Sie sind auf Seite 1von 21

DOSSIER

TINTAS, COLAS E VERNIZES

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO  41
ARTIGO TÉCNICO

PORQUÊ PINTAR?
José Luís Nogueira > CIN - Corporação Industrial do Norte, SA

DECORAÇÃO, LIMPEZA E SANIDADE, ILUMINAÇÃO As superfícies pintadas são, regra geral, sedosas
e muito pouco porosas, de modo que é fácil limpá-
E EFICIÊNCIA, VISIBILIDADE E SEGURANÇA.
-las e mantê-las limpas. A pintura de superfícies
porosas ou rugosas impede a aderência de pó ou
outras substâncias que de outro modo seriam difí-
A razão mais importante para se pintar no interior, quando ceis de remover e, além disso, o uso de cores cla-
em condições normais de exposição, e a segunda mais ras na pintura revela, por contraste, a presença de
importante na pintura de exteriores, é o valor decorativo pó, gordura ou outras substâncias indesejáveis o
das tintas na realização de ambientes mais agradáveis e que permite decidir quando é necessário o recurso
atractivos. A grande variedade de cores, mesmo de tona- a medidas mais eficazes de limpeza.
lidades metalizadas, os diferentes graus de brilho e de
efeitos especiais que permitem obter, assim como a sua Tintas especialmente estudadas para manter lim-
facilidade de aplicação, fazem das tintas o produto ideal pas e isentas de fungos e bactérias as áreas onde
para alterar o aspecto de todas as superfícies ou estrutu- são aplicadas são importantes em hospitais e
ras incluindo pavimentos, equipamentos e mobiliário. fábricas de produtos alimentares.
As tintas podem ser aplicadas em quase todas as superfí- As tintas brancas ou de cores claras, quando apli-
cies e suportes e em todas as superfícies já anteriormen- cadas em tectos ou paredes, contribuem significa-
te pintadas, corrigindo assim o aparecimento de efeitos tivamente para melhorar a iluminação de quartos e
inestéticos aquando da realização de modificações estru- salas de trabalho e, consequentemente, para
turais, tais como colocação de novas paredes, janelas ou reduzir os custos em iluminação; as tintas de cores
portas, cobrindo facilmente os defeitos de superfície oca- escuras, por outro lado, podem ser usadas para
sionados por estas modificações de modo a que não diminuir ou tornar menos incomodativo o efeito da
fiquem visíveis. luz intensa.

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO  42
TINTAS, COLAS E VERNIZES

A melhoria das condições de iluminação e a laranja/branco são muito usadas em edifícios altos, torres de TV,
redução do brilho, que se consegue com os aca- rádio ou telefone, para alertar o tráfego aéreo e linhas separado-
bamentos mate ou casca de ovo, contribuem ras de tráfego amarelas são usadas frequentemente em auto-
significativamente para melhorar a eficiência no estradas porque são mais visíveis que as linhas brancas.
trabalho. A capacidade para usar uma grande
variedade de cores contribui, também, para tor- Outros tipos de tintas estudadas como auxiliares no que respeita
nar agradável o meio ambiente, outra forma de a segurança são, por exemplo, as tintas antiderrapantes usadas
melhorar o conforto e, consequentemente, a pro- em pavimentos e passagens para peões e as tintas retardadoras
dutividade. de fogo usadas em material circulante e edifícios.

As tintas podem também ser usadas para mate-


rializar códigos de cores aplicáveis a equipa- PROTECÇÃO CONTRA A CORROSÃO
mentos, tubagens e artigos diversos e as tintas
de marcação de pavimentos podem ser usadas A razão mais importante para se pintar no exterior é a protecção
para disciplinar o tráfego. Tintas de cor escura contra a corrosão. A pintura é uma parte muito importante da
aplicadas sobre fundos claros podem ser úteis manutenção em geral.
para indicar zonas perigosas ou equipamentos
de segurança tais como extintores. Certas com- A protecção com recurso a tintas não é, com certeza, o único
binações como, por exemplo, letras ou faixas meio de combater a corrosão mas é o meio mais importante de
amarelas num fundo preto ou combinações de todos os possíveis; com muita frequência é o mais económico e,
laranja e branco são visíveis a muito maior dis- mesmo, em muitos casos é o único adequado às circunstâncias
tância do que cores simples. As combinações existentes.

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO  43
ARTIGO TÉCNICO

Embora o custo da tinta usada seja muito pequeno em A escolha adequada das tintas e dos meios para
comparação com o custo total da estrutura ou equipa- a sua aplicação aumenta consideravelmente o
mento em que está aplicada, esta película com somente tempo de vida dos objectos pintados e reduz sig-
alguns milésimos de milímetro de espessura inibe e, se nificativamente os seus custos de reparação.
cuidadosamente aplicada, previne a degradação das Transcreve-se de seguida parte de um artigo
estruturas ou do equipamento pela acção do meio publicado no Boletim Nacional da Ordem dos
ambiente: acção da intempérie (chuvas, luz, variações de Engenheiros e que, embora já não seja muito
temperatura devidas ao ciclo dia/noite ou à mudança das recente, nos dá uma ideia bastante exacta do que
estações), do vapor de água, de água salgada, de pro- são os custos da corrosão e da importância eco-
dutos químicos directa ou indirectamente, através da nómica das medidas anticorrosivas.
contaminação do ar ou das águas, dos fungos, bactérias
e da erosão. A pintura actua como um escudo protegen- “Além do envelhecimento técnico e do desgaste
do, o suporte da acção destes elementos. mecânico, a corrosão é uma das causas mais fre-

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO  44
TINTAS, COLAS E VERNIZES

quentes de avarias e substituições prematuras nas produto nacional bruto. Transpondo estes
instalações técnicas de produção, máquinas e apare- números para as condições Suíças, obtém-se
lhos de uso geral diverso. para o ano de 1975 uma soma de despesas
causadas pela corrosão atingindo cerca de
De um estudo feito recentemente na Grã-Bretanha 1,8 biliões de francos suíços.
ressalta que na indústria química 55% dos estragos
são devidos à corrosão, enquanto que 4-5% provêm Na Grã-Bretanha T. P. Hoar constatou, num
de avarias ocorridas nas instalações de fabrico, sobre estudo feito para o governo, que as perdas
máquinas ou tubagens, causando no seu conjunto devidas ao desgaste pela corrosão durante o
despesas avaliadas em 5 milhões de dólares no espa- ano de 1969 se elevaram a 1365 milhões de
ço de 4 anos, sem ter em conta as despesas prove- libras, das quais aproximadamente 23%, isto
nientes das paragens de produção pela falta de é, 310 milhões de libras teriam podido ser evi-
ganho...”. tadas pela aplicação consequente dos conhe-
cimentos de que se dispunha na altura.
“... J. P. Fraser estima em 15 biliões de dólares para o Repartidos pelas diversas indústrias e ramos
ano de 1974 as perdas causadas pela corrosão nos de actividade, os custos detectados por este
Estados Unidos; esta soma corresponde a 1,25% do estudo são expostos na tabela seguinte:

