Sie sind auf Seite 1von 4

Cidadania e Empregabilidade

Ano letivo: 2018/2019


A professora: Lurdes Oliveira

Direitos Humanos: A Longa História dos Direitos e Liberdades

Nome:___________________________________________________________________________________

Ano letivo: 2018/2019


Proposta de Trabalho

“... Os professores mais do que formarem bons alunos, devem querer formar
excelentes seres humanos...”
Cardoso, Jorge Rio (2013). O Professor do Futuro.Editora: Guerra e Paz, p.365.

A Constituição da República Portuguesa de


1976 é a atual Constituição Portuguesa. Foi
redigida pela Assembleia Constituinte eleita na
sequência das primeiras eleições gerais livres
no país em 25 de Abril de 1975, 1.º aniversário
da Revolução dos Cravos.

Para compreendermos quais são os nossos direitos e deveres enquanto cidadão, é


fundamental conhecermos a Constituição da República Portuguesa.

O que é a Constituição da República Portuguesa?


Constituição é o conjunto de leis, normas e regras de um país ou de uma instituição. A
Constituição regula e organiza o funcionamento do Estado. É a Lei máxima que limita poderes e
define os direitos e deveres dos cidadãos. Nenhuma outra lei pode entrar em conflito com a
Constituição.

Nos países democráticos, a Constituição é elaborada por uma Assembleia Constituinte


(pertencente ao poder legislativo), eleita pelo povo. A Constituição pode receber emendas e
revisões (reformas).

A Constituição da República Portuguesa entrou em vigor em de 25 de Abril de 1976.


A Constituição Portuguesa já sofreu sucessivas revisões (1982, 1989, 1992, 1997, 2001,
2004 e 2005).
1 Page

1
1.Depois dos esclarecimentos acima mencionados relativamente
ao significado da Constituição Portuguesa, lê com atenção o preâmbulo da mesma e responde
às seguintes questões:

Constituição da República Portuguesa


VII REVISÃO CONSTITUCIONAL [2005]

PREÂMBULO
A 25 de Abril de 1974, o Movimento das Forças Armadas, coroando a longa resistência
do povo português e interpretando os seus sentimentos profundos, derrubou o regime fascista.
Libertar Portugal da ditadura, da opressão e do colonialismo representou uma
transformação revolucionária e o início de uma viragem histórica da sociedade portuguesa.
A Revolução restituiu aos Portugueses os direitos e liberdades fundamentais. No
exercício destes direitos e liberdades, os legítimos representantes do povo reúnem-se para elaborar
uma Constituição que corresponde às aspirações do país.
A Assembleia Constituinte afirma a decisão do povo português de defender a
independência nacional, de garantir os direitos fundamentais dos cidadãos, de estabelecer os
princípios basilares da democracia, de assegurar o primado do Estado de Direito democrático e de
abrir caminho para uma sociedade socialista, no respeito da vontade do povo português, tendo em
vista a construção de um país mais livre, mais justo e mais fraterno.
A Assembleia Constituinte, reunida na sessão plenária de 2 de Abril de 1976, aprova e
decreta a seguinte Constituição da República Portuguesa1.”

1.1.O que é uma Constituição?


________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

1.2.Qual é a atual Constituição da República Portuguesa?


________________________________________________________________________________

2. Leia os artigos da Constituição Portuguesa que se seguem.

Artigo 13.º
Princípio da igualdade
1. Todos os cidadãos têm a mesma dignidade social e são iguais perante a lei.
2. Ninguém pode ser privilegiado, beneficiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento
de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião,
convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação
sexual.

2.2. Comente o artigo, explicitando com clareza a sua perspetiva.


2 Page

1
https://www.parlamento.pt/Legislacao/Paginas/ConstituicaoRepublicaPortuguesa.aspx

2
Direitos, liberdades e garantias pessoais
Artigo 24.º
Direito à vida
1. A vida humana é inviolável.
2. Em caso algum haverá pena de morte.

2.3. Portugal foi o primeiro Estado soberano moderno da Europa a abolir a pena de morte. Dado que ainda
existem Estados que mantêm a pena de morte, mencione o seu ponto de vista de concordância ou não
relativamente à aplicação da pena de morte. Justifique a sua perspetiva.
_________________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________________

Artigo 25.º
Direito à integridade pessoal
1. A integridade moral e física das pessoas é inviolável.
2. Ninguém pode ser submetido a tortura, nem a tratos ou penas cruéis, degradantes ou
desumanos.

Artigo 26.º
Outros direitos pessoais
1. A todos são reconhecidos os direitos à identidade pessoal, ao desenvolvimento da
personalidade, à capacidade civil, à cidadania, ao bom nome e reputação, à imagem, à
palavra, à reserva da intimidade da vida privada e familiar e à proteção legal contra
quaisquer formas de discriminação.
2. A lei estabelecerá garantias efetivas contra a obtenção e utilização abusivas, ou contrárias
à dignidade humana, de informações relativas às pessoas e famílias.

2.4.Comenta o artigo, explicitando com clareza a tua perspetiva.


__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________

Artigo 37.º
Liberdade de expressão e informação
1. Todos têm o direito de exprimir e divulgar livremente o seu pensamento pela palavra, pela
imagem ou por qualquer outro meio, bem como o direito de informar, de se informar e de ser
informado, sem impedimentos nem discriminações.
3

2. O exercício destes direitos não pode ser impedido ou limitado por qualquer tipo ou forma de
Page

censura.

3
3. As infrações cometidas no exercício destes direitos ficam submetidas aos princípios gerais de
direito criminal ou do ilícito de mera ordenação social, sendo a sua apreciação respetivamente da
competência dos tribunais judiciais ou de entidade administrativa independente, nos termos da
lei.
2.5. Comenta o artigo, explicitando com clareza a tua perspetiva.
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________

3.Hoje, vivemos na conhecida “era da


globalização”. Portugal, não tem como viver
isolado do atual mundo complexo. Além duma
maior facilidade em viajar para qualquer ponto
do globo, as Tecnologias de Comunicação e
de Informação permitem uma maior
proximidade entre todos, um maior
conhecimento das liberdades fundamentais.

Concorda com a perspetiva da Mafalda quanto


ao mundo real? Explicite, de forma sucinta, as
suas ideias.

_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________

4
Page