Sie sind auf Seite 1von 2

DOSSIÊ DO PROFESSOR PALAVRAS 6

TESTES DE AVALIAÇÃO – VERSÃO A

TESTE DE ORALIDADE 1

Nome: __________________________________________ N.º ____ Turma: ____ Data: ____/ ____/ ____
Avaliação: _________________________________________ Professor(a) _________________________

Assinala com X, nos itens de 1. a 4., a opção que completa cada frase, de acordo com o
sentido do texto.
COTAÇÃO

25 1. A mãe do Lucas está

ansiosa para ler o livro até ao fim.

distraída da leitura.

sentada na sala de jantar.

divertida.

25 2. Para a mãe do Lucas, as histórias

divertem-nos e fazem-nos pensar.

ensinam-nos e fazem-nos pensar.

divertem-nos e ensinam-nos.

imitam a vida real.

25 3. Depois de falar com a mãe, o Lucas teve uma ideia:

passear com o Cometa.

contar uma história a um colega.

ler uma história.

ouvir a história que a mãe estava a ler.

25 4. O narrador da história do Capuchinho Vermelho é

a mãe do Lucas.

a Violeta.

o caçador.

o Lucas.

1
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR PALAVRAS 6
TESTES DE AVALIAÇÃO – VERSÃO A

TRANSCRIÇÃO – TESTE 1

AS HISTÓRIAS FAZEM-NOS CRESCER*


– Porque é que te estás a rir, mãe?
– É do livro que estás a ler. A história é muito engraçada.
– Mas as histórias não são coisas de crianças?
– São coisas de crianças e de adultos, Lucas. Toda a gente gosta de histórias.
– Porquê?
– Porque são divertidas e aprendemos com elas. Através das histórias, podemos viver muitas
coisas e aprender muitas lições.
– Então quando me lês histórias à noite eu também estou a aprender?
– Claro, Lucas! Estás a divertir-te e a aprender ao mesmo tempo!
– Obrigado, mãe! Anda, Cometa!

– Olá, Lucas! Onde vais com tanta pressa!


– Estava à tua procura. Posso contar-te uma história?
– Uma história?! Sim! Boa!
– Vamos a isto, Cometa!

Era uma vez uma menina muito simpática que ia levar o lanche para a avó. Ela levou a lancheira
com bolinhos deliciosos pela floresta. Até que encontrou um lobo…
– Ah! Parece que já conheço essa história de algum lado!
– Espera, ouve o resto! Como eu estava a dizer…
Aparece um lobo. O lobo pergunta-lhe:
– Onde vais levar esses bolinhos tão deliciosos?
E a menina responde:
– São para a minha avó!
E o lobo pergunta-lhe:
– Posso ir contigo? Uma menina não deve andar sozinha na floresta.
A menina disse que sim e lá foram os dois. Passado um bocadinho, encontraram um caçador.
– Olá, minha menina! Onde vais com esses bolinhos deliciosos?
– Vou levá-los à minha avó – diz a menina.
– Hum! Posso ir com vocês? Uma menina precisa de companhia na floresta.
E lá foram os três.
Quando chegaram a casa da avó, a menina agradeceu-lhes e deu um bolinho delicioso a cada
um.
– E depois?
– E depois nada. A menina deu um bolinho a cada um e ficaram todos felizes.
– Ah, Lucas, podias ter dito logo que querias um bolinho. Toma! Toma!
– Oh, mas assim não tinha piada! E agora já aprendeste como é bom dar bolinhos aos amigos!
– Ok! Espertinho! Então agora leva-me a casa. Essa é a parte da história que ainda falta.
– Claro, Violeta. Vamos, Lobo! Quer dizer, Cometa!
É tão bom imaginar Quando ouves uma história Vamos lá saber de cor
O que pode acontecer Aprendes algo importante A regra que mais gostamos
Histórias ouvir e contar Que te fica na memória Com as histórias aprendemos
Antes de adormecer Desse dia para diante Mesmo quando as contamos

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO
1. divertida. 2. divertem-nos e ensinam-nos. 3. passear com o Cometa. 4. o Lucas.

2
© Areal Editores