Sie sind auf Seite 1von 23

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA

NUCLEO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS – NUCSA


DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA INFORMAÇÃO
CURSO DE BIBLIOTECONOMIA

SIMONE NOBRE DE LIMA CARVALHO

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO – Il

PORTO VELHO/RO
2018
SIMONE NOBRE DE LIMA CARVALHO

RELÁTORIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO – II

Relatório de Estágio Supervisionado 180


horas do Curso de Graduação em
Biblioteconomia apresentado à
Universidade Federal de Rondônia Unir,
como requisito para avaliação na
disciplina de Estágio Obrigatório – Il.
Supervisor: Prof. Me. Marcos Leandro
Freitas Hübner.

PORTO VELHO/RO
2018
NOBRE, Simone. L. Carvalho. Relatório de Estágio Supervisionado II, 2018. 23p.
Relatório apresentado como requisito parcial para aprovação na Disciplina Prática
de Estágio Supervisionado em Biblioteconomia Il. Na Biblioteca Central da
Universidade Federal de Rondônia – UNIR, Porto Velho- RO.

RESUMO

Refere-se sobre o estágio supervisionado Il, realizado na Biblioteca Central da


Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Dissertar sobre um breve histórico da
instituição, característica, conceituar o modelo da biblioteca, objetivos, produtos e
serviços, atribuições, horários de funcionamento, às normas de utilização do acervo,
o espaço físico, o atendimento ao usuário. Atividades desenvolvidas durante o
estágio, processamento técnico, o acervo, a organização da informação no setor de
tratamento e a disseminação e o acesso à informação no atendimento ao usuário.

Palavras Chaves: Estágio Supervisionado. Biblioteca Universitária, Biblioteca


Central/UNIR. Técnicas biblioteconômicas.
LISTA DE ILUSTRAÇÕES

Figura 1 - Acesso ao Campus José Ribeiro Filho da UNIR em Porto Velho..............09


Figura 2 - Fachada da BC/UNIR e setorial de Porto Velho........................................11
Figura 3 - Espaço físico BC/UNIR: (piso superior o organizado o acervo)................12
Figura 4 - Localização do acervo nas estantes..........................................................15
Figura 5 - gabinetes de atendimento ao usuário........................................................15
Figura 6 - Espaço de leitura.......................................................................................16
Figura 7 - Setor de tratamento técnico da BC/UNIR..................................................17
Figura 8 - Carimbos de identificação de compra ou doação......................................19
Figura 9 - Carimbo de identificação da biblioteca pertencente a UNIR.....................19
Figura 10 - Carimbo de identificação da obra e número de tombo............................20
Sumário

1 INTRODUÇÃO ..................................................................................................... 6
2 OBJETIVOS ........................................................................................................ 7
2.1 Objetivo geral ........................................................................................................ 7
3 A BIBLIOTECA CENTRAL E SETORIAL DE PORTO VELHO DA
UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA UNIR. .................................................. 9
3.1 Visão, missão e atribuições da BC/unir .............................................................. 10
3.2 Um olhar panorâmico sobre a biblioteca central - unir ........................................ 12
3.2.1 Ambiente Físico da Biblioteca ...................................................................... 12
3.2.1.1 Piso térreo ..................................................................................................... 12
3.2.1.2 Piso superior ................................................................................................ 13
3.2.2 Horário de funcionamento da biblioteca ........................................................... 13
3.2.3 Serviços e produtos oferecidos pela biblioteca ................................................ 14
3.2.4 Sistema Integração de Gestão Universitária – SINGU ..................................... 16
4 ATIVIDADES EXERCIDAS NO ESTÁGIO ......................................................... 17
5 PROPOSTA DE INTERVENÇÃO PARA MELHORIA NA BC/UNIR ................. 21
6 CONSIDERAÇÕES FINAIS ............................................................................... 22
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ........................................................................ 23
6

1 INTRODUÇÃO

Este relatório tem por objetivo fundamental discorrer sobre as atividades


desenvolvidas no estágio curricular na BC/UNIR, conforme a ementa da disciplina de
Estágio Curricular ll, aplicada pelo Prof. Me. Marcos Leonardo Freitas Hübner.
Discorre sobre histórico, características da instituição, missão e objetivos,
recursos tecnológicos, produtos e serviços disponíveis ao usuário e suas
particularidades no atendimento, ambiente interno e externo, o acervo, o corpo
técnico e suas competências, sempre sob a orientação dos bibliotecários
responsáveis pelo setor de tratamento e demais setores. Ou seja, descreve a
realização das etapas desenvolvidas durante o período de estágio na biblioteca.
Ademais, observar e descrever o acesso à informação ofertado pela BC/UNIR
no que tange ao processo de aprendizagem educacional no nível superior, no qual
as BU’s atuam diretamente a partir da pesquisa e extensão para o desenvolvimento
intelectual de indivíduos e sociedade.
Por fim, discute-se uma proposta de intervenção que contribua para
implementação na BC e atenda como suprimento informacional às pesquisas
relacionadas ao que é proposto.
7

