Sie sind auf Seite 1von 55

www.qconcursos.

com

1 Q336571 Regimento Interno >


Ano: 2013 Banca: CESPE Órgão: TCE-RO Prova: CESPE - 2013 - TCE-RO - Auditor de Controle Externo - Direito

Tendo como base as disposições do regimento interno do TCE/RO, julgue os itens que se seguem.

Cabe ao presidente de câmara orientar e scalizar os conselheiros e auditores do tribunal no cumprimento de seus deveres
e no desempenho de suas atribuições.

Certo
Errado

2 Q462641 Regimento Interno >


Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-GO Prova: FCC - 2014 - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Jurídica

De acordo com o Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Goiás, determinar a realização de inspeção e
auditoria na hipótese de afastamento legal do relator, quando não houver substituto, é competência

A da Câmara competente.
B do Corregedor-Geral.
C do Plenário.

D do Presidente.
E do Vice-Presidente.

3 Q42596 Regimento Interno >


Ano: 2010 Banca: FCC Órgão: TCM-CE Provas: FCC - 2010 - TCM-CE - Analista de Controle Externo - Inspeção de Obras Públicas ...

Relativamente aos recursos de Reconsideração e Revisão e ao Pedido de Reexame, estabelece o Regimento Interno do
Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará que

o Pedido de Reexame é admissível nos processos de denúncia e nos que estão sujeitos a registro e scalização de atos
A
e contratos, sendo julgado pela mesma Câmara da decisão inicial, salvo os de denúncia cuja competência é do Pleno.

o Recurso de Revisão de decisão originária de mérito nos processos de julgamento de tomada ou prestação de contas,
B interposto ao Pleno, terá efeito suspensivo e poderá ser formulado uma só vez pelo responsável e pelo Ministério
Público.
da decisão de nitiva dos processos de apreciação e julgamento de contas caberá, no prazo de cinco anos, a contar do
C seu trânsito em julgado, Recurso de Reconsideração ao Pleno, o qual poderá ser interposto pelo responsável, seus
herdeiros, sucessores ou pelo Ministério Público Especial.
o prazo para o Ministério Público interpor Recurso de Revisão será contado da data de lavratura do acórdão ou
D
deliberação.

o Pedido de Reexame terá efeito suspensivo e será distribuído ao Conselheiro relator da decisão recorrida, podendo
E ser formulado uma só vez, pelo responsável ou interessado ou pelo Ministério Público, devendo tramitar e ser julgado
nos mesmos autos da decisão recorrida.

4 Q123626 Regimento Interno >


Ano: 2009 Banca: FCC Órgão: TCE-GO Provas: FCC - 2009 - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Tecnologia da Informação ...

Aceitação formal das atribuições, deveres e responsabilidades inerentes ao cargo público, com o compromisso de bem
servir, denomina-se

A indicação.
B nomeação

C posse.
D lotação.
E contratação.
5 Q462643 Regimento Interno >
Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-GO Prova: FCC - 2014 - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Jurídica

De acordo com o Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Goiás, considere as seguintes assertivas a respeito
das Sessões do Plenário:
I. As Sessões do Plenário serão Ordinárias e Extraordinárias, e somente poderão ser abertas com quorum mínimo de 4
Conselheiros, excluído o Presidente. II. As Sessões Ordinárias serão realizadas às terças- feiras, com duração de até 5 horas,
podendo haver intervalo de até 60 minutos. III. A critério do Plenário, por proposta do Presidente, as Sessões Ordinárias
poderão ser prorrogadas por até 60 minutos. IV. Se não houver número legal, a matéria constante da ordem dos trabalhos
da Sessão Extraordinária cará automaticamente transferida para a sessão seguinte, a ser convocada com o mesmo
caráter. Está correto o que consta APENAS em

A III e IV.
B I e II.
C I, II e III.
D II, III e IV.
E I e IV.

6 Q356532 Regimento Interno >


Ano: 2013 Banca: FGV Órgão: TCE-BA Prova: FGV - 2013 - TCE-BA - Analista de Controle Externo

O parecer prévio circunstanciado do Tribunal de Contas sobre a prestação de contas de uma Prefeitura é o resultado do
controle do tipo .

A Interno.
B Preventivo.
C Concomitante.
D Subsequente.
E Independente.

7 Q356533 Regimento Interno >


Ano: 2013 Banca: FGV Órgão: TCE-BA Prova: FGV - 2013 - TCE-BA - Analista de Controle Externo

Quanto ao controle externo, analise as a rmativas a seguir.


I. A natureza jurídica da decisão do Tribunal de Contas é administrativa e por essa razão poderá ser objeto de controle por
parte do Poder Judiciário. II. A decisão do Tribunal de Contas, de que resulta imputação de débito ou multa, terá e cácia de
título executivo. III. Se o parecer prévio de nitivo do Tribunal de Contas aponta irregularidade das contas por grave infração
à norma legal, de natureza contábil, cabe ao Poder Legislativo apenas a rati cação do parecer pela reprovação das contas
analisadas.Assinale:

A se somente a a rmativa II estiver correta.


B se somente a a rmativa III estiver correta.
C se somente as a rmativas I e II estiverem corretas.

D se somente as a rmativas II e III estiverem corretas.


E se todas as a rmativas estiverem corretas

8 Q555696 Regimento Interno >


Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCM-RJ Prova: FCC - 2015 - TCM-RJ - Procurador da Procuradoria Especial

Nos termos previstos no Regimento Interno do TCM/RJ, em se tratando de recursos, a Procuradoria Especial

A deve ter participação por escrito em qualquer caso.


B poderá ter participação oral no caso de correção de erro formal.

C poderá pedir vista dos autos para apresentação de parecer ao Relator em dez dias corridos.
D não poderá interpor recurso para agravar a situação do responsável.
E não tem legitimidade para interpor peças recursais.

9 Q42595 Regimento Interno >


Ano: 2010 Banca: FCC Órgão: TCM-CE Provas: FCC - 2010 - TCM-CE - Analista de Controle Externo - Inspeção de Obras Públicas ...

Sobre a composição e o funcionamento do órgão pleno do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará,
estabelece o seu Regimento Interno que

o Tribunal Pleno, órgão normativo de direção superior do Tribunal de Contas dos Municípios, é constituído de nove
A
Conselheiros, nomeados na forma estabelecida pela Constituição do Estado.
o Tribunal Pleno poderá realizar sessões extraordinárias ou especiais, convocadas pelo Presidente ou mediante
B
requerimento assinado pela maioria dos Conselheiros, com indicação prévia da matéria a ser apreciada.
as sessões do Tribunal Pleno são dirigidas pelo Presidente e, nos seus impedimentos, sucessivamente pelo Vice-
C
Presidente e pelo Conselheiro mais antigo da Corte.
a presença de, no mínimo, quatro Conselheiros, inclusive o Presidente, é exigida para funcionamento do Pleno, não
D
computados neste número os Auditores que substituírem Conselheiros.
as sessões do Tribunal Pleno são públicas, vedada a realização de sessões sigilosas ou reservadas, podendo, contudo,
E o Presidente mandar retirar do recinto a pessoa que mostrar comportamento inconveniente ou desrespeitoso e,
quando necessário, requisitar a força policial para restabelecer a ordem.

10 Q336570 Regimento Interno >


Ano: 2013 Banca: CESPE Órgão: TCE-RO Prova: CESPE - 2013 - TCE-RO - Auditor de Controle Externo - Direito

Tendo como base as disposições do regimento interno do TCE/RO, julgue os itens que se seguem.

Serão julgadas pelo Tribunal as contas irregulares apenas quando comprovada dano ao erário decorrente de ato de gestão
ilegítimo.

Certo
Errado

11 Q462642 Regimento Interno >


Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-GO Prova: FCC - 2014 - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Jurídica

De acordo com o Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Goiás, a Comissão Disciplinar Permanente da
Corregedoria-Geral

A é presidida pelo Presente do Tribunal isoladamente.


B será composta por servidores efetivos em número de 5 sendo 3 titulares e 2 suplentes.
C é presidida pelo Corregedor-Geral e pelo Presidente do Tribunal conjuntamente.
D será composta por servidores efetivos em número de 7 sendo 5 titulares e 2 suplentes.
E será composta por servidores efetivos em número de 9 sendo 5 titulares e 4 suplentes.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
12 Q61523
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2010 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2010 - TCU - Auditor Federal de Controle Externo - Tecnologia da Informação -

Parte I

Julgue os seguintes itens, acerca do Regimento Interno do TCU.

Recurso de revisão interposto por agente público contra decisão de uma câmara do TCU deve ser examinado pela própria
câmara.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
13 Q169215
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2007 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2007 - TCU - Técnico de Controle Externo

Julgue os itens seguintes quanto à organização e ao funcionamento do


TCU.
Nas votações da sessão de plenário, as sugestões de alteração da minuta de acórdão poderão ser feitas até a leitura de sua
redação nal.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
14 Q26531
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2007 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2007 - TCU - Analista de Controle Externo - Comum a todos

Considerando as normas que norteiam os tribunais de contas,julgue os itens a seguir.

O regimento interno do TCU de ne cinco instrumentos de scalização: levantamento, auditoria, inspeção,


acompanhamento e monitoramento; a scalização poderá ser exercida por iniciativa do próprio TCU ou atendendo a
solicitação do Congresso Nacional, por qualquer de suas casas ou respectivas comissões. Diante desses dados e das
disposições gerais sobre a scalização de atos e contratos, considere que o Congresso Nacional tenha solicitado ao TCU
inteirar-se sobre os procedimentos a serem adotados para apurar a responsabilidade sobre a quebra de sigilo bancário de
determinado cidadão, por funcionário de empresa pública federal. Nessa situação, não compete ao TCU a scalização de
atos administrativos que não resultem em receitas ou despesas, podendo, nesse caso, o relator determinar o arquivamento
do processo.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
15 Q17397
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2009 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2009 - TCU - Técnico de Controle Externo - Área Administrativa

Quanto ao processo em geral, julgue os próximos itens.

O relator pode determinar o arquivamento dos processos cujas contas sejam consideradas iliquidáveis, isto é, nos casos em
que o julgamento do mérito for materialmente impossível por motivos alheios à vontade do responsável.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
16 Q17775
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2009 Banca: CESPE Órgão: TCU Provas: CESPE - 2009 - TCU - Analista de Controle Externo - Auditoria de Obras Públicas - Prova

1 ...

De acordo com o Regimento Interno do TCU, julgue os itensseguintes.

Um ministro relator tem prerrogativa de submeter ao Plenário uma relação de processos de tomadas de contas que
tenham proposta de acolhimento de pareceres convergentes pela regularidade com ressalva, exarados pelo titular da
unidade técnica e pelo representante do Ministério Público.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
17 Q543644
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2015 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2015 - TCU - Técnico Federal de Controle Externo - Conhecimentos Especí cos

A respeito da forma de organização e funcionamento do TCU, julgue o item subsecutivo.

A reeleição do presidente do TCU é permitida apenas por um período.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
18 Q543650
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2015 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2015 - TCU - Técnico Federal de Controle Externo - Conhecimentos Especí cos

Julgue o item que segue , referente à deliberação do TCU e ao recurso previsto em lei.

A interposição de recurso, independentemente de este ser conhecido pelo relator designado, gera preclusão consumativa.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
19 Q17773
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2009 Banca: CESPE Órgão: TCU Provas: CESPE - 2009 - TCU - Analista de Controle Externo - Auditoria de Obras Públicas - Prova

1 ...

De acordo com o Regimento Interno do TCU, julgue os itensseguintes.

Se um órgão zer um concurso público para admissão de 500 novos servidores, o processo de exame dos respectivos atos
de admissão deverá ser deliberado pelo Plenário do TCU.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
20 Q17774
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2009 Banca: CESPE Órgão: TCU Provas: CESPE - 2009 - TCU - Analista de Controle Externo - Auditoria de Obras Públicas - Prova

1 ...

Para se disciplinar atribuições especiais de uma nova secretaria que seja criada no TCU, deverá ser editada uma resolução.

Certo
Errado

Respostas

1: E 2: D 3: A 4: C 5: A 6: D 7: C 8: B 9: B 10: E 11: B 12: E 13: C 14: E

15: C 16: C 17: C 18: C 19: E 20: C

www.qconcursos.com
www.qconcursos.com

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
21 Q13139
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2009 Banca: CESPE Órgão: TCU Provas: CESPE - 2009 - TCU - Analista de Controle Externo - Medicina - Prova 1 ...

De acordo com o Regimento Interno do TCU, julgue os itens seguintes.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
22 Q543645
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2015 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2015 - TCU - Técnico Federal de Controle Externo - Conhecimentos

Especí cos

A respeito da forma de organização e funcionamento do TCU, julgue o item subsecutivo.

A escolha dos quatro ministros que compõem cada uma das duas câmaras do TCU é realizada por votação
majoritária entre seus pares.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
23 Q543646
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2015 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2015 - TCU - Técnico Federal de Controle Externo - Conhecimentos

Especí cos

A respeito da forma de organização e funcionamento do TCU, julgue o item subsecutivo.

Na ausência do presidente do TCU, a presidência do tribunal poderá ser exercida pelo ministro mais antigo em
exercício no cargo.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
24 Q61526
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2010 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2010 - TCU - Auditor Federal de Controle Externo - Tecnologia da

Informação - Parte I

Julgue os seguintes itens, acerca do Regimento Interno do TCU.

Se um auditor federal de controle externo é designado para auditar determinada sociedade de economia mista, em
regra, o TCU pode atribuir-lhe poderes de amplo acesso aos sistemas eletrônicos de processamento de dados.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
25 Q260811
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2012 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2012 - TCU - Técnico de Controle Externo

As decisões do TCU estão submetidas a um rito estabelecido em lei


e em seu regimento interno. Com relação a esse assunto, julgue osseguintes itens.

Se, em determinado processo de contas, houver cinco pessoas indicadas como responsáveis, representadas por
cinco procuradores diferentes, será dado, para cada procurador, o prazo de dez minutos para sustentação oral,
desde que regularmente requerido.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
26 Q260814
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2012 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2012 - TCU - Técnico de Controle Externo

Se determinado gestor público tiver seu nome incluído no cadastro informativo dos débitos não quitados de órgãos
e entidades federais (CADIN) em decorrência da realização de TCE e, posteriormente, o TCU considerar iliquidáveis
as contas desse gestor, o seu nome deverá ser excluído do CADIN.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
27 Q1041552
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2019 Banca: CESPE Órgão: TCE-RO Prova: CESPE - 2019 - TCE-RO - Procurador do Ministério Público de Contas

A respeito de controle e scalização, julgue os itens que se seguem.

I O principal objetivo da scalização é corrigir irregularidades e, em especial, os atos danosos ao interesse público
no momento de sua ocorrência, seja por se mostrarem em desacordo com os atos normativos vigentes, seja por não
alcançarem os objetivos previstos de forma econômica, e ciente, e caz, efetiva e equitativa.

II As unidades técnicas do Tribunal de Contas da União (TCU) poderão executar a ação de controle mediante
obtenção de informações sem autuação de processo de controle externo.

III As unidades técnicas do TCU poderão executar a ação de controle mediante autuação de processo de scalização
com tipi cação especí ca nos casos em que as informações obtidas em resposta a diligências forem su cientes
para acompanhar o objeto scalizado.

Assinale a opção correta.

A Apenas o item II está certo.

B Apenas o item III está certo.


C Apenas os itens I e II estão certos.
D Apenas os itens I e III estão certos.
E Todos os itens estão certos.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
28 Q260813
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2012 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2012 - TCU - Técnico de Controle Externo

As decisões do TCU estão submetidas a um rito estabelecido em lei


e em seu regimento interno. Com relação a esse assunto, julgue osseguintes itens.

Caso o TCU tome conhecimento de determinada irregularidade cometida em órgão público federal, o tribunal
poderá determinar a instauração de TCE antes mesmo de decorrido o prazo de 180 dias do conhecimento dos fatos.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
29 Q13140
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2009 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2009 - TCU - Analista de Controle Externo - Medicina - Prova 1

De acordo com o Regimento Interno do TCU, julgue os itens seguintes.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
30 Q13141
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2009 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2009 - TCU - Analista de Controle Externo - Medicina - Prova 1
Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
31 Q13142
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2009 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2009 - TCU - Analista de Controle Externo - Medicina - Prova 1

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
32 Q17395
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2009 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2009 - TCU - Técnico de Controle Externo - Área Administrativa

A respeito das deliberações e dos recursos no âmbito do TCU,julgue os itens que se seguem.

Caberá embargo de declaração à decisão proferida em processo de prestação de contas em que o responsável se
julgar prejudicado em virtude de terem sido suas contas julgadas irregulares, diferentemente das de seus
antecessores, em circunstâncias semelhantes.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
33 Q61524
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2010 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2010 - TCU - Auditor Federal de Controle Externo - Tecnologia da

Informação - Parte I

Julgue os seguintes itens, acerca do Regimento Interno do TCU.

A deliberação sobre processo comum de prestação de contas já instruído cabe à respectiva câmara do TCU.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
34 Q61525
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2010 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2010 - TCU - Auditor Federal de Controle Externo - Tecnologia da

Informação - Parte I

O vice-presidente do TCU exerce, concomitantemente, a presidência da primeira e da segunda câmara e as funções


de corregedor.

Certo

Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
35 Q61527
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2010 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2010 - TCU - Auditor Federal de Controle Externo - Tecnologia da

Informação - Parte I

Ao tomar conhecimento de irregularidade que deva ser comunicada a superior hierárquico, o dirigente máximo do
Ministério Público junto ao TCU deve reportar-se ao procurador-geral da República.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
36 Q61528
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2010 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2010 - TCU - Auditor Federal de Controle Externo - Tecnologia da

Informação - Parte I

Na hipótese de o Senado Federal solicitar ao TCU exame de matéria sobre a exploração de petróleo na camada do
pré-sal, devido ao interesse da União, caberá à câmara a que está afeta o Ministério de Minas e Energia deliberar
sobre a solicitação.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
37 Q314363
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2013 Banca: CESPE Órgão: TC-DF Prova: CESPE - 2013 - TC-DF - Procurador

Em relação à prescrição administrativa e ao processo de investigação e julgamento de contas, julgue os itens


subsequentes.

No âmbito do TCU, constituem parte no processo, obrigatoriamente, o autor — sempre o Congresso Nacional —, o
réu — servidor ou órgão contra o qual haja indícios de ilegalidade na execução — e o juiz — o ministro-relator.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
38 Q581667
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte
Ano: 2015 Banca: CESPE Órgão: TCE-RN Prova: CESPE - 2015 - TCE-RN - Auditor

Julgue o item a seguir, relativo às decisões do TCE/RN.