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO  45
ARTIGO TÉCNICO

RAMOS DA INDÚSTRIA CUSTOS - MILHÕES DE LIBRAS • radiação solar - luminosa e térmica;


• temperatura - valores absolutos e sua
Engenharia Civil 250 variabilidade.
Indústria de produtos alimentares 40
Empresas nacionais 55 - FACTORES BIOLÓGICOS:
Marinha 280 • microorganismos - bactérias aeróbias e
Siderurgia e transformação dos metais 15 anaeróbicas, fungos, musgos;
Química e petroquímica 180 • flora e fauna marítimas.
Produção de energia 60
Transporte 350 A norma NP EN ISO 12944 classifica os
Distribuição de água industrial 25 principais ambientes aos quais as estrutu-
Diversos 110 ras de aço podem estar expostas, com
excepção de ambientes consistindo em
TOTAL 1365 atmosferas especiais como as existentes
em instalações fabris químicas, e define a
corrosibilidade desses ambientes.
Ressalta daí que os sectores mais fortemente sobrecarregados por
esses prejuízos são as construções de engenharia civil e de edifí- Para os objectivos desta norma os ambien-
cios, a indústria dos transportes, a petroquímica, a indústria quími- tes atmosféricos são classificados em seis
ca e a marinha. Um estudo similar foi realizado na R.F.A.; ele categorias de corrosibilidade:
demonstrou que os custos se elevaram a 19 biliões de DM dos
quais 4,3 biliões poderiam ter sido economizados, isto é 23%, no C1 - muito baixa
estado actual da técnica (quer dizer, sem novos investimentos de C2 - baixa
investigação). C3 - média
C4 - alta
Estes diversos estudos mostram que os prejuízos e custos causa- C5 - muito alta (industrial)
dos pela corrosão são enormes (em números redondos até 3% do C6 - muito alta (marítima)
produto nacional bruto) e que cerca de um quarto dessas despesas
poderia ter sido evitada pela aplicação das medidas de protecção Uma tabela contida nessa norma define as
já conhecidas. É, portanto, importante evitar os danos devidos à categorias de corrosibilidade em termos de
corrosão e isso é uma tarefa que incumbe aos construtores e utili- perda de massa ou espessura de provetes
zadores responsáveis de uma instalação, mas que interessa tam- de aço ao carbono e/ou zinco depois do pri-
bém de perto à economia nacional.” meiro ano de exposição. Se não é possível
expor provetes padrão no ambiente em
Por corrosão, em sentido lato, entende-se a tendência que têm as estudo, a categoria de corrosibilidade pode
coisas para se transformarem com o tempo, isto é, a alteração de ser estimada considerando o efeito combi-
um material por passagem dos seus elementos constitutivos ao nado dos factores ambientais seguintes:
estado de combinações com substâncias presentes no meio tempo de humedecimento anual, taxa de
ambiente. deposição do dióxido de enxofre média
anual e taxa de deposição de cloretos
Os factores directamente responsáveis pela influência do meio média anual.
ambiente podem sistematizar-se do seguinte modo:
Outra tabela dá-nos os ambientes que
podem ser descritos para o caso de estru-
- FACTORES DE LOCALIZAÇÃO: turas imersas em água ou enterradas no
• geográfica - latitude, longitude e altitude; solo, situações em que a corrosão é nor-
• posição relativa - vertical, horizontal, voltada a sul ou a norte; malmente de natureza localizada e em que
• ambiental - marítima, industrial, rural e urbana. as categorias de corrosibilidade são difíceis
de definir:
- FACTORES FÍSICO-QUÍMICOS:
• constituintes atmosféricos - oxigénio, ozono, dióxido de carbono; Im 1 - Água doce
• contaminantes atmosféricos: Im 2 - Água do mar ou salobra
- gasosos - dióxido de enxofre, óxidos nitroso e nítrico; Im 3 - Solo
- líquidos - soluções salinas, ácidas e alcalinas;
- sólidos - areias, poeiras e sujidades; Podem dividir-se os métodos de protecção
• água: contra a corrosão em processos activos de
- gasosa - vapor; protecção e processos passivos de protec-
- líquida - chuva, orvalho; ção, conforme se ilustra no diagrama 1.
- sólida - gelo, neve;

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO  46
TINTAS, COLAS E VERNIZES

Todos os esquemas de pintura são mais ou menos permeáveis - medidas que ajudem a eliminar substâncias
de modo que acaba sempre por ocorrer, mais ou menos tempo agressivas eventualmente depositadas à
após a sua aplicação, a corrosão das superfícies pintadas. superfície das estruturas ou equipamentos a
proteger;
Pode-se prolongar o tempo de protecção eficaz se se tomarem - medidas de intervenção nos processos elec-
medidas de protecção activa contra a corrosão. Estas medidas troquímicos que estão na base da corrosão de
podem dividir-se em: estruturas em aço, mediante a adição de pig-
mentos anticorrosivos nos primários que cons-
- medidas na altura da concepção que se dirijam em particu- tituem a primeira demão dos esquemas de
lar à eliminação de irregularidades de superfície ou erros de pintura.
projecto;

PROTECÇÃO CONTRA A CORROSÃO

Diagrama 1 - Métodos de protecção

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO  47
OPINIÃO

ENTREVISTA
BARBOT - INDÚSTRIA DE TINTAS, SA

FUNDADA EM 1920, A BARBOT É SEM O SECTOR DAS TINTAS ENCONTRA-SE EM EXPANSÃO? O REGRES-
SO EM FORÇA DE MATERIAIS COMO O PAPEL DE PAREDE AFECTOU
DÚVIDA UMA DAS EMPRESAS MAIS REPUTA-
O CRESCIMENTO DO SECTOR?
DAS NO PANORAMA NACIONAL DO SECTOR O sector das tintas não se encontra em expansão, isso é um
DA RENOVAÇÃO E DECORAÇÃO DE INTERIO- facto! Por outro lado, não temos dados que nos permitam
RES.A CONSTANTE MELHORIA NOS PRO- analisar o impacto da utilização do papel de parede no mer-
DUTOS, NO SERVIÇO E NA QUALIDADE DE
cado das tintas.
ATENDIMENTO E RESPOSTA AOS SEUS QUAIS SÃO AS GRANDES NOVIDADES APRESENTADAS DURANTE
CLIENTES, TÊM MANTIDO A EMPRESA NO ESTE ANO OU QUE AINDA VÃO SER LANÇADAS NO MERCADO?
TRILHO DO SUCESSO. NA DIRECÇÃO DE Este ano lançámos vários produtos, o que vem demonstrar
MARKETING, ENCONTRA-SE CRISTINA a aposta da Barbot na inovação, na tecnologia de ponta e
na preservação ambiental, como é o caso da tinta Barbot
VERÍSSIMO QUE NOS AJUDOU A DESVEN- Anti-Age (que utiliza a Nanotecologia); o esmalte alquídico
DAR ALGUNS DOS PRINCIPAIS MOTIVOS aquoso Hiperlux (um esmalte aquoso, amigo do ambiente
PELOS QUAIS A BARBOT SE ENCONTRA com elevada performance) e a tinta Anti-Insectos (garante
NUM LUGAR DE DESTAQUE.
um ambiente mais puro e livre de insectos no interior das
habitações, sem ser prejudicial para a saúde humana).