2 OBJETIVOS

Visam nortear o desenvolvimento de competências nas técnicas


biblioteconômicas e possibilitar a descrição de cada observação e participação nos
processos no ambiente do estágio.

2.1 Objetivo geral

Adquirir maior conhecimento a partir da prática, como forma de impulsionar o


aprendizado teórico, levando em conta as experiências rotineiras das atividades no
processo de desenvolvimento de produtos e serviços e as atribuições do profissional
bibliotecário, dentro da unidade de informação. Consequentemente, obter aprovação
na matéria de Estágio curricular II.

A Biblioteca Central da UNIR, é uma biblioteca do tipo universitária, que


segundo Dias e Pires,

[...] funcionam como órgãos de apoio informacional às atividades de ensino,


pesquisa e extensão, com acervo geral ou especializado, podendo
apresentar estrutura administrativa centralizada ou descentralizada [...] Sua
função é prover informações referenciais e bibliográficas específicas,
necessárias ao ensino e à pesquisa (DIAS; PIRES, 2003, p.14).

Segundo Milanesi (1983, p. 64-65), é “[...] um dos elementos fundamentais


sem o qual não existe, de fato, o ensino superior.” Na sequência Milanesi ressalta
que “Uma biblioteca está aberta não apenas para emprestar livros para aqueles que
não dispõem de recursos para adquiri-los, mas para abrir ao infinito as
possibilidades de acesso à informação.” Portanto, a existência e fins da biblioteca
universitária são intrínsecos aos da instituição de ensino superior e essencial para
aquisição do conhecimento e produção científica.
Os primórdios da biblioteca universitária registram-se na Idade Média em
decorrência do surgimento das primeiras universidades ao fim do século XI na
Europa. Sobre esse contexto histórico, Morigi e Souto apresentam o seguinte relato:
8

As bibliotecas universitárias surgiram na Idade Média, pouco antes do


Renascimento. A princípio elas estavam ligadas às ordens religiosas, porém
já começavam ampliar o conteúdo temático além da religiosidade. Estas
bibliotecas são as que mais se aproximavam do conceito atual de biblioteca
como espaço de acesso e disseminação democrática de informação
(MORIGI; SOUTO, 2005, p. 191).

A partir desse contexto, observa-se a evolução da BU e sua importância para


a construção e desenvolvimento de toda sociedade, pois, sua contribuição
informacional vai além dos limites da comunidade acadêmica.
9

3 A BIBLIOTECA CENTRAL E SETORIAL DE PORTO VELHO DA


UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA UNIR.

Conforme as informações disponibilizadas nos sites da UNIR e Biblioteca


Central, num contexto histórico, a BC teve sua criação simultânea à Fundação
Universidade Federal de Rondônia – UNIR, através da Lei nº 7.011 de 08 de julho de
1982. Possui sede na cidade de Porto Velho, no Campus José Ribeiro Filho e
compartilha do mesmo espaço físico com a Biblioteca Prof. Roberto Duarte Pires,
que é a setorial de Porto Velho. Dessa forma, é possível considerar tanto o histórico,
visão, missão e atividades biblioteconômicas da setorial de Porto Velho inerentes à
Biblioteca Central, o que é até então desconhecido pela maioria de seu público
usuário e de pouca descrição nos registros institucionais.
Feitas as devidas observações sobre a concomitância das referidas
bibliotecas, na sequência serão apresentados os principais cenários desta instituição
pertencente a Universidades Federal de Rondônia – UNIR e será tratada apenas por
BC/UNIR.

Figura 1 - Acesso ao Campus José Ribeiro Filho da UNIR em Porto Velho.

FONTE: Ana Kézia/ G1/RO.