Se uma proposição for julgada mediante votação simbólica, haverá adesão total ao voto do relator.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
39 Q563768
Tribunal de Contas da União , Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2015 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2015 - TCU - Procurador do Ministério Público

Assinale a opção correta de acordo com o RI-TCU.

A apreciação de mérito de determinadas matérias ou tipos de processo poderá também ser realizada por meio
A
eletrônico, nas condições e nos termos de nidos em expediente homologatório.
O TCU julgará as tomadas e prestações de contas até o término do exercício em que lhe tiverem sido apresentadas,
B
prorrogáveis por mais trinta dias em caso de TCE.
As contas serão consideradas iníquas por malversação de recursos públicos, desvios ou corrupção, quando
C
comprovadamente o agente tiver praticado o ato irregular.
São partes no processo o responsável e o interessado: o responsável é aquele assim quali cado, nos termos da LO-
D TCU, ao passo que o interessado é aquele que, em qualquer etapa do processo, tenha reconhecida, pelo relator ou
pelo tribunal, razão legítima para intervir no processo.
A apreciação das contas do presidente da República pelo tribunal far-se-á em sessão ordinária a ser realizada com
E antecedência mínima de setenta e duas horas do término do prazo para a remessa do relatório e pareceres ao
Congresso Nacional.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
40 Q1634 Tribunal de Contas do Estado de Rondônia ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia
Ano: 2007 Banca: CESGRANRIO Órgão: TCE-RO Prova: CESGRANRIO - 2007 - TCE-RO - Analista de Sistemas

De acordo como o Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia, para a posse de Auditor do
Tribunal será convocada Sessão do Plenário:

A Sigilosa.

B Especial.
C Extraordinária.
D Ordinária.
E Administrativa.
www.qconcursos.com

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
41 Q555874
Tribunal de Contas do Estado do Amazonas , Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas
Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCE-AM Prova: FCC - 2015 - TCE-AM - Auditor

Nos termos do Regimento Interno do Tribunal de Contas do Amazonas, acerca do Auditor tem-se que:

A não são a ele distribuídos processos quando em substituição de Conselheiro para a nalidade de completar quorum.
exerce a jurisdição plena quando substitui o Conselheiro por tempo indeterminado e restrita quando o substitui em
B
caráter interino.
a vinculação aos processos a ele distribuídos durante a substituição de jurisdição plena ocorre até o cessamento da
C
convocação.

D quando em substituição a Conselheiro, terá as mesmas garantias, prerrogativas e impedimentos de Juiz da Capital.
E são em número de três, funcionando todos exclusivamente perante o Tribunal Pleno.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
42 Q362929
Tribunal de Contas do Estado da Bahia , Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado da Bahia
Ano: 2013 Banca: FGV Órgão: TCE-BA Prova: FGV - 2013 - TCE-BA - Agente Público

Segundo o Regimento Interno do TCE/BA (Resolução-TCE n. 18/92), compete ao Tribunal Pleno .

A julgar as contas dos ordenadores de despesas e dos administradores das entidades da administração indireta.
julgar a legalidade das concessões de aposentadoria, transferência para a reserva, reforma e pensão, excluídas as
B
melhorias posteriores.

julgar as contas relativas a adiantamento ou outras antecipações de recursos dos responsáveis por dinheiro, bens e
C
valores públicos.
D julgar as contas relativas à aplicação de recursos estaduais atribuídos aos Municípios.

E nomear os servidores dos órgãos técnicos e administrativos.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
43 Q356535
Tribunal de Contas do Estado da Bahia , Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado da Bahia
Ano: 2013 Banca: FGV Órgão: TCE-BA Prova: FGV - 2013 - TCE-BA - Analista de Controle Externo

As deliberações do TCE/BA quando se tratarem de auditorias e de julgamentos oriundos do Tribunal Pleno tomam,
respectivamente, as seguintes formas:

A Acórdão e Provimento.
B Provimento Acórdão.
C Resolução e Acórdão.

D Resolução e Parecer.
E Parecer e Resolução.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
44 Q840637 Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco
Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: TCE-PE Provas: CESPE - 2017 - TCE-PE - Conhecimentos Básicos - Cargos 1 e 2 ...

O prefeito de um município do estado de Pernambuco prestou as contas municipais, no prazo devido, ao Tribunal de
Contas do Estado de Pernambuco (TCE/PE), que as analisou e as julgou irregulares.

Considerando essa situação hipotética, julgue o próximo item com base nas disposições da Lei Orgânica do TCE/PE e do
Regimento Interno desse tribunal.

Alegações de defesa prévia, após conhecimento do relatório preliminar que aponte as irregularidades declaradas, deverão
ocorrer no prazo de trinta dias da juntada do comprovante de recebimento da noti cação, não havendo a possibilidade de
inclusão posterior de fatos novos aos autos do processo.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
45 Q525351
Tribunal de Contas do Estado do Ceará , Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Ceará
Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCE-CE Prova: FCC - 2015 - TCE-CE - Procurador de Contas

Segundo o Regimento Interno do TCE-CE, o Plenário decidirá sobre consultas que lhe sejam formuladas por

A qualquer cidadão sem pendência com a Justiça Eleitoral.

B Presidentes de Tribunal de Contas.


C Promotores de Justiça.
D Presidentes de Câmara Municipal de Vereadores.
E Presidentes de Partido Político.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
46 Q525523
Tribunal de Contas do Estado do Ceará , Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Ceará
Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCE-CE Provas: FCC - 2015 - TCE-CE - Técnico de Controle Externo-Administração ...

Nos termos previstos no Regimento Interno do TCE-CE, confeccionar o demonstrativo semestral que publicize a atividade
judicante do Tribunal é competência

A do Vice-Presidente.

B do Corregedor.
C do Plenário.
D dos Serviços Auxiliares.
E do Presidente.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
47 Q515647
Tribunal de Contas do Estado de Sergipe , Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Sergipe
Ano: 2015 Banca: FGV Órgão: TCE-SE Provas: FGV - 2015 - TCE-SE - Médico ...

Sobre o tema “Intervenção nos Municípios” tratado no Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe, é
correto a rmar que o Tribunal de Contas poderá representar ao Governador, solicitando a intervenção em município:

A quando a dívida fundada deixar de ser paga, sem motivo de força maior, por dois anos consecutivos;
quando não houver sido aplicado o percentual mínimo de recursos exigido na Lei Orgânica Municipal proveniente de
B
royalties de petróleo em programas de saneamento básico;
cando o interventor, no caso de intervenção do Estado no Município, obrigado a prestar contas de sua administração
C
ao Ministério Público Especial;
D por deliberação de seu Presidente, por decisão fundamentada;

mediante processo administrativo, dispensada a participação do Prefeito, cabendo a sua defesa ao Presidente do
E
Tribunal de Justiça do Estado.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
48 Q161443
Tribunal de Contas do Estado de Alagoas , Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Alagoas
Ano: 2008 Banca: FCC Órgão: TCE-AL Prova: FCC - 2008 - TCE-AL - Procurador

A scalização realizada pelo Tribunal de Contas do Estado de Alagoas pode ser feita por meio dos seguintes instrumentos
previstos em seu Regimento Interno:

A inspeção e conferência.
B auditoria e inquérito.
C inspeção e auditoria.
D veri cação e conferência.
E veri cação e correição.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
49 Q356536
Tribunal de Contas do Estado da Bahia , Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado da Bahia
Ano: 2013 Banca: FGV Órgão: TCE-BA Prova: FGV - 2013 - TCE-BA - Analista de Controle Externo

Sobre a classi cação das auditorias, com base no Regimento Interno do TCE/BA, Resolução n. 18/92, analise as a rmativas a
seguir.
I. A auditoria programada está incluída em um plano anual. II. A auditoria especial depende da ocorrência de situações
especí cas não previstas no plano anual. III. A auditoria de irregularidade ocorre quando fatos ou atos que con guram
ilícito administrativo ou penal causam dano ao erário ou ao patrimônio público. Assinale:

A se somente a a rmativa I estiver correta.


B se somente a a rmativa II estiver correta.

C se somente as a rmativas I e III estiverem corretas.


D se somente as a rmativas II e III estiverem corretas.
E se todas as a rmativas estiverem corretas.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
50 Q288230
Tribunal de Contas do Estado de Sergipe , Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Sergipe
Ano: 2011 Banca: FCC Órgão: TCE-SE Provas: FCC - 2011 - TCE-SE - Analista de Controle Externo - Coordenadoria Jurídica ...

Atestar o exercício do Presidente do TCE-SE é competência

A do Tribunal Pleno.

B da Assembleia Legislativa.
C da Ouvidoria do TCE-SE.
D do Corregedor-Geral.
E do Vice-Presidente.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
51 Q209235
Tribunal de Contas do Estado de Sergipe , Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Sergipe
Ano: 2011 Banca: FCC Órgão: TCE-SE Provas: FCC - 2011 - TCE-SE - Analista de Controle Externo - Coordenadoria de Engenharia ...

É órgão de assessoramento direto ao Presidente do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe, sendo responsável pelas
atividades de assistência jurídica, comunicação social, segurança e apoio técnico-administrativo:

A Corregedoria-Geral.
B Vice-Presidência.
C Presidência.
D corpo de Auditores.
E Tribunal Pleno.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
52 Q362932
Tribunal de Contas do Estado da Bahia , Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado da Bahia
Ano: 2013 Banca: FGV Órgão: TCE-BA Prova: FGV - 2013 - TCE-BA - Agente Público

Segundo o Regimento Interno do TCE/BA, a auditoria governamental consiste no exame objetivo, isento de emissão de
juízos pessoais imotivados, sistêmico e independente, das operações orçamentárias, nanceiras e administrativas e de
qualquer natureza.
I. As Auditorias Programadas estão incluídas em um plano anual, cuja alteração só ocorrerá se as circunstâncias,
devidamente justi cadas, assim determinarem. II. As Auditorias Especiais são realizadas quando se evidenciar a ocorrência
de fatos ou a prática de atos que, con gurando ilícito administrativo ou penal, causem dano ao erário ou ao patrimônio
público. III. As Auditorias de Irregularidade realizam-se quando da ocorrência de situações especí cas não previstas no
plano anual. Assinale:

A se somente a a rmativa I estiver correta.


B se somente a a rmativa II estiver correta.
C se somente as a rmativas I e II estiverem corretas.
D se somente as a rmativas II e III estiverem corretas
E se todas as a rmativas estiverem corretas.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
53 Q525157
Tribunal de Contas do Estado do Ceará , Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Ceará
Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCE-CE Prova: FCC - 2015 - TCE-CE - Conselheiro Substituto (Auditor)

No TCE-CE ocorreu a vacância do cargo de Conselheiro. Esse fato gerou a necessidade da convocação de um Auditor
Substituto para o exercício da função relativa ao cargo de Conselheiro até novo provimento. O Regimento Interno do TCE-CE
prevê que essa convocação observará a ordem de preferência, será de forma alternada, mediante rodízio, e deverá ser feita
pelo

A Presidente do TCE-CE, pelo prazo de 30 dias.


B Presidente do TCE-CE, pelo prazo de 60 dias.
C Presidente do TCE-CE, pelo prazo de 90 dias.
D Plenário do TCE-CE, pelo prazo de 60 dias.
E Plenário do TCE-CE, pelo prazo de 90 dias.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
54 Q525159
Tribunal de Contas do Estado do Ceará , Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Ceará
Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCE-CE Prova: FCC - 2015 - TCE-CE - Conselheiro Substituto (Auditor)

Foi submetido a uma Câmara do TCE-CE a apreciação da legalidade de ato sujeito a registro. Nesse caso, a deliberação da
Câmara terá a forma de

A ato normativo.
B instrução normativa.
C resolução.
D parecer.
E acórdão.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
55 Q525160
Tribunal de Contas do Estado do Ceará , Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Ceará
Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCE-CE Prova: FCC - 2015 - TCE-CE - Conselheiro Substituto (Auditor)

Um Conselheiro apresentou ao TCE-CE projeto concernente ao enunciado de súmula, para o qual foi nomeado um Relator.
Em seguida, foram apresentados um projeto substitutivo de um outro Conselheiro e emendas, além de subemendas do
próprio relator. Após a apreciação desses atos, a matéria será votada respeitada a seguinte ordem:

substitutivo de Conselheiro, projeto originário, subemendas do relator, emendas com parecer contrário e emendas
A
com parecer favorável.
substitutivo de Conselheiro, projeto originário, subemendas do relator, emendas com parecer favorável e emendas
B
com parecer contrário.

substitutivo de Conselheiro, projeto originário, emendas com parecer favorável, emendas com parecer contrário e
C
subemendas do relator.
projeto originário, substitutivo de Conselheiro, emendas com parecer favorável, emendas com parecer contrário e
D
subemendas do relator.
projeto originário, substitutivo de Conselheiro, subemendas do relator, emendas com parecer contrário e emendas
E
com parecer favorável.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
56 Q555869
Tribunal de Contas do Estado do Amazonas , Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas
Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCE-AM Prova: FCC - 2015 - TCE-AM - Auditor

Nos termos previstos no Regimento Interno do TCE/AM, sobre o incidente de inconstitucionalidade tem-se que

A será decidido na sessão em que for arguido, podendo ser no Tribunal Pleno ou em uma das Câmaras.
B a arguição deverá ser por escrito, sendo vedada a forma oral.
C o quórum para decisão é maioria simples.
D da decisão somente cabem embargos de declaração.
E a decisão atinge tanto os casos pendentes como os julgados.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
57 Q840689
Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco
Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: TCE-PE Provas: CESPE - 2017 - TCE-PE - Conhecimentos Básicos - Cargo 5 ...

Considerando as previsões do Regimento Interno do TCE/PE, julgue o item seguinte.

É lícito que conselheiros do TCE/PE acumulem, excepcionalmente, função não remunerada em associação de classe.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
58 Q842405 Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco
Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: TCE-PE Provas: CESPE - 2017 - TCE-PE - Conhecimentos Básicos - Cargo 4 ...

Com referência às disposições da Constituição do Estado de Pernambuco, da Lei Orgânica do TCE/PE — Lei estadual n.º
12.600/2004 e suas alterações — e do Regimento Interno do TCE/PE, julgue o próximo item.

O TCE/PE é composto pelo Pleno e por duas câmaras com poder deliberativo, cada uma delas composta por três
conselheiros, à exceção do conselheiro presidente do tribunal, que não integra nenhuma câmara.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
59 Q1041561
Tribunal de Contas do Estado de Rondônia , Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia
Ano: 2019 Banca: CESPE Órgão: TCE-RO Prova: CESPE - 2019 - TCE-RO - Procurador do Ministério Público de Contas

O TCE/RO recebeu denúncia relativa à legalidade e à legitimidade de ato da administração pública estadual. A denúncia era
referente a um fato cuja gravidade exigia exame mais detido e aprofundado, sem a existência de processo em trâmite no
tribunal.

Considerando o regimento interno do TCE/RO, assinale a opção que apresenta o procedimento de scalização a ser
adotado nessa situação hipotética.

A auditoria ordinária
B auditoria especial
C inspeção ordinária
D inspeção especial
E inspeção extraordinária

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
60 Q550186 Tribunal de Contas do Município de São Paulo ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Município de São Paulo
Ano: 2015 Banca: FGV Órgão: TCM-SP Provas: FGV - 2015 - TCM-SP - Agente de Fiscalização - Ciências Contábeis ...

Sobre os processos de contas anuais, de acordo com as disposições de seu regimento interno, é correto a rmar que o
Tribunal de Contas do Município de São Paulo:

A ao julgar suas próprias contas, emitirá juízo conclusivo sobre sua aprovação ou rejeição;
B não admite recurso contra o acórdão que aprovar o parecer sobre as contas do prefeito;
C tomará as contas do prefeito caso não sejam apresentadas no prazo previsto na Lei Orgânica do Município;
D julgará as contas da Mesa da Câmara Municipal de São Paulo;
E apreciará, mediante parecer prévio, as contas das entidades da administração indireta do Município.

Respostas

41: A 42: A 43: C 44: E 45: B 46: B 47: A 48: C 49: E 50: E 51: C 52: A

53: B 54: C 55: B 56: D 57: C 58: C 59: E 60: D


www.qconcursos.com

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
61 Q867428
Tribunal de Contas do Estado de São Paulo , Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo
Ano: 2017 Banca: VUNESP Órgão: TCE-SP Prova: VUNESP - 2017 - TCE-SP - Agente de Fiscalização

A decisão em processo de tomada ou prestação de contas, conforme dispõe o Regimento Interno do TCE/SP, pode ser

A concessiva, absolutória ou condenatória.


B homologatória, terminativa ou mandamental.
C recorrível, irrecorrível ou homologatória.
D preliminar, nal ou terminativa.
E preambular, interlocutória ou terminativa.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
62 Q204635
Tribunal de Contas do Estado de São Paulo , Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo
Ano: 2011 Banca: FCC Órgão: TCE-SP Prova: FCC - 2011 - TCE-SP - Procurador

A respeito do quorum para deliberação do Tribunal Pleno e de cada Câmara do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo,
de acordo com o respectivo Regimento
Interno, é correto a rmar:

O Tribunal Peno, nas Sessões Especiais, somente poderá deliberar com a presença de quatro julgadores, além do
A
Presidente.
B Cada Câmara, em Sessão Ordinária, só poderá funcionar com a presença de todos os seus membros.

C As Sessões Extraordinárias do Tribunal Pleno realizar-se-ão com qualquer número de julgadores.


D As Sessões Extraordinárias de cada Câmara poderão ser realizadas com a presença de pelo menos dois julgadores.

E As Sessões Ordinárias do Tribunal Pleno realizar-se- ão com qualquer número de julgadores.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
63 Q204053 Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia
Ano: 2011 Banca: FCC Órgão: TCM-BA Prova: FCC - 2011 - TCM-BA - Procurador Especial de Contas

O cargo de Coordenador Especial é vinculado diretamente ao

A Tribunal Pleno, tem provimento temporário e pode ser provido exclusivamente por Auditor Substituto de Conselheiro.

Tribunal Pleno, tem provimento temporário e pode ser provido por qualquer servidor do Tribunal de Contas dos
B
Municípios do Estado da Bahia.
C Tribunal Pleno, tem provimento efetivo e pode ser provido exclusivamente por Auditor Substituto de Conselheiro.
Gabinete da Presidência, tem provimento temporário e pode ser provido exclusivamente por Auditor Substituto de
D
Conselheiro.
Gabinete da Presidência, tem provimento efetivo e pode ser provido por qualquer servidor do Tribunal de Contas dos
E
Municípios do Estado da Bahia.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
64 Q204055 Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia
Ano: 2011 Banca: FCC Órgão: TCM-BA Prova: FCC - 2011 - TCM-BA - Procurador Especial de Contas

Nos termos do Regimento Interno do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia, são órgãos de apreciação e
julgamento, além do Tribunal Pleno,

A as Câmaras e o Julgador Singular.


