Sie sind auf Seite 1von 20

PUB

Quinta-feira • 17 de outubro de 2019 • 1032 •1


17 outubro 2019
Ano 19
quinta-feira
 0.75 iva incluído
Diretor: Luís Baptista-Martins
semanário

Ensino Superior
IPG é o segundo Destino de herança milionária
Politécnico do
interior com a melhor
taxa de ocupação
em Vila Franca das Naves
O Instituto Politécnico da
Guarda (IPG) é uma das três
instituições de ensino superior
decide-se em Tribunal
O caso da herança de Carmen Augusta Rios Domingues, que deixou em testamento milhões de euros
que mais aumentaram o nú-
mero de alunos colocados este em bens, direitos ou ações, começa a ser julgado no Tribunal da Guarda esta quinta-feira e opõe o
ano relativamente a 2018 _ 20 Centro Social e Paroquial de Vila Franca das Naves à Santa Casa da Misericórdia de Trancoso Pág.7

E tudo o fogo levou


A 15 e 16 de outubro de 2017 deflagraram 495 fogos, segundo o relatório da Comissão Técnica Independente. Cerca de 50 pessoas
morreram, 70 ficaram feridas, além de 1.500 habitações e 500 empresas que ficaram completamente destruídas na região Centro. Por
cá, os concelhos de Seia e Gouveia foram dos mais afetados. Perderam-se vidas, casas e negócios numa luta desigual contra a força das
chamas. Dois anos depois, os afetados queixam-se da falta de apoios e alertam que a incúria na floresta voltou Págs.4 e 5

PUB

Governo Cova da Beira


Ana Mendes Godinho e Ciclovia vai ligar a Covilhã
Ana Abrunhosa no Governo ao Fundão
Uma estudou no antigo Liceu da Guarda, Via alternativa terá 13 quilómetros e vai
outra tem ligações familiares a Vila Nova custar mais de 980 mil euros, tendo os dois
de Foz Côa. Conheça os perfis de Ana municípios garantido uma comparticipa-
Abrunhosa e de Ana Mendes Godinho, as ção de cerca de 490 mil euros _ _______ 10
AF_Reforço Horários Beira Interior_Citiexpress_Anúncio Jornal O Interior_rodapé_243x40.pdf 1 09/10/2019 11:24:18

novas ministras de António Costa ___ 7


C
PUB

CM

MY

CY

CMY

K
2• • Quinta-feira • 17 de outubro de 2019

Cara
Entrevista
no  fio  da  navalha

a P e r f i l
cara
Joaquim Marques Morais
IPG
Depois de um arranque fraco, o Instituto
«Houve menos Naturalidade: João Antão (Guarda)

Idade: 64 anos

fogos porque
Politécnico da Guarda recuperou em termos
de colocações e termina as fases de acesso Profissão: Engenheiro agrónomo e pro-
com mais 76 alunos do que em 2018. É a ter- fessor do ensino agrícola
ceira instituição de ensino superior do país

a área ardida
que mais aumentou o número de colocados Currículo: Curso de Engenheiro Agróno-
e a segunda no interior. O registo marca o mo; professor no ensino agrícola; pro-
primeiro ano de mandato de Joaquim Brigas jetista de obras de engenharia agrícola;
e deve ser um estímulo para o Politécnico projetista agrícola e florestal

nos anos
marcar pela diferença em 2020.
Filme preferido: “As vinhas da Ira”, de
John Ford

Livro preferido: “Quando os Lobos Ui-

anteriores teve
vam”, de Aquilino Ribeiro
Ana Mendes Godinho/
Hobbies: Produção de cerveja artesanal
Ana Abrunhosa e hidromel.

uma dimensão
O novo governo é mais paritário, com
oito mulheres e 11 homens, muito centrado seguintes dados: Em 1910, considerando
no partido e pouco aberto à inclusão de a área não urbana, apenas 10 por cento
personalidades “vindas de fora”. E duas era ocupada com floresta, sendo a área de

significativa»
das novas ministras são personalidades incultos nesse período bastante reduzida.
“da Guarda”: Ana Mendes Godinho e Ana Atualmente temos 30 por cento de área
Abrunhosa. A primeira, inspetora de trabalho agrícola, 30 por cento de área florestal e
com raízes em Foz Côa, foi secretária de Es- 30 por cento de incultos, ou seja, a área
tado do Turismo, eleita deputada nas últimas não agrícola avançou consideravelmente.
legislativas como cabeça-de-lista do PS pela P – Este ano houve menos incêndios Entendo que Portugal não deve ter mais
Guarda, vai ser ministra do Trabalho e da na região e menos graves. A que se deve de 30 por cento de área florestal. Assim
Segurança Social. Ana Abrunhosa, originária esta situação? a área de incultos deve voltar ao aprovei-
de Poço do Canto, no concelho da Mêda, R – Houve menos fogos e não atingiram tamento pastoril que teve até à década de
onde foi deputada municipal eleita pelo PSD, as proporções dos grandes incêndios por- 50. O problema da área rural é o facto de
professora de Economia na Universidade de que a área ardida nos anos anteriores tem termos excesso de mato, combustível com
Coimbra, era Presidente da CCDRC. uma dimensão significativa. Isto permite a demasiada continuidade. Só voltando à
supressão dos mesmos quando atingem as pastorícia é que criaremos zonas de des-
zonas que arderam nos últimos cinco anos, continuidade com dimensão significativa
onde a vegetação é mais reduzida. Este é que permita controlar os incêndios. Para
que é o fator determinante que explica a a instalação dos pastores são precisos
menor área ardida. Não tem nada a ver apoios muito significativos que terão de ir
Covilhã com o dispositivo de combate ser consi- de 750 a 1.000 euros mensais, a cada pastor
deravelmente maior e muito menos com que tenha 200 cabras em 200 hectares. O
O novo Sistema de Mobilidade munici-
a sua eficácia. rendimento das cabras seria afetado aos
pal é apresentado na próxima segunda-feira
proprietários como compensação pela ce-
na Covilhã. A autarquia pretende apostar
P – Acha que é fruto de uma mudan- dência dos terrenos. É uma medida que nos
em mais circuitos de autocarros, uma rede
ça de comportamentos da população ou permitiria voltar a uma paisagem bastante
de bicicletas elétricas, ciclovias, novas
mais das imposições das autoridades semelhante à que tivemos até á década de
ligações rodoviárias à Torre e novas taxas
quando emitem alertas? 50. Pelo menos na fase inicial é preciso criar
de estacionamento. Os parâmetros definidos
R – A existência de menos ignições equipas de sapadores florestais bombeiros,
representam, de uma forma geral, melhorias
tem alguma explicação nas campanhas de R – Todas as alterações que se fizeram devidamente equipadas – não confundir
dos transportes na cidade e na circulação
informação. As campanhas de informação no âmbito da recente política florestal não com sapadores florestais. Aquelas usariam
de munícipes. E é uma clara aposta numa
que levam à diminuição das ignições são conduzem a qualquer solução do problema, o fogo controlado de Inverno, seguindo-se
cidade mais amiga do ambiente.
positivas, no entanto só por esta via não como por exemplo a legislação que proíbe a instalação de pastagem natural para as
é possível caminhar para uma solução a plantação de eucaliptos. Também prefiro cabras. Assim, só com uma parceria entre o
sustentável. Senão vejamos: 98 por cento as plantas autóctones, no entanto é prefe- Estado, os pastores e os proprietários é que
das ignições são responsáveis por 10 por rível os eucaliptos ao mato. Um incêndio é possível que o problema dos incêndios
cento da área ardida. Por aqui não havia em mato é sempre um incêndio de copas florestais seja sustentável.
problema se a área ardida fosse apenas de com maior libertação de calor e dióxido de
10 por cento. O problema está nas outras carbono para a atmosfera do que, em regra, P – Num cenário de alterações cli-
Rede Nacional de ignições de apenas 2 por cento que são
responsáveis por 90 por cento da área ar-
os incêndios em eucaliptal.
O aparecimento da AGIF – Agência
máticas, acha que a região está prepa-
rada para os efeitos dessas mudanças
Arte Rupestre dida. Ardem em Portugal cerca de 200 mil
hectares anuais. No entanto alguns poucos
Integrada Fogos Rurais criou alguma ex-
pectativa que se gorou em grande parte.
na floresta?
R – É de prever que as alterações cli-
Foi uma partida em falso. A Rede incêndios são responsáveis por grande Passado este tempo todo não se vê nada máticas significam na prática temperaturas
Nacional de Arte Rupestre deveria ter sido parte dessa área ardida. Só no incêndio de relativamente ao princípio da integração mais elevadas, menos humidade e maior
constituída no passado dia 9, mas não foi Pedrógão arderam 50 mil hectares. Este da prevenção e do combate, defendido velocidade do vento. Este facto vai criar
porque alguns municípios ainda não aprov- facto remete para a verdadeira solução do pela Agência. Considero positivos os apoios condições para que no futuro seja cada vez
aram internamente a sua adesão, faltando problema. Ou seja, o sistema de combate é aos pastores para pastorearem a área da mais complicado controlar os incêndios.
ainda o respetivo visto do Tribunal de eficaz em 98 por cento dos casos, mas é um rede primária. É muito pouco para que os Só grandes zonas de descontinuidade de
Contas. Pode ser um mero «formalismo», desastre quando o sistema não controla o resultados preventivos sejam significativos! mato, combustível, permitirão uma solução
mas não deixa de ser um lapso, no mínimo, incêndio em cerca de uma hora após a igni- minimamente eficaz. Ou seja, dos 90 por
embaraçoso para o conjunto das cerca de ção, com fogos que duram uma semana. O P – Passada a época de incêndios, cento da área não urbana apenas 30 por
30 entidades nacionais fundadoras. que demonstra que a solução do problema o que é preciso fazer agora na floresta cento deve estar ocupada com floresta.
não está no combate, mas na prevenção. para reduzir o risco de incêndio no Uma floresta de produção com pinheiro
próximo ano? bravo e eucalipto, mas também uma flo-
P – A política florestal também mu- R – Para se encontrar uma solução resta de espécies autóctones que permitam
dou entretanto, ou não? para o problema devemos considerar os preservar a biodiversidade.
repetição Quinta-feira • 17 de outubro de 2019 • •3

editorial Luís Baptista-Martins


baptista-martins@ointerior.pt

Mudar o país (mesmo


que Lisboa não queira)
Dois anos depois dos incêndios de outubro de 2017 con-
tinuamos a viver o pesadelo daquela noite em que o fogo foi
mais forte que a natureza, que a morte perpassou o Centro, que
o campo ardeu e tantas pessoas morreram. Dois anos depois,
devemos recordar, em memória dos mortos, mas também em
defesa dos vivos. Dois anos depois, continuamos à espera
que a região se reerga, que as casas se reconstruam e que
as pessoas possam continuar a viver nas suas aldeias e vilas.
Mas dois anos depois, mesmo sabendo que a solidariedade foi
intensa, que o investimento na recuperação foi milionário, que
as lágrimas já secaram e que o verde regressa aos campos, as
serras continuam abandonadas, a reflorestação segue adiada,
o investimento não gera riqueza, o despovoamento continua e
o futuro é uma quimera.


Enquanto o país vive tranquilo, entre a azáfama de Lisboa
e a distância do Porto, entre as diferenças políticas e as tricas
governamentais, entre os 25 mil milhões injetados na banca
e os milhões doados à CP, entre
os sorrisos de Costa e o silêncio
de Rio… Não podemos esquecer
que em 2017 morreram dezenas
de pessoas por entre as labaredas
de um flagelo anunciado, de um
território abandonado, de um
país deixado para trás. O interior
Dois anos depois resiliente que sobreviveu ao dia
do flagelo de 15 15 de outubro de 2017, sabe que
a tragédia está escondida entre
de outubro, a a penumbra do ostracismo a que
boa notícia foi foi votado, e sabe que qualquer
A culpa de Popper
opinião
António Ferreira
antonio.ferreira.adv@netvisao.pt
a nomeação de dia o flagelo vai regressar. Pode
ser num dia 15 ou noutro dia
Em Inglaterra luta-se por conseguir concretizar de Trump e de Bolsonaro (e outros) com as “fake uma ministra, do qualquer, pode ser pelo fogo ou
de outra forma, mas será sempre
o Brexit sem destruir a união do reino e sem falar news” e as crenças nas teorias da conspiração Poço do Canto pelo despovoamento, pela deser-
demasiado do dia seguinte, que se sabe será caótico encontramos as mesmas caras. A facilidade com
e piorará, em muito, as vidas de quem achava que a que as pessoas se deixam enganar, ou a indiferença (Mêda) tificação, pela morte do mundo
saída da União Europeia seria a solução para todos perante as mentiras com que se deixam influenciar, rural. Recuperamos o edificado,
os males. Por todo o mundo sentem-se os efeitos ameaçam cada vez mais a ideia de democracia. Mui- mas aumentamos o combustível para a partida: sem um plano
da administração Trump, a mais errática, corrupta e tos recusam-se já a votar, embora com isso deixem integrado de desenvolvimento e geração de emprego e riqueza
estúpida da história dos Estados Unidos da América. o terreno livre para quem vota pelos piores motivos. o interior será um barril de pólvora cada vez maior.
A guerra comercial com a China vai agitando os Em Portugal pensávamos estar imunes a alguns Ana Abrunhosa, que agora vai ocupar funções ministeriais,
mercados financeiros, com subidas e descidas desses fenómenos, mas tivemos agora algumas conhece esta realidade, sabe que não basta espalhar gestos
imprevisíveis das cotações de ações e “commo- aproximações com notícias falsas propositadamente de otimismo, que é preciso semear para colher. Ao contrário
dities”, impossibilitando os agentes económicos plantadas por uma força política sobre as supostas do que ocorreu com a secretaria de Estado para a Valorização
de tomar decisões a longo prazo. As promessas férias de António Costa durante os incêndios de Pe- do Interior, que foi plantada em Castelo Branco (agora já com
que Trump fez esfumaram-se uma a uma e nada drógão e com a chegada ao Parlamento da extrema número de telefone) para mostrar uma descentralização avulsa,
mais resta senão a xenofobia e as muitas menti- direita xenófoba e racista. equívoca e inadequada, o Ministério da Coesão Territorial tem
ras. No Brasil, a corrupção foi o mote da eleição Não há ainda consenso sobre as causas, mas a obrigação de mudar o paradigma da gestão do território.
de Bolsonaro, mas a presidência dele atola-se na há cada vez mais a verificação de que a verdade e Pode até haver a necessidade de clarificação entre o objeto
sua própria corrupção. a verdade científica são valores em queda. Quanto do Ministério do Planeamento e a missão do Ministério da
Isto são os políticos, mas há depois as hordas a esta última, dizem alguns que ainda sofremos Coesão, mas conhecendo o percurso e o pragmatismo de
daqueles que recusam vacinar-se (o que explica a as consequências das teses de Popper. Quando Ana Abrunhosa, temos de ser otimistas sobre os próximos
explosão dos casos de sarampo, por exemplo), que ele dizia que em ciência é impossível provar uma passos da coesão territorial, num país tão desigual, e sobre
acreditam nas mais idiotas teorias da conspiração tese e que apenas se consegue demonstrar a sua as políticas de desenvolvimento regional. Não será tarefa para
e que são especialmente vulneráveis, porque as falsidade, estava no fundo a dizer-nos que a verdade uma legislatura, nem experimentaremos mutações imediatas
recebem acriticamente, a todas as mentiras que são não existe. Ou que não interessa, dirão os milhões (ainda que as expetativas exijam medidas urgentes), mas, como
divulgadas para os influenciar no momento do voto. que agem e votam pelos mais frágeis motivos, mas diria Machado, o caminho faz-se caminhando. Por estranho
No cruzamento das vitórias eleitorais do Brexit, prejudicam as vidas de todos. que pareça, dois anos depois do flagelo de 15 de outubro, a
boa notícia foi a nomeação de uma ministra, de uma mulher
PUB
abnegada e lutadora, de uma beirã alto-duriense de Vale do
Porco, anexa de Poço do Canto (Mêda), para um ministério
que tem de desencravar o interior e construir um novo país, o
país como um todo (mesmo quando, em nome da verdade, é
necessário «gerir o declínio» porque «há partes onde não vai
ser possível recuperar população e atividade»).
4• • Quinta-feira • 17 de outubro de 2019

