Sie sind auf Seite 1von 93

INTRODUÇÃO À ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA

Lupa
1a aula
Vídeo PPT MP3

Exercício: SDE4546_EX_A1_201908642211_V1 08/09/2019

Aluno(a): ALINE NUNES TEIXEIRA 2019.2 - F

Disciplina: SDE4546 - INTRODUÇÃO À ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA 201908642211

1a Questão

A Lei Eloy Chaves de 1924 foi um marco na história dos trabalhadores brasileiros. Qual a sua importância?

Foi importante para a criação do SUS


Foi importante para a criação da Saúde Pública
Ela foi responsável para a criação da carteira assinada
É a Lei de criação das CAP's (Caixa de aposentadorias e pensões)
Ela criou os planos de saúde
Respondido em 08/09/2019 18:43:01

Explicação: Foi Eloy Chaves, um advogado, que elaborou a Lei de criação das CAP's (Caixa de aposentadorias e pensões). Com uma
contribuição durante os anos trabalhados os trabalhadores poderiam solicitar a aposentadoria. Antes dessa Lei os trabalhadores
continuavam trabalhando mesmo idosos, pois necessitavam sustentar a família.

2a Questão

Com a Proclamação da República no Brasil elaborou-se uma Constituição que assinalava a preponderância dos grandes Estados nas
decisões nacionais. Assim, o poder centralizou-se nos Estados produtores de café da região centro-sul, instalando-se a política do
"café com leite". Essa Constituição incorporou a saúde como uma área de âmbito estatal estabelecendo sua estrutura e locais de
atuação. Assinale a alternativa que apresenta corretamente um presidente deste período e a respectiva vertente na área da saúde.

Marechal Deodoro - alquimismo


Rodrigues Alves - higienização
Getúlio Vargas - centralismo
Campos Sales - tradicionalismo
Prudente de Morais - reconciliação
Respondido em 08/09/2019 18:43:40

Explicação:

Rodrigues Alves implantou a vertente da higienização na saúde.

3a Questão

Historicamente a saúde passou por diversas fases desde o descobrimento do Brasil, até a Primeira República no início do século XX.
Constatou-se:

A vinda da família real para o Brasil em 1850 conferiu à colônia status de capital do Império, sem interferir no sistema de
saúde, pois não havia nem controle sanitário mínimo dos navios que chegavam aos portos do país.
A vinda de Imigrantes europeus após a Abolição da Escravatura, não interferiu no acesso da população às condições
mínimas de saúde.
Na primeira República a falta de um modelo sanitário e as epidemias como varíola, febre amarela, tuberculose e sífilis além
das endemias rurais como doença de Chagas e malária, a questão sanitária passou a ser tomada como uma questão política
por Oswaldo Cruz, realizando campanhas sanitárias de prevenção e vacinação.
Na primeira República já havia um modelo sanitário implantando, não havendo nenhuma restrição por parte da população às
campanhas higienistas realizadas por Oswaldo Cruz.
No período do descobrimento havia modelo de atenção à saúde definido; os recursos eram provenientes da terra (plantas e
ervas) e do conhecimento dos curandeiros; havia médicos e farmacêuticos vindos diretamente de Portugal para tratar todos
os habitantes da nova colônia, o Brasil.
Respondido em 08/09/2019 18:44:18
Explicação: A questão aborda os diversos períodos da saúde no Brasil, com ênfase no primeiro modelo de saúde pública no Brasil,
introduzido por Oswaldo Cruz.

4a Questão

Em 1900 foi criado o Instituto Soroterápico Federal, para a fabricação de soros e vacinas. Qual foi a reação da população com a
vacinação antivaríola obrigatória?

A população ajudou com a pesquisa


A população aceitou, pois sabia da importância da vacinação.
A população não foi vacinada
A população se revoltou
O governo não ofereceu a vacina
Respondido em 08/09/2019 18:44:32

Explicação: A população se revoltou, pois era um modelo novo de saúde a de prevenção da doença e não de tratamento da doença, o
resultado foi o óbito, feridos e presos na revolta.

5a Questão

Oswaldo Cruz agiu exclusivamente com base na autoridade de seus conhecimentos médicos, sem a preocupação de esclarecer a
opinião pública. Ele manteve sua ação e esbarrou em forte resistência ao combate à varíola por meio da vacina. A população estava
cética em relação à sua eficácia, e persistiam sérias dúvidas sobre os seus efeitos reais. A maioria acreditava que a vacina era um
meio de contrair a doença. Oswaldo Cruz não hesitou: colocou os vacinadores na rua, e estes, apoiados por policiais, entravam nas
casas e vacinavam à força. Contudo, para atingir resultados definitivos era necessária a vacinação em massa, num processo rápido.

Em favor do governo, um projeto de lei tornou a vacinação obrigatória. A resistência, porém, já havia ganhado as ruas. Num comício
contra a vacina os representantes populares assumiram espontaneamente a direção do evento com discursos explosivos. A
intervenção da polícia deu origem ao confronto que se espalhou por toda a cidade.

(Adaptado de: Luiz Koshiba e Denise M. F. Pereira. História do Brasil: no contexto da História ocidental. São Paulo: Atual, 2003.
p.399)

A partir do texto, está correto afirmar que a Revolta da Vacina permanece, na história brasileira, como um exemplo de um
movimento popular de êxito, baseado na defesa

do direito dos cidadãos de não serem tratados de forma arbitrária e violenta pelo governo.
do desenvolvimento social e econômico do país por meio da revolução no âmbito da saúde.
da ideia de que todos têm direito ao acesso aos sistemas públicos de saúde.
do princípio igualitário de que todos os cidadãos devem ser protegidos de epidemias.
da luta da população pela conquista de melhores condições de educação e segurança.
Respondido em 08/09/2019 18:45:25

6a Questão

No período da primeira República aconteceram diversos fatores relevantes a saúde pública do Brasil. Aponte nos itens abaixo o
conjunto de fatores que representa tal relevância:

Neste período o movimento sanitário, mesmo que incipiente, foi incapaz de gerar na população estratégias para a promoção
da saúde.
Oswaldo Cruz propôs uma reforma sanitária que tinha como iniciativas a promoção de registro demográfico, a construção de
laboratórios específicos para o diagnóstico etiológico além da fabricação organizada de produtos profiláticos para uso em
massa; todas as ações propostas por esse eminente cientista não foram aceitas pelo governo brasileiro. IV - Neste período o
movimento sanitário, mesmo que incipiente, foi incapaz de gerar na população estratégias para a promoção da saúde.
Foram relatados nesta época os primeiros encontros dos sanitaristas exigindo soluções mais eficazes na área da saúde e
suas sugestões e estudos foram ignorados.
A população brasileira, em particular a da cidade do Rio de Janeiro, então capital da recente República, aceitou com
facilidade a vacinação para varíola, promovida pelo governo federal por sugestão de Oswaldo Cruz.
Foi criado o Departamento Nacional de Saúde Pública que visava à extensão dos serviços de saneamento urbano e rural,
além da higiene industrial e materno-infantil; a Saúde Pública passou a ser tomada como questão social, com destaque para
as campanhas sanitaristas de Oswaldo Cruz.
Respondido em 08/09/2019 18:46:21
Explicação: A saúde Pública do Brasil na primeira República foi encarada como uma questão política pelo governo federal, contando
com a colaboração de diversos sanitaristas com destaque para Oswaldo Cruz e Carlos Chagas.

7a Questão

Em 1903, o médico sanitarista Oswaldo Cruz foi nomeado pelo presidente Rodrigues Alves, Diretor-Geral de Saúde Pública com a
missão de combater as três principais epidemias que assolavam o Rio de Janeiro: febre amarela, peste bubônica e varíola. Em 1904
foi publicada uma lei sobre a vacinação contra a varíola, gerando uma revolta popular, denominada Revolta da Vacina. Aponte as
principais características desse episódio e sua correlação com a vacinação.

Após o episódio a vacinação tornou-se obrigatória e passado algum tempo, com aceitação dessa medida, a epidemia de
varíola foi controlada.
Movimentos estudantis e populares iniciaram as manifestações, sob a liderança de políticos governistas ao governo e
médicos favoráveis à vacina.
O modelo de saúde desse período que envolve uma abordagem coletiva e ambiental da doença e caracteriza-se pela prática
autoritária recebe o nome de sanitarismo campanhista.
A aprovação dessa lei permitia a entrada das brigadas sanitárias acompanhadas por policiais nas residências para a
vacinação com o apoio da população.
A vacinação obrigatória foi aceita pela população, sem nenhum tipo de manifestação contrária.
Respondido em 08/09/2019 18:47:44

Explicação: A Revolta da Vacina constitue o principal modelo de sanitarismo campanhista, em que se prioriza a solução imediata, sob
a ação de campanhas, com auxílio de poder policial, à força, independente de qualquer vontade da população envolvida.

8a Questão

Sobre as CAPs (Caixas de Aposentadorias e Pensões) assinale a alternativa incorreta.

Corresponde ao primeiro período da história previdenciária brasileira.


Foi o embrião do Sistema Único de Saúde.
Foram regulamentadas por meio da Lei Elói Chaves.
Concediam benefícios na prestação de serviços do tipo de consultas médicas e fornecimento de medicamentos.
Foi o embrião do Seguro Social no Brasil.
Respondido em 08/09/2019 18:48:15

Explicação:

Apesar do primeiro sistema de saúde do país estar relacionado às CAPs não é possível afirmar que estas foram o embrião do SUS,
que tem enormes diferenças frente ao proposto pelas CAPS.
1a Questão

A Lei Eloy Chaves de 1924 foi um marco na história dos trabalhadores brasileiros. Qual a sua importância?

Foi importante para a criação do SUS


Foi importante para a criação da Saúde Pública
Ela criou os planos de saúde
Ela foi responsável para a criação da carteira assinada
É a Lei de criação das CAP's (Caixa de aposentadorias e pensões)
Respondido em 08/09/2019 18:48:43

Explicação: Foi Eloy Chaves, um advogado, que elaborou a Lei de criação das CAP's (Caixa de aposentadorias e pensões). Com uma
contribuição durante os anos trabalhados os trabalhadores poderiam solicitar a aposentadoria. Antes dessa Lei os trabalhadores
continuavam trabalhando mesmo idosos, pois necessitavam sustentar a família.

2a Questão

Com a Proclamação da República no Brasil elaborou-se uma Constituição que assinalava a preponderância dos grandes Estados nas
decisões nacionais. Assim, o poder centralizou-se nos Estados produtores de café da região centro-sul, instalando-se a política do
"café com leite". Essa Constituição incorporou a saúde como uma área de âmbito estatal estabelecendo sua estrutura e locais de
atuação. Assinale a alternativa que apresenta corretamente um presidente deste período e a respectiva vertente na área da saúde.

Rodrigues Alves - higienização


Campos Sales - tradicionalismo
Prudente de Morais - reconciliação
Getúlio Vargas - centralismo
Marechal Deodoro - alquimismo
Respondido em 08/09/2019 18:48:51

Explicação:

Rodrigues Alves implantou a vertente da higienização na saúde.

3a Questão

Historicamente a saúde passou por diversas fases desde o descobrimento do Brasil, até a Primeira República no início do século XX.
Constatou-se:

Na primeira República já havia um modelo sanitário implantando, não havendo nenhuma restrição por parte da população às
campanhas higienistas realizadas por Oswaldo Cruz.
No período do descobrimento havia modelo de atenção à saúde definido; os recursos eram provenientes da terra (plantas e
ervas) e do conhecimento dos curandeiros; havia médicos e farmacêuticos vindos diretamente de Portugal para tratar todos
os habitantes da nova colônia, o Brasil.
A vinda da família real para o Brasil em 1850 conferiu à colônia status de capital do Império, sem interferir no sistema de
saúde, pois não havia nem controle sanitário mínimo dos navios que chegavam aos portos do país.
A vinda de Imigrantes europeus após a Abolição da Escravatura, não interferiu no acesso da população às condições
mínimas de saúde.
Na primeira República a falta de um modelo sanitário e as epidemias como varíola, febre amarela, tuberculose e sífilis além
das endemias rurais como doença de Chagas e malária, a questão sanitária passou a ser tomada como uma questão política
por Oswaldo Cruz, realizando campanhas sanitárias de prevenção e vacinação.
Respondido em 08/09/2019 18:49:15

Explicação: A questão aborda os diversos períodos da saúde no Brasil, com ênfase no primeiro modelo de saúde pública no Brasil,
introduzido por Oswaldo Cruz.

4a Questão

Em 1900 foi criado o Instituto Soroterápico Federal, para a fabricação de soros e vacinas. Qual foi a reação da população com a
vacinação antivaríola obrigatória?
O governo não ofereceu a vacina
A população aceitou, pois sabia da importância da vacinação.
A população ajudou com a pesquisa
A população não foi vacinada
A população se revoltou
Respondido em 08/09/2019 18:49:25

Explicação: A população se revoltou, pois era um modelo novo de saúde a de prevenção da doença e não de tratamento da doença, o
resultado foi o óbito, feridos e presos na revolta.

5a Questão

Oswaldo Cruz agiu exclusivamente com base na autoridade de seus conhecimentos médicos, sem a preocupação de esclarecer a
opinião pública. Ele manteve sua ação e esbarrou em forte resistência ao combate à varíola por meio da vacina. A população estava
cética em relação à sua eficácia, e persistiam sérias dúvidas sobre os seus efeitos reais. A maioria acreditava que a vacina era um
meio de contrair a doença. Oswaldo Cruz não hesitou: colocou os vacinadores na rua, e estes, apoiados por policiais, entravam nas
casas e vacinavam à força. Contudo, para atingir resultados definitivos era necessária a vacinação em massa, num processo rápido.

Em favor do governo, um projeto de lei tornou a vacinação obrigatória. A resistência, porém, já havia ganhado as ruas. Num comício
contra a vacina os representantes populares assumiram espontaneamente a direção do evento com discursos explosivos. A
intervenção da polícia deu origem ao confronto que se espalhou por toda a cidade.

(Adaptado de: Luiz Koshiba e Denise M. F. Pereira. História do Brasil: no contexto da História ocidental. São Paulo: Atual, 2003.
p.399)

A partir do texto, está correto afirmar que a Revolta da Vacina permanece, na história brasileira, como um exemplo de um
movimento popular de êxito, baseado na defesa

do desenvolvimento social e econômico do país por meio da revolução no âmbito da saúde.


do princípio igualitário de que todos os cidadãos devem ser protegidos de epidemias.
da ideia de que todos têm direito ao acesso aos sistemas públicos de saúde.
do direito dos cidadãos de não serem tratados de forma arbitrária e violenta pelo governo.
da luta da população pela conquista de melhores condições de educação e segurança.
Respondido em 08/09/2019 18:49:41

6a Questão

No período da primeira República aconteceram diversos fatores relevantes a saúde pública do Brasil. Aponte nos itens abaixo o
conjunto de fatores que representa tal relevância:

Foi criado o Departamento Nacional de Saúde Pública que visava à extensão dos serviços de saneamento urbano e rural,
além da higiene industrial e materno-infantil; a Saúde Pública passou a ser tomada como questão social, com destaque para
as campanhas sanitaristas de Oswaldo Cruz.
Neste período o movimento sanitário, mesmo que incipiente, foi incapaz de gerar na população estratégias para a promoção
da saúde.
Oswaldo Cruz propôs uma reforma sanitária que tinha como iniciativas a promoção de registro demográfico, a construção de
laboratórios específicos para o diagnóstico etiológico além da fabricação organizada de produtos profiláticos para uso em
massa; todas as ações propostas por esse eminente cientista não foram aceitas pelo governo brasileiro. IV - Neste período o
movimento sanitário, mesmo que incipiente, foi incapaz de gerar na população estratégias para a promoção da saúde.
Foram relatados nesta época os primeiros encontros dos sanitaristas exigindo soluções mais eficazes na área da saúde e
suas sugestões e estudos foram ignorados.
A população brasileira, em particular a da cidade do Rio de Janeiro, então capital da recente República, aceitou com
facilidade a vacinação para varíola, promovida pelo governo federal por sugestão de Oswaldo Cruz.
Respondido em 08/09/2019 18:50:24

Explicação: A saúde Pública do Brasil na primeira República foi encarada como uma questão política pelo governo federal, contando
com a colaboração de diversos sanitaristas com destaque para Oswaldo Cruz e Carlos Chagas.

7a Questão

Em 1903, o médico sanitarista Oswaldo Cruz foi nomeado pelo presidente Rodrigues Alves, Diretor-Geral de Saúde Pública com a
missão de combater as três principais epidemias que assolavam o Rio de Janeiro: febre amarela, peste bubônica e varíola. Em 1904
foi publicada uma lei sobre a vacinação contra a varíola, gerando uma revolta popular, denominada Revolta da Vacina. Aponte as
principais características desse episódio e sua correlação com a vacinação.
A aprovação dessa lei permitia a entrada das brigadas sanitárias acompanhadas por policiais nas residências para a
vacinação com o apoio da população.
O modelo de saúde desse período que envolve uma abordagem coletiva e ambiental da doença e caracteriza-se pela prática
autoritária recebe o nome de sanitarismo campanhista.
A vacinação obrigatória foi aceita pela população, sem nenhum tipo de manifestação contrária.
Após o episódio a vacinação tornou-se obrigatória e passado algum tempo, com aceitação dessa medida, a epidemia de
varíola foi controlada.
Movimentos estudantis e populares iniciaram as manifestações, sob a liderança de políticos governistas ao governo e
médicos favoráveis à vacina.
Respondido em 08/09/2019 18:51:07

Explicação: A Revolta da Vacina constitue o principal modelo de sanitarismo campanhista, em que se prioriza a solução imediata, sob
a ação de campanhas, com auxílio de poder policial, à força, independente de qualquer vontade da população envolvida.

8a Questão

Sobre as CAPs (Caixas de Aposentadorias e Pensões) assinale a alternativa incorreta.

Concediam benefícios na prestação de serviços do tipo de consultas médicas e fornecimento de medicamentos.


Foi o embrião do Sistema Único de Saúde.
Foi o embrião do Seguro Social no Brasil.
Corresponde ao primeiro período da história previdenciária brasileira.
Foram regulamentadas por meio da Lei Elói Chaves.
Respondido em 08/09/2019 18:51:17

Explicação:

Apesar do primeiro sistema de saúde do país estar relacionado às CAPs não é possível afirmar que estas foram o embrião do SUS,
que tem enormes diferenças frente ao proposto pelas CAPS.
1a Questão

A Lei Eloy Chaves de 1924 foi um marco na história dos trabalhadores brasileiros. Qual a sua importância?

É a Lei de criação das CAP's (Caixa de aposentadorias e pensões)


Ela criou os planos de saúde
Ela foi responsável para a criação da carteira assinada
Foi importante para a criação da Saúde Pública
Foi importante para a criação do SUS
Respondido em 08/09/2019 18:51:35

Explicação: Foi Eloy Chaves, um advogado, que elaborou a Lei de criação das CAP's (Caixa de aposentadorias e pensões). Com uma
contribuição durante os anos trabalhados os trabalhadores poderiam solicitar a aposentadoria. Antes dessa Lei os trabalhadores
continuavam trabalhando mesmo idosos, pois necessitavam sustentar a família.

2a Questão

Com a Proclamação da República no Brasil elaborou-se uma Constituição que assinalava a preponderância dos grandes Estados nas
decisões nacionais. Assim, o poder centralizou-se nos Estados produtores de café da região centro-sul, instalando-se a política do
"café com leite". Essa Constituição incorporou a saúde como uma área de âmbito estatal estabelecendo sua estrutura e locais de
atuação. Assinale a alternativa que apresenta corretamente um presidente deste período e a respectiva vertente na área da saúde.

Campos Sales - tradicionalismo


Prudente de Morais - reconciliação
Marechal Deodoro - alquimismo
Rodrigues Alves - higienização
Getúlio Vargas - centralismo
Respondido em 08/09/2019 18:51:43

Explicação:

Rodrigues Alves implantou a vertente da higienização na saúde.

3a Questão

Historicamente a saúde passou por diversas fases desde o descobrimento do Brasil, até a Primeira República no início do século XX.
Constatou-se:

A vinda de Imigrantes europeus após a Abolição da Escravatura, não interferiu no acesso da população às condições
mínimas de saúde.
Na primeira República a falta de um modelo sanitário e as epidemias como varíola, febre amarela, tuberculose e sífilis além
das endemias rurais como doença de Chagas e malária, a questão sanitária passou a ser tomada como uma questão política
por Oswaldo Cruz, realizando campanhas sanitárias de prevenção e vacinação.
A vinda da família real para o Brasil em 1850 conferiu à colônia status de capital do Império, sem interferir no sistema de
saúde, pois não havia nem controle sanitário mínimo dos navios que chegavam aos portos do país.
No período do descobrimento havia modelo de atenção à saúde definido; os recursos eram provenientes da terra (plantas e
ervas) e do conhecimento dos curandeiros; havia médicos e farmacêuticos vindos diretamente de Portugal para tratar todos
os habitantes da nova colônia, o Brasil.
Na primeira República já havia um modelo sanitário implantando, não havendo nenhuma restrição por parte da população às
campanhas higienistas realizadas por Oswaldo Cruz.
Respondido em 08/09/2019 18:52:06

Explicação: A questão aborda os diversos períodos da saúde no Brasil, com ênfase no primeiro modelo de saúde pública no Brasil,
introduzido por Oswaldo Cruz.

4a Questão

Em 1900 foi criado o Instituto Soroterápico Federal, para a fabricação de soros e vacinas. Qual foi a reação da população com a
vacinação antivaríola obrigatória?
A população ajudou com a pesquisa
A população aceitou, pois sabia da importância da vacinação.
O governo não ofereceu a vacina
A população não foi vacinada
A população se revoltou
Respondido em 08/09/2019 18:52:13

Explicação: A população se revoltou, pois era um modelo novo de saúde a de prevenção da doença e não de tratamento da doença, o
resultado foi o óbito, feridos e presos na revolta.

5a Questão

Oswaldo Cruz agiu exclusivamente com base na autoridade de seus conhecimentos médicos, sem a preocupação de esclarecer a
opinião pública. Ele manteve sua ação e esbarrou em forte resistência ao combate à varíola por meio da vacina. A população estava
cética em relação à sua eficácia, e persistiam sérias dúvidas sobre os seus efeitos reais. A maioria acreditava que a vacina era um
meio de contrair a doença. Oswaldo Cruz não hesitou: colocou os vacinadores na rua, e estes, apoiados por policiais, entravam nas
casas e vacinavam à força. Contudo, para atingir resultados definitivos era necessária a vacinação em massa, num processo rápido.

Em favor do governo, um projeto de lei tornou a vacinação obrigatória. A resistência, porém, já havia ganhado as ruas. Num comício
contra a vacina os representantes populares assumiram espontaneamente a direção do evento com discursos explosivos. A
intervenção da polícia deu origem ao confronto que se espalhou por toda a cidade.

(Adaptado de: Luiz Koshiba e Denise M. F. Pereira. História do Brasil: no contexto da História ocidental. São Paulo: Atual, 2003.
p.399)

A partir do texto, está correto afirmar que a Revolta da Vacina permanece, na história brasileira, como um exemplo de um
movimento popular de êxito, baseado na defesa

do direito dos cidadãos de não serem tratados de forma arbitrária e violenta pelo governo.
da luta da população pela conquista de melhores condições de educação e segurança.
da ideia de que todos têm direito ao acesso aos sistemas públicos de saúde.
do princípio igualitário de que todos os cidadãos devem ser protegidos de epidemias.
do desenvolvimento social e econômico do país por meio da revolução no âmbito da saúde.
Respondido em 08/09/2019 18:52:21

6a Questão

No período da primeira República aconteceram diversos fatores relevantes a saúde pública do Brasil. Aponte nos itens abaixo o
conjunto de fatores que representa tal relevância:

Oswaldo Cruz propôs uma reforma sanitária que tinha como iniciativas a promoção de registro demográfico, a construção de
laboratórios específicos para o diagnóstico etiológico além da fabricação organizada de produtos profiláticos para uso em
massa; todas as ações propostas por esse eminente cientista não foram aceitas pelo governo brasileiro. IV - Neste período o
movimento sanitário, mesmo que incipiente, foi incapaz de gerar na população estratégias para a promoção da saúde.
Neste período o movimento sanitário, mesmo que incipiente, foi incapaz de gerar na população estratégias para a promoção
da saúde.
Foi criado o Departamento Nacional de Saúde Pública que visava à extensão dos serviços de saneamento urbano e rural,
além da higiene industrial e materno-infantil; a Saúde Pública passou a ser tomada como questão social, com destaque para
as campanhas sanitaristas de Oswaldo Cruz.
Foram relatados nesta época os primeiros encontros dos sanitaristas exigindo soluções mais eficazes na área da saúde e
suas sugestões e estudos foram ignorados.
A população brasileira, em particular a da cidade do Rio de Janeiro, então capital da recente República, aceitou com
facilidade a vacinação para varíola, promovida pelo governo federal por sugestão de Oswaldo Cruz.
Respondido em 08/09/2019 18:52:30

Explicação: A saúde Pública do Brasil na primeira República foi encarada como uma questão política pelo governo federal, contando
com a colaboração de diversos sanitaristas com destaque para Oswaldo Cruz e Carlos Chagas.

7a Questão

Em 1903, o médico sanitarista Oswaldo Cruz foi nomeado pelo presidente Rodrigues Alves, Diretor-Geral de Saúde Pública com a
missão de combater as três principais epidemias que assolavam o Rio de Janeiro: febre amarela, peste bubônica e varíola. Em 1904
foi publicada uma lei sobre a vacinação contra a varíola, gerando uma revolta popular, denominada Revolta da Vacina. Aponte as
principais características desse episódio e sua correlação com a vacinação.
Movimentos estudantis e populares iniciaram as manifestações, sob a liderança de políticos governistas ao governo e
médicos favoráveis à vacina.
A vacinação obrigatória foi aceita pela população, sem nenhum tipo de manifestação contrária.
O modelo de saúde desse período que envolve uma abordagem coletiva e ambiental da doença e caracteriza-se pela prática
autoritária recebe o nome de sanitarismo campanhista.
Após o episódio a vacinação tornou-se obrigatória e passado algum tempo, com aceitação dessa medida, a epidemia de
varíola foi controlada.
A aprovação dessa lei permitia a entrada das brigadas sanitárias acompanhadas por policiais nas residências para a
vacinação com o apoio da população.
Respondido em 08/09/2019 18:52:46

Explicação: A Revolta da Vacina constitue o principal modelo de sanitarismo campanhista, em que se prioriza a solução imediata, sob
a ação de campanhas, com auxílio de poder policial, à força, independente de qualquer vontade da população envolvida.

8a Questão

Sobre as CAPs (Caixas de Aposentadorias e Pensões) assinale a alternativa incorreta.

Foi o embrião do Seguro Social no Brasil.


Corresponde ao primeiro período da história previdenciária brasileira.
Foi o embrião do Sistema Único de Saúde.
Foram regulamentadas por meio da Lei Elói Chaves.
Concediam benefícios na prestação de serviços do tipo de consultas médicas e fornecimento de medicamentos.
Respondido em 08/09/2019 18:52:52

Explicação:

Apesar do primeiro sistema de saúde do país estar relacionado às CAPs não é possível afirmar que estas foram o embrião do SUS,
que tem enormes diferenças frente ao proposto pelas CAPS.
INTRODUÇÃO À ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA
Lupa
2a aula
Vídeo PPT MP3

Exercício: SDE4546_EX_A2_201908642211_V1 08/09/2019

Aluno(a): ALINE NUNES TEIXEIRA 2019.2 - F

Disciplina: SDE4546 - INTRODUÇÃO À ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA 201908642211

1a Questão

O Sistema Único de Saúde foi proposto:

No ano de 1964, durante a ditadura militar;


No ano de 1992, durante o “impeachment” do presidente Fernando Collor;
No ano de 1990, no início do governo do presidente Fernando Collor;
No ano de 1994, com a eleição do presidente Fernando Henrique Cardoso;
No ano de 1986, durante a VIII Conferência Nacional de Saúde;
Respondido em 08/09/2019 19:09:55

2a Questão

Segundo a Lei orgânica 8080/90, entende-se por vigilância epidemiológica:

Um conjunto de ações capaz de eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde e de intervir nos problemas sanitários
decorrentes do meio ambiente, da produção e circulação de bens e da prestação de serviços de interesse da saúde.