B as Câmaras.

C as Câmaras e a Corregedoria.
D a Presidência e a Corregedoria.
E a Presidência e as Câmaras.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
65 Q555694 Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro
Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCM-RJ Prova: FCC - 2015 - TCM-RJ - Procurador da Procuradoria Especial

Nos termos do Regimento Interno do TCM/RJ, é órgão do Tribunal

A o Presidente.

B a Procuradoria Especial.
C a Secretaria-Diretoria Geral.

D cada uma das Câmaras.


E o Corregedor.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
66 Q707764 Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro
Ano: 2016 Banca: IBFC Órgão: TCM-RJ Prova: IBFC - 2016 - TCM-RJ - Técnico de Controle Externo

Tendo em vista o que disciplina o Regimento Interno do Tribunal de Contas do Rio de Janeiro, uma vez veri cada
irregularidade nas contas, o Tribunal: I. de nirá a responsabilidade individual ou solidária pelo ato de gestão inquinado.
II. se houver débito, ordenará a citação do responsável para, no prazo de trinta dias, apresentar defesa. III. se não houver
débito, determinará a audiência do responsável para, no prazo de trinta dias, apresentar razões de justi cativa. Estão
corretas as a rmativas:

A I e II, apenas
B II e III , apenas
C I e III , apenas
D I, II e III

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
67 Q531806 Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro
Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCM-RJ Prova: FCC - 2015 - TCM-RJ - Auditor-Substituto de Conselheiro

A antiguidade do Conselheiro é regulada pelo RITCM/RJ e será determinada na seguinte ordem:

A idade, data da nomeação e data da posse.


B data da nomeação, data da posse e idade.
C data da posse, data da nomeação e idade.
D idade, data da posse e data da nomeação.
E data da posse, idade e data da nomeação.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
68 Q531807 Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro
Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCM-RJ Prova: FCC - 2015 - TCM-RJ - Auditor-Substituto de Conselheiro

Nos termos dispostos no RITCM/RJ, acerca do cargo de Auditor é correto a rmar que

A depois de empossado, só perderá o cargo por decisão do Plenário do Tribunal.


a comprovação do efetivo exercício por mais de 10 anos de cargo da carreira de Controle Externo do quadro de
B
pessoal de Tribunal constitui título computável para o concurso de provas e títulos.

quando em substituição de Conselheiro por mais de 15 dias terá as mesmas garantias e impedimentos a este
C
assegurados.
D são em número de quatro e nomeados pelo Presidente do Tribunal.
E podem exercer cargos em comissão ou funções grati cadas no TCM/RJ.
Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
69 Q531808 Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro
Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCM-RJ Prova: FCC - 2015 - TCM-RJ - Auditor-Substituto de Conselheiro

Nos termos do RITCM/RJ, a apreciação das contas do Governo do Município, apresentadas anualmente pelo Prefeito, será
realizada em sessão

A especial.
B extraordinária.
C ordinária.

D solene.
E administrativa.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
70 Q707759 Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro
Ano: 2016 Banca: IBFC Órgão: TCM-RJ Prova: IBFC - 2016 - TCM-RJ - Técnico de Controle Externo

Ao Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro compete, na forma estabelecida no Regimento Interno,
apreciar as contas prestadas anualmente pelo Prefeito. Assim, se as contas não forem apresentadas dentro do
prazo previsto, ou se o forem sem atender aos requisitos legais, em relação a sua constituição, o Tribunal, de plano:

A comunicará o fato à Câmara Municipal, para os ns de direito


B reprovará as contas, antecipadamente, em razão da revelia do Prefeito
C decretará, em desfavor do Prefeito, a preclusão do poder de alegar algumas matérias de defesa
D instaurará o incidente de infração político-administrativa, para apuração de crime de responsabilidade do Prefeito

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
71 Q531805 Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro
Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCM-RJ Prova: FCC - 2015 - TCM-RJ - Auditor-Substituto de Conselheiro

O Plenário do TCM/RJ concluiu pela necessidade de normatização da aplicação de determinada lei pertinente às suas
atribuições. Nos termos do seu Regimento Interno − RITCM/RJ, essa normatização deverá ocorrer sob a forma de

A regulamento.
B parecer.
C comunicado.
D decisão.
E deliberação.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
72 Q555695 Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro
Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCM-RJ Prova: FCC - 2015 - TCM-RJ - Procurador da Procuradoria Especial

Regra geral, as sessões do TCM/RJ são públicas. Todavia, foi constatado que determinado caso exigiu a preservação de
direitos individuais e do interesse público. Nesse caso, o Plenário aprovou proposta de caráter reservado da sessão que
julgará esse processo. Essa hipótese é possível desde que essa proposta seja feita exclusivamente pelo Presidente do
Tribunal

A ou parte interessada.
B ou Conselheiro.
C Conselheiro ou Auditor.
D Conselheiro, Auditor ou representante da Procuradoria Especial.
E Conselheiro, Auditor, representante da Procuradoria Especial ou parte interessada.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
73 Q707762 Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro
Ano: 2016 Banca: IBFC Órgão: TCM-RJ Prova: IBFC - 2016 - TCM-RJ - Técnico de Controle Externo

Os atos do Plenário e, no que couber, das Câmaras do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro, terão a
forma de Acórdão quando o ato de nitivo implicar:

A aplicação de multa e outras sanções


B aprovação e alteração do Regimento Interno
atos de nidores de estrutura, atribuições e funcionamento do Tribunal, das unidades de suas Secretarias e demais
C
órgãos auxiliares
atos e instruções normativas sobre aplicação de leis pertinentes às matérias de suas atribuições e a organização dos
D
processos que lhe devam ser submetidos

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
74 Q50642 Tribunal de Contas do Estado de Goiás ,
Resolução nº 22 de 2008 - Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Goiás
Ano: 2009 Banca: FCC Órgão: TCE-GO Prova: FCC - 2009 - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Gestão de Pessoas

Segundo o Regimento Interno, é vedado ao Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Goiás

A exercer comissão remunerada ou não em concessionárias de serviço público.


B desincumbir-se das missões e dos encargos que o Tribunal lhe con ar.
C resolver os incidentes relativos à ordem e andamento dos processos.
D participar de sociedade comercial, exceto como acionista ou cotista sem ingerência.
E exercer representação perante o Tribunal transcorridos 4 anos do afastamento do cargo por aposentadoria.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
75 Q47998 Tribunal de Contas do Estado de Goiás ,
Resolução nº 22 de 2008 - Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Goiás
Ano: 2009 Banca: FCC Órgão: TCE-GO Prova: FCC - 2009 - TCE-GO - Técnico de Controle Externo - Área Administrativa

A divisão incumbida de exercer o controle interno apresentará à coordenação de scalização estadual, relatório contendo
recomendações para o atendimento da política de qualidade de serviços adotada pelo Tribunal de Contas do Estado de
Goiás,

A bimestralmente e ao nal de cada semestre.


B quadrimestralmente e ao nal do exercício.
C mensalmente e ao nal de cada semestre.
D trimestralmente e ao nal do exercício.
E semestralmente e ao nal de cada semestre.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
76 Q126641 Tribunal de Contas do Estado de Goiás ,
Resolução nº 22 de 2008 - Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Goiás
Ano: 2009 Banca: FCC Órgão: TCE-GO Prova: FCC - 2009 - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Direito

Segundo disposto no Regimento Interno, compete ao Tribunal de Contas de Goiás decidir a respeito do ato de sustação do
contrato, quando a Assembleia Legislativa não efetivar as medidas que lhe forem cabíveis, no prazo de

A 90 dias.
B 80 dias.
C 70 dias.
D 60 dias.
E 50 dias.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
77 Q502520 Tribunal de Contas do Estado de Goiás ,
Resolução nº 22 de 2008 - Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Goiás
Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-GO Prova: FCC - 2014 - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Gestão de Pessoas

Considere:
I. Proposta que o Tribunal deve encaminhar ao Poder Executivo, referente ao projeto de sua lei orçamentária anual,
observada a legislação pertinente. II. A lista tríplice dos Auditores e dos membros da Procuradoria-Geral de Contas, para
preenchimento de cargo de Conselheiro. III. Os Programas de Governo a serem avaliados em cada exercício. III. Os
Programas de Governo a serem avaliados em cada exercício. IV. Os atos de dispensa ou inexigibilidade de licitação de
contratos para compras e serviços, através de tomada de preços, de valor até R$ 650.000,00. De acordo com o Regimento
Interno do Tribunal de Contas do Estado de Goiás, é de competência do Plenário APENAS os indicados em

A I, II e III.
B I e II.
C II e III.
D I, III e IV.
E II e IV.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
78 Q468469 Tribunal de Contas do Estado de Goiás ,
Resolução nº 22 de 2008 - Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Goiás
Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-GO Provas: FCC - 2014 - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Administrativa ...

De acordo com o Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Goiás, o Tribunal obedecerá a um recesso de suas
atividades deliberativas do Plenário e das Câmaras, em período NÃO superior a

A 15 dias, sendo que o recesso ocasionará a suspensão ou interrupção dos prazos processuais.
B 16 dias, xado em ato do Presidente, entre a segunda quinzena de dezembro e a primeira de janeiro.
C 24 dias, xado em ato do Presidente, entre a segunda quinzena de dezembro e a primeira de janeiro.
D 30 dias, sendo que o recesso ocasionará a suspensão ou interrupção dos prazos processuais.
E 30 dias, sendo que o recesso não ocasionará a suspensão ou interrupção dos prazos processuais.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
79 Q123625 Tribunal de Contas do Estado de Goiás ,
Resolução nº 22 de 2008 - Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Goiás
Ano: 2009 Banca: FCC Órgão: TCE-GO Provas: FCC - 2009 - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Tecnologia da Informação ...

Segundo o Regimento Interno, é vedado ao Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Goiás

A resolver os incidentes relativos à ordem e andamento dos processos.


B participar de sociedade comercial, exceto como acionista ou cotista sem ingerência.
C exercer representação perante o Tribunal transcorridos 4 anos do afastamento do cargo por aposentadoria.
D exercer comissão remunerada ou não em concessionárias de serviço público.

E desincumbir-se das missões e dos encargos que o Tribunal lhe con ar.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
80 Q50647 Tribunal de Contas do Estado de Goiás ,
Resolução nº 22 de 2008 - Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Goiás
Ano: 2009 Banca: FCC Órgão: TCE-GO Prova: FCC - 2009 - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Gestão de Pessoas

Entre os Integrantes do Comitê Permanente de Gestão de Pessoas, criado com a nalidade de assegurar a implementação
da política de gestão de pessoas no âmbito do TCE-GO, gura o

A Vice-Presidente.

B Assessor Técnico Jurídico.


C Contador Geral.

D Presidente.
E Corregedor Geral.

Respostas
61: D 62: B 63: D 64: B 65: A 66: D 67: C 68: B 69: A 70: A 71: E 72: D

73: A 74: A 75: D 76: A 77: A 78: B 79: D 80: C

www.qconcursos.com
www.qconcursos.com

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
81 Q48001 Tribunal de Contas do Estado de Goiás ,
Resolução nº 22 de 2008 - Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Goiás
Ano: 2009 Banca: FCC Órgão: TCE-GO Provas: FCC - 2009 - TCE-GO - Técnico de Controle Externo - Área Administrativa ...

Conforme disposto no Regimento Interno, compete ao Tribunal de Contas do Estado de Goiás decidir a respeito do ato de
sustação do contrato, quando a Assembleia Legislativa não efetivar as medidas que lhe forem cabíveis, no prazo de

A 90 dias.

B 80 dias.
C 70 dias.
D 60 dias.
E 50 dias.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
82 Q468470 Tribunal de Contas do Estado de Goiás ,
Resolução nº 22 de 2008 - Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Goiás
Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-GO Provas: FCC - 2014 - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Administrativa ...

Considere:
I. Proposta que o Tribunal deve encaminhar ao Poder Executivo, referente ao projeto de sua lei orçamentária anual,
observada a legislação pertinente. II. A lista tríplice dos Auditores e dos membros da Procuradoria-Geral de Contas, para
preenchimento de cargo de Conselheiro. III. Os Programas de Governo a serem avaliados em cada exercício. IV. Os atos de
dispensa ou inexigibilidade de licitação de contratos para compras e serviços, através de tomada de preços, de valor até R$
650.000,00. De acordo com o Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Goiás, é de competência do Plenário
APENAS os indicados em

A I, II e III.
B I e II.
C II e III.
D I, III e IV.

E II e IV.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
83 Q468471 Tribunal de Contas do Estado de Goiás ,
Resolução nº 22 de 2008 - Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Goiás
Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-GO Provas: FCC - 2014 - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Administrativa ...

De acordo com o Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Goiás, para disciplinar matéria referente ao
exercício de suas atividades de scalização, que envolva pessoa física, órgão ou entidade sujeitos à sua jurisdição, o Tribunal
poderá expedir

A Instrução Normativa ordinária.

B Instrução Normativa extraordinária.


C Parecer.
D Ato Normativo integrado.
E Resolução Normativa.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
84 Q342421 Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul
Ano: 2013 Banca: CESPE Órgão: TCE-RS Prova: CESPE - 2013 - TCE-RS - O cial de Controle Externo

Acerca das regras regimentais vigentes no TCE/RS, julgue os itens subsequentes.


Compete ao presidente do TCE/RS determinar os processos que serão incluídos na pauta de julgamento.
Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
85 Q1018539 Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul
Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-RS Prova: FCC - 2014 - TCE-RS - Auditor Público Externo - Técnico em Processamento de Dados -

Conhecimentos Especí cos

O recurso de embargos

A é cabível de decisão proferida pelo Tribunal Pleno.


B tem efeito suspensivo em qualquer situação.

C pode ser interposto uma única vez.


D tem prazo de 15 dias para a interposição.
E pode ser interposto apenas pela parte interessada ou terceiro prejudicado.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
86 Q1018540 Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul
Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-RS Prova: FCC - 2014 - TCE-RS - Auditor Público Externo - Técnico em Processamento de Dados -

Conhecimentos Especí cos

Uma decisão do TCE-RS, já transitada em julgado, conteve erro de cálculo. Nesse caso, é cabível a proposição de

A agravo regimental.
B revisão.

C recurso ordinário.
D embargos declaratórios.
E reconsideração.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
87 Q342419 Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul
Ano: 2013 Banca: CESPE Órgão: TCE-RS Prova: CESPE - 2013 - TCE-RS - O cial de Controle Externo

Acerca das regras regimentais vigentes no TCE/RS, julgue os itens subsequentes.


Os embargos declaratórios interpostos contra decisão de determinada câmara somente poderão ser julgados por câmara
diversa daquela que pronunciou a decisão.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
88 Q581666 Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte
Ano: 2015 Banca: CESPE Órgão: TCE-RN Prova: CESPE - 2015 - TCE-RN - Auditor

Julgue o item a seguir, relativo às decisões do TCE/RN.


Na essência, as decisões sobre requerimentos e moções são monocráticas, ou seja, é facultativo ao conselheiro atrelar sua
decisão ao aparato régio, ao passo que as decisões de origem colegiada de autoria do Pleno do Tribunal limitam-se aos
casos que exigem fundamentação em dispositivo legal para sua plena conformidade.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
89 Q925720 Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: TCE-RS Provas: FCC - 2018 - TCE-RS - Auditor Público Externo - Administração Pública ou de Empresas

...

O Regimento Interno do TCE/RS estabelece que o Relator poderá, a requerimento do interessado, determinar a juntada de
documentos ao processo durante sua

A instrução, exceto na fase recursal, até a emissão do parecer do Ministério Público de Contas.
B instrução e na fase recursal, até, em ambos os casos, o envio dos autos ao Ministério Público de Contas.
C instrução, exceto na fase recursal, até o envio dos autos ao Ministério Público de Contas.
D instrução e na fase recursal, em ambos os casos, a qualquer tempo.
E instrução e na fase recursal, até, em ambos os casos, a emissão do parecer do Ministério Público de Contas.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
90 Q913958 Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul
Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-RS Prova: FCC - 2014 - TCE-RS - Auditor Público Externo - Bacharel em Ciências Contábeis -

Conhecimentos Especí cos

O recurso de embargos

A pode ser interposto apenas pela parte interessada ou terceiro prejudicado.


B é cabível de decisão proferida pelo Tribunal Pleno.
C tem efeito suspensivo em qualquer situação.
D pode ser interposto uma única vez.
E tem prazo de 15 dias para a interposição.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
91 Q1018525 Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul
Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-RS Prova: FCC - 2014 - TCE-RS - Auditor Público Externo - Técnico em Processamento de Dados -

Conhecimentos Especí cos

O TCE-RS tomou ciência de ato que importou dano ao erário, ocorrido por omissão do administrador de uma autarquia
municipal. Após impugnado, este ato estará sujeito à

A avaliação mediante parecer prévio.


B apreciação para ns de registro.
C tomada de contas especial.
D inspeção regular de auditoria.
E auditoria de gestão.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
92 Q949924 Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais ,
Resolução nº 12 de 2008 - Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais
Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: TCE-MG Provas: CESPE - 2018 - TCE-MG - Analista de Controle Externo - Administração ...

De acordo com o que determina a Resolução n.º 12/2008 — Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Minas
Gerais —, as contas de determinado gestor deverão ser consideradas iliquidáveis caso

A comprovem dano injusti cado ao erário em decorrência de ato de gestão ilegítimo ou antieconômico.
comprovem grave infração à norma legal ou regulamentar, de natureza contábil, nanceira, orçamentária, operacional
B
ou patrimonial.
C evidenciem impropriedade ou qualquer outra falta de natureza formal, mesmo que não causem dano ao erário.
D venha a ser materialmente impossível o julgamento de mérito, por motivo de força maior ou caso fortuito.
expressem inexatidão dos demonstrativos contábeis, mesmo que os atos de gestão do responsável sejam legais,
E
legítimos, econômicos e razoáveis.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
93 Q949750 Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais ,
Resolução nº 12 de 2008 - Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais
Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: TCE-MG Prova: CESPE - 2018 - TCE-MG - Analista de Controle Externo - Ciências Econômicas

O TCE/MG, ao constatar irregularidade em obrigação por ele determinada em processo de sua competência, poderá aplicar
a sanção de

A perda dos direitos políticos.


B declaração de inelegibilidade.
C inabilitação para o exercício de cargo em comissão.
D perda de bens na quantia do débito.
E suspensão dos direitos políticos.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
94 Q949660 Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais ,
Resolução nº 12 de 2008 - Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais
Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: TCE-MG Prova: CESPE - 2018 - TCE-MG - Analista de Controle Externo - Ciências Atuariais

O TCE/MG, ao constatar irregularidade em obrigação por ele determinada em processo de sua competência, poderá aplicar
a sanção de

A inabilitação para o exercício de cargo em comissão.