A nova tinta Barbot Anti-Age utiliza a Nanotecnologia para


manter a “juventude” das paredes de interiores e exteriores.
Esta tinta resiste ao passar dos anos sem “rugas”, repele a
sujidade e permite ainda uma limpeza facilitada como
nenhuma outra.

As fachadas, por sua vez, tornam-se mais resistentes às


intempéries, devido à nanotecnologia utilizada, que confere
a esta tinta uma impermeabilidade superior e ainda resiste
a fungos, humidades e poeiras.

O novo esmalte Hiperlux destina-se a acabamentos de alta


qualidade na indústria de construção civil e metalomecâni-
ca, em exteriores e interiores, sobre madeira ou ferro e a
nova tinta Anti-insectos baseia-se numa tecnologia que con-
fere propriedades insecticidas às superfícies e que elimina,
por contacto, insectos. A composição deste produto não só
é totalmente inofensiva para a saúde humana, como ainda
protege a casa de quaisquer insectos, fungos e microorga-
nismos.

O QUE SE DEVE FAZER ANTES DE APLICAR UMA TINTA? EXISTEM


PROCEDIMENTOS ESPECÍFICOS PARA DETERMINADOS TIPOS DE
SUPERFÍCIE?
Os procedimentos variam de acordo com o tipo de superfí-
cie onde vamos aplicar o produto e se se trata de uma pin-
tura de raiz ou de uma repintura. Esses procedimentos são,
por norma, mencionados na embalagem e na ficha técnica
do produto.

Antes de aplicar qualquer esquema de pintura é necessário


reparar a superfície a pintar, utilizando produtos adequados.

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO  48
TINTAS, COLAS E VERNIZES

Devemos também certificar-nos de que as paredes são pre- das e engloba Massa Barbovitra, rede, Barbocril
viamente limpas e se encontram isentas de poeiras ou gor- Plus e massa de revestimento para dar o aspecto
duras e sem imperfeições. Esses factores podem comprome- decorativo final.
ter a aparência, durabilidade e qualidade da pintura.
QUE GAMA DE PRODUTOS GOSTARIA DE SALIENTAR?
Antes de aplicar a tinta, deve ser ainda aplicado um Primário, QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS DIFERENÇAS FACE À RESTAN-
o que permite uniformizar a absorção da superfície a pintar, TE OFERTA PATENTE NO MERCADO?
impedindo assim que grande quantidade de tinta seja absor- Gostaria de salientar a Tinta Barbot Anti-Age e o
vida. Assim, podemos obter um maior rendimento da tinta de Esmalte alquídico aquoso Hiperlux.
acabamento.
O lançamento da tinta Barbot Anti-Age vem confir-
A VOSSA PRODUÇÃO DESTINA-SE EXCLUSIVAMENTE AO MERCADO mar a nossa aposta na tecnologia de ponta com a
NACIONAL OU TAMBÉM COMERCIALIZAM PARA O MERCADO INTERNA- utilização da nanotecnologia. Conseguimos colo-
CIONAL? car no mercado um produto inovador, de elevada
Comercializamos para o mercado nacional e para o mercado qualidade e comodidade, acessível a todos os
internacional, nos seguintes países: Angola, França, Espanha consumidores, quer do segmento da construção,
e Roménia. quer da decoração, que se destaca da concorrên-
cia por se destinar não só a fachadas mas tam-
SER CLIENTE BARBOT. QUE VANTAGENS? bém a interiores.
Ser cliente Barbot implica a obtenção de uma excelente rela-
ção qualidade-preço, acompanhamento técnico-comercial Podemos igualmente afirmar que o esmalte
especializado, regularmente suportado por acções de forma- Hiperlux é o primeiro esmalte ecológico para
ção regulares a clientes (profissionais e revendedores). quem gosta de obter os melhores resultados com
o máximo respeito pela natureza e, por isso, o
PRODUZEM SOLUÇÕES ESPECÍFICAS PARA O MERCADO DA REABILI- único produto do género no mercado nacional.
TAÇÃO/ RENOVAÇÃO?
Sim, temos bastantes soluções nesta área, com destaque O Hiperlux tem a performance de um sintético,
para o Sistema de Restauro Barbot que garante alta durabili- com a vantagem de ser praticamente isento de
dade, elevada impermeabilização do suporte e um óptimo solventes. Pela sua composição inovadora, o
aspecto decorativo. Hiperlux assegura uma óptima retenção de brilho
e intensidade de cor nas superfícies onde é apli-
O Sistema de Restauro Barbot, previne ainda o aparecimen- cado, mesmo em repinturas de esmaltes sintéticos
to de fissuras e pode ser aplicado em qualquer tipo de facha- antigos.

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO  49
OPINIÃO

ENTREVISTA
HENKEL IBÉRICA PORTUGAL, UNIPESSOAL, LDA

INAUGURADA A 26 DE SETEMBRO DE 1876 O ENG. RUI ALVES, RESPONSÁVEL PELA


NA ALEMANHA, A HENKEL TEM VINDO A ASSISTÊNCIA TÉCNICA DA EMPRESA PARA A
CRESCER, AO LONGO DOS ANOS, CONTANDO CONSTRUÇÃO, DIVULGOU-NOS A SUA VISÃO
ACTUALMENTE COM 51.000 COLABORADO- PERANTE O SECTOR, AS NOVIDADES APRE-
RES, REPARTIDOS POR 125 PAÍSES. SENTADAS E PERSPECTIVAS FUTURAS.

O SECTOR DAS COLAS E SILICONES ENCONTRA-SE EM que alia a facilidade de aplicação de um produto de
EXPANSÃO? O REGRESSO EM FORÇA DE MATERIAIS COMO base aquosa com as características finais de um sili-
O PAPEL DE PAREDE AFECTOU O CRESCIMENTO DO SEC- cone em termos de durabilidade aos raios UV, à
TOR? chuva, elasticidade e resistência única ao envelheci-
Apesar de a Henkel ainda não o estar a notar direc- mento - Rubson Silicone Líquido SL 3000.
tamente, prevê--se um abrandamento no sector da
construção. Consequentemente é de esperar uma Na área da colagem de tubos de PVC lançamos uma
certa estagnação no mercado de colas e silicones. cola para a colagem de PVC flexível com a qualidade
Quanto ao regresso do papel de parede tem conse- que nos é reconhecida nesta área - Tangit PVC Flex.
quências positivas o nosso negócio pois temos
várias soluções adequadas para as diversas situa-
ções de colagem destes materiais - gamas Metylan
e Thomsit.

QUAIS SÃO AS GRANDES NOVIDADES APRESENTADAS


DURANTE ESTE ANO OU QUE AINDA VÃO SER LANÇADAS NO
MERCADO?
Na área dos pavimentos temos um sistema inovador
de instalação e insonorização para parquet consti-
tuído por uma cola elástica com tecnologia exclusiva
da Henkel e uma espuma com propriedades insono-
rizantes - Thomsit P 675 F. Lançamos também uma
nova massa de regularização com propriedades
melhoradas em termos de fluidez, aplicabilidade e
resistência final na lixagem - Thomsit Beflex Plus.