Dois anos depois dos


CCDRC do programa REPOR, mas,
como estava previsto receber
valores relativos aos seguros que
a empresa tinha, apenas me foi

incêndios de outubro
aprovado um apoio a rondar os
80 mil euros, dos quais só recebi
ainda cerca de 30 mil», revela.
Agostinho Pais confirma ter re-
cebido cerca de 160 mil euros

de 2017 ainda há casas


de seguradoras, com as quais foi
«obrigado a negociar durante cer-
ca de nove meses para conseguir
o pagamento», mas explica que

por recuperar
este valor, que estaria destinado à
reconstrução do imóvel perdido, foi
utilizado para indemnizar os pro-
prietários de 33 viaturas de clientes
que arderam. «Tudo o que tinha e
não tinha investi nesta empresa. Se
Sofia Craveiro não tivesse um fundo de maneio
estaria ainda mais à rasca do que
estou hoje», assume o empresário.
Há dois anos o país Para manter o negócio, Agos-
esteve em chamas. A 15 tinho Pais relata que nunca deixou
e 16 de outubro de 2017 de pagar o salário aos seus dois
deflagraram 495 fogos, colaboradores, apesar da empresa
segundo o relatório ter estado sem laborar durante ano
da Comissão Técnica e meio. «Atualmente, há algumas
Independente. Cerca de fiscalizações a terrenos florestais,
50 pessoas morreram, mas parece que as pessoas come-
70 ficaram feridas, além çam a esquecer-se da tragédia, pois
de 1.500 habitações já existem terrenos privados onde
e 500 empresas que se nota a falta de limpeza», lamenta.
ficaram completamente O proprietário da AP Pais sublinha
destruídas na região que «só quem passa pela situação
Centro. Por cá, os é que tem verdadeira noção dos
concelhos de Seia e estragos», mas lamenta a atitude
Gouveia foram dos mais «insuficiente» do Governo. «Se
Agostinho Pais, gerente da AP Pais, afirma que de cerca de 80 mil euros de apoios aprovados recebeu pouco mais de 30 mil
afetados. Perderam-se soubesse o que sei hoje – e tivesse
vidas, casas e negócios milhões de euros do Orçamento de noção dos problemas que teria
numa luta desigual Estado para reconstruir habitações. para conseguir apoios estatais –,
contra a força das Foi lançado o Programa de Apoio à nunca teria avançado para a re-
chamas. Reconstrução de Habitação Perma- construção da empresa», agora
nente (PARHP) pela Comissão de localizada no parque industrial
Apenas quatro meses depois Coordenação e Desenvolvimento da Abrunheira, em Seia.
dos incêndios em Pedrogão Grande Regional do Centro (CCDRC), que Para este local mudou-se tam-
não parecia possível que o cenário abriu candidaturas até 31 janeiro bém a A.S. Brito, que opera na área
desolador se repetisse. A 19 de de 2018. de veículos e pneus. A empresa
outubro de 2017, poucos dias após Volvidos dois anos, «já foram que «ardeu na totalidade» nos in-
a tragédia que devastou a região transferidos para as famílias e para «Nunca procuraram saber quais as dificuldades que estávamos a enfrentar», cêndios de outubro ressurgiu das
afirma Cristina Simões, gerente da empresa AS Brito cinzas oito meses após a tragédia.
Centro, O INTERIOR noticiava «22 as empresas de construção cerca
ocorrências de grande dimensão» de 53 milhões de euros», segundo a é da responsabilidade desta enti- publicado a 2 de outubro pela «Comprámos um terreno em lote
no distrito da Guarda. No combate CCDRC, que informa ainda que dos dade e 29 são da responsabilidade CCDRC – abrange valores entre camarário com dinheiro do seguro
ao fogo os meios foram «insufi- 1.335 pedidos de apoio submetidos das famílias, que foram incluídas cerca de 1.500 euros até perto e do nosso proprietário e abrimos
cientes» e obrigaram populares para reconstrução de habitações no programa de apoio apenas em de 230 mil euros, perfazendo um portas», explica Cristina Simões,
a defender como podiam as suas foram aprovados 822. Segundo 2019. total (no conjunto das empresas gerente da empresa. A responsável
propriedades. As comunicações esta entidade, «isto significa que Em Seia foram aprovados 37 aprovadas) que ultrapassa o fala em prejuízos «na ordem dos
foram afetadas, cortaram-se estra- há 487 pedidos de apoio que não pedidos de reconstrução de habi- milhão de euros. Dos valores 500 mil euros», que foram assu-
das e ferrovias e «nem chuva nem tiveram acolhimento no programa, tações permanentes, estando já aprovados só foi paga uma per- midos quase integralmente pela
aviões vinham para travar os fogos o que corresponde a cerca de 36,5 concluídos 34, segundo a CCDRC. centagem, restando ainda quase empresa. «Os apoios não foram
que fustigavam a Beira Interior». As por cento dos pedidos». Os motivos Já em Gouveia registaram-se 12 250 mil euros de financiamento suficientes de forma alguma»,
chamas assolaram freguesias na apontados para o indeferimento pedidos aprovados no âmbito do atribuído que a Comissão não lamenta, referindo-se aos cerca de
Guarda, Fornos de Algodres, Sabu- prendem-se com factos como as PARHP, todos já finalizados. pagou. Em Seia há mesmo duas 80.500 euros atribuídos no âmbito
gal, Seia e Gouveia, mas foram estes habitações em causa não serem empresas que não receberam do REPOR, dos quais receberam até
dois últimos os municípios que utilizadas «de forma permanente», Empresários afetados qualquer pagamento (à data de à data perto de 76 mil.
mais sofreram as consequências, de existirem «ilegalidades do ponto queixam-se de apoios publicação do relatório). «A última parte dos apoios
no distrito. de vista urbanístico», que «não são «insuficientes» Agostinho Pais, gerente da está dependente da vistoria, que
O tempo passou mas as mar- passíveis de legalização», o facto empresa de comércio e reparação ainda não foi realizada», acrescenta
cas da tragédia ficaram. Para quem da «titularidade/ propriedade das No caso das empresas, o automóvel AP Pais, em Seia, rela- Cristina Simões. Apesar da recupe-
sofreu na pele o flagelo dos incên- habitações não estar regularizada» programa REPOR - Reposição da ta que de cerca 80 mil euros de ração bem sucedida da empresa,
dios a recuperação faz-se a custo, e ainda por existirem imóveis que Atividade Económica, descrito apoios que lhe foram destinados que até aumentou o número de
um custo que, nalguns casos, pade- «já estavam devolutos à data do pela CCDRC como um «Sistema de recebeu pouco mais de 30 mil colaboradores desde a reabertura
ce de apoio estatal. Mais uma vez, a incêndio», justifica a CCDRC. Apoio à Reposição da Competiti- – situação confirmada pelo rela- (passou de quatro a cinco empre-
força da população foi determinan- No que respeita aos pedidos vidade e Capacidades Produtivas» tório da CCDR relativo ao mesmo gados), a gerente lamenta a postura
te para ultrapassar as adversidades, efetivamente aprovados, estão abrangeu 12 empresas sediadas programa de apoios. «Tive preju- das entidades competentes perante
tal como aconteceu durante os dias neste momento concluídos 792, em Seia e três no concelho de ízos da ordem do meio milhão de as empresas afetadas pelos fogos de
de combate às chamas. restando ainda 30 imóveis que se Gouveia. Os apoios abrangeram euros», relativos à destruição do outubro de 2017. «Nunca procura-
Em 2017, no rescaldo da tra- encontram em fase de execução, empresas relacionadas com o imóvel, equipamentos e viaturas ram saber quais as dificuldades que
gédia, mais do que lamentar os relata a mesma entidade. Ana Abru- setor automóvel, restauração, de clientes que se encontravam estávamos a enfrentar. Avançámos
estragos era necessário reconstruir nhosa, presidente da CCDRC, disse à construção civil, farmácia e têxtil. no local, adianta o empresário. por nós próprios, caso contrário
e reerguer as comunidades. Para agência Lusa que, das 30 casas que Nestes municípios o financiamen- «Na altura havia muitos incen- não teria sido possível reerguer o
isso o Governo disponibilizou 60 estão ainda em reconstrução, uma to aprovado – segundo relatório tivos. Inscrevi-me nos apoios da negócio», garante.
Quinta-feira • 17 de outubro de 2019 • •5

Sandomil (Seia) Bombeiros de Seia


«Houve bastantes injustiças nos processos «Temos cada vez menos recursos
humanos»
de obtenção de apoios» Os fogos que deflagraram em
vários locais, com poucas horas de
interior do país. «Os meios que
temos hoje, a nível de equipamen-
As condições de elegibili- DR apoio de apenas 50 mil, pois o intervalo, dificultaram o combate tos são sensivelmente os mesmos
dade do PARHP – como a ne- restante seria assegurado pela às chamas pelos muitos bombei- – apenas substituímos algumas
cessidade de habitar no imóvel companhia de seguros no âm- ros envolvidos. Virgílio Borges, viaturas –, mas a nível de recursos
à data do incêndio – impediram bito do crédito à habitação que comandante dos Voluntários humanos são cada vez menos»,
a atribuição de financiamento contraí», refere o edil. de Seia, afirma que, na data da lamenta o comandante, segundo
público a alguns proprietários O presidente da Junta ex- calamidade, «todos os recursos o qual os bombeiros de Seia perde-
de casas ardidas. Este foi o caso plica que, apesar do processo foram postos no terreno. Não sei o ram cerca de 12 operacionais desde
de André Martins, presidente da de obtenção de apoios ter sido que se podia ter feito de diferente, então. «Penso que a situação se vai
Junta de Freguesia de Sandomil Quando se deu a tragédia, André aprovado inicialmente, o acesso pois a dimensão dos incêndios fez agravar, pois não temos nada a ofe-
(Seia), que viu os seus planos Martins tinha comprado uma ao financiamento foi depois cor-
habitação há três meses que perder o controlo da situação». recer aos nossos jovens» na região,
de futuro arder com a floresta. tado. «A CCDRC procedeu mal, Apesar das consequências alerta. Virgílio Borges sublinha que
estava a requalificar para viver e
À época da tragédia, o transformar em negócio a autarquia também fugiu um registadas, o responsável afir- aos voluntários «é pedido muito
autarca tinha comprado uma DR pouco à questão… Houve bas- ma que «ficámos satisfeitos ao mais do que combate aos fogos»,
habitação há três meses, que tantes injustiças nos processos colocar as pessoas em lugares aludindo o apoio prestado a doen-
estava a requalificar para vi- de obtenção de apoios», garante. seguros e termos privilegiado tes em tratamento, doenças súbitas
ver e transformar em negócio. «Aqui na freguesia arderam duas a vida humana. Em relação aos e acidentes onde são chamados a
«Quando aconteceu o incêndio casas, a minha e a de outra pessoa, bens materiais fizemos o que pu- intervir. Além disso, o comandante
a casa encontrava-se em fase mas só a minha não beneficiou de demos…». Passados dois anos, os lamenta o facto de, no caso dos
de reconstrução. Estava a fazer apoio estatal para reconstrução», recursos humanos disponíveis na bombeiros, «não termos nada a
algumas melhorias para poder afirma André Martins, segundo corporação são cada vez menos e oferecer senão trabalho. Os jovens
transformá-la num estabele- o qual a “Villa Alzira” – nome do são consequência, mais uma vez, partem para outros locais porque
cimento de alojamento local era oficialmente a sua morada alojamento local que reconstruiu dos efeitos da desertificação do têm de o fazer».
onde eu planeava ser anfitrião», fiscal, facto que se tornou irre- autonomamente e que abre por-
recorda. André Martins explica levante na obtenção de apoios. tas a 26 de outubro – foi «um
que apesar de ainda não viver na «Tive um prejuízo na ordem sonho que foi atrasado dois anos, Marcelo Rebelo de Sousa
habitação naquela altura, esta já dos 200 mil euros, mas pedi um mas que não ficou destruído». «As pessoas viram os seus problemas
resolvidos a ritmos diferentes»
Em Folgosinho “os filhos da terra” associaram-se para reflorestar O Presidente da República, do dia a dia é muito mais difícil».
Nasceu logo após o flage- DR
Marcelo Rebelo de Sousa, esteve Marcelo Rebelo de Sousa admitiu
lo: a 17 de outubro de 2017, a esta terça-feira no concelho de Tá- que, neste caso, «as pessoas viram
Folgonatur, associação sem fins bua (Coimbra), na reabertura de os seus problemas resolvidos a rit-
lucrativos criada em Folgosinho uma escola que ficou destruída na mos diferentes, uns mais depressa,
(Gouveia), mostrava a vontade sequência dos incêndios de 2017. outros um pouco mais devagar e
de contrariar o cenário cinzen- Na cerimónia o chefe de Es- outros estão agora ainda a começar
to e desolador deixado pelas António Tadeu, o presidente desta o facto das «populações que aqui tado salientou que, «hoje, é tudo a ver resolvidos os problemas».
chamas. associação, que vive e trabalha no residem, como acontece em todo tão rápido nas notícias, mas não Pediu, por isso, o esforço de todos
Desde que foi criada até ao Porto mas participa na limpeza o interior, estarem envelhecidas e é rápido na vida das pessoas. Há no ordenamento florestal no sen-
presente já foram plantadas cerca e reflorestação de Folgosinho é óbvio que não podemos exigir a uma diferença entre o país nas tido de contrariar o processo que é
de 29 mil árvores, fruto do traba- sempre que possível. esta faixa etária a mesma consci- notícias e o país na vida das pes- «sempre mais lento, por natureza»
lho voluntário da população resi- «Há uma área de 5.500 ência ambiental que possuem as soas». O presidente afirmou que e afirmou que, para concretizar
dente e de “filhos da terra”, que, hectares de terreno, sendo que gerações mais jovens», acrescenta «fazer uma lei demora tempo, apli- este esforço, populações, autarcas,
apesar de viverem noutros locais, 3.000 hectares são baldios e António Tadeu. Apesar de ter car a lei, mudar a lei, corrigir a lei, atividade económica e produtores
não perdem a determinação de é aí a nossa principal área de alguns apoios logísticos da Junta fazer viver a lei e ela chegar à vida «têm que ter meios para o fazer».
requalificar o espaço onde nasce- atuação», explica o dirigente de Freguesia, financiamento do
ram. A associação conta com 103 da Folgonatur. O responsável grupo Montepio e colaboração
associados e desenvolve ações de afirma que a falta de meios e da comunidade de emigrantes de Quatro vítimas mortais no distrito
reflorestação sobretudo aos fins de maquinaria são as grandes Folgosinho nos Estados Unidos da da Guarda
de semana, ou épocas festivas que dificuldades que se colocam América, o presidente afirma que Os incêndios que assolaram e acabou por falecer no dia 16 de
permitem atrair mais voluntários. à atuação da associação: «As «o grosso do trabalho de limpeza a região Centro fizeram quatro outubro de 2017.
«É complicado, pois, tal como eu, a ações de limpeza, em particu- que é necessário fazer deve ser mortos no distrito da Guarda. À Em fevereiro de 2018 o nú-
maioria dos que se dedicam mais lar, tornam-se pouco eficientes responsabilidade do Estado» data da tragédia um casal em Vide mero aumentou. As ossadas de
afincadamente a esta causa não apenas com recurso a trabalho por exigir equipamentos que a (Seia) faleceu quando decidiu re- Rui Costa, um homem de 49 anos
residem na freguesia», explica braçal», refere. Outra agravante é associação não possui. gressar a casa para tentar salvar dado como desaparecido em Fol-
os seus bens. Marido e mulher, gosinho (Gouveia) desde 16 de
Carlos Filipe Camelo com idades na casa dos 40 anos, outubro, foram encontradas a 20
tinham sido evacuados durante a de dezembro por um casal inglês
Disponibilidade de apoios «está aquém do que é a necessidade» tarde para o quartel dos bombei- nas proximidades do local onde
A disponibilidade dos construção de Habitação Per- explica o número de habitações ros de Loriga, juntamente com os residia. O Instituto de Medicina
apoios para a recuperação das manente (PARHP), da CCDRC, que não receberam qualquer filhos menores, mas optaram por Legal confirmou a sua identidade
perdas que decorreram dos «29 processos de perda total apoio. voltar para a localidade tendo os após ter comparado os restos mor-
fogos de outubro de 2017 «está de habitações», dos quais 15 Além da recuperação de corpos sido encontrados carbo- tais com amostras de ADN cedidas
aquém do que é a necessidade». foram já concluídos e «nove não imóveis, o autarca afirma que nizados dentro da viatura onde por familiares. A vítima sofria de
Quem o diz é Carlos Filipe Came- chegaram a ser executados». Os a prevenção de novas situações seguiam. perturbações do foro psiquiátrico
lo, presidente da Comunidade restantes cinco encontram-se de incêndio tem sido uma prio- Também em Freixedas (Pi- e tinha sido visto na noite de 15 de
Intermunicipal Beiras e Serra em situação de execução e/ ridade do município. «É impos- nhel) foi registada uma vítima outubro pela última vez por uma
da Estrela e autarca de Seia que, ou análise do processo. Relati- sível às autarquias cumprir os mortal. Uma professora do 1º patrulha da GNR, quando decorria
apesar disso, afirma concordar vamente a situações de perda prazos» para limpeza de matas, ciclo do ensino básico que seguia o processo de retirada de algumas
com as afirmações do Presiden- parcial de habitação o concelho em especial por incumprimento viagem na A25 foi abalroada por pessoas de Folgosinho devido ao
te da República, que sublinhou submeteu 27 casos ao PARHP, de proprietários, alerta, ressal- outro veículo em contramão cuja avanço das chamas. Apesar dos
que as populações tiveram res- sendo que apenas 15 benefi- vando que o concelho serrano condutora – uma jovem de 19 apelos dos militares, o homem, que
posta às suas necessidades a ciaram de apoio. Carlos Filipe «tem investido significativa- anos grávida que morreu no local vivia numa casa isolada, colocou-se
velocidades diferentes. Camelo adianta que em muitos mente em equipamentos» para – tentava fugir do fogo na zona de em fuga e desapareceu. Em novem-
O edil refere que, no conce- casos «não foram reunidos to- manutenção e limpeza de matas Vouzela. A docente, com cerca de bro a família tinha lançado um
lho de Seia, foram submetidos dos os requisitos exigidos pela e na contratação de empresas 40 anos, era um dos quatro feri- apelo na Internet para o tentar
ao Programa de Apoio à Re- CCDRC para aprovação», o que especializadas. dos graves causados pelo acidente localizar.
6• • Quinta-feira • 17 de outubro de 2019