B perda de bens na quantia do débito.


C suspensão dos direitos políticos.
D perda dos direitos políticos.
E declaração de inelegibilidade.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
95 Q949748 Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais ,
Resolução nº 12 de 2008 - Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais
Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: TCE-MG Provas: CESPE - 2018 - TCE-MG - Analista de Controle Externo - Ciências Atuariais ...

Um servidor efetivo do Tribunal de Contas de Minas Gerais (TCE/MG) cometeu falta em serviço. Instaurado processo
administrativo-disciplinar contra o servidor, foi garantido a ele o direito ao contraditório e à ampla defesa. O entendimento
nal foi que o servidor desempenhou conduta irregular.

Nessa situação hipotética, a aplicação da sanção cabível ao servidor será feita pelo

A presidente do TCE/MG.
B secretário-geral do TCE/MG.
C diretor-geral do TCE/MG.
D corregedor do TCE/MG.
E plenário do TCE/MG.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
96 Q866215 Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais ,
Resolução nº 12 de 2008 - Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais
Ano: 2018 Banca: FUNDEP (Gestão de Concursos) Órgão: TCE-MG Prova: FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2018 - TCE-MG - Auditor -

Conselheiro Substituto

A respeito do que está previsto no Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (Resolução Nº 12,
de 19/12/2008), assinale a alternativa INCORRETA.

O titular de cada Poder, no âmbito estadual e municipal, encaminhará ao Tribunal, em cada exercício, o rol dos
A responsáveis por dinheiro, bens e valores públicos e outros documentos ou informações considerados necessários, na
forma estabelecida em atos normativos do Tribunal.
No relatório anual de suas atividades, o Tribunal apresentará análise da evolução dos custos da atividade de controle
B
e da e ciência, e cácia e economicidade dessa atividade.
O ouvidor será designado pelo presidente do TCE-MG, dentre seus membros, auditores, procuradores do Ministério
C
Público junto ao Tribunal ou servidores.
Os auditores em atuação nas Câmaras presidem a instrução e relatam os processos que lhes forem distribuídos com
D
proposta de voto a ser apreciada pelos membros do respectivo Colegiado.
Os auditores não poderão exercer funções nos serviços auxiliares do Tribunal, ressalvada a de vice-diretor da Revista,
E
a participação em comissões internas temporárias e a Corregedoria a critério do presidente.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
97 Q949931 Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais ,
Resolução nº 12 de 2008 - Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais
Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: TCE-MG Provas: CESPE - 2018 - TCE-MG - Analista de Controle Externo - Ciências Atuariais ...

Um secretário de estado de Minas Gerais, provocado pela equipe técnica da sua secretaria, encaminhou consulta ao
TCE/MG, a m de obter o entendimento desse tribunal a respeito da aplicação correta de norma com repercussão
nanceira e orçamentária, mas que não versava sobre caso concreto. Nessa situação, o TCE/MG deverá deliberar mediante

A resolução.
B parecer.
C acórdão.
D provimento.
E instrução.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
98 Q949974 Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais ,
Resolução nº 12 de 2008 - Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais
Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: TCE-MG Provas: CESPE - 2018 - TCE-MG - Analista de Controle Externo - Ciências Econômicas ...

De acordo com o que determina a Resolução n.º 12/2008 — Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Minas
Gerais —, as contas de determinado gestor deverão ser consideradas iliquidáveis caso

comprovem grave infração à norma legal ou regulamentar, de natureza contábil, nanceira, orçamentária, operacional
A
ou patrimonial.
B evidenciem impropriedade ou qualquer outra falta de natureza formal, mesmo que não causem dano ao erário.
C venha a ser materialmente impossível o julgamento de mérito, por motivo de força maior ou caso fortuito.
expressem inexatidão dos demonstrativos contábeis, mesmo que os atos de gestão do responsável sejam legais,
D
legítimos, econômicos e razoáveis.
E comprovem dano injusti cado ao erário em decorrência de ato de gestão ilegítimo ou antieconômico.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
99 Q950064 Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais ,
Resolução nº 12 de 2008 - Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais
Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: TCE-MG Provas: CESPE - 2018 - TCE-MG - Analista de Controle Externo - Ciência da Computação ...

De acordo com o que determina a Resolução n.º 12/2008 — Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Minas
Gerais —, as contas de determinado gestor deverão ser consideradas iliquidáveis caso

expressem inexatidão dos demonstrativos contábeis, mesmo que os atos de gestão do responsável sejam legais,
A
legítimos, econômicos e razoáveis.
B comprovem dano injusti cado ao erário em decorrência de ato de gestão ilegítimo ou antieconômico.
comprovem grave infração à norma legal ou regulamentar, de natureza contábil, nanceira, orçamentária, operacional
C
ou patrimonial.
D evidenciem impropriedade ou qualquer outra falta de natureza formal, mesmo que não causem dano ao erário.
E venha a ser materialmente impossível o julgamento de mérito, por motivo de força maior ou caso fortuito.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
100 Q950068 Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais ,
Resolução nº 12 de 2008 - Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais
Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: TCE-MG Provas: CESPE - 2018 - TCE-MG - Analista de Controle Externo - Administração ...

Um servidor efetivo do Tribunal de Contas de Minas Gerais (TCE/MG) cometeu falta em serviço. Instaurado processo
administrativo-disciplinar contra o servidor, foi garantido a ele o direito ao contraditório e à ampla defesa. O entendimento
nal foi que o servidor desempenhou conduta irregular.
Nessa situação hipotética, a aplicação da sanção cabível ao servidor será feita pelo

A secretário-geral do TCE/MG.
B diretor-geral do TCE/MG.
C corregedor do TCE/MG.
D plenário do TCE/MG.

E presidente do TCE/MG.

Respostas

81: A 82: A 83: E 84: E 85: C 86: B 87: E 88: E 89: E 90: D 91: C 92: D 93: C

94: A 95: A 96: E 97: B 98: C 99: E 100: E

www.qconcursos.com
www.qconcursos.com

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
101 Q581657 Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte
Ano: 2015 Banca: CESPE Órgão: TCE-RN Prova: CESPE - 2015 - TCE-RN - Auditor

Acerca da jurisdição, da organização e das competências do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte
(TCE/RN)como órgão de controle parlamentar indireto, julgue o item a seguir.
Um consulente investido de competência, objetivando excepcionar-se de ser alcançado pela aplicação de normativo que
trate de matéria abrangida pelo controle externo, pode contestar, mediante prestação jurisdicional, a decisão do TCE/RN
em sede de processo de consulta.

Certo

Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
102 Q260812 Tribunal de Contas da União , Lei nº 8.443 de 1992 - Lei Orgânica do Tribunal de Contas da União ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2012 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2012 - TCU - Técnico de Controle Externo

As decisões do TCU estão submetidas a um rito estabelecido em lei


e em seu regimento interno. Com relação a esse assunto, julgue osseguintes itens.

Ao apresentar ao TCU denúncia de irregularidade cometida em órgão público federal, todo cidadão poderá obter certidão
dos despachos e fatos apurados, porém somente quando o processo referente à denúncia estiver concluído ou arquivado.

Certo

Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
103 Q595809 Tribunal de Contas do Estado do Paraná , Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado do Paraná ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Paraná
Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PR Prova: CESPE - 2016 - TCE-PR - Auditor

Nos termos da LO–TCE/PR e do RI–TCE/PR, determinantes na convalidação dos atos administrativos praticados por esse
tribunal, assinale a opção correta.

Em caso de omissão do governador ou da Assembleia Legislativa, o TCE/PR, poderá, mediante voto da maioria
A
absoluta dos conselheiros, solicitar a intervenção em munícipio.
O TCE/PR poderá representar ao poder competente contra secretário de Estado que cometer irregularidades ou
B
abusos no exercício de seu poder.

C Os processos adiados ou com pedido de vista serão levados para julgamento do órgão colegiado competente.
Nos processos de iniciativa do tribunal, a maior parte das citações e intimações é feita por meio eletrônico, via postal
D ou por o cial de intimação. Contudo, quando desconhecido o paradeiro do interessado, elas são feitas por edital
publicado no periódico Atos O ciais do Tribunal de Contas.
Até a sessão seguinte, o relator deverá redigir e apresentar os acórdãos com as decisões do órgão colegiado de que
participar, exigindo-se, para a completeza do rito administrativo, a assinatura de todos os membros do colegiado na
E
ata da sessão que apreciar os argumentos da relatoria, e a assinatura do presidente do tribunal, juntamente com a do
relator, nos acórdãos apresentados.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
104 Q354011 Tribunal de Contas da União , Lei nº 8.443 de 1992 - Lei Orgânica do Tribunal de Contas da União ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2013 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2013 - TCU - Auditor Federal de Controle Externo

No que se refere à Lei Orgânica e ao regimento interno do TCU, julgue o próximo item.

Veri cada irregularidade nas contas, havendo débito, caberá ao relator ou ao TCU ordenar a citação do responsável para
apresentar defesa ou recolher a quantia devida.
Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
105 Q675319 Tribunal de Contas do Estado do Pará , Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado do Pará ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Pará
Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PA Provas: CESPE - 2016 - TCE-PA - Conhecimentos Básicos- Cargos 2 e 7 ...

Tendo como referência as legislações federal e estadual, a Lei Orgânica e o Regimento Interno do TCE/PA, julgue o item
subsequente. Todos os recursos às decisões do TCE/PA têm efeito suspensivo.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
106 Q675320 Tribunal de Contas do Estado do Pará , Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado do Pará ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Pará
Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PA Provas: CESPE - 2016 - TCE-PA - Conhecimentos Básicos- Cargos 4, 5 e de 8 a 17 ...

Tendo como referência as legislações federal e estadual, a Lei Orgânica e o Regimento Interno do TCE/PA, julgue o item
subsequente. A prática de ato de gestão ilegítimo ou antieconômico que não caracterize dano especí co ao erário, mesmo
que não seja apenas de natureza estritamente formal, enseja o julgamento das contas como regulares com ressalvas.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
107 Q675653 Tribunal de Contas do Estado do Pará , Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado do Pará ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Pará
Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PA Provas: CESPE - 2016 - TCE-PA - Conhecimentos Básicos- Cargos 4, 5 e de 8 a 17 ...

Tendo como referência as legislações federal e estadual, a Lei Orgânica e o Regimento Interno do TCE/PA, julgue o item
subsequente.

Conselheiro do TCE/PA pode opinar, por qualquer meio de comunicação, sobre processo pendente de julgamento, desde
que não esteja investido na condição de relator.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco ,
108 Q840638
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco ,
Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco
Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: TCE-PE Provas: CESPE - 2017 - TCE-PE - Conhecimentos Básicos - Cargos 1 e 2 ...

O prefeito de um município do estado de Pernambuco prestou as contas municipais, no prazo devido, ao Tribunal de
Contas do Estado de Pernambuco (TCE/PE), que as analisou e as julgou irregulares.

Considerando essa situação hipotética, julgue o próximo item com base nas disposições da Lei Orgânica do TCE/PE e do
Regimento Interno desse tribunal.

Caso a irregularidade detectada seja passível de aplicação de multa, o TCE/PE determinará o valor a ser recolhido e o prazo
para o cumprimento desse recolhimento, prazo esse que não poderá ultrapassar o décimo quinto dia após o trânsito em
julgado da deliberação em que se tenha xado a multa.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco ,
109 Q842404
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco ,
Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco
Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: TCE-PE Provas: CESPE - 2017 - TCE-PE - Conhecimentos Básicos - Cargo 4 ...

Com referência às disposições da Constituição do Estado de Pernambuco, da Lei Orgânica do TCE/PE — Lei estadual n.º
12.600/2004 e suas alterações — e do Regimento Interno do TCE/PE, julgue o próximo item.

Recursos interpostos no TCE/PE devem ser dirigidos, devidamente instruídos e fundamentados, ao presidente do tribunal,
salvo petição de agravo contra decisão interlocutória, que deverá ser dirigida ao relator, e petição de embargos de
declaração, que poderá ser dirigida também ao relator.

Certo

Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
110 Q26532 Tribunal de Contas da União , Lei nº 8.443 de 1992 - Lei Orgânica do Tribunal de Contas da União ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2007 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2007 - TCU - Analista de Controle Externo - Comum a todos

Considerando as normas que norteiam os tribunais de contas,julgue os itens a seguir.

Nas sessões do TCU, o Ministério Público só é obrigado a manifestar-se nos processos de tomada ou prestação de contas,
nos atos de admissão de pessoal e de concessão de aposentadoria, reforma e pensão, bem como nos incidentes de
uniformização de jurisprudência e nos recursos.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
111 Q595804 Tribunal de Contas do Estado do Paraná , Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado do Paraná ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Paraná
Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PR Prova: CESPE - 2016 - TCE-PR - Auditor

De acordo com o RI–TCE/PR e a LO–TCE/PR, o Tribunal Pleno

realizará sorteio, em sessão reservada, a cada ano, do conselheiro responsável pela lavratura do parecer prévio sobre
A as contas do governador, que deverá ser emitido no prazo máximo de sessenta dias, contados do ato de nomeação
do relator.
cará responsável pelos cálculos das quotas do ICMS devidas aos municípios, devendo dar ciência à câmara municipal
B e xar prazo de até trinta dias improrrogáveis para que o município adote as providências necessárias ao exato
cumprimento da lei, se veri cada ilegalidade.

poderá criar comissões temporárias compostas por três membros, escolhidos entre os servidores efetivos, os
C auditores e os integrantes do MP junto ao TCE, indicados pelos conselheiros. Cada uma dessas comissões será
considerada extinta com o decurso do prazo de nido para seu funcionamento.
D poderá pronunciar-se sobre a interpretação de qualquer norma jurídica ou procedimento da administração pública.
deverá aplicar penalidade de demissão a servidor do TCE cujo processo administrativo disciplinar conte com prova
E
pericial comprovadora da materialidade dos danos causados.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
112 Q675321 Tribunal de Contas do Estado do Pará , Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado do Pará ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Pará
Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PA Provas: CESPE - 2016 - TCE-PA - Conhecimentos Básicos- Cargos 2 e 7 ...

Tendo como referência as legislações federal e estadual, a Lei Orgânica e o Regimento Interno do TCE/PA, julgue o item
subsequente.

Havendo indícios de concessão de subsídios não aprovados, o Tribunal de Contas da União solicitará à Comissão Mista
Permanente do Congresso Nacional pronunciamento conclusivo sobre a matéria. Con rmada a suspeita, o tribunal deverá
sustar a despesa.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
113 Q260810 Tribunal de Contas da União , Lei nº 8.443 de 1992 - Lei Orgânica do Tribunal de Contas da União ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2012 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2012 - TCU - Técnico de Controle Externo

As decisões do TCU estão submetidas a um rito estabelecido em lei


e em seu regimento interno. Com relação a esse assunto, julgue osseguintes itens.

Considere que uma autoridade indicada como responsável em determinado processo de contas não more em Brasília e
tenha nomeado procurador para agir em seu nome perante o TCU. Nessa situação, o procurador, mesmo no caso de não
ser advogado, poderá praticar todos os atos processuais previstos em regulamento, incluindo o pedido de vista para retirar
o referido processo das dependências do TCU.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
114 Q169214 Tribunal de Contas da União , Lei nº 8.443 de 1992 - Lei Orgânica do Tribunal de Contas da União ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2007 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2007 - TCU - Técnico de Controle Externo

Julgue os itens seguintes quanto à organização e ao funcionamento do


TCU.

O auditor do TCU, quando em substituição a ministro, terá as mesmas garantias e impedimentos daquele, mas não poderá
pedir vista de processos.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
115 Q26722 Tribunal de Contas da União , Lei nº 8.443 de 1992 - Lei Orgânica do Tribunal de Contas da União ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2008 Banca: CESPE Órgão: TCU Provas: CESPE - 2008 - TCU - Analista de Controle Externo - Auditoria Governamental - Prova 1

...

Com relação aos conceitos e à legislação aplicáveis ao controleexterno e às instituições scalizadoras, julgue os itens a
seguir.

Na sua missão de apreciação das contas anuais dos dirigentes da República, o TCU emitirá parecer prévio especí co para
cada Poder, inclusive para o Ministério Público Federal, impreterivelmente até a data do recesso subseqüente ao do
recebimento dessas contas.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
116 Q354009 Tribunal de Contas da União , Lei nº 8.443 de 1992 - Lei Orgânica do Tribunal de Contas da União ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas da União
Ano: 2013 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2013 - TCU - Auditor Federal de Controle Externo

Os relatórios trimestrais e anuais encaminhados pelo tribunal ao Congresso Nacional conterão, além de outros elementos,
a resenha das atividades especí cas no tocante ao julgamento de contas e à apreciação de processos de scalização a cargo
do tribunal.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco ,
117 Q840639
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco ,
Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco
Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: TCE-PE Provas: CESPE - 2017 - TCE-PE - Conhecimentos Básicos - Cargos 1 e 2 ...
Com relação à competência, à jurisdição e à organização do TCE/PE, julgue o item subsequente.

Prefeito em exercício da cidade natal de conselheiro a ser empossado no TCE/PE tem a prerrogativa de assinar, a convite do
presidente desse tribunal, o termo de posse e compromisso do conselheiro em questão, caso este tenha solicitado.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
118 Q675197 Tribunal de Contas do Estado do Pará , Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado do Pará ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Pará
Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PA Provas: CESPE - 2016 - TCE-PA - Conhecimentos Básicos- Cargos 4, 5 e de 8 a 17 ...

Tendo como referência as legislações federal e estadual, a Lei Orgânica e o Regimento Interno do TCE/PA, julgue o item
subsequente.

A jurisdição do TCE/PA se estende aos órgãos subordinados e às entidades vinculadas aos poderes públicos estaduais e
municipais do estado.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
119 Q675909 Tribunal de Contas do Estado do Pará , Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado do Pará ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Pará
Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PA Provas: CESPE - 2016 - TCE-PA - Conhecimentos Básicos - Cargos 1, 18, 19, 37 e 38 ...

Com relação às regras constitucionais e legais que regem o exercício do controle externo, julgue o item que se segue.

Em caso de ausência ou impedimento do presidente do TCE/PA, se o vice-presidente também estiver impedido, caberá ao
corregedor do tribunal substituí-lo.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará ,
120 Q42591
Regimento Interno do Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará ,
Lei Orgânica do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará
Ano: 2010 Banca: FCC Órgão: TCM-CE Provas: FCC - 2010 - TCM-CE - Analista de Controle Externo - Inspeção de Obras Públicas ...