10

3.1 Visão, missão e atribuições da BC/Unir.

A visão da BC/UNIR está diretamente ligada à visão da instituição de ensino


superior a qual pertence, assim como os princípios e valores institucionais. No que
tange a visão, ser referência em educação superior, ciência, tecnologia e inovação
na Amazônia. Com a missão de produzir e difundir conhecimento, considerando as
peculiaridades amazônicas, visando ao desenvolvimento da sociedade. Possui
especificamente ainda, a missão de contribuir com as atividades de ensino, pesquisa
e extensão da comunidade acadêmica por meio de acesso livre aos serviços
oferecidos como espaço físico, orientação bibliográfica, treinamento e
disponibilização de produtos que contribuam na formação e aperfeiçoamento
individual. Coordena tecnicamente as oito Bibliotecas que compõem a UNIR, em
Porto Velho e nos campi de Ariquemes, Cacoal, Guajará-Mirim, Ji-paraná,
Presidente Médici, Rolim de Moura e Vilhena.
A BC possui regimento interno, conforme o texto retirado do mesmo, e
reproduzido no exposto abaixo, que descreve suas principais finalidades.
Segundo o anexo da resolução 188/CONSAD, de 28 de novembro de 2017,
discorre no Capítulo I, Art. 1º, p. 2. Regimento interno da Biblioteca Central da
Fundação Universidade de Rondônia, órgão suplementar vinculada à Reitoria,
prevista no Cap. V.l., Art., 33, Parágrafo 1º, item l, do Estatuto da UNIR.
a) Coordenar todos os serviços de administração, informação e
desenvolvimento de coleções, processos técnicos, organização do material
informacional e atendimento aos usuários;
b) Coordenar Bibliotecas Setoriais;
c) Desenvolver o seu programa em estreita colaboração com as unidades
acadêmicas e os órgãos suplementar, preservando os bens sob sua guarda e
promovendo a disseminação e otimização de suas coleções, sendo vedado o uso de
seu espaço físico para qualquer outro fim alheio à suas finalidades;
d) Integrar as suas bibliotecas à política educacional e administrativa da
Fundação Universidade Federal de Rondônia, servindo de apoio aos seus
programas de ensino, pesquisa e extensão;
e) Prover a comunidade universitária e a sociedade serviços e produtos
de informação a fim de estimular a produção técnico-científica e cultural;
11

f) Integrar-se às redes e ao sistema de informação para melhor


aproveitamento e racionalização dos recursos disponíveis, participando dos planos
nacionais de Bibliotecas Universitárias e dos demais programas cooperativos;
g) Viabilizar a atuação articulação e coordenada das bibliotecas do
Sistema da Fundação Universidade Federal de Rondônia, na busca de objetivos
comuns;
h) Manter os princípios de racionalização administrativa e técnica, com
objetivo de evitar duplicidade de meios para fins idênticos e de garantir a plena
utilização de recursos humanos e materiais.

Este documento encontra-se em formato (PDF) em opção de link disponível


ao acesso público no site da Biblioteca Central da UNIR

Figura 2 - Fachada da BC/UNIR e setorial de Porto Velho.

FONTE: http://www.bibliotecacentral.unir.br
12

3.2 Um olhar panorâmico sobre a biblioteca central - unir

Este capítulo discorre sobre os diversos aspectos da atuação da BC/UNIR


como: descrição do espaço físico, horários de atendimento, produtos e serviços
ofertados, sistema de gestão da informação utilizado, assim como outros aspectos
correlacionados. A partir das observações in loco e informações disponíveis no site
da BC (www.bibliotecacentral.unir.br).

3.2.1 Ambiente Físico da Biblioteca

Figura 3 - Espaço físico BC/UNIR: (piso superior o organizado o acervo).

FONTE: autora

A Biblioteca foi recentemente reformada, tendo início em janeiro de 2018 e


conclusão em julho de 2018, proporcionando um layout moderno e melhor
infraestrutura com acessibilidade. Ocupa uma área física de 3270,12m² e é
composta por piso térreo e superior, nos quais são aproveitados da seguinte forma:

3.2.1.1 Piso térreo


 Espaço de Atendimento ao Público;
13

 Espaço Digital de Pesquisa: 28 cabines com computadores (sendo o 1º


para uso exclusivo de PcD) e 3 sofás;
 Auditório: 51 assentos;
 Guarda-volumes: 300 unidades;
 Editora da Unir (EDUFRO);
 Banheiros: 2 unidades.

