Sie sind auf Seite 1von 35

Diagnóstico

Diferencial das
Síndromes
Glomerulares

Dra. Roberta M. Lima Sobral


Principais Síndromes
em Nefrologia
9Síndromes glomerulares :
ƒ Síndrome Nefrítica
ƒ Síndrome Nefrótica
9Síndromes tubulares
9Hipertensão arterial
9Nefrolitíase
9Infecção urinária
9Insuficiência renal
Síndrome Nefrítica
Caso Clínico

9FSS, 4 anos, feminina, branca,


natural e procedente de Salvador-
Ba.
9Criança apresentou quadro de
piodermite há cerca de 3
semanas. Há 2 dias vem
apresentando edema generalizado
progressivo e urina escura.
Caso Clínico

9Foi atendida na emergência de um


serviço de saúde, sendo
detectado TA = 150 x 100 mmHg,
e observado edema de face e
MMII.
9Exame segmentar normal.
Caso Clínico

9Exames laboratoriais :
ƒ Exame de urina - Proteinúria +,
numerosas hemáceas e
leucócitos.
ƒ ASLO - 200 ui Todd.
ƒ C3 - 25 mg/dl.
ƒ Creatinina - 0,5 mg/dl.
Caso Clínico

►EDEMA + HIPERTENSÃO
ARTERIAL SISTÊMICA +
HEMATÚRIA.
= SÍNDROME NEFRÍTICA
Sec Glomerulonefrite aguda pós-
estreptocócica
Síndrome Nefrítica
9Definição
9Histopatologia
9Fisiopatologia
9Etiologia
9Quadro clínico
9Diagnóstico
laboratorial
9Tratamento
Síndrome Nefrítica
9Definição 9 Conjunto de
9Histopatologia sinais e sintomas
devido a
9Fisiopatologia processo
9Etiologia inflamatório
9Quadro clínico agudo que atinge
9Diagnóstico os glomérulos, de
laboratorial origem
presumivelmente
9Tratamento imunológica.
Síndrome Nefrítica
9Definição
9Histopatologia
9Fisiopatologia
9Etiologia
9Quadro clínico
9Diagnóstico
laboratorial
9Tratamento
Síndrome Nefrítica
9Definição
9Histopatologia Processo inflamatório glomerular

9Fisiopatologia Hematúria

9Etiologia Redução TFG

Retenção Sódio Uremia


9Quadro clínico Edema

9Diagnóstico HAS

laboratorial Congestão venosa

9Tratamento
Síndrome Nefrítica
9Definição 9 Glomerulonefrites
secundárias:
9Histopatologia ƒ Glomerulonefrite
aguda pós-infecciosa
9Fisiopatologia (GNA pós-
estreptocócica)
9Etiologia ƒ Púrpura de Henoch-
Shöenlein.
9Quadro clínico ƒ Lúpus Eritematoso
Sistêmico.
9Diagnóstico 9 Glomerulonefrites
laboratorial primárias:
ƒ Nefropatia por IgA.
9Tratamento ƒ Membrano-
proliferativa.
Síndrome Nefrítica
9Definição 9 Edema
9 Hipertensão arterial
9Histopatologia
9 Hematúria
9Fisiopatologia
9Etiologia 9 Oligúria : Insuf. renal
9Quadro clínico 9 Congestão
circulatória : ICC
9Diagnóstico
laboratorial
9 Antecedente
9Tratamento estreptocócico
Síndrome Nefrítica
9Definição 9 Exame de urina:
ƒ Hematúria
9Histopatologia (dismórfica)
ƒ Proteinúria
9Fisiopatologia ƒ Leucocitúria
9Etiologia ƒ Cilindros hemáticos

9Quadro clínico 9 Uréia e creatinina


9Diagnóstico
laboratorial 9 C3
9 ASLO
9Tratamento
Síndrome Nefrítica
9Definição 9 Dieta hipossódica
9Histopatologia 9 Restrição hídrica
9Fisiopatologia 9 Diuréticos
ƒ Furosemida
9Etiologia 9 Anti-
9Quadro clínico hipertensivos
9Diagnóstico ƒ Captopril
laboratorial 9 Penicilina
Benzatina
9Tratamento
Síndrome Nefrótica
Caso Clínico

9 RVS, 3 anos, masculino, negro, natural


e procedente de Salvador-Ba.
9 Criança apresentou edema de face há 7
dias, que progrediu para MMII e
anasarca. Refere urina escura e com
volume diminuído.
9 Vem apresentando tosse há 10 dias e
febre alta há 5 dias.
Caso Clínico

9 Foi atendida na emergência de um


serviço de saúde, sendo observada
anasarca, TA = 90 x 40 mmHg, e o
exame do ap. respiratório mostrava
taquipnéia e crépitos em 1/3 médio
pulmão direito.
Caso Clínico

9 Exames laboratoriais :
ƒ Sumário de urina - Proteinúria +++/4+,
cilindros hialinos.
ƒ Uréia – 60 mg/dl.
ƒ Creatinina - 0,5 mg/dl.
ƒ Proteína total / albumina – 4,5 / 1,5 g%
ƒ Colesterol total – 335 mg/dl.
ƒ Triglicerídios – 240 mg/dl.
Caso Clínico