No exercício de atribuições relativas à scalização de atos, contratos, convênios e acordos celebrados por órgãos e
entidades da administração municipal, o Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará

poderá aplicar sanções previstas em lei, sem prejuízo da representação ao Ministério Público, para apreciação de
A responsabilidade criminal, caso lhe sejam sonegados documentos ou informações quando da realização de suas
inspeções e auditorias.
dilatará prazo para que o responsável adote as providências necessárias ao exato cumprimento da lei, se veri cada a
B ilegalidade de ato, e, se não atendido, comunicará o fato à Assembleia Legislativa, a quem compete sustar sua
execução.
ordenará desde logo, a conversão do processo em Tomada de Contas Especial, em qualquer hipótese quando
C
con gurada a ocorrência de desfalque, desvio de bens ou outra irregularidade de que resulte dano ao Erário.
poderá editar atos, instruções normativas e resoluções, para o completo desempenho do controle externo, os quais
D deverão ser observados pelos Poderes Públicos Municipais, desde que previamente referendados pelas Câmaras
Municipais.
deverá receber, para exame das demonstrações contábeis e nanceiras, dos Prefeitos Municipais, Presidentes de
E Câmara e Dirigentes dos Órgãos da Administração Direta e Indireta Municipal, até o dia 15 do mês subsequente, os
balancetes mensais acompanhados da documentação comprobatória da Receita e da Despesa.

Respostas

101: E 102: E 103: B 104: C 105: C 106: E 107: E 108: C 109: C 110: E 111: D
112: E 113: E 114: E 115: E 116: C 117: C 118: E 119: C 120: A

www.qconcursos.com
www.qconcursos.com

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia ,
121 Q204056
Lei Orgânica do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia
Ano: 2011 Banca: FCC Órgão: TCM-BA Prova: FCC - 2011 - TCM-BA - Procurador Especial de Contas

Sobre a Ouvidoria do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia é correto a rmar que

A serão levadas ao conhecimento do Tribunal Pleno as solicitações que impliquem considerações políticas.
B pode ser investido no cargo de Ouvidor qualquer servidor.
C é facultado ao cidadão apresentar sua demanda de modo anônimo.

tem competência para apreciar qualquer solicitação de informações no que diz respeito aos atos administrativos
D
praticados por entidades da administração municipal e estadual direta e indireta.
E serão registradas eletronicamente apenas as demandas encaminhadas com identi cação da autoria.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte ,
122 Q581656
Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte ,
Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte
Ano: 2015 Banca: CESPE Órgão: TCE-RN Prova: CESPE - 2015 - TCE-RN - Auditor

Acerca da jurisdição, da organização e das competências do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte (TCE/RN)
como órgão de controle parlamentar indireto, julgue o item a seguir.
O presidente do TCE/RN é eleito, dentre os seus membros,para mandato de dois anos, vedada a reeleição para o mesmo
cargo, o que não afeta o sistema de rodízio, de livre escolha,contudo, o rodízio não alcança o Conselheiro que foi
empossado por ter obtido, no escrutínio, a maioria de dois terços dos votos dos membros do tribunal.

Certo
Errado

123 Q882078 Legislação Estadual > Legislação do Estado da Bahia


Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: TCM-BA Provas: CESPE - 2018 - TCM-BA - Auditor  Estadual  de  Controle  Externo  ...

Segundo o Regimento Interno do TCM/BA, o controle interno será exercido por esse tribunal

A em estreita colaboração com a câmara de vereadores do município.

B pela superintendência geral, por meio do assessor de controle interno.


C de forma a apoiar as controladorias no exercício da missão desse tribunal.
D de forma independente do controle externo a cargo do Poder Legislativo.

E por iniciativa exclusiva da própria administração decorrente do poder de autotutela.

124 Q416820 Controle Externo >


Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-PI Prova: FCC - 2014 - TCE-PI - Auditor Fiscal de Controle Externo

O Regimento Interno do TCE/PI estabelece que os Conselheiros

A terão direito a trinta dias de férias, após um ano de efetivo exercício.


B têm prerrogativa para o porte de arma de defesa pessoal.
C têm absoluta garantia de vitaliciedade, inamovibilidade e irredutibilidade de salários.
D dependerão de aprovação do Plenário e de inclusão na pauta para a concessão de licença.

E manterão os títulos e as honras apenas enquanto no exercício efetivo do cargo.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
125 Q211001
Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul
Ano: 2011 Banca: FMP Concursos Órgão: TCE-RS Prova: FMP Concursos - 2011 - TCE-RS - Todos os Cargos - Conhecimentos Básicos

De acordo com o regimento interno do TCE-RS, assinale a alternativa correta.

A É pessoal a responsabilidade do administrador relativamente aos atos e fatos de sua gestão.


As contas submetidas ao julgamento do Tribunal serão julgadas pela regularidade, irregularidade, com ressalvas ou
B
com parecer adverso.
O julgamento pela irregularidade das contas implica, entre outras medidas e a juízo do conselheiro- relator, a
C
comunicação à Procuradoria-Geral de Justiça.
A decisão pelo julgamento das contas pela regularidade poderá compreender, além da xação do débito, a
D determinação de corrigir as irregularidades que ainda sejam sanáveis, sem prejuízo das demais medidas previstas em
lei e no Regimento do TCE-RS.

O tribunal não pode julgar as contas dos administradores sob a sua jurisdição regulares com ressalvas e ao mesmo
E
tempo xar-lhes débito em razão desse mesmo julgamento.

126 Q420364 Controle Externo >


Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-RS Prova: FCC - 2014 - TCE-RS - Auditor Público Externo - Engenharia Civil - Conhecimentos

Especí cos

O Regimento Interno do TCE-RS pode ser emendado mediante proposta de iniciativa

A do Conselheiro.
B do Ministério Público de Contas.
C de Auditor Substituto de Conselheiro.
D do corpo técnico.
E do Diretor da Escola de Contas.

127 Q913953 Controle Externo >


Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-RS Prova: FCC - 2014 - TCE-RS - Auditor Público Externo - Bacharel em Ciências Contábeis -

Conhecimentos Especí cos

O Regimento Interno do TCE-RS pode ser emendado mediante proposta de iniciativa

A do Diretor da Escola de Contas.


B do Conselheiro.

C do Ministério Público de Contas.


D de Auditor Substituto de Conselheiro.
E do corpo técnico.

128 Q1018541 Não de nido >


Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-RS Prova: FCC - 2014 - TCE-RS - Auditor Público Externo - Técnico em Processamento de Dados -

Conhecimentos Especí cos

O Regimento Interno do TCE-RS pode ser emendado mediante proposta de iniciativa

A do Conselheiro.

B do Ministério Público de Contas.


C de Auditor Substituto de Conselheiro.
D do corpo técnico.
E do Diretor da Escola de Contas.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
129 Q211005
Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul
Ano: 2011 Banca: FMP Concursos Órgão: TCE-RS Prova: FMP Concursos - 2011 - TCE-RS - Todos os Cargos - Conhecimentos Básicos

Acerca do que dispõe o Regimento Interno do TCE-RS, assinale a alternativa correta


O Tribunal Pleno é constituído pela totalidade dos Conselheiros, procuradores do Ministério Público no Tribunal e
A
Auditores substitutos de conselheiros.
B É competência da presidência do Tribunal decidir sobre a organização do Corpo Técnico e dos Serviços Auxiliares.
C Compete ao Tribunal Pleno conceder licença e férias aos Conselheiros e Auditores Substitutos de Conselheiro.
D O Ministério Público no Tribunal encontra-se vinculado ao Ministério Público estadual.
O cargo de Auditor Substituto de Conselheiro ocupa, na hierarquia do Tribunal de Contas, posição imediatamente
E
inferior à do Conselheiro.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
130 Q211006
Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul
Ano: 2011 Banca: FMP Concursos Órgão: TCE-RS Prova: FMP Concursos - 2011 - TCE-RS - Todos os Cargos - Conhecimentos Básicos

Acerca do que dispõe o Regimento Interno do TCE-RS, assinale a alternativa correta.

O relatório e o parecer prévio relativo às contas do governador conterão, no mínimo, entre outros elementos a análise
A da gestão nanceira, orçamentária, patrimonial, operacional e ambiental da administração direta e indireta do
Governo do Estado.

O parecer prévio sobre as contas do Governador do Estado condicionará o julgamento das contas dos demais
B
administradores do setor público estadual.
O prazo de emissão do parecer prévio por parte do TCE-RS relativo às contas do Governador é de 90 dias a contar
C
data do recebimento das respectivas contas.
Caberá ao Plenário do Tribunal designar conselheiro efetivo que analisará e relatará o parecer prévio sobre as contas
D
do Governador do Estado.
E As contas do Governador deverão ser apresentadas diretamente ao TCE-RS para ns de julgamento.

131 Q392707 Controle Externo >


Ano: 2014 Banca: CESPE Órgão: TC-DF Prova: CESPE - 2014 - TC-DF - Auditor de Controle Externo

Com base na Lei Orgânica do TCDF (LODF), no Regimento Interno e no Código de Ética do Auditor de Controle Externo do
TCDF, julgue os itens subsequentes.
Segundo o Regimento Interno do TCDF, o auditor terá as garantias, os vencimentos e os impedimentos do conselheiro, e,
quando o substituir, terá as mesmas garantias, vencimentos e impedimentos de desembargador do TJDFT

Certo
Errado

132 Q462635 Legislação Estadual > Legislação do Estado de Goiás


Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-GO Provas: FCC - 2014 - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Jurídica ...

Compete ao Tribunal de Contas do Estado de Goiás, nos termos do Regimentos Interno, entre outros

julgar, as licitações e contratos, mediante relatório elaborado pela auditoria, no prazo de 90 dias a contar de seu
A
recebimento.
apreciar, as tomadas de contas, mediante relatório elaborado pela auditoria, no prazo de 90 dias a contar de seu
B
recebimento.
scalizar as receitas e despesas das empresas contratadas pela administração direta, para execução de obras e
C
serviços públicas.
aplicar aos responsáveis, em caso de ilegalidade de despesa, de irregularidade de contas ou atraso em sua prestação,
D
as sanções previstas na Lei Orgânica, e na forma do Regimento, sem prejuízo de outras dispostas em lei.
apreciar, mediante parecer prévio, a ser elaborado em 60 dias, a contar do seu recebimento as contas dos
E
administradores.

133 Q501286 Controle Externo >


Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-GO Prova: FCC - 2014 - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Gestão de Conhecimento

Compete ao Tribunal de Contas do Estado de Goiás, nos termos do Regimentos Interno, entre outros

julgar, as licitações e contratos, mediante relatório elaborado pela auditoria, no prazo de 90 dias a contar de seu
A
recebimento.
apreciar, as tomadas de contas, mediante relatório elaborado pela auditoria, no prazo de 90 dias a contar de seu
B
recebimento.
scalizar as receitas e despesas das empresas con- tratadas pela administração direta, para execução de obras e
C
serviços públicas.

aplicar aos responsáveis, em caso de ilegalidade de despesa, de irregularidade de contas ou atraso em sua prestação,
D
as sanções previstas na Lei Orgânica, e na forma do Regimento, sem prejuízo de outras dispostas em lei.
apreciar, mediante parecer prévio, a ser elaborado em 60 dias, a contar do seu recebimento as contas dos
E
administradores.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
134 Q925724
Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: TCE-RS Provas: FCC - 2018 - TCE-RS - Auditor Público Externo - Administração Pública ou de Empresas

...

O Regimento Interno do TCE/RS, no que se refere ao Auditor Substituto de Conselheiro, estabelece que:

é sua competência elaborar proposta de voto perante o Tribunal Pleno nos casos de declinação de competência
A
realizados pelas Câmaras Especiais, em processos relativos a Incidentes de Uniformização de Jurisprudência.
B será considerado vinculado ao processo se lançado o relatório, desde que não encerrado o período de substituição.
C deverá haver pelo menos um Auditor presente nas sessões do Tribunal Pleno e nas sessões das Câmaras.
será convocado, nas hipóteses de vacância do cargo, falta ou impedimento de Conselheiro, mediante rodízio,
D
observada a idade dos Auditores.
E a convocação de um mesmo Auditor não ultrapassará o período de noventa dias.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
135 Q211000
Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul
Ano: 2011 Banca: FMP Concursos Órgão: TCE-RS Prova: FMP Concursos - 2011 - TCE-RS - Todos os Cargos - Conhecimentos Básicos

- De acordo com a Lei Orgânica e o Regimento Interno do TCE/RS, aponte a alternativa correta.

Embora a LO-TCE/RS não possua disposição quanto à possibilidade de contratação de empresa ou pessoa física para
A auxiliar na realização da auditorias ou scalizações a cargo do Tribunal, o TCE-RS a admite com base nas disposições
do seu regimento interno.
B Nos casos omissos do regimento interno do TCE-RS, serão utilizados os Códigos de Processo Civil e Penal.
São recursos cabíveis de acordo com o RI-TCE/RS, o recurso de revisão, o agravo regimental, os embargos
C
declaratórios, os embargos e o recurso de reconsideração.
No resguardo dos direitos e das garantias individuais, o Tribunal dará tratamento sigiloso e urgente às denúncias
D
formuladas, até a decisão nal sobre a matéria.
Encontram-se entre as autoridades que podem formular consultas ao TCE-RS os desembargadores do Tribunal de
E
Justiça.

136 Q430924 Controle Externo >


Ano: 2005 Banca: FCC Órgão: TCE-MG Prova: FCC - 2005 - TCE-MG - Auditor

Dentre as atribuições do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais previstas em seu Regimento Interno insere-se

A o exame de legalidade dos editais de licitação, excluída a análise dos contratos posteriormente celebrados.
função normativa sobre matérias de sua competência, o que inclui o estabelecimento de normas aplicáveis a
B
situações concretas.
orientar e scalizar a aplicação de recursos públicos estaduais ou municipais repassados a pessoas jurídicas de direito
C
público.
de nir e aplicar as sanções cabíveis aos responsáveis em caso de ilegalidade de despesa, independentemente da
D
interveniência ou participação da autoridade hierarquicamente superior ao responsável.
apreciação, para ns de autorização, da legalidade dos atos de concessão de aposentadoria, bem como das melhorias
E
posteriores, ainda que não tenham alterado o fundamento legal do ato concessório.

137 Q525352 Controle Externo >


Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCE-CE Prova: FCC - 2015 - TCE-CE - Procurador de Contas
A respeito das regras estabelecidas no Regimento Interno do TCE-CE para os recursos, tem-se que o recurso de

A agravo é cabível contra decisão que converter processo em tomada de contas especial.
B reconsideração é cabível apenas contra decisão que apreciou as contas do Governador, com efeito suspensivo.
revisão é cabível contra decisão de nitiva do TCE-CE na hipótese de erro no cálculo nas contas, possuindo efeito
C
suspensivo.
revisão, com efeito suspensivo, é cabível na hipótese de decisão de nitiva do TCE-CE em que exista erro na xação dos
D
proventos de aposentadoria.
E reconsideração de toda e qualquer decisão do Tribunal é cabível, para apreciação do Plenário, com efeito suspensivo.

138 Q302727 Controle Externo >


Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: TCE-SP Prova: FCC - 2013 - TCE-SP - Auditor do Tribunal de Contas

A teor do Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, é do Tribunal Pleno a competência para

A apreciar as matérias apartadas dos pareceres prévios sobre contas municipais.


julgar os contratos, convênios ou atos jurídicos análogos e respectivos aditivos celebrados pela administração
B
estadual e municipal.
C julgar as contas anuais das fundações mantidas ou instituídas pelo Poder Público municipal.
D julgar as prestações de contas de adiantamentos destinados a verba de representação.
E julgar exceções de suspeição.

139 Q412558 Controle Externo >


Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-PI Prova: FCC - 2014 - TCE-PI - Assessor Jurídico

A organização do TCE/PI está prevista no seu Regimento Interno. Nos termos desse instrumento normativo, é órgão com
atribuição de deliberação

A a Corregedoria.
B a Presidência.
C o Plenário.
D a Controladoria.
E a Ouvidoria.

140 Q479548 Controle Externo >


Ano: 2012 Banca: AOCP Órgão: TCE-PA Prova: AOCP - 2012 - TCE-PA - Auditor

Assinale a alternativa INCORRETA. De acordo com o Regimento Interno, compete ao Plenário do Tribunal de Contas do
Estado do Pará, deliberar sobre

atos de admissão de pessoal da administração direta e indireta, incluídas as fundações instituídas e mantidas pelo
A
Poder Público estadual, excetuadas as nomeações para cargo deprovimento em comissão.
B concessões de aposentadorias, reformas e pensões.
C enunciados da súmula de jurisprudência do Tribunal.
D consulta, em tese, relativa à matéria de competência do Tribunal.
representação ao Poder competente sobre irregularidades ou abusos apurados, indicando o ato inquinado e
E
de nindo responsabilidade.

Respostas

121: C 122: E 123: B 124: B 125: A 126: A 127: B 128: A 129: E 130: D 131: E

132: D 133: D 134: A 135: D 136: B 137: E 138: E 139: C 140: C

www.qconcursos.com
www.qconcursos.com

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
141 Q925725
Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: TCE-RS Provas: FCC - 2018 - TCE-RS - Auditor Público Externo - Administração Pública ou de Empresas

...

Considere os seguintes itens:


I. processos de natureza administrativa interna. II. consultas. III. agravo. IV. embargos de declaração. Nos termos dispostos
no Regimento Interno do TCE/RS, o Ministério Público de Contas deve se manifestar nos casos indicados nos itens

A I, II, III e IV.


B II, III e IV, apenas.
C III e IV, apenas.

D I e II, apenas.
E I, II e III, apenas.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
142 Q271516
Tribunal de Contas do Estado do Pará , Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado do Pará
Ano: 2012 Banca: AOCP Órgão: TCE-PA Prova: AOCP - 2012 - TCE-PA - Técnico de Informática - Suporte

De acordo com a Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado do Pará, analise as assertivas e assinale a alternativa que
aponta as corretas. I. O Plenário do Tribunal de Contas do Estado, dirigido por seu Presidente, terá a competência e o
funcionamento regulados na forma estabelecida no Regimento Interno. II. O Tribunal Pleno, por maioria simples dos
Conselheiros efetivos, poderá dividir-se em Câmaras as quais terão composição, competência e funcionamento
regulamentados no Regimento Interno. III. O Presidente, o Vice-Presidente e o Corregedor serão eleitos por seus pares,
conforme processo estabelecido no Regimento Interno, para mandato correspondente a dois anos, permitida a reeleição
consecutiva somente para mais um período. IV. O Presidente será substituído em suas ausências e impedimentos na
seguinte ordem: pelo Vice-Presidente, Corregedor e o Conselheiro mais antigo no exercício do cargo.

A Apenas II e III.
B Apenas I, III e IV.

C Apenas I e II.
D Apenas III e IV.

E I, II, III e IV.