O interior como
S vantagem na moda
Sociedade sustentável
Sofia Craveiro
SC

Aliar a moda à
Guarda sustentabilidade
e à valorização do
Congresso trabalho em territórios
Internacional do interior. Este é
o repto da Kalium,
de Animação marca de roupa
Sociocultural no sediada no Fundão que
fim de semana pretende contrariar o
desperdício e valorizar
O grande auditório do
os recursos que a
Teatro Municipal da Guarda
região oferece.
(TMG) recebe este fim de se-
mana os trabalhos do XXIXº
Kátia Almeida nasceu na Ale-
Congresso Internacional de
manha, mas tem raízes familiares
Animação Sociocultural, or-
em Viseu. Foi naquela cidade que
ganizado pela Associação
definiu as primeiras linhas do
Portuguesa para o Desen-
projeto que agora consolida. A
volvimento da Animação
Kalium, marca de roupa sustentá-
Sociocultural.
vel que lançou em fevereiro deste
Segundo os promotores,
ano, resulta da vontade de incluir
o encontro deverá reunir cer- Camisas, t-shirts estampadas, camisolas, calças e acessórios texteis de redução de desperdício fazem parte da oferta da Kalium
«valores de sustentabilidade e
ca de 300 participantes, entre
justiça de trabalho» na moda. que aqui estão sediados, o que faz fazer com as pessoas envolvidas em construção e será lançado
estudantes, profissionais
«Afetou-me sentir que existe uma com que haja muita entreajuda», na produção» que descreve como brevemente. Apesar de admitir
de animação sociocultural e
parte mais negra neste merca- salienta a designer. «muito qualificadas». que o grosso das suas vendas é
outros profissionais que, no
do», afirma a jovem de 28 anos, Para fabricar as peças, a mar- Após concluir o mestrado feito em Lisboa e Porto - onde se
desenvolvimento das suas
referindo-se ao consumismo de- ca recorre a matérias-primas que em Design de Moda, na Univer- desloca regularmente – insiste em
atividades, utilizam técnicas
senfreado e ao impacto ambiental se baseiam em sobras de fábricas sidade da Beira Interior, Katia ficar no Fundão, onde assegura
de animação sociocultural.
associado a esta indústria, uma da região «utilizo excedentes de Almeida foi estagiar para Lisboa, ter condições para crescer «es-
O congresso tem com tema
das mais poluentes do mundo. tecido, numa lógica de upcycling onde trabalhou com os desig- tar aqui é estar a meio caminho
“Construindo o Futuro” e
Define o estilo das suas peças de [reutilização criativa de produtos ners Storytailors. «Foi bom du- das duas cidades e isso é muito
conta com os apoios do mu-
vestuário como «minimalista e ou resíduos] e isso permite-me rante algum tempo viver lá, mas vantajoso, além disso, é aqui que
nicípio da Guarda, do IPG e da
monocromático», com enfoque superar um desafio maior na pro- percebi que prefiro um modo de estão os meus fornecedores, se es-
Direção-Geral do Livro, dos
no pormenor. Camisas, t-shirts dução, pois tenho de me cingir ao vida mais calmo e seguro», ex- tivesse em Lisboa não teria tantas
Arquivos e Bibliotecas.
estampadas, camisolas, calças que encontro disponível», explica plica. Ao concluir o estágio pro- fábricas nas proximidades». Para
adaptáveis a diferentes tamanhos a jovem. A designer esforça-se fissional no Fundão (que fez de Kátia Almeida estar no interior
Empresas e acessórios texteis de redução de por incluir a sustentabilidade em seguida), decidiu que seria aqui não é uma desvantagem, mas an-
desperdício (como discos desma- todas as vertentes da logística de que ficaria sediado o seu negó- tes uma «oportunidade de fazer
BMW Série 1 veio quilhantes reutilizáveis) fazem produção. Utiliza caixas de cartão cio, cujas estratégias começou a a diferença». A jovem designer
à cidade DR
parte da oferta da Kalium, uma de supermercado para recolher delinear em 2017, com a ajuda pretende estimular «a noção de
marca integrada na incubadora e armazenar os materiais, os de um programa governamental um consumo mais consciente»
“A Praça”, no centro do Fundão, botões e etiquetas da roupa são de apoio ao empreendedorismo na região, onde admite ainda
ligada à RNI - Rede Nacional de reciclados, e recorre casualmente (Empreende Já). não existir grande recetividade a
Incubadoras. Esta é a platafor- ao auxílio de costureiras locais. Por agora a Kalium vende marcas sustentáveis e artesanais.
ma que serve de berço a novos «A sustentabilidade não é só a em feiras da especialidade em Apesar disso, acredita que as
projetos de empreendorismo e nível ambiental, mas também se vários pontos do país, através do mentes estão a mudar e que no
novos negócios na cidade. «Há prende com a valorização justa facebook e em sites multimarca. futuro a moda sustentável terá
uma grande sinergia de todos os do trabalho, e é isso que tento O website de venda online está cada vez mais adeptos.
O “roadshow” do novo
BMW Série 1 esteve na
Guarda no último fim de se- Seia
mana. A Matos & Prata, con-
cessionário da marca alemã Município rejeita Saúde na transferência de competências para 2020
para distrito, esteve no Largo O município de Seia comu- Educação, Cultura, Saúde Animal para a gestão das novas áreas da cidade e a «elevada degrada-
da Misericórdia para dar a nicou à Direção-Geral das Autar- e Segurança Alimentar, bem como que, com certeza, irão implicar ção» daquelas instalações, além
conhecer e experimentar a quias Locais (DGAL) a intenção as responsabilidades relativas a ajustamentos na estrutura mu- do «contínuo esvaziamento de
mais recente aposta da BMW. de assumir, a partir de 2020, a Praias, a Modalidades Afins dos nicipal, nomeadamente ao nível serviços e valências» do Hospital
totalidade das competências a Jogos de Fortuna e de Azar, à Ha- dos recursos humanos». de Nª Sra. da Assunção. «Espero
transferir do Governo para as bitação, a Vias de Comunicação, à Entretanto, Carlos Filipe Ca- os novos deputados ajudem a
autarquias, exceto a Saúde. Justiça, aos Bombeiros, às Estru- melo anunciou ter solicitado uma resolver o problema, pois as an-
Segundo a autarquia presi- turas de Atendimento ao Cida- audiência ao primeiro-ministro, teriores reuniões mantidas pelo
dida por Carlos Filipe Camelo, dão, ao Património Imobiliário tendo em vista a resolução do município com a atual ministra
«é entendimento do município Público e ao Estacionamento «estado calamitoso» em que se da tutela, a ARS e a Unidade Local
que se encontram reunidas as Público». O autarca refere, em encontra a saúde no concelho de Saúde (ULS) da Guarda não
condições para assumir integral- comunicado, que a Câmara se- serrano. Em causa está a falta produziram resultados», refere o
mente as competências na área da nense «necessita de ter tempo de médicos no Centro de Saúde edil senense.
Quinta-feira • 17 de outubro de 2019 • •7

Tribunal julga Guarda


Oposicionistas vão recordar
eleições de 1969
destino de herança Passam, este mês, 50 anos
sobre as eleições para a Assem-
bleia Nacional, às quais concor-
panha de outubro de 1969 num
almoço de confraternização a
realizar no restaurante “A Me-

milionária em Vila
reu um grupo de personalidades xicana”, na Guarda, no dia 26 de
da Guarda oposicionistas ao outubro. Evocar a efeméride e
regime de Marcelo Caetano. a sua importância é o objetivo
Os candidatos pelo distrito de alguns apoiantes dessa lista,

Franca das Naves


da Guarda foram César Augusto numa iniciativa dinamizada
da Costa Tavares (advogado), por Maria do Carmo Borges,
João Gomes (advogado), Luís José Manuel Mota da Romana
Baeta de Campos (médico) e António José Dias de Almeida.
e Manuel Tavares Lopes (ad- Os interessados em participar
Julgamento opõe Centro Social e Paroquial da vila à Misericórdia vogado), mas o movimento podem contactar a organização
de Trancoso mobilizou muito mais pessoas pelos telefones 968 041 520,
DR
que querem recordar essa cam- 962 555 766 ou 963 505 789.

UBI
Doutoramentos Honoris Causa para
reitores de Angola e Moçambique
A Universidade da Beira gola). A decisão foi aprovada
Interior (UBI) vai atribuir douto- por unanimidade na reunião
ramentos Honoris Causa a dois do Senado da UBI da passada
reitores de Angola e Moçambi- quinta-feira, após proposta do
que e homenagear «duas figuras reitor da UBI. António Fidalgo
de elevado relevo científico e de justificou a escolha com «a
administração universitária» relevância de ambos na pro-
naqueles países africanos. moção da formação de quadros
O mais alto grau concedido altamente qualificados em cada
pela instituição contemplará um dos seus países e, de modo
Orlando António Quilambo, geral, nos países lusófonos». Os
reitor da Universidade Eduar- dois Doutoramentos Honoris
do Mondlane (Moçambique), e Causa serão outorgados no
Orlando Manuel José Fernandes segundo semestre do atual ano
da Mata, reitor da Universidade letivo, em cerimónia a decorrer
Mandume Ya Ndemufayo (An- na universidade.

Caso começa a ser julgado esta quinta-feira no Tribunal da Guarda


Covilhã
O caso da herança de Car- do mesmo concelho, que terá a um anúncio «sobre atribuição
men Augusta Rios Domingues, denominação de “Instituição de de legado» n’O INTERIOR (edi- Medalha de Mérito para onze
que deixou em testamento mi- Assistência Rios Domingues”», ção nº 964). Nesse anúncio era personalidades e instituições no Dia
lhões de euros em bens, direitos
ou ações, chega a tribunal esta
lê-se no testamento lavrado em
Coimbra, a 16 de abri de 1965,
divulgado que Carmen Rios
Domingues, natural de Vila
da Cidade
A Covilhã celebra no do- xoso, e José Reis Barata, antigo
quinta-feira. O caso será julgado e a que O INTERIOR teve acesso. Franca das Naves e residente em
mingo os 149 anos da elevação deputado na Assembleia Mu-
na Guarda e opõe o Centro Social O problema é que a Comissão Lisboa, falecera a 17 de maio de
a cidade e na ocasião vai home- nicipal e docente. Nas institui-
e Paroquial de Vila Franca das Municipal de Assistência de 2016 tendo deixado um «lega-
nagear oito personalidades e ções, a Medalha de Mérito será
Naves à Santa Casa da Miseri- Trancoso foi extinta em 1971 e do em dinheiro e em conjunto
três instituições que, «de forma atribuída à Fundação Imaculada
córdia de Trancoso, as duas en- os seus ativos foram destinados aos seus afilhados e afilhadas
marcante, têm desenvolvido Conceição - Doroteias da Covi-
tidades que reclamam o direito à Misericórdia, que se habilitou de batismo». Desta forma, e no
ações de mérito no concelho», lhã, à Liga dos Amigos do Centro
à herança. como herdeira do património cumprimento da obrigatorie-
adianta o município. Hospitalar Cova da Beira e à
A benemérita, herdeira de legado em 2018. dade legal de publicitação do
Estes serão distinguidos Associação de Desenvolvimento
um comerciante galego radicado Segundo o mesmo documen- testamento, eram informados
com a Medalha de Mérito o Local Beira Serra. «É uma jus-
naquela vila faleceu em Lisboa to, a herança deverá estender todos os que «tenham direito
historiador António Pinto Pires, tíssima homenagem da cidade
a 17 de maio de 2016, solteira e «obrigatoriamente a sua ação às a participar naquele legado».
o empresário Pedro Gaudêncio, a personalidades ímpares que
sem familiares conhecidos, le- povoações de Vila Franca das Na- Publicado o édito, a Misericórdia
o presidente do Sp. Covilhã José se destacaram na comunidade
gou o grosso do seu património ves, Cerejo, Moimentinha, Póvoa iniciou o processo de habilita-
Mendes, o operário José Carlos e também ao trabalho desem-
à população de Vila Franca das do Concelho e Vilares», as locali- ção de herdeiros e afirmou-se
Campos, conhecido como “Sr. penhado por estas instituições
Naves através de uma comissão dades de onde eram originárias como legítima herdeira da be-
Viseu”, o dirigente desportivo no voluntariado e na educação
assistencial extinta ou, «na sua as pessoas que trabalharam para nemérita – a testadora, de forma
e comerciante Manuel Ribeiro, de várias gerações de covilhanen-
falta, à entidade congénere os pais da benemérita – Germano expressa, deixava o grosso da
e o psiquiatra Vítor Sainhas. A ses», justifica o edil covilhanense
existente naquele concelho e Vicente Domingues e Delmina herança à Comissão Municipal
título póstumo, serão também Vítor Pereira. A sessão solene terá
que tenha a seu cargo a orga- Rios Domingues – e «interessar- de Assistência ou a «entidade
agraciados António Ascensão lugar às 15h30, no salão nobre
nização de assistência, com a se, sobretudo, pela assistência à congénere», com «a obrigação
Coelho, antigo autarca no Tei- dos Paços do Concelho.
obrigação de destinar toda a velhice e à infância». de destinar toda a sua herança»
sua herança a uma instituição Tudo começou a 14 de junho a uma «instituição de assistência
de assistência particular, com de 2018, quando a Misericórdia particular» a criar com o nome Guarda
sede em Vila Franca das Naves, de Trancoso mandou publicar da família Rios Domingues. Cuba é o país convidado da próxima
Feira Ibérica de Turismo
Guarda A sétima edição da Feira abril e 3 de maio, tendo regis-
Revisão do PDM recolhe sugestões Ibérica de Turismo (FIT), a re- tado na edição deste ano «mais
A Câmara da Guarda tem a Os interessados podem apre- reço dem.hinacio@mun-guarda. alizar em 2020, na Guarda, tem de 35 mil visitantes e cerca de
decorrer, até meados de dezem- sentar as suas questões e propos- pt). O novo PDM da Guarda deverá Cuba como país convidado. 500 entidades representadas,
bro, o período de sugestões no tas diretamente no balcão único estar concluído em julho de 2020 Segundo a Câmara Munici- tendo tido a maior área cober-
âmbito do processo de revisão do da autarquia, por carta ou por e substituirá o documento que pal, que organiza o certame, a ta de sempre: 11.000 metros
Plano Diretor Municipal (PDM). correio eletrónico (para o ende- vigora há 25 anos. FIT vai decorrer entre 30 de quadrados».
8• • Quinta-feira • 17 de outubro de 2019

Novo sistema de mobilidade da


Covilhã apresentado segunda-feira
Mais circuitos de autocarros, uma rede de bicicletas elétricas e novas taxas de estacionamento entre as
medidas já aprovadas pela autarquia
DR
A Câmara da Covilhã apre- todos os estudantes, além de des-
senta na segunda-feira o Novo contos de 50 por cento na rede de
Sistema de Mobilidade do con- transportes para portadores do
celho. Cartão Social Municipal. Haverá
Conforme O INTERIOR no- ainda uma ligação permanente a
ticiou no início de setembro, circundar a Covilhã que permitirá
as linhas gerais do plano defi- maior flexibilidade de horários
nido para a nova concessão de nos transportes.
transportes incluem o reforço O plano já foi aprovado em
das ligações suburbanas entre a reunião de Câmara e está a ser
cidade e as vilas do Tortosendo e avaliado pela Autoridade da Mo-
do Teixoso, novas ligações para bilidade e Transportes (AMT).
as Penhas da Saúde e Torre e no- Posteriormente será novamen-
vas taxas para estacionamento te apresentado ao executivo e
nos silos da cidade. Incluem-se assembleia municipal para ser
aqui o silo da praça do muni- aprovado e permitir a abertura
cípio e do Sporting da Covilhã, do respetivo concurso público
pelo qual a autarquia passará internacional. A concessão será
a pagar uma renda anual de 50 pelo período de dez anos, sendo
mil euros (para depois entregar setembro de 2020 a data previs-
à concessão). Haverá também ta de conclusão do processo de
novas taxas de estacionamento mudança. O transporte público
nas zonas do centro comercial na Covilhã é assegurado atual-
da Estação, na avenida do pa- mente pela empresa Covibus,
vilhão ANIL e Alameda Europa cujo contrato de prestação de
Autarquia vai lançar concurso público internacional para concessionar sistema
(que liga ao Serra Shopping). serviços terminou em setem-
Serão abrangidos um total de cobrança de uma taxa de utili- bro. No encontro de segunda-
PUB mil lugares, «700 em silo e 300 à zação turística nos elevadores feira, que tem início pelas 14
NOTÁRIA superfície», de acordo com o edil urbanos, que continuarão a ser horas, participam o presidente
Paula Maria Lemos da Costa
covilhanense, que adiantou que gratuitos para residentes no da Autoridade de Mobilidade
CERTIFICO que, por escritura de 10 de Outubro de 2019, exarada a fls. 105 e seguintes do livro de notas será a Câmara a definir o valor concelho que terão um cartão e Transportes, João Carvalho;
para escrituras diversas número 414 - P, da Notária Paula Maria Lemos da Costa, com Cartório na cidade
da Guarda, MARIA MANUELA HENRIQUES DA SILVA MONTEIRO e marido JOSÉ INÁCIO PEREIRA das taxas a pagar, que ainda não ou aplicação de telemóvel. O Paula Teles, da empresa MPT –
MONTEIRO, casados sob o regime da comunhão de adquiridos, naturais da freguesia de Gonçalo Bocas, foi estabelecido. Novo Sistema de Mobilidade Mobilidade e Planeamento do
deste concelho, onde residem na Rua da Portela, número um, com exclusão de outrem, declaram-se
donos e legítimos possuidores, dos seguintes imóveis:
Estas taxas terão margem contempla a bilhética integrada, Território, que vai apresentar
NÚMERO UM para um sistema de descontos uma nova aplicação de telemó- a Rede Ciclável da Covilhã; e
PRÉDIO RÚSTICO, constituído por terra de pastagem, com a área de oito mil e seiscentos metros dirigido a famílias com várias vel polivalente, a concessão de ainda Valter Duarte, da M. Mou-
quadrados, denominado e sito em Casais, na freguesia de Gonçalo Bocas, deste concelho, a confrontar
do norte com Manuel Marques Morgado, do sul com Tomás de Almeida, do nascente com baldio da Junta
viaturas, segundo o edil. Além uma rede de bicicletas elétricas ra Associados, que divulgará as
e do poente com José Joaquim Marques, inscrito na respectiva matriz em nome de Joaquim João da das mudanças referidas, haverá (fator opcional da futura conces- linhas gerais do novo Sistema de
Cruz - cabeça de casal da herança de, sob o artigo 1110, com o valor patrimonial actual de 3,65 euros e novos circuitos de autocarros e sionária) e passes gratuitos para Mobilidade da Covilhã.
o de IMT e atribuído de cinquenta e seir euros e setenta cêntimos, descrito na competente Conservatória
do Registo Predial sob o número duzentos e cinquenta e quatro da mesma freguesia de Gonçalo Bocas,
registado a favor de Joaquim João da Cruz, pela apresentação quarenta e nove de cinco de Novembro
de mil novecentos e noventa e oito. Empresas