Conjunto de medidas de controle da prestação de serviços que se relacionam direta ou indiretamente com a saúde.
Conjunto de iniciativas desenvolvidas no âmbito de hospitais públicos e privados que visam notificar e controlar doenças
infecto-contagiosas.
Um conjunto de atividades que se destina, através das ações de vigilância, à promoção e proteção da saúde dos
trabalhadores, assim como visa à recuperação e reabilitação da saúde dos trabalhadores submetidos aos riscos e agravos
advindos das condições de trabalho.

Um conjunto de ações que proporcionam o conhecimento, a detecção ou prevenção de qualquer mudança nos fatores
determinantes e condicionantes de saúde individual ou coletiva, com a finalidade de recomendar e adotar as medidas de
prevenção e controle das doenças ou agravos.
Respondido em 08/09/2019 19:10:32

3a Questão

Em 1988 na Constituição Federal, incorpora uma perspectiva inovadora ao tratar a saúde como garantia de direitos afirmando que:

A assistência à saúde é livre para a iniciativa privada, pois o Estado não tem possibilidade de garantir o acesso de todos os
cidadãos às ações e serviços de saúde necessários
Saúde é direito de todos, desde que o Estado do disponha dos recursos necessários para a implantação das ações,
priorizando os mais pobres.
Saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas e o acesso universal e
igualitário às ações e serviços de saúde.
Saúde é direito de todos aos cidadãos que contribuírem mensalmente para a previdência social.
Saúde é dever do Estado, cabendo-lhe coordenar as ações e delegar à iniciativa privada a prestação de serviços de saúde
Respondido em 08/09/2019 19:10:55

4a Questão

O Brasil esteve sob o comando político do presidente Getúlio Vargas, a partir de 1930, quando foi promovida uma
reforma administrativa e política, que gerou algumas mudanças e ações de saúde nesse período. Qual das alternativas
abaixo não representa estas mudanças?

As medidas adotadas caminhavam no sentido de manter a força de trabalho em condições de produção.


O Estado passou a garantir direitos sociais ao trabalhador.
Neste período, o Estado não garante mais os direitos sociais ao trabalhador.
Várias instituições de trabalho passaram a criar serviços de atendimento ambulatorial.
O Estado passou a garantir direitos sociais ao trabalhador.
Respondido em 08/09/2019 19:11:36

Explicação:

Neste período o Estado passou a garantir direitos sociais ao trabalhador. As medidas adotadas caminhavam no sentido
de manter a força de trabalho em condições de produção, várias instituições de trabalho passaram a criar serviços de
atendimento ambulatorial de caráter terapêutico e alguns em nível de reabilitação.

5a Questão

Sobre a Constituição Federal de 1988 e suas abordagens com relação à saúde, assinale a alternativa correta.

Determinou que o acesso universal e igualitário à saúde não seria possível em um país de dimensões continentais.
Determinou que a saúde é um direito do Estado e um dever de toda a sociedade.
Determinou que, dentre as diretrizes do sistema único de saúde, deveria haver descentralização, com direção em cada
esfera de governo e participação da comunidade.
Determinou que dentre as diretrizes do sistema de saúde deveria haver centralização e prioridade para atividades curativas.
Determinou que o financiamento do sistema de saúde seria feito com recursos do orçamento da Seguridade Social,
somente, sem possibilidade de recorrer a outras fontes.
Respondido em 08/09/2019 19:12:12

Explicação:

Descentralização e participação da sociedade são diretrizes do SUS.

6a Questão

Qual foi o órgão que foi criado em 1967, unificando todos os Institutos, concentrando recursos financeiros e ampliando
a compra de serviços da rede privada.

Instituto Nacional da Previdência Social (INPS)


Caixas de Aposentadorias e Pensões (CAPs)
Instituto Soroterápico Federal (ISF)
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs)
Instituto de Aposentadoria e Pensões (IAPs)
Respondido em 08/09/2019 19:12:29

Explicação:

Antes de assumir a direção geral da saúde pública, Oswaldo Cruz ocupava o cargo de diretor técnico do
Instituto Soroterápico Federal, que começou a funcionar em 25 de maio de 1900, conhecido
como Manguinhos. A partir de 1933, ocorreu a unificação das Caixas de Aposentadorias e Pensões
(CAPs) e criou os Institutos de Aposentadorias e Pensões (IAPs). Assim, o único órgão que foi criado
em 1967 foi o Instituto Nacional da Previdência Social (INPS).

7a Questão

O Sistema Nacional de Saúde foi criado sob a Lei 6.229/1975, e através desta Lei, foram definidas as responsabilidades
das várias instituições, sendo a Previdência Social responsável pela assistência individual e curativa. Os cuidados
preventivos e de alcance coletivo ficaram sob a responsabilidade de qual Ministério?

Ministério da Saúde e das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde


Ministério Nacional da Previdência Social
Ministério de Aposentadoria e Pensões
Ministério da Educação e Saúde
Ministério Nacional da Previdência Médica
Respondido em 08/09/2019 19:12:49

Explicação:

O Ministério da Educação e Saúde Pública foi criado em 1930, a instituição desenvolvia atividades pertinentes a vários
ministérios, tais como os de saúde, esporte, educação e meio ambiente, comprometendo a qualidade dos serviços
prestados. Os Ministérios Nacional da Previdência Social, Nacional da Previdência Médica e de Aposentadoria e
Pensões não existiram.

8a Questão

A partir de 1930, o Brasil esteve sob o comando político do presidente Getúlio


Vargas, quando foi promovida uma reforma administrativa e política. Algumas
mudanças marcaram intensamente as ações de saúde nesse período. Assinale a
alternativa que apresenta corretamente alguma dessas mudanças.
Extinção do Ministério da Saúde.
Unificação das Caixas de Aposentadorias e Pensões (CAPS) com a criação dos Institutos de Aposentadorias e Pensões (IAPs).
O Estado retirou direitos sociais do trabalhador.
Várias instituições de trabalho deixaram de criar serviços de atendimento ambulatorial de caráter terapêutico.
Implantação de um sistema de saúde 100% privado, sendo que o Estado não teria mais nenhum papel social neste contexto.
Respondido em 08/09/2019 19:13:32

Explicação:

Vargas unificou as CAPs criando as IAPs.


1a Questão

A partir de 1930, o Brasil esteve sob o comando político do presidente Getúlio


Vargas, quando foi promovida uma reforma administrativa e política. Algumas
mudanças marcaram intensamente as ações de saúde nesse período. Assinale a
alternativa que apresenta corretamente alguma dessas mudanças.
Implantação de um sistema de saúde 100% privado, sendo que o Estado não teria mais nenhum papel social neste contexto.
Unificação das Caixas de Aposentadorias e Pensões (CAPS) com a criação dos Institutos de Aposentadorias e Pensões (IAPs).
Extinção do Ministério da Saúde.
O Estado retirou direitos sociais do trabalhador.
Várias instituições de trabalho deixaram de criar serviços de atendimento ambulatorial de caráter terapêutico.
Respondido em 08/09/2019 19:13:46

Explicação:

Vargas unificou as CAPs criando as IAPs.

2a Questão

O Sistema Nacional de Saúde foi criado sob a Lei 6.229/1975, e através desta Lei, foram definidas as responsabilidades
das várias instituições, sendo a Previdência Social responsável pela assistência individual e curativa. Os cuidados
preventivos e de alcance coletivo ficaram sob a responsabilidade de qual Ministério?

Ministério Nacional da Previdência Social


Ministério de Aposentadoria e Pensões
Ministério da Saúde e das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde
Ministério da Educação e Saúde
Ministério Nacional da Previdência Médica
Respondido em 08/09/2019 19:13:55

Explicação:

O Ministério da Educação e Saúde Pública foi criado em 1930, a instituição desenvolvia atividades pertinentes a vários
ministérios, tais como os de saúde, esporte, educação e meio ambiente, comprometendo a qualidade dos serviços
prestados. Os Ministérios Nacional da Previdência Social, Nacional da Previdência Médica e de Aposentadoria e
Pensões não existiram.

3a Questão

Sobre a Constituição Federal de 1988 e suas abordagens com relação à saúde, assinale a alternativa correta.

Determinou que o financiamento do sistema de saúde seria feito com recursos do orçamento da Seguridade Social,
somente, sem possibilidade de recorrer a outras fontes.
Determinou que o acesso universal e igualitário à saúde não seria possível em um país de dimensões continentais.
Determinou que, dentre as diretrizes do sistema único de saúde, deveria haver descentralização, com direção em cada
esfera de governo e participação da comunidade.
Determinou que dentre as diretrizes do sistema de saúde deveria haver centralização e prioridade para atividades curativas.
Determinou que a saúde é um direito do Estado e um dever de toda a sociedade.
Respondido em 08/09/2019 19:14:11

Explicação:

Descentralização e participação da sociedade são diretrizes do SUS.


4a Questão

Qual foi o órgão que foi criado em 1967, unificando todos os Institutos, concentrando recursos financeiros e ampliando
a compra de serviços da rede privada.

Instituto Soroterápico Federal (ISF)


Instituto Nacional da Previdência Social (INPS)
Instituto de Aposentadoria e Pensões (IAPs)
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs)
Caixas de Aposentadorias e Pensões (CAPs)
Respondido em 08/09/2019 19:14:22

Explicação:

Antes de assumir a direção geral da saúde pública, Oswaldo Cruz ocupava o cargo de diretor técnico do
Instituto Soroterápico Federal, que começou a funcionar em 25 de maio de 1900, conhecido
como Manguinhos. A partir de 1933, ocorreu a unificação das Caixas de Aposentadorias e Pensões
(CAPs) e criou os Institutos de Aposentadorias e Pensões (IAPs). Assim, o único órgão que foi criado
em 1967 foi o Instituto Nacional da Previdência Social (INPS).

5a Questão

Segundo a Lei orgânica 8080/90, entende-se por vigilância epidemiológica:

Um conjunto de ações capaz de eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde e de intervir nos problemas sanitários
decorrentes do meio ambiente, da produção e circulação de bens e da prestação de serviços de interesse da saúde.

Conjunto de medidas de controle da prestação de serviços que se relacionam direta ou indiretamente com a saúde.

Um conjunto de ações que proporcionam o conhecimento, a detecção ou prevenção de qualquer mudança nos fatores
determinantes e condicionantes de saúde individual ou coletiva, com a finalidade de recomendar e adotar as medidas de
prevenção e controle das doenças ou agravos.
Conjunto de iniciativas desenvolvidas no âmbito de hospitais públicos e privados que visam notificar e controlar doenças
infecto-contagiosas.
Um conjunto de atividades que se destina, através das ações de vigilância, à promoção e proteção da saúde dos
trabalhadores, assim como visa à recuperação e reabilitação da saúde dos trabalhadores submetidos aos riscos e agravos
advindos das condições de trabalho.
Respondido em 08/09/2019 19:14:36

6a Questão

O Brasil esteve sob o comando político do presidente Getúlio Vargas, a partir de 1930, quando foi promovida uma
reforma administrativa e política, que gerou algumas mudanças e ações de saúde nesse período. Qual das alternativas
abaixo não representa estas mudanças?

O Estado passou a garantir direitos sociais ao trabalhador.


Neste período, o Estado não garante mais os direitos sociais ao trabalhador.
O Estado passou a garantir direitos sociais ao trabalhador.
As medidas adotadas caminhavam no sentido de manter a força de trabalho em condições de produção.
Várias instituições de trabalho passaram a criar serviços de atendimento ambulatorial.
Respondido em 08/09/2019 19:15:17

Explicação:

Neste período o Estado passou a garantir direitos sociais ao trabalhador. As medidas adotadas caminhavam no sentido
de manter a força de trabalho em condições de produção, várias instituições de trabalho passaram a criar serviços de
atendimento ambulatorial de caráter terapêutico e alguns em nível de reabilitação.
7a Questão

Em 1988 na Constituição Federal, incorpora uma perspectiva inovadora ao tratar a saúde como garantia de direitos afirmando que:

Saúde é dever do Estado, cabendo-lhe coordenar as ações e delegar à iniciativa privada a prestação de serviços de saúde
Saúde é direito de todos aos cidadãos que contribuírem mensalmente para a previdência social.
Saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas e o acesso universal e
igualitário às ações e serviços de saúde.
A assistência à saúde é livre para a iniciativa privada, pois o Estado não tem possibilidade de garantir o acesso de todos os
cidadãos às ações e serviços de saúde necessários
Saúde é direito de todos, desde que o Estado do disponha dos recursos necessários para a implantação das ações,
priorizando os mais pobres.
Respondido em 08/09/2019 19:15:34

8a Questão

O Sistema Único de Saúde foi proposto:

No ano de 1992, durante o “impeachment” do presidente Fernando Collor;


No ano de 1994, com a eleição do presidente Fernando Henrique Cardoso;
No ano de 1986, durante a VIII Conferência Nacional de Saúde;
No ano de 1964, durante a ditadura militar;
No ano de 1990, no início do governo do presidente Fernando Collor;
1a Questão

O Sistema Nacional de Saúde foi criado sob a Lei 6.229/1975, e através desta Lei, foram definidas as responsabilidades
das várias instituições, sendo a Previdência Social responsável pela assistência individual e curativa. Os cuidados
preventivos e de alcance coletivo ficaram sob a responsabilidade de qual Ministério?

Ministério da Educação e Saúde


Ministério Nacional da Previdência Médica
Ministério de Aposentadoria e Pensões
Ministério Nacional da Previdência Social
Ministério da Saúde e das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde
Respondido em 09/10/2019 11:40:19

Explicação:

O Ministério da Educação e Saúde Pública foi criado em 1930, a instituição desenvolvia atividades pertinentes a vários
ministérios, tais como os de saúde, esporte, educação e meio ambiente, comprometendo a qualidade dos serviços
prestados. Os Ministérios Nacional da Previdência Social, Nacional da Previdência Médica e de Aposentadoria e
Pensões não existiram.

2a Questão

O Sistema Único de Saúde foi proposto:

No ano de 1964, durante a ditadura militar;


No ano de 1990, no início do governo do presidente Fernando Collor;
No ano de 1994, com a eleição do presidente Fernando Henrique Cardoso;
No ano de 1992, durante o “impeachment” do presidente Fernando Collor;
No ano de 1986, durante a VIII Conferência Nacional de Saúde;
Respondido em 09/10/2019 11:40:33

3a Questão

Segundo a Lei orgânica 8080/90, entende-se por vigilância epidemiológica:

Conjunto de iniciativas desenvolvidas no âmbito de hospitais públicos e privados que visam notificar e controlar doenças
infecto-contagiosas.

Um conjunto de ações que proporcionam o conhecimento, a detecção ou prevenção de qualquer mudança nos fatores
determinantes e condicionantes de saúde individual ou coletiva, com a finalidade de recomendar e adotar as medidas de
prevenção e controle das doenças ou agravos.
Um conjunto de ações capaz de eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde e de intervir nos problemas sanitários
decorrentes do meio ambiente, da produção e circulação de bens e da prestação de serviços de interesse da saúde.
Um conjunto de atividades que se destina, através das ações de vigilância, à promoção e proteção da saúde dos
trabalhadores, assim como visa à recuperação e reabilitação da saúde dos trabalhadores submetidos aos riscos e agravos
advindos das condições de trabalho.

Conjunto de medidas de controle da prestação de serviços que se relacionam direta ou indiretamente com a saúde.
Respondido em 09/10/2019 11:41:18

4a Questão

Em 1988 na Constituição Federal, incorpora uma perspectiva inovadora ao tratar a saúde como garantia de direitos afirmando que:

Saúde é direito de todos aos cidadãos que contribuírem mensalmente para a previdência social.
Saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas e o acesso universal e
igualitário às ações e serviços de saúde.
Saúde é dever do Estado, cabendo-lhe coordenar as ações e delegar à iniciativa privada a prestação de serviços de saúde
Saúde é direito de todos, desde que o Estado do disponha dos recursos necessários para a implantação das ações,
priorizando os mais pobres.
A assistência à saúde é livre para a iniciativa privada, pois o Estado não tem possibilidade de garantir o acesso de todos os
cidadãos às ações e serviços de saúde necessários
Respondido em 09/10/2019 11:42:00

5a Questão

O Brasil esteve sob o comando político do presidente Getúlio Vargas, a partir de 1930, quando foi promovida uma
reforma administrativa e política, que gerou algumas mudanças e ações de saúde nesse período. Qual das alternativas
abaixo não representa estas mudanças?

O Estado passou a garantir direitos sociais ao trabalhador.


O Estado passou a garantir direitos sociais ao trabalhador.
As medidas adotadas caminhavam no sentido de manter a força de trabalho em condições de produção.
Neste período, o Estado não garante mais os direitos sociais ao trabalhador.
Várias instituições de trabalho passaram a criar serviços de atendimento ambulatorial.
Respondido em 09/10/2019 11:42:32

Explicação:

Neste período o Estado passou a garantir direitos sociais ao trabalhador. As medidas adotadas caminhavam no sentido
de manter a força de trabalho em condições de produção, várias instituições de trabalho passaram a criar serviços de
atendimento ambulatorial de caráter terapêutico e alguns em nível de reabilitação.

6a Questão

Sobre a Constituição Federal de 1988 e suas abordagens com relação à saúde, assinale a alternativa correta.

Determinou que, dentre as diretrizes do sistema único de saúde, deveria haver descentralização, com direção em cada
esfera de governo e participação da comunidade.
Determinou que o acesso universal e igualitário à saúde não seria possível em um país de dimensões continentais.
Determinou que o financiamento do sistema de saúde seria feito com recursos do orçamento da Seguridade Social,
somente, sem possibilidade de recorrer a outras fontes.
Determinou que a saúde é um direito do Estado e um dever de toda a sociedade.
Determinou que dentre as diretrizes do sistema de saúde deveria haver centralização e prioridade para atividades curativas.
Respondido em 09/10/2019 11:43:22

Explicação:

Descentralização e participação da sociedade são diretrizes do SUS.

7a Questão

Qual foi o órgão que foi criado em 1967, unificando todos os Institutos, concentrando recursos financeiros e ampliando
a compra de serviços da rede privada.

Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs)


Instituto de Aposentadoria e Pensões (IAPs)
Instituto Soroterápico Federal (ISF)
Caixas de Aposentadorias e Pensões (CAPs)
Instituto Nacional da Previdência Social (INPS)
Respondido em 09/10/2019 11:43:48
Explicação:

Antes de assumir a direção geral da saúde pública, Oswaldo Cruz ocupava o cargo de diretor técnico do
Instituto Soroterápico Federal, que começou a funcionar em 25 de maio de 1900, conhecido
como Manguinhos. A partir de 1933, ocorreu a unificação das Caixas de Aposentadorias e Pensões
(CAPs) e criou os Institutos de Aposentadorias e Pensões (IAPs). Assim, o único órgão que foi criado
em 1967 foi o Instituto Nacional da Previdência Social (INPS).

8a Questão

A partir de 1930, o Brasil esteve sob o comando político do presidente Getúlio


Vargas, quando foi promovida uma reforma administrativa e política. Algumas
mudanças marcaram intensamente as ações de saúde nesse período. Assinale a
alternativa que apresenta corretamente alguma dessas mudanças.
Implantação de um sistema de saúde 100% privado, sendo que o Estado não teria mais nenhum papel social neste contexto.
Extinção do Ministério da Saúde.
Várias instituições de trabalho deixaram de criar serviços de atendimento ambulatorial de caráter terapêutico.
O Estado retirou direitos sociais do trabalhador.
Unificação das Caixas de Aposentadorias e Pensões (CAPS) com a criação dos Institutos de Aposentadorias e Pensões (IAPs).
Respondido em 09/10/2019 11:44:32

Explicação:

Vargas unificou as CAPs criando as IAPs.


INTRODUÇÃO À ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA
Lupa
3a aula
Vídeo PPT MP3

Exercício: SDE4546_EX_A3_201908642211_V1 10/09/2019

Aluno(a): ALINE NUNES TEIXEIRA 2019.2 - F

Disciplina: SDE4546 - INTRODUÇÃO À ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA 201908642211

1a Questão

¿O conjunto de ações e serviços de saúde, prestados pro órgãos e instituições públicas, federais, estaduais e municipais, da
administração direta e indireta e das funções mantidas pelo poder público.¿ Tal citação feita pela Lei nº 8080 de 1990 conceituar:

Vigilância Epidemiológica
Agência Nacional de Saúde
Conselhos de Farmácia
Vigilância sanitária
Sistema único de saúde
Respondido em 10/09/2019 22:18:29

2a Questão

O que caracteriza as ações dirigidas à defesa e à proteção da saúde coletiva cuja função é identificar e controlar permanentemente
os fatores de risco a saúde individual ou coletiva, através de ações desenvolvidas sobre condições, produtos, serviços, elementos,
transporte, meios e origem que direta ou indiretamente possam produzir agravos à saúde, segundo a Lei nº 8080/1990.

Programa de saúde da família


Vigilância epidemiológica
Outros
Programa de saúde da comunidade
Vigilância sanitária
Respondido em 10/09/2019 22:19:24

3a Questão

Das opções abaixo, assinale aquela que não é um princípio ético ou operacional do Sistema Único de Saúde (SUS):

Centralização
Universalidade
Participação dos Cidadãos
Equidade
Refionalização
Respondido em 10/09/2019 22:19:41

4a Questão

A regulamentação do Sistema Único de Saúde (SUS) foi feita pela:

Constituição Federal.
8ª Conferência Nacional de Saúde.
Lei nº 8142/90.
Lei nº 8080/90.
Decreto nº 99438/90.
Respondido em 10/09/2019 22:20:02
5a Questão

Os princípios básicos do SUS são:

centralização, racionalização e equidade


equidade, universalidade e centralização.
nenhuma das alternativas acima
fraternidade, universalidade e centralização
igualdade, universalidade e equidade
Respondido em 10/09/2019 22:20:24

6a Questão

São dispositivos da Lei Orgânica do Sistema Único de Saúde - SUS (Lei 8080/90), EXCETO:

a saúde é um direito fundamental do ser humano;


a iniciativa privada poderá participar do Sistema Único de Saúde (SUS), em caráter prioritário.
é dever do Estado assegurar acesso universal e igualitário às ações e aos serviços de saúde para sua promoção, proteção e
recuperação;
é dever do Estado garantir a saúde através da formulação de políticas que visem à redução de riscos de doenças e de outros
agravos;
o dever do Estado não exclui o das pessoas, da família, das empresas e da sociedade;
Respondido em 10/09/2019 22:21:05

7a Questão

São dispositivos da Lei Orgânica do Sistema Único de Saúde - SUS (Lei 8080/90), exceto:

o dever do Estado não exclui o das pessoas, da família, das empresas e da sociedade;
a iniciativa privada poderá participar do Sistema Único de Saúde (SUS), em caráter prioritário.
a saúde é um direito fundamental do ser humano;
é dever do Estado garantir a saúde através da formulação de políticas que visem à redução de riscos de doenças e de outros
agravos;
é dever do Estado assegurar acesso universal e igualitário às ações e aos serviços de saúde para sua promoção, proteção e
recuperação;
Respondido em 10/09/2019 22:21:16

Explicação:

A iniciativa privada poderá participar do Sistema Único de Saúde (SUS), em caráter COMPLEMENTAR.

8a Questão

Segundo a Lei Orgânica do Sistema Único de Saúde SUS (Lei nº 8.080/90), é incorreto afirmar que:

a saúde é um direito fundamental do ser humano;


nenhuma das alternativas acima
é dever de o Estado garantir a saúde através da formulação de políticas que visem à redução de riscos de doenças e de
outros agravos;
é dever de o Estado assegurar acesso universal e igualitário às ações e aos serviços de saúde para sua promoção, proteção
e recuperação;
a iniciativa privada poderá participar do Sistema Único de Saúde (SUS), em caráter prioritário.
1a Questão

De acordo com a Lei nº 8.080/90, que dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização
e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências sobre o Subsistema de Atenção à Saúde Indígena, analise
as assertivas abaixo. I. Caberá à União, com seus recursos próprios, financiar o Subsistema de Atenção à Saúde Indígena. II. O SUS
promoverá a articulação do Subsistema instituído pela Lei nº 8.080/90 com os órgãos responsáveis pela Política Indígena do País. III.
Os Estados, Municípios, outras instituições governamentais e não governamentais não poderão atuar complementarmente no custeio
e execução das ações. É correto o que se afirma em

II, apenas.
II e III, apenas.
I e III, apenas.
I e II, apenas.
I, II e III.
Respondido em 10/09/2019 22:22:50

Explicação:

As alternativa III é falsa já que pelos princípios peracionais do SUS a democratização do conhecimento do processo saúde/doença,
que estimula a organização da comunidade para o efetivo exercício do controle social na gestão do sistema.

2a Questão

Das opções abaixo, assinale aquela que não é um princípio ético ou operacional do Sistema Único de Saúde (SUS):

Universalidade
Participação dos cidadãos
Centralização
Equidade
Regionalização
Respondido em 10/09/2019 22:23:08

3a Questão

Qual das seguintes alternativas não corresponde os princípios organizacionais/operativos do SUS?

Regionalização
nenhuma das alternativas acima
Participação dos cidadãos
Universalidade
Descentralização
Respondido em 10/09/2019 22:23:29

4a Questão

Qual das seguintes alternativas não corresponde os princípios éticos/doutrinários do SUS?

nenhuma das alternativas acima


Universalidade
Equidade
Integralidade
Regionalização
Respondido em 10/09/2019 22:23:39

5a Questão
O SUS é seguramente a resposta adequada aos problemas de saúde do nosso país. Os princípios para a operacionalização deve(m)
ser :

Todas as afirmativas acima estão corretas


Oferta de informações sobre o sistema de funcionamento de serviços
Respeito ao direito do cidadão
Aprimoramento de reclamações tornado-os mais efetivos
Remuneração adequada ao profissional de saúde
Respondido em 10/09/2019 22:24:08

6a Questão

As ações do SUS são desenvolvidas de acordo com as diretrizes previstas na Constituição Federal e com os princípios previstos na Lei
n° 8.080/90. Em relação ao princípio da descentralização, marque a opção correta.

Uma das preocupações centrais para consecução deste princípio está na necessidade da humanização dos serviços prestados
e das ações realizadas no âmbito do SUS.
Prevê a transferência de recursos pelo Fundo Nacional de Saúde aos Municípios, Estados e Distrito Federal, de forma regular
e automática.
É efetivado através da formação de consórcios entre os municípios e da criação dos Conselhos de Saúde.
Tem como desafio a oferta dos serviços e ações de saúde a todos que deles necessitem.
Impede o pagamento direto dos serviços produzidos aos prestadores estatais ou privados.
Respondido em 10/09/2019 22:24:51

Explicação:

Os princípios operacionais do SUS, são: Descentralização, Regionalização e hierarquização e Participação dos cidadãos. Sendo
a Descentralização o processo que implica a redistribuição de poder, a redefinição de papéis e o estabelecimento de novas relações
entre as três esferas de governo, a fim de garantir a direção única em cada esfera.