143 Q450219 Controle Externo >


Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: TCE-AM Prova: FCC - 2013 - TCE-AM - Analista Técnico de Controle Externo - Ministério Público

Exercer a vigilância quanto à acumulação de cargos dos servidores do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas compete,
nos termos do seu Regimento Interno, ao

A Corregedor-Geral.
B Tribunal Pleno.
C Presidente.

D Auditor.
E Vice-Presidente.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
144 Q925723
Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: TCE-RS Provas: FCC - 2018 - TCE-RS - Auditor Público Externo - Administração Pública ou de Empresas

...

O Regimento Interno do TCE/RS estabelece que, nas faltas e impedimentos, bem como em caso de vaga, até a respectiva
eleição, o Corregedor-Geral será substituído pelo

A Vice-Presidente do Tribunal de Contas.


B Presidente do Tribunal de Contas.
C Auditor Substituto de Conselheiro mais antigo.
D Ouvidor.
E Procurador-Geral do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas.

145 Q253965 Controle Externo >


Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TCE-AM Provas: FCC - 2012 - TCE-AM - Analista de Controle Externo - Auditoria de Obras Públicas ...

Nos termos do Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas, a vista dos autos de exame das despesas
de caráter reservado e con dencial poderá ser realizada

A pelo Presidente e pelo Vice-Presidente.


B pelo Presidente e pelo Conselheiro Corregedor.

C por todos os Conselheiros.


D pelos Procuradores de Contas.
E pelo Auditor designado para o caso, se houver.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
146 Q51257
Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro
Ano: 2008 Banca: FGV Órgão: TCM-RJ Prova: FGV - 2008 - TCM-RJ - Procurador

Ao Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro compete, na forma estabelecida no regimento interno, apreciar as
contas prestadas anualmente pelo Prefeito, elaborando e emitindo parecer prévio em até:

A 120 dias de seu recebimento.


B 90 dias de seu recebimento.
C 60 dias de seu recebimento.
D 90 dias úteis de seu recebimento.
E 60 dias úteis de seu recebimento.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
147 Q51749 Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro ,
Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro
Ano: 2008 Banca: FGV Órgão: TCM-RJ Prova: FGV - 2008 - TCM-RJ - Auditor

Ao Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro compete, na forma estabelecida no regimento interno, apreciar as
contas prestadas anualmente pelo Prefeito, elaborando e emitindo parecer prévio em até:

A 120 dias de seu recebimento.

B 60 dias de seu recebimento.


C 90 dias úteis de seu recebimento.
D 60 dias úteis de seu recebimento.
E 90 dias de seu recebimento.

Direito Administrativo > Processo Administrativo - Lei 9.784/99 ,


148 Q73350
De nições gerais, direitos e deveres dos administrados
Ano: 2008 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2008 - TCU - Analista de Controle Externo - Gestão de Pessoas - Prova 2

A Pontos Cardeais Ltda. requereu a ministro do TCU


vista e extração de cópias da representação do Ministério Públicojunto à Corte de Contas que resultou em processo de
tomada decontas especial (TC) para apurar desvio de verbas recebidas decontrato administrativo de exploração de minério
em árealocalizada em cidade interiorana brasileira. No pedido, a empresainformou que precisava instruir processo judicial
em que eracobrada pela ausência de pagamento de valores pela exploraçãoacima referida. O referido ministro do TCU
indeferiu o pedido,fundamentado no fato de o caso se encontrar em fase dediligência em que está sendo apurado
exatamente o destino dadoàs receitas supostamente recebidas da autarquia pela empresa.Assim, como a TC não envolve
diretamente a empresa, nãopoderia ela intervir no procedimento administrativo, ainda quepara requerer certidões e cópias
das peças que o integram.Diante da situação hipotética acima, julgue os próximos itens.
Os preceitos previstos no Regimento Interno do TCU, por serem especí cos, afastam a aplicação das regras de garantia
processual previstas na Lei do Procedimento Administrativo Federal - Lei n.º 9.784/1999.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
149 Q840640
Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco , Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco
Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: TCE-PE Provas: CESPE - 2017 - TCE-PE - Conhecimentos Básicos - Cargos 1 e 2 ...

Com relação à competência, à jurisdição e à organização do TCE/PE, julgue o item subsequente.

Embora tenha competência para alterar seu próprio regimento interno, o TCE/PE pode apenas propor alteração de sua Lei
Orgânica à Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco.

Certo
Errado

150 Q842316 Legislação Estadual > Legislação do Estado de Pernambuco


Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: TCE-PE Provas: CESPE - 2017 - TCE-PE - Conhecimentos Básicos - Cargo 3 ...

Tendo como referência as normas do Regimento Interno do TCE/PE, julgue o item subsecutivo.

As contas prestadas anualmente pelo governador do estado de Pernambuco, salvo os demonstrativos de aplicação de
recursos vinculados, serão apreciadas pelo pleno do TCE/PE mediante parecer prévio.

Certo
Errado

151 Q545676 Controle Externo >


Ano: 2015 Banca: CESPE Órgão: TCU Provas: CESPE - 2015 - TCU - Auditor Federal de Controle Externo - Conhecimentos Gerais ...

Com base na legislação que rege a organização, a atuação e a jurisdição do TCU, julgue o item subsequente.

Compete ao ministro-substituto do TCU presidir a instrução dos processos que lhe forem distribuídos, devendo ele decidir
sobre tais processos na forma especi cada pelo Regimento Interno.

Certo
Errado

152 Q675708 Auditoria Governamental > Processo de Auditoria , Monitoramento, Supervisão e Controle de Qualidade
Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PA Provas: CESPE - 2016 - TCE-PA - Conhecimentos Básicos - Cargos 24, 25 e 26 ...

Com relação aos instrumentos de scalização da auditoria bem como ao seu planejamento e à sua execução, julgue o item
seguinte.

O monitoramento, um instrumento de scalização previsto pelo TCU em seu regimento interno, é considerado essencial
para assegurar a e cácia das decisões desse tribunal e os resultados delas decorrentes.

Certo
Errado

153 Q468466 Controle Externo >


Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-GO Provas: FCC - 2014 - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Administrativa ...

As contas dos órgãos da administração direta e as contas dos Fundos Especiais e das entidades da administração indireta,
inclusive de Fundações e Sociedades instituídas e mantidas pelo poder público, de acordo com o Regimento Interno do
Tribunal de Contas do Estado de Goiás, serão apresentadas, respectivamente, sob a forma de

A contas anuais e prestação de contas.


B tomada de contas e contas de gestão.
C contas anuais e tomada de contas.
D tomada de contas e prestação de contas.
E prestação de contas e contas de gestão.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
154 Q840690
Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco
Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: TCE-PE Provas: CESPE - 2017 - TCE-PE - Conhecimentos Básicos - Cargo 5 ...

Considerando as previsões do Regimento Interno do TCE/PE, julgue o item seguinte.

O parecer prévio emitido pelo pleno do TCE/PE à Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco deverá considerar, além
de fatos a respeito da gestão scal, os atos dos administradores e de demais responsáveis por unidades gestoras estaduais.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
155 Q675827
Tribunal de Contas do Estado do Pará , Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado do Pará
Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PA Provas: CESPE - 2016 - TCE-PA - Conhecimentos Básicos- Cargo 40 ...

Com base nas normas e diretrizes da Constituição do Estado do Pará, da Lei Orgânica do TCE/PA e do Regimento Interno
desse tribunal, julgue o próximo item.

O processo cujo responsável ou interessado for pessoa com de ciência física ou mental deverá ser considerado urgente e
tramitar de forma preferencial.

Certo
Errado

156 Q462638 Controle Externo >


Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-GO Prova: FCC - 2014 - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Jurídica

As contas dos órgãos da administração direta e as contas dos Fundos Especiais e das entidades da administração indireta,
inclusive de Fundações e Sociedades instituídas e mantidas pelo poder público, de acordo com o Regi- mento Interno do
Tribunal de Contas do Estado de Goiás, serão apresentadas, respectivamente, sob a forma de

A contas anuais e prestação de contas.


B tomada de contas e contas de gestão.
C contas anuais e tomada de contas.
D tomada de contas e prestação de contas.
E prestação de contas e contas de gestão.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
157 Q675828
Tribunal de Contas do Estado do Pará , Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado do Pará
Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PA Provas: CESPE - 2016 - TCE-PA - Conhecimentos Básicos- Cargo 40 ...

Com base nas normas e diretrizes da Constituição do Estado do Pará, da Lei Orgânica do TCE/PA e do Regimento Interno
desse tribunal, julgue o próximo item.

As contas prestadas anualmente pelo governador do estado do Pará referem-se às atividades do Poder Executivo, cabendo
aos titulares dos demais poderes apresentar suas respectivas contas.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
158 Q675323
Tribunal de Contas do Estado do Pará , Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado do Pará
Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PA Provas: CESPE - 2016 - TCE-PA - Conhecimentos Básicos- Cargos 4, 5 e de 8 a 17 ...

Tendo como referência as legislações federal e estadual, a Lei Orgânica e o Regimento Interno do TCE/PA, julgue o item
subsequente. É prerrogativa do TCE/PA a scalização da aplicação dos recursos provenientes das quotas entregues pela
União ao estado do Pará referentes ao Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal.

Certo
Errado
159 Q842406 Legislação Estadual > Legislação do Estado de Pernambuco
Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: TCE-PE Provas: CESPE - 2017 - TCE-PE - Conhecimentos Básicos - Cargo 4 ...

Com referência às disposições da Constituição do Estado de Pernambuco, da Lei Orgânica do TCE/PE — Lei estadual n.º
12.600/2004 e suas alterações — e do Regimento Interno do TCE/PE, julgue o próximo item.

A Lei Orgânica do TCE/PE prevê expressamente a possibilidade da adoção de medidas cautelares por essa corte de contas.

Certo
Errado

160 Q401276 Controle Externo >


Ano: 2008 Banca: FCC Órgão: TCE-CE Prova: FCC - 2008 - TCE-CE - Analista de Controle Externo - Auditoria de Obras Públicas

Considere as assertivas abaixo:


I. Aprovar os enunciados da Súmula da Jurisprudência do Tribunal. II. Deliberar originariamente sobre con itos de
competência entre os órgãos do Tribunal. III. Manter a ordem e a disciplina no Tribunal. De acordo com o Regimento
Interno do Tribunal de Contas do Ceará, compete ao Presidente do Tribunal de Contas o que se a rma APENAS em

A I
B II
C III
D I e III

E II e III.

Respostas

141: B 142: B 143: A 144: D 145: E 146: C 147: B 148: E 149: C 150: E 151: E

152: C 153: D 154: E 155: C 156: D 157: E 158: C 159: C 160: C

www.qconcursos.com
www.qconcursos.com

161 Q402999 Controle Externo >


Ano: 2008 Banca: FCC Órgão: TCE-CE Provas: FCC - 2008 - TCE-CE - Analista de Controle Externo - Auditoria de Tecnologia da

Informação ...

Considere as assertivas abaixo:


I. Aprovar os enunciados da Súmula da Jurisprudência do Tribunal. II. Deliberar originariamente sobre con itos de
competência entre os órgãos do Tribunal. III. Manter a ordem e a disciplina no Tribunal. De acordo com o Regimento
Interno do Tribunal de Contas do Ceará, compete ao Presidente do Tribunal de Contas o que se a rma APENAS em

A I.

B II.
C III.
D I e III.
E II e III.

162 Q286975 Direito Constitucional > Controle de Constitucionalidade


Ano: 2012 Banca: CESPE Órgão: TCE-ES Prova: CESPE - 2012 - TCE-ES - Auditor de Controle Externo - Direito

Em cada um dos itens que se seguem, é apresentada uma situação


hipotética, seguida de uma assertiva acerca de controle deconstitucionalidade, a ser julgada com base na CF e
najurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF).

Um deputado federal impetrou mandado de segurança contra ato do presidente da Câmara dos Deputados, alegando
violação de normas do Regimento Interno da Casa relacionadas à tramitação de emendas constitucionais. Nessa situação, o
mandado de segurança deve ser conhecido, uma vez que o ato do deputado federal é resultado do exercício do controle
prévio ou preventivo, cuja execução é de responsabilidade do Poder Judiciário.

Certo
Errado

163 Q392706 Controle Externo >


Ano: 2014 Banca: CESPE Órgão: TC-DF Prova: CESPE - 2014 - TC-DF - Auditor de Controle Externo

Com base na Lei Orgânica do TCDF (LODF), no Regimento Interno e no Código de Ética do Auditor de Controle Externo do
TCDF, julgue os itens subsequentes.
Com a nalidade de assegurar a devida isenção no julgamento, o Ministério Público pode recorrer de decisão do TCDF em
processo de tomada de contas, interpondo pedido de revisão, com efeito suspensivo, que será distribuído a outro relator

Certo

Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
164 Q675366
Tribunal de Contas do Estado do Pará , Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado do Pará
Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PA Provas: CESPE - 2016 - TCE-PA - Conhecimentos Básicos- Cargo 40 ...

Com base nas normas e diretrizes da Constituição do Estado do Pará, da Lei Orgânica do TCE/PA e do Regimento Interno
desse tribunal, julgue o próximo item. Se o estado do Pará assinar convênio com determinado município de seu território
para a realização conjunta de obra, o referido município terá competência para scalizar o estado no que se referir à
execução do convênio.

Certo
Errado

165 Q392708 Controle Externo >


Ano: 2014 Banca: CESPE Órgão: TC-DF Prova: CESPE - 2014 - TC-DF - Auditor de Controle Externo
Com base na Lei Orgânica do TCDF (LODF), no Regimento Interno e no Código de Ética do Auditor de Controle Externo do
TCDF, julgue os itens subsequentes.
O auditor do TCDF, ao ser designado para scalizar determinada entidade do DF, deve se declarar impedido se o
responsável pela auditoria dessa entidade tiver sido seu sócio em negócio privado que mantiveram antes do ingresso de
ambos no setor público

Certo
Errado

166 Q550183 Legislação Municipal > Legislação do Município de São Paulo


Ano: 2015 Banca: FGV Órgão: TCM-SP Provas: FGV - 2015 - TCM-SP - Agente de Fiscalização - Ciências Contábeis ...

De acordo com o art. 11 da Lei Orgânica do Município de São Paulo ”qualquer munícipe, partido político, associação ou
entidade é parte legítima para denunciar irregularidades à Câmara Municipal ou ao Tribunal de Contas, bem como aos
órgãos do Poder Executivo”. Segundo o Regimento Interno do Tribunal de Contas do Município de São Paulo, que
disciplinou os requisitos de admissibilidade e processamento para essas denúncias, é correto a rmar que:

A são admitidas somente denúncias cujo autor esteja identi cado, vedando-se o anonimato;
B o denunciante está dispensado de apresentar provas ou indícios da ilegalidade ou irregularidade noticiada;
constatada a existência de irregularidade durante a apuração, os responsáveis serão sumariamente condenados pelo
C
tribunal, dispensando-se o contraditório nos casos de denúncia;
concluída a fase instrutória, os autos poderão ser submetidos a qualquer dos órgãos colegiados (tribunal pleno ou
D
câmaras);
E uma vez recebida e conhecida pelo relator, não pode o tribunal determinar o arquivamento de denúncia inepta.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
167 Q204630 Tribunal de Contas do Estado de São Paulo ,
Lei Complementar nº 709 de 1993 - Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo
Ano: 2011 Banca: FCC Órgão: TCE-SP Prova: FCC - 2011 - TCE-SP - Procurador

Veri cada irregularidade nas contas, o Relator ou o Tribunal de Contas adotará as medidas cabíveis, especialmente
I. de nindo a responsabilidade individual ou solidária pelo ato de gestão impugnado. II. ordenando a noti cação do
responsável para, no prazo estabelecido no Regimento Interno, apresentar defesa ou recolher a importância devida, se
houver débito. III. determinando o arquivamento, dispensando quaisquer outras providências, se não houver débito. Está
correto o que se a rma APENAS em

A I.
B II.
C I e II.
D I e III.
E II e III.

Direito Processual Civil - Novo Código de Processo Civil - CPC 2015 > Recursos ,
168 Q581735
Classi cação dos Recursos. Decisões Passíveis de Recurso. Juízo de Admissibilidade e Juízo de Mérito.
Ano: 2015 Banca: CESPE Órgão: TCE-RN Prova: CESPE - 2015 - TCE-RN - Auditor

Proferida a sentença e interposto o adequado recurso perante o tribunal competente, caso haja a arguição incidente de
controle de constitucionalidade de lei ou ato normativo do poder público, o relator, após ouvir o Ministério Público e as
partes, submeterá a questão à turma ou à câmara à qual competir o conhecimento do processo, admitindo-se que, sendo o
ato normativo federal, a União se manifeste, observados os prazos e as condições previstos no regimento interno do
tribunal.

Certo
Errado

169 Q392709 Controle Externo >


Ano: 2014 Banca: CESPE Órgão: TC-DF Prova: CESPE - 2014 - TC-DF - Auditor de Controle Externo

Com base na Lei Orgânica do TCDF (LODF), no Regimento Interno e no Código de Ética do Auditor de Controle Externo do
TCDF, julgue os itens subsequentes.
Considere que, em determinado processo de prestação de contas, o TCDF tenha adotado em decisão terminativa, o
trancamento das contas, cujo julgamento de mérito se tornou inviável em razão de sinistro que inutilizou a documentação
da entidade auditada, e a baixa da responsabilidade do administrador após 5 anos de publicação da referida decisão
terminativa, sem fatos novos. Nesse caso, a decisão do TCDF foi adequada.

Certo
Errado

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
170 Q42589 Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará ,
Lei Orgânica do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará
Ano: 2010 Banca: FCC Órgão: TCM-CE Provas: FCC - 2010 - TCM-CE - Analista de Controle Externo - Inspeção de Obras Públicas ...

Ao dispor sobre a e cácia das decisões do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará, estabelece o artigo 23 de
sua Lei Orgânica:
"Art. 23. A decisão de nitiva será formalizada nos termos estabelecidos no Regimento Interno, por acórdão, cuja publicação
no Diário O cial do Estado constituirá objeto para:(...) III. no caso de contas irregulare(...)b) inscrever-se o débito na Dívida
Ativa; c) que o título possua caráter executivo bastante para a cobrança judicial da dívida decorrente do débito ou da multa
se não recolhida, no prazo, pelo responsável e após inscrita regularmente na Dívida Ativa; (...)"O dispositivo legal, acima
transcrito,

afronta a disciplina constitucional da matéria, segundo a qual o titular da função de controle externo é o Poder
A
Legislativo, e não o Tribunal de Contas.
é compatível com a disciplina constitucional da matéria, da qual decorre que as decisões dos Tribunais de Contas de
B
que resultem imputação de débito ou multa terão e cácia de título executivo.
é incompatível com a natureza de órgão auxiliar das Casas do Poder Legislativo de que se revestem as Cortes de
C
Contas no sistema brasileiro de controle externo.
é compatível com a disciplina constitucional da matéria, apenas no que diz respeito à inscrição do débito em dívida
D
ativa, mas não à sua característica de título executivo passível de cobrança judicial.
não condiz com a natureza jurídica da Corte de Contas, na medida em que somente decisões proferidas por órgãos
E
pertencentes à estrutura do Poder Judiciário poderiam revestir-se do caráter de executividade.