Na área da impermeabilização, temos um produto


único no mercado para a impermeabilização de
coberturas. Trata-se de um silicone em base aquosa

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO  50
TINTAS, COLAS E VERNIZES

Na área dos silicones, relançamos a gama vezes é necessária uma ligeira lixagem ou limpeza com pro-
“Casa de Banho Sã” com soluções únicas dutos específicos. De qualquer forma, não há procedimen-
no ataque aos fungos que provocam o típi- tos universais. A leitura das instruções de aplicação e as
co enegrecimento das juntas de silicone - Fichas Técnicas dos produtos são de extrema relevância
Sista Casa de Banho Sã. Lançamos ainda para o sucesso da colagem.
um produto inovador, um silicone de base
aquosa que se alisa facilmente e se limpa NUMA SITUAÇÃO DE REMOÇÃO DO PAVIMENTO, COMO DEVE SER
com água antes de endurecer - Sista Fácil RETIRADA A COLA?
Alisado. Quase sempre por meios mecânicos (lixagem). Existem
situações em que se os restos de cola estiverem bem agar-
rados ao suporte, é possível aplicar alguns produtos direc-
tamente por cima. Estes casos são especiais e a Henkel
deverá ser sempre previamente consultada.

A VOSSA PRODUÇÃO DESTINA-SE EXCLUSIVAMENTE AO MERCADO


NACIONAL OU TAMBÉM COMERCIALIZAM PARA O MERCADO INTER-
NACIONAL?
Somos uma multinacional com vários centros de produção
espalhados pelo mundo. Cada centro de produção produz
não só para o país onde está inserido mas também para o
mercado internacional.

PRODUZEM SOLUÇÕES ESPECÍFICAS PARA O MERCADO DA REABILI-


TAÇÃO/ RENOVAÇÃO?
Dentro das várias gamas de produtos que comercializamos
destinados ao mercado da construção, temos soluções que
servem não só a área de reabilitação como simultaneamen-
te poderão ser aplicados em obra nova.

QUE GAMA DE PRODUTOS GOSTARIA DE SALIENTAR? QUAIS SÃO AS


PRINCIPAIS DIFERENÇAS FACE À RESTANTE OFERTA PATENTE NO
MERCADO?
Temos várias soluções únicas no mercado, dependendo da
área de aplicação:

- na gama Sista (vedantes de juntas) temos a tecnologia


Flextec, exclusiva da Henkel que nos permite concorrer
no mercado dos silicones, “colas e vedas”, etc. com pro-
dutos que têm claras vantagens como adesão sobre
superfícies húmidas, maior resistência aos raios UV, pin-
tabilidade, adesão e resistência. Esta tecnologia permite-
nos ainda obter colas elásticas com propriedades inso-
norizantes, utilizadas na colagem de pavimentos de
madeira - gama Thomsit.

- na gama Rubson, temos a tecnologia Silicotec, também


exclusiva da Henkel que nos permite ter um produto de
impermeabilização único no mercado que se aplica como
uma tinta de base água e que no final se comporta como
um revestimento de silicone com todas as suas vanta-
gens (imbatível resistência aos raios UV, alta elasticida-
de e estanquecidade total à água).
O QUE SE DEVE FAZER ANTES DE APLICAR UMA
COLA? EXISTEM PROCEDIMENTOS ESPECÍFICOS - na gama Tangit, temos vedantes de roscas também
PARA DETERMINADOS TIPOS DE SUPERFÍCIE? exclusivos da Henkel que permitem o reajuste das ros-
Regra geral a superfície deve estar limpa, cas sem provocar fugas (ao contrário do linho, da fita de
seca e isenta de gorduras ou outros agen- Teflon e restantes vedantes de roscas existentes no mer-
tes que possam provocar uma má adesão cado), certificados para água potável, água para aqueci-
das colas. Dependendo dos materiais por mento e gás.
MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO  51
OPINIÃO

ENTREVISTA
SIKA PORTUGAL - PRODUTOS CONSTRUÇÃO E INDÚSTRIA, SA

A SIKA É UM GRUPO INTERNACIONAL COM SEDE NA


SUÍÇA E FILIAIS EM MAIS DE 70 PAÍSES, ESPECIALIZA- As colas elásticas são, cada vez mais, um elemento indis-
pensável na aplicação de pavimentos de madeira ou cerâmi-
DO EM PRODUTOS QUÍMICOS PARA A CONSTRUÇÃO E
ca.
INDÚSTRIA. QUALIDADE NO SERVIÇO, NA SEGURANÇA Sendo pioneira nesta tecnologia, Sika é detentora de uma
E NÃO AGRESSÃO DO MEIO AMBIENTE SÃO ALGUNS gama de soluções para a colagem de pavimentos de madei-
DOS PILARES QUE SOLIDIFICAM A SUA FORTE PRE-
ra, permitindo ganhos em conforto, isolamento acústico e
rapidez de aplicação.
SENÇA NO MERCADO. A ANÁLISE DE MERCADO, DOS
As colas elásticas para a colagem interior e exterior de pavi-
PRODUTOS E COMUNICAÇÃO DA EMPRESA FICAM A mentos de cerâmica, funcionam também como sistema de
CARGO DE SUSANA QUINTAL, GESTORA DE PRODUTO impermeabilização em varandas, terraços, cozinhas, casas
E COMUNICAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE MARKETING
de banho e qualquer área exposta à água, reduzindo ainda o
ruído transmitido e reflectido. Possibilita também a colagem
DA EMPRESA.
directa de novos mosaicos sobre os antigos.

Relativamente a mástiques, o Sikaflex® 11FC+ – cola e veda


nº 1 em Portugal e no Mundo – é o mástique de poliuretano
que detém uma fórmula já adequada à exigente regulamen-
tação de 2010. Destaca-se pelas seguintes características:
elevado poder adesivo; elasticidade permanente e excelente
resistência à exposição ambiental e ao envelhecimento.

O retorno dos papéis de parede na decoração de interiores


existe como complemento e é também concorrente às tintas.
Contudo Sika, no momento, foca a sua actividade em tintas
de impermeabilização com características específicas para
os exteriores.
Será lançado, em breve, um projecto que permitirá o alarga-
mento da nossa gama de tintas plásticas e de cores para
O SECTOR DAS COLAS E SILICONES ENCONTRA-SE EM interiores, primando sempre pela excelência na qualidade.
EXPANSÃO?
O REGRESSO EM FORÇA DE MATERIAIS COMO O PAPEL DE QUAIS SÃO AS GRANDES NOVIDADES APRESENTADAS DURANTE ESTE
PAREDE AFECTOU O CRESCIMENTO DO SECTOR? ANO OU QUE AINDA VÃO SER LANÇADAS NO MERCADO?
Tal como o mercado da construção em geral, o mer- Sika, em constante evolução no que diz respeito à investiga-
cado tradicional das colas e mástiques está a sofrer ção e tecnologia apresenta, para o ano de 2008, soluções
alguma recessão. Deste modo, Sika, através seu práticas e inovadoras tanto no mercado da grande obra
constante investimento na investigação e desenvol- como para o particular.
vimento de novos produtos, encontra novas técni-
cas e soluções que melhor se adaptem ao mercado Para este ano destacamos o lançamento, já realizado, da
actual. nova embalagem de 1 kg de Sika® MiniPack’s, argamassas
especiais aplicadas nas grandes obras que são transporta-

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO  52
TINTAS, COLAS E VERNIZES

das para os pequenos trabalhos de reparações, colagens, fixa-


ção, ancoragem e impermeabilização. Uma solução profissional
e segura para pequenos projectos, na obra ou em casa.

