Sie sind auf Seite 1von 70

www.fisicanaveia.com.

br
“Hand with Reflection Sphere (Self-Portrait in Spherical Mirror)”
por M.C. Escher
Geometria

Esfera oca de vidro


Geometria

Centro
de
C
curvatura

Esfera oca de vidro


Geometria

Esfera oca de vidro


Geometria

calota
esférica

plano
de
secção

Esfera oca de vidro


Geometria

calota
esférica

plano
de
secção
Geometria
Geometria

espelho
côncavo
Geometria

espelho
convexo
Simbologia

C C
Simbologia

C C
Simbologia

LUZ LUZ

C V V C
eixo principal eixo principal

espelho espelho
côncavo convexo
Leis da Reflexão

C V

Entrou paralelo
sai mais ou menos
pelo “ponto médio”
entre C e V
Leis da Reflexão

Incidência
“normal”
i = 0o
r = 0o

C V

Entrou pelo centro


volta sobre si
mesmo
Condições de Nitidez de Gauss

C q V

1a condição
de nitidez de Gauss
Abertura menor
do que 10º

q < 10º
Condições de Nitidez de Gauss

C V

2a condição
de nitidez de Gauss

Raios paraxiais
Condições de Nitidez de Gauss

1a condição Espelhos que obedecem às duas condições


de nitidez de Gauss de nitidez de Gauss são chamados de
espelhos gaussianos (ou ideais).
Abertura menor
do que 10º

q < 10º Para cada ponto objeto eles formam um


único ponto imagem.
2a condição
de nitidez de Gauss

Raios paraxiais
Eles têm funcionamento ideal, ou seja,
formam imagens nítidas.
Condições de Nitidez de Gauss

FOCUS = FOGO

C F V

Espelhos gaussianos
têm foco bem definido

Entrou paralelo
ao eixo principal
sai pelo foco

Telescópio newtoniano
Condições de Nitidez de Gauss

Princípio da
Reversibilidade

C F V

Espelhos gaussianos
têm foco bem definido

Entrou pelo foco


sai paralelo
ao eixo principal
Condições de Nitidez de Gauss

C F V

Espelhos gaussianos
têm foco bem definido
f f
O raio de curvatura
mede o dobro da
distância focal
R = f + f = 2f
CF  FV  f CV  R  2 f
Exercícios

Exercício (aula 5 – apostila 1 - página 94)


(Fuvest-SP) Um holofote é constituído por dois
espelhos esféricos côncavos E1 e E2, de modo que
a quase totalidade da luz proveniente da lâmpada
L seja projetada pelo espelho maior E1, formando
um feixe de raios quase paralelos. Nesse arranjo,
os espelhos devem ser posicionados de forma que
a lâmpada esteja aproximadamente:
a) nos focos dos espelhos E1 e E2.
b) no centro de curvatura de E2 e no vértice de E1.
c) no foco de E2 e no centro de curvatura de E1.
d) nos centros de curvatura de E1 e E2.
e) no foco de E1 e no centro de curvatura de E2.

Para que os raios de luz sejam refletidos


paralelamente ao eixo principal de E1, a
lâmpada deve estar localizada no ponto focal
desse espelho. Por outro lado, os raios de luz
que atingem E2 devem retornar pela mesma
trajetória a fim de passarem pelo ponto focal de
E1. Logo, a lâmpada deve estar localizada
sobre o centro de curvatura
de E2.
Propriedades Notáveis (raios principais)

Entrou paralelo,
sai pelo foco

Entrou paralelo ao eixo principal


reflete passando pelo foco
Propriedades Notáveis (raios principais)

Entrou paralelo,
sai pelo foco

Entrou paralelo ao eixo principal


reflete passando pelo foco
Propriedades Notáveis (raios principais)

Entrou pelo foco,


sai paralelo.

Entrou pelo foco


reflete paralelamente ao eixo principal
Propriedades Notáveis (raios principais)

Entrou pelo foco,


sai paralelo.

Entrou pelo foco


reflete paralelamente ao eixo principal
Propriedades Notáveis (raios principais)

Entrou pelo centro,


volta sobre si
Mesmo.

Entrou pelo centro


reflete sobre si mesmo
Propriedades Notáveis (raios principais)

Entrou pelo centro,


volta sobre si
Mesmo.

Entrou pelo centro


reflete sobre si mesmo
Propriedades Notáveis (raios principais)

Entrou pelo vértice,


sai simétrico em
relação ao eixo.