171 Q479547 Controle Externo >


Ano: 2012 Banca: AOCP Órgão: TCE-PA Prova: AOCP - 2012 - TCE-PA - Auditor

Analise as assertivas e assinale a alternativa que aponta a(s) correta(s). De acordo com o Regimento Interno, a jurisdição do
Tribunal de Contas do Estado do Pará, abrange:
I. os responsáveis pela aplicação de quaisquer recursos repassados pelo Estado, mediante contrato, convênio, acordo,
ajuste ou outros instrumentos jurídicos congêneres. II. os responsáveis pela aplicação dos recursos tributários arrecadados
pela União e entregues ao Estado, nos termos da Constituição Federal. III. os dirigentes ou liquidantes das empresas
encampadas ou sob intervenção ou que, de qualquer modo, venham a integrar, provisória ou permanentemente, o
patrimônio do Estado ou de outra entidade pública estadual. IV. os responsáveis por entidades dotadas de personalidade
jurídica de direito privado que recebam contribuições para scais e prestem serviço de interesse público ou social.

A Apenas I.
B Apenas II e III.
C Apenas I e IV.
D Apenas I, III e IV.
E I, II, III e IV.

172 Q479549 Controle Externo >


Ano: 2012 Banca: AOCP Órgão: TCE-PA Prova: AOCP - 2012 - TCE-PA - Auditor

De acordo com o Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado do Pará, analise as assertivas e assinale a alternativa
que aponta a(s) correta(s).
I. Os julgamentos obedecerão à ordem da pauta, e somente será concedida a inversão da mesma quando o Relator do
processo for o Conselheiro que estiver presidindo a Sessão. II. As Sessões do Plenário serão Ordinárias, Extraordinárias e
Solenes. III. As Sessões Extraordinárias serão convocadas pelo Presidente, de ofício, ou por proposta de Conselheiro,
devendo tal convocação ser feita com antecedência mínima de 48 horas. IV. É obrigatória a presença de, pelo menos, três
(3) Conselheiros em condições de votar, para que o Plenário se reúna e delibere sobre os processos em pauta ou a respeito
de qualquer assunto submetido à decisão do Colegiado.

A Apenas I.
B Apenas II e III.
C Apenas I e II.
D Apenas III e IV.
E I, II, III e IV.

173 Q563727 Controle Externo > Controle de Constitucionalidade e Controle Externo


Ano: 2015 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2015 - TCU - Procurador do Ministério Público

Considere os seguintes preceitos da Lei Federal n.º 8.443/1992, que dispõe sobre a LO-TCU e dá outras providências: Art. 1.°
Ao Tribunal de Contas da União, órgão de controle externo, compete, nos termos da Constituição Federal e na forma
estabelecida nesta Lei: [...] XVII decidir sobre consulta que lhe seja formulada por autoridade competente, a respeito de
dúvida suscitada na aplicação de dispositivos legais e regulamentares concernentes a matéria de sua competência, na
forma estabelecida no Regimento Interno. [...] § 2.° A resposta à consulta a que se refere o inciso XVII deste artigo tem
caráter normativo e constitui prejulgamento da tese, mas não do fato ou caso concreto. Supondo que, ao responder a
determinada consulta, o TCU tenha contrariado cláusula constitucional expressa, assinale a opção que apresenta o
encaminhamento correto, passível de ser adotado no contexto do sistema brasileiro de controle de constitucionalidade.

Havendo incompatibilidade entre a decisão normativa e os termos da CF, o procurador-geral do MP/TCU poderá
A representar sobre a inconstitucionalidade ao procurador-geral da República, que, segundo seu próprio critério de
conveniência, poderá ajuizar ADI no STF contra o que tiver sido decidido na consulta.
Com base em enunciado de súmula da jurisprudência do STF, o próprio TCU poderá declarar a inconstitucionalidade
B
da sua decisão normativa, decretando, com e cácia erga omnes, a nulidade do julgado.
A decisão normativa proferida na consulta não poderá ser objeto de ADI, uma vez que, dadas as suas características
C normativas, constitui ato equiparado aos decretos regulamentares, que afrontam a CF apenas de maneira indireta ou
re exa.
Por ser equiparável a ato normativo federal e ante a impossibilidade de ser objeto de ADI, a decisão normativa
D
proferida na consulta somente poderá ser objeto de ação declaratória de constitucionalidade.
Ante a superveniência de norma constitucional federal compatível com o que tiver sido rmado na decisão normativa,
E esta decisão estará automaticamente recepcionada, sendo incabível qualquer ação do controle abstrato de
constitucionalidade para dirimir eventual controvérsia sobre a questão.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
174 Q707756 Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro ,
Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro
Ano: 2016 Banca: IBFC Órgão: TCM-RJ Prova: IBFC - 2016 - TCM-RJ - Técnico de Controle Externo

Considerando as disposições da Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro, analise as
a rmativas abaixo e assinale a alternativa correta: I. Ao Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro compete,
exclusivamente, sustar de plano, se não atendida as suas determinações, a execução de contrato de obra pública,
comunicando a decisão ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro. II. Ao Tribunal de Contas do Município do Rio de
Janeiro compete prestar as informações solicitadas pela Câmara Municipal, ou por qualquer de suas Comissões, sobre
scalização contábil, nanceira, orçamentária, operacional e patrimonial e ambiental, e sobre resultados de auditorias e
inspeções realizadas. III. O Tribunal, em caso de urgência, de fundado receio de grave lesão ao erário ou a direito alheio, ou
risco de ine cácia da decisão de mérito, poderá, de ofício ou mediante provocação, na forma estabelecida no Regimento
Interno, adotar medida cautelar, determinando, entre outras providências, a suspensão do ato ou do procedimento
impugnado, até que o Tribunal decida sobre o mérito, fazendo indicação expressa dos dispositivos observados. Estão
corretas as a rmativas:

A I e II, apenas

B II e III , apenas
C I e III , apenas
D I, II e III

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
175 Q242289
Tribunal de Contas do Estado de Goiás , Lei Orgânica do Tribunal de Contas de Goiás
Ano: 2012 Banca: INSTITUTO CIDADES Órgão: TCM-GO Provas: INSTITUTO CIDADES - 2012 - TCM-GO - Auditor de Controle Externo -

Informática ...

Analise as assertivas abaixo, e marque a opção que se encontra de acordo com os disciplinamentos do Regimento Interno
do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás – TCM/GO – acerca das competências dos integrantes do
Ministério Público de Contas:
I. Compete aos Procuradores requisitar informações, documentos e processos juntos às autoridades municipais, bem como
dos órgãos e entidades da administração direta, indireta ou fundacional, instituídas ou mantidas pelo Poder Público
Municipal. II. Compete aos Procuradores de Contas comparecer somente as sessões do Pleno do Tribunal de Contas a m
de, verbalmente, se pronunciar acerca dos assuntos que ali tramitam. III. Compete aos Procuradores de Contas se
pronunciar por escrito ou verbalmente somente nos assuntos inerentes à decisão do Tribunal sobre os processos de
tomada ou prestação de contas. IV. Compete aos Procuradores de Contas promover junto à Procuradoria-Geral da Justiça e
Procuradoria Geral do Estado, as medidas previstas em lei, remetendo-lhes a documentação e instruções necessárias. V.
Compete aos Procuradores de Contas interpor os recursos permitidos em lei.

A Todas as assertivas estão corretas.


B Estão corretas as assertivas I, IV e V.
C Estão corretas as assertivas I, III e V.

D Estão corretas as assertivas II, IV e V.


E Somente está incorreta a assertiva IV.

Direito Constitucional > Processo Legislativo , Espécies Normativas: Lei Complementar e Lei Ordinária ,
176 Q563725
Espécies Normativas: Medida Provisória, Lei Delegada, Decreto Legislativo e Resolução
Ano: 2015 Banca: CESPE Órgão: TCU Prova: CESPE - 2015 - TCU - Procurador do Ministério Público

Considere os seguintes temas: (a) elaboração, redação, alteração e consolidação das leis; (b) criação e extinção de órgãos da
administração pública; (c) extinção de cargos públicos vagos; (d) delegação de matéria legislativa ao presidente da
República. A partir da disciplina constante da CF, assinale a opção que apresenta as respectivas fontes normativas
adequadas para disciplinar cada um dos temas considerados.

A lei complementar / lei em sentido formal / medida provisória / resolução


regimento interno das casas do Poder Legislativo / decreto autônomo presidencial / lei oriunda de projeto de iniciativa
B
presidencial / decreto legislativo
lei complementar / lei oriunda de projeto de iniciativa presidencial / decreto autônomo presidencial / resolução do
C
Congresso Nacional
regimento interno das casas do Poder Legislativo / lei oriunda de projeto de iniciativa parlamentar / decreto
D
regulamentar presidencial / decreto legislativo
E emenda constitucional / decreto autônomo presidencial / lei em sentido formal / lei delegada

177 Q481503 Controle Externo >


Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCM-GO Prova: FCC - 2015 - TCM-GO - Auditor Conselheiro Substituto

Diante de decisão de Tribunal de Contas estadual que imponha penalidade de multa a responsáveis pelo uso irregular de
bens pertencentes a autarquia integrante de administração indireta estadual,

A nem o Estado, nem a autarquia estarão habilitados a promover a respectiva execução judicial.
B os Procuradores da Fazenda junto ao Tribunal estarão legitimados a promover a respectiva execução judicial.
C tanto o Estado quanto a autarquia estarão habilitados a promover a respectiva execução judicial.
o Estado estará habilitado a promover a respectiva execução judicial, desde que legitimado a tanto pela lei orgânica ou
D
pelo Regimento Interno do Tribunal de Contas.
a autarquia estará habilitada a promover a respectiva execução judicial, independentemente de previsão nesse
E
sentido na lei orgânica ou Regimento Interno do Tribunal de Contas.

178 Q401277 Controle Externo >


Ano: 2008 Banca: FCC Órgão: TCE-CE Provas: FCC - 2008 - TCE-CE - Analista de Controle Externo - Auditoria de Obras Públicas ...

No Tribunal de Contas do Estado do Ceará, as deliberações do Plenário e, no que couber, as das Câmaras terão forma de
Acórdãos quando se tratar de

A contas do Governador do Estado.


B processos de julgamentos de tomadas ou prestação de contas.

C decisão em processo de apreciação da legalidade de ato sujeito a registro.


D aprovação do Regimento Interno.

E ato de nidor da Estrutura.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
179 Q515642 Tribunal de Contas do Estado de Sergipe ,
Lei Complementar nº 04 de 1990 - Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe
Ano: 2015 Banca: FGV Órgão: TCE-SE Provas: FGV - 2015 - TCE-SE - Médico ...

Sobre o tema “Autonomia Financeira e Administrativa do Tribunal de Contas de Sergipe”, é correto a rmar que é de
competência:

A elaborar e aprovar projetos de lei relativos à criação, transformação e extinção de seus cargos;
B elaborar a sua proposta orçamentária na forma da Lei de Diretrizes Orçamentárias;

elaborar lista tríplice com os nomes dos candidatos à presidência da Corte de Contas e enviá-la ao Chefe do Poder
C
Executivo Estadual para a escolha e nomeação;
elaborar projeto de seu Regimento Interno, submetendo-o à Assembleia Legislativa, com observância das normas de
D
processo e das garantias processuais das partes;
elaborar requerimento ao Poder Executivo para realização de concurso de provas e títulos para provimento dos
E
cargos necessários aos serviços internos.

Direito Constitucional > Processo Legislativo ,


180 Q412530
Espécies Normativas: Medida Provisória, Lei Delegada, Decreto Legislativo e Resolução
Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-PI Prova: FCC - 2014 - TCE-PI - Assessor Jurídico

Na esfera do processo legislativo, o decreto legislativo constitui o instrumento normativo próprio para veicular

a aprovação da mensagem e do plano de governo enviados pelo Presidente da República por ocasião da abertura da
A
sessão legislativa.

a sustação pelo Congresso Nacional de atos normativos do Poder Executivo que exorbitem do poder regulamentar ou
B
dos limites de delegação legislativa.
C o regimento comum do Congresso Nacional.
D os limites e as condições para a concessão de garantia da União em operações de crédito externo e interno.
E delegação do Congresso Nacional ao Presidente da República para a elaboração de lei delegada.

Respostas

161: C 162: E 163: E 164: C 165: C 166: A 167: C 168: C 169: C 170: B 171: E

172: C 173: A 174: B 175: B 176: C 177: E 178: B 179: B 180: B

www.qconcursos.com
www.qconcursos.com

181 Q489639 Direito Financeiro > Competências , Atividade Financeira do Estado e Sistema Financeiro Nacional - SFN
Ano: 2013 Banca: PUC-PR Órgão: TCE-MS Prova: PUC-PR - 2013 - TCE-MS - Auditor de Controle Externo

Sobre as normas de gestão nanceira e patrimonial de sociedades de economia mista, é CORRETO a rmar que:

constituem questão de competência interna de tais entidades, sociedades anônimas que são, em especial a seu
A
conselho de administração e a seu conselho scal.

devem ser objeto de normas administrativas derivadas de regimento próprio, pois essas entidades têm patrimônio,
B
orçamento e personalidade jurídica independentes do Estado.
são de competência do chefe do Poder Executivo a que estão vinculadas, o qual o fará mediante decreto
C
regulamentar.
D competem ao Poder Legislativo, mediante lei complementar.
E competem ao Poder Legislativo, mediante lei complementar de iniciativa do Tribunal de Contas.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
182 Q693331
Tribunal de Contas do Estado do Paraná , Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado do Paraná
Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PR Provas: CESPE - 2016 - TCE-PR - Conhecimentos Básicos ...

Com relação às competências do Ministério Público junto ao tribunal de contas (MP/TC), assinale a opção correta.

É vedado ao TCE/PR interferir na elaboração do regimento interno do MP/TC, em respeito ao princípio da


A
independência do MP.
B O MP/TC tem competência para requerer providências ordenatórias dos autos ou informações complementares.

Na estrutura administrativa do TCE/PR, é vedado aos membros do MP/TC participar de comissões de qualquer
C
natureza.
D A promoção de interesses individuais não se inclui entre as funções do MP/TC.

E Em casos excepcionais, nas questões preliminares, o presidente do TC poderá dispensar a manifestação do MP/TC.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
183 Q866210
Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais
Ano: 2018 Banca: FUNDEP (Gestão de Concursos) Órgão: TCE-MG Prova: FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2018 - TCE-MG - Auditor -

Conselheiro Substituto

A respeito da execução das decisões no Tribunal de Contas de Minas Gerais, assinale a alternativa CORRETA.

A A decisão do Tribunal de que resulte imputação de débito ou multa terá e cácia de título executivo.

O responsável será intimado para, no prazo estabelecido pelo Regimento Interno, efetuar e comprovar o recolhimento
B
judicial do valor devido.
Expirado o prazo de pagamento administrativo sem manifestação do responsável, o Tribunal remeterá a certidão de
C
débito a cada um dos órgãos lesados, para as providências necessárias à execução do julgado.
A certidão de débito será lançada sem a individualização dos responsáveis e do débito imputado, considerando a
D
solidariedade das condenações.
E Comprovado o recolhimento integral, cabe ao órgão lesado dar quitação ao responsável, e não ao Tribunal de Contas.

184 Q30626 Direito Constitucional > Controle de Constitucionalidade , Súmula Vinculante


Ano: 2010 Banca: FCC Órgão: TCM-PA Prova: FCC - 2010 - TCM-PA - Técnico de Controle Externo

Na proposta de edição, revisão ou cancelamento de enunciado de súmula vinculante é INCORRETO a rmar que

o Procurador-Geral da República, não sendo o formulador da proposta, manifestar-se-á previamente, cando


A
dispensada sua manifestação ulterior na provocação que ele próprio houver formulado.
sendo a hipótese de se tratar de matéria controversa, mas de reduzida relevância ou concernente a uns poucos casos
B
concretos, a proposta não terá cabimento.

a matéria tratada deve ser objeto de controvérsia constitucional sempre atual entre órgãos judiciários ou entre esses
C
e a administração pública.
o Município poderá provocá-la diretamente ao Supremo Tribunal Federal, sendo incabível sua provocação incidental
D
no curso do processo em que seja parte.
o relator poderá admitir, por decisão irrecorrível, a manifestação de terceiros na questão, nos termos do Regimento
E
Interno do Supremo Tribunal Federal.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
185 Q973549 Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro ,
Lei Complementar nº 63 de 1990 - Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Rio de Janeiro
Ano: 2012 Banca: FEMPERJ Órgão: TCE-RJ Prova: FEMPERJ - 2012 - TCE-RJ - Técnico de Controle Externo - Técnico de Noti cações

Sobre a organização do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro e o regime jurídico de seus Conselheiros, é correto
a rmar:

A o Tribunal de Contas do Estado tem sede na Capital e compõe-se de 09 (nove) Conselheiros;


B os Conselheiros do Tribunal de Contas serão nomeados após aprovação em concurso público de provas e títulos;
os Conselheiros gozarão de vitaliciedade, não podendo perder o cargo senão mediante processo administrativo em
C
que lhes seja assegurada ampla defesa ou mediante procedimento de avaliação periódica de desempenho;
os Conselheiros do Tribunal de Contas terão as mesmas garantias, prerrogativas, impedimentos, vencimentos e
D vantagens dos Desembargadores do Tribunal de Justiça e somente poderão aposentar-se com as vantagens do cargo
quando o tiverem exercido, efetivamente, por mais de 10 (dez) anos;
o Tribunal de Contas poderá dividir-se em Câmaras, instituir Delegações de Controle, mediante deliberação da maioria
E absoluta dos Conselheiros, com a composição, jurisdição e competência que lhes forem deferidas pelo Regimento
Interno.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
186 Q866212
Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais
Ano: 2018 Banca: FUNDEP (Gestão de Concursos) Órgão: TCE-MG Prova: FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2018 - TCE-MG - Auditor -

Conselheiro Substituto

Sobre os recursos e o pedido de rescisão no âmbito do Tribunal de Contas de Minas Gerais, assinale a alternativa
INCORRETA.