7a Questão

Com relação à participação complementar no SUS, é FALSO afirmar

Aos proprietários, administradores e dirigentes de entidades ou serviços contratados é vedado exercer cargo de chefia ou
função de confiança no SUS.
A fixação dos critérios, valores, formas de reajuste e de pagamento da remuneração deverá estar fundamentada em
demonstrativo econômico-financeiro que garanta a efetiva qualidade dos serviços contratados.
Os critérios e os valores para a remuneração de serviços e os parâmetros de cobertura assistencial serão estabelecidos,
respectivamente, pelas direções estadual e municipal do SUS, aprovados nos Conselhos Estaduais e Municipais de Saúde.
Terão preferência para participar do SUS as entidades filantrópicas e as sem fins lucrativos.
Será formalizada mediante contrato ou convênio, observadas, a respeito, as normas de direito público.
Respondido em 10/09/2019 22:25:36

Explicação:

O valores para a remuneração de serviços e os parâmetros de cobertura assistencial não serão de responsabilidade apenas do SUS

8a Questão

São dispositivos da Lei Orgânica do Sistema Único de Saúde ¿ SUS (Lei 8080/90), EXCETO:

É dever do estado garantir a saúde através da formulação e execução de políticas que visem à redução de riscos de doenças
e de outros agravos;
A saúde é um direito fundamental do ser humano;
A iniciativa privada poderá participar do sistema único de saúde (sus), em caráter prioritário.
O dever do estado não exclui o das pessoas, da família, das empresas e da sociedade;
É dever do estado assegurar acesso universal e igualitário às ações e aos serviços de saúde para a sua promoção, proteção
e recuperação;
1a Questão

São dispositivos da Lei Orgânica do Sistema Único de Saúde - SUS (Lei 8080/90), EXCETO:

o dever do Estado não exclui o das pessoas, da família, das empresas e da sociedade;
a saúde é um direito fundamental do ser humano;
a iniciativa privada poderá participar do Sistema Único de Saúde (SUS), em caráter prioritário.
é dever do Estado assegurar acesso universal e igualitário às ações e aos serviços de saúde para sua promoção, proteção e
recuperação;
é dever do Estado garantir a saúde através da formulação de políticas que visem à redução de riscos de doenças e de outros
agravos;
Respondido em 10/09/2019 22:26:22

2a Questão

São dispositivos da Lei Orgânica do Sistema Único de Saúde - SUS (Lei 8080/90), exceto:

a saúde é um direito fundamental do ser humano;


a iniciativa privada poderá participar do Sistema Único de Saúde (SUS), em caráter prioritário.
é dever do Estado assegurar acesso universal e igualitário às ações e aos serviços de saúde para sua promoção, proteção e
recuperação;
o dever do Estado não exclui o das pessoas, da família, das empresas e da sociedade;
é dever do Estado garantir a saúde através da formulação de políticas que visem à redução de riscos de doenças e de outros
agravos;
Respondido em 10/09/2019 22:26:29

Explicação:

A iniciativa privada poderá participar do Sistema Único de Saúde (SUS), em caráter COMPLEMENTAR.

3a Questão

Das opções abaixo, assinale aquela que não é um princípio ético ou operacional do Sistema Único de Saúde (SUS):

Participação dos Cidadãos


Centralização
Universalidade
Equidade
Refionalização
Respondido em 10/09/2019 22:26:38

4a Questão

As ações de saúde pública no Brasil devem estar voltadas, ao mesmo tempo, para o indivíduo e para a comunidade, para a
prevenção e para o tratamento, sempre respeitando a dignidade humana. Essas ações estão baseadas no princípio da:

integralidade;
descentralização
equidade;
universalidade;
racionalidade;
Respondido em 10/09/2019 22:27:05

5a Questão

Entre as diretrizes do Sistema Único de Saúde, inclui-se:


Financiamento privado da saúde;
Centralização das ações de saúde no governo federal;
Prioridade para o atendimento hospitalar;
Regulação do setor de saúde suplementar.
Participação da comunidade;
Respondido em 10/09/2019 22:27:48

6a Questão

É competência de administrar os recursos orçamentários e financeiros destinados, em cada ano, à saúde:

da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios.


do conselho municipal de saúde.
da direção nacional do SUS
da direção estadual do SUS.
da direção nacional do SUS.
Respondido em 10/09/2019 22:28:02

7a Questão

Sobre a lei 8.080/1990 que regula o campo de atuação do SUS, assinale a alternativa que não apresenta um dos campos de atuação.

Execução de ações de vigilância epidemiológica.


Execução de ações de assistência terapêutica integral, inclusive farmacêutica.
Execução de ações de desenvolvimento de novos medicamentos.
Execução de ações de saúde do trabalhador.
Execução de ações de vigilância sanitária.
Respondido em 10/09/2019 22:28:30

Explicação:

Desenvolvimento de medicamentos não é uma atribuição do SUS.

8a Questão

Diversos fatores dificultam que os princípios do SUS sejam alcançados, entre esses princípios a equidade. Qual a dificuldade
existente para alcançar esse princípio?

Acesso desigual a medicamentos


Difícil acesso de cidadãos de raça negra a atenção à saúde
Amplo acesso a prática preventivas de saúde
Dificuldade de acesso da maioria da população aos serviços de saúde
Oferta generalizada de serviços de atenção primária
INTRODUÇÃO À ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA
Lupa
4a aula
Vídeo PPT MP3

Exercício: SDE4546_EX_A4_201908642211_V1 10/09/2019

Aluno(a): ALINE NUNES TEIXEIRA 2019.2 - F

Disciplina: SDE4546 - INTRODUÇÃO À ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA 201908642211

1a Questão

Pode-se definir Doenças Negligenciadas como sendo:

Doenças que afetam de forma indistinta as populações tanto dos países desenvolvidos. como em desenvolvimento e
subdesenvolvidos. A indústria farmacêutica desenvolve produtos para essas doenças só nos países em desenvolvimento.
Doenças que afetam as camadas mais pobres da população dos países subdesenvolvidos e em desenvolvimento. Interesse
marginal da indústria farmacêutica em descobrir novos produtos.
Doenças como a doença do sono, a de Chagas e a leishmaniose, que afetam exclusivamente as populações dos países em
desenvolvimento. Atraem o interesse da indústria farmacêutica para a pesquisa e desenvolvimento de novos fármacos.
Doenças de baixo impacto social, afetando a camada mais rica da população brasileira, atraindo a pesquisa e
desenvolvimento da indústria farmacêutica.
Doenças como câncer, doenças cardiovasculares, doenças mentais e distúrbios neurológicos que constituem a maior
concentração de pesquisa e desenvolvimento (P&D) da indústria farmacêutica. Afetam tanto os países desenvolvidos tanto
quanto os em desenvolvimento.
Respondido em 10/09/2019 22:45:41

2a Questão

É aquele que, de acordo com a definição da estratégia de regionalização de cada estado, apresente papel de referência para outros
municípios, em qualquer nível de atenção. Tal definição significa:

nenhuma das alternativas acima


Módulo assistencial
Município pólo
Região saúde
Município sede
Respondido em 10/09/2019 22:46:10

3a Questão

O mercado farmacêutico nacional, caracteriza-se por:

Ser constituído de diversas indústrias nacionais farmacêuticas; líderes de venda. ocupando as 10 primeiras posições do
ranking de vendas de medicamentos no mercado brasileiro.
Possuir um parque de indústrias de imunoderivados avançado, com produção de diversos produtos todos vindos de
processos de pesquisa e desenvolvimento do governo brasileiro.
Caracteriza-se por ser um mercado inovador, com alternância de lideranças nas vendas de medicamentos entre as indústrias
nacionais, as públicas e as transnacionais
A maior parte do mercado brasileiro é constituído por indústrias transnacionais que investem em pesquisa e
desenvolvimento no Brasil, realizando transferência de tecnologias de modo permanente.
A maior parte do mercado brasileiro é constituído por indústrias transnacionais que não investem em pesquisa e
desenvolvimento no Brasil, reproduzindo e vendendo no país fármacos desenvolvidos em suas matrizes no exterior.
Respondido em 10/09/2019 22:46:43

4a Questão

Com relação ao mercado farmacêutico mundial, é correto afirmar:


Baseia-se no altruísmo e não nas relações econômico-financeiras.
Investe na busca de tratamentos para doenças de maior ocorrência em países desenvolvidos.
Investe na busca de tratamentos para doenças de maior ocorrência em países subdesenvolvidos.
A distribuição dos recursos para pesquisa por melhores tratamentos é igual para todas as doenças existentes.
É um mercado insignificante, ou seja, gera pouco lucro para as empresas que o compõem.
Respondido em 10/09/2019 22:47:24

5a Questão

Sobre o mercado nacional e internacional de medicamentos, marque a alternativa falsa:

A Lei de Propriedade Industrial (Lei de patentes) prevê a quebra de patentes de medicamentos em caso de emergência
nacional ou interesse público.
O mercado farmacêutico está concentrado nas mãos de laboratórios transnacionais, popularmente conhecidos como
indústrias farmacêuticas multinacionais.
A inelasticidade ao aumento de preços e a assimetria de informação entre consumidores, médicos e indústria farmacêutica
são característica da demanda do mercado farmacêutico.
O mercado farmacêutico internacional é caracterizado por alto grau de inovação no setor, em que medicamentos são
registrados apenas se apresentarem benefícios claros em relação a outros medicamentos já registrados.
O Brasil está entre os dez maiores mercados farmacêuticos do mundo na atualidade
Respondido em 10/09/2019 22:48:13

Explicação: O mercado farmacêutico nacional sofre influência do mercado internacional, está entre os dez maiores do mundo, tem
pouca inovação tecnológica e pouco incentivo à P&D, além de ser controlado por indústrias transnacionais.

6a Questão

Assinale a alternativa que apresenta corretamente um tipo de doença negligenciada.

Doenças cardiovasculares.
Depressão.
Diabetes.
Câncer.
Tuberculose.
Respondido em 10/09/2019 22:48:31

Explicação:

Tuberculose é uma doença negligenciada.

7a Questão

As ações e serviços de saúde do SUS:

são executadas diretamente por ele, obrigatoriamente;


são organizados de forma centralizada, não regionalizada;
só podem ser executados através da iniciativa privada.
têm organização hierarquizada em níveis de complexidade crescente;
têm participação prioritária da iniciativa privada;
Respondido em 10/09/2019 22:48:54

8a Questão

O princípio doutrinário do Sistema Único de Saúde que garante a toda a população brasileira a não-exclusão do acesso às ações e
serviços de saúde, a inclusão do direito à informação relativa ao processo saúde-doença, às leis que regem os serviços e os direitos
enquanto cidadão é:
Equidade.
Igualdade.
Resolutividade.
Universalização.
Integralidade
1a Questão

A indústria farmacêutica nacional caracteriza-se por produzir medicamentos para qual público alvo:

Pacientes portadores de doenças extremamente negligenciadas e doenças globais.


Pacientes portadores de doenças globais; pacientes portadores de "doenças do século XX-XXI tais como hipertensão,
diabetes e hiperlipidemia.
Pacientes portadores de doenças extremamente negligenciadas e negligenciadas
Pacientes transplantados e imunosuprimidos.
Pacientes de programas especiais do Ministério da Saúde como o de DST/AIDS.
Respondido em 10/09/2019 22:50:37

2a Questão

Segundo Chaves (2007), patente pode ser definida como um privilégio temporário protegido internacionalmente por meio de acordos
e representam a garantia de um monopólio absoluto aos detentores dos processos e produtos patenteados naqueles países que
aderem a tais acordos. Frente ao apresentado, assinale a alternatica CORRETA:

nenhuma das alternativas acima


A concessão de patente inibe a concorrência no mercado farmacêutico e amplia o acesso a medicamentos.
As patentes permitem que um medicamento seja comercializado de forma monopólica, o que amplia o acesso a
medicamentos.
Os produtos patenteados custam mais caro, o que estimula a concorrência no mercado farmacêutico e amplia o acesso a
medicamentos.
A diminuição da concorrência devida às patentes tende a levar ao aumento dos preços praticados de medicamentos.
Respondido em 10/09/2019 22:51:31

3a Questão

É algo novo a concepção de saúde como direito de cidadania, com isso a noção de saúde tende a ser percebida como:

Condições coletivas de existência com qualidade


Visão medicalizada da saúde de forma globalizada
Expressão de decisão e gestão exclusiva do estado
Saúde como um estado biológico
Ausência de patologia
Respondido em 10/09/2019 22:52:10

4a Questão

A Lei das Patentes (9.279/97) foi promulgada no Brasil após a assinatura do acordo TRIPS. A partir dessa legislação o governo
brasileiro passou a acatar as patentes de medicamentos no país, afetando o mercado farmacêutico nacional. São características
dessa mudança, EXCETO:

Estímulo de Políticas de Capacitação aos Recursos Humanos Especializados, com a concessão pelo governo federal de bolsas
de mestrado e doutorado no exterior nas áreas afins.
Incentivo por parte do governo federal para a pesquisa e desenvolvimento de novos fármacos, com criação de órgãos
específicos para isso.
Ausência de uma política industrial para o Setor Farmacêutico nacional, sem estímulos à transferência de tecnologia
farmacêutica.
incentivos financeiros para a melhora da infraestrutura dos parques industriais nacionais.
Favorecimento à Indústria Multinacional Farmacêutica, dona de patentes e detentora de tecnologia e pesquisa de novos
fármacos.
Respondido em 10/09/2019 22:52:51

5a Questão
É aquele que, de acordo com a definição da estratégia de regionalização de cada estado, apresente papel de referência para outros
municípios, em qualquer nível de atenção. Tal definição significa:

Município pólo
Módulo assistencial
Região saúde
nenhuma das alternativas acima
Município sede
Respondido em 10/09/2019 22:53:05

6a Questão

O princípio doutrinário do Sistema Único de Saúde que garante a toda a população brasileira a não-exclusão do acesso às ações e
serviços de saúde, a inclusão do direito à informação relativa ao processo saúde-doença, às leis que regem os serviços e os direitos
enquanto cidadão é:

Equidade.
Integralidade
Igualdade.
Resolutividade.
Universalização.
Respondido em 10/09/2019 22:53:33

7a Questão

As ações e serviços de saúde do SUS:

são executadas diretamente por ele, obrigatoriamente;


têm participação prioritária da iniciativa privada;
são organizados de forma centralizada, não regionalizada;
só podem ser executados através da iniciativa privada.
têm organização hierarquizada em níveis de complexidade crescente;
Respondido em 10/09/2019 22:53:49

8a Questão

O mercado farmacêutico nacional, caracteriza-se por:

Possuir um parque de indústrias de imunoderivados avançado, com produção de diversos produtos todos vindos de
processos de pesquisa e desenvolvimento do governo brasileiro.
A maior parte do mercado brasileiro é constituído por indústrias transnacionais que não investem em pesquisa e
desenvolvimento no Brasil, reproduzindo e vendendo no país fármacos desenvolvidos em suas matrizes no exterior.
Ser constituído de diversas indústrias nacionais farmacêuticas; líderes de venda. ocupando as 10 primeiras posições do
ranking de vendas de medicamentos no mercado brasileiro.
A maior parte do mercado brasileiro é constituído por indústrias transnacionais que investem em pesquisa e
desenvolvimento no Brasil, realizando transferência de tecnologias de modo permanente.
Caracteriza-se por ser um mercado inovador, com alternância de lideranças nas vendas de medicamentos entre as indústrias
nacionais, as públicas e as transnacionais
1a Questão

Pode-se definir Doenças Negligenciadas como sendo:

Doenças que afetam as camadas mais pobres da população dos países subdesenvolvidos e em desenvolvimento. Interesse
marginal da indústria farmacêutica em descobrir novos produtos.
Doenças que afetam de forma indistinta as populações tanto dos países desenvolvidos. como em desenvolvimento e
subdesenvolvidos. A indústria farmacêutica desenvolve produtos para essas doenças só nos países em desenvolvimento.
Doenças como câncer, doenças cardiovasculares, doenças mentais e distúrbios neurológicos que constituem a maior
concentração de pesquisa e desenvolvimento (P&D) da indústria farmacêutica. Afetam tanto os países desenvolvidos tanto
quanto os em desenvolvimento.
Doenças de baixo impacto social, afetando a camada mais rica da população brasileira, atraindo a pesquisa e
desenvolvimento da indústria farmacêutica.
Doenças como a doença do sono, a de Chagas e a leishmaniose, que afetam exclusivamente as populações dos países em
desenvolvimento. Atraem o interesse da indústria farmacêutica para a pesquisa e desenvolvimento de novos fármacos.
Respondido em 10/09/2019 22:54:45

2a Questão

Com relação ao mercado farmacêutico mundial, é correto afirmar:

Investe na busca de tratamentos para doenças de maior ocorrência em países desenvolvidos.


Investe na busca de tratamentos para doenças de maior ocorrência em países subdesenvolvidos.
Baseia-se no altruísmo e não nas relações econômico-financeiras.
É um mercado insignificante, ou seja, gera pouco lucro para as empresas que o compõem.
A distribuição dos recursos para pesquisa por melhores tratamentos é igual para todas as doenças existentes.
Respondido em 10/09/2019 22:55:09

3a Questão

Sobre o mercado nacional e internacional de medicamentos, marque a alternativa falsa:

O mercado farmacêutico internacional é caracterizado por alto grau de inovação no setor, em que medicamentos são
registrados apenas se apresentarem benefícios claros em relação a outros medicamentos já registrados.
O mercado farmacêutico está concentrado nas mãos de laboratórios transnacionais, popularmente conhecidos como
indústrias farmacêuticas multinacionais.
A inelasticidade ao aumento de preços e a assimetria de informação entre consumidores, médicos e indústria farmacêutica
são característica da demanda do mercado farmacêutico.
O Brasil está entre os dez maiores mercados farmacêuticos do mundo na atualidade
A Lei de Propriedade Industrial (Lei de patentes) prevê a quebra de patentes de medicamentos em caso de emergência
nacional ou interesse público.
Respondido em 10/09/2019 22:55:49

Explicação: O mercado farmacêutico nacional sofre influência do mercado internacional, está entre os dez maiores do mundo, tem
pouca inovação tecnológica e pouco incentivo à P&D, além de ser controlado por indústrias transnacionais.

4a Questão

Assinale a alternativa que apresenta corretamente um tipo de doença negligenciada.

Doenças cardiovasculares.
Diabetes.
Câncer.
Tuberculose.
Depressão.
Respondido em 10/09/2019 22:56:21

Explicação:
Tuberculose é uma doença negligenciada.

5a Questão

O princípio doutrinário do Sistema Único de Saúde que garante a toda a população brasileira a não-exclusão do acesso às ações e
serviços de saúde, a inclusão do direito à informação relativa ao processo saúde-doença, às leis que regem os serviços e os direitos
enquanto cidadão é:

Resolutividade.
Integralidade
Universalização.
Equidade.
Igualdade.
Respondido em 10/09/2019 22:56:34

6a Questão

As ações e serviços de saúde do SUS:

são organizados de forma centralizada, não regionalizada;


só podem ser executados através da iniciativa privada.
têm organização hierarquizada em níveis de complexidade crescente;
são executadas diretamente por ele, obrigatoriamente;
têm participação prioritária da iniciativa privada;
Respondido em 10/09/2019 22:56:51

7a Questão

O mercado farmacêutico nacional, caracteriza-se por:

Caracteriza-se por ser um mercado inovador, com alternância de lideranças nas vendas de medicamentos entre as indústrias
nacionais, as públicas e as transnacionais
A maior parte do mercado brasileiro é constituído por indústrias transnacionais que não investem em pesquisa e
desenvolvimento no Brasil, reproduzindo e vendendo no país fármacos desenvolvidos em suas matrizes no exterior.
Possuir um parque de indústrias de imunoderivados avançado, com produção de diversos produtos todos vindos de
processos de pesquisa e desenvolvimento do governo brasileiro.
A maior parte do mercado brasileiro é constituído por indústrias transnacionais que investem em pesquisa e
desenvolvimento no Brasil, realizando transferência de tecnologias de modo permanente.
Ser constituído de diversas indústrias nacionais farmacêuticas; líderes de venda. ocupando as 10 primeiras posições do
ranking de vendas de medicamentos no mercado brasileiro.
Respondido em 10/09/2019 22:57:12

8a Questão

É aquele que, de acordo com a definição da estratégia de regionalização de cada estado, apresente papel de referência para outros
municípios, em qualquer nível de atenção. Tal definição significa:

Município sede
Município pólo
nenhuma das alternativas acima
Região saúde
Módulo assistencial
INTRODUÇÃO À ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA
Lupa
5a aula
Vídeo PPT MP3

Exercício: SDE4546_EX_A5_201908642211_V1 10/10/2019

Aluno(a): ALINE NUNES TEIXEIRA 2019.2 - F

Disciplina: SDE4546 - INTRODUÇÃO À ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA 201908642211

1a Questão

Uma das diretrizes da Política Nacional de Medicamentos é a adoção da Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (RENAME),
que:

Contém informações relativas aos medicamentos, inclusive quanto à sua absorção e ação no organismo
Deve ser continuamente atualizada, com ênfase ao conjunto de medicamentos voltados à assistência hospitalar em níveis
terciário e quaternário.
Favorece o processo de centralização da gestão da saúde, uma vez que deve ser adotada integralmente em todo o território
nacional.
Deve servir de base para o direcionamento da produção farmacêutica e para o desenvolvimento científico e tecnológico.
Reúne os medicamentos que podem ser comercializados no país.
Respondido em 10/10/2019 13:05:27

Explicação:

Define corretamente a função do RENAME.

2a Questão

A Política Nacional de Medicamentos foi aprovada em outubro de 1998 (BRASIL, 1998b), tornando-se o instrumento norteador de
todas as ações no campo da política de medicamentos no país. Qual das alternativas a seguir não corresponde um foco para a
reorientação da assistência farmacêutica?

No desenvolvimento de iniciativas que possibilitam a redução dos preços dos produtos, viabilizando, inclusive, o acesso da
população aos produtos do setor privado.
Na promoção do uso racional dos medicamentos.
Na centralização da gestão.
Na otimização e na eficácia do sistema de distribuição no setor público.
Orientação ao paciente.
Respondido em 10/10/2019 13:06:06

3a Questão

Qual das alternativas não representa um fundamento no processo de reorientação da Assistência farmacêutica?

a) Na descentralização da gestão.
d) Desorganização dos serviços farmacêuticos.
c) Na otimização e na eficácia do sistema de distribuição no setor público.
b) Na promoção do uso racional dos medicamentos.
nenhuma das alternativas acima
Respondido em 10/10/2019 13:06:25

4a Questão

Qual das alternativas a segui não corresponde uma prioridade do PNM (Política Nacional de Medicamento)?

Promoção do uso racional de medicamentos.


Desenvolvimento e capacitação de recursos humanos.
Revisão permanente da Rename.
Reorientação da Assistência Farmacêutica.
Organização das atividades de vigilância sanitária de medicamentos.
Respondido em 10/10/2019 13:06:45

5a Questão

Assinale a afirmativa CORRETA em relação à Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (RENAME):

A RENAME foi aprovada através do ato da Secretaria Estadual de Saúde, sendo periodicamente atualizada, de conformidade
com os princípios preconizados pela Organização Mundial da Saúde (OMS).
Na prescrição de medicamentos da RENAME será obedecida a terminologia do nome comercial do medicamento.
nenhuma das alternativas acima
Os municípios devem utilizar apenas os medicamentos que estão na RENAME, não adaptação para cada realidade local.
A RENAME é o documento que define os produtos farmacêuticos considerados prioritários para prevenção, diagnóstico e o
tratamento de doenças prevalentes na população brasileira.
Respondido em 10/10/2019 13:08:03

6a Questão

O que não é Eixo estratégico do PNAF?

d) Utilização da Rename
a) Não garantir o acesso e a eqüidade às ações de saúde
b) Qualificação dos serviços de assistência farmacêutica
e) Pactuação de ações intersetoriais que visem à internalização
c) Desenvolvimento, valorização, formação, fixação e capacitação de recursos humanos.
Respondido em 10/10/2019 13:08:50

7a Questão

Que órgão federal, criado em 1971, foi responsável pelas ações relacionadas à assistência farmacêutica até 1997 e extinto após uma
série de escândalos e críticas relacionadas à ineficiência e desperdícios?

DEME - Departamento de Medicamentos


DAF - Departamento de Assistência Farmacêutica
DCM - Depósito Central de Medicamentos
CEME - Central de Medicamentos
CAF- Coordenação de Assistência Farmacêutica
Respondido em 10/10/2019 13:09:06

8a Questão

Os medicamentos essenciais são aqueles que servem para satisfazer às necessidades de saúde prioritárias da população e
selecionados de acordo com a sua importância para a saúde pública, a evidência sobre a eficácia e a segurança e relação custo
efetividade. Sobre os medicamentos essenciais, assinale a alternativa incorreta:

A relação de medicamentos essenciais nacional deve ser a base para a organização das listas estaduais e municipais de
medicamentos essenciais
A adoção da relação de medicamentos essenciais nacional é uma das diretrizes da Política Nacional de Medicamentos (PNM)
Após a definição de relação de medicamentos essenciais, não é necessário sua atualização e revisão periódica
O processo de seleção dos medicamentos essenciais é de base comparativa, estando baseado em critérios, como eficácia,
segurança e conveniência para o paciente
A relação de medicamentos essenciais nacional no Brasil denomina-se RENAME
1a Questão

A RENAME 2010 norteia a oferta, a prescrição e a dispensação de medicamentos nos serviços do SUS, com a possibilidade de
adaptação da relação aos perfis específicos de morbimortalidade das populações pelos Estados, os Municípios e o Distrito Federal,
garantindo-lhes o acesso a medicamentos com uso racional. Os medicamentos disponibilizados pelo SUS não estão restritos aos
medicamentos constantes da RENAME e estão fragmentados em vários programas. Com relação aos programas do SUS, analise as
alternativas abaixo e assinale a correta.

Os Medicamentos para o Programa Saúde da Família (PSF) são financiados e adquiridos pelo Estado e distribuídos aos
municípios em quantidade proporcional à população coberta pelo programa.
Os Medicamentos Estratégicos são aqueles utilizados para o tratamento de agravos referentes a programas específicos do
Ministério de Saúde e atendem aos programas nacionais de DST/AIDS, Tuberculose, Hanseníase, Sangue e Hemoderivados,
Diabetes e Controle de Endemias.
Os Medicamentos Excepcionais são disponibilizados pelo SUS e destinados ao tratamento de patologias específicas que
atingem um número limitado de pacientes, sendo adquiridos pelas Secretarias Municipais de Saúde, que é ressarcida pelo
Ministério da Saúde através da Autorização de Pagamento de Alto Custo.
Na Assistência Farmacêutica Básica existe uma pactuação de um elemento mínimo obrigatório a ser disponibilizado na
atenção básica, parte dos medicamentos constantes da RENAME, onde o financiamento é responsabilidade dos Estados e
Municípios.
Os Medicamentos para hipertensão arterial e são destinados para o atendimento de pacientes cadastrados no Programa
Nacional de Assistência Farmacêutica, sendo os mesmos distribuídos diretamente pelo Ministério da Saúde aos Estados
habilitados para esses programas.
Respondido em 10/10/2019 13:11:47

Explicação:

Lista de medicamentos que deve atender às necessidades de saúde prioritárias da população brasileira. Trata-se de um instrumento
mestre para as ações de assistência farmacêutica no SUS ¿ uma das estratégias da PNM para promover o acesso a medicamentos,
bem como seu uso seguro e racional.

