 4ºC.

08- (Unimontes MG)


A resistência de um líquido ao aumento de sua
área superficial é denominada tensão superficial. Substân-
cias com grande força de atração entre as moléculas têm
alta tensão superficial. Essas substâncias, quando coloca-
das em um frasco cilíndrico, na superfície do líquido, apre-

19
GA B A R I TO L I S TA C O M P L E M E N TA R 15

Q U Í M I C A G E R A L - M Ó D U LO 0 6

EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES NÃO POSSUEM RESOLUÇÃO EM VIDEO


01 - (IFGO)
Gab: C

02 - (UFC CE)
Gab: A

03 - (UFOP MG)
Gab: B

04 - (FATEC SP)
Gab: E

05 - (UECE)
Gab: B

06 - (UFOP MG)
Gab: A

07 - (Unimontes MG)
Gab: D

08- (Unimontes MG)


Gab: B

09 - (PUC RS)
Gab: D

20