Poderão interpor recurso perante o Tribunal de Contas de Minas Gerais os responsáveis, os interessados e o
A
Ministério Público junto ao Tribunal.
Das decisões de nitivas proferidas pelo Tribunal Pleno e pelas Câmaras caberá recurso ordinário, que terá efeito
B
suspensivo e devolutivo.
Das decisões interlocutórias e terminativas caberá agravo formulado uma só vez, por escrito, no prazo de dez dias
C
contado da data da ciência da decisão, na forma estabelecida no Regimento Interno do TCE-MG.
Cabem embargos de declaração para corrigir obscuridade, omissão ou contradição, mas sua interposição não
D
interrompe a contagem dos prazos para cumprimento da decisão embargada e para interposição de outros recursos.
O pedido de reexame deverá ser formulado uma só vez, por escrito, no prazo de trinta dias contado da data da ciência
E
do parecer prévio sobre a prestação de contas do Governador ou de prefeito.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
187 Q42590 Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará ,
Lei Orgânica do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará
Ano: 2010 Banca: FCC Órgão: TCM-CE Provas: FCC - 2010 - TCM-CE - Analista de Controle Externo - Inspeção de Obras Públicas ...

Compete ao Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará, nos termos de sua Lei Orgânica,

julgar as contas dos administradores, exceto as das Mesas das Câmaras Municipais, e demais responsáveis por
A
dinheiro, bens e valores públicos da administração direta e indireta municipal.
realizar, desde que mediante determinação da Câmara Municipal, inspeções e auditorias de natureza contábil,
B nanceira, orçamentária, operacional e patrimonial, nas unidades administrativas dos poderes Legislativo e Executivo
municipais.
encaminhar à Assembleia Legislativa Estadual, anualmente, até sessenta dias após o início do exercício nanceiro,
C
relatório das atividades desenvolvidas no exercício anterior.
decidir sobre consulta que lhe seja formulada por autoridade competente, a respeito de dúvida suscitada na aplicação
D de dispositivos legais e regulamentares concernentes à matéria de sua competência, na forma estabelecida no
Regimento Interno.
conceder licença, férias e outros afastamentos aos seus Conselheiros, dependendo de inspeção médica a licença para
E
tratamento de saúde por prazo superior a três meses.

Legislação dos Tribunais de Contas (TCU, TCEs e TCMs) e Ministérios Públicos de Contas >
188 Q506928
Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro
Ano: 2012 Banca: FEMPERJ Órgão: TCE-RJ Provas: FEMPERJ - 2012 - TCE-RJ - Analista de Controle Externo - Direito ...

Sobre a Lei Estadual nº 4.787/2006 (e suas alterações), que dispõe sobre o Quadro de Pessoal e o Plano de Carreiras do TCE-
RJ, é correto a rmar que:

compete ao Analista – Área Organizacional executar inspeções e auditorias a cargo do Tribunal de Contas do Estado
A
do Rio de Janeiro;

compete ao Analista - Área de Controle Externo substituir os Conselheiros em suas faltas e impedimentos, bem como
B
nos casos de vaga, nas hipóteses e na forma prevista no Regimento Interno do Tribunal de Contas;
compete ao Analista – Área Organizacional emitir parecer das contas, atos e demais procedimentos sujeitos à
C
apreciação, registro ou julgamento pelo Tribunal de Contas;
compete ao Analista – Área de Controle externo julgar as contas dos administradores e demais responsáveis por
D dinheiros, bens e valores públicos, proferindo decisão provisória que poderá ser objeto de recurso endereçado ao
Plenário do Tribunal de Contas;
é vedado aos ocupantes dos cargos de Analista – Área de Controle Externo exercer atividade político-partidária,
E
ressalvada a iação e o direito de afastar-se para exercer cargo eletivo ou a ele concorrer.

189 Q913723 Direito Constitucional > Poder Legislativo , Funções Típicas e Atípicas
Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-RS Prova: FCC - 2014 - TCE-RS - Auditor Público Externo - Bacharel em Ciências Contábeis-

Conhecimentos Básicos

Ao disciplinar a organização do Poder Legislativo na esfera estadual, a Constituição da República estabelece que

à Assembleia Legislativa compete a iniciativa exclusiva de lei para dispor sobre seu regimento interno, polícia e
A
serviços administrativos de sua secretaria, e prover os respectivos cargos.
os Deputados Estaduais serão remunerados por meio de subsídio xado por lei de iniciativa do Governador do
B Estado, na razão de, no máximo, setenta e cinco por cento daquele estabelecido, em espécie, para os Deputados
Federais.
o processo legislativo estadual deverá contemplar hipóteses de iniciativa popular, em conformidade com lei
C
complementar federal sobre a matéria.
o número de Deputados Estaduais corresponderá ao dobro da representação do Estado respectivo na Câmara dos
D Deputados e, atingido o número de trinta e seis, será acrescido de tantos quantos forem os Deputados Federais acima
de oito.

aos Deputados Estaduais são aplicáveis, entre outras, as regras da própria Constituição relativas a inviolabilidade,
E
imunidades, perda de mandato, licença, impedimentos e incorporação às Forças Armadas.

190 Q419995 Direito Constitucional > Organização do Estado – Estados , Organização Político-Administrativa do Estado
Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TCE-RS Prova: FCC - 2014 - TCE-RS - Auditor Público Externo - Engenharia Civil - Conhecimentos Básicos

Ao disciplinar a organização do Poder Legislativo na esfera estadual, a Constituição da República estabelece que

os Deputados Estaduais serão remunerados por meio de subsídio xado por lei de iniciativa do Governador do
A Estado, na razão de, no máximo, setenta e cinco por cento daquele estabelecido, em espécie, para os Deputados
Federais.
o processo legislativo estadual deverá contemplar hipóteses de iniciativa popular, em conformidade com lei
B
complementar federal sobre a matéria.
o número de Deputados Estaduais corresponderá ao dobro da representação do Estado respectivo na Câmara dos
C Deputados e, atingido o número de trinta e seis, será acrescido de tantos quantos forem os Deputados Federais acima
de oito.
aos Deputados Estaduais são aplicáveis, entre outras, as regras da própria Constituição relativas a inviolabilidade,
D
imunidades, perda de mandato, licença, impedimentos e incorporação às Forças Armadas.
à Assembleia Legislativa compete a iniciativa exclusiva de lei para dispor sobre seu regimento interno, polícia e
E
serviços administrativos de sua secretaria, e prover os respectivos cargos.

191 Q302720 Controle Externo >


Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: TCE-SP Prova: FCC - 2013 - TCE-SP - Auditor do Tribunal de Contas

É correto a rmar que

o Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo permite que Câmara da Corte decida sobre a
A
inconstitucionalidade de lei ou ato do Poder Público por ocasião do julgamento de qualquer feito.
o
a Súmula n 347 do Supremo Tribunal Federal dispõe que o Tribunal de Contas, no exercício de suas atribuições, pode
B apreciar a constitucionalidade das leis e dos atos do Poder Público, mas está - a referida Súmula no 347 - com sua
subsistência sujeita à reavaliação do Supremo.
a questão de inconstitucionalidade incidental a feito sob julgamento de Tribunal de Contas não pode ser suscitada de
C
ofício.
a decisão do Tribunal de Contas que conclui pela inconstitucionalidade de lei ou ato do Poder Público impede que
D
Câmara volte a suscitar novo pronunciamento sobre a mesma matéria.
as decisões do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo constarão de resoluções quando se tratar de incidente de
E
inconstitucionalidade.

192 Q51229 Direito Financeiro > A Despesa Pública


Ano: 2008 Banca: FGV Órgão: TCM-RJ Prova: FGV - 2008 - TCM-RJ - Procurador

Tendo em vista o que traz a CRFB/88 sobre aos créditos adicionais, assinale a alternativa correta.

A abertura de créditos especiais e extraordinários somente será admitida para atender a despesas imprevisíveis e
A
urgentes, como as decorrentes de guerra, comoção interna ou calamidade pública.
Os créditos especiais e extraordinários terão vigência no exercício nanceiro em que forem autorizados, salvo se o ato
B de autorização for promulgado nos últimos quatro meses daquele exercício, caso em que, reabertos nos limites de
seus saldos, serão incorporados ao orçamento do exercício nanceiro subseqüente.
É vedada a abertura de crédito especial sem prévia autorização legislativa, mas, uma vez autorizada, não há
C
necessidade de a lei indicar os recursos correspondentes.
Os projetos de lei relativos ao plano plurianual, às diretrizes orçamentárias, ao orçamento anual e aos créditos
D
adicionais serão apreciados pelo Senado na forma do regimento comum.
Não é vedada a realização de despesas ou a assunção de obrigações diretas que excedam os créditos orçamentários
E
ou adicionais, visto que a nalidade desses créditos é exatamente alterar o orçamento.

193 Q450234 Direito Constitucional > Funções Essenciais à Justiça , Ministério Público
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: TCE-AM Prova: FCC - 2013 - TCE-AM - Analista Técnico de Controle Externo - Ministério Público

Será compatível com a Constituição da República legislação estadual que, ao dispor sobre o Ministério Público junto ao
Tribunal de Contas do Estado, estabeleça que

os integrantes do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas estão sujeitos ao mesmo estatuto jurídico que rege
A
os membros do Ministério Público estadual, no que concerne a direitos, vedações e forma de investidura no cargo.
membros do Ministério Público estadual poderão exercer as atribuições do Ministério Público junto ao Tribunal de
B Contas, interinamente, sempre que houver vagas neste, enquanto se providencie a realiza- ção de concurso público
para seu preenchimento.
Procuradores da Fazenda junto ao Tribunal de Contas poderão exercer as funções do Ministério Público especial, nas
C
hipóteses previstas no Regimento Interno daquela Corte.
o Ministério Público junto ao Tribunal de Contas goza das mesmas garantias institucionais asseguradas ao Ministério
D
Público estadual, inclusive no que se refere à sua autonomia administrativa e nanceira.
os cargos de Procurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas serão automaticamente convertidos para
E os de Procurador de Justiça do Ministério Público estadual, na hipótese de extinção de vagas junto ao Tribunal de
Contas

194 Q51711 Direito Financeiro > A Despesa Pública , Os créditos orçamentários e adicionais
Ano: 2008 Banca: FGV Órgão: TCM-RJ Prova: FGV - 2008 - TCM-RJ - Auditor

Tendo em vista o que traz a CRFB/88 sobre os créditos adicionais, assinale a alternativa correta.

Não é vedada a realização de despesas ou a assunção de obrigações diretas que excedam os créditos orçamentários
A
ou adicionais, visto que a nalidade desses créditos é exatamente alterar o orçamento.
É vedada a abertura de crédito especial sem prévia autorização legislativa, mas, uma vez autorizada, não há
B
necessidade de a lei indicar os recursos correspondentes.
A abertura de créditos especiais e extraordinários somente será admitida para atender a despesas imprevisíveis e
C
urgentes, como as decorrentes de guerra, comoção interna ou calamidade pública.
Os créditos especiais e extraordinários terão vigência no exercício nanceiro em que forem autorizados, salvo se o ato
D de autorização for promulgado nos últimos quatro meses daquele exercício, caso em que, reabertos nos limites de
seus saldos, serão incorporados ao orçamento do exercício nanceiro subseqüente.
Os projetos de lei relativos ao plano plurianual, às diretrizes orçamentárias, ao orçamento anual e aos créditos
E
adicionais serão apreciados pelo Senado na forma do regimento comum.

195 Q595853 Direito Financeiro > A Lei de Responsabilidade Fiscal , Origem e o controle
Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PR Prova: CESPE - 2016 - TCE-PR - Auditor

Assinale a opção correta a respeito de transparência, controle e scalização de acordo com a LRF.

O relatório de gestão scal do Poder Legislativo deve conter um comparativo da dívida consolidada e mobiliária com
A
os limites previstos na LRF.
Sempre que veri car que as despesas de pessoal de Poder Executivo estadual atingiram o limite prudencial — 95% do
B
limite máximo das despesas com pessoal —, o TCE deverá emitir alerta sobre esse fato, na forma da LRF.
As contas prestadas pelo chefe do Poder Executivo serão objeto de parecer prévio do respectivo tribunal de contas no
C
prazo de sessenta dias do recebimento, se outro lapso não estiver previsto no regimento interno desse tribunal.
O fato de o município não atender o prazo para a publicação do relatório de gestão scal lhe gera a mesma espécie de
D
sanção prevista na LRF para a conduta de não encaminhar tempestivamente suas contas ao Poder Executivo da União.
O relatório de gestão scal, que deverá ser publicado em até trinta dias após o encerramento do período a que
E corresponder, com amplo acesso ao público, inclusive por meio eletrônico, engloba o relatório resumido de execução
orçamentária.

196 Q693864 Gestão de Pessoas > Gestão de Competências


Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PR Prova: CESPE - 2016 - TCE-PR - Analista de Controle - Administração

Considerando que a gestão de pessoas por competências tem sido o modelo adotado por organizações de setores públicos
de diversos países, inclusive no Brasil, assinale a opção correta, relativamente a gestão de pessoas por competências e à
prática dessa modalidade de gestão no setor público brasileiro.

A adoção do modelo de gestão por competências representa uma tentativa de se eliminar os traços de subjetividade e
A imprevisibilidade que ainda permeiam o cenário da administração pública e respectivas organizações e setores de
gestão de pessoas.
Nas organizações públicas, o mapeamento de competências é dispensável, já que diversos documentos o ciais, como,
B por exemplo, os regimentos internos, dispõem sobre as atribuições e responsabilidades das unidades organizacionais
e de seus respectivos servidores.
Provas de conhecimentos em seleções públicas de pessoal exempli cam uma das práticas da gestão por
C competências, na medida em que o conceito de competências remete ao conjunto de conhecimentos, habilidades e
atitudes integrantes dos repertórios cognitivos e afetivos dos candidatos.
As recentes políticas de pessoal no setor público visam à utilização da noção de competências em todas as funções de
D
administração de recursos humanos desempenhadas pelos setores de gestão de pessoas.
São preceitos da gestão por competências: alinhamento das políticas de recursos humanos com a estratégia
organizacional; coerência entre as políticas de recursos humanos; convergência de atitudes e comportamentos dos
E
gestores organizacionais com a unidade de recursos humanos; integração entre força de trabalho e objetivos
organizacionais.

197 Q866209 Legislação Estadual > Legislação do Estado de Minas Gerais


Ano: 2018 Banca: FUNDEP (Gestão de Concursos) Órgão: TCE-MG Prova: FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2018 - TCE-MG - Auditor -

Conselheiro Substituto

O Tribunal de Contas de Minas Gerais profere suas decisões em diversas instâncias e formas deliberativas, que estão
reguladas na Lei Complementar Nº 102/2008. A respeito da forma das decisões, dos prejulgados e da uniformização de
jurisprudência, assinale a alternativa INCORRETA.

Por iniciativa de qualquer conselheiro, auditor ou procurador do Ministério Público junto ao Tribunal, poderá o
Tribunal Pleno, mediante decisão normativa, pronunciar-se sobre a interpretação de qualquer norma jurídica ou
A
procedimento da administração, se reconhecer que sobre estes ocorre divergência de interpretação, procedimento
que se quali ca como prejulgado.
Veri cada a existência de decisões divergentes, poderá ser arguido incidente de uniformização de jurisprudência por
B conselheiro, auditor, procurador do Ministério Público junto ao Tribunal, responsável ou interessado, nos termos do
Regimento Interno.
O Tribunal deliberará por acórdão, em todos os processos referentes a scalização nanceira, orçamentária, contábil,
C operacional e patrimonial e, ainda, nos recursos, e deliberará por parecer apenas quando se tratar de contas do
governador e de prefeito.

O Tribunal deliberará por decisão normativa, quando se tratar de xação de critério ou orientação, bem como de
D interpretação de norma jurídica ou procedimento da administração divergente, e não se justi car a expedição de
instrução normativa ou resolução.
Terminativa é a decisão pela qual o Tribunal ordena o trancamento das contas que forem consideradas iliquidáveis,
E ou determina o seu arquivamento pela ausência de pressupostos de constituição e de desenvolvimento válido e
regular do processo ou por racionalização administrativa e economia processual.

198 Q525426 Direito Constitucional > Disposições Gerais no Poder Judiciário , Poder Judiciário
Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCE-CE Prova: FCC - 2015 - TCE-CE - Analista de Controle Externo-Atividade Jurídica

A Constituição Federal assegura ao Poder Judiciário autonomia administrativa e nanceira, garantindo aos Tribunais, entre
outras competências, a elaboração de suas propostas orçamentárias e a organização de suas atividades. No âmbito dessas
atribuições,

cabe aos Tribunais elaborar suas propostas orçamentárias dentro dos limites xados pelo Poder Executivo,
A competindo-lhes também extinguir cargos, xar a remuneração dos seus serviços auxiliares e dos juízos que lhes
forem vinculados, bem como xar o subsídio de seus membros e dos juízes.
cabe aos Tribunais elaborar suas propostas orçamentárias, dentro dos limites estipulados conjuntamente com os
demais Poderes na Lei de Diretrizes Orçamentárias, competindo-lhes também eleger seus órgãos diretivos e elaborar
B
seus regimentos internos, com observância das normas de processo e das garantias processuais das partes, dispondo
sobre a competência e o funcionamento dos respectivos órgãos jurisdicionais e administrativos.
caso os Tribunais competentes não encaminhem as respectivas propostas orçamentárias dentro do prazo
estabelecido no Plano Plurianual, o Poder Executivo elaborará a proposta orçamentária dos Tribunais omissos nos
C
termos do que entender conveniente, cabendo, também ao Chefe do Poder Executivo, em concorrência com os
Tribunais, a iniciativa legislativa para a criação ou extinção dos Tribunais Regionais Federais e dos Tribunais de Justiça.
as propostas orçamentárias encaminhadas pelos Tribunais em desacordo com os limites estipulados na Lei de
Diretrizes Orçamentárias não poderão ser objeto de ajustes pelo Poder Executivo, que deverá restituí-las aos Tribunais
D
competentes para que promovam sua adequação no prazo legal, competindo, ainda, aos Tribunais propor ao Poder
Legislativo a xação do subsídio de seus membros e dos juízes.

os Tribunais não poderão realizar despesas ou assunção de obrigações que extrapolem os limites estabelecidos na Lei
de Diretrizes Orçamentárias, exceto se previamente autorizadas, mediante a abertura de créditos suplementares ou
E especiais. Ademais, não poderão propor ao Poder Legislativo a criação de cargos a eles vinculados, mas apenas sua
extinção, na medida em que a criação de cargos junto ao Poder Judiciário é matéria de iniciativa legislativa privativa do
Poder Legislativo.

Respostas

163: D 164: B 165: A 166: D 167: E 168: D 169: D 170: E 171: E 172: D 173: B

174: B 175: A 176: D 177: D 178: E 179: C 180: B

www.qconcursos.com