9 Exame radiológico :
ƒ RX tórax – Condensação 1/3 médio
pulmão direito.
Caso Clínico

►EDEMA + HIPOALBUMINEMIA +
PROTEINÚRIA.
= SÍNDROME NEFRÓTICA

►PNEUMONIA LOBAR À DIREITA


Síndrome Nefrótica
9Definição
9Histopatologia
9Fisiopatologia
9Quadro clínico
9Diagnóstico
laboratorial
9Tratamento
Síndrome Nefrótica
9Definição 9Conjunto de
9Histopatologia sinais e
sintomas
9Fisiopatologia secundários a
9Quadro clínico aumento da
9Diagnóstico permeabilidade
renal à
laboratorial
filtração de
9Tratamento proteínas
Síndrome Nefrótica
9Definição 9 Lesão Mínima
9 Glomeruloesclero
9Histopatologia se segmentar e
focal
9Fisiopatologia 9 GN proliferativa
9Quadro clínico mesangial
9 GN membrano
9Diagnóstico proliferativa
laboratorial 9 GN membranosa
9Tratamento 9 Esclerose
mesangial difusa
Síndrome Nefrótica
9Definição
Proteinúria
9Histopatologia
9Fisiopatologia Hipoalbuminemia

9Quadro clínico Redução da


pressão
coloidosmótica
Ativação do SRAA
plasmática
9Diagnóstico
laboratorial ▼
9Tratamento Edema
Síndrome Nefrótica
9Definição 9 Edema
9 Oligúria
9Histopatologia
9Fisiopatologia 9 História de
9Quadro clínico recidivas
9Diagnóstico
laboratorial 9 Predisposição a
tromboembolismo
9Tratamento
Síndrome Nefrótica
9Definição 9 Exame de urina:
ƒ Proteinúria
9Histopatologia ƒ Cilindros hialinos
9 Proteinúria de 24 hs
9Fisiopatologia ƒ 50 mg/kg/dia ou 40
mg/m2/h
9Quadro clínico ƒ Relação prot/ creat
urinária > 3,5
9Diagnóstico 9 Albumina < 2,5 g%
laboratorial 9 Uréia e creatinina
9 Hipercolesterolemia
9Tratamento e
hipertrigliceridemia.
Síndrome Nefrótica
9Definição 9 Dieta hipossódica
e hipolipídica
9Histopatologia 9 Diuréticos
9Fisiopatologia ƒ Furosemida
9Quadro clínico 9 Albumina EV
9Diagnóstico
laboratorial
9Tratamento
Síndrome Nefrótica
9Definição 9 Corticosteróides
ƒ Prednisona
9Histopatologia
ƒ 2 mg/kg/dia – 6
9Fisiopatologia semanas
9Quadro clínico ƒ Redução gradual

9Diagnóstico
9 Citostáticos
laboratorial
ƒ Ciclosporina
9Tratamento ƒ Ciclofosfamida
Síndrome Nefrítica
x
Síndrome Nefrótica
Caso Clínico

9 JASN, 7 anos, feminina, mulata, natural


e procedente de Salvador-Ba.
9 História de edema de face e MMII há 5
dias e redução do volume urinário.
9 Refere também dispnéia aos esforços.
Caso Clínico

9 Ao exame – BEG, edema de face ++/4+,


TA = 130 x 80 mmHg.
9 ACV – RCR 3t (B3), BNF, SS III/VI
9 ARESP - Crépitos em bases
9 EXT – Edema MMII ++/4+
Caso Clínico
9 Exames laboratoriais :
ƒ Sumário de urina - Proteinúria +++/4+,
hematúria, cilindros hialinos e granulosos.
ƒ Uréia – 100 mg/dl.
ƒ Creatinina - 1,5 mg/dl.
ƒ Proteína total / albumina – 3,5 / 1,0 g%
ƒ Colesterol total – 567 mg/dl.
ƒ Triglicerídios – 369 mg/dl.
ƒ ASLO - < 200 U Todd
ƒ C3 – 25 mg%
Caso Clínico
9 P1) Síndrome edematosa
ƒ Síndrome Mista – Nefrítica + Nefrótica
• GN Primária – GESF? GNMP?
• GN Secundária – GNPE? Outra doença sistêmica?

9 P2) Insuf. Cardíaca

9 P3) Insuf. Renal


Diagnóstico diferencial
Parâmetros Síndrome Nefrítica Síndrome Nefrótica

Quadro clínico Edema Edema


Hipertensão Hipoalbuminemia
Hematúria Proteinúria
Exame urina Hematúria Proteinúria
Cilindros hemáticos Cilindros hialinos
Complemento sérico Baixo Normal

Antecedente Sim Não


estreptocócico
Fisiopatologia Hipervolemia Hipovolemia

Recidivas Não Sim

Tratamento Diurético Corticosteróides