3.2.1.2 Piso superior

 Acessibilidade: (rampa e plataforma elevatória);


 Espaço de Atendimento ao Público;
 Terminal eletrônico de pesquisa ao catálogo do acervo;
 Espaço do Acervo;
 Espaço de Estudo Individual: 10 unidades com 10 assentos;
 Espaço de Estudo Coletivo: 99 mesas e 269 assentos;
 Salas de Estudo em Grupo: 6 (Cada sala dispõe de 1 mesa com 4
cadeiras);
 Espaço Digital de Treinamento: 12 computadores;
 Espaço Leitura Deleite: 16 poltronas e 11 sofás;
 Banheiros: 2 unidades.

3.2.2 Horário de funcionamento da biblioteca

O horário de funcionamento da biblioteca é de segunda à sexta-feira das 08h


às 21horas sem interrupção no atendimento. De acordo com o calendário acadêmico
se ocorrer alguma eventualidade a administração da biblioteca juntamente com
direção geral, poderá modificar o horário da biblioteca e feita a comunicação
imediata via informativo no portal da instituição e demais mídias sociais dela aos
usuários e comunidade em geral.
É importante destacar que existe um quadro de distribuição dos funcionários e
estagiários da biblioteca nos respectivos setores da BC, conforme os horários
específicos.
14

3.2.3 Serviços e produtos oferecidos pela biblioteca

A comunidade acadêmica usuária da biblioteca é composta por (docentes e


discentes da UNIR e de outras instituições de ensino superior, técnicos
administrativos, estagiários e demais membros da sociedade visitantes da BC).
Para suprir as necessidades desta comunidade de usuários da BC, são ofertados os
seguintes serviços e produtos:
 Acervo físico e digital, sendo que, o acervo físico é o principal
produto, possuindo aproximadamente 64.552 itens impresso e com obras
bibliográficas diversificadas nas variadas áreas do conhecimento;
 Acesso às Coleções e Catálogo online, Repositórios e Portal de
periódicos da Capes;
 O serviço de referência que apoia o usuário nas diversas orientações
sobre o acervo e tudo que se relaciona com sua necessidade informacional e
esclarecimento de dúvidas sobre como usar as ferramentas da biblioteca;
 Capacitação de usuários e cursos de extensão;
 Consulta ao acervo, bem como, o empréstimo dos itens, havendo a
necessidade de prévio cadastro para fins de controle o que é exigido a todos os
usuários que desejam fazer um empréstimo. Ou seja, o empréstimo e sua
renovação estão disponíveis aos acadêmicos regularmente matriculados nos cursos
de graduação e pós-graduação, docentes e técnicos administrativos da Unir, pois,
ocorrem presencialmente, sendo necessário que o aluno utilize seu cadastro no
SINGU matrícula e senha. No caso dos outros usuários que não possuem vínculo
com a Unir, é disponibilizado apenas as consultas locais.
 O serviço de recebimento de devolução de materiais também é um
dos existentes na BC/UNIR, assim como, emissão de Nada Consta;
 Ficha catalográfica (É feita a solicitação, conforme as orientações
dispostas no manual de solicitação de ficha catalográfica e recebida pelo solicitante
dentro dos prazos estabelecidos e conforme as normas do manual);
 Área de estudo;
 Salas de estudo em grupo;
 Cabines para estudo individual;
 Espaço deleite;
15

 Auditório;
 Acesso digital e uso de internet via wi fi, entre outros serviços.

Figura 4 - Localização do acervo nas estantes.

FONTE: Autora

Figura 5 - gabinetes de atendimento ao usuário

FONTE: autora
16

Figura 6 - Espaço de leitura

FONTE: autora

3.2.4 Sistema Integração de Gestão Universitária – SINGU

O sistema utilizado na BC/UNIR para o gerenciamento do acervo e dos


serviços assim como, em todos os setores da UNIR é o Sistema Integração de
Gestão Universitária – SINGU, que brevemente será substituído pelo sistema
SIGAA.
O SINGU apesar de não ser exclusivo ou específico para bibliotecas e seus
processos de tratamento da informação, foi adaptado para gestão de acervos,
empréstimos e facilitar a colaboração entre bibliotecas da rede interna de setoriais,
visando possibilitar os serviços disponibilizados.
A ausência do formato bibliográfico MARC 21(Machine Readable Catalogin)
para a catalogação de assuntos e do protocolo Z39.50 para intercâmbio de
informações bibliográficas com múltiplos sistemas de informação através de redes
eletrônicas, são algumas das características que diferenciam o SINGU de um
sistema específico para gestão de informação em bibliotecas. Embora o fato, o
sistema atende dentro das possibilidades e poderia ser maximizado se houvesse
atualização por meio de manutenção.
17

4 ATIVIDADES EXERCIDAS NO ESTÁGIO

Figura 7 - Setor de tratamento técnico da BC/UNIR.