2a Questão

Entre as obrigações gerais constantes da Constituição Federal e da Lei Orgânica da Saúde, o Conselho Municipal de Saúde tem
incumbências relacionadas diretamente à Vigilância Sanitária que não podem, em nenhuma hipótese, ser ignoradas. São elas:

apreciar a proposta orçamentária do sistema municipal de saúde desvinculada do plano de saúde.


utilizar a epidemiologia para o estabelecimento de prioridades, a alocação de recursos e a orientação programática.
apreciar a proposta de política de saneamento básico formulada pelo Estado.
formular estratégias para a política de saúde do município, salvo aspectos econômicos e financeiros.
participar, de forma independente, do planejamento e da programação da rede regionalizada e hierarquizada de ações e
serviços de saúde.
Respondido em 10/10/2019 13:13:24

Explicação:

Caberá à Secretaria de Saúde ou correspondente os seguintes deveres, relacionadas a Vigilancia sanitária:

Asegurar a dispensação adequada dos medicamentos; Receber, armazenar e distribuir adequadamente os medicamentos sob sua
guarda.

3a Questão

A política Nacional de Medicamentos, criada em 1998, possui diversas diretrizes, e dentro das diretrizes há algumas prioridades.
Quais seriam as prioridades?

Revisão permanente da Rename, Reorientação da Assistência Farmacêutica, Promoção do uso racional de medicamentos e
Organização das atividades de vigilância sanitária de medicamentos.
Reorientação da Assistência Farmacêutica, Promoção do uso racional de medicamentos, Organização das atividades de
vigilância sanitária de medicamentos.
Revisão permanente da Rename, Promoção do uso racional de medicamentos, Organização das atividades de vigilância
sanitária de medicamentos.
Revisão permanente da Rename, Reorientação da Assistência Farmacêutica, Promoção do uso irracional de medicamentos,
Organização das atividades de vigilância sanitária de medicamentos.
Revisão permanente da Rename, Reorientação da Assistência Farmacêutica e Promoção do uso racional de medicamentos.
Respondido em 10/10/2019 13:15:04

Explicação: Revisão permanente da Rename, Reorientação da Assistência Farmacêutica, Promoção do uso racional de medicamentos,
Organização das atividades de vigilância sanitária de medicamentos.

4a Questão

Qual das alternativas a segui não corresponde uma prioridade do PNM (Política Nacional de Medicamento)?

Reorientação da Assistência Farmacêutica.


Organização das atividades de vigilância sanitária de medicamentos.
Revisão permanente da Rename.
Desenvolvimento e capacitação de recursos humanos.
Promoção do uso racional de medicamentos.
Respondido em 10/10/2019 13:15:26

5a Questão

Assinale a afirmativa CORRETA em relação à Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (RENAME):

A RENAME foi aprovada através do ato da Secretaria Estadual de Saúde, sendo periodicamente atualizada, de conformidade
com os princípios preconizados pela Organização Mundial da Saúde (OMS).
nenhuma das alternativas acima
Na prescrição de medicamentos da RENAME será obedecida a terminologia do nome comercial do medicamento.
Os municípios devem utilizar apenas os medicamentos que estão na RENAME, não adaptação para cada realidade local.
A RENAME é o documento que define os produtos farmacêuticos considerados prioritários para prevenção, diagnóstico e o
tratamento de doenças prevalentes na população brasileira.
Respondido em 10/10/2019 13:15:51

6a Questão

O que não é Eixo estratégico do PNAF?

e) Pactuação de ações intersetoriais que visem à internalização


a) Não garantir o acesso e a eqüidade às ações de saúde
d) Utilização da Rename
b) Qualificação dos serviços de assistência farmacêutica
c) Desenvolvimento, valorização, formação, fixação e capacitação de recursos humanos.
Respondido em 10/10/2019 13:16:08

7a Questão

A Política Nacional de Medicamentos foi aprovada em outubro de 1998 (BRASIL, 1998b), tornando-se o instrumento norteador de
todas as ações no campo da política de medicamentos no país. Qual das alternativas a seguir não corresponde um foco para a
reorientação da assistência farmacêutica?

No desenvolvimento de iniciativas que possibilitam a redução dos preços dos produtos, viabilizando, inclusive, o acesso da
população aos produtos do setor privado.
Na promoção do uso racional dos medicamentos.
Na centralização da gestão.
Orientação ao paciente.
Na otimização e na eficácia do sistema de distribuição no setor público.
Respondido em 10/10/2019 13:16:32
8a Questão

Qual das alternativas não representa um fundamento no processo de reorientação da Assistência farmacêutica?

d) Desorganização dos serviços farmacêuticos.


b) Na promoção do uso racional dos medicamentos.
a) Na descentralização da gestão.
c) Na otimização e na eficácia do sistema de distribuição no setor público.
nenhuma das alternativas acima
1a Questão

Uma das diretrizes da Política Nacional de Medicamentos é a adoção da Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (RENAME),
que:

Reúne os medicamentos que podem ser comercializados no país.


Favorece o processo de centralização da gestão da saúde, uma vez que deve ser adotada integralmente em todo o território
nacional.
Deve servir de base para o direcionamento da produção farmacêutica e para o desenvolvimento científico e tecnológico.
Deve ser continuamente atualizada, com ênfase ao conjunto de medicamentos voltados à assistência hospitalar em níveis
terciário e quaternário.
Contém informações relativas aos medicamentos, inclusive quanto à sua absorção e ação no organismo
Respondido em 10/10/2019 13:17:23

Explicação:

Define corretamente a função do RENAME.

2a Questão

Os medicamentos essenciais são aqueles que servem para satisfazer às necessidades de saúde prioritárias da população e
selecionados de acordo com a sua importância para a saúde pública, a evidência sobre a eficácia e a segurança e relação custo
efetividade. Sobre os medicamentos essenciais, assinale a alternativa incorreta:

A relação de medicamentos essenciais nacional no Brasil denomina-se RENAME


A relação de medicamentos essenciais nacional deve ser a base para a organização das listas estaduais e municipais de
medicamentos essenciais
Após a definição de relação de medicamentos essenciais, não é necessário sua atualização e revisão periódica
O processo de seleção dos medicamentos essenciais é de base comparativa, estando baseado em critérios, como eficácia,
segurança e conveniência para o paciente
A adoção da relação de medicamentos essenciais nacional é uma das diretrizes da Política Nacional de Medicamentos (PNM)
Respondido em 10/10/2019 13:17:59

3a Questão

Que órgão federal, criado em 1971, foi responsável pelas ações relacionadas à assistência farmacêutica até 1997 e extinto após uma
série de escândalos e críticas relacionadas à ineficiência e desperdícios?

DEME - Departamento de Medicamentos


DAF - Departamento de Assistência Farmacêutica
CEME - Central de Medicamentos
DCM - Depósito Central de Medicamentos
CAF- Coordenação de Assistência Farmacêutica
Respondido em 10/10/2019 13:18:09

4a Questão

A RENAME 2010 norteia a oferta, a prescrição e a dispensação de medicamentos nos serviços do SUS, com a possibilidade de
adaptação da relação aos perfis específicos de morbimortalidade das populações pelos Estados, os Municípios e o Distrito Federal,
garantindo-lhes o acesso a medicamentos com uso racional. Os medicamentos disponibilizados pelo SUS não estão restritos aos
medicamentos constantes da RENAME e estão fragmentados em vários programas. Com relação aos programas do SUS, analise as
alternativas abaixo e assinale a correta.

Os Medicamentos Excepcionais são disponibilizados pelo SUS e destinados ao tratamento de patologias específicas que
atingem um número limitado de pacientes, sendo adquiridos pelas Secretarias Municipais de Saúde, que é ressarcida pelo
Ministério da Saúde através da Autorização de Pagamento de Alto Custo.
Na Assistência Farmacêutica Básica existe uma pactuação de um elemento mínimo obrigatório a ser disponibilizado na
atenção básica, parte dos medicamentos constantes da RENAME, onde o financiamento é responsabilidade dos Estados e
Municípios.
Os Medicamentos Estratégicos são aqueles utilizados para o tratamento de agravos referentes a programas específicos do
Ministério de Saúde e atendem aos programas nacionais de DST/AIDS, Tuberculose, Hanseníase, Sangue e Hemoderivados,
Diabetes e Controle de Endemias.
Os Medicamentos para hipertensão arterial e são destinados para o atendimento de pacientes cadastrados no Programa
Nacional de Assistência Farmacêutica, sendo os mesmos distribuídos diretamente pelo Ministério da Saúde aos Estados
habilitados para esses programas.
Os Medicamentos para o Programa Saúde da Família (PSF) são financiados e adquiridos pelo Estado e distribuídos aos
municípios em quantidade proporcional à população coberta pelo programa.
Respondido em 10/10/2019 13:18:52

Explicação:

Lista de medicamentos que deve atender às necessidades de saúde prioritárias da população brasileira. Trata-se de um instrumento
mestre para as ações de assistência farmacêutica no SUS ¿ uma das estratégias da PNM para promover o acesso a medicamentos,
bem como seu uso seguro e racional.

5a Questão

Qual das alternativas não representa um fundamento no processo de reorientação da Assistência farmacêutica?

nenhuma das alternativas acima


a) Na descentralização da gestão.
c) Na otimização e na eficácia do sistema de distribuição no setor público.
d) Desorganização dos serviços farmacêuticos.
b) Na promoção do uso racional dos medicamentos.
Respondido em 10/10/2019 13:19:06

6a Questão

Qual das alternativas a segui não corresponde uma prioridade do PNM (Política Nacional de Medicamento)?

Revisão permanente da Rename.


Promoção do uso racional de medicamentos.
Reorientação da Assistência Farmacêutica.
Desenvolvimento e capacitação de recursos humanos.
Organização das atividades de vigilância sanitária de medicamentos.
Respondido em 10/10/2019 13:19:21

7a Questão

Assinale a afirmativa CORRETA em relação à Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (RENAME):

Na prescrição de medicamentos da RENAME será obedecida a terminologia do nome comercial do medicamento.


A RENAME é o documento que define os produtos farmacêuticos considerados prioritários para prevenção, diagnóstico e o
tratamento de doenças prevalentes na população brasileira.
Os municípios devem utilizar apenas os medicamentos que estão na RENAME, não adaptação para cada realidade local.
A RENAME foi aprovada através do ato da Secretaria Estadual de Saúde, sendo periodicamente atualizada, de conformidade
com os princípios preconizados pela Organização Mundial da Saúde (OMS).
nenhuma das alternativas acima
Respondido em 10/10/2019 13:19:38

8a Questão

O que não é Eixo estratégico do PNAF?

e) Pactuação de ações intersetoriais que visem à internalização


a) Não garantir o acesso e a eqüidade às ações de saúde
d) Utilização da Rename
c) Desenvolvimento, valorização, formação, fixação e capacitação de recursos humanos.
b) Qualificação dos serviços de assistência farmacêutica
1a Questão (Ref.:201909465407) Acerto: 1,0 / 1,0

A Lei Eloy Chaves de 1924 foi um marco na história dos trabalhadores brasileiros. Qual a sua importância?

Ela foi responsável para a criação da carteira assinada


Foi importante para a criação da Saúde Pública
É a Lei de criação das CAP's (Caixa de aposentadorias e pensões)
Ela criou os planos de saúde
Foi importante para a criação do SUS
Respondido em 11/10/2019 09:20:29

2a Questão (Ref.:201911828015) Acerto: 0,0 / 1,0

Com a Proclamação da República no Brasil elaborou-se uma Constituição que assinalava a preponderância dos grandes
Estados nas decisões nacionais. Assim, o poder centralizou-se nos Estados produtores de café da região centro-sul,
instalando-se a política do "café com leite". Essa Constituição incorporou a saúde como uma área de âmbito estatal
estabelecendo sua estrutura e locais de atuação. Assinale a alternativa que apresenta corretamente um presidente deste
período e a respectiva vertente na área da saúde.

Campos Sales - tradicionalismo


Prudente de Morais - reconciliação
Getúlio Vargas - centralismo
Marechal Deodoro - alquimismo
Rodrigues Alves - higienização
Respondido em 11/10/2019 09:21:03

3a Questão (Ref.:201911828023) Acerto: 1,0 / 1,0

A partir de 1930, o Brasil esteve sob o comando político do presidente Getúlio


Vargas, quando foi promovida uma reforma administrativa e política. Algumas
mudanças marcaram intensamente as ações de saúde nesse período. Assinale a
alternativa que apresenta corretamente alguma dessas mudanças.
Extinção do Ministério da Saúde.
Várias instituições de trabalho deixaram de criar serviços de atendimento ambulatorial de caráter terapêutico.
Implantação de um sistema de saúde 100% privado, sendo que o Estado não teria mais nenhum papel social
neste contexto.
O Estado retirou direitos sociais do trabalhador.
Unificação das Caixas de Aposentadorias e Pensões (CAPS) com a criação dos Institutos de Aposentadorias e
Pensões (IAPs).
Respondido em 11/10/2019 09:21:36

4a Questão (Ref.:201911540839) Acerto: 1,0 / 1,0

O Sistema Nacional de Saúde foi criado sob a Lei 6.229/1975, e através desta Lei, foram definidas as responsabilidades
das várias instituições, sendo a Previdência Social responsável pela assistência individual e curativa. Os cuidados
preventivos e de alcance coletivo ficaram sob a responsabilidade de qual Ministério?

Ministério da Saúde e das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde


Ministério Nacional da Previdência Social
Ministério Nacional da Previdência Médica
Ministério da Educação e Saúde
Ministério de Aposentadoria e Pensões
Respondido em 11/10/2019 09:22:42

5a Questão (Ref.:201909886376) Acerto: 1,0 / 1,0


As ações do SUS são desenvolvidas de acordo com as diretrizes previstas na Constituição Federal e com os princípios
previstos na Lei n° 8.080/90. Em relação ao princípio da descentralização, marque a opção correta.

Tem como desafio a oferta dos serviços e ações de saúde a todos que deles necessitem.
Uma das preocupações centrais para consecução deste princípio está na necessidade da humanização dos serviços
prestados e das ações realizadas no âmbito do SUS.
Prevê a transferência de recursos pelo Fundo Nacional de Saúde aos Municípios, Estados e Distrito Federal, de
forma regular e automática.
Impede o pagamento direto dos serviços produzidos aos prestadores estatais ou privados.
É efetivado através da formação de consórcios entre os municípios e da criação dos Conselhos de Saúde.
Respondido em 11/10/2019 09:23:19

6a Questão (Ref.:201908815688) Acerto: 0,0 / 1,0

¿O conjunto de ações e serviços de saúde, prestados pro órgãos e instituições públicas, federais, estaduais e municipais,
da administração direta e indireta e das funções mantidas pelo poder público.¿ Tal citação feita pela Lei nº 8080 de 1990
conceituar:

Agência Nacional de Saúde


Vigilância Epidemiológica
Sistema único de saúde
Vigilância sanitária
Conselhos de Farmácia
Respondido em 11/10/2019 09:23:54

7a Questão (Ref.:201908722809) Acerto: 1,0 / 1,0

As ações e serviços de saúde do SUS:

só podem ser executados através da iniciativa privada.


têm participação prioritária da iniciativa privada;
têm organização hierarquizada em níveis de complexidade crescente;
são organizados de forma centralizada, não regionalizada;
são executadas diretamente por ele, obrigatoriamente;
Respondido em 11/10/2019 09:24:40

8a Questão (Ref.:201909518995) Acerto: 1,0 / 1,0

Sobre o mercado nacional e internacional de medicamentos, marque a alternativa falsa:

A Lei de Propriedade Industrial (Lei de patentes) prevê a quebra de patentes de medicamentos em caso de
emergência nacional ou interesse público.
O mercado farmacêutico está concentrado nas mãos de laboratórios transnacionais, popularmente conhecidos
como indústrias farmacêuticas multinacionais.
O mercado farmacêutico internacional é caracterizado por alto grau de inovação no setor, em que medicamentos
são registrados apenas se apresentarem benefícios claros em relação a outros medicamentos já registrados.
A inelasticidade ao aumento de preços e a assimetria de informação entre consumidores, médicos e indústria
farmacêutica são característica da demanda do mercado farmacêutico.
O Brasil está entre os dez maiores mercados farmacêuticos do mundo na atualidade
Respondido em 11/10/2019 09:25:50

9a Questão (Ref.:201908815695) Acerto: 1,0 / 1,0

O que não é Eixo estratégico do PNAF?

b) Qualificação dos serviços de assistência farmacêutica


d) Utilização da Rename
a) Não garantir o acesso e a eqüidade às ações de saúde
c) Desenvolvimento, valorização, formação, fixação e capacitação de recursos humanos.
e) Pactuação de ações intersetoriais que visem à internalização
Respondido em 11/10/2019 09:26:05

10a Questão (Ref.:201909518991) Acerto: 1,0 / 1,0

Os medicamentos essenciais são aqueles que servem para satisfazer às necessidades de saúde prioritárias da população e
selecionados de acordo com a sua importância para a saúde pública, a evidência sobre a eficácia e a segurança e relação
custo efetividade. Sobre os medicamentos essenciais, assinale a alternativa incorreta:

A adoção da relação de medicamentos essenciais nacional é uma das diretrizes da Política Nacional de
Medicamentos (PNM)
A relação de medicamentos essenciais nacional deve ser a base para a organização das listas estaduais e
municipais de medicamentos essenciais
Após a definição de relação de medicamentos essenciais, não é necessário sua atualização e revisão periódica
O processo de seleção dos medicamentos essenciais é de base comparativa, estando baseado em critérios, como
eficácia, segurança e conveniência para o paciente
A relação de medicamentos essenciais nacional no Brasil denomina-se RENAME
1a Questão (Ref.:201911828022) Acerto: 0,0 / 1,0

Sobre as CAPs (Caixas de Aposentadorias e Pensões) assinale a alternativa incorreta.

Foi o embrião do Seguro Social no Brasil.


Foram regulamentadas por meio da Lei Elói Chaves.
Corresponde ao primeiro período da história previdenciária brasileira.
Foi o embrião do Sistema Único de Saúde.
Concediam benefícios na prestação de serviços do tipo de consultas médicas e fornecimento de medicamentos.
Respondido em 11/10/2019 09:40:39

2a Questão (Ref.:201911745235) Acerto: 0,0 / 1,0

Oswaldo Cruz agiu exclusivamente com base na autoridade de seus conhecimentos médicos, sem a preocupação de
esclarecer a opinião pública. Ele manteve sua ação e esbarrou em forte resistência ao combate à varíola por meio da
vacina. A população estava cética em relação à sua eficácia, e persistiam sérias dúvidas sobre os seus efeitos reais. A
maioria acreditava que a vacina era um meio de contrair a doença. Oswaldo Cruz não hesitou: colocou os vacinadores na
rua, e estes, apoiados por policiais, entravam nas casas e vacinavam à força. Contudo, para atingir resultados definitivos
era necessária a vacinação em massa, num processo rápido.

Em favor do governo, um projeto de lei tornou a vacinação obrigatória. A resistência, porém, já havia ganhado as ruas.
Num comício contra a vacina os representantes populares assumiram espontaneamente a direção do evento com
discursos explosivos. A intervenção da polícia deu origem ao confronto que se espalhou por toda a cidade.

(Adaptado de: Luiz Koshiba e Denise M. F. Pereira. História do Brasil: no contexto da História ocidental. São Paulo:
Atual, 2003. p.399)

A partir do texto, está correto afirmar que a Revolta da Vacina permanece, na história brasileira, como um exemplo de um
movimento popular de êxito, baseado na defesa

do desenvolvimento social e econômico do país por meio da revolução no âmbito da saúde.


da ideia de que todos têm direito ao acesso aos sistemas públicos de saúde.
do direito dos cidadãos de não serem tratados de forma arbitrária e violenta pelo governo.
do princípio igualitário de que todos os cidadãos devem ser protegidos de epidemias.
da luta da população pela conquista de melhores condições de educação e segurança.
Respondido em 11/10/2019 09:29:48

3a Questão (Ref.:201911828023) Acerto: 1,0 / 1,0

A partir de 1930, o Brasil esteve sob o comando político do presidente Getúlio


Vargas, quando foi promovida uma reforma administrativa e política. Algumas
mudanças marcaram intensamente as ações de saúde nesse período. Assinale a
alternativa que apresenta corretamente alguma dessas mudanças.
Implantação de um sistema de saúde 100% privado, sendo que o Estado não teria mais nenhum papel social
neste contexto.
Extinção do Ministério da Saúde.
Várias instituições de trabalho deixaram de criar serviços de atendimento ambulatorial de caráter terapêutico.
O Estado retirou direitos sociais do trabalhador.
Unificação das Caixas de Aposentadorias e Pensões (CAPS) com a criação dos Institutos de Aposentadorias e
Pensões (IAPs).
Respondido em 11/10/2019 09:30:23

4a Questão (Ref.:201911540839) Acerto: 1,0 / 1,0

O Sistema Nacional de Saúde foi criado sob a Lei 6.229/1975, e através desta Lei, foram definidas as responsabilidades
das várias instituições, sendo a Previdência Social responsável pela assistência individual e curativa. Os cuidados
preventivos e de alcance coletivo ficaram sob a responsabilidade de qual Ministério?

Ministério Nacional da Previdência Médica


Ministério de Aposentadoria e Pensões
Ministério da Educação e Saúde
Ministério Nacional da Previdência Social
Ministério da Saúde e das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde
Respondido em 11/10/2019 09:30:32

5a Questão (Ref.:201911828028) Acerto: 0,0 / 1,0

Sobre a lei 8.080/1990 que regula o campo de atuação do SUS, assinale a alternativa que não apresenta um dos campos
de atuação.

Execução de ações de assistência terapêutica integral, inclusive farmacêutica.


Execução de ações de vigilância epidemiológica.
Execução de ações de saúde do trabalhador.
Execução de ações de desenvolvimento de novos medicamentos.
Execução de ações de vigilância sanitária.
Respondido em 11/10/2019 09:31:13

6a Questão (Ref.:201908722816) Acerto: 0,0 / 1,0

Com relação à participação complementar no SUS, é FALSO afirmar

Aos proprietários, administradores e dirigentes de entidades ou serviços contratados é vedado exercer cargo de
chefia ou função de confiança no SUS.
Os critérios e os valores para a remuneração de serviços e os parâmetros de cobertura assistencial serão
estabelecidos, respectivamente, pelas direções estadual e municipal do SUS, aprovados nos Conselhos Estaduais e
Municipais de Saúde.
Será formalizada mediante contrato ou convênio, observadas, a respeito, as normas de direito público.
A fixação dos critérios, valores, formas de reajuste e de pagamento da remuneração deverá estar fundamentada
em demonstrativo econômico-financeiro que garanta a efetiva qualidade dos serviços contratados.
Terão preferência para participar do SUS as entidades filantrópicas e as sem fins lucrativos.
Respondido em 11/10/2019 09:32:12

7a Questão (Ref.:201909533914) Acerto: 1,0 / 1,0

Pode-se definir Doenças Negligenciadas como sendo:

Doenças que afetam as camadas mais pobres da população dos países subdesenvolvidos e em desenvolvimento.
Interesse marginal da indústria farmacêutica em descobrir novos produtos.
Doenças como câncer, doenças cardiovasculares, doenças mentais e distúrbios neurológicos que constituem a
maior concentração de pesquisa e desenvolvimento (P&D) da indústria farmacêutica. Afetam tanto os países
desenvolvidos tanto quanto os em desenvolvimento.
Doenças como a doença do sono, a de Chagas e a leishmaniose, que afetam exclusivamente as populações dos
países em desenvolvimento. Atraem o interesse da indústria farmacêutica para a pesquisa e desenvolvimento de
novos fármacos.
Doenças de baixo impacto social, afetando a camada mais rica da população brasileira, atraindo a pesquisa e
desenvolvimento da indústria farmacêutica.
Doenças que afetam de forma indistinta as populações tanto dos países desenvolvidos. como em desenvolvimento
e subdesenvolvidos. A indústria farmacêutica desenvolve produtos para essas doenças só nos países em
desenvolvimento.
Respondido em 11/10/2019 09:33:07

8a Questão (Ref.:201908722809) Acerto: 1,0 / 1,0

As ações e serviços de saúde do SUS:

têm organização hierarquizada em níveis de complexidade crescente;


só podem ser executados através da iniciativa privada.
são executadas diretamente por ele, obrigatoriamente;
têm participação prioritária da iniciativa privada;
são organizados de forma centralizada, não regionalizada;
Respondido em 11/10/2019 09:33:15

9a Questão (Ref.:201908745919) Acerto: 0,0 / 1,0

Assinale a afirmativa CORRETA em relação à Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (RENAME):

nenhuma das alternativas acima


A RENAME é o documento que define os produtos farmacêuticos considerados prioritários para prevenção,
diagnóstico e o tratamento de doenças prevalentes na população brasileira.
Na prescrição de medicamentos da RENAME será obedecida a terminologia do nome comercial do medicamento.
A RENAME foi aprovada através do ato da Secretaria Estadual de Saúde, sendo periodicamente atualizada, de
conformidade com os princípios preconizados pela Organização Mundial da Saúde (OMS).
Os municípios devem utilizar apenas os medicamentos que estão na RENAME, não adaptação para cada realidade
local.
Respondido em 11/10/2019 09:33:44

10a Questão (Ref.:201909886367) Acerto: 1,0 / 1,0

A RENAME 2010 norteia a oferta, a prescrição e a dispensação de medicamentos nos serviços do SUS, com a possibilidade
de adaptação da relação aos perfis específicos de morbimortalidade das populações pelos Estados, os Municípios e o
Distrito Federal, garantindo-lhes o acesso a medicamentos com uso racional. Os medicamentos disponibilizados pelo SUS
não estão restritos aos medicamentos constantes da RENAME e estão fragmentados em vários programas. Com relação
aos programas do SUS, analise as alternativas abaixo e assinale a correta.

Os Medicamentos para hipertensão arterial e são destinados para o atendimento de pacientes cadastrados no
Programa Nacional de Assistência Farmacêutica, sendo os mesmos distribuídos diretamente pelo Ministério da
Saúde aos Estados habilitados para esses programas.
Os Medicamentos Estratégicos são aqueles utilizados para o tratamento de agravos referentes a programas
específicos do Ministério de Saúde e atendem aos programas nacionais de DST/AIDS, Tuberculose, Hanseníase,
Sangue e Hemoderivados, Diabetes e Controle de Endemias.
Na Assistência Farmacêutica Básica existe uma pactuação de um elemento mínimo obrigatório a ser
disponibilizado na atenção básica, parte dos medicamentos constantes da RENAME, onde o financiamento é
responsabilidade dos Estados e Municípios.
Os Medicamentos para o Programa Saúde da Família (PSF) são financiados e adquiridos pelo Estado e distribuídos
aos municípios em quantidade proporcional à população coberta pelo programa.
Os Medicamentos Excepcionais são disponibilizados pelo SUS e destinados ao tratamento de patologias específicas
que atingem um número limitado de pacientes, sendo adquiridos pelas Secretarias Municipais de Saúde, que é
ressarcida pelo Ministério da Saúde através da Autorização de Pagamento de Alto Custo.
Respondido em 11/10/2019 09:36:36
1a Questão (Ref.:201909465407) Acerto: 1,0 / 1,0

A Lei Eloy Chaves de 1924 foi um marco na história dos trabalhadores brasileiros. Qual a sua importância?