O raio que incide no vértice do espelho


reflete simetricamente em relação ao eixo principal
Propriedades Notáveis (raios principais)

Entrou pelo vértice,


sai simétrico em
relação ao eixo.

O raio que incide no vértice do espelho


reflete simetricamente em relação ao eixo principal
Propriedades Notáveis (raios principais)

 Entrou paralelo ao eixo


sai pelo foco C F V

côncavo
Propriedades Notáveis (raios principais)

 Entrou paralelo ao eixo


sai pelo foco V F C

convexo
Propriedades Notáveis (raios principais)

 Entrou paralelo ao eixo


sai pelo foco C F V
 Entrou pelo foco sai
paralelo ao eixo
côncavo
Propriedades Notáveis (raios principais)

 Entrou paralelo ao eixo


sai pelo foco V F C
 Entrou pelo foco sai
paralelo ao eixo
convexo
Propriedades Notáveis (raios principais)

 Entrou paralelo ao eixo


sai pelo foco C F V
 Entrou pelo foco sai
paralelo ao eixo
 Entrou pelo centro sai côncavo

pelo centro
Propriedades Notáveis (raios principais)

 Entrou paralelo ao eixo


sai pelo foco V F C
 Entrou pelo foco sai
paralelo ao eixo
 Entrou pelo centro sai convexo

pelo centro
Propriedades Notáveis (raios principais)

 Entrou paralelo ao eixo


sai pelo foco C F V
 Entrou pelo foco sai
paralelo ao eixo
 Entrou pelo centro sai côncavo

pelo centro
Entrou pelo vértice sai
simétrico em relação ao
eixo
Propriedades Notáveis (raios principais)

 Entrou paralelo ao eixo


sai pelo foco V F C
 Entrou pelo foco sai
paralelo ao eixo
 Entrou pelo centro sai convexo

pelo centro
Entrou pelo vértice sai
simétrico em relação ao
eixo
Imagens

•Caso I – objeto antes do C

Características
da Imagem

1) Natureza
REAL

2) Posição
C F V
entre C e F

3) Orientação
INVERTIDA

4) Tamanho
MENOR
côncavo
Exercícios

Exercício 1 (aulas 6 e 7 – apostila 2 - página 84)


Um objeto linear, com 12 cm de comprimento, é disposto a 36 cm de um espelho esférico
côncavo, cuja distância focal é 12 cm. Considere que o objeto esteja disposto
perpendicularmente ao eixo principal do espelho.
a) Represente, no esquema a seguir, a imagem conjugada pelo espelho.
b) Com base nos resultados obtidos na figura que você esboçou, complete o quadro abaixo.
Exercícios

Exercício 1 (aulas 6 e 7 – apostila 2 - página 84)


Um objeto linear, com 12 cm de comprimento, é disposto a 36 cm de um espelho esférico
côncavo, cuja distância focal é 12 cm. Considere que o objeto esteja disposto
perpendicularmente ao eixo principal do espelho.
a) Represente, no esquema a seguir, a imagem conjugada pelo espelho.
b) Com base nos resultados obtidos na figura que você esboçou, complete o quadro abaixo.
Imagens

•Caso II – objeto sobre C

Características
da Imagem

1) Natureza
REAL

2) Posição
C F V
Sobre C

3) Orientação
INVERTIDA

4) Tamanho
IGUAL
côncavo
Imagens

•Caso III – objeto entre C e F

Características
da Imagem

1) Natureza
REAL

2) Posição
C F V
antes de C

3) Orientação
INVERTIDA

4) Tamanho
MAIOR
côncavo
Imagens

•Caso IV – objeto sobre F

Características
da Imagem

1) Natureza
IMPRÓPRIA

2) Posição
C F V
NO INFINITO

3) Orientação
INDEFINIDA

4) Tamanho
INDEFINIDO

côncavo
Imagens

•Caso V – objeto entre F e V

Características
da Imagem

1) Natureza
C F V VIRTUAL

2) Posição
Depois de V

3) Orientação
DIREITA

4) Tamanho
côncavo
MAIOR
Exercícios

Exercício 2 (aulas 6 e 7 – apostila 2 - página 84)


Um objeto linear com 10 cm de comprimento é disposto perpendicularmente ao eixo principal
e a 15 cm do vértice de um espelho esférico côncavo, cuja distância focal é 30 cm.
Represente, no esquema a seguir, a imagem conjugada pelo espelho, completando o quadro
com suas características.
Exercícios