“Roadshow” da Mercedes atraiu


NÚMERO DOIS
PRÉDIO URBANO, destinado a habitação, constituído por rés-do-chão, com a superfície coberta de
dezoito metros quadrados, sito em Portela, na indicada freguesia de Gonçalo Bocas, a confrontar do
norte com Rua, do sul com José Jerónimo e do nascente com José Miguel e do poente com António

atenções na Guarda
Miguel, inscrito na respectiva matriz em nome de Bernardino da Fonseca Nunes sob o artigo 84, com o
valor patrimonial actual, de IMT e atribuído de mil novecentos e oitenta e nove euros e quarenta cêntimos
e omisso na competente Conservatória do Registo Predial
NÚMERO TRÊS LM
PRÉDIO URBANO, destinado a arrecadações e arrumos, constituído por rés-do-chão, com a superfície A Mercedes mostrou os
coberta de catorze metros quadrados, sito em Portela, na indicada freguesia de Gonçalo Bocas, a
confrontar do norte e nascente com José Pinheiro, do sul com José Jerónimo e do poente com a Rua, seus melhores argumentos na
inscrito na respectiva matriz em nome de Bernardino da Fonseca Nunes sob o artigo 85, com o valor Guarda, num “roadshow” de
patrimonial, de IMT e atribuído de quinhentos e quarenta e oito euros e dez cêntimos e omisso na quatro dias junto ao Jardim José
competente Conservatória do Registo Predial.
NÚMERO QUATRO de Lemos.
PRÉDIO RÚSTICO, constituído por terra de batata, com a área de duzentos e noventa e nove metros, Entre quinta-feira e do-
sito em Varzia, na indicada freguesia de Gonçalo Bocas, a confrontar do norte com Maria de Deus mingo, houve a possibilidade
Martins, do sul com Carlos Inácio, do nascente com Maria de Jesus e do poente com o caminho, inscrito
na respectiva matriz em nome de Augusto Alexandre Monteiro sob o artigo 434, com o valor patrimonial de apreciar e experimentar
actual de 6,41 euros e o de IMT e atribuído de noventa e nove euros e oitenta e sete cêntimos e omisso carros como o Classe A, Classe
na competente Conservatória do Registo Predial.
Que, possuem estes bens em nome próprio, convictos de que lhes pertencem há mais de vinte
B, CLA, C Coupé, GLC Coupé e a
anos, por os terem adquirido pelo fim do ano de mil novecentos e noventa e cinco, no estado de “pick-up” Classe X. «A adesão foi
casados, por compra verbal a Joaquim João da Cruz, solteiro, maior, com última residência conhecida muito boa e o evento superou as
na mesma freguesia de Gonçalo Bocas e desde então e ininterruptamente ocupam os urbanos e
cultivam os rústicos, colhendo os frutos e fazendo as obras de conservação necessárias, posse que
nossas expetativas. Tivemos 97
sempre exerceram, com conhecimento e à vista de toda a gente, sem oposição de quem quer que test-drives e inúmeros contac-
seja, sendo, por isso, uma posse pacífica, contínua, pública e de boa fé, pelo que os adquiriram tos numa ação de charme e de
por usucapião, não tendo todavia, dado o modo de aquisição, documentos que lhes permitam fazer
prova do seu direito de propriedade. notoriedade da Mercedes que
teve um “feedback” muito posi- as pessoas durante o evento “On muito satisfeitos porque correu
Guarda, 10 de Outubro de 2019. tivo», adianta Isabel Fernandes. The Road”. «Havia muita gente muito bem», considera Isabel
A Notária em substituição, A responsável de marketing da na cidade nos três primeiros Fernandes. Segundo a responsá-
Finiclasse, concessionário da dias e no domingo já houve vel, a Finiclasse já está a pensar
marca alemã para o distrito da menos por causa do tempo, mas noutra localização para 2020,
(Paula Maria Lemos da Costa) Guarda, acrescenta que se criou registou-se um pico de visitas que poderá ser na zona da Sé
O Interior, nº 1032 de 17/10/2019 «uma sinergia muito gira» com a partir das 18 horas. Estamos «para ser novidade».
Quinta-feira • 17 de outubro de 2019 • •9

Ana Mendes Entidade «autónoma»


vai prosseguir
Godinho e Ana candidatura a Capital
Europeia da Cultura
Abrunhosa lideram Anúncio foi feito pelo presidente do município na

Ministérios do
segunda-feira após socialistas terem manifestado
«preocupação» com futuro do projeto
Luis Martins pios e universidades, delineada

Trabalho e da
a Estrutura de Missão e feito um
trabalho teórico de definição da
Os vereadores do PS no exe- estratégia tendo em conta os
cutivo da Câmara da Guarda estão eixos definidos pela Comissão

Coesão Territorial
preocupados com a demissão Europeia. O que faltou foram
de dois elementos da equipa da ações concretas da candida-
candidatura da cidade a Capital tura», disse o autarca. Carlos
Europeia da Cultura em 2027. Chaves Monteiro reiterou que
A demissão do coorde- o município tem «uma vontade
Quem são as novas ministras do Governo de António Costa, nador, o antigo secretário de férrea e inequívoca de levar
Estado da Cultura José Amaral este trabalho até ao fim e de
que deverá ser empossado na próxima semana? Conheça os Lopes, e a saída de João Heitor, ganhar esta candidatura». Nesse
perfis de Ana Mendes Godinho e de Ana Abrunhosa, ambas com consultor para a área da diáspo- sentido, será criada uma nova
ra portuguesa em França, leva- entidade jurídica «autónoma»
ligações ao distrito da Guarda ram esta segunda-feira Eduardo para prosseguir o processo e
AR Brito a criticar o «amadorismo» será contratada uma empresa
António Costa, primeiro-ministro indigi-
com que a autarquia estará a de consultadoria «para posi-
tado, apresentou esta terça-feira a Marcelo
conduzir o processo. «Já se per- cionar a Guarda em termos de
Rebelo de Sousa o seu Governo remodelado
deram dois anos na preparação Capital Europeia da Cultura em
para a próxima legislatura. Entre os vários
da candidatura da Guarda a Ca- Bruxelas», adiantou. «Demos
nomes anunciados destaque para Ana Mendes
pital Europeia da Cultura e não um passo atrás para depois dar-
Godinho, ex-secretária de Estado do Turismo e
há um plano, uma estratégia e mos dois em frente», considerou
deputada eleita pela Guarda, que será Ministra
meios», considerou o socialista, o presidente da Câmara.
do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.
que também quer saber «quanto Nesta sessão os socialistas
Outra das novidades foi a nomeação de Ana
é que a Câmara gastou» com os retomaram também as críticas
Abrunhosa, atual presidente da Comissão de
dois elementos demissionários. do NDS ao município por causa
Coordenação e Desenvolvimento Regional do
No final da reunião quinzenal do dos espaços desportivos. «A
Centro (CCDRC), para a nova pasta do Ministério
executivo, Eduardo Brito falou Câmara deveria avançar com
da Coesão Territorial.
DR também «em incúria e deslei- um sintético para este clube,
xo» na condução deste projeto, que tem um papel de coesão
ironizando que «a Guarda não social e de formação importante
Ana Abrunhosa destacou-se no pós-incêndios de 2017 pode querer jogar na Liga dos na cidade, porque poupou no
Campeões com uma equipa da campo de Vila Cortês do Mon-
A Coesão Territorial é uma das novidades no
terceira divisão». dego», sugeriu Eduardo Brito.
leque dos ministérios apresentados. Esta pasta
Na resposta, o presidente Para Chaves Monteiro, o atual
será liderada pela mulher que esteve à frente
da autarquia, Carlos Chaves sistema de utilização dos espaços
dos processos de apoio à reconstrução em locais
Monteiro, disse aos jornalistas desportivos da cidade é «a melhor
afetados pelos incêndios de 2017: Ana Abrunho-
que nos dois últimos anos «mui- solução para dar resposta às ne-
sa. Natural de Angola, mas com raízes familiares
to trabalho foi realizado» pelos cessidades dos clubes e garantir
na localidade de Poço do Canto (Mêda), a nova
elementos da comissão exe- uma utilização equitativa. Não é
ministra de 49 anos estudou no antigo Liceu
cutiva da candidatura. «Houve a ideal, mas a possível, por isso,
da Guarda antes de se licenciar e doutorar
ações, protocolos com municí- peço bom senso».
em Economia pela Universidade de Coimbra.
Foi presidente da Comissão de Coordenação e
Ana Mendes Godinho foi eleita pelo PS na Guarda Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) PUB

Ana Mendes Godinho abandona a pasta por nomeação do Governo de Passos Coelho. O
dedicada ao turismo e é “promovida” a minis- seu desempenho ficou marcado pelo processo
tra do Trabalho, rendendo Vieira da Silva, que de recuperação das casas na região Centro após
abandonou a vida política. A candidata do PS os incêndios de 2017 e foi elogiado por António
pelo círculo da Guarda e eleita deputada nas Costa, que lhe atribui agora uma pasta que já
legislativas de 6 de outubro – que não tem ex- foi denominada anteriormente de Unidade de AVISO n.º 1/2019
periência política na pasta que agora assume Missão (da Valorização do Território), e de Se- ESTÁGIOS PEPAL – 6ª EDIÇÃO 2.ª FASE
– foi vice-presidente do Turismo de Portugal e cretaria de Estado (com o mesmo nome).
Torna-se público, nos termos do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 166/2014, de 6 de novembro, alterado
ocupou vários cargos nesta área. Entre os pro- Ana Abrunhosa foi deputada municipal na e republicado pelo Decreto-Lei n.º 46/2019 de 10 de abril, conjugado com o estabelecido no artigo 3.º
jetos desenvolvidos destaque para o programa Mêda, eleita como independente pelo PSD, sendo da Portaria n.º 114/2019, de 15 de abril, que se encontra aberto, pelo período de dez (10) dias úteis,
“Valorizar” destinado à promoção dos projetos por isso um dos nomes no Governo externos ao contados da data da publicação do Aviso n.º 1/2019, no sítio oficial da Internet do Município de Almeida,
www.cm-almeida.pt, bem como no Portal Autárquico, em www.portalautararquico.pt, respetivamente, o
turísticos no interior, bem como o lançamento PS. Tem sido presidente da Comissão Directiva procedimento de recrutamento e seleção de 3 estagiários no âmbito da 6.ª edição – 2.ª fase do Programa
do programa “Revive”. O seu desempenho nesta do Programa Operacional Regional do Centro de Estágios Profissionais na Administração Local (PEPAL).
área colocou na mesa de António Costa a hipóte- desde maio de 2014 e presidente do Comité de Os requisitos formais do recrutamento, do perfil exigido, da composição do júri e dos métodos de seleção
constam do dito aviso.
se de criar um Ministério do Turismo, o que não Investimento do Instrumento Financeiro para
se chegou a concretizar. Ana Mendes Godinho, a Reabilitação e Revitalização Urbanas (IFRRU Almeida, 14 de outubro de 2019
de 47 anos, desempenhou também funções de 2020) desde junho de 2016. Contudo, não será
O Presidente da Câmara Municipal
inspetora na Autoridade para as Condições de o seu ministério que vai tutelar os fundos co- António José Monteiro Machado
Trabalho (ACT) e tem uma pós-graduação em munitários. Falta ainda saber se será mantida a
Direito do Trabalho. Tem três filhos, é natural Secretaria de Estado da Valorização do Interior,
de Lisboa (com raízes familiares em Vila Nova até agora ocupada por João Paulo Catarino e
de Foz Côa). sediada em Castelo Branco. O Interior, nº 1032 de 17/10/2019
10 • • Quinta-feira • 17 de outubro de 2019

Aguiar da Beira Cova da Beira

Prémios de Mérito Escolar e de Acesso


ao Ensino Superior
Covilhã e Fundão projetam
A Câmara de Aguiar da
Beira vai atribuir prémios de
Mérito Escolar aos melhores
ensino secundário no Agrupa-
mento de Escolas de Aguiar da
Beira, pugnando pela fixação
ciclovia entre as duas cidades DR

alunos dos 6º, 9º e 12º anos do de alunos e pela sustentabi-


Agrupamento de Escolas Padre lidade» da escola pública. Os
José Augusto da Fonseca e de montantes a atribuir por cada
acesso ao ensino superior. prémio serão fixados, anu-
Com esta medida, a autar- almente, por deliberação do
quia pretende «reconhecer o executivo municipal, segundo
mérito e premiar o acesso ao o Regulamento para Atribuição
ensino superior dos alunos de Prémios de Mérito Escolar e
que frequentam e concluem o de Acesso ao Ensino Superior.

Fotolegenda
A primeira neve da época na Serra
da Estrela DR

Ciclovia terá 13 quilómetros e vai custar mais de 980 mil euros


O Inverno ainda não che- devido a uma descida abrupta
gou e o Verão despediu-se há das temperaturas na região. A ciclovia de 13 quilómetros existentes ou em fase de plane- Pereira, «esta relação saudável
pouco, mas já nevou na Serra Foi quanto bastou para o acon- que vai ligar a Covilhã e o Fun- amento, para terminar no Souto contrasta com a situação que
da Estrela. Um fino manto tecimento correr meio mundo. dão envolve um investimento Alto. Segundo os promotores, existia em tempos idos, com
branco cobriu o maciço cen- E, não, desta vez não houve de 980.693 euros, dos quais será implantada uma ciclovia um certo virar de costas entre
tral na tarde de segunda-feira estradas cortadas. 490.346 euros serão cofinancia- em cada sentido do tráfego, os dois concelhos. São estes os
dos pelo Fundo Ambiental. com uma largura constante de projetos decisivos para a união
Trata-se de uma candidatu- 1,20 metros e partilhada com e cooperação crescente entre a
Castelo Branco
ra intermunicipal que envolve os peões, e substituirá os atuais Covilhã e os municípios vizinhos
Supremo confirma perda de mandato as duas autarquias, sendo que passeios existentes ou implan- da Cova da Beira».
de presidente da Câmara
DR
à Câmara do Fundão caberá
investir pouco mais de 600 mil
tados junto à berma da estrada.
O troço da Covilhã começa
Por sua vez, Paulo Fernan-
des, edil do Fundão, lembrou
pensivo para o Supremo Tribunal euros, enquanto a Covilhã terá no cruzamento do hospital e que o movimento diário de
Administrativo, recurso que o que despender 380.500 euros terminará no Souto Alto, sendo pessoas e veículos entre as
meu advogado irá apresentar», no troço até ao limite do con- a ciclovia implantada na berma duas cidades é «significativo».
adianta Luís Correia, numa de- celho. Os promotores esperam direita da variante à Covilhã e da Por isso, este é um projeto «im-
claração escrita enviada à comu- que o projeto possa arrancar EN18 com uma largura de 2,20 portante porque aposta numa
nicação social. O Tribunal Central em 2020. A futura ciclovia será metros. Este corredor estará visão urbana das duas cidades,
Administrativo do Sul (TCAS) desenvolvida ao longo da Es- separado da faixa de rodagem. que estão cada vez mais próxi-
negou provimento ao recurso trada Nacional 18, que liga as O presidente da Câmara da Co- mas, nomeadamente ao nível
que o autarca socialista interpôs duas cidades, assumindo um vilhã já elogiou esta «conjugação das zonas industriais. Logo, é
O presidente da Câmara de no âmbito de uma ação judicial perfil marcadamente urbano. O de esforços que estreitam ainda importante aprofundar este
Castelo Branco anunciou que vai apresentada pelo Ministério Pú- troço no Fundão tem início na mais os laços entre as duas perfil mais urbano de conexão e
recorrer para o Supremo Tribu- blico que tinha pedido a perda proximidade da zona comercial, cidades e os dois concelhos, dar opções às pessoas para que
nal Administrativo do acórdão de mandado do autarca, depois à entrada da cidade, e interligará que já têm muitas afinidades e possam fazer as suas escolhas
proferido pelo Tribunal Central de ter sido divulgado pelo jornal com os percursos cicláveis já se complementam». Para Vítor em segurança».
Administrativo Sul, que confir- “Público” que este teria assinado
mou a sua perda de mandato. dois contratos com uma empresa
«Do acórdão proferido, de detida pelo seu pai. A sentença Sabugal

Autarca anuncia que gestão da água


cujo teor não concordo, cabe da primeira instância tinha sido
recurso de revista com efeito sus- proferida em junho deste ano.

Fornos de Algodres da barragem pode ser revista


Velharias e antiguidades em exposição As várias entidades envol- Hidrográficas do Norte e do Vale chegue a esta cota mínima como
no CIHAFA vidas na gestão da água da bar-
ragem do Sabugal manifestam
do Tejo. «Há abertura por parte
destas quatro entidades para
chegou este ano, no ano passado
e nos últimos». Na sua opinião, o
O Centro de Interpretação ológico de Fornos de Algodres
abertura para uma revisão dos rever contratos de exploração, Plano e Ordenamento da Albu-
Histórica e Arqueológica de e inclui uma grande variedade
contratos em vigor, revelou o questões relacionadas com a feira do Sabugal «partiu de uma
Fornos de Algodres (CIHAFA) de peças de diversos estilos e
presidente da autarquia. cota mínima da água e também lógica errada», porque «uma
tem patente até 30 de novembro épocas, como ferros de passar,
Segundo António Robalo, da participação eventual dos coisa é a exploração da água, que
uma exposição de velharias e objetos em cobre, livros, discos
no seguimento da falta de água municípios na gestão da água», foi autorizada ao limite, e outra
antiguidades, de Jorge Gomes em vinil, quadros, candeeiros,
na albufeira da barragem, o sendo que esta última questão coisa é a instalação de equipa-
Júlio, residente no concelho. latoaria, utensílios domésticos,
município reuniu com a Agência «não é essencial», adiantou o mentos de recreio e de lazer
A mostra insere-se no rádios e máquinas fotográficas. A
Portuguesa do Ambiente (APA), edil sabugalense. O presidente que precisam de água». António
programa de «dinamização e exposição pode ser visitada todos
a Direção-Geral de Agricultura do município sublinha que «o Robalo considera, por isso, que
rotatividade de exposições tem- os dias, exceto feriados, das 10 às
e Desenvolvimento Rural e as que interessa aos sabugalenses a resolução do problema é «uma
porárias» daquele espaço muse- 13 horas e das 14 às 17 horas.
Administrações das Regiões é que o nível da barragem não decisão política» e «estrutural».
Quinta-feira • 17 de outubro de 2019 • • 11

Trancoso Vila Nova de Foz Côa


Visitas guiadas e encenadas Rede Nacional de Arte Rupestre adiada por falta de vistos
sobre a “Lenda Iberusa Leoa” do Tribunal de Contas DR
A “Lenda Iberusa Leoa” se encontrava sob domínio
dá o mote para duas visitas muçulmano». A iniciativa en-
guiadas e encenadas a realizar quadra-se no projeto Cultura
no domingo, às 16h30 e 18 em Rede das Beiras e Serra da
horas, no centro histórico de Estrela, implementado pela
Trancoso. Comunidade Intermunicipal
Segundo o município, «a das Beiras e Serra da Estrela,
lenda de Iberusa Leoa remonta em parceria com a Associação
aos tempos da reconquis- de Municípios da Cova da Beira
ta cristã, quando Trancoso e o município de Trancoso.