Foi importante para a criação da Saúde Pública


Ela foi responsável para a criação da carteira assinada
Foi importante para a criação do SUS
É a Lei de criação das CAP's (Caixa de aposentadorias e pensões)
Ela criou os planos de saúde
Respondido em 11/10/2019 09:42:37

2a Questão (Ref.:201911828015) Acerto: 1,0 / 1,0

Com a Proclamação da República no Brasil elaborou-se uma Constituição que assinalava a preponderância dos grandes
Estados nas decisões nacionais. Assim, o poder centralizou-se nos Estados produtores de café da região centro-sul,
instalando-se a política do "café com leite". Essa Constituição incorporou a saúde como uma área de âmbito estatal
estabelecendo sua estrutura e locais de atuação. Assinale a alternativa que apresenta corretamente um presidente deste
período e a respectiva vertente na área da saúde.

Prudente de Morais - reconciliação


Rodrigues Alves - higienização
Marechal Deodoro - alquimismo
Campos Sales - tradicionalismo
Getúlio Vargas - centralismo
Respondido em 11/10/2019 09:42:42

3a Questão (Ref.:201911540838) Acerto: 1,0 / 1,0

Qual foi o órgão que foi criado em 1967, unificando todos os Institutos, concentrando recursos financeiros e ampliando a
compra de serviços da rede privada.

Instituto de Aposentadoria e Pensões (IAPs)


Instituto Nacional da Previdência Social (INPS)
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs)
Instituto Soroterápico Federal (ISF)
Caixas de Aposentadorias e Pensões (CAPs)
Respondido em 11/10/2019 09:42:51

4a Questão (Ref.:201911540837) Acerto: 1,0 / 1,0

O Brasil esteve sob o comando político do presidente Getúlio Vargas, a partir de 1930, quando foi promovida uma
reforma administrativa e política, que gerou algumas mudanças e ações de saúde nesse período. Qual das alternativas
abaixo não representa estas mudanças?

Neste período, o Estado não garante mais os direitos sociais ao trabalhador.


O Estado passou a garantir direitos sociais ao trabalhador.
O Estado passou a garantir direitos sociais ao trabalhador.
Várias instituições de trabalho passaram a criar serviços de atendimento ambulatorial.
As medidas adotadas caminhavam no sentido de manter a força de trabalho em condições de produção.
Respondido em 11/10/2019 09:43:05

5a Questão (Ref.:201909433641) Acerto: 1,0 / 1,0

Marque a alternativa que apresenta, respectivamente, um fator determinante e um fator condicionante da saúde:

a moradia e o transporte público.


o meio ambiente e a organização industrial nacional.
o lazer e o acesso aos serviços essenciais.
a alimentação e a organização econômica do país.
o saneamento básico e o desenvolvimento urbano.
Respondido em 11/10/2019 09:44:10

6a Questão (Ref.:201908722807) Acerto: 1,0 / 1,0

Segundo a Lei Orgânica 8.080/90 (Capítulo II ¿ dos princípios e diretrizes), são princípios e diretrizes do Sistema Único de
Saúde, EXCETO:

Utilização da epidemiologia para o estabelecimento de prioridades, a alocação de recursos e a orientação


programática
nenhuma das alternativas acima
Igualdade da assistência à saúde, privilegiando o atendimento a quem não possua plano privado de saúde.
Direito à informação, às pessoas assistidas, sobre sua saúde.
Universalidade de acesso aos serviços de saúde em todos os níveis de assistência.
Respondido em 11/10/2019 09:44:25

7a Questão (Ref.:201908812368) Acerto: 1,0 / 1,0

É algo novo a concepção de saúde como direito de cidadania, com isso a noção de saúde tende a ser percebida como:

Condições coletivas de existência com qualidade


Expressão de decisão e gestão exclusiva do estado
Saúde como um estado biológico
Ausência de patologia
Visão medicalizada da saúde de forma globalizada
Respondido em 11/10/2019 09:45:00

8a Questão (Ref.:201909533967) Acerto: 1,0 / 1,0

A Lei das Patentes (9.279/97) foi promulgada no Brasil após a assinatura do acordo TRIPS. A partir dessa legislação o
governo brasileiro passou a acatar as patentes de medicamentos no país, afetando o mercado farmacêutico nacional. São
características dessa mudança, EXCETO:

Incentivo por parte do governo federal para a pesquisa e desenvolvimento de novos fármacos, com criação de
órgãos específicos para isso.
Estímulo de Políticas de Capacitação aos Recursos Humanos Especializados, com a concessão pelo governo federal
de bolsas de mestrado e doutorado no exterior nas áreas afins.
Favorecimento à Indústria Multinacional Farmacêutica, dona de patentes e detentora de tecnologia e pesquisa de
novos fármacos.
incentivos financeiros para a melhora da infraestrutura dos parques industriais nacionais.
Ausência de uma política industrial para o Setor Farmacêutico nacional, sem estímulos à transferência de
tecnologia farmacêutica.
Respondido em 11/10/2019 09:45:44

9a Questão (Ref.:201909886377) Acerto: 1,0 / 1,0

Entre as obrigações gerais constantes da Constituição Federal e da Lei Orgânica da Saúde, o Conselho Municipal de Saúde
tem incumbências relacionadas diretamente à Vigilância Sanitária que não podem, em nenhuma hipótese, ser ignoradas.
São elas:

participar, de forma independente, do planejamento e da programação da rede regionalizada e hierarquizada de


ações e serviços de saúde.
formular estratégias para a política de saúde do município, salvo aspectos econômicos e financeiros.
utilizar a epidemiologia para o estabelecimento de prioridades, a alocação de recursos e a orientação
programática.
apreciar a proposta de política de saneamento básico formulada pelo Estado.
apreciar a proposta orçamentária do sistema municipal de saúde desvinculada do plano de saúde.
Respondido em 11/10/2019 09:46:41

10a Questão (Ref.:201909518986) Acerto: 1,0 / 1,0

Que órgão federal, criado em 1971, foi responsável pelas ações relacionadas à assistência farmacêutica até 1997 e extinto
após uma série de escândalos e críticas relacionadas à ineficiência e desperdícios?

DCM - Depósito Central de Medicamentos


CEME - Central de Medicamentos
CAF- Coordenação de Assistência Farmacêutica
DAF - Departamento de Assistência Farmacêutica
DEME - Departamento de Medicamentos
Respondido em 11/10/2019 09:46:53
INTRODUÇÃO À ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA
Lupa
6a aula
Vídeo PPT MP3

Exercício: SDE4546_EX_A6_201908642211_V1 10/10/2019

Aluno(a): ALINE NUNES TEIXEIRA 2019.2 - F

Disciplina: SDE4546 - INTRODUÇÃO À ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA 201908642211

1a Questão

Para cumprir com o objetivo de ofertar os medicamentos necessários à população e garantir seu uso adequado, o serviço de
assistência farmacêutica cumpre uma série de etapas organizadas em um ciclo. Assinale a alternativa que não apresenta uma dessas
etapas.

Seleção.

Distribuição .
Armazenamento.
Validação.
Programação.
Respondido em 10/10/2019 13:34:28

Explicação:

Validação não é uma etapa do ciclo da assistência farmacêutica.

2a Questão

Assinale V (VERDADEIRO) e F (FALSO) e posteriormente a alternativa que determina a seqüência CORRETA.

( ) Dentro da racionalidade do Armazenamento dos estoques é preciso considerar o aproveitamento de espaço, considerar a
facilidade de transporte alem de considerar a proximidade das áreas de produção e consumo.

( ) A seleção tem o objetivo de proporcionar ganhos terapêuticos e econômicos. Deve definir, estabelecer e consensuar uma relação
de medicamentos essenciais, escolhidos de acordo com o perfil epidemiológico da população local (enfermidades prevalentes), para
atender às reais necessidades da população. A seleção de medicamentos deve ser feita por uma comissão de profissionais de saúde,
com conhecimentos especializados, por critérios de essencialidade, qualidade e eficácia comprovada. Sua utilização deve ser
obrigatória nos serviços de saúde, especialmente pelos prescritores. Deve ser revisada periodicamente e amplamente divulgada a
todos os profissionais de saúde.

( ) Dispensação é o ato farmacêutico de proporcionar um ou mais medicamentos a um paciente, geralmente como resposta a
apresentação de uma receita elaborada por um profissional autorizado.

( ) O processo de programação da aquisição de medicamentos é uma atividade que só pode ser exercida pelo farmacêutico sendo
similar ao processo de dispensação.

( ) Para implementação da Assistência Farmacêutica é fundamental a participação de dois profissionais, o Assistente Social e o
Farmacêutico, que devem trabalhar em conjunto.

V, V, V, F, F
F, F, F, V, V
V, F, V, F, V
F, V, F, F, V
V, F, V, V, F
Respondido em 10/10/2019 13:36:49

Explicação:

As duas últimas são falsas, aquisição de medicamento não é o mesmo que dispensação e na assistência farmacêutica não há a
participação de assistentes sociais.

3a Questão

De acordo com a Resolução número 338, de 6 de maio de 2004, do Conselho Nacional de Saúde, que aprovou a Política Nacional de
Assistência Farmacêutica, Assistência Farmacêutica (AF) é o conjunto de ações voltadas à promoção, proteção e recuperação da
saúde, tanto individual como coletiva, tendo o medicamento como insumo essencial e visando ao acesso e ao seu uso racional. Qual
das atividades a seguir não está inclusa no conjunto de atividades do ciclo de assistência farmacêutica previsto no PNAF?

Prescrição
Armazenamento
Programação
Seleção de medicamentos
Aquisição
Respondido em 10/10/2019 13:39:19

4a Questão

Produzido após a expiração ou renúncia da proteção patentária, o medicamento similar a um produto de referência ou inovados, que
se pretende ser com este intercambiável, com comprovação de sua eficácia, segurança e finalidade é denominado.

De referência
Alopático
Genérico
nenhuma das alternativas acima
Homeopático
Respondido em 10/10/2019 13:39:52

5a Questão

Considerando o conceito assistência farmacêutica definido pela Política Nacional de Assistência Farmacêutica, assinale a alternativa
incorreta:

Tem o farmacêutico como um dos possíveis gestores, mas se caracteriza por uma atividade multiprofissional e que pode
envolver diferentes gestores.
Envolve ações gerenciais e assistenciais
É um campo multidisciplinar, interdisciplinar e intersetorial
É uma atividade privativa do farmacêutico
É um conjunto de ações que tem o medicamento como insumo essencial e visa o seu acesso e uso racional
Respondido em 10/10/2019 13:40:32

6a Questão

Analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa CORRETA:

A seleção de medicamentos traz vantagens administrativas diretamente relacionadas ao processo assistencial, reduzindo
custos e melhorando a qualidade da farmacoterapia, em relação a seleção de medicamentos pode-se afirmar: simplifica
rotinas de aquisição, armazenamento, dispensação e controle de medicamentos; garante a segurança na prescrição e
administração do medicamento, reduzindo a incidência de efeitos indesejados aos medicamentos; disponibiliza uma ampla
variedade de fórmulas e formas farmacêuticas, facilitando a prescrição de medicamentos; além de uniformiza a terapêutica,
quando possível, e facilitar a implantação de protocolos terapêuticos ou farmacoterapêuticos.
A seleção de medicamentos é a base estrutural da Assistência Farmacêutica. A qualidade das demais atividades depende,
em muito, dos critérios adotados durante essa etapa. Desta forma, devem ser considerados, levando-se em conta a
importância para o uso racional de medicamentos, os critérios de evidências de eficácia consistentes, menor toxicidade
relativa, menor comodidade posológica, facilidade de estocagem e maior custo total do tratamento.
O armazenamento de medicamentos é o conjunto de procedimentos técnicos e administrativos que tem por finalidade
assegurar as condições adequadas de conservação dos produtos. Sobre o armazenamento de medicamentos, pode-se
afirmar que os produtos devem ser armazenados em prateleiras ou suporte equivalente, encostados no piso, parede e teto a
fim de permitir maior aproveitamento de espaço; já os produtos violados, vencidos sob suspeita de falsificação, corrupção,
adulteração ou alteração devem ser segregados em ambiente seguro e diverso da área de dispensação e identificados
quanto a sua condição e destino, de modo a evitar sua entrega ao consumo.
Com relação atenção farmacêutica e promoção do uso racional de medicamentos pode-se afirmar que a utilização de
medicamentos é um processo complexo com múltiplos determinantes e envolve diferentes atores. As diretrizes
farmacoterápicas adequadas para a condição clínica do indivíduo são elementos não essenciais para a determinação do
emprego dos medicamentos. Entretanto, é importante ressaltar que a prescrição e o uso de medicamentos são influenciados
por fatores de natureza cultural, social, econômica e política.
A organização da Assistência Farmacêutica, fundamentada no enfoque sistêmico, caracteriza- se por ações articuladas e
sincronizadas entre as diversas partes que compõem o sistema, que influenciam e são influenciadas umas pelas outras. As
atividades do ciclo da Assistência Farmacêutica ocorrem numa seqüência ordenada. A execução de uma atividade de forma
imprópria prejudica todas as outras, comprometendo seus objetivos e resultados. Como conseqüência, os serviços não serão
prestados adequadamente, acarretando insatisfação dos usuários e, apesar dos esforços despendidos, evidenciam uma má
gestão. Basicamente, as gerências/coordenações têm a responsabilidade de coordenar as atividades do ciclo da Assistência
Farmacêutica, que abrange seleção de medicamentos; programação de medicamentos; aquisição de medicamentos;
armazenamento de medicamentos; distribuição de medicamentos; dispensação de medicamentos.
Respondido em 10/10/2019 13:41:56

7a Questão

A política Nacional da Assistência Farmacêutica foi um grande marco na profissão farmacêutica, como é definida a assistência
Farmacêutica segundo a política?

É o conjunto de ações voltadas à promoção, proteção e recuperação da saúde, tanto individual como coletiva, tendo o
medicamento como insumo essencial e visando ao acesso e ao seu uso racional. Este conjunto envolve a pesquisa, o
desenvolvimento e a produção de medicamentos e insumos, bem como a sua seleção, programação, aquisição, distribuição,
dispensação, garantia da qualidade dos produtos e serviços, acompanhamento e avaliação de sua utilização, para a melhoria
da qualidade de vida da população.
É o conjunto de ações voltadas somente na prevenção de doenças, tanto individual como coletiva, tendo o medicamento
como insumo essencial e visando ao acesso e ao seu uso racional. Este conjunto envolve a pesquisa, o desenvolvimento e a
produção de medicamentos e insumos, bem como a sua seleção, programação, aquisição, distribuição, dispensação,
garantia da qualidade dos produtos e serviços, acompanhamento e avaliação de sua utilização, para a melhoria da qualidade
de vida da população.
É o conjunto de ações voltadas à promoção do paciente, tanto individual como coletiva, tendo o medicamento como insumo
não essencial e visando ao acesso e ao seu uso racional. Este conjunto envolve a pesquisa, o desenvolvimento e a produção
de medicamentos e insumos, bem como a sua seleção, programação, aquisição, distribuição, dispensação, garantia da
qualidade dos produtos e serviços, acompanhamento e avaliação de sua utilização, para a melhoria da qualidade de vida da
população.
É o conjunto de ações voltadas à promoção, proteção e recuperação da saúde, tanto individual como coletiva, tendo o
medicamento como insumo essencial e visando ao acesso e ao seu uso racional. Este conjunto envolve somente a pesquisa
e a garantia da qualidade dos produtos.
É o conjunto de ações voltadas à promoção, proteção e recuperação da saúde, tanto individual como coletiva, tendo o
medicamento como insumo secundário e visando ao acesso e ao seu uso irracional. Este conjunto envolve a pesquisa, o
desenvolvimento e a produção de medicamentos e insumos, bem como a sua seleção, programação, aquisição, distribuição,
dispensação, garantia da qualidade dos produtos e serviços, acompanhamento e avaliação de sua utilização, para a melhoria
da qualidade de vida da população.
Respondido em 10/10/2019 13:44:40

Explicação: É o conjunto de ações voltadas à promoção, proteção e recuperação da saúde, tanto individual como coletiva, tendo o
medicamento como insumo essencial e visando ao acesso e ao seu uso racional. Este conjunto envolve a pesquisa, o
desenvolvimento e a produção de medicamentos e insumos, bem como a sua seleção, programação, aquisição, distribuição,
dispensação, garantia da qualidade dos produtos e serviços, acompanhamento e avaliação de sua utilização, para a melhoria da
qualidade de vida da população.

8a Questão

Qual a legislação que define medicamentos genéricos:

nenhuma das alternativas acima


Portaria nº 1,376 de 1993
Portaria nº 344 de 1998
Lei nº 272 de 1998
Lei nº 9787 de 1999
1a Questão

Qual a finalidade da Política Nacional de Assistência Farmacêutica?

nenhuma das alternativas acima


Contribuir na melhoria da qualidade de vida da população, integrando ações de promoção, prevenção, recuperação e
reabilitação da saúde.
Contribuir na melhoria da qualidade de vida da população, integrando somente ações de promoção.
Contribuir na melhoria da qualidade de vida da população, integrando somente ações de recuperação e reabilitação da
saúde.
Contribuir na melhoria da qualidade de vida da população, integrando somente ações reabilitação da saúde.
Respondido em 10/10/2019 13:45:20

2a Questão

Analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa CORRETA:

O uso racional de medicamentos é atribuição da equipe multidisciplinar, porém o profissional farmacêutico, assume a maior
responsabilidade do processo, pois é dele o entendimento das diversas dimensões que os medicamentos assumem na
sociedade atual e cabe a este profissional a responsabilidade única de impedir que o erro de medicação acometa o paciente
no ato da dispensação.
A atuação do farmacêutico deve contribuir para aumentar a qualidade da Assistência Farmacêutica e a resolubilidade das
ações de saúde. Para que isto ocorra é fundamental que este profissional desenvolva todas as ações da Assistência
Farmacêutica, pois estas jamais poderão ser delegadas a outros profissionais de saúde.
Problemas Relacionados a Medicamentos (PRM) são problemas de saúde vinculados somente ao resultado negativo da
terapêutica farmacológica do paciente e que interferem ou podem interferir nas respostas de saúde esperadas.
A Assistência Farmacêutica deve ser entendida como uma política publica norteadora para a formulação de políticas
setoriais, tendo como alguns dos seus eixos estratégicos a manutenção, a qualificação dos serviços de Assistência
Farmacêutica na rede publica de saúde e a qualificação de recursos humanos, bem como a centralização de suas ações.
A Política Nacional de Medicamentos, regulamentada através da Portaria no 3916/98, definiu a dispensação como uma
atividade de assistência, privativa do farmacêutico, definindo como o ato profissional farmacêutico de proporcionar um ou
mais medicamentos a um paciente, geralmente, como resposta a apresentação de uma receita elaborada por um
profissional autorizado. Neste ato o farmacêutico informa e orienta o paciente sobre o uso adequado do medicamento. São
elementos importantes da orientação, entre outros, a ênfase no cumprimento da dosagem, a influencia dos alimentos, a
interação com outros medicamentos, o reconhecimento de reações adversas potenciais e as condições de conservação dos
produtos.
Respondido em 10/10/2019 13:46:22

3a Questão

De acordo com a Resolução número 338, de 6 de maio de 2004, do Conselho Nacional de Saúde, que aprovou a Política Nacional de
Assistência Farmacêutica, Assistência Farmacêutica que não tinha por função e atividade:

Distribuir e dispensar medicamentos.


Garantir condições adequadas para o armazenamento de medicamentos.
Gerenciar o processo de aquisição de medicamentos.
Não manter cadastro atualizado dos usuários, unidades e profissionais de saúde.
Gestão de estoques.
Respondido em 10/10/2019 13:50:15

4a Questão

Equivalência farmacêutica entre produtos sob a mesma forma farmacêutica contém idêntica composição qualitativa e quantitativa de
princípio ativo, e que tenham comparável biodisponibilidade, quando estudados sob um mesmo desenho experimental, defina o
conceito segundo a Lei 9787 de 1999.

nenhuma das alternativas acima


Similaridade
Bioequivalência
Farmacocinética
Farmacovigilância
Respondido em 10/10/2019 13:52:31
5a Questão

Você é o farmacêutico responsável pela farmácia da unidade de saúde do seu município e em determinado momento é indagado
sobre as diretrizes éticas do SUS, que são:

Universalidade, equidade e descentralização;


Universalidade, equidade e regionalização;
Universalidade, descentralização e integralidade;
Universalidade, regionalização e descentralização;
Universalidade, equidade e integralidade;
Respondido em 10/10/2019 13:52:55

6a Questão

A política Nacional da Assistência Farmacêutica foi um grande marco na profissão farmacêutica, como é definida a assistência
Farmacêutica segundo a política?

É o conjunto de ações voltadas à promoção do paciente, tanto individual como coletiva, tendo o medicamento como insumo
não essencial e visando ao acesso e ao seu uso racional. Este conjunto envolve a pesquisa, o desenvolvimento e a produção
de medicamentos e insumos, bem como a sua seleção, programação, aquisição, distribuição, dispensação, garantia da
qualidade dos produtos e serviços, acompanhamento e avaliação de sua utilização, para a melhoria da qualidade de vida da
população.
É o conjunto de ações voltadas à promoção, proteção e recuperação da saúde, tanto individual como coletiva, tendo o
medicamento como insumo essencial e visando ao acesso e ao seu uso racional. Este conjunto envolve a pesquisa, o
desenvolvimento e a produção de medicamentos e insumos, bem como a sua seleção, programação, aquisição, distribuição,
dispensação, garantia da qualidade dos produtos e serviços, acompanhamento e avaliação de sua utilização, para a melhoria
da qualidade de vida da população.
É o conjunto de ações voltadas à promoção, proteção e recuperação da saúde, tanto individual como coletiva, tendo o
medicamento como insumo essencial e visando ao acesso e ao seu uso racional. Este conjunto envolve somente a pesquisa
e a garantia da qualidade dos produtos.
É o conjunto de ações voltadas à promoção, proteção e recuperação da saúde, tanto individual como coletiva, tendo o
medicamento como insumo secundário e visando ao acesso e ao seu uso irracional. Este conjunto envolve a pesquisa, o
desenvolvimento e a produção de medicamentos e insumos, bem como a sua seleção, programação, aquisição, distribuição,
dispensação, garantia da qualidade dos produtos e serviços, acompanhamento e avaliação de sua utilização, para a melhoria
da qualidade de vida da população.
É o conjunto de ações voltadas somente na prevenção de doenças, tanto individual como coletiva, tendo o medicamento
como insumo essencial e visando ao acesso e ao seu uso racional. Este conjunto envolve a pesquisa, o desenvolvimento e a
produção de medicamentos e insumos, bem como a sua seleção, programação, aquisição, distribuição, dispensação,
garantia da qualidade dos produtos e serviços, acompanhamento e avaliação de sua utilização, para a melhoria da qualidade
de vida da população.
Respondido em 10/10/2019 13:53:43

Explicação: É o conjunto de ações voltadas à promoção, proteção e recuperação da saúde, tanto individual como coletiva, tendo o
medicamento como insumo essencial e visando ao acesso e ao seu uso racional. Este conjunto envolve a pesquisa, o
desenvolvimento e a produção de medicamentos e insumos, bem como a sua seleção, programação, aquisição, distribuição,
dispensação, garantia da qualidade dos produtos e serviços, acompanhamento e avaliação de sua utilização, para a melhoria da
qualidade de vida da população.

7a Questão

Qual a legislação que define medicamentos genéricos:

nenhuma das alternativas acima


Lei nº 9787 de 1999
Portaria nº 344 de 1998
Portaria nº 1,376 de 1993
Lei nº 272 de 1998
Respondido em 10/10/2019 13:54:01
8a Questão

Analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa CORRETA:

Com relação atenção farmacêutica e promoção do uso racional de medicamentos pode-se afirmar que a utilização de
medicamentos é um processo complexo com múltiplos determinantes e envolve diferentes atores. As diretrizes
farmacoterápicas adequadas para a condição clínica do indivíduo são elementos não essenciais para a determinação do
emprego dos medicamentos. Entretanto, é importante ressaltar que a prescrição e o uso de medicamentos são influenciados
por fatores de natureza cultural, social, econômica e política.
A seleção de medicamentos traz vantagens administrativas diretamente relacionadas ao processo assistencial, reduzindo
custos e melhorando a qualidade da farmacoterapia, em relação a seleção de medicamentos pode-se afirmar: simplifica
rotinas de aquisição, armazenamento, dispensação e controle de medicamentos; garante a segurança na prescrição e
administração do medicamento, reduzindo a incidência de efeitos indesejados aos medicamentos; disponibiliza uma ampla
variedade de fórmulas e formas farmacêuticas, facilitando a prescrição de medicamentos; além de uniformiza a terapêutica,
quando possível, e facilitar a implantação de protocolos terapêuticos ou farmacoterapêuticos.
A organização da Assistência Farmacêutica, fundamentada no enfoque sistêmico, caracteriza- se por ações articuladas e
sincronizadas entre as diversas partes que compõem o sistema, que influenciam e são influenciadas umas pelas outras. As
atividades do ciclo da Assistência Farmacêutica ocorrem numa seqüência ordenada. A execução de uma atividade de forma
imprópria prejudica todas as outras, comprometendo seus objetivos e resultados. Como conseqüência, os serviços não serão
prestados adequadamente, acarretando insatisfação dos usuários e, apesar dos esforços despendidos, evidenciam uma má
gestão. Basicamente, as gerências/coordenações têm a responsabilidade de coordenar as atividades do ciclo da Assistência
Farmacêutica, que abrange seleção de medicamentos; programação de medicamentos; aquisição de medicamentos;
armazenamento de medicamentos; distribuição de medicamentos; dispensação de medicamentos.
A seleção de medicamentos é a base estrutural da Assistência Farmacêutica. A qualidade das demais atividades depende,
em muito, dos critérios adotados durante essa etapa. Desta forma, devem ser considerados, levando-se em conta a
importância para o uso racional de medicamentos, os critérios de evidências de eficácia consistentes, menor toxicidade
relativa, menor comodidade posológica, facilidade de estocagem e maior custo total do tratamento.
O armazenamento de medicamentos é o conjunto de procedimentos técnicos e administrativos que tem por finalidade
assegurar as condições adequadas de conservação dos produtos. Sobre o armazenamento de medicamentos, pode-se
afirmar que os produtos devem ser armazenados em prateleiras ou suporte equivalente, encostados no piso, parede e teto a
fim de permitir maior aproveitamento de espaço; já os produtos violados, vencidos sob suspeita de falsificação, corrupção,
adulteração ou alteração devem ser segregados em ambiente seguro e diverso da área de dispensação e identificados
quanto a sua condição e destino, de modo a evitar sua entrega ao consumo.
1a Questão

Para cumprir com o objetivo de ofertar os medicamentos necessários à população e garantir seu uso adequado, o serviço de
assistência farmacêutica cumpre uma série de etapas organizadas em um ciclo. Assinale a alternativa que não apresenta uma dessas
etapas.

Programação.
Armazenamento.
Validação.

Distribuição .
Seleção.
Respondido em 10/10/2019 13:55:35

Explicação:

Validação não é uma etapa do ciclo da assistência farmacêutica.

2a Questão

Assinale V (VERDADEIRO) e F (FALSO) e posteriormente a alternativa que determina a seqüência CORRETA.

( ) Dentro da racionalidade do Armazenamento dos estoques é preciso considerar o aproveitamento de espaço, considerar a
facilidade de transporte alem de considerar a proximidade das áreas de produção e consumo.

( ) A seleção tem o objetivo de proporcionar ganhos terapêuticos e econômicos. Deve definir, estabelecer e consensuar uma relação
de medicamentos essenciais, escolhidos de acordo com o perfil epidemiológico da população local (enfermidades prevalentes), para
atender às reais necessidades da população. A seleção de medicamentos deve ser feita por uma comissão de profissionais de saúde,
com conhecimentos especializados, por critérios de essencialidade, qualidade e eficácia comprovada. Sua utilização deve ser
obrigatória nos serviços de saúde, especialmente pelos prescritores. Deve ser revisada periodicamente e amplamente divulgada a
todos os profissionais de saúde.