FONTE: autora

As Atividades desenvolvidas durante o período do estágio curricular


ocorreram no período que compreende 20 de agosto a 23 de novembro de 2018,
com a supervisão do docente Marcos Leandro Hübner e do também docente
Wellington Marçal de Carvalho, ambos responsáveis pela disciplina de Estágio
curricular II do curso de Biblioteconomia da Universidade Federal de Rondônia –
Unir.
O estágio é fundamental no processo de aprendizagem para eliminar dúvidas
e incompreensões no decorrer das etapas vivenciadas, que compreendem o
tratamento da informação, desde a aquisição até o atendimento ao usuário final e as
demais ofertas de serviços a ele prestados.
Todas as atividades desempenhadas durante este período de estágio
estiveram sob a orientação da bibliotecária e diretora da BC/UNIR, Eliana Gemaque
Gomes Barros, da diretora substituta e coordenadora de aquisição, a bibliotecária
especialista Ozelina do Carmo de Carvalho Saldanha, da secretária administrativa e
também bibliotecária especialista Edonéia Sampaio da Silva Miranda, no setor de
Processamento Técnico de Periódicos sob a orientação da bibliotecária especialista
18

Cristiane Marina Teixeira Girard e na Coordenação de apoio aos Usuários Gerência


de Atendimento ao Público (GAP), sob orientação do bibliotecário especialista Luan
Silva Mendonça que conta também com os auxiliares administrativos que dão
suporte no atendimento ao público, tanto na recepção como na organização do
acervo.
O desenvolvimento das atividades teve início no setor de tratamento técnico
localizado no piso térreo da BC, onde é feito o processamento técnico de periódicos
e demais obras. Os processos de organização da informação nesse setor são:
classificação utilizando a tabela sistemática e o índice alfabético, CDU –
classificação Decimal Universal 2º Ed. Padrão Internacional em Língua Portuguesa
(2007). Um dos procedimentos realizados na BC, no tratamento da informação é a
aplicação de linguagem documentária para representar as informações do acervo e
para isso a indexação utiliza a ABNT NBR 12676 de 1992. Na descrição física a
catalogação aplicada ao Código de Catalogação Anglo-Americano – (AACR2) e a
notação de autor a partir da tabela de Cutter online e o catálogo da Biblioteca
Nacional no processo de importação de informação através de adequação, pois
conforme já explicado, o SINGU não possui o protocolo Z39.50.
Foram cumpridas as horas preestabelecidas para cada etapa vivenciada
durante o período de estágio. Logo em seguida iniciou-se na parte superior da
biblioteca, com atividades relacionadas à organização do acervo e atendimento ao
usuário dentre outras.
A descrição das atividades realizadas durante o período de estágio ll, seguem
resumidas na sequência:
 Identificação do ambiente geral, estrutura física, recursos humanos,
acervo, rotina de trabalho, ferramentas e suportes informatizados utilizados no
processamento técnicos;
 Atendimento ao usuário;
 Identificação de livros no setor de tratamento técnico (classificação);
 Verificação do acervo se já existe na unidade;
 Recebimento e conferência de livros doados e comprados;
 Pesquisa de dados catalográficos já prontos em bases de dados como
Biblioteca Nacional, Normas ABNT e uso de ferramentas como: Código de
19

Catalogação Anglo-Americano – AACR2, Cutter online etc., para posterior edição e


adequação ao padrão adotado para inserção (catalogação) no sistema SINGU;
 Impressão das etiquetas;
 Etiquetagem e carimbagem de livros e periódicos (de identificação e
tombamento);
 Depois de carimbados e etiquetados, organizados nas estantes
conforme a Classificação Decimal de Universal – CDU;
 Auxílio aos usuários no uso do sistema bem como a localização do
acervo na estante;
 Facilitação ao usuário do acesso à informação.

A seguir, são apresentados os carimbos utilizados durante as atividades no


setor de tratamento técnico:

Figura 8 - Carimbos de identificação de compra ou doação.

FONTE: Autora

Figura 9 - Carimbo de identificação da biblioteca pertencente a UNIR.

FONTE: Autora
20

Figura 10 - Carimbo de identificação da obra e número de tombo.