Vila Nova de Foz Côa


PJ detém agricultor suspeito de abuso
sexual de crianças Organismo ficará sediado no Museu do Côa
AR
A falta de vistos do Tribunal municípios consigam a obtenção ras municipais de Alijó, Alandroal,
de Contas adiou a constituição do visto prévio do Tribunal de Arcos de Valdevez, Arganil, Ar-
formal da Rede Nacional de Arte Contas avançamos de imediato ronches, Figueira de Castelo Ro-
Rupestre, prevista para o passado para a constituição da Rede Na- drigo, Fundão, Mação, Macedo de
dia 9, no Museu do Côa. cional de Arte Rupestre», garantiu Cavaleiros, Meda, Mirandela, Torre
«A adesão formal dos mu- o responsável. de Moncorvo, Montemor-o-Novo,
nicípios só poderá ser efetuada Segundo Bruno Navarro, a Oliveira de Frades, Pinhel, Ponte
após a sua aprovação em sede de rede já tem estatutos e plano de da Barca, Reguengos de Monsaraz,
A Polícia Judiciária deteve, contexto da vida familiar do executivo e assembleia municipal, viabilidade económica. A sede Torre de Moncorvo, Valença do
em Vila Nova de Foz Côa, um detido e das respetivas víti- para assim receber o visto prévio ficará no Museu do Côa, em Vila Minho, Vila Nova de Foz Côa e Vila
homem de 45 anos por alegado mas, três menores do sexo do Tribunal de Contas», adiantou Nova de Foz Côa, num projeto Velha de Ródão.
abuso sexual de criança, dois feminino, com idades com- o presidente da Fundação Côa que envolve cerca de 30 entida- São também parte da Rede Na-
crimes de abuso sexual de preendidas entre os 12 e 17 Parque. Bruno Navarro diz tratar- des, que pretendem inventariar cional de Arte Rupestre a Direção
menor dependente e um crime anos, assim como a própria se de «um formalismo» porque os e estudar estas formas de arte, Regional de Cultura do Alentejo,
de violência doméstica. companheira do suspeito, e municípios fundadores já assina- bem como criar uma nova rota tu- as faculdades de Letras das uni-
A detenção foi efetuada vinham ocorrendo já desde ram «o termo de compromisso de rística que vai englobar o interior versidades de Lisboa, do Porto e
pelo Departamento de Inves- o ano de 2014». O detido, adesão à rede se têm participado do país. A Rede Nacional de Arte de Coimbra, o Instituto de Ciências
tigação Criminal da Guarda, agricultor de profissão, foi em diversas reuniões de traba- Rupestre envolve entidades como Sociais da Universidade do Minho
tendo osAF_Reforço Horários Beira
crimes ocorrido «no Interior_Citiexpress_Anúncio Jornal O
presente a tribunal. Interior_243x168.pdf 1 08/10/2019
lho». Nesse sentido, «logo que os
17:58:15
a Fundação Côa Parque, as câma- e o Instituto Politécnico de Tomar.

PUB

CM

MY

CY

CMY

K
12 • • Quinta-feira • 17 de outubro de 2019

Proteção civil Sabugal


Municípios reveem Planos Municipais
de Emergência
Potencialidades da energia natural
Onze autarquias da Beira In-
terior têm em curso a revisão dos
envolvidos são Almeida, Belmonte,
Celorico da Beira, Fornos de Algo- marcaram ENERTECH DR
seus Planos Municipais de Emer- dres, Fundão, Manteigas, Mêda,
gência e Proteção Civil, uma tarefa Penamacor, Pinhel, Sabugal e Seia.
coordenada pela Associação de Entre os objetivos desta agrega-
Municípios da Cova da Beira. ção está o aumento de proteção
Segundo a AMCB, sediada em à população, facilitar a avaliação
Belmonte, esta atualização permi- da recorrência, exposição e dano
te dar cumprimento às normas potencial, com base nos resultados
legais estabelecidas e contribuirá da produção da cartografia de risco,
para «aumentar a performance e adaptar as opções de ocupação e
intermunicipal, descentralizando gestão do território e ainda auxiliar
e fortalecendo a eficiência, a gestão na resposta por parte das autorida-
e a transparência». Os municípios des locais competentes.

PUB

A quarta edição da ENERTE- mara, Vítor Proença, «é uma Valor | Desenvolvimento Rural”,
CH – Feira das Tecnologias para a aposta mais difícil do que outras, em parceria com a ADES (Asso-
Aviso (extrato) n.º 1/2019 Energia, que decorreu no Sabugal, mas uma aposta por um futuro ciação Empresarial do Sabugal),
Oferta de Estágios no âmbito do Programa da 6ª. Edição - 2ª. Fase do Programa de sexta-feira a domingo, foi, de sustentável». O autarca recordou ENERAREA (Agência Regional
de Estágios na Administração Local (PEPAL) novo, o centro da energia natural que o concelho do Sabugal é «um de Energia e Ambiente do Inte-
da região. território de baixa densidade do rior), os Institutos Politécnicos
1.Carlos Alberto Chaves Monteiro, Presidente da Câmara Municipal da Guarda, torna público, nos
termos e para os efeitos do nº. 1 do artigo 6º. do Decreto-Lei nº. 166/2014, de 6 de novembro, na sua
No seguimento da aposta interior do país, fronteiriço, onde da Guarda e Castelo Branco e da
redação atual, conjugado com o estabelecido no artigo 3º. da Portaria nº. 114/2019, de 15 de abril, que se de anos anteriores, o certame a floresta assume particular rele- Universidade da Beira Interior.
encontram abertos, pelo prazo de 10 (dez) dias úteis, contados da data de publicitação do presente aviso direcionado para profissionais vância», uma vez que «possui a «Muito para além do visitante
no sitio de internet do Munidpio da Guarda, candidaturas aos procedimentos concursais de recrutamento
e seleção de estagiários, no âmbito da 6ª. Edição - 2ª. Fase do Programa de Estágios Profissionais das destina-se a promover e valorizar maior mancha de carvalho negral comum, este é um evento onde
Autarquias Locais (PEPAL), nos seguintes termos: o setor das energias renováveis, do país» e que é importante gerir, se encontram e se desenvolvem
2. Oferta de estágios: da eficiência energética e dos preservar e defender. negócios entre empresas exposi-
- 2 lugares de Juristas - Licenciatura em Direito;
- 1 Lugar de Administração Pública Ordenamento do Território - Licenciatura de Administração Pública serviços energéticos. “Sabugal, A ENERTECH é uma ini- toras que vêm apresentar os pro-
(1º. Ciclo) - Ramo Menor em Ordenamento do Território e Urbanismo; Fonte de Energia Natural” foi ciativa da responsabilidade do dutos e partilhar conhecimento e
- 1 Lugar Gestão ou Contabilidade - Licenciatura em Contabilidade; o lema desta edição que, como município raiano, no âmbito da contactos», adiantou Hugo Jóia, da
- 1 Lugar de Informação Geográfica - Licenciatura em Geografia ou Licenciatura em Engenharia
Topográfica; referiu o vice-presidente da Câ- unidade de missão “Sabugal + organização.
- 1 Lugar de Nutricionista - Licenciatura em Ciências de Nutrição ou Licenciatura em Diatética e Nutrição;
- 1 Lugar de Serviço Social - Licenciatura em Serviço Social;
- 1 Lugar de Sociólogo - Licenciatura em Sociologia;
- 1 Lugar de Biblioteconomia - Licenciatura em Ciências;
Empresas

Litocar apresentou novo Renault Clio


- 2 Lugares de Cultura - Licenciatura em Ciências da Cultura ou Licenciatura em Ciências da Linguagem;
- 1 Lugar de Conservação e Restauro - Licenciatura em Conservação e Restauro;
- 1 Lugar de Técnico de Som e Luz - Licenciatura em Som e Imagem.

e revela planos de expansão


3. A publicação integral do presente aviso de abertura dos procedimentos de seleção, encontram-se
publicitados no sitio da Internet do Municipio, (www.mun.guarda.pt). bem como na página eletrónica da
Direção-Geral das Autarquias Locais (DGAL).
Publique-se nos Jornais. SC

Paços do Concelho da Guarda, 9 de outubro de 2019

O Presidente da Câmara Municipal

Carlos Alberto Chaves Monteiro

Cofinanciado por:

O Interior, nº 1032 de 17/10/2019

PUB
NOTÁRIO
José Carlos Travassos Relva

CERTIFICO que por escritura de vinte e um de Agosto de dois mil e dezanove, exarada a folhas duas e
seguintes do livro de notas para escrituras diversas número Quatrocentos e Onze - P, do Notário acima
identificado, com Cartório Notarial, sito na Rua Mouzinho de Albuquerque, número oito, na Guarda, O grupo Litocar, distribuidor que se coloca às nossas equipas de trabalhadores, «em particular
ANTÓNIO MANUEL MARTINS MONTEIRO e mulher LICÍNIA MARIA DE JESUS GONÇALVES, casados
sob o regime de comunhão de adquiridos, naturais ele da freguesia de Vila Garcia e ela da freguesia da
automóvel da região Centro, de vendas, essa demonstração na área de chapa e pintura», onde
Guarda (Sé), ambas do concelho da Guarda, residentes no lugar de Monte Barro - Guarda, declaram-se apresentou à imprensa a quinta das diferenças para melhor», diz serem necessários pelo menos
donos e legítimos possuidores do seguinte imóvel: geração do Renault Clio na pas- acrescentou o administrador da seis colaboradores neste mo-
- Prédio rústico, composto por terra de cultura, com a área de duzentos e noventa e nove metros quadrados,
sito no Chão da Cerdeira, na freguesia e concelho da Guarda, (antes na extinta freguesia da Guarda
sada quinta-feira. Litocar, João Cardoso. mento. «Como não conseguimos
(Sé), concelho da Guarda, em virtude da agregação de freguesias), a confrontar de norte com servidão, Lançado pela primeira vez Durante a apresentação, o encontrar pessoas qualificadas te-
de sul com António Geremelo, de nascente com Mário da Fonseca e de poente com Salvador Dias, em 1990, o carro conta agora responsável revelou que o grupo mos tentado apostar na formação
inscrito na respectiva matriz sob o artigo 1856, (antes sob o artigo 608 da extinta freguesia da Guarda
(Sé), em nome de Joaquim Monteiro, com o valor patrimonial actual de € 4,15 e o atribuído de sessenta com diversas evoluções a nível retalhista automóvel tem pers- interna», adiantou João Cardoso.
e quatro euros e sessenta e cinco cêntimos, omisso na competente Conservatória do Registo Predial. tecnológico, habitabilidade, con- petivas de expansão «a materia- Atualmente a empresa, que
Que este bem, foi por eles adquirido, pelo ano de mil novecentos e oitenta e nove, por compra meramente forto e design interior, de acordo lizarem-se no primeiro trimestre emprega cerca de 270 colabora-
verbal, já no estado de casados, a Joaquim Monteiro, viúvo, residente que foi no lugar de Monte Barro,
Guarda e desde então e ininterruptamente, o cultivam, fazendo as obras de conservação necessárias, com a concessionária. O novo Clio do próximo ano» com o objetivo dores, está presente nos distritos
posse que sempre exerceram com conhecimento e à vista de toda a gente e sem a menor oposição «renova a tradição de ser um au- de «sermos dos dez principais de Coimbra, Viseu, Guarda, Caste-
de quem quer que seja, sendo, por isso, uma posse pacífica, contínua, pública e de boa fé, pelo que o tomóvel excecionalmente seguro “players” no retalho automóvel lo Branco, Aveiro e recentemente
adquiriram por usucapião, não tendo, todavia, dado o modo de aquisição, documento que lhe permita
fazer a prova do seu direito de propriedade. e adaptado à época», adianta a Li- em Portugal». João Cardoso assu- Santarém, onde representa as
tocar, que sublinha os 15 milhões me que este objetivo é «passível marcas Renault, Dacia, Nissan,
Guarda, 21 de Agosto de 2019
de unidades vendidas do modelo de ser atingido com a cobertura Honda, Mitsubishi, Mazda, Hyun-
O Notário, desde o seu lançamento inicial. total da região Centro», numa dai, Opel, Fiat e Abarth, para além
«À primeira vista o carro parece área «alargada» que vai do Tejo ao da marca própria - Ncar. O próxi-
muito semelhante à geração Douro. A única dificuldade ineren- mo passo será Leiria, distrito com
(José Carlos Travassos Relva) atual, mas na realidade é muito te a esta expansão, de acordo com o qual «será concluído o setor
O Interior, nº 1032 de 17/10/2019 diferente e esse é um desafio o responsável, é o recrutamento regional», disse o administrador.
Quinta-feira • 17 de outubro de 2019 • • 13

Opinião Música

You Can’t Win Charlie Brown


Ovo de Colombo

Toquinho DR

atuam no Fundão DR

Joana C. Pereira versos para a sua primeira canção


que tinha letra (cujo nome é “Lua
Nasceu em 1946, em São Pau- Cheia”).
lo, numa família de origem italiana A amizade entre Toquinho e
que o batizou de António Pecci Filho. Buarque leva-os a partir juntos para
Por ter sido sempre uma criança Itália, para o exílio político forçado
muito pequena, a sua mãe chamava- pela opressão da ditadura brasileira, Banda de Lisboa está a celebrar dez anos de carreira
o carinhosamente de “toquinho de e lá conseguem realizar dezenas de
gente”, e este diminutivo tem-no espetáculos de sucesso. De regresso O ciclo “Sons à Sexta” regressa mentos são primos) e de amizade, Tiago Bettencourt). Cada um dos
acompanhado desde o princípio da ao Brasil, Toquinho compõe também esta sexta-feira (22h30) com um o sexteto editou “Chromatic”, o músicos dos You Cant Win, Char-
sua vida e servido de nome artístico com o carismático Jorge Ben e inicia concerto dos You Can’t Win, Charlie primeiro álbum, em 2011, e de- lie Brown desdobra-se por outros
ao longo da sua carreira musical. uma sólida e fecunda parceria com Brown na Moagem, no Fundão. pois vieram “Diffraction/ Refrac- projetos dentro e fora da músi-
Recebeu os seus primeiros o poeta Vinicius de Moraes, que se A banda de Lisboa está a tion” (2014) e “Marrow” (2016). ca. Por exemplo, Afonso Cabral
estímulos musicais ao escutar a mú- prolongou durante 11 anos e da qual comemorar dez anos de carreira, Pelo meio ainda fizeram uma editou recentemente o primeiro
sica preferida do seu pai, que incluía brotaram cerca de 120 canções, mais iniciada com a inclusão do tema versão ao vivo do álbum “The Vel- álbum a solo, “Moradia”, e integra
muitos dos principais guitarristas de 20 álbuns gravados e um milhar “Sad Song” na coletânea “Novos vet Underground & Nico”, dos The a formação de Bruno Pernadas, já
brasileiros da época. Começou a ter de espetáculos por todo o Brasil e Talentos FNAC” de 2009. Um ano Velvet Underground, em 2012 Salvador Menezes estreou-se a solo
aulas de guitarra com uma professo- também em palcos internacionais. depois surgiu o EP, homónimo, em Lisboa, e providenciaram, em em 2018 com “Novas ocupações”.
ra de piano, chamada Dona Aurora, A maravilhosa autenticidade feito quando o grupo ainda era 2015, a banda sonora para o filme David Santos é também conhecido
que reconhecia o seu potencial, e do som do violão de Toquinho, em um quarteto. Só mais tarde é que “Maudite soit la guerre” (1914), como noiserv, Tomás Sousa integra
aos 14 anos inicia os seus estudos conjunto com a sua sabedoria e Tomás Sousa e João Gil se junta- de Alfred Machin. Minta & The Brook Trout e João Gil
mais sérios com o professor e gui- precisão, continua a encantar o pú- ram a Afonso Cabral, Salvador Me- Da formação inicial, saiu en- faz parte dos Diabo na Cruz. O ciclo
tarrista Paulinho Nogueira, que foi blico nos seus concertos. O contacto
nezes, Luís Costa e David Santos, e tretanto o guitarrista Luís Costa, “Sons à Sexta” é uma parceria do
o seu principal mestre. Mais tarde, direto com os grandes músicos bra-
a oportunidade de gravar e editar tendo sido substituído ao vivo município do Fundão com a rádio
aprofunda os seus conhecimentos sileiros da bossa nova e da criação
com a chancela independente por Guilherme Canhão e, agora Antena 3 e apresenta as bandas
de harmonização com Edgar Gianullo poética contemporânea, como Tom
e Óscar Castro Neves. Jobim, João Gilberto e Vinicius de Pataca Discos. Ligado por laços para os próximos concertos, por mais tocadas e em destaque no
Ainda como adolescente, Moraes, dotou-o notoriamente de criativos, familiares (três dos ele- Pedro Branco (guitarrista de atual panorama musical português.
estreou-se como instrumentista influências musicais e culturais mui-
e acompanhador no Teatro Para- to ricas e diversificadas, que tornam
mount, a par de outras figuras que a sua música estimulante e atrativa Design
viriam a tornar-se famosos músicos,
como Chico Buarque e Elis Regina.
para vários tipos de público.
Os seus projetos mais recentes
Sofia Gralha expõe no Museu da Guarda
Amigo de Chico Buarque desde os são dedicados à música infantil e à Intitulada “Boost Design”, a do Mestrado de Design de Co- posters criados numa ação
17 anos, foi este quem escreveu os divulgação dos Direitos da Criança. exposição de Sofia Gralha paten- municação e Novos Media na de sensibilização, através da
te no Museu da Guarda é o resul- Faculdade de Belas-Artes da interpretação dos dados re-
tado da componente projetual Universidade de Lisboa. colhidos num inquérito sobre
Covilhã da sua dissertação “Dimensão A mostra apresenta uma a responsabilidade social e
Arruada literária no centro histórico política do design de comunica-
ção – uma exploração prática”,
série de termos associados
à temática, bem como a sua
profissional, o(s) propósito(s),
o(s) processo(s), os valores e as
Cinco escritores da cidade de poesia de autores que marcaram desenvolvida, com orientação definição, as suas diferentes escolhas éticas dos designers
participam este sábado numa a história da Covilhã, como Ernesto de Sofia Gonçalves, no âmbito aceções e a coletânea de 12 de comunicação portugueses.
arruada literária pelo centro his- Melo e Castro, Celestino David, An-
tórico da Covilhã. tónio Alçada Batista, Alfredo Nunes
Com início pelas 21 horas, Pereira e José Reis Barata. O ponto Arte contemporânea
a atividade integra as comemo- de partida são as escadas da Rua
rações do 149º aniversário da do Castelo, junto ao auditório mu- Obras das coleções de Serralves e da FLAD no TMG DR
elevação da Covilhã a cidade. Par- nicipal, seguindo o percurso pela O TMG inaugura na próxima
ticipam Célia Bonifácio, Manuela zona intramuralhas, com paragens quarta-feira a exposição “Mesa
Cameira, António José da Silva, José na Igreja de Santa Maria, Portas do dos Sonhos: Duas Coleções de
Macedo e Maria Alice Peixeiro, que Sol, Rua 1º Dezembro e Praça do Arte Contemporânea”, reúne
vão declamar trechos selecionados Município. cerca de 30 obras da coleção de
Serralves e da Fundação Luso-
Música Americana para o Desenvolvi-
mento (FLAD).
Festival de one man band no TMG Esta mostra, que será inau-
Durante duas noites, seis trumentos. A partir das 22 horas, gurada pelas 18 horas, estabelece
músicos de Portugal, França, a primeira noite conta com as diálogos e confrontos entre di- de artistas portugueses, que Dimitrije Basicevic Mangelos, Ga-
Espanha, Itália e Suécia protago- atuações do francês Fred Raspail, ferentes modos de produção, de a Coleção de Serralves, muito briel Orozco, Gabriela Albergaria,
nizam o Festival Internacional de do espanhol Hombre Lobo Inter- pensamento e de questões estéti- rica no mesmo período (anos Giovanni Anselmo, Helena Al-
One Man Band, que acontece no nacional e do português Aníbal. cas, políticas e poéticas. «Embora 1960–2000), vem contextualizar meida, James Lee Byars, Joaquim
café-concerto do TMG. No sábado será a vez do italiano as duas coleções tenham perfis e internacionalmente», adianta a Bravo, Joel Fisher, José Pedro
Na sexta e no sábado o palco Elli Mon, do sueco Leadfoot Tea dimensões diferentes, aproximam- Fundação de Serralves, em co- Croft, Julião Sarmento, Leonor
será dos blues, country, garage, e do português Zorba. Este ano se e complementam-se exemplar- municado. A exposição apresenta Antunes, Luísa Correia Pereira,
folk e rock’n’roll, interpretados o festival, que tem entrada livre, mente: a coleção da FLAD tem um obras de Alberto Carneiro, Alicia Marcelo Cidade, Pedro Cabrita
sempre a solo e com muitos ins- decorre também em Portalegre. acervo de desenho considerável Framis, Ana Jotta, Blinky Palermo, Reis, Pedro Portugal, Silvia Bächli.
14 • • Quinta-feira • 17 de outubro de 2019 Publicidade