( ) Dispensação é o ato farmacêutico de proporcionar um ou mais medicamentos a um paciente, geralmente como resposta a
apresentação de uma receita elaborada por um profissional autorizado.

( ) O processo de programação da aquisição de medicamentos é uma atividade que só pode ser exercida pelo farmacêutico sendo
similar ao processo de dispensação.

( ) Para implementação da Assistência Farmacêutica é fundamental a participação de dois profissionais, o Assistente Social e o
Farmacêutico, que devem trabalhar em conjunto.

F, V, F, F, V
V, F, V, V, F
V, V, V, F, F
V, F, V, F, V
F, F, F, V, V
Respondido em 10/10/2019 13:55:57

Explicação:

As duas últimas são falsas, aquisição de medicamento não é o mesmo que dispensação e na assistência farmacêutica não há a
participação de assistentes sociais.

3a Questão

De acordo com a Resolução número 338, de 6 de maio de 2004, do Conselho Nacional de Saúde, que aprovou a Política Nacional de
Assistência Farmacêutica, Assistência Farmacêutica (AF) é o conjunto de ações voltadas à promoção, proteção e recuperação da
saúde, tanto individual como coletiva, tendo o medicamento como insumo essencial e visando ao acesso e ao seu uso racional. Qual
das atividades a seguir não está inclusa no conjunto de atividades do ciclo de assistência farmacêutica previsto no PNAF?

Seleção de medicamentos
Prescrição
Armazenamento
Programação
Aquisição
Respondido em 10/10/2019 13:56:30
4a Questão

Produzido após a expiração ou renúncia da proteção patentária, o medicamento similar a um produto de referência ou inovados, que
se pretende ser com este intercambiável, com comprovação de sua eficácia, segurança e finalidade é denominado.

Genérico
De referência
nenhuma das alternativas acima
Alopático
Homeopático
Respondido em 10/10/2019 13:56:56

5a Questão

Considerando o conceito assistência farmacêutica definido pela Política Nacional de Assistência Farmacêutica, assinale a alternativa
incorreta:

Envolve ações gerenciais e assistenciais


É uma atividade privativa do farmacêutico
É um conjunto de ações que tem o medicamento como insumo essencial e visa o seu acesso e uso racional
É um campo multidisciplinar, interdisciplinar e intersetorial
Tem o farmacêutico como um dos possíveis gestores, mas se caracteriza por uma atividade multiprofissional e que pode
envolver diferentes gestores.
Respondido em 10/10/2019 13:57:08

6a Questão

Analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa CORRETA:

O armazenamento de medicamentos é o conjunto de procedimentos técnicos e administrativos que tem por finalidade
assegurar as condições adequadas de conservação dos produtos. Sobre o armazenamento de medicamentos, pode-se
afirmar que os produtos devem ser armazenados em prateleiras ou suporte equivalente, encostados no piso, parede e teto a
fim de permitir maior aproveitamento de espaço; já os produtos violados, vencidos sob suspeita de falsificação, corrupção,
adulteração ou alteração devem ser segregados em ambiente seguro e diverso da área de dispensação e identificados
quanto a sua condição e destino, de modo a evitar sua entrega ao consumo.
A seleção de medicamentos é a base estrutural da Assistência Farmacêutica. A qualidade das demais atividades depende,
em muito, dos critérios adotados durante essa etapa. Desta forma, devem ser considerados, levando-se em conta a
importância para o uso racional de medicamentos, os critérios de evidências de eficácia consistentes, menor toxicidade
relativa, menor comodidade posológica, facilidade de estocagem e maior custo total do tratamento.
A organização da Assistência Farmacêutica, fundamentada no enfoque sistêmico, caracteriza- se por ações articuladas e
sincronizadas entre as diversas partes que compõem o sistema, que influenciam e são influenciadas umas pelas outras. As
atividades do ciclo da Assistência Farmacêutica ocorrem numa seqüência ordenada. A execução de uma atividade de forma
imprópria prejudica todas as outras, comprometendo seus objetivos e resultados. Como conseqüência, os serviços não serão
prestados adequadamente, acarretando insatisfação dos usuários e, apesar dos esforços despendidos, evidenciam uma má
gestão. Basicamente, as gerências/coordenações têm a responsabilidade de coordenar as atividades do ciclo da Assistência
Farmacêutica, que abrange seleção de medicamentos; programação de medicamentos; aquisição de medicamentos;
armazenamento de medicamentos; distribuição de medicamentos; dispensação de medicamentos.
A seleção de medicamentos traz vantagens administrativas diretamente relacionadas ao processo assistencial, reduzindo
custos e melhorando a qualidade da farmacoterapia, em relação a seleção de medicamentos pode-se afirmar: simplifica
rotinas de aquisição, armazenamento, dispensação e controle de medicamentos; garante a segurança na prescrição e
administração do medicamento, reduzindo a incidência de efeitos indesejados aos medicamentos; disponibiliza uma ampla
variedade de fórmulas e formas farmacêuticas, facilitando a prescrição de medicamentos; além de uniformiza a terapêutica,
quando possível, e facilitar a implantação de protocolos terapêuticos ou farmacoterapêuticos.
Com relação atenção farmacêutica e promoção do uso racional de medicamentos pode-se afirmar que a utilização de
medicamentos é um processo complexo com múltiplos determinantes e envolve diferentes atores. As diretrizes
farmacoterápicas adequadas para a condição clínica do indivíduo são elementos não essenciais para a determinação do
emprego dos medicamentos. Entretanto, é importante ressaltar que a prescrição e o uso de medicamentos são influenciados
por fatores de natureza cultural, social, econômica e política.
Respondido em 10/10/2019 13:57:17

7a Questão
A política Nacional da Assistência Farmacêutica foi um grande marco na profissão farmacêutica, como é definida a assistência
Farmacêutica segundo a política?

É o conjunto de ações voltadas à promoção, proteção e recuperação da saúde, tanto individual como coletiva, tendo o
medicamento como insumo essencial e visando ao acesso e ao seu uso racional. Este conjunto envolve a pesquisa, o
desenvolvimento e a produção de medicamentos e insumos, bem como a sua seleção, programação, aquisição, distribuição,
dispensação, garantia da qualidade dos produtos e serviços, acompanhamento e avaliação de sua utilização, para a melhoria
da qualidade de vida da população.
É o conjunto de ações voltadas somente na prevenção de doenças, tanto individual como coletiva, tendo o medicamento
como insumo essencial e visando ao acesso e ao seu uso racional. Este conjunto envolve a pesquisa, o desenvolvimento e a
produção de medicamentos e insumos, bem como a sua seleção, programação, aquisição, distribuição, dispensação,
garantia da qualidade dos produtos e serviços, acompanhamento e avaliação de sua utilização, para a melhoria da qualidade
de vida da população.
É o conjunto de ações voltadas à promoção, proteção e recuperação da saúde, tanto individual como coletiva, tendo o
medicamento como insumo secundário e visando ao acesso e ao seu uso irracional. Este conjunto envolve a pesquisa, o
desenvolvimento e a produção de medicamentos e insumos, bem como a sua seleção, programação, aquisição, distribuição,
dispensação, garantia da qualidade dos produtos e serviços, acompanhamento e avaliação de sua utilização, para a melhoria
da qualidade de vida da população.
É o conjunto de ações voltadas à promoção do paciente, tanto individual como coletiva, tendo o medicamento como insumo
não essencial e visando ao acesso e ao seu uso racional. Este conjunto envolve a pesquisa, o desenvolvimento e a produção
de medicamentos e insumos, bem como a sua seleção, programação, aquisição, distribuição, dispensação, garantia da
qualidade dos produtos e serviços, acompanhamento e avaliação de sua utilização, para a melhoria da qualidade de vida da
população.
É o conjunto de ações voltadas à promoção, proteção e recuperação da saúde, tanto individual como coletiva, tendo o
medicamento como insumo essencial e visando ao acesso e ao seu uso racional. Este conjunto envolve somente a pesquisa
e a garantia da qualidade dos produtos.
Respondido em 10/10/2019 13:57:46

Explicação: É o conjunto de ações voltadas à promoção, proteção e recuperação da saúde, tanto individual como coletiva, tendo o
medicamento como insumo essencial e visando ao acesso e ao seu uso racional. Este conjunto envolve a pesquisa, o
desenvolvimento e a produção de medicamentos e insumos, bem como a sua seleção, programação, aquisição, distribuição,
dispensação, garantia da qualidade dos produtos e serviços, acompanhamento e avaliação de sua utilização, para a melhoria da
qualidade de vida da população.

8a Questão

Qual a legislação que define medicamentos genéricos:

Portaria nº 1,376 de 1993


Lei nº 272 de 1998
Portaria nº 344 de 1998
Lei nº 9787 de 1999
nenhuma das alternativas acima
INTRODUÇÃO À ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA
Lupa
7a aula
Vídeo PPT MP3

Exercício: SDE4546_EX_A7_201908642211_V1 10/10/2019

Aluno(a): ALINE NUNES TEIXEIRA 2019.2 - F

Disciplina: SDE4546 - INTRODUÇÃO À ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA 201908642211

1a Questão

O processo de desenvolvimento de novos medicamentos ocorre através de várias etapas que seguem uma determinada
seqüência:

Testes pré-clínicos, testes clínicos, registro e síntese e purificação.


Testes clínicos, testes pré-clínicos, registro e síntese e purificação.
Experimentos em seres humanos, Síntese e purificação, testes pré-clínicos, testes clínicos e registro.
Síntese e purificação, testes pré-clínicos, testes clínicos e registro.
Síntese e purificação, testes clínicos, testes pré-clínicos, e registro.
Respondido em 10/10/2019 14:37:51

Explicação:

A etapa de Síntese e purificação é sempre a primeira pois representa a atividade aplicada a uma nova substancia
candidata a um medicamento. Seguida ocorre as etapas de Testes pré-clínicos e clínicos, que envolvem técnicas
laboratoriais de experimentação em animais. E finalmente ocorre o registro do medicamento.

2a Questão

Assinale a afirmativa correta:

todas as alternativas estão incorretas


Segundo a Organização Mundial da Saúde, a farmacovigilância é a ciência e atividades relativas à identificação, avaliação,
compreensão e prevenção de efeitos adversos ou qualquer problema possível relacionado com fármacos.
É necessário que o campo de atividade da farmacovigilância se expanda e evolua, pois ainda não incluem as plantas
medicinais, produtos derivados do sangue e vacinas.
No Brasil ainda não existem pressupostos legais referentes à farmacovigilância, incluindo-a nas atribuições da Vigilância
Sanitária e nas competências do Sistema Único de Saúde (SUS).
A farmacovigilância tem a finalidade de identificar os riscos relacionados aos problemas que envolvem os produtos
farmacológicos no mercado, não se preocupando com a perda da eficácia e com o uso indevido ou abuso de medicamentos.
Respondido em 10/10/2019 14:38:37

3a Questão

Ensaio Clínico, sob a ótica da epidemiologia, é um estudo experimental e prospectivo. O ensaio clínico de fase II é caracterizado por:

estudo de farmacocinética e farmacodinâmica do medicamento.


reações adversas e interações clínicas relevantes.
comparação do fármaco pesquisado x placebo.
administração e monitorização do fármaco em prevalência da doença.
Respondido em 10/10/2019 14:40:01

4a Questão
No Brasil, foi criada uma rede de Hospitais que acompanha a eficácia e a segurança de medicamentos e Insumos de
saúde. Qual a opção que representa a referida rede?

Hospitais parceria público-privada


Hospitais guardiões
Hospitais Soroterápico Federal
Hospitais da farmacovigilância
Hospitais Sentinelas
Respondido em 10/10/2019 14:40:22

Explicação:

As Redes de Hospitais Soroterápico Federal, parceria público-privada e guardiões não foram criados. A
farmacovigilância é caracterizada por atividades que devem ocorrer em todas as fases de desenvolviment0o de um
medicamento.

5a Questão

Sobre as fases da pesquisa clínica assinale a alternativa correta.

Na fase I são feitos testes em animais.


Na fase II os medicamentos são testados em pacientes voluntários sadios.
Na fase III os ensaios das etapas anteriores são realizados em grande amostra de pacientes.
Na fase V o medicamento já está no mercado.
O registro do medicamento precisa ser realizado durante a fase II.
Respondido em 10/10/2019 14:40:49

Explicação:

A alternativa apresenta corretamente a definição de fase III, na qual os testes são feitos com maiores amostras de pacientes.

6a Questão

Assinale a alternativa que ordena a numeração corretamente. 1 - Fase 1 2 - Fase 2 3 - Fase 3 4 - Fase 4 (Farmacovigilância) ( ) Tem
como objetivo avaliar a efetividade em curto prazo e com número menor de pacientes. ( ) São estudos pós-comercialização, com
base no registro; (normalmente sob chancela de órgão regulador ou indústria). ( ) Tem como objetivo a avaliação preliminar sobre
segurança (não eficácia) com voluntários. ( ) Tem como objetivo estabelecer efetividade com número maior de pacientes e de
preferência em estudos de duplo-cego.

3, 4, 1, 2
2, 4, 1, 3
2, 1, 4, 3
1, 2, 3, 4
Respondido em 10/10/2019 14:43:17

7a Questão

A indústria farmacêutica é considerada o setor que mais investe em inovação, assim foi criado uma parceria, que
representa uma estratégia significativa e importante para os medicamentos destinados a tratamento das doenças
negligenciadas, pois o interesse para a obtenção de novos produtos nessa área é primordialmente do governo. Qual a
opção que apresenta esta parceria?

Parceria da Saúde e das Secretarias Estaduais e Municipais


Parceria Nacional da Previdência Médica
Parceria Governo-Estado
Parceria Ministérios da Educação e Saúde
Parceria Público-privada
Respondido em 10/10/2019 14:44:17

Explicação:

As Parcerias Ministérios da Educação e Saúde, Nacional da Previdência Médica, Governo-Estado, da Saúde e das
Secretarias Estaduais e Municipais não foram criados.

8a Questão

"Autorização concedida por uma autoridade judicial ou administrativa para a utilização por terceiros, de uma invenção patenteada,
sem o consentimento do titular da patente", também reconhecida como uma importante estratégia para a garantia do acesso a
medicamentos. Sobre que conceito relacionado a patente de medicamentos estamos falando?

Direito de propriedade intelectual


Tratados de livre comércio
Registro de medicamentos
Licenciamento compulsório
Acordo TRIPS
1a Questão

"Autorização concedida por uma autoridade judicial ou administrativa para a utilização por terceiros, de uma invenção patenteada,
sem o consentimento do titular da patente", também reconhecida como uma importante estratégia para a garantia do acesso a
medicamentos. Sobre que conceito relacionado a patente de medicamentos estamos falando?

Direito de propriedade intelectual


Licenciamento compulsório
Acordo TRIPS
Registro de medicamentos
Tratados de livre comércio
Respondido em 10/10/2019 14:45:07

2a Questão

Assinale a afirmativa correta:

É necessário que o campo de atividade da farmacovigilância se expanda e evolua, pois ainda não incluem as plantas
medicinais, produtos derivados do sangue e vacinas.
A farmacovigilância tem a finalidade de identificar os riscos relacionados aos problemas que envolvem os produtos
farmacológicos no mercado, não se preocupando com a perda da eficácia e com o uso indevido ou abuso de medicamentos.
Segundo a Organização Mundial da Saúde, a farmacovigilância é a ciência e atividades relativas à identificação, avaliação,
compreensão e prevenção de efeitos adversos ou qualquer problema possível relacionado com fármacos.
No Brasil ainda não existem pressupostos legais referentes à farmacovigilância, incluindo-a nas atribuições da Vigilância
Sanitária e nas competências do Sistema Único de Saúde (SUS).
todas as alternativas estão incorretas
Respondido em 10/10/2019 14:45:45

3a Questão

Ensaio Clínico, sob a ótica da epidemiologia, é um estudo experimental e prospectivo. O ensaio clínico de fase II é caracterizado por:

estudo de farmacocinética e farmacodinâmica do medicamento.


administração e monitorização do fármaco em prevalência da doença.
reações adversas e interações clínicas relevantes.
comparação do fármaco pesquisado x placebo.
Respondido em 10/10/2019 14:46:07

4a Questão

No Brasil, foi criada uma rede de Hospitais que acompanha a eficácia e a segurança de medicamentos e Insumos de
saúde. Qual a opção que representa a referida rede?

Hospitais parceria público-privada


Hospitais Soroterápico Federal
Hospitais guardiões
Hospitais da farmacovigilância
Hospitais Sentinelas
Respondido em 10/10/2019 14:46:14

Explicação:

As Redes de Hospitais Soroterápico Federal, parceria público-privada e guardiões não foram criados. A
farmacovigilância é caracterizada por atividades que devem ocorrer em todas as fases de desenvolviment0o de um
medicamento.
5a Questão

Sobre as fases da pesquisa clínica assinale a alternativa correta.

Na fase I são feitos testes em animais.


O registro do medicamento precisa ser realizado durante a fase II.
Na fase III os ensaios das etapas anteriores são realizados em grande amostra de pacientes.
Na fase V o medicamento já está no mercado.
Na fase II os medicamentos são testados em pacientes voluntários sadios.
Respondido em 10/10/2019 14:46:34

Explicação:

A alternativa apresenta corretamente a definição de fase III, na qual os testes são feitos com maiores amostras de pacientes.

6a Questão

Assinale a alternativa que ordena a numeração corretamente. 1 - Fase 1 2 - Fase 2 3 - Fase 3 4 - Fase 4 (Farmacovigilância) ( ) Tem
como objetivo avaliar a efetividade em curto prazo e com número menor de pacientes. ( ) São estudos pós-comercialização, com
base no registro; (normalmente sob chancela de órgão regulador ou indústria). ( ) Tem como objetivo a avaliação preliminar sobre
segurança (não eficácia) com voluntários. ( ) Tem como objetivo estabelecer efetividade com número maior de pacientes e de
preferência em estudos de duplo-cego.

1, 2, 3, 4
2, 4, 1, 3
3, 4, 1, 2
2, 1, 4, 3
Respondido em 10/10/2019 14:46:47

7a Questão

A indústria farmacêutica é considerada o setor que mais investe em inovação, assim foi criado uma parceria, que
representa uma estratégia significativa e importante para os medicamentos destinados a tratamento das doenças
negligenciadas, pois o interesse para a obtenção de novos produtos nessa área é primordialmente do governo. Qual a
opção que apresenta esta parceria?

Parceria Público-privada
Parceria Nacional da Previdência Médica
Parceria Governo-Estado
Parceria da Saúde e das Secretarias Estaduais e Municipais
Parceria Ministérios da Educação e Saúde
Respondido em 10/10/2019 14:46:57

Explicação:

As Parcerias Ministérios da Educação e Saúde, Nacional da Previdência Médica, Governo-Estado, da Saúde e das
Secretarias Estaduais e Municipais não foram criados.

8a Questão

O processo de desenvolvimento de novos medicamentos ocorre através de várias etapas que seguem uma determinada
seqüência:

Testes pré-clínicos, testes clínicos, registro e síntese e purificação.


Síntese e purificação, testes pré-clínicos, testes clínicos e registro.
Testes clínicos, testes pré-clínicos, registro e síntese e purificação.
Experimentos em seres humanos, Síntese e purificação, testes pré-clínicos, testes clínicos e registro.
Síntese e purificação, testes clínicos, testes pré-clínicos, e registro.
Respondido em 10/10/2019 14:47:15

Explicação:

A etapa de Síntese e purificação é sempre a primeira pois representa a atividade aplicada a uma nova substancia
candidata a um medicamento. Seguida ocorre as etapas de Testes pré-clínicos e clínicos, que envolvem técnicas
laboratoriais de experimentação em animais. E finalmente ocorre o registro do medicamento.
1a Questão

"Autorização concedida por uma autoridade judicial ou administrativa para a utilização por terceiros, de uma invenção patenteada,
sem o consentimento do titular da patente", também reconhecida como uma importante estratégia para a garantia do acesso a
medicamentos. Sobre que conceito relacionado a patente de medicamentos estamos falando?

Licenciamento compulsório
Acordo TRIPS
Direito de propriedade intelectual
Registro de medicamentos
Tratados de livre comércio
Respondido em 10/10/2019 14:48:05

2a Questão

Assinale a afirmativa correta:

É necessário que o campo de atividade da farmacovigilância se expanda e evolua, pois ainda não incluem as plantas
medicinais, produtos derivados do sangue e vacinas.
Segundo a Organização Mundial da Saúde, a farmacovigilância é a ciência e atividades relativas à identificação, avaliação,
compreensão e prevenção de efeitos adversos ou qualquer problema possível relacionado com fármacos.
A farmacovigilância tem a finalidade de identificar os riscos relacionados aos problemas que envolvem os produtos
farmacológicos no mercado, não se preocupando com a perda da eficácia e com o uso indevido ou abuso de medicamentos.
todas as alternativas estão incorretas
No Brasil ainda não existem pressupostos legais referentes à farmacovigilância, incluindo-a nas atribuições da Vigilância
Sanitária e nas competências do Sistema Único de Saúde (SUS).
Respondido em 10/10/2019 14:48:15

3a Questão

Ensaio Clínico, sob a ótica da epidemiologia, é um estudo experimental e prospectivo. O ensaio clínico de fase II é caracterizado por:

estudo de farmacocinética e farmacodinâmica do medicamento.


reações adversas e interações clínicas relevantes.
comparação do fármaco pesquisado x placebo.
administração e monitorização do fármaco em prevalência da doença.
Respondido em 10/10/2019 14:48:38

4a Questão

No Brasil, foi criada uma rede de Hospitais que acompanha a eficácia e a segurança de medicamentos e Insumos de
saúde. Qual a opção que representa a referida rede?

Hospitais Sentinelas
Hospitais Soroterápico Federal
Hospitais guardiões
Hospitais da farmacovigilância
Hospitais parceria público-privada
Respondido em 10/10/2019 14:49:55

Explicação:

As Redes de Hospitais Soroterápico Federal, parceria público-privada e guardiões não foram criados. A
farmacovigilância é caracterizada por atividades que devem ocorrer em todas as fases de desenvolviment0o de um
medicamento.
5a Questão

Sobre as fases da pesquisa clínica assinale a alternativa correta.

Na fase I são feitos testes em animais.


Na fase V o medicamento já está no mercado.
Na fase II os medicamentos são testados em pacientes voluntários sadios.
Na fase III os ensaios das etapas anteriores são realizados em grande amostra de pacientes.
O registro do medicamento precisa ser realizado durante a fase II.
Respondido em 10/10/2019 14:50:05

Explicação:

A alternativa apresenta corretamente a definição de fase III, na qual os testes são feitos com maiores amostras de pacientes.

6a Questão

Assinale a alternativa que ordena a numeração corretamente. 1 - Fase 1 2 - Fase 2 3 - Fase 3 4 - Fase 4 (Farmacovigilância) ( ) Tem
como objetivo avaliar a efetividade em curto prazo e com número menor de pacientes. ( ) São estudos pós-comercialização, com
base no registro; (normalmente sob chancela de órgão regulador ou indústria). ( ) Tem como objetivo a avaliação preliminar sobre
segurança (não eficácia) com voluntários. ( ) Tem como objetivo estabelecer efetividade com número maior de pacientes e de
preferência em estudos de duplo-cego.

1, 2, 3, 4
2, 4, 1, 3
3, 4, 1, 2
2, 1, 4, 3
Respondido em 10/10/2019 14:50:34

7a Questão

A indústria farmacêutica é considerada o setor que mais investe em inovação, assim foi criado uma parceria, que
representa uma estratégia significativa e importante para os medicamentos destinados a tratamento das doenças
negligenciadas, pois o interesse para a obtenção de novos produtos nessa área é primordialmente do governo. Qual a
opção que apresenta esta parceria?

Parceria Público-privada
Parceria Governo-Estado
Parceria Ministérios da Educação e Saúde
Parceria da Saúde e das Secretarias Estaduais e Municipais
Parceria Nacional da Previdência Médica
Respondido em 10/10/2019 14:51:15

Explicação:

As Parcerias Ministérios da Educação e Saúde, Nacional da Previdência Médica, Governo-Estado, da Saúde e das
Secretarias Estaduais e Municipais não foram criados.

8a Questão

O processo de desenvolvimento de novos medicamentos ocorre através de várias etapas que seguem uma determinada
seqüência:

Testes pré-clínicos, testes clínicos, registro e síntese e purificação.


Experimentos em seres humanos, Síntese e purificação, testes pré-clínicos, testes clínicos e registro.
Síntese e purificação, testes clínicos, testes pré-clínicos, e registro.
Síntese e purificação, testes pré-clínicos, testes clínicos e registro.
Testes clínicos, testes pré-clínicos, registro e síntese e purificação.
Respondido em 10/10/2019 14:52:05

Explicação:

A etapa de Síntese e purificação é sempre a primeira pois representa a atividade aplicada a uma nova substancia
candidata a um medicamento. Seguida ocorre as etapas de Testes pré-clínicos e clínicos, que envolvem técnicas
laboratoriais de experimentação em animais. E finalmente ocorre o registro do medicamento.
INTRODUÇÃO À ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA
Lupa
8a aula
Vídeo PPT MP3

Exercício: SDE4546_EX_A8_201908642211_V1 10/10/2019

Aluno(a): ALINE NUNES TEIXEIRA 2019.2 - F

Disciplina: SDE4546 - INTRODUÇÃO À ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA 201908642211

1a Questão

A política de implantação de medicamentos genéricos teve como objetivo:

d) Nunca ofertar mais de uma alternativa dos medicamentos genéricos cuja compra foi solicitada.
a) Proporcionar medicamentos adequados e aumentos com gastos com a assistência farmacêutica.
e) Estimular a concorrência comercial, melhorar a qualidade dos medicamentos e facilitar o acesso da população ao
tratamento medicamentoso.
b) Proporcionar gastos elevados com assistência farmacêutica.
c) Proporcionar medicamentos inadequados e com gastos elevados com a assistência farmacêutica.
Respondido em 10/10/2019 16:26:59

Explicação:

Esses foram os objetivos da implantação dos genéricos.

2a Questão

Assinale abaixo a definição correta de medicamento similar:

Medicamento que utiliza denominação genérica, apresenta o mesmo fármaco, concentração, forma farmacêutica e via de
administração que o medicamento de referência ou de marca, mas não tem com ele, comprovada sua bioequivalência.
Podendo ser com ele intercambiável.
Produto diferente do de referência em quantidade de princípio ativo, concentração, forma farmacêutica, modo de
administração e qualidade, que não pretende ser com ele intercambiável. É geralmente produzido após expiração ou
renúncia da patente e de direitos de exclusividade, comprovando sua eficácia, segurança e qualidade através de testes de
biodisponibilidade e equivalência terapêutica.
Produto diferente do de referência em quantidade de princípio ativo, concentração, forma farmacêutica, modo de
administração e qualidade, que pretende ser com ele intercambiável. É geralmente produzido após expiração ou renúncia da
patente e de direitos de exclusividade, comprovando sua eficácia, segurança e qualidade através de testes de
biodisponibilidade e equivalência terapêutica.
Produto comercializado há bastante tempo no mercado, com o qual outros medicamentos pretendem ser intercambiáveis.
Para esses medicamentos, houve a necessidade de investimento em pesquisa e sua eficácia, segurança, qualidade e
biodisponibilidade, são comprovadas e reconhecidas pela autoridade sanitária nacional.
Medicamento que apresenta o mesmo fármaco, concentração, forma farmacêutica e via de administração que o
medicamento de referência ou de marca, mas não tem com ele, comprovada sua bioequivalência. Não podendo, por isso,
ser com ele intercambiável.
Respondido em 10/10/2019 16:28:43

Explicação:

Essa é a definição correta de medicamento similar.