Ainda para o mercado particular, foi lançada a nova gama de


colas instantâneas SikaBond®– F. Utilizadas para pequenos
trabalhos de colagem em porcelanas, metais, plásticos, borra-
cha, pele, madeira, papel, tecido e outros materiais.
Destacamos a caneta de 5g, muito prática usar permitindo que
a cola não alcance os dedos.

A Sika apresenta também o Sika® AnchorFix® – 1, agora numa


nova embalagem de 150 ml. Sendo líder no fornecimento de
produtos químicos no mercado da construção, Sika tem vindo a
desenvolver uma gama de buchas químicas que permitem fixa-
ções seguras e resistentes com a isenção de solventes e de
estireno. Para completar a gama existente surge a nova emba- Sika tem também ao dispor do mercado da reabilita-
lagem criada especialmente para pequenos trabalhos de repa- ção produtos e soluções de qualidade Premium
ração e bricolage. como, impermeabilização com sistemas para cober-
Para o final do ano teremos o lançamento, ansiosamente espe- turas de alta qualidade e novas soluções de colagem
rado, de uma exclusiva gama de adesivos para colagem e sela- para pavimentos de madeira.
gem, baseada na nova tecnologia AT de híbridos de poliuretano.

O QUE SE DEVE FAZER ANTES DE APLICAR UMA COLA? EXISTEM PRO-


CEDIMENTOS ESPECÍFICOS PARA DETERMINADOS TIPOS DE SUPERFÍCIE?
De uma forma geral, a base deverá estar limpa e seca, homo-
génea, sem gordura, poeiras ou partículas soltas. Qualquer tipo
de tinta e outras partículas devem ser integralmente removidas.
A qualidade da base pode sempre ser melhorada através da
aplicação de Sikafloor® 156.

NUMA SITUAÇÃO DE REMOÇÃO DO PAVIMENTO, COMO DEVE SER RETI-


RADA A COLA?
Sendo as colas Sika à base de poliuretano, só poderão ser reti-
radas mecanicamente.

A VOSSA PRODUÇÃO DESTINA-SE EXCLUSIVAMENTE AO MERCADO NACIO-


NAL OU TAMBÉM COMERCIALIZAM PARA O MERCADO INTERNACIONAL?
A produção nacional vai desde os mástiques e colas para a QUE GAMA DE PRODUTOS GOSTARIA DE SALIENTAR?
indústria (automóvel e naval), aos pavimentos industriais, tintas QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS DIFERENÇAS FACE À RESTANTE
OFERTA PATENTE NO MERCADO?
e aditivos especiais para betão. A unidade fabril existente em
Portugal fornece o mercado Português e também outros países, Gostaríamos de salientar a nossa gama de sistemas
tanto para Europa como para o resto do mundo. de colagem elástica de pavimentos de madeira: cola-
gem integral com a cola SikaBond® - T55, o sistema
PRODUZEM SOLUÇÕES ESPECÍFICAS PARA O MERCADO DA REABILITA- ergonómico de aplicação racionalizada de cola
ÇÃO/ RENOVAÇÃO?
SikaBond® Dispenser - 5400 e o sistema de isola-
A reabilitação é uma temática de importância crescente para o mento acústico Sika® AcouBond®.
mercado da construção, na medida em que, não sendo susten-
tável a construção nova (a nível ambiental, social, cultural e Mais vantagens dos sistemas de colagem elástica
económico), a renovação torna-se numa necessidade emer- Sika:
gente para as empresas e profissionais desta área. • Sistemas adequados para a colagem de pavi-
Sendo as soluções de recuperação, reabilitação e protecção de mentos de madeira sobre elementos cerâmicos;
estruturas, um dos segmentos com maior foco na empresa, • Rápidos e fáceis, pois reduzem as etapas de apli-
temos ao dispor do mercado uma gama de soluções de grande cação;
qualidade. • Transitáveis de imediato;
Existem diversos produtos que foram idealizados para repara- • Reduzem as tensões entre a base e a camada de
ção/reabilitação e que, dada a sua excelente performance, são parqué, evitando encurvamentos e deslocamen-
depois aproveitados para obra nova, como é o caso de algumas tos de madeira;
argamassas e colas impermeabilizantes de terraços, à base • Poupa tempo e reduz o investimento;
poliuretano, com por exemplo o SikaBond® -T8. • Alta qualidade e resistência no produto final.
MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO  53
OPINIÃO

ENTREVISTA
SOUDAL PRODUTOS QUÍMICOS, LDA

COM UMA EXPERIÊNCIA DE MAIS DE 40 O SECTOR DAS COLAS E SILICONES ENCONTRA-SE EM EXPANSÃO? O
ANOS NO SECTOR QUÍMICO, A SOUDAL REGRESSO EM FORÇA DE MATERIAIS COMO O PAPEL DE PAREDE AFECTOU O
CRESCIMENTO DO SECTOR?
NV, É O MAIOR FABRICANTE DA EUROPA
A expansão é relativa, como eu costumo dizer a roda não para
DE ESPUMAS DE POLIURETANO EM nunca e todos os dias o mundo gira , agora neste nosso sector não
AEROSSOL, CONTANDO AINDA NA SUA EX- se reflecte imediatamente como noutros sectores a regressão do
TENSA GAMA DE PRODUTOS COM SELAN- negócio, tão só porque de algum ponto de vista são produtos de
consumo imediato, mas também porque tal como no Serenghetti, a
TES, COLAS DE MONTAGEM E PARA
selecção natural reflecte-se no dia a dia da nossa actividade, ou
MADEIRA. A APRESENTAÇÃO DA EMPRE- seja, todos os dias há empresas que fazem muito bem as coisas e
SA, OS PRODUTOS E A ANÁLISE DO MER- pelo contrário, todos os dias há empresas a tomar decisões infeli-
CADO FICARAM A CARGO DE LUÍS ALVES, zes e a fazerem aposta erradas, para nós o mercado vai dentro das
perspectivas planeadas, crescimento a dois dígitos baixos, e um
RESPONSÁVEL PELA FILIAL PORTUGUESA,
caminho assente numa estratégia de um fabricante de uma gama
A SOUDAL PRODUTOS QUÍMICOS, LDA. completa de produtos químicos. O facto a que se refere é mais
notório no mercado do DYS e sim reflecte-se num aumento expo-
nencial de uma cola que temos especial para o efeito a nossa cola
28ª.