PUB

Odontopediatria - Medicina dentária para crianças :)

MEDICINA DENTÁRIA | Drª. Rita Vilar | Dr. Alexis Oliveira | Drª. Soraia Rocha
ODONTOPEDIATRIA | Drª. Rita Vilar

GINECOLOGIA / OBSTETRÍCIA | Drª. Cremilda Sousa PODOLOGIA | Dr. Cristóvão Polónio


CIRURGIA GERAL | Dr. Pedro Caldes MEDICINA CHINESA | Drª. Celina Barreto
ENDOCRINOLOGIA | Drª. Daniela Guelho PSICOLOGIA CLÍNICA | Drª. Maggie Vaz
MEDICINA GERAL E FAMILIAR | Drª. Ana Isabel Santos EXAMES PSICOTÉCNICOS | Drª. Liliana Tavares
PNEUMOLOGIA | Drª. Rita Gomes TERAPIA DA FALA | Drª. Ana Rita Gonçalves
PSIQUIATRIA | Dr. João Campos Mendes ENFERMAGEM | Enf. David Centeio
UROLOGIA | Dr. Gustavo Gomes NUTRIÇÃO CLÍNICA | Drª. Inês Costa
PEDIATRIA | Drª. Rita S. Oliveira OSTEOPATIA | Dr. João Araújo
REUMATOLOGIA | Drª. Joana Ferreira MEDICINA INTEGRATIVA | Drª. Sandra Grilo
ORTOPEDIA | Dr. António Mendes | Dr. Eduardo Ferreira COACHING | Drª. Susana Menoita
ACORDOS - Consulte as especialidades abrangidas
CHEQUE DENTISTA | ADVANCECARE | TRANQUILIDADE | SANTANDER TOTTA | ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA MONTEPIO | SSCGD | SAMS CENTRO
SAMS QUADROS | MEDICARE | GENERALI CARE | FUTURE HEALTHCARE | SAÚDE PRIME|VICTÓRIA | EDP MAIS | DECO+ | DENTALREDE

Dr. José João Dra Assunção Vaz Patto Prof. Doutor


Garcia Pires L. Taborda Barata
Neurologista
Especialista pelos Hospitais da Universidade de Coimbra
Consultas de Neurologia
Imunoalergologista
ORTOPEDIA Exames: Electromiografia
e Potenciais Evocados
Asma e Doenças Alérgicas
Rua Comendador Campos Melo, nº 29 – 1º Esq, Covilhã;
Consultas: CLIFIG – Clínica Fisiátrica da Guarda
CLIFIG - Rua Pedro Álvares Cabral - Tel: 275334876
Rua Pedro Álvares Cabral, Edíficio Gulbenkian
Edifício Gulbenkian, s/n Cliniform, Rua Mouzinho da Silveira nº 15 R/C, Guarda;
Telef.: 271 231 397 6300-745 Guarda Tel: 271211905

Prof. Celso Pereira


Imuno-Alergologia
(Doenças Alérgicas)
Ass Graduado HU Coimbra /
Fac Medicina UC
Medicina Desportiva
Covilhã: Clínica Médica Serra da Estrela
Galerias de S. Silvestre - Piso 3 Telf: 960023455
Drª. Rita Lourenço
Guarda: Clínica de Fisioterapia da Guarda - Exame Médico-Desportivo
Av. Rainha D. Amélia, nº 6 - 271238581/96 (Atestado
Descontos: para
GNR, prática desportiva)
PSP, ADSE, SAMS…
-Acompanhamento Clínico do Atleta
Coimbra: 239802700; 968574777 e 918731560 Guarda

ADVOGADOS ADVOGADOS
Vitor Nascimento António Ferreira, Paula Camilo
& Associados
Bárbara Brigas Sociedade de Advogados, RL

Telefone: 271 086 518


e_mails:
Telefone: 271 213 346 • Fax: 271 082 765
e_mails: Oftalmologia
antonio.ferreira.adv@gmail.com • paula.m.camilo@gmail.com
vitor.nascimento-5874c@adv.oa.pt Drª Emília Cardoso
Rua Alves Roçadas, nº 27 A, 1º CM2
barbarabrigas-4041c@adv.oa.pt (ao lado da loja MANGO) Consultas
Descontos: aos
GNR, PSP, sábados
ADSE, SAMS…

Rua do Encontro, nº 9 - 3º • 6300-704 Guarda 6300-663 Guarda Guarda

Médico

Diogo Cabrita
Cirurgião geral
tratamento de varizes e suas
complicações, pequenas cirurgias,
hérnias, hidrocelos, vesícula Litiásica.
Marcações : (Clínica Cembi)
Telef.: 271213445
Protocolo com a Médis

António Gil Advogado


Tel. / Fax 271 238 344
R. Dr. Lopo de Carvalho, 30-2º • 6300-700 Guarda
Contacte-nos!
Tel: 271212153 antonio.gil-5388C@adv.oa.pt
Quinta-feira • 17 de outubro de 2019 • • 15

Enduro BTT Campeonato de Portugal


João Rodrigues
conquista Taça Figueirense deixa escapar pontos
de Portugal DR
em Amarante
O Figueirense voltou a
DR

perder para o Campeonato de


Portugal. Desta feita, na visita
ao Amarante, que somou os
primeiros três pontos da época e
deixou o último lugar da série B.
No domingo, a equipa do
distrito da Guarda podia ter con-
quistado, pelo menos, um ponto,
mas não foi capaz apesar de ter
jogado toda a segunda parte
em superioridade numérica. O
Figueirense conseguiu controlar
o adversário, que foi sempre
mais esclarecido, mas esteve
mais preocupado em defender
do que em atacar. Quando o
fez, faltou sempre objetividade
aos avançados no momento da
finalização. A “sorte” do jogo
mudou no final da primeira
parte, quando Diogo Lamelas
viu o segundo amarelo e foi
expulso. Era expetável que os a sete minutos do final do jogo. quatro derrotas, duas vitórias e Nesta jornada o técnico Jorge
visitantes fizessem a diferença Aos 83’, o recém-entrado Oscar um empate. Este fim de semana Cardoso alinhou com Miguel
nos restantes 45 minutos, mas o Rojas marcou o golo de uma vi- há Taça de Portugal, pelo que o Dias, Ivan Buha, Tomás Piedade,
que se viu foram os locais ainda tória suada dos nortenhos. campeonato só regressa dia 27, Demétrio Carvalho, Copas (Bu-
mais moralizados e pressionan- Após sete jornadas, o Fi- com a formação de Figueira de bacar Sidibé, 84’), Octávio Silva,
tes, perante um Figueirense sem gueirense é 12º classificado fru- Castelo Rodrigo recebe o Arou- Ludgero, Milton Neri, Jonathan,
opções para fazer a diferença, to de um início de campeonato ca, terceiro classificado e um João Pedro (Kojo, 72’) e Fábio
O guardense João Rodrigues tendo alcançado o seu objetivo irregular, somando 7 pontos, dos fortes candidatos à subida. Pina.
(Casa do Povo de Abrunheira)
conquistou no domingo a Taça de
Portugal de Enduro BTT.
Futebol distrital
O corredor nem precisou de
vencer a última prova pontuável, Dezoito golos em três jogos
que teve lugar em Terras de Bou- Jogou-se no domingo a se- Vila Franca das Naves no dérbi 2-1 ao Sp. Vilar Formoso e o Sp. Mêda, que lidera devido aos
ro, onde mandou José Oliveira gunda jornada do Distrital da Iª do concelho. Por sua vez, o Vila Soito venceu 3-1 na receção ao golos marcados.
(Axpo/FirstBike Team/Vila do Divisão da AF Guarda, que regis- Cortês do Mondego protagoni- Sp. Celoricense. Por último, o O campeonato prossegue
Conde). O vencedor terminou tou 30 golos em sete encontros. zou a terceira goleada da tarde Aguiar da Beira levou a melhor este domingo com os jogos Sp.
os quatro percursos especiais De pontaria afinada esti- ao ganhar 6-1 na receção ao em casa sobre o Vilanovenses Mêda-Vila Cortês, Gouveia-Almei-
cronometrados com 31m12s, veram o Sp. Mêda que foi ga- recém-promovido Foz Côa. Nos por 1-0. Após duas jornadas da, Foz Côa-Trancoso, Vila Franca-
menos 47s484’ segundos do nhar 5-0 ao terreno do Estrela restantes jogos, o Manteigas foi há seis equipas que ainda não Soito, Sp. Celoricense-Fornos, Sp.
que João Rodrigues. O terceiro de Almeida e o Trancoso, que ganhar 3-1 a Gouveia, o Fornos perderam pontos e seguem na Vilar Formoso-Aguiar da Beira e
classificado, a 2m32s082’, foi aplicou “chapa 6” na receção ao de Algodres recebeu e ganhou frente, com destaque para o Manteigas-Vilanovenses.
Sauro Agostinho (Casa do Povo de
Abrunheira). Com este resultado, PUB

o guardense ganhou a Taça de


Portugal, concluindo a temporada
com 700 pontos, mais 30 do que
José Oliveira. O terceiro foi Sauro
Agostinho, com 440 pontos. O
novo campeão declarou, na sua
página de Facebook, que con-
seguiu gerir esta última corrida
«sem grandes percalços», o que
lhe garantiu o segundo lugar e o
primeiro na Taça. «Foi uma tem-
porada longa e cansativa, mas ao
mesmo tempo muito gratificante,
tendo cumprido todos os meus
objetivos: primeiro da geral de
Elites no Endurama (Espanha);
primeiro na Taça de Portugal,
qualificação para o Enduro World
Series e Troféu das Nações e
terceiro lugar no Campeonato
Nacional de Enduro», recordou
João Rodrigues, irmão do ciclista
David Rodrigues. Em femininos,
a vitória foi para Maaris Meier
(Maiatos), que ganhou em Terras
de Bouro e sagrou-se vencedora
da geral da Taça.
16 • • Quinta-feira • 17 de outubro de 2019 Publicidade

Rua do Campo, 5 – 1º Dto - 6300-672 Guarda


Rua do Campo, 5 – 1º Dto - 6300-672 Guarda
Telefone: 271 211 730 – 967 543 140
Lic. Nº 15550 – AMI
Lic. Nº 2890 – AMI
www.predialdaguarda.pt
AVISO Nº 1/2019 (EXTRATO)
Telefone: 271211730 - 967543140 www.predialdaguarda.pt
ESTÁGIOS PEPAL - 6.ª EDIÇÃO 2.ª FASE
VENDE
ID:1179 Casa Rústica Zona do Mondego para restaurar com terreno.. .12.500€
2
ID:1196 Terreno em Gonçalo Com 1300 m , p/ construção…………….20.000€ A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (C1MBSE) torna
ID:1220 Vivenda A 20km da cidade da Guarda, pronta a habitar. Só!.. ..27.000€
D:1140B Casa Rústica Em pedra, isolada a 10 minutos do centro……..27.500€
público que, nos termos e para efeitos do nº 1, do artigo 6º, do Decreto-lei
ID:1131 Casas Rústicas A precisar de obras com terreno envolvente.. .29.900€ nº 166/2014, de 6 de novembro, alterado e republicado pelo Decreto-lei
ID:1240 Lote Na Guarda para construção de moradia. OCASIÃO!… .....35.000€
D:1143 Casa Rústica Para remodelar com 42.502m² de terreno…..…..35.000€
nº 46/2019, de 10 de abril, conjugado com o estabelecido no artigo 3º, da
D:1258 Moradia Para remodelar na zona de Sequeira com terreno…. ..40.000€ Portaria nº 114/2019, de 15 de abril, que por aviso publicado no site oficial
ID:1003 T2 Guarda Coz., 2 quartos, 1 wc, terraço, sótão.Oportunidade.45.000€ da CIMBSE e no Portal Autárquico a 14/10/2019, encontra-se aberto pelo
ID:0159 Quinta Com 3 poços, tanques 2 casas de apoio. 8.500m². Só!.45.000€
ID:1158B T4 Centro A precisar algumas obras de remodelação………...52.000€ prazo de 10 (dez) dias úteis, contados da data de publicação do aviso,
procedimento para a contratação de 3 estágios, nas seguintes áreas:

VIDENTE
ID:0361 T4 Centro Completamente mobilado e equipado, garagem…...79.900€
ID:1158 T3 Centro Todo remodelado, 2 wc´s, lavandaria, 3 quartos… ..80.000€
ID:1265 T2 Centro Coz. mobilada, roupeiros, 1 wc, despensa, sótão….85.000€
Referência A) Licenciatura em Gestão - 1 estágio
ID:1253 T3 Guarda Em excelente estado de conservação. Como novo!85.000€ Referência B) Licenciatura em Economia - 1 estágio
ID:0971 T3 Centro OPORTUNIDADE! Com sótão e lugar de garagem..95.000€
Referência C) Licenciatura em Eng.ª. Civil-l estágio
ID:0829 T3 Duplex Com lareira, 3quartos, 2wc´s, lugar de garagem… ..95.000€
O aviso de abertura encontra-se disponível para consulta no site oficial
Com longos anos de experiência
ID:1254 T3 Centro Ocasião! Com sótão e garagem. Bem situado!.…....95.000€
2
ID:0000 Vivenda A 10minutos do centro, c / 2500 m de terreno….…. ...95.000€ da CIMBSE (https://cimbse.pt) e no Portal Autárquico (http://www.
ID:1000 V4 Isolada C/4 quartos, 2 wc´s, adega, garagem, quintal… …115.000€
portalautarquico.dgal.gov.pt).
ID:1262 T3 Guarda Aquec.central a lenha, sótão,garagem p/2 carros.120.000€
ID:0580 Lote Para Construção no Bairro do Pinheiro, c/ 945m²…... ….125.000€
Trata inveja, mau olhado, espiritual, estudos, negócios,
ID:1155 T3 Guarda Aquec. central,lareira, garagem p/2 carros,sótão...125.000€ empresas, amor, problemas familiares, saúde, etc. Guarda, 14 de outubro de 2019
ID:1022 V4 Guarda Coz. e sala comum, aquec. central, garagem… …145.000€
ID:0000 V5 Centro Coz. com lareira, aquec. central,3 wc´s, garagem. 180.000€ Sempre pronto a dar resposta aos seus problemas.
ID:1236 V5 Guarda Sala e coz. comum c/ lareira,garagem p/2 carros .185.000€
O 1º Secretário Executivo da ClMBSE
ID:0682 V4 Guarda Coz.mobilada e equipada, escritório, logradouro ..247.000€ Saiba tudo sobre o seu futuro e o porquê que tudo
ARRENDA corre mal em sua vida?
ID:1069EG
IID:1075B
Garagem individual Zona da Povoa do Mileu com grande área. 65€
Salas Centro Salas c/ 20 m2, óptimo, para explicações…. …….…90€ Não hesite, fale com quem sabe. Tenha FÉ: António Luís Monteiro Ruas
ID:0972C Escritório Centro Com 30m², óptimas vistas, 1 wc…………. ......150€
IID:0972B Loja Guarda Com 2 salas, recepção,2 wc´s, bem localizada…...250€
271238451 ou 969012923 O Interior, nº 1032 de 17/10/2019
ID:0653 Escritório Centro Todo remodelado, sala ampla c/varanda,1 wc. .275€
ID:0343 T1 Guarda Cozinha mobilada, lareira, roupeiro, 1 wc, garagem....300€
ID:1264 T3 Centro Coz. mobilada e equipada, roupeiro, 2 wc,marqueise. ..350€
2
IID:1240C Loja Guarda Loja para comércio c/ 163 m , 2 wc´s, 2 salas ……350€
ID:1246 T2 CentroCompletamente mobilado e equipado, 1 wc, marquise. .400€
IID:0200 Vivenda Coz. mobilada, lareira, 3 quartos, 2 wc´s, garagem…. … 450€