3a Questão

Assinale a alternativa correta:

Biodisponibilidade é o estudo comparativo entre o medicamento de referência e o genérico correspondente.


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) é um órgão vinculado ao Ministério da Saúde, criado em janeiro de
2009, com o objetivo de proteger e promover a saúde, garantindo a segurança sanitária de produtos e serviços.
O medicamento genérico pode ser comparado e intercambiável aos medicamentos similares.
Os genéricos são medicamentos mais caros que os medicamentos de referência.
A Lei dos Medicamentos Genéricos (Lei nº 9.787, de 10 de fevereiro de 1999) representa uma ação governamental, cujos
objetivos são: facilitar o acesso aos medicamentos, reduzir o preços dos medicamentos, estimular a concorrência, melhorar
a qualidade dos medicamentos, entre outros.
Respondido em 10/10/2019 16:34:32

4a Questão

Quando um medicamento pode ser caracterizado genérico?

É bioequivalente e tem equivalência farmacêutica


Apresenta-se como similar
Apresenta-se como alternativa terapêutica.
Apresenta-se como alternativa farmacêutica
Apresenta equivalência química
Respondido em 10/10/2019 16:35:04

5a Questão

Para a dispensação de medicamentos genéricos, qual das questões a seguir é a correta?

Será permitida ao farmacêutico a substituição PR uma alternativa terapêutica


Será permitida, ao farmacêutico, a substituição por uma alternativa farmacêutica ou medicamento com equivalentes
químicos
Somente será permitida a dispensação do medicamento de referência ou de genérico correspondente
Somente é permitida a dispensação do medicamento genérico ou do medicamento com equivalentes químicos.
Somente será permitida a dispensação por uma alternativa terapêutica ou medicamento de referência.
Respondido em 10/10/2019 16:36:13

6a Questão

Medicamento Genérico, é todo:

Medicamento apresentando em sua composição ao menos um fármaco ativo que tenha sido objeto de patente
Medicamento idêntico a um produto de referência ou inovador.
Aquele que contém o mesmo ou os mesmos princípios ativos.
Medicamento diferente de um produto de referência ou inovador.
Medicamento inovador registrado no órgão federal responsável pela vigilância sanitária e comercializado no país.
Respondido em 10/10/2019 16:36:48

7a Questão

Equivalente terapêutico de um medicamento de referência, comprovados os mesmos efeitos de eficácia e segurança, é denominado:

Medicamento ético.
Remédio
Medicamento bioequivalente.
Produto farmacêutico intercambiável
Produto biodisponível
Respondido em 10/10/2019 16:38:14

Explicação:

A definição correta é a de produto farmacêutico intercambiável.


8a Questão

A Lei nº 9787 de 1999 é a responsável pela regulamentação dos genéricos, por isso é conhecida como Lei dos Genéricos. Segundo
essa legislação o que caracteriza os medicamentos similares?

b) Ser dispensado de registro na ANVISA


d) Ser identificado por nome comercial ou marca
e) Ser designado pela Denominação Comum Brasileira (DCB), ou Denominação Comum Internacional (DCI)
a) Ter obrigatoriamente teste de bioequivalência
c) Ter teste de bioequivalência e biodisponibilidade
1a Questão

Sobre o conceito de medicamentos genéricos assinale a alternativa correta.

O conceito é exatamento o mesmo de medicamento similar.


Os medicamentos genéricos, diferentemente dos produtos de referência, não precisam de registro sanitário.
Os medicamentos genéricos não fazem parte da política nacional de medicamentos.
Legalmente, o medicamento genérico é definido como um medicamento similar a um produto inovador ou de referência que
pretende ser intercambiável com este.
A política de genéricos foi uma ação governamental que favoreceu o comércio de medicamentos de referência.
Respondido em 10/10/2019 16:40:09

Explicação:

A alternativa traz a definição correta de genérico, ou seja, um medicamento similar a um produto inovador ou de referência que
pretende ser intercambiável com este.

2a Questão

A Lei 9787/99 introduz os Medicamentos Genéricos no Brasil. Pode-se afirmar que a partir dessa legislação:

Medicamentos Similares são medicamentos que contem o(s) mesmo(s) princípio(s) ativo(s), apresentam a mesma
concentração, fórmula farmacêutica, via de administração, posologia e indicação terapêutica, preventiva ou diagnóstica, do
Medicamento Genérico registrado pela ANVISA.
Medicamentos Similares assim como os Genéricos são Intercambiáveis.
Medicamento Genérico é definido como um medicamento similar a um produto de referência ou inovador, que se pretende
ser com este intercambiável, geralmente produzido após a expiração ou renúncia da proteção patentária ou de outros
direitos de exclusividade, comprovada a sua eficácia, segurança e qualidade, e designado pela DCB ou, na sua ausência,
pela DCI;
Medicamento de Referência é definido como um produto inovador registrado no órgão federal responsável pela vigilância
sanitária e comercializado no País, cuja eficácia, segurança e qualidade não foi comprovada junto a ANVISA, por ocasião do
registro;
Não há diferença no registro na ANVISA de medicamentos genéricos, similares e de referência.
Respondido em 10/10/2019 16:40:50

3a Questão

Assim como os estudos clínicos são úteis para determinar a segurança e eficácia terapêutica, os estudos de biodisponibilidade são
úteis para definir, em termos de medicamentos, como sua formulação afeta a farmacocinética do princípio ativo, requisito
indispensável para avaliar a qualidade de um medicamento. Biodisponibilidade pode ser definida como:

capacidade do fármaco atravessar barreiras biológicas e atingir o local de ação


taxa de ligação do princípio ativo aos receptores
garantia de que o princípio ativo atingirá concentrações plasmáticas dentro da faixa terapêutica
eficácia e segurança apresentadas por um medicamento após administração a voluntários sadios
parâmetro relacionado à velocidade e à extensão da absorção do princípio ativo a partir da forma farmacêutica
Respondido em 10/10/2019 16:41:22

Explicação:

A Biodisponibilidade é a característica relacionada à eficácia clínica do medicamento. Traduz-se na velocidade e na


quantidade do princípio ativo ou do fármaco contido no medicamento, que alcança circulação geral.

4a Questão

A Lei nº 9787 de 1999 é a responsável pela regulamentação dos genéricos, por isso é conhecida como Lei dos Genéricos. Segundo
essa legislação o que caracteriza os genéricos?

É similar ao de referência a não pode ter marca


Não é intercambiável e tem marca
Ser dispensado dos testes de bioequivalência
Não precisa de provas de biodisponibilidade
Pode ser patenteado
Respondido em 10/10/2019 16:42:03

5a Questão

Em relação aos Medicamentos Genéricos, introduzidos no Brasil pela Lei 9787/98, pode-se afirmar que:

Medicamentos Genéricos e Similares se equivalem nas exigências de testes de bioequivalência e biodisponibilidade para o
registro sanitário na ANVISA.
Medicamento Genérico é definido como um medicamento similar a um produto de referência ou inovador, que se pretende
ser com este intercambiável, geralmente produzido após a expiração ou renúncia da proteção patentária ou de outros
direitos de exclusividade, comprovada a sua eficácia, segurança e qualidade, e designado pela DCB ou, na sua ausência,
pela DCI;
Medicamentos Genéricos devem sempre ser identificados por nome comercial ou marca, enquanto medicamentos de
Referência devem ser identificados pela letra ¿R¿ e designados pela DCB ou, na sua ausência, pela DCI.
Medicamento Genérico é definido como um medicamento similar a um produto de referência ou inovador, em que não há a
exigência de ser com este intercambiável, sendo autorizada a sua cópia independente da expiração ou renúncia da proteção
patentária.
Medicamentos Genéricos por lei podem chegar ao consumidor independente da exigência de passarem por testes de
bioequivalência e equivalência farmacêutica.
Respondido em 10/10/2019 16:42:24

6a Questão

Qual das questões a seguir é verdadeira sobre a produção dos genéricos.

b) São produzidos após lançamento da patente de um medicamento inovador


a) São produzidos após o lançamento da patente de um medicamento de referência
d) São produzidos depois de expirada a patente de um medicamento de referência ou inovador
c) São produzidos após lançamento da patente de um medicamento de referência ou inovador.
e) Segundo a necessidade de cada país, independente de prazos de patentes
Respondido em 10/10/2019 16:42:41

7a Questão

Leia as definições abaixo e depois responda a pergunta: Biodisponibilidade: característica relacionada à eficácia clínica do
medicamento. Traduz-se na velocidade e quantidade do princípio ativo ou fármaco, contido no medicamento, que alcança a
circulação geral. Para medicamentos administrados via intravenosa, essa propriedade não existe porque o processo de absorção não
ocorre por essa via de administração. Bioequivalência: É o estudo de biodisponibilidade comparativa entre dois ou mais
medicamentos administrados em uma mesma via extravascular. Avalia os parâmetros relacionados à absorção do fármaco, a partir
da forma farmacêutica administrada, contendo a mesma dosagem e mesmo desenho experimental. Dois produtos são
bioequivalentes se suas biodisponibilidades (velocidade e extensão da absorção) são semelhantes, após administração na mesma
dosagem. Entendendo ambas as definições e lembrando que o medicamento genérico tem a mesma biodisponibilidade e
bioequivalência do medicamento de referência responda:

É aceitável que o medicamento genérico seja intercambiável com o de referência, uma vez que terá a mesma dosagem e
será absorvido nas mesmas quantidades que o de referência
É inaceitável que o medicamento genérico seja intercambiável com o de referência, uma vez que terá a mesma dosagem e
será absorvido nas mesmas quantidades que o de referência
É aceitável que o medicamento genérico seja intercambiável com o de referência, uma vez que terá uma dosagem
aproximada será absorvido nas mesmas quantidades que o de referência
É inaceitável que o medicamento genérico seja intercambiável com o de referência, uma vez que sua eficácia não é
comprovada
É aceitável que o medicamento genérico seja intercambiável com o de referência, uma vez que terá a mesma dosagem
apesar de não ser absorvido nas mesmas quantidades que o de referência
Respondido em 10/10/2019 16:44:31

8a Questão
Medicamentos que contém o mesmo ou os mesmos princípios ativos apresenta a mesma concentração, forma farmacêutica, via de
administração, posologia e indicação terapêutica, preventiva ou diagnóstica, do medicamento de referência registrado no órgão
federal responsável pela vigilância sanitária, podendo diferir somente em características relativas ao tamanho e forma do produto,
prazo de validade, embalagem, rotulagem, excipiente e veículo, devendo sempre ser identificado por nome comercial ou marca, é
denominado segundo a Lei nº 391 de 1999 de:

Inovador
Genérico
De referência
Remédio
Similar
1a Questão

Assinale a alternativa que contém a definição CORRETA:

Medicamentos Bioequivalentes: são equivalentes farmacêuticos que, ao serem administrados na mesma dose molar, nas
mesmas condições experimentais, não apresentam diferenças estatisticamente significativas em relação à
biodisponibilidade.
Medicamentos Genéricos: são medicamentos que contêm o mesmo fármaco, na mesma quantidade e forma farmacêutica,
podendo ou não conter excipientes idênticos ao medicamento registrado no órgão federal responsável pela vigilância
sanitária. Devem cumprir com as mesmas especificações atualizadas da Farmacopéia Brasileira e, na ausência destas, com
as de outros códigos autorizados pela legislação vigente.
Equivalente Farmacêutico: aquele que contém o(s) mesmo(s) princípio(s) ativo(s), apresenta a mesma concentração, forma
farmacêutica, via de administração, posologia e indicação terapêutica, e que é equivalente ao medicamento registrado no
órgão federal responsável pela vigilância sanitária, podendo diferir somente em características relativas ao tamanho e forma
do produto, prazo de validade, embalagem, rotulagem, excipientes e veículos, devendo sempre ser identificado por nome
comercial ou marca.
Todas as alternativas estão erradas
Medicamento Similar: é o medicamento similar a um produto de referência ou inovador, que pretende ser com este
intercambiável, geralmente produzido após a expiração ou renúncia da proteção patentária ou de outros direitos de
exclusividade, comprovada a sua eficácia, segurança e qualidade, e designado pela DCB ou, na sua ausência, pela DCI.
Respondido em 10/10/2019 16:46:19

Explicação:

O medicamento genérico é identificado apenas pelo pricmcípio ativo da formula. Em 2014, a RDC nº 58 estabeleceu os
procedimentos para a intercambialidade de medicamentos similares com o medicamento de referência. Na
Bioequivalência, ocorre o estudo de biodisponibilidade comparativa entre dois ou mais medicamentos administrados em
uma mesma via extravascular. Esse estudo avalia os parâmetros relacionados à absorção do fármaco a partir da forma
farmacêutica administrada, que contém a mesma dosagem e o mesmo desenho experimental. Dois produtos são
bioequivalentes se suas biodisponibilidades são semelhantes após administração na mesma dosagem.

2a Questão

Quais das submissões a seguir não refere-se a um processo feito pelos medicamentos genéricos?

Protocolo de bioequivalência, de acordo como protocolo e relatório técnico para biodisponibilidade e bioequivalência.
Protocolo de equivalência farmacêutica
Métodos analíticos
Protocolo detalhado de estudos de estabilidade
Teste de correlação in vivo e in vitro
Respondido em 10/10/2019 16:46:58

3a Questão

Assinale a alternativa correta:

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) é um órgão vinculado ao Ministério da Saúde, criado em janeiro de
2009, com o objetivo de proteger e promover a saúde, garantindo a segurança sanitária de produtos e serviços.
O medicamento genérico pode ser comparado e intercambiável aos medicamentos similares.
A Lei dos Medicamentos Genéricos (Lei nº 9.787, de 10 de fevereiro de 1999) representa uma ação governamental, cujos
objetivos são: facilitar o acesso aos medicamentos, reduzir o preços dos medicamentos, estimular a concorrência, melhorar
a qualidade dos medicamentos, entre outros.
Os genéricos são medicamentos mais caros que os medicamentos de referência.
Biodisponibilidade é o estudo comparativo entre o medicamento de referência e o genérico correspondente.
Respondido em 10/10/2019 16:47:33

4a Questão

Quando um medicamento pode ser caracterizado genérico?

É bioequivalente e tem equivalência farmacêutica


Apresenta-se como alternativa farmacêutica
Apresenta-se como similar
Apresenta equivalência química
Apresenta-se como alternativa terapêutica.
Respondido em 10/10/2019 16:47:46

5a Questão

Para a dispensação de medicamentos genéricos, qual das questões a seguir é a correta?

Somente será permitida a dispensação por uma alternativa terapêutica ou medicamento de referência.
Somente é permitida a dispensação do medicamento genérico ou do medicamento com equivalentes químicos.
Será permitida ao farmacêutico a substituição PR uma alternativa terapêutica
Será permitida, ao farmacêutico, a substituição por uma alternativa farmacêutica ou medicamento com equivalentes
químicos
Somente será permitida a dispensação do medicamento de referência ou de genérico correspondente
Respondido em 10/10/2019 16:48:20

6a Questão

A política de implantação de medicamentos genéricos teve como objetivo:

a) Proporcionar medicamentos adequados e aumentos com gastos com a assistência farmacêutica.


b) Proporcionar gastos elevados com assistência farmacêutica.
d) Nunca ofertar mais de uma alternativa dos medicamentos genéricos cuja compra foi solicitada.
c) Proporcionar medicamentos inadequados e com gastos elevados com a assistência farmacêutica.
e) Estimular a concorrência comercial, melhorar a qualidade dos medicamentos e facilitar o acesso da população ao
tratamento medicamentoso.
Respondido em 10/10/2019 16:48:34

Explicação:

Esses foram os objetivos da implantação dos genéricos.

7a Questão

Assinale abaixo a definição correta de medicamento similar:

Produto comercializado há bastante tempo no mercado, com o qual outros medicamentos pretendem ser intercambiáveis.
Para esses medicamentos, houve a necessidade de investimento em pesquisa e sua eficácia, segurança, qualidade e
biodisponibilidade, são comprovadas e reconhecidas pela autoridade sanitária nacional.
Produto diferente do de referência em quantidade de princípio ativo, concentração, forma farmacêutica, modo de
administração e qualidade, que pretende ser com ele intercambiável. É geralmente produzido após expiração ou renúncia da
patente e de direitos de exclusividade, comprovando sua eficácia, segurança e qualidade através de testes de
biodisponibilidade e equivalência terapêutica.
Medicamento que utiliza denominação genérica, apresenta o mesmo fármaco, concentração, forma farmacêutica e via de
administração que o medicamento de referência ou de marca, mas não tem com ele, comprovada sua bioequivalência.
Podendo ser com ele intercambiável.
Medicamento que apresenta o mesmo fármaco, concentração, forma farmacêutica e via de administração que o
medicamento de referência ou de marca, mas não tem com ele, comprovada sua bioequivalência. Não podendo, por isso,
ser com ele intercambiável.
Produto diferente do de referência em quantidade de princípio ativo, concentração, forma farmacêutica, modo de
administração e qualidade, que não pretende ser com ele intercambiável. É geralmente produzido após expiração ou
renúncia da patente e de direitos de exclusividade, comprovando sua eficácia, segurança e qualidade através de testes de
biodisponibilidade e equivalência terapêutica.
Respondido em 10/10/2019 16:49:19

Explicação:

Essa é a definição correta de medicamento similar.


8a Questão

Medicamento Genérico, é todo:

Medicamento apresentando em sua composição ao menos um fármaco ativo que tenha sido objeto de patente
Medicamento diferente de um produto de referência ou inovador.
Aquele que contém o mesmo ou os mesmos princípios ativos.
Medicamento idêntico a um produto de referência ou inovador.
Medicamento inovador registrado no órgão federal responsável pela vigilância sanitária e comercializado no país.
INTRODUÇÃO À ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA
Lupa
9a aula
Vídeo PPT MP3

Exercício: SDE4546_EX_A9_201908642211_V1 10/10/2019

Aluno(a): ALINE NUNES TEIXEIRA 2019.2 - F

Disciplina: SDE4546 - INTRODUÇÃO À ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA 201908642211

1a Questão

Conhecido como pai da Farmácia, estimulou o estudo das propriedades e a composição dos medicamentos, defendendo
a idéia de que os medicamentos tivessem propriedades opostas às da causa da doença. Qual o nome deste estudioso da
composição dos medicamentos?

Oswaldo Cruz
Galeno
Georg Ebers
Hipócrates
Paracelso
Respondido em 10/10/2019 18:28:00

Explicação:

Em 1.500 a.C. a Medicina egípcia é comprovada por meio da descoberta feita pelo pesquisador Georg Ebers, quando
decifrou em um papiro. Em 460-370 a.C., o médico Hipócrates foi considerado o pai da Medicina, surgindo na Grécia, a
Medicina racional a partir da observação clínica e do desenvolvimento de uma proposta terapêutica. Em 1240 d.C., foi
por intermédio do médico Paracelso que a Química tornou-se uma parte importante da Farmácia. No período de 1902-
1906, o médico sanitarista Oswaldo Cruz foi nomeado diretor geral de saúde pública. Sua missão era combater as três
principais epidemias que assolavam o Rio de Janeiro: a febre amarela, a peste bubônica e a varíola.

2a Questão

Sobre Galeno (considerado o pai da farmácia) assinale a alternativa correta.

Foi um famoso professor de química na Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial.


Sua irmã, Galiléia, influenciou sua vida nos aspectos de conhecimento científico.
Estimulou o estudo das propriedades e a composição dos medicamentos, e defendeu a ideia de que os medicamentos
tivessem propriedades opostas às da causa da doença.
É considerado também o pai da odontologia.
Trata-se do precursos dos cursos de farmácia no Brasil.
Respondido em 10/10/2019 18:28:22

Explicação:

Galeno foi o pai da farmácia e o precursos dos estudos sobre os medicamentos.

3a Questão

Atualmente, são varias as áreas de atuação do farmacêutico, regulamentadas pelo Conselho Federal de Farmácia. Qual
das alternativas não apresenta uma destas áreas de atuação?

Bacteriologia clínica;
Atendimento pré-hospitalar de urgência e emergência;
Banco de leite humano;
Auditoria farmacêutica;
Através de diagnósticos, atuar na cura de doenças e restauração da saúde
Respondido em 10/10/2019 18:28:40

Explicação:

A função do Médico é direcionada à cura de doenças e restauração da saúde com base no seu diagnóstico.

4a Questão

É função do farmacêutico:

c) Não cabe ao farmacêutico explicar e/ou orientar a prescrição sobre o medicamento.


b) As contra-indicações, interações e possíveis efeitos secundários do medicamento só podem ser explicados pelo
profissional prescritor.
a) As orientações prestadas pelo farmacêutico ao paciente jamais podem ser por escrito ou por meio de material de apoio
adequado.
e) O farmacêutico não deve procurar os meios adequados para ficar ciente de que o paciente não tem dúvidas sobre o modo
de ação dos medicamentos.
d) Explicar clara e detalhadamente ao paciente o benefício do tratamento, conferindo-se a sua perfeita compreensão, o uso
correto, seguro e eficaz dos medicamentos de acordo com as necessidades individuais do usuário
Respondido em 10/10/2019 18:29:16

5a Questão

Sobre o código de ética do farmacêutico, assinale a alternativa incorreta.

Ele prevê que o farmacêutico deve atuar sempre com o maior respeito à vida humana.
Ele prevê que o farmacêutico deve cumprir as disposições legais que disciplinam a prática profissional no país, sob pena de
advertência.
Ele prevê que o farmacêutico deve responder pelos atos que praticar ou pelos que autorizar no exercício da profissão.
Ele prevê que o farmacêutico deve zelar pelo perfeito desempenho ético da farmácia e pelo prestígio e bom conceito da
profissão.
Ele prevê que o farmacêutico pode exercer sua profissão com objetivo exclusivamente comercial.
Respondido em 10/10/2019 18:29:51

Explicação:

Exercer a profissão com objetivo exclusivamente comercial é algo que o código de ética condena, portanto esta é a alternativa
incorreta.

6a Questão

Em 1240, na Idade Média, qual foi a importância da promulgação da Magna Carta da Farmácia?

Fundação da primeira escola de Farmácia, de onde saíam os especialistas em substâncias terapêuticas.


Criação dos "sandalinis", locais destinados à preparação e a comercialização de medicamentos e perfumes.
Criação das primeiras boticas ou apotecas consideradas as precursoras das farmácias modernas.
A separação entre Farmácia e Medicina, passando a reconhecer a profissão de farmacêutico.
Parceria da Saúde e das Secretarias Estaduais e Municipais
Respondido em 10/10/2019 18:30:10

Explicação:

No século II , os árabes fundaram a primeira escola de Farmácia de onde saíam especialistas em substâncias
terapêuticas e também criaram os sandalinis, locais destinados à preparação e à comercialização de
medicamentos e perfumes. No século X, na Espanha e na França, foram criadas as primeiras boticas ou
apotecas.

7a Questão

A partir das obras de um médico, considerado o pai da Medicina, surge, na Grécia, a Medicina tracional a partir da
observação clínica e do desenvolvimento de uma proposta terapêutica. Qual o nome deste médico observador da terapia
clínica?

Georg Ebers
Galeno
Hipócrates
Oswaldo Cruz
Paracelso
Respondido em 10/10/2019 18:30:33

Explicação:

Em 1.500 a.C. a Medicina egípcia é comprovada por meio da descoberta feita pelo pesquisador Georg Ebers, quando
decifrou em um papiro. Em 130-200 d.C., Galeno, conhecido como pai da Farmácia, foi muito influenciado pelos
ensinamentos de Hipócrates. Em 1240 d.C., foi por intermédio do médico Paracelso que a Química tornou-se uma parte
importante da Farmácia. No período de 1902-1906, o médico sanitarista Oswaldo Cruz foi nomeado diretor geral de
saúde pública. Sua missão era combater as três principais epidemias que assolavam o Rio de Janeiro: a febre amarela, a
peste bubônica e a varíola.

8a Questão

No exercício de sua atividade é necessário que o farmacêutico obedeça ao Código de Ética da profissão. Qual alternativa
apresenta o que o farmacêutico não deve fazer?

Manter seus conhecimentos técnicos e científicos atualizados.


Exercer sua profissão com objetivo exclusivamente comercial.
Atuar sempre com o maior respeito à vida humana.
Cumprir as disposições legais que disciplinam a prática profissional no país.
Zelar pelo perfeito desempenho ético da farmácia.
Respondido em 10/10/2019 18:31:22

Explicação:

O Código de ética do farmacêutico, caracteriza que é necessário que o farmacêutico obedeça as normas deste código,
destacando o que o farmacêutico deve e não deve fazer.
1a Questão

Conhecido como pai da Farmácia, estimulou o estudo das propriedades e a composição dos medicamentos, defendendo
a idéia de que os medicamentos tivessem propriedades opostas às da causa da doença. Qual o nome deste estudioso da
composição dos medicamentos?

Paracelso
Hipócrates
Oswaldo Cruz
Galeno
Georg Ebers
Respondido em 10/10/2019 18:31:48

Explicação:

Em 1.500 a.C. a Medicina egípcia é comprovada por meio da descoberta feita pelo pesquisador Georg Ebers, quando
decifrou em um papiro. Em 460-370 a.C., o médico Hipócrates foi considerado o pai da Medicina, surgindo na Grécia, a
Medicina racional a partir da observação clínica e do desenvolvimento de uma proposta terapêutica. Em 1240 d.C., foi
por intermédio do médico Paracelso que a Química tornou-se uma parte importante da Farmácia. No período de 1902-
1906, o médico sanitarista Oswaldo Cruz foi nomeado diretor geral de saúde pública. Sua missão era combater as três
principais epidemias que assolavam o Rio de Janeiro: a febre amarela, a peste bubônica e a varíola.

2a Questão

Sobre Galeno (considerado o pai da farmácia) assinale a alternativa correta.

É considerado também o pai da odontologia.


Trata-se do precursos dos cursos de farmácia no Brasil.
Foi um famoso professor de química na Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial.
Sua irmã, Galiléia, influenciou sua vida nos aspectos de conhecimento científico.
Estimulou o estudo das propriedades e a composição dos medicamentos, e defendeu a ideia de que os medicamentos
tivessem propriedades opostas às da causa da doença.
Respondido em 10/10/2019 18:31:59

Explicação:

Galeno foi o pai da farmácia e o precursos dos estudos sobre os medicamentos.

3a Questão

Atualmente, são varias as áreas de atuação do farmacêutico, regulamentadas pelo Conselho Federal de Farmácia. Qual
das alternativas não apresenta uma destas áreas de atuação?

Banco de leite humano;


Bacteriologia clínica;
Atendimento pré-hospitalar de urgência e emergência;
Através de diagnósticos, atuar na cura de doenças e restauração da saúde
Auditoria farmacêutica;
Respondido em 10/10/2019 18:32:10

Explicação:

A função do Médico é direcionada à cura de doenças e restauração da saúde com base no seu diagnóstico.
4a Questão

É função do farmacêutico:

e) O farmacêutico não deve procurar os meios adequados para ficar ciente de que o paciente não tem dúvidas sobre o modo
de ação dos medicamentos.
d) Explicar clara e detalhadamente ao paciente o benefício do tratamento, conferindo-se a sua perfeita compreensão, o uso
correto, seguro e eficaz dos medicamentos de acordo com as necessidades individuais do usuário
a) As orientações prestadas pelo farmacêutico ao paciente jamais podem ser por escrito ou por meio de material de apoio
adequado.
b) As contra-indicações, interações e possíveis efeitos secundários do medicamento só podem ser explicados pelo
profissional prescritor.
c) Não cabe ao farmacêutico explicar e/ou orientar a prescrição sobre o medicamento.
Respondido em 10/10/2019 18:32:22

5a Questão

Sobre o código de ética do farmacêutico, assinale a alternativa incorreta.