Exercício 2 (aulas 6 e 7 – apostila 2 - página 84)


Um objeto linear com 10 cm de comprimento é disposto perpendicularmente ao eixo principal
e a 15 cm do vértice de um espelho esférico côncavo, cuja distância focal é 30 cm.
Represente, no esquema a seguir, a imagem conjugada pelo espelho, completando o quadro
com suas características.
Imagens

•RESUMINDO

C F V

côncavo
Imagens

•RESUMINDO

C F V

côncavo
Imagens

•RESUMINDO

C F V

côncavo
Imagens

•RESUMINDO

C F V

côncavo
Imagens

•RESUMINDO

C F V

côncavo
Imagens

•RESUMINDO

C F V

côncavo
Imagens

•RESUMINDO

C F V

côncavo
Imagens

•RESUMINDO

C F V

côncavo
Imagens

•RESUMINDO

C F V

côncavo
Imagens

•Caso único – objeto diante do espelho

Características
da Imagem

1) Natureza
VIRTUAL

2) Posição
V F C
entre V e F

3) Orientação
DIREITA

4) Tamanho
MENOR
convexo
Imagens

•Caso único – objeto diante do espelho

Características
da Imagem

1) Natureza
VIRTUAL

2) Posição
V F C
entre V e F

3) Orientação
DIREITA

4) Tamanho
MENOR
convexo
Imagens

•Caso único – objeto diante do espelho


Exercícios

Exercício 3 (aulas 6 e 7 – apostila 2 - página 85)


Um objeto linear com 32 cm de comprimento é colocado diante de um espelho esférico
convexo, cuja distância focal é 48 cm. Sabendo que a distância do objeto ao vértice do
espelho é 24 cm, determine, graficamente, as características da imagem.
Exercícios

Exercício 3 (aulas 6 e 7 – apostila 2 - página 85)


Um objeto linear com 32 cm de comprimento é colocado diante de um espelho esférico
convexo, cuja distância focal é 48 cm. Sabendo que a distância do objeto ao vértice do
espelho é 24 cm, determine, graficamente, as características da imagem.
Imagens

•RESUMINDO

V F C

convexo
Imagens

•RESUMINDO

V F C

convexo
Imagens

•RESUMINDO

V F C

convexo
Imagens

•RESUMINDO

V F C

convexo
Imagens
•CONCLUSÕES

OBJETO REAL E IMAGEM REAL OBJETO REAL E IMAGEM VIRTUAL

IMAGEM IMAGEM
INVERTIDA DIREITA

OBJETO TENDE IMAGEM TENDE ENTRE O OBJETO E


PARA O INFINITO PARA O FOCO SUA IMAGEM:
O MAIS AFASTADO
OBJETO TENDE IMAGEM TENDE DO ESPELHO É
PARA O FOCO PARA O INFINITO
SEMPRE O MAIOR
Exercícios

Exercício 4 (aulas 6 e 7 – apostila 2 - página 85)


A figura seguinte indica um objeto linear AB disposto diante de um espelho esférico côncavo
gaussiano, inclinado em relação ao eixo principal do espelho. Assinale a opção que melhor
indica a imagem correspondente desse objeto.

CASO
III

A’
Exercícios

Exercício 4 (aulas 6 e 7 – apostila 2 - página 85)


A figura seguinte indica um objeto linear AB disposto diante de um espelho esférico côncavo
gaussiano, inclinado em relação ao eixo principal do espelho. Assinale a opção que melhor
indica a imagem correspondente desse objeto.

B’
CASO
I

A’
Exercícios

Exercício 4 (aulas 6 e 7 – apostila 2 - página 85)


A figura seguinte indica um objeto linear AB disposto diante de um espelho esférico côncavo
gaussiano, inclinado em relação ao eixo principal do espelho. Assinale a opção que melhor
indica a imagem correspondente desse objeto.

B’

A’
A’M’  B’M’ Resposta: C
Exercícios

Exercício 5 (aulas 6 e 7 – apostila 2 - página 85)


A figura a seguir mostra um objeto real AB e sua respectiva imagem A'B' formada por um
espelho esférico. Determine, graficamente, a posição do espelho, o tipo do espelho, seu
centro de curvatura e seu foco principal.

V F B’ C B

A’

Espelho
Côncavo