Predial da Guarda, Vende, Arrenda e


Administra imóveis desde 1998. AVISO Nº 01/2019
Imobiliária de Confiança. Filipe Pinto ESTAGIOS PEPAL – 6ª EDIÇÃO 2.ª FASE
Fotojornalista
PUB
Torna-se público, nos termos do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º
166/2014, de 6 de novembro, alterado e republicado pelo Decreto-Lei n.º
46/2019 de 10 de abril, conjugado com o estabelecido no artigo 3.º da Portaria
n.º 114/2019, de 15 de abril, que por aviso publicado, na página eletrónica do
Escadas do Quebra Costas, Nº 2 • 6200-170 COVILHÃ
Município de Mêda, www.cm-meda.pt e no Portal Autárquico a 14/10/2019,
Telef. 275 336 805 • Telem. 919 487 978 • Telem. 964 196 950
E-mail: filipepintofoto@sapo.pt • fotoacademica@hotmail.com encontra-se aberto pelo prazo de 10 (dez) dias úteis, a contar desta data,
procedimento de recrutamento e seleção de 5 estágios, no âmbito da 6.ª
edição – 2.ª fase do Programa de Estágios Profissionais na Administração
Local, nas seguintes áreas:
Ref.ª A – Nível de qualificação 6 – um (1) estágio para licenciados em
Desporto e Atividade Física;
Ref.ª B – Nível de qualificação 6 – um (1) estágio para licenciados em História
com Menor em Arqueologia;
Ref.ª C - Nível de qualificação 5 – um (1) estágio para detentores do Curso
Técnico Superior Profissional Desportos de Montanha;
Aviso nº1/2019 Ref.ª D - Nível de qualificação 5 – um (1) estágio para detentores do Curso
Ângela Maria Morgado de Castro Dias Neves Técnico Superior Profissional área de Economia, área de contabilidade,
e Sérgio Manuel Morgado de Castro Neves Rui Manuel Saraiva Ventura, Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, área de Gestão ou similar;
torna público, nos termos do nº1 do artigo 6º do Decreto Lei nº166/2014, Ref.ª E – Nível de qualificação 5 – um (1) estágio para detentores do Curso
vão celebrar escritura no dia 21 de Outubro de de 6 de novembro, alterado e republicado pelo Decreto Lei nº46/2019 Técnico Superior Profissional área de Turismo ou similar;
2019 , a favor de Fábio Daniel Viegas Simão do de 10 de abril, conjugado com o estabelecido no artigo 3º da Portaria
nº144/2019, de 15 de abril, que se encontra aberto, pelo prazo de 15 dias Paços do Município de Mêda, 14 de outubro de 2019.
prédio misto sito na União de freguesias de Seia, úteis, a contar da data de publicação do presente aviso no sítio da Internet
São Romão e Lapa Dos Dinheiros, concelho de do Município de Pinhel, o procedimento de recrutamento e seleção de O Presidente da Câmara,
5 estagiários, no âmbito da 6º edição do programa PEPAL 2ªfase, nas
Seia inscrito na respetiva actualmente na matriz áreas de Direito(2), Higiene e Segurança no Trabalho, Conservação e Prof.º Anselmo Antunes de Sousa
predial rústica sob o Artigo 8753, e na matriz Restauro e Informática.
predial urbana sob o artigo 5075. Para mais informação, consulte a página do Município de Pinhel em www. O Interior, nº 1032 de 17/10/2019
cm-pinhel.pt ou, diretamente a Câmara Municipal de Pinhel, Largo Ministro

Vende-se
Duarte Pacheco nº 8 6400-358, Tel. 27141000.

Quinta com Casa, cerca de 12 ha


à beira do rio Mondego, perto das rotundas
da A25 e IP2 • Lageosa do Mondego
Contactos: 966473371 • 271926638 O Interior, nº 1032 de 17/10/2019

Cupão de Anúncios Classificados


Envie o seu anúncio classificado para Jornal O Interior, Rua da Corredoura, 80 R/C Dto C • 6300-825 Guarda
Condições gerais dos classificados
Localização Identificação
do anúncio
1. Preencha o cupão com texto em maiúsculas,
deixando um espaço entre cada palavra. Nome: __________________________________________________________________
Grátis

2. O preço é acrescido de IVA à taxa legal em vigor. Imobiliário


*

3. É obrigatório o envio do número de contribuinte (NIF).


4. A identificação é um campo de preenchimento
Vende-se Aluga-se Morada: ________________________________________________________________
obrigatório. A falta de elementos pode implicar a não Trespassa-se Diversos
publicação do anúncio.
5. A “O Interior” reserva-se o direito de rejeitar a
Emprego Código Postal: ________ - _____ Localidade: ___________________________
Euros
2,50

publicidade que não esteja de acordo com a sua Oferece-se Precisa-se


orientação editorial.
6. A recepção de anúncios para cada edição Veículos Contribuinte nº: _________________ Contacto: ______________________
termina 72 horas antes da data da publicação. Vende-se Procura-se
7. Não se aceitam cópias, faxes ou emails deste cupão. Assinatura ________________________________ Data ___/___/______
Euros
4,00

Diversos
* Grátis até à 2ª publicação, a partir
da qual acresce um custo de 2 euros. Para esclarecimentos pode contactar-nos através do telefone 271212153 ou para ointerior@ointerior.pt

Modo de Pagamento: O recibo ser-lhe-á enviado posteriormente


Transferência Bancária (forma mais rápida e vantajosa) Transferência Avulsa Transfira o valor em questão para o NIB indicado e junte
Autorização de pagamento: Exmos Senhores, por crédito na conta abaixo indicada, queiram proceder,
até nova comunicação aos pagamentos das subscrições que vos forem apresentadas pelo Jornal O Interior. IBAN: PT50 001000002256785000177 a este cupão o talão comprovativo da transferência.

Banco _____________ Balcão _____________ NIB _________________________ Data ___/___/______ Assinatura ________________________________________
Nome do Titular _______________________________________________________ Cheque / Vale Postal nº _____________________ Banco _________________
Data ___/___/______ Assinatura ________________________________________ Numerário
Quinta-feira • 17 de outubro de 2019 • • 17

Ciclismo Todo-o-terreno
Grande Prémio Beiras e Serra da Estrela Mário Patrão 22º no Rali de Marrocos
Mário Patrão (KTM) termi- etapas de navegação difícil.
fora do calendário UCI DR
nou o Rali de Marrocos no 22º
lugar, a 2h52m22s do vencedor
Foi uma prova exigente. Nas
terceira e quarta especiais, o
o norte-americano Andrew “roadbook” apenas nos foi en-
Short (Husqvarna). A prova de tregue poucos minutos antes
encerramento do Campeonato da corrida, o que condicionou
do Mundo de todo-o-terreno um pouco a organização do
terminou no passado dia 9. percurso por parte dos pilotos
O melhor motard por- e a perceção dos perigos, mas o
tuguês foi Paulo Gonçalves objetivo foi cumprido». O bri-
(Hero), com o 13º lugar da tânico Sam Sunderland (KTM)
geral, a 58m24s do primeiro. sagrou-se campeão mundial
No final da competição, Mário de todo-o-terreno, batendo
Patrão declarou que «foram Andrew Short por 14 pontos.

Karate
Gonçalo Guerra terceiro no Open
da Póvoa de Varzim DR

O Grande Prémio Beiras e «concluído, mas trata-se de um de Ciclismo que a fez chegar à UCI.
Serra da Estrela não faz parte procedimento normal, e que por Não é agradável para quem orga-
do calendário internacional de questões burocráticas acontece niza e para os patrocinadores que
ciclismo de 2020, apesar de todos os anos. Na altura própria o calendário seja divulgado e a
manter a categoria 2.1, anunciou a essas competições podem ser prova não faça parte do mesmo»,
União Ciclista Internacional (UCI). introduzidas no calendário ofi- declarou o responsável.
A decisão foi conhecida na cial da UCI», refere o documento. Este ano, a UCI incluiu no
semana passada e, em comuni- Já em declarações ao jornal “A seu calendário a Volta ao Algar-
cado, o organismo que super- Bola”, o diretor da prova, Carlos ve (de 19 a 23 de fevereiro), a
visiona a modalidade a nível Pereira, garantiu que o Grande Clássica da Arrábida (15 de mar-
mundial adianta que a prova que Prémio vai realizar-se, de 17 a ço), a Volta ao Alentejo (de 18 a
realiza na região, «assim como 19 de abril, e estranhou o mes- 22 de março), o Grande Prémio
competições de outros países, mo não constar do calendário Internacional de Torres Vedras
não estão incluídas por questões internacional: «Na altura certa en- – Troféu Joaquim Agostinho (9 a
de pormenor». Entre elas está viámos a documentação necessá- 12 de julho) e a Volta a Portugal Gonçalo Guerra (Academia terceiro lugar do escalão, que
o facto do processo não estar ria para a Federação Portuguesa (29 de julho a 9 de agosto). Egitaniense de Karate Shotokan) conquistou. Do Núcleo Karate
foi terceiro na prova de kata 12- Shotokan de Pinhel partici-
13 anos do Open Internacional pou Diogo Grilo, que passou
Parakarate de Karate da Póvoa de Varzim, a primeira eliminatória em
António Pereira já vence na Liga Parakarate DR
que teve lugar no sábado.
O jovem guardense passou
primeiro lugar e foi segundo na
seguinte. O karateca acabaria
as duas primeiras eliminató- por perder o terceiro lugar do
rias em primeiro lugar, tendo seu escalão por uma margem
sido segundo na terceira, o mínima, tendo terminado no
que o levou para a disputa do quinto lugar.

Futsal
Sabugal, Sameiro e Cariense jogam
para a Taça de Portugal
A primeira ronda da Taça em título e recém-promovido
de Portugal de futsal joga-se ao Nacional da IIª Divisão, joga
este sábado e envolve três em casa com a ADR Retaxo
clubes da região. (Castelo Branco), do mesmo
Integrado na zona Norte, campeonato. Por sua vez, a
o CF Sabugal, do Distrital da UD Cariense (Belmonte), tam-
Iª Divisão da AF Guarda, re- bém do escalão secundário
António Pereira, do Centro O guardense conseguiu su- Também da União de Ka- cebe os açorianos da AD São nacional, recebe a ACR Arnal
de Artes Marciais da Guarda, bir ao lugar mais alto do pódio rate Shotokan das Beiras, João Roque do Faial, do Nacional (Leiria), que milita na mesma
participou no domingo, na Pó- com as duas katas realizadas e Azevedo (Centro Bujutsu de da IIª Divisão. Na zona Sul, série D. Nesta fase participam
voa do Varzim, na Iª Liga Paraka- que foram avaliadas em termos Mangualde) foi segundo. Os dois o GD Sameiro (Manteigas), 76 clubes do Nacional da IIª
rate, organizada pela Federação de técnica e de preparação karatecas integram a seleção campeão distrital da Guarda Divisão e dos distritais.
Nacional de Karate de Portugal. física. nacional.

Cupão de Assinatura
Identificação: Nacional_ ____ Semestral.....(16€) Anual.. (30e)
Nome: _________________________________________________________________________________________________________
Estrangeiro_ Semestral.....(18€) Anual.. (35e)

Morada: ________________________________________________________________________________ Código Postal: _________ - ______ Localidade: _____________________________________________

NIF: ________________________ Telefone/Telemóvel: __________________________________________________ Email: ________________________________________________________________

Modo de Pagamento:
Enviar para: Rua da Corredoura 80, R/C Dto C • 6300-825 Guarda
Transferência Avulsa
IBAN: PT50 001000002256785000177
Data ___/___/______ Assinatura ________________________________________ Assinatura __________________________________________________ Data _____/_____/________
Transfira o valor da Assinatura para o NIB indicado e junte a este cupão o talão comprovativo da transferência.
O Jornal O Interior compromete-se a adoptar as medidas de segurança necessárias para garantir a salvaguarda dos dados
Cheque / Vale Postal nº _____________________ Banco _________________ pessoais / empresas dos assinantes contra a sua eventual utilização abusiva ou contra o acesso não autorizado.
O contrato de assinatura renovar-se-á por iguais e sucessivos períodos de tempo (seis/12 meses), até que qualquer das partes
Numerário denuncie a desistência por meio de comunicação escrita com antecedência mínima de 30 (trinta) dias.
18 • • Quinta-feira • 17 de outubro de 2019

agoradigoEU

crónicaPOLÍTICA
opinião
Albino Bárbara Pós-eleitoral
Honorato Robalo * Na luta contraditória entre o ser humano e o de lista fez uma campanha deveras interessante,
cidadão reconhece-se que essa anomalia recorrente conquistou, pela simpatia, os corações dos beirões

Nova legislatura – que tem por nome abstenção continua a crescer a


olhos vistos, sendo considerada uma das caracterís-
executando impecavelmente o número do toca a
rebate, sabendo unificar todas as pontas partidárias
ticas do regime que vivemos, sem esquecer que urge de tantos “camaradas” desavindos.
que fazer? urgentemente mudar o velhinho sistema eleitoral que
teimamos em manter.
Ana Mendes Godinho, agora promovida a mi-
nistra, tem neste preciso momento a possibilidade,
Perante os resultados negativos para a coligação política do O PS ganhou, o PSD perdeu e, ao que parece, quiçá a obrigação, de apresentar a sua candidatura à
PCP, do qual sou militante desde 1982, com o PEV, considero ninguém que fosse líder do laranjal conseguiria tão presidência da Federação da Guarda do PS, obtendo
categoricamente que foi uma derrota com implicações para bom resultado como Rio. Surpreende-me, isso sim, desta forma o reconhecimento e talvez o consenso,
todos nós. Sim, o PCP defende os trabalhadores e não outros, que os passistas, que quase nos puseram de tanga, coisa que há muito tempo não se vê.
são opções de classe. queiram agora regressar. Seguir-se-á a resolução do complexo processo
Na condição de trabalhador da saúde no seio do nosso A política tem História, é feita de estórias, de “Hotel de Turismo” e, admitindo todas as desavenças
Serviço Nacional de Saúde (SNS) nada é inocente nos ataques eventos, de testemunhos, de atitudes, que a memória autárquicas conhecidas e mais que identificadas
ao SNS e nomeadamente, nos últimos tempos, a campanha que não esquece, tem ciclos, e quem assim não pensa en- no laranjal, o PS ao afirmar novos e outros atores
visa a sua destruição. Não podemos esquecer que já pagamos tra num processo deveras estapafúrdio alinhando em ou atrizes, com créditos adquiridos, a aposta vai
mais de cinco mil milhões de euros para a componente privada opiniões e comportamentos de certas e determinadas obrigatoriamente para a autarquia mais desejada do
da saúde. aves agoirentas, papagaios-falantes e mandantes de distrito podendo esta ficar ao alcance do tal clique
À campanha em curso contra o SNS, com a dimensão e recados, quais (des)virtuosos mentideiros comenta- rosáceo. A ver vamos…
agressividade que atingiu nos últimos meses, não é alheio o dores e pretensos politólogos. Com a direita completamente desfeita, o PSD
facto de estar em curso o processo de revisão da Lei de Ba- Numa análise rápida ao que por cá se passou, em cacos, percebe-se que nem a cola mais forte
ses da Saúde e a perspetiva real de se poderem vir a verificar diga-se que o resultado determina inúmeras leituras da loja chinesa fará milagres e, neste processo de
importantes avanços face à lei em vigor e colocar um ponto que têm forçosamente de serem feitas, concelho a autoflagelação restará apenas pedir a intervenção
final na Lei Barroso de 2002, que levou à criação das Parcerias concelho, em todos os 14, na perspetiva das próxi- divina para conquistar esse centro político indo
Público-Privado (PPP). mas autárquicas, onde alguns atores, mesmo com provavelmente em peregrinação a Assis, à cidade
Vale tudo na campanha contra o SNS e de valorização dos terreno favorável, não souberam ganhar e, tendo em de Francisco, pedir emprestada a liderança nesse
grupos económicos que intervêm neste sector. conta o princípio universal “em política o que parece, discurso que já foi, mas que pode voltar a ser
Não posso permitir que alguns camaradas se envolvam é”, as ilações têm forçosamente de serem tiradas e causa e efeito que determine um novo brilhozinho
em estratégias alheias às posições que sempre defendemos as consequências do que se passou devidamente nos olhos. Dava jeito a todos e, quer se goste quer
para o SNS, nomeadamente a valorização de todas as carreiras assumidas. não, haverá nova técnica naquilo que é a celebre
profissionais e sobretudo o acesso de todos os utentes, inde- A grande vitória da noite de 6 de outubro vai para transferência de mercado. Quiçá, desta forma os
pendentemente da sua condição económica e origem territorial. o Partido Socialista, em geral, e para Ana Mendes rosáceos, agora vencedores, possam dar preciosa
As ineficiências no SNS são de longa data e fruto dos de- Godinho, em particular, pois independentemente da ajuda. Para bem de todos. Para que possa haver
cisores políticos do PS/PSD/CDS, com a conivência de muitos imposição do secretário-geral socialista, a cabeça oposição e alternativa.
autarcas dos mesmos partidos e particularmente nos últimos
dias com outros cenários que poderão esconder interesses de
fação partidária.
Ainda há dias fomos internacionalmente considerados e o Entrementes
SNS reconhecido pelas organizações internacionais como um
dos melhores a nível mundial.
É caso para perguntar: então se o SNS é assim mau, por que opinião
razão é que muitos dos que têm seguros de saúde privados e ace- Norberto Gonçalves
dem regularmente aos cuidados privados, quando confrontados
com episódios de doença graves a exigirem intervenções com
qualidade e seguras e profissionais experientes e competentes,
procuram o SNS?
Não esquecer é preciso
O nosso caminho deverá ser no sentido da exigência do Há um século atrás, no dealbar da centúria de que só conhecendo se poderá aquilatar do que foram
Plano Estratégico de Investimento em recursos humanos e novecentos, uma guerra, a primeira a ser considerada aqueles acontecimentos tristemente célebres e evitar
materiais, contra a municipalização da saúde e separação clara global, assolou o planeta com os efeitos nefastos que se venham a repetir no futuro.
entre os prestadores no sector público e os do sector privado, que se conhecem. Vem isto a propósito das eleições legislativas do
um serviço público eficiente, eficaz e de qualidade, mantendo-se No passado dia um de setembro passaram oi- passado dia 6 das quais resultou, pela primeira vez
o Estado como prestador geral e universal de cuidados de saúde. tenta anos sobre o início da maior tragédia a que a depois da Revolução dos Cravos, a eleição de um
A rentabilização dos equipamentos existentes no SNS, Humanidade assistiu. Nesse fatídico dia começava o representante da extrema direita. Um agora senhor
bem como o investimento na renovação e recuperação de maior conflito da História: a Segunda Guerra Mundial. deputado assumidamente xenófobo e racista, que
equipamentos a fim de evitar a transferência de centenas de Durante seis anos o Mundo viveu o medo como nunca não hesita em tomar o todo pela parte quando se
milhões de euros em exames de diagnóstico para os privados; o tinha conhecido antes. refere às minorias. Um agora senhor deputado que
a consagração do fim das taxas moderadoras, questão funda- Oito décadas decorridas é fundamental não es- já foi candidato a uma autarquia integrando, como
mental na garantia ao acesso de todos aos cuidados de saúde quecer. E hoje, mais do que nunca, urge relembrar independente, uma lista de um partido democrá-
que necessitam, independentemente das condições económicas às novas gerações o que foram esses tempos de tico. Homem de um rosto só, como facilmente se
de cada um, como atrás referia, e também independentemente barbárie. Hoje, quando parecem querer renascer depreende…
da sua origem territorial. teorias como a da eugenia ou a do espaço vital, vistas E pensávamos nós, cá neste nosso cantinho,
A tão badalada discriminação positiva do interior deverá como pilares para justificar a superioridade de um estarmos a salvo dos extremismos que a Europa
começar nesta legislatura na aprovação legislativa na potenciação povo ou de uma raça, contrariando o que a ciência vinha já conhecendo… Mas não, não estamos,
dos equipamentos públicos formativos, nomeadamente a ESSG/ provou sem lugar a quaisquer dúvidas por parte de como agora se comprova. É por isso que urge
IPG, a FCS/UBI e articulando-as com as organizações públicas gente intelectualmente honesta. Hoje, quando convi- recordar, ainda que tal seja doloroso, o acontecido
prestadoras de cuidados em saúde. vemos com Trumps e Bolsonaros, Johnsons e Putins no século passado. Isto para que não tenhamos
Porque a gravidade e complexidade do momento exige e outros que tais, é urgente não esquecer. Hoje, de dar razão à sabedoria popular que afirma que
posicionamentos e opções claras, e percebendo que não é fácil quando renascem grupos e grupelhos extremistas, não há duas sem três.
separar o que é reivindicação genuína de verdadeiras soluções é imperioso não calar. Sim, cabe-nos arregaçar as mangas e ser pro-
para os problemas, de uma intervenção manhosa que apenas Cabe-nos uma tarefa ingente: levar ao conhe- ativos para que um outro adágio segundo o qual
contribui para aumentar o coro daqueles que querem destruir o cimento de todos o que foram aqueles conflitos, à primeira quem quer cai, à segunda só cai quem
SNS, aos protagonistas exige-se responsabilidade e seriedade, quais foram os sacrifícios dos povos que viveram os quer e a terceira só quem é burro, sem ofensa para
nomeadamente aos atores em saúde. conflitos, as atrocidades cometidas, os milhões de o simpático quadrúpede (PAN oblige…).
mortos por causas que não eram as suas, o extermí- E nós não o somos. Ou haverá alguns por aí sem
* Militante do PCP nio puro e duro de raças consideradas inferiores. É que nos apercebamos?...
Quinta-feira • 17 de outubro de 2019 • • 19