FONTE: Autora

No processo de etiquetagem do acervo são utilizadas etiquetas autoadesivas


brancas, as quais recebem os dados padronizados e preenchidas no Microsoft Word
pelo bibliotecário, contendo os dados retirados do sistema. Na etiqueta consta o
título da obra, o número de chamada do autor, volume/exemplar, o ano e o número
do acervo. A impressão é feita após o preenchimento das etiquetas que serão
coladas nos livros.
Em seguida são carimbados e etiquetados os livros que serão dispostos nas
estantes e organizados na ordem crescente do número de chamada, respeitando a
ordem alfabética de classificação do autor, conforme a classificação adotada pela
instituição CDU – Classificação Decimal Universal, sendo disponibilizado após todo
o processo descrito, para o usuário através do empréstimo ou consulta local.
21

5 PROPOSTA DE INTERVENÇÃO PARA MELHORIA NA BC/UNIR

A partir de uma necessidade informacional de elaboração do contexto


histórico da BC/UNIR por parte desta acadêmica do curso de Biblioteconomia da
UNIR, visto que o trabalho de conclusão de curso aborda uma etapa de tratamento
da informação dentro da referida biblioteca, como para a construção textual com
finalidade idêntica para se abordar neste relatório, para tratar do contexto histórico
da instituição Biblioteca Central, notou-se dificuldade na obtenção de fontes que
abordem de forma clara e mais detalhada a memória em particular dessa biblioteca.
Observou-se também, que o histórico é apresentado no site de forma superficial, o
que acaba não atendendo a necessidade informacional do pesquisador que possui
perspectiva de descrição da memória institucional.
Outra observação sobre isto é a existência de trabalhos acadêmicos sobre a
biblioteca, com definições históricas sobre a mesma apresentadas de formas
irregulares, o que pode estar ligado a alterações “constantes” no site da instituição,
que é a principal fonte dessa memória. Apesar da forma muito resumida
apresentada no site, é a fonte mais frequente nas referências bibliográficas desses
trabalhos.
Portanto, é nesse sentido, que apresento como proposta de intervenção, o
empenho dos profissionais da BC/UNIR, com a sugestão de acionamento do Núcleo
de História da Universidade Federal de Rondônia, para resgatar a memória da
Biblioteca Central de forma específica e da UNIR. A partir de fontes confiáveis e com
finalidade de fixar no site um histórico mais completo e que possa retratar a memória
dessa instituição de forma consistente, além de ser facilmente referenciada nos
trabalhos acadêmicos e pesquisas sobre ela. Além disso, não existe um link sobre
Memória Institucional, como existe nos sites de muitas bibliotecas universitárias da
rede pública e nas privadas.
22

6 CONSIDERAÇÕES FINAIS

O estágio na BC/UNIR teve relevância ímpar na agregação de valor no que


diz respeito à obtenção de conhecimento. Sem dúvidas, as práticas dos processos
permitem uma maior assimilação do conteúdo visto em sala de aula.
A importância do profissional bibliotecário é outro ponto percebido durante o
estágio com mais nitidez, tanto para o tratamento das informações, como na
mediação dessas informações e gestão da unidade de informação como um todo.
Portanto, observando-se nesse relatório, tem por satisfatório o
aproveitamento do período do estágio, alcançando os objetivos de se obter visão
panorâmica da BC/UNIR, identificando seus produtos e serviços aqui descritos,
participar da execução das atividades biblioteconômicas rotineiras em bibliotecas
universitárias e ainda elaborar uma proposta de intervenção que coopere com o
enriquecimento de pesquisas voltadas à biblioteca e que necessitam de informações
a partir de sua memória institucional.
23

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

DIAS, Maria Matilde Kronka; PIRES, Daniela. Formação e desenvolvimento de


coleções de serviços de informação. São Carlos: EdUFSCAR, 2003.

MILANESI, L. O que é Biblioteca. 10. ed. São Paulo: Brasiliense, 1995.

MORIGI, V.J. ; SOUTO, L.R. Entre o passado e o presente: as visões de biblioteca


no mundo contemporâneo. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina,
v.10, n. 2, p. 189-206, jan./dez. 2005. Disponível em:
<http://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/432/551> Acesso em: 15. nov. 2018.

Sites

http://www.bibliotecacentral.unir.br/homepage

http://www.bibliotecacentral.unir.br/pagina/exibir/5669

http://www.bibliotecacentral.unir.br/uploads/27147015/arquivos/Guia_do_Usu_rio_

http://www.bibliotecacentral.unir.br/uploads/27147015/arquivos/Resolu__o_188_CO
NSAD_regimento_bibliotecas_1990990602.pdf