QUAIS SÃO AS GRANDES NOVIDADES APRESENTADAS DURANTE ESTE ANO


OU QUE AINDA VÃO SER LANÇADAS NO MERCADO?
Durante este ano estamos a fazer uma aposta forte nos produtos
mais técnicos do nosso portfólio como o são a pele elásti-
ca(Dakorub ), o repelente de água ( Silicoat ) a Borracha líquida, o
nivelador de superfícies ( VE-50 ) e outros produtos de valor acres-
centado e que permitem apresentar a “solução “ que de facto o
especialista espera de um fabricante. Mas no entanto a grande
novidade foi o lançamento do T-REX Fusion a mais forte cola
vedante do Mundo com 32Kg/ cm2 é um conceito de nicho de mer-
cado, trabalhado por um grande especialista de negócio nosso par-
ceiro a TECNOFLOW, que já antes tinha sido a responsável pela
abertura do mercado a este conceito, se bem
que agora com todas as garantias de trabalhar
com um parceiro que sabe o que é o respeito
pelos compromissos negociados. Para além
desta novidade a SOUDAL prepara-se para
lançar no mercado a Gama FIX ALL um nome
já com cartas dadas no mercado mas que se
encontrava em hibernação para a Europa do
norte por questões de estratégia comercial,
mas que vai agora voltar em força, faço notar
por último uma inovação conceptual, que foi o
lançamento do PEGA 1000 press-pack ,um pro-
duto para o mercado doméstico, DYS e profis-
sional, pois o produto apresenta-se numa
embalagem vulcanizada sem necessidade de
uso de nenhum tipo de pistola de aplicação,
sendo por isso uma vantagem universal para
muitos utilizadores de um produto que cola,
sela e veda sem solventes e isocianatos e de
PH neutro podendo por isso ser pintável.

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO  54
TINTAS, COLAS E VERNIZES

O QUE SE DEVE FAZER ANTES DE APLICAR UMA chegamos com naturalidade aos mercados dos Palop’s assim como
COLA? EXISTEM PROCEDIMENTOS ESPECÍFICOS ao mercado do mediterrâneo, onde se inclui clientes de Chipre a
PARA DETERMINADOS TIPOS DE SUPERFÍCIE? Israel, assim como todo o Norte de África.
Sim, em princípio a superfície deve sempre
estar limpa e isenta de pó e gorduras, em PRODUZEM SOLUÇÕES ESPECÍFICAS PARA O MERCADO DA REABILITAÇÃO/
alguma situação a utilização de um primário RENOVAÇÃO?
para aumentar o poder de adesão, ou de um Sim, existem mesmo soluções como são os Selantes acrílicos
activador de superfícies, podem ser um com- (Acryrub) um mástique com 15 % de movimento mássimo admissí-
plemento de uso para aplicações específicas. vel, o que significa que para as juntas de movimento na reconstru-
ção ou nas fissuras antes da repintura é o produto que mais pode
NUMA SITUAÇÃO DE REMOÇÃO DO PAVIMENTO, fazer por uma aplicação duradoura na reconstrução. No entanto
COMO DEVE SER RETIRADA A COLA? faço notar que muitas vezes neste mercado se abusa das caracte-
Bom eu costumo dizer meio a brincar meio a rísticas técnicas de alguns produtos, tirando proveito do custo de
sério que nós somos especialistas em colar oportunidade que representa este mercado o que nem sempre leva
não em descolar, porque efectivamente a a um resultado proporcional, ou seja; o que quero dizer normal-
remoção tem que ser mecânica ou seja com mente é que nem sempre um produto de valor 10 justifica um bene-
um elemento de corte (x-acto ) ou de raspa- fício de um produto de valor 5, contrariando a regra do que “ o que
gem através de ferramenta apropriada, o que pode o mais pode o menos…” .Neste sentido também o que men-
não invalida é que a camada final não possa cionei antes com a aposta nos produtos mais técnicos e aqui des-
ser removida com um produto que temos o taco os produtos da Gama corta-fogo pois actualmente existem
PU-REMOVER, ou mesmo um Silicone regulamentos na construção/reconstrução, onde eles são essen-
Remover nos casos de colas de base. ciais como é o caso das Espuma de Poliuretano com certificação de
58 Db, o que é relavante para o projecto acústico obrigatório.
Ms-polímero, quer num caso quer no outro a
solução é pontual e verificada caso a caso. No QUE GAMA DE PRODUTOS GOSTARIA DE SALIENTAR? QUAIS SÃO AS PRINCI-
entanto a solução mais comum no mercado é PAIS DIFERENÇAS FACE À RESTANTE OFERTA PATENTE NO MERCADO?
ao afagamento por lixadora ou em casos mais Já que me dá esta oportunidade queria falar da nossa Gama de pro-
complicados a utilização de um nivelador de dutos corta-fogo, pois a SOUDAL apresenta a solução completa, o
superfícies é sempre recomendado. Seleante( silicone ) o vedante ( acrílico ) e a cola ( MS-polímero )
bem como as Espumas pois estes produtos são hoje determinantes
A VOSSA PRODUÇÃO DESTINA-SE EXCLUSIVAMENTE para o cumprimento das normas resultantes do novo regulamento
AO MERCADO NACIONAL OU TAMBÉM COMERCIALI- adjacente ao projecto acústico (insonorização ) assim como ao pro-
ZAM PARA O MERCADO INTERNACIONAL? jecto de especialidades energias renováveis, faço notar que toda
A SOUDAL com empresa fabricante com mais esta gama está certificada pelos laboratórios principais da Europa,
de 42 anos de activo no mercado internacio- é amiga do ambiente e não contêm solventes nem isocianatos e no
nal, encontra-se neste momento em 35 paí- capítulo Pavimento de Madeiras, queria falar-lhe de um cola de 1
ses do Mundo com sucursais directas e pro- componente sem água e sem solventes a MS-30 P , que se posi-
duz produtos para 115 Países do mundo num ciona como uma alternativa às colas de 2 componentes de poliure-
total de mais de 15 idiomas. Desde Portugal tano, que fazem parte do passado.
PRODUTOS

PRODUTOS EM DESTAQUE

>> COLAS INSTANTÂNEAS

A Sika apresenta a nova gama SikaBond – F40: Para além das


de colas instantâneas SikaBond embalagens de frasco de 5 e
F. Com toda a qualidade e tecno- 20g, existe igualmente a caneta
logia Sika, estas colas são forne- de 5g, muito fácil de usar.
cidas numa embalagem inovado-
ra. SikaBond – F Gel: Cola instantâ-
nea com consistência em gel,
Um produto que não seca na não escorre e permite aplicações
tampa, permitindo que várias uti- na vertical.
lizações sejam feitas na perfei-
ção. Utilizada para pequenos tra- Vantagens:
balhos de colagem em porcela- - Colagem forte, rápida e precisa;
nas, metais, plásticos, borracha, - Fácil de aplicar;
pele, madeira, papel, tecido e - Fluida e de baixo consumo;
outros materiais. - Permite a aderência entre
vários materiais