opinião

Brownies da Joaninha
opinião Joana Dente*
Sofia Colares Alves *
É assim que lhes chama quem já provou e
Portuguesas e portugueses, obrigada não deixa de ser verdade, já que adaptei a receita
ao meu gosto e é simplesmente deliciosa.

pela confiança! Ingredientes:


200g de chocolate meio amargo
5 ovos
O mais recente inquérito Eurobarómetro, publi- peus, a imigração continua a liderar, embora em queda.
200g açúcar
cado no passado dia 5 de agosto, deu-nos razões Imediatamente a seguir aparecem as alterações climá-
150g de farinha de trigo
para estarmos mais otimistas: os resultados são os ticas, que, pela primeira vez, são referidas por mais
150g de miolo de noz
melhores desde junho de 2014. de um quinto dos concidadãos. Recorde-se que, em
Margarina e farinha para a forma
Somos o segundo país, entre os 28 Estados- outubro de 2018, estavam no quinto lugar desta lista.
Membros, em que a população tem uma imagem Por terras lusitanas, terrorismo (29 por cento), Preparação:
mais positiva das instituições europeias. Portugal está, estado das finanças públicas (27 por cento), situação 1. Amoleça o chocolate em banho-maria. Tire do lume e deixe amornar.
igualmente, no topo dos países que aprovam com mais económica e imigração (ambas com 18 por cento) 2. Bata os ovos com o açúcar e junte o chocolate.
convicção a liberdade de circulação possibilitada pela são os temas que mais preocupam os portugueses. 3. Acrescente aos poucos a farinha, as nozes picadas e misture bem.
União Europeia. Os dados que agora nos chegam revelam não só 4. Deite a massa numa forma untada com margarina e polvilhada com
No que respeita à confiança na UE, os dados agre- um aumento da confiança dos europeus no trabalho farinha.
gados registam, atualmente, os níveis mais elevados da União Europeia, mas também o seu impacto na 5. Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC, durante 20 minutos.
desde 2014! 55 por cento dos europeus mostram-se vida das pessoas. Se não se recorda de algumas Quando arrefecer, corte aos quadrados, junte uma bola do seu sorvete
satisfeitos com a forma como a democracia funciona medidas avançadas pela Comissão, aqui estão alguns favorito e cubra com calda de chocolate.
na UE. Nunca antes se tinham verificado valores tão exemplos: os 250 milhões de euros destinados a
altos. O mais próximo remonta a 2009, quando 54 promover uma alimentação saudável nas escolas eu- Voilá!
por cento dos europeus referiram estar agradados ropeias – através da entrega de leite, fruta e produtos * Jurista/ Makeup Artist / Fashion Stylist
com a democracia europeia. Neste capítulo, Portugal hortícolas a mais de 20 milhões de crianças; os 119 DR

também entra no pódio, já que somos o terceiro país milhões de euros provenientes de fundos da UE para
em que as pessoas se mostram mais agradadas com modernizar a Linha do Norte; e ainda a legislação que
o processo democrático na União. permite controlar os produtos químicos utilizados em
Sente-se um Cidadão Europeu? Os números atentados terroristas.
dizem que sim! 84 por cento dos portugueses Que a confiança espelhada nestes números seja
afirmaram que se sentem cidadãos da União Euro- duradoura. Do lado da Comissão Europeia fica a garan-
peia, a sexta percentagem mais alta entre todos os tia de que continuaremos a trabalhar para a merecer.
Estados-Membros.
Quanto aos problemas que preocupam os euro- * Representante da Comissão Europeia em Portugal

opinião
Nuno Amaral Jerónimo
extremo.acidental@gmail.com
Observatório de Ornitorrincos PUB
NOTÁRIA
Há Governo? Sou lontra
Paula Maria Lemos da Costa

CERTIFICO que, por escritura de 10 de Outubro de 2019, exarada a fls. 108 e seguintes do livro de
notas para escrituras diversas número 414 - P, da Notária Paula Maria Lemos da Costa, com Cartório
O novo Governo de Portugal vai ter mais mulhe- é o Ministério da Coesão Territorial, uma necessidade na cidade da Guarda, CARLOS ALBERTO MARTINS ALMEIDA e mulher ANA ERMELINDA SERRANO
res, o Parlamento eleito no início do mês tem mais absoluta num país com dimensões tão gigantescas ELIAS MARTINS, casados sob o regime de comunhão de adquiridos, naturais ele da freguesia de Gonçalo
Bocas, deste concelho e ela da freguesia e concelho de Fronteira e residentes na Rua Entre Hortas,
mulheres, o Prémio Nobel da Literatura e o Booker como o nosso. Não entendo como Portugal não é número quatro, na mesma freguesia de Gonçalo Bocas, com exclusão de outrem declaram-se donos e
Prize foram ambos atribuídos a mulheres. As mulheres hoje um amontoado de principados independentes legítimos possuidores, do seguinte imóvel:
estão a chegar a todo o lado (e ainda bem que assim é, sem um ministério dedicado à coesão do território – PRÉDIO URBANO, constituído por rés-do-chão, com a superfície coberta de vinte e cinco metros
quadrados, no sítio do Freixo, na freguesia de Gonçalo Bocas, deste concelho, a confrontar do norte,
não interpretem erradamente a frase anterior como um e espera-se, já agora, de quem lá vive. Se Costa lhe nascente e poente com a Rua e do sul com Florinda Maria, inscrito na matris respectiva em nome de Jorge
lamento. Esse vem no fim do parágrafo). As mulheres tem chamado Coesão Nacional, talvez até o Chega Quitério Martins - cabeça de casal da herança de, sob o artigo 107, com o valor patrimonial actual, de IMT
já estão no futebol, na caça, até em barbearias. Não votasse favoravelmente o programa de Governo. A e atribuído de novecentos e sessenta e quatro euros e vinte e cinco cêntimos e omisso na competente
Conservatória do Registo Predial.
estará longe o dia em que o único local onde as mu- outra brisa matinal da originalidade é o Ministério da Que, possuem este bem em nome próprio, convictos de que lhes pertence, há mais de vinte anos, por
lheres não vão querer chegar seja o meu apartamento. Modernização do Estado e da Administração Pública. o terem adquirido pelo ano de mil novecentos e noventa e cinco, no estado de casados, por compra
verbal a Jorge Quitério Martins e mulher Gracinda dos Santos Lucas, residentes no Entroncamento
Para dar uma aparência de novidade, António Aos socialistas não lhes basta ser tudo digital, mesmo e desde então e ininterruptamente o ocupam, fazendo as obras de conservação necessárias, posse
Costa acrescentou nomes aos ministérios já existen- com uma população idosa largamente analfabeta. É que sempre exerceram, com conhecimento e à vista de toda a gente, sem oposição de quem quer
tes. Teremos, por isso, um Ministério do Ambiente e preciso modernizar ainda mais. E se for necessário que seja, sendo, por isso, uma posse pacífica, contínua, pública e de boa fé, pelo que o adquiriram
por usucapião, não tendo todavia, dado o modo de aquisição, documentos que lhes permitam fazer
da Acção Climática. Espero também pelo Ministério agradar ao Livre! e ao Bloco de Esquerda, talvez o prova do seu direito de propriedade.
da Educação e da Intervenção Estudiosa, ou pelo Mi- ministério possa ainda ver alterada a sua designação
nistério das Finanças e da Prestação de Contas. Mas para Ministério da Pós-Modernização do Estado e da Guarda, 10 de Outubro de 2019.
não comece já o leitor a brandir a primeira página do Revolução Permanente na Administração Pública. A Notária em substituição,
“Diário de Notícias” no seu telemóvel. Para efeitos de Em 2023, quem propuser o Ministério da Tran-
facécia, fingi omitir propositadamente dois ministérios quilidade leva o meu voto.
que surgem do nada, esses sim, a água fresca de no- (Paula Maria Lemos da Costa)
vidade que refresca a nova orgânica do Governo. Um * O autor escreve de acordo com a antiga ortografia O Interior, nº 1032 de 17/10/2019

Diretor e Editor: Luís Baptista-Martins • Rua da Corredoura, 80 - R/C Dto - C • 6300-825 Guarda •

Redação: Luis Martins (Chefe de Redacção) e Sofia Craveiro. • Conselho Editorial: António Ferreira, Nuno Amaral Jerónimo, Cláudia Quelhas, João Canavilhas, José Carlos Alexandre, Diogo Cabrita e Maurício Vieira.

Colunistas e Colaboradores: Acácio Pereira, Albino Bárbara, Ângela Guerra, António Costa, António Ferreira, António Godinho, Cláudia Quelhas, David Santiago, Diogo Cabrita, Eduardo Lourenço, Fernando Pereira, Fidélia Pissarra, Frederico Lucas, Hélder Sequeira,
Honorato Robalo, João Canavilhas, Joana C. Pereira, Joana Dente, João Mendes Rosa, João Morgado, João Santiago Correia, Joaquim Igreja, Jorge Noutel, José Carlos Alexandre, José Carlos Breia Lopes, José Pires Manso, Júlio Sarmento, Melanie Alves, Miguel Castelo
Branco, Miguel Moreira, Miguel Sousa Tavares, Norberto Gonçalves, Nuno Jerónimo, Telma Madaleno e Víctor Afonso. Desporto: António Silva, Arlindo Marques, Cristina Sofia, Daniel Soares, José Luís Costa, Miguel Machado e Rui Geraldes. • Cartoon: Maurício
Vieira. • Paginação: Jorge Coragem • Projeto Gráfico: Maurício Vieira. • Departamento Comercial: Natalina Martins • Impressão: FIG-Indústrias Gráficas, S.A. • Rua Adriano Lucas – 3020-430 Coimbra • Telefone 239 499 922 • Fax 239 499 981 • e-mail: fig@fig.
pt • Sede, Redação e Publicidade: Rua da Corredoura, 80 - R/C Dto - C • 6300-825 Guarda N.I.P.C. – P-504847422. • Nº de registo na ERC: 123436 • Depósito Legal:146398/00 • Tiragem desta edição: 5.200 exemplares • Periodicidade: Semanário • Edição
Internet: O Interior • Propriedade: JORINTERIOR - Jornal • O Interior, Ldª. Detentores com 5% ou mais do capital da empresa: José Luís Carrilho Agostinho de Almeida e Luís Baptista-Martins.

Estatuto Editorial: https://www.ointerior.pt/ficha-tecnica/ • Guarda - Redacção/Publicidade: 271212153 • www.ointerior.pt • publicidade@ointerior.pt


opinião
20 • • Quinta-feira • 17 de outubro de 2019

rua da corredoura, 80 - R/C Dto - C 6300-825 Guarda


bilhete postal
Redacção/Publicidade: 271212153 • www.ointerior.pt • publicidade@ointerior.pt • ointerior@ointerior.pt

IPG consegue ocupar quase


dcabrita@iol.pt
Diogo Cabrita

Imperfeitos são os dedos


63 por cento das vagas que te deixaram fugir
Com mais 78 estudantes, Politécnico da Guarda é a terceira instituição
Quis escrever um poema de amor e vinha-me uma raiva do
de ensino superior do país que mais aumentou o número de colocados ventre. Doía-me a barriga e apertava o peito. Consumido de horas
relativamente a 2018 sem repouso, desgastado de toleimas nunca ditas escrevia no tempo
O Instituto Politécnico da cento após a terceira fase de admissão no primeiro ano dos os incómodos de não te ver. Não estavas porque te fiz fugir. Foi do
Guarda (IPG) é uma das três acesso – em que foram coloca- candidatos aos concursos espe- ciúme, do fermentar do mosto, do azedo da ignorância, da ilusão
instituições de ensino superior dos mais 26 estudantes –, o que ciais, como maiores de 23 anos, da posse, da demência da dor, da infinita estupidez. Muitas vezes
que mais aumentaram o número corresponde a 460 novos alu- ou pelos estudantes que querem era só deselegância. Perdoa-me, não era eu em fevereiro de 2014.
de alunos colocados este ano nos. Da lista de 33 instituições mudar de instituição e de zona. Só Imperfeitos os dedos que te magoaram, incontidas as palavras que
relativamente a 2018. E é, a seguir com mais crescimento consta depois desta fase de candidaturas te cuspi, irreparáveis os desatinos. Malditos dedos que te fizeram ir.
a Viseu, o segundo Politécnico do também a Universidade da Beira é que ficará fechado o acesso ao Palavras brutas, brindei-te nos dias mais doces. Não percebo o que
interior com a melhor taxa de Interior (UBI), que surge no ensino superior. No total nacional, foi. Era medo de fugires? Mas estavas lá como um pilar. Era ciúme?
colocação. sexto lugar com mais 59 alunos este ano sobraram 2.607 vagas Só se fosse de mim. Imperfeitos os dias sem ti. Arrependido, mas
Segundo dados do Min- do que em 2018, e o Politécnico nas instituições públicas, mais conformado. Era inaceitável para ti. Um ogre e uma princesa. Queria
istério da Ciência, Tecnologia de Castelo Branco é 11º com do que o total de candidatos que escrever-te apaixonado, mas fiz-te analfabeta para mim. Foste! Fiquei
e Ensino Superior (MCTES) mais 38 estudantes. não conseguiram colocação nas incompleto. Escrevi esta carta na cama onde morro amanhã. Serei
divulgados após a terceira fase Na Guarda, os cursos de suas opções, segundo dados do cremado com os livros e os discos que ouvi depois de ficar só. Levo
de acesso, o IPG registou mais Marketing, Gestão de Recursos MCTES. fotos tuas também. Quero misturar-me em cultura na hora do fogo
76 novos alunos do que no ano Humanos e Desporto viram todas O Ministério sublinha que o farto. Quero que haja cinzas do teu rosto nas cinzas do meu corpo.
transato e o terceiro maior au- as vagas preenchidas, enquanto total de alunos colocados fora de Imperfeito velório onde não estás. Amanhã, arde o amor.
mento de colocados. À frente fic- os cursos de Engenharia Civil, Lisboa e Porto aumentou, «reflexo
aram os Politécnicos de Setúbal Contabilidade, Design e Equipa- das medidas de redistribuição
(mais 126 estudantes) e Bra- mento, Energia e Ambiente, e Res- territorial de vagas assumidas
gança (mais 90). De acordo com tauração e Catering não tiveram durante a presente legislatura».
o comunicado final da tutela, qualquer candidato. Por isso, o Este ano foram colocados no
o Politécnico guardense tinha IPG não conseguiu preencher 178 ensino superior mais de 46 mil
inicialmente 734 vagas, tendo vagas. Estes lugares sobrantes estudantes, mais 1,6 por cento do
conseguido ocupar 62,7 por podem ainda ser utilizadas para que no ano passado. www.facebook.com/ointerior
PUB

DUAS FORÇAS,
UM FUTURO.
NOVOS HÍBRIDOS PLUG-IN
BMW iPERFORMANCE.

O futuro está aí e vem cheio de vantagens para a sua Empresa, consulte-nos.

Matos & Prata, S.A.


Rua Vila de Manteigas, 1
6300-617 Guarda
Tel.: 271 208 608