Sie sind auf Seite 1von 8

DIREITO AMBIENTAL

Teoria Geral e Princípios Ambientais

Unidades 1 e 2

Profª Marcela Inafuku

TEORIA GERAL DO MEIO AMBIENTE

TEORIA GERAL DO MEIO AMBIENTE  Mudança de padrões de progresso. Queima de petróleo para geração

Mudança de padrões de

progresso. Queima de petróleo

para geração de energia

Conferência das Nações Unidas:

113 países (Junho de 1972)

Declaração de Estocolmo:

Estabelecimento de princípios

Rio 92: Desenvolvimento sustentável

Fonte: http://www.senado.gov.br

 Meio Ambiente Natural: Físico. Solo, água, ar atmosférico, etc. Art. 225, § 1º, incisos

Meio Ambiente Natural: Físico. Solo, água, ar atmosférico, etc. Art. 225, § 1º, incisos I e VII da CF/88

Meio Ambiente Artificial: Espaço urbano construído. Art. 182 e 225 da CF/88

Meio Ambiente Cultural: Patrimônio histórico. Art. 216 da CF/88

Meio Ambiente do Trabalho: local onde as pessoas desempenham suas atividades laborais. Art. 200, inciso VIII da CF/88

TEORIAS

ANTROPOCENTRISMO: Homem é o ser mais importante, devendo cuidar dos demais seres apenas quando lhe for útil.

BIOCENTRISMO: o meio ambiente e seus elementos possuem uma importância

fundada em sua própria existência, e devem ser defendidos como seres e existências autônomas.

ANTROPOCENTRISMO ALARGADO: posição menos radical em relação à visão do

homem como o centro de todas as preocupações, em que o homem utiliza a natureza a seu bel prazer, e, apesar deste ainda ser o principal elemento, já não é possível ignorar o meio ambiente, e demais seres vivos.

FONTES

“Os princípios são normas de natureza estruturante, tão fundamentais ao ordenamento jurídico, devido

a sua posição hierárquica no sistema de fontes, que, por vezes, são incorporados ao Direito Positivo,

adquirindo status de lei”. Canotilho (2003)

Princípios Ambientais: Constituição Federal, Lei nº 6938/81, Lei nº 9605/98, Lei nº 11105/05, etc.

Política Nacional do Meio Ambiente PNMA (Lei nº 6938/81). Efetividade ao Art. 225 da CF/88.

Sistema Nacional do Meio Ambiente SISNAMA proteção, melhoria e recuperação da qualidade

ambiental

proteção, melhoria e recuperação da qualidade ambiental Avaliações de Impactos Ambientais (AIA): CONAMA N.º

Avaliações de Impactos Ambientais (AIA): CONAMA N.º 001/86. Identificar, interpretar e prevenir.

UNIDADE 2

UNIDADE 2 Licenciamento Ambiental : Controle sobre as atividades humanas. Exigência legal. Procedimento administrativo.

Licenciamento Ambiental : Controle sobre as atividades humanas. Exigência legal. Procedimento administrativo. Lei nº 6938/81, CONAMA e Lei Complementar 140/11.

Licença

empreendimento.

Licença de Instalação (LI):autoriza o início da obra de implantação do projeto.

Licença

produtivas.

Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA): documentos técnicos multidisciplinares. Avaliação ampla e completa dos impactos ambientais significativos. Indica as medidas mitigadoras correspondentes.

atividades

da implantação, alteração ou ampliação do

Prévia

(LP ):

na

fase

de

planejamento

de

Operação

(LO ):

início

do

funcionamento

do

empreendimento/obra,

das

RESPONSABILIDADE AMBIENTAL

Civil : “Art 14 [

obrigado, independentemente da existência de culpa, a indenizar ou reparar os danos causados ao

§ 1º - Sem obstar a aplicação das penalidades previstas neste artigo, é o poluidor

]

meio ambiente e a terceiros, afetados por sua atividade” (Lei nº 6938/81).

Administrativa: Art. 225, § 3º da CF/88 e 70 à 76 da Lei nº 9605/98. O objetivo é de impor regras de

conduta àqueles que também estão ligados à Administração.

Penal : Art. 225, § 3º da CF/88 e Lei nº 9605/98. - As condutas e atividades consideradas lesivas ao meio ambiente sujeitarão os infratores, pessoas físicas ou jurídicas, a sanções penais e

administrativas, independentemente da obrigação de reparar os danos causados.

Profª Marcela Inafuku Dúvidas: link “Fale com o professor”

Profª Marcela Inafuku

Dúvidas: link “Fale com o professor”