>> COLAS >> COLA PARA PARQUET

A Armaflex apresenta a Cola MS-30P é uma cola universal para parquet, isenta de solventes ou água,
Armaflex 520 e a Cola Armaflex HT à base de um polímero MS®, sendo particularmente adequada para a
625. colagem de diversos tipos de parquet, soalho ou outros revestimentos a
vários substratos interiores.
A Cola Armaflex 520, foi especial-
mente fabricada para a colagem de Seca através de uma reacção química. Uma vez completamente seca,
Armaflex e garante uma homogé- forma uma camada elástica e não retráctil, resistente à humidade e ao
nea e fiável união entre as juntas. calor. A cola tem uma excelente adesão aos substratos mais comuns usa-
Um produto disponível em embala- dos na construção.
gens de 0,25, 1 e 5 litros.
Não contém água ou solventes, minimizando o risco de deformação da
A Cola Armaflex HT 625, é uma cola madeira. É utilizada para a colagem interior de todos os tipos de solo de
de contacto que seca com a exposi- madeira tais como tacos, parquet, soalho corrido, reguado ou laminado;
ção ao ar. Foi desenvolvida para ser para utilização em substratos porosos e não porosos, tais como mosaico,
usada em instalações de altas tem- betonilha, madeira, aglomerado e OSB e é adequada para sistemas de
peraturas (HT/Armaflex, Armaflex pavimento radiante
Split). Garante uma homogénea e
segura resistência nas juntas e uma A MS 30P é particularmente adequada para a colagem de madeira sensí-
excelente aderência a superfícies vel à humidade a substratos moderadamente porosos.
metálicas.

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO  56
TINTAS, COLAS E VERNIZES

>> TINTA ANTI-INSECTOS >> TINTAS DECORATIVAS

Para lá dos nossos olhos, há um mundo microscópico A marca Vip, da Empresa


que pode causar patologias em diversas superfícies e, Tintas Robbialac S.A., está
muitas vezes, alguns danos à saúde. Agora existe a relançar no mercado o
uma nova tinta baseada numa tecnologia que confere seu produto Vip Aromas.
propriedades insecticidas às superfícies. O relançamento do Vip
Aromas passa pela revisão
A Barbot, empresa especializada em tintas e vernizes, da paleta de cores e pela
acaba de lançar uma tinta que afasta todo o tipo de modernização do packa-
insectos, a Barbot Anti-insectos. ging, de modo a adequar a
colecção às necessidades
Destinada a tectos e paredes interiores e exteriores, do segmento de tintas decorativas.
esta tinta tem o objectivo de proporcionar espaços Em simultâneo, foi criada uma nova identidade que
cada vez mais acolhedores e permitir um ambiente acompanhasse e definisse o produto, “ Deixe a
mais puro e mais protegido. natureza entrar em sua casa” que descreve o desíg-
nio final da Vip Aromas, o que permite ao consumi-
A composição deste produto não só é totalmente ino- dor criar a decoração da sua casa inspirando-se
fensiva para a saúde humana, como ainda protege a nos conceitos da natureza.
casa de quaisquer insectos, fungos e microrganismos.
A Vip Aromas é uma tinta aquosa, fácil de aplicar,
Um produto com um acabamento mate e afinação de lavável, com um bom acabamento e grau de brilho
cor, possível no Sistema Barbotmix, disponível nas mate. Encontra-se disponível nas cores Zimbro,
capacidades de 5L e 15L. Frésia, Alecrim, Aloé Vera, Anis, Sésamo, Âmbar,
Camomila, Jasmim, Violeta, Lavanda, Alfazema,
Cedro, Pinho, Acácia e Sândalo. Apresenta-se em
embalagens plásticas transparentes de 2,5 litros,
que permitem a visualização da cor escolhida.

O Vip Aromas está disponível em exclusivo para


comercialização na cadeia IZI.

>> VERNIZ AQUOSO DE FUNDO

O SLC® AQUA-PUR BASIC, fabricado pela Kerakoll,


SA, é um verniz monocomponente para o tratamento
natural higro-isolante de pavimentos em madeira de
>> TINTA PLÁSTICA MATE qualquer natureza. Hiperfluido, tapa rapidamente os
micro-mesoporos das fibras de madeira, reduz e uni-
A Brell apresenta a Brellplast uma tinta plástica mate, formiza a absorção, aumenta a aderência aos supor-
para interior e exterior. Trata-se de uma tinta baseada em tes e garante elevados níveis estéticos. Com emis-
emulsões e pigmentos com boa resistência aos alcalis, sões TCOV muito baixas.
agentes químicos e atmosféricos, dispersa em emulsões
de copolimeros de Veova, que concedem a esta tinta uma
particularidade de adaptação ao exterior.

É especialmente recomendada para pinturas interiores e


exteriores, sobre substratos bem secos e limpos, nomea-
damente estuque, fibrocimento, betão e reboco.

Deverá ser armazenada na sua embalagem de origem


hermeticamente fechada e a sua temperatura ambiente
deve estar compreendida entre 5ºC e 25º C, por um
período médio de 12 meses.

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO  57
PRODUTOS

>> REVESTIMENTOS AQUOSOS PARA PAVIMENTOS DE BETÃO

As novas tintas epoxi aquosas da CIN para pavimen-


tos de betão C-FLOOR E-240 WB e C-FLOOR E 260
WB, para além de resistirem a agressões químicas e
mecânicas, à abrasão e ao fogo, são permeáveis ao
vapor de água e possuem um odor quase impercep-
tível.

Estes novos revestimentos aquosos são indicados


para pavimentos de betão de industrias alimentares,
químicas e farmacêuticas, de laboratórios, de hospi-
tais, de parques de estacionamento, de centros
comerciais ou de outros locais que necessitem de
pisos com um acabamento lavável e com elevada
resistência mecânica ao desgaste.

Quando combinadas com sílicas, estas tintas adqui-


rem propriedades antiderrapantes. C-FLOOR E-240
WB e C-FLOOR E-260 WB, estão disponíveis num
leque de 30 cores RAL e distinguem-se essencial-
mente pelo brilho, pelo que a primeira tem um aca-
bamento acetinado e a segunda é brilhante.

>> ADESIVO ELÁSTICO


>> VEDANTE + COLA
A Bostik apresenta o Bostik Paneltack, um mastique de
elevada qualidade, altamente elástico que cura através A Henkel apresenta o Super-
da humidade ambiente. Baseado num polímero Sily flex Technology 101. Trata-se
modificado, foi especialmente desenvolvido para a de um produto que contém ve-
colagem de painéis HPL. dante e cola. Destina-se a ve-
dações em caixilharia de alu-
Vantagens: mínio, fendas, juntas de dilata-
- Sistema de fixação invisível e por isso estético; ção, juntas transitáveis, casa
- Produto isento de solventes e isocianatos; de banho, entre outros.
- Excelente resistência mecânica;
- Mantém a sua elevada elasticidade ao longo do Usado também na fixação de
tempo, com uma boa distribuição de tensões. degraus, rodapés, redes de
- Boa resistência à humidade e ao ambiente. ventilação, azulejos, telhas,
- Sistema de fixação simples e rápido; painéis e revestimentos.
- Pode ser usado no interior e no exterior (Painéis de
fachada) Aplicável em todo o tipo de ma-
- Possui certificação KOMO teriais como: betão, alumínio,
tijolo, madeira, mármore, PVC
rígido, vidro e outros materiais.