Ele prevê que o farmacêutico deve zelar pelo perfeito desempenho ético da farmácia e pelo prestígio e bom conceito da
profissão.
Ele prevê que o farmacêutico pode exercer sua profissão com objetivo exclusivamente comercial.
Ele prevê que o farmacêutico deve atuar sempre com o maior respeito à vida humana.
Ele prevê que o farmacêutico deve responder pelos atos que praticar ou pelos que autorizar no exercício da profissão.
Ele prevê que o farmacêutico deve cumprir as disposições legais que disciplinam a prática profissional no país, sob pena de
advertência.
Respondido em 10/10/2019 18:32:28

Explicação:

Exercer a profissão com objetivo exclusivamente comercial é algo que o código de ética condena, portanto esta é a alternativa
incorreta.

6a Questão

Em 1240, na Idade Média, qual foi a importância da promulgação da Magna Carta da Farmácia?

A separação entre Farmácia e Medicina, passando a reconhecer a profissão de farmacêutico.


Criação dos "sandalinis", locais destinados à preparação e a comercialização de medicamentos e perfumes.
Criação das primeiras boticas ou apotecas consideradas as precursoras das farmácias modernas.
Parceria da Saúde e das Secretarias Estaduais e Municipais
Fundação da primeira escola de Farmácia, de onde saíam os especialistas em substâncias terapêuticas.
Respondido em 10/10/2019 18:32:35

Explicação:

No século II , os árabes fundaram a primeira escola de Farmácia de onde saíam especialistas em substâncias
terapêuticas e também criaram os sandalinis, locais destinados à preparação e à comercialização de
medicamentos e perfumes. No século X, na Espanha e na França, foram criadas as primeiras boticas ou
apotecas.

7a Questão

A partir das obras de um médico, considerado o pai da Medicina, surge, na Grécia, a Medicina tracional a partir da
observação clínica e do desenvolvimento de uma proposta terapêutica. Qual o nome deste médico observador da terapia
clínica?

Galeno
Hipócrates
Oswaldo Cruz
Paracelso
Georg Ebers
Respondido em 10/10/2019 18:32:43

Explicação:

Em 1.500 a.C. a Medicina egípcia é comprovada por meio da descoberta feita pelo pesquisador Georg Ebers, quando
decifrou em um papiro. Em 130-200 d.C., Galeno, conhecido como pai da Farmácia, foi muito influenciado pelos
ensinamentos de Hipócrates. Em 1240 d.C., foi por intermédio do médico Paracelso que a Química tornou-se uma parte
importante da Farmácia. No período de 1902-1906, o médico sanitarista Oswaldo Cruz foi nomeado diretor geral de
saúde pública. Sua missão era combater as três principais epidemias que assolavam o Rio de Janeiro: a febre amarela, a
peste bubônica e a varíola.

8a Questão

No exercício de sua atividade é necessário que o farmacêutico obedeça ao Código de Ética da profissão. Qual alternativa
apresenta o que o farmacêutico não deve fazer?

Atuar sempre com o maior respeito à vida humana.


Manter seus conhecimentos técnicos e científicos atualizados.
Zelar pelo perfeito desempenho ético da farmácia.
Cumprir as disposições legais que disciplinam a prática profissional no país.
Exercer sua profissão com objetivo exclusivamente comercial.
Respondido em 10/10/2019 18:33:21

Explicação:

O Código de ética do farmacêutico, caracteriza que é necessário que o farmacêutico obedeça as normas deste código,
destacando o que o farmacêutico deve e não deve fazer.
1a Questão

Conhecido como pai da Farmácia, estimulou o estudo das propriedades e a composição dos medicamentos, defendendo
a idéia de que os medicamentos tivessem propriedades opostas às da causa da doença. Qual o nome deste estudioso da
composição dos medicamentos?

Galeno
Oswaldo Cruz
Georg Ebers
Paracelso
Hipócrates
Respondido em 10/10/2019 18:33:37

Explicação:

Em 1.500 a.C. a Medicina egípcia é comprovada por meio da descoberta feita pelo pesquisador Georg Ebers, quando
decifrou em um papiro. Em 460-370 a.C., o médico Hipócrates foi considerado o pai da Medicina, surgindo na Grécia, a
Medicina racional a partir da observação clínica e do desenvolvimento de uma proposta terapêutica. Em 1240 d.C., foi
por intermédio do médico Paracelso que a Química tornou-se uma parte importante da Farmácia. No período de 1902-
1906, o médico sanitarista Oswaldo Cruz foi nomeado diretor geral de saúde pública. Sua missão era combater as três
principais epidemias que assolavam o Rio de Janeiro: a febre amarela, a peste bubônica e a varíola.

2a Questão

Sobre Galeno (considerado o pai da farmácia) assinale a alternativa correta.

Estimulou o estudo das propriedades e a composição dos medicamentos, e defendeu a ideia de que os medicamentos
tivessem propriedades opostas às da causa da doença.
Trata-se do precursos dos cursos de farmácia no Brasil.
Sua irmã, Galiléia, influenciou sua vida nos aspectos de conhecimento científico.
Foi um famoso professor de química na Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial.
É considerado também o pai da odontologia.
Respondido em 10/10/2019 18:33:43

Explicação:

Galeno foi o pai da farmácia e o precursos dos estudos sobre os medicamentos.

3a Questão

Atualmente, são varias as áreas de atuação do farmacêutico, regulamentadas pelo Conselho Federal de Farmácia. Qual
das alternativas não apresenta uma destas áreas de atuação?

Atendimento pré-hospitalar de urgência e emergência;


Através de diagnósticos, atuar na cura de doenças e restauração da saúde
Banco de leite humano;
Auditoria farmacêutica;
Bacteriologia clínica;
Respondido em 10/10/2019 18:33:50

Explicação:

A função do Médico é direcionada à cura de doenças e restauração da saúde com base no seu diagnóstico.
4a Questão

É função do farmacêutico:

d) Explicar clara e detalhadamente ao paciente o benefício do tratamento, conferindo-se a sua perfeita compreensão, o uso
correto, seguro e eficaz dos medicamentos de acordo com as necessidades individuais do usuário
a) As orientações prestadas pelo farmacêutico ao paciente jamais podem ser por escrito ou por meio de material de apoio
adequado.
c) Não cabe ao farmacêutico explicar e/ou orientar a prescrição sobre o medicamento.
e) O farmacêutico não deve procurar os meios adequados para ficar ciente de que o paciente não tem dúvidas sobre o modo
de ação dos medicamentos.
b) As contra-indicações, interações e possíveis efeitos secundários do medicamento só podem ser explicados pelo
profissional prescritor.
Respondido em 10/10/2019 18:33:57

5a Questão

Sobre o código de ética do farmacêutico, assinale a alternativa incorreta.

Ele prevê que o farmacêutico deve cumprir as disposições legais que disciplinam a prática profissional no país, sob pena de
advertência.
Ele prevê que o farmacêutico deve atuar sempre com o maior respeito à vida humana.
Ele prevê que o farmacêutico pode exercer sua profissão com objetivo exclusivamente comercial.
Ele prevê que o farmacêutico deve zelar pelo perfeito desempenho ético da farmácia e pelo prestígio e bom conceito da
profissão.
Ele prevê que o farmacêutico deve responder pelos atos que praticar ou pelos que autorizar no exercício da profissão.
Respondido em 10/10/2019 18:34:03

Explicação:

Exercer a profissão com objetivo exclusivamente comercial é algo que o código de ética condena, portanto esta é a alternativa
incorreta.

6a Questão

Em 1240, na Idade Média, qual foi a importância da promulgação da Magna Carta da Farmácia?

A separação entre Farmácia e Medicina, passando a reconhecer a profissão de farmacêutico.


Parceria da Saúde e das Secretarias Estaduais e Municipais
Criação dos "sandalinis", locais destinados à preparação e a comercialização de medicamentos e perfumes.
Fundação da primeira escola de Farmácia, de onde saíam os especialistas em substâncias terapêuticas.
Criação das primeiras boticas ou apotecas consideradas as precursoras das farmácias modernas.
Respondido em 10/10/2019 18:34:10

Explicação:

No século II , os árabes fundaram a primeira escola de Farmácia de onde saíam especialistas em substâncias
terapêuticas e também criaram os sandalinis, locais destinados à preparação e à comercialização de
medicamentos e perfumes. No século X, na Espanha e na França, foram criadas as primeiras boticas ou
apotecas.

7a Questão

A partir das obras de um médico, considerado o pai da Medicina, surge, na Grécia, a Medicina tracional a partir da
observação clínica e do desenvolvimento de uma proposta terapêutica. Qual o nome deste médico observador da terapia
clínica?

Galeno
Paracelso
Oswaldo Cruz
Georg Ebers
Hipócrates
Respondido em 10/10/2019 18:34:15

Explicação:

Em 1.500 a.C. a Medicina egípcia é comprovada por meio da descoberta feita pelo pesquisador Georg Ebers, quando
decifrou em um papiro. Em 130-200 d.C., Galeno, conhecido como pai da Farmácia, foi muito influenciado pelos
ensinamentos de Hipócrates. Em 1240 d.C., foi por intermédio do médico Paracelso que a Química tornou-se uma parte
importante da Farmácia. No período de 1902-1906, o médico sanitarista Oswaldo Cruz foi nomeado diretor geral de
saúde pública. Sua missão era combater as três principais epidemias que assolavam o Rio de Janeiro: a febre amarela, a
peste bubônica e a varíola.

8a Questão

No exercício de sua atividade é necessário que o farmacêutico obedeça ao Código de Ética da profissão. Qual alternativa
apresenta o que o farmacêutico não deve fazer?

Atuar sempre com o maior respeito à vida humana.


Manter seus conhecimentos técnicos e científicos atualizados.
Exercer sua profissão com objetivo exclusivamente comercial.
Cumprir as disposições legais que disciplinam a prática profissional no país.
Zelar pelo perfeito desempenho ético da farmácia.
Respondido em 10/10/2019 18:34:23

Explicação:

O Código de ética do farmacêutico, caracteriza que é necessário que o farmacêutico obedeça as normas deste código,
destacando o que o farmacêutico deve e não deve fazer.
INTRODUÇÃO À ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA
Lupa
10a aula
Vídeo PPT MP3

Exercício: SDE4546_EX_A10_201908642211_V1 10/10/2019

Aluno(a): ALINE NUNES TEIXEIRA 2019.2 - F

Disciplina: SDE4546 - INTRODUÇÃO À ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA 201908642211

1a Questão

A Atenção Farmacêutica pode ser definida como:

envolve desde as atividades administrativas da farmácia (ex: compra, programação) até as atividades de acompanhamento
farmacoterapêutico
ato do profissional farmacêutico de entregar os medicamentos ao paciente, no momento da dispensação
missão principal do farmacêutico, que é a provisão responsável de cuidados relacionados a medicamentos com o propósito
de conseguir resultados definidos que melhorem a qualidade de vida dos pacientes
é o mesmo que assistência farmacêutica e farmácia clínica
é a verificação de pressão arterial, glicemia, aplicação de injetáveis
Respondido em 10/10/2019 18:42:21

2a Questão

Um paciente entra em sua farmácia e solicita um medicamento sem apresentar a prescrição médica, figurando um uso inapropriado
de medicamento. Tal fato poderá ter diversas consequências, dentre as alternativas que seguem, qual não é resultado desse uso
inapropriado?

nenhuma das alternativas acima


Causar Farmacodependência.
Não causar Resistência a antibióticos
Causar eventos adversos
Ter Eficácia limitada
Respondido em 10/10/2019 18:43:00

3a Questão

Leia o parágrafo abaixo e responda: Automedicação: uso de medicamentos sem prescrição médica, na qual o próprio paciente decide
qual medicamento utilizar. Inclui-se nesta designação genérica a prescrição (ou orientação) de medicamentos por pessoas não
habilitadas, como amigos, familiares ou balconistas de farmácia. (BORTOLI et al., 1998). Em face do que foi descrito o papel do
farmacêutico ante a automedicação é:

Proporcionar assessoria ao paciente sobre os medicamentos vendidos sob prescrição médica que este deseje ingerir e
incentivar o uso racional de medicamentos;
Proporcionar assessoria ao paciente sobre os medicamentos controlados com receituário especial que este deseje ingerir e
incentivar o uso racional de medicamentos;
Proporcionar assessoria ao paciente sobre os medicamentos antibacterianos que este deseje ingerir e incentivar o uso
racional de medicamentos;
Proporcionar assessoria ao paciente sobre os medicamentos livres de prescrição que este deseje ingerir e incentivar o uso
racional de medicamentos;
Proporcionar assessoria ao paciente sobre qualquer medicamento que este deseje ingerir e incentivar o uso racional de
medicamentos;
Respondido em 10/10/2019 18:43:55

Explicação:

A alternativa define corretamente o papel do farmacêutico na automedicação.


4a Questão

Segundo a OMS , há uso racional de medicamentos quando pacientes recebem medicamentos apropriados para suas condições
clínicas, em doses adequadas às suas necessidades individuais, por um período adequado e ao menor custo para si e para a
comunidade. Considera-se como NÃO obstáculo para o uso racional de medicamentos no Brasil:

O excesso de medicamentos disponíveis no mercado.


Prática da automedicação responsável.
Carência de profissionais farmacêuticos capacitados no acompanhamento farmacoterapêutico.
Insuficiência de diretrizes clínicas tanto no setor privado como público.
Propaganda e marketing de medicamentos.
Respondido em 11/10/2019 09:08:51

5a Questão

Qual dos problemas a seguir não se refere a um problema encontrado nas prescrições?

Prescrição incorreta
Prescrição única
Prescrição extravagante
Sobreprescrição
Prescrição múltipla
Respondido em 11/10/2019 09:09:27

6a Questão

Considerando que um paciente hipertenso que estava com muitas dores na coluna foi ao médico e recebeu a prescrição de um
analgésico, não recebendo a prescrição do medicamento par a sua hipertensão. Qual das alternativas a seguir representa
corretamente um tipo de problemas na prescrição?

Prescrição extravagante
Sobreprescrição
nenhuma das alternativas acima
Subprescrição
Prescrição múltipla
Respondido em 11/10/2019 09:09:49

7a Questão

Sobre a Atenção Farmacêutica. I - O termo ¿Atenção Farmacêutica¿ é derivado da filosofia que inspirou a criação da Farmácia
Hospitalar. II - A filosofia contida na Atenção Farmacêutica é prestar orientação ao usuário, mas dentro de uma visão integral,
complexa, profunda do paciente em sua relação com o medicamento. III - Através da Atenção Farmacêutica há a detecção de efeitos
adversos ao medicamento e apresentação de sugestões para atenuá-los. IV - A Atenção Farmacêutica atua somente no campo
hospitalar. São corretas somente as afirmativas:

d) I, II e IV
e) I, III e IV
c) I, II e III
a) II e III
b) I e IV
Respondido em 11/10/2019 09:10:27

8a Questão

Sobre a automedicação, assinale a alternativa correta.

O farmacêutico não possui nenhum papel relevante na automedicação responsável.


A automedicação é realizada utilizando medicamentos de prescrição médica obrigatória.
Não existe automedicação responsável, a organização mundial da saúde não reconhece a automedicação.
A automedicação responsável pode trazer benefícios como a diminuição dos custos com o tratamento e a facilidade no
acesso e comodidade do paciente.
Autocuidado ou automedicação é realizada por pessoas que tem condições de ingerir medicamentos sem ajuda externa,
como, por exemplo, o uso caseiro de medicamentos injetáveis.
Respondido em 11/10/2019 09:11:12

Explicação:

A alternativa traz informações corretas sobre os benefícios da automedicação responsável.


1a Questão

Um paciente entra em sua farmácia e solicita um medicamento sem apresentar a prescrição médica, figurando um uso inapropriado
de medicamento. Tal fato poderá ter diversas consequências, dentre as alternativas que seguem, qual não é resultado desse uso
inapropriado?

Causar Farmacodependência.
nenhuma das alternativas acima
Causar eventos adversos
Ter Eficácia limitada
Não causar Resistência a antibióticos
Respondido em 11/10/2019 09:11:46

2a Questão

Qual das alternativas corresponde às atribuições do profissional farmacêutico?

Fornecer ou permitir o fornecimento de medicamento ou drogas, para uso diverso da sua finalidade
Dispensar medicamento sujeito a prescrição sem identificação de seu nome ou fórmula
Fornecer medicamentos, ou seus correlatos, drogas insumos farmacêuticos, alimentos e dietéticos, contrariando normas
legais
Informar e orientar o paciente sobre a utilização correta do medicamento
Divulgar resultados de exames ou métodos de pesquisa sem comprovação científica
Respondido em 11/10/2019 09:12:07

3a Questão

Sobre a automedicação, assinale a alternativa correta.

Autocuidado ou automedicação é realizada por pessoas que tem condições de ingerir medicamentos sem ajuda externa,
como, por exemplo, o uso caseiro de medicamentos injetáveis.
A automedicação é realizada utilizando medicamentos de prescrição médica obrigatória.
O farmacêutico não possui nenhum papel relevante na automedicação responsável.
A automedicação responsável pode trazer benefícios como a diminuição dos custos com o tratamento e a facilidade no
acesso e comodidade do paciente.
Não existe automedicação responsável, a organização mundial da saúde não reconhece a automedicação.
Respondido em 11/10/2019 09:12:21

Explicação:

A alternativa traz informações corretas sobre os benefícios da automedicação responsável.

4a Questão

Sobre os MIPs (medicamentos isentos de prescrição) assinale a alternativa correta.

São medicamentos tarjados.


São medicamentos aprovados pelas autoridades sanitárias para tratar sintomas e males menores, disponíveis sem a
prescrição ou receita médica.
São também conhecidos como medicamentos éticos.
Dependem de prescrição farmacêutica para serem comercializados.
São medicamentos genéricos.
Respondido em 11/10/2019 09:12:37

Explicação:

A alternativa define corretamente o que são os medicamentos isentos de prescrição médica.


5a Questão

Assinale a alternativa que contém a definição CORRETA:

Biodisponibilidade refere-se a fármacos que são fabricados por laboratórios diferentes, com a mesma composição, que
apresentam a mesma biodisponibilidade.
O medicamento genérico foi estabelecido pela Lei no. 9.787, de 10 de fevereiro de 1999. Pode ser definido como
medicamento similar a um produto de referência ou inovador, que pretende ser com este intercambiável, geralmente
produzido após a expiração ou renúncia da proteção patentária ou de outros direitos de exclusividade, comprovada a sua
eficácia, segurança e qualidade, e designado pela Denominação Comum Brasileira (DCB) ou, na sua ausência, pela
Denominação Comum Internacional (DCI)
Medicamento Similar é o medicamento similar a um produto de referência ou inovador, que pretende ser com este
intercambiável, geralmente produzido após a expiração ou renúncia da proteção patentária ou de outros direitos de
exclusividade, comprovada a sua eficácia, segurança e qualidade, e designado pela DCB ou, na sua ausência, pela DCI.
Equivalente Farmacêutico é aquele que contém o(s) mesmo(s) princípio(s) ativo(s), apresenta a mesma concentração,
forma farmacêutica, via de administração, posologia e indicação terapêutica, e que é equivalente ao medicamento registrado
no órgão federal responsável pela vigilância sanitária, podendo diferir somente em características relativas ao tamanho e
forma do produto, prazo de validade, embalagem, rotulagem, excipientes e veículos, devendo sempre ser identificado por
nome comercial ou marca.
Bioequivalência é a quantidade de droga aplicada que chega no seu local de ação e que apresenta uma resposta
farmacológica
Respondido em 11/10/2019 09:14:10

6a Questão

Sobre a Atenção Farmacêutica. I - O termo ¿Atenção Farmacêutica¿ é derivado da filosofia que inspirou a criação da Farmácia
Hospitalar. II - A filosofia contida na Atenção Farmacêutica é prestar orientação ao usuário, mas dentro de uma visão integral,
complexa, profunda do paciente em sua relação com o medicamento. III - Através da Atenção Farmacêutica há a detecção de efeitos
adversos ao medicamento e apresentação de sugestões para atenuá-los. IV - A Atenção Farmacêutica atua somente no campo
hospitalar. São corretas somente as afirmativas:

b) I e IV
a) II e III
e) I, III e IV
d) I, II e IV
c) I, II e III
Respondido em 11/10/2019 09:14:28

7a Questão

A busca constante por conhecimento tem a internet como uma importante aliada, entretanto é necessária a adoção de condutas para
o acesso a informação de qualidade. Abaixo são listadas condutas que melhoram a qualidade da busca, EXCETO:

Utilização de termos de delimitem corretamente o assunto buscado;


Utilização de ferramentas de busca da área da saúde;
Busca por teses e dissertações em português em bancos públicos de Universidades Federais.
Busca por artigos científicos em outras línguas além do português;
Realização da pesquisa em sites de grandes empresas televisivas;
Respondido em 11/10/2019 09:15:11

8a Questão

Considerando que um paciente hipertenso que estava com muitas dores na coluna foi ao médico e recebeu a prescrição de um
analgésico, não recebendo a prescrição do medicamento par a sua hipertensão. Qual das alternativas a seguir representa
corretamente um tipo de problemas na prescrição?

Prescrição múltipla
Sobreprescrição
Subprescrição
nenhuma das alternativas acima
Prescrição extravagante
1a Questão

Leia o parágrafo abaixo e responda: Automedicação: uso de medicamentos sem prescrição médica, na qual o próprio paciente decide
qual medicamento utilizar. Inclui-se nesta designação genérica a prescrição (ou orientação) de medicamentos por pessoas não
habilitadas, como amigos, familiares ou balconistas de farmácia. (BORTOLI et al., 1998). Em face do que foi descrito o papel do
farmacêutico ante a automedicação é:

Proporcionar assessoria ao paciente sobre qualquer medicamento que este deseje ingerir e incentivar o uso racional de
medicamentos;
Proporcionar assessoria ao paciente sobre os medicamentos antibacterianos que este deseje ingerir e incentivar o uso
racional de medicamentos;
Proporcionar assessoria ao paciente sobre os medicamentos vendidos sob prescrição médica que este deseje ingerir e
incentivar o uso racional de medicamentos;
Proporcionar assessoria ao paciente sobre os medicamentos controlados com receituário especial que este deseje ingerir e
incentivar o uso racional de medicamentos;
Proporcionar assessoria ao paciente sobre os medicamentos livres de prescrição que este deseje ingerir e incentivar o uso
racional de medicamentos;
Respondido em 11/10/2019 09:17:07

Explicação:

A alternativa define corretamente o papel do farmacêutico na automedicação.

2a Questão

A Atenção Farmacêutica pode ser definida como:

é o mesmo que assistência farmacêutica e farmácia clínica


envolve desde as atividades administrativas da farmácia (ex: compra, programação) até as atividades de acompanhamento
farmacoterapêutico
é a verificação de pressão arterial, glicemia, aplicação de injetáveis
ato do profissional farmacêutico de entregar os medicamentos ao paciente, no momento da dispensação
missão principal do farmacêutico, que é a provisão responsável de cuidados relacionados a medicamentos com o propósito
de conseguir resultados definidos que melhorem a qualidade de vida dos pacientes
Respondido em 11/10/2019 09:17:46

3a Questão

Qual dos problemas a seguir não se refere a um problema encontrado nas prescrições?

Prescrição extravagante
Prescrição incorreta
Prescrição múltipla
Prescrição única
Sobreprescrição
Respondido em 11/10/2019 09:17:59

4a Questão

Segundo a OMS , há uso racional de medicamentos quando pacientes recebem medicamentos apropriados para suas condições
clínicas, em doses adequadas às suas necessidades individuais, por um período adequado e ao menor custo para si e para a
comunidade. Considera-se como NÃO obstáculo para o uso racional de medicamentos no Brasil:

Insuficiência de diretrizes clínicas tanto no setor privado como público.


Prática da automedicação responsável.
O excesso de medicamentos disponíveis no mercado.
Propaganda e marketing de medicamentos.
Carência de profissionais farmacêuticos capacitados no acompanhamento farmacoterapêutico.
Respondido em 11/10/2019 09:19:17
5a Questão

A busca constante por conhecimento tem a internet como uma importante aliada, entretanto é necessária a adoção de condutas para
o acesso a informação de qualidade. Abaixo são listadas condutas que melhoram a qualidade da busca, EXCETO:

Busca por teses e dissertações em português em bancos públicos de Universidades Federais.


Utilização de ferramentas de busca da área da saúde;
Utilização de termos de delimitem corretamente o assunto buscado;
Busca por artigos científicos em outras línguas além do português;
Realização da pesquisa em sites de grandes empresas televisivas;
Respondido em 11/10/2019 09:19:28

6a Questão

Considerando que um paciente hipertenso que estava com muitas dores na coluna foi ao médico e recebeu a prescrição de um
analgésico, não recebendo a prescrição do medicamento par a sua hipertensão. Qual das alternativas a seguir representa
corretamente um tipo de problemas na prescrição?

Prescrição múltipla
Prescrição extravagante
Sobreprescrição
Subprescrição
nenhuma das alternativas acima
Respondido em 11/10/2019 09:19:34

7a Questão

Assinale a alternativa que contém a definição CORRETA:

O medicamento genérico foi estabelecido pela Lei no. 9.787, de 10 de fevereiro de 1999. Pode ser definido como
medicamento similar a um produto de referência ou inovador, que pretende ser com este intercambiável, geralmente
produzido após a expiração ou renúncia da proteção patentária ou de outros direitos de exclusividade, comprovada a sua
eficácia, segurança e qualidade, e designado pela Denominação Comum Brasileira (DCB) ou, na sua ausência, pela
Denominação Comum Internacional (DCI)
Equivalente Farmacêutico é aquele que contém o(s) mesmo(s) princípio(s) ativo(s), apresenta a mesma concentração,
forma farmacêutica, via de administração, posologia e indicação terapêutica, e que é equivalente ao medicamento registrado
no órgão federal responsável pela vigilância sanitária, podendo diferir somente em características relativas ao tamanho e
forma do produto, prazo de validade, embalagem, rotulagem, excipientes e veículos, devendo sempre ser identificado por
nome comercial ou marca.
Biodisponibilidade refere-se a fármacos que são fabricados por laboratórios diferentes, com a mesma composição, que
apresentam a mesma biodisponibilidade.
Bioequivalência é a quantidade de droga aplicada que chega no seu local de ação e que apresenta uma resposta
farmacológica
Medicamento Similar é o medicamento similar a um produto de referência ou inovador, que pretende ser com este
intercambiável, geralmente produzido após a expiração ou renúncia da proteção patentária ou de outros direitos de
exclusividade, comprovada a sua eficácia, segurança e qualidade, e designado pela DCB ou, na sua ausência, pela DCI.
Respondido em 11/10/2019 09:19:43

8a Questão

Sobre a Atenção Farmacêutica. I - O termo ¿Atenção Farmacêutica¿ é derivado da filosofia que inspirou a criação da Farmácia
Hospitalar. II - A filosofia contida na Atenção Farmacêutica é prestar orientação ao usuário, mas dentro de uma visão integral,
complexa, profunda do paciente em sua relação com o medicamento. III - Através da Atenção Farmacêutica há a detecção de efeitos
adversos ao medicamento e apresentação de sugestões para atenuá-los. IV - A Atenção Farmacêutica atua somente no campo
hospitalar. São corretas somente as afirmativas:

b) I e IV
a) II e III
c) I, II e III
e) I, III e IV
d) I, II e IV