Um produto que possui uma


elevada resistência ao exterior
e a temperaturas extremas,
aplicável em superfícies húmi-
das. Indicado para reformas e
reparações. Substitui poliureta-
no, polímeros MS, adesivos de
montagem e silicones.

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO  58
PRODUTOS

>> REVESTIMENTOS AQUOSOS PARA PAVIMENTOS DE BETÃO

As novas tintas epoxi aquosas da CIN para pavimen-


tos de betão C-FLOOR E-240 WB e C-FLOOR E 260
WB, para além de resistirem a agressões químicas e
mecânicas, à abrasão e ao fogo, são permeáveis ao
vapor de água e possuem um odor quase impercep-
tível.

Estes novos revestimentos aquosos são indicados


para pavimentos de betão de industrias alimentares,
químicas e farmacêuticas, de laboratórios, de hospi-
tais, de parques de estacionamento, de centros
comerciais ou de outros locais que necessitem de
pisos com um acabamento lavável e com elevada
resistência mecânica ao desgaste.

Quando combinadas com sílicas, estas tintas adqui-


rem propriedades antiderrapantes. C-FLOOR E-240
WB e C-FLOOR E-260 WB, estão disponíveis num
leque de 30 cores RAL e distinguem-se essencial-
mente pelo brilho, pelo que a primeira tem um aca-
bamento acetinado e a segunda é brilhante.

>> ADESIVO ELÁSTICO


>> VEDANTE + COLA
A Bostik apresenta o Bostik Paneltack, um mastique de
elevada qualidade, altamente elástico que cura através A Henkel apresenta o Super-
da humidade ambiente. Baseado num polímero Sily flex Technology 101. Trata-se
modificado, foi especialmente desenvolvido para a de um produto que contém ve-
colagem de painéis HPL. dante e cola. Destina-se a ve-
dações em caixilharia de alu-
Vantagens: mínio, fendas, juntas de dilata-
- Sistema de fixação invisível e por isso estético; ção, juntas transitáveis, casa
- Produto isento de solventes e isocianatos; de banho, entre outros.
- Excelente resistência mecânica;
- Mantém a sua elevada elasticidade ao longo do Usado também na fixação de
tempo, com uma boa distribuição de tensões. degraus, rodapés, redes de
- Boa resistência à humidade e ao ambiente. ventilação, azulejos, telhas,
- Sistema de fixação simples e rápido; painéis e revestimentos.
- Pode ser usado no interior e no exterior (Painéis de
fachada) Aplicável em todo o tipo de ma-
- Possui certificação KOMO teriais como: betão, alumínio,
tijolo, madeira, mármore, PVC
rígido, vidro e outros materiais.

Um produto que possui uma


elevada resistência ao exterior
e a temperaturas extremas,
aplicável em superfícies húmi-
das. Indicado para reformas e
reparações. Substitui poliureta-
no, polímeros MS, adesivos de
montagem e silicones.

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO  58
PRODUTOS

>> REVESTIMENTOS AQUOSOS PARA PAVIMENTOS DE BETÃO

As novas tintas epoxi aquosas da CIN para pavimen-


tos de betão C-FLOOR E-240 WB e C-FLOOR E 260
WB, para além de resistirem a agressões químicas e
mecânicas, à abrasão e ao fogo, são permeáveis ao
vapor de água e possuem um odor quase impercep-
tível.

Estes novos revestimentos aquosos são indicados


para pavimentos de betão de industrias alimentares,
químicas e farmacêuticas, de laboratórios, de hospi-
tais, de parques de estacionamento, de centros
comerciais ou de outros locais que necessitem de
pisos com um acabamento lavável e com elevada
resistência mecânica ao desgaste.

Quando combinadas com sílicas, estas tintas adqui-


rem propriedades antiderrapantes. C-FLOOR E-240
WB e C-FLOOR E-260 WB, estão disponíveis num
leque de 30 cores RAL e distinguem-se essencial-
mente pelo brilho, pelo que a primeira tem um aca-
bamento acetinado e a segunda é brilhante.

>> ADESIVO ELÁSTICO


>> VEDANTE + COLA
A Bostik apresenta o Bostik Paneltack, um mastique de
elevada qualidade, altamente elástico que cura através A Henkel apresenta o Super-
da humidade ambiente. Baseado num polímero Sily flex Technology 101. Trata-se
modificado, foi especialmente desenvolvido para a de um produto que contém ve-
colagem de painéis HPL. dante e cola. Destina-se a ve-
dações em caixilharia de alu-
Vantagens: mínio, fendas, juntas de dilata-
- Sistema de fixação invisível e por isso estético; ção, juntas transitáveis, casa
- Produto isento de solventes e isocianatos; de banho, entre outros.
- Excelente resistência mecânica;
- Mantém a sua elevada elasticidade ao longo do Usado também na fixação de
tempo, com uma boa distribuição de tensões. degraus, rodapés, redes de
- Boa resistência à humidade e ao ambiente. ventilação, azulejos, telhas,
- Sistema de fixação simples e rápido; painéis e revestimentos.
- Pode ser usado no interior e no exterior (Painéis de
fachada) Aplicável em todo o tipo de ma-
- Possui certificação KOMO teriais como: betão, alumínio,
tijolo, madeira, mármore, PVC
rígido, vidro e outros materiais.

Um produto que possui uma


elevada resistência ao exterior
e a temperaturas extremas,
aplicável em superfícies húmi-
das. Indicado para reformas e
reparações. Substitui poliureta-
no, polímeros MS, adesivos de
montagem e silicones.

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO  58
CONTACTOS

ARMACELL IBÉRIA, S.L BRELL TINTAS, LDA


CENTRO COMERCIAL DUQUE RUA JOAQUIM PIRES JORGE, Nº3
RUA 25 DE ABRIL, 75, PISO 2º, LOJA 38 PARQUE INDUSTRIAL DO FEIJÓ
MARCO CABAÇO 2810-083 ALMADA
2820-401 CHARNECA DA CAPARICA TEL.: 212 588 200; FAX: 212 588 209
TEL.: 217 266 322; FAX: 217 279 070 E-MAIL: BRELLTINTAS@GMAIL.COM
E-MAIL: INFO.PT@ARMACELL.COM SITE: WWW.BRELL.PT
SITE: WWW.ARMACELL.COM
CIN - CORPORAÇÃO INDUSTRIAL DO NORTE, SA
BARBOT, SA ESTRADA NACIONAL 13 (KM 6), APARTADO 1008
RUA DA PALMEIRA, 240, APARTADO 29 4471-909 MAIA
4431-953 VILA NOVA DE GAIA TEL.: 229 405 000; FAX: 229 410 968
TEL.: 227 169 200; FAX: 227 169 218 E-MAIL: INFO@CIN.PT
E-MAIL: BARBOT.SEDE@BARBOT.PT SITE: WWW.CIN.PT
SITE: WWW.BARBOT.PT
KERAKOLL PORTUGAL, SA
BOSTIK, LDA NÚCLEO EMP. VENDA DOS PINHEIROS
RUA 4 DE OUTUBRO, 3- 3/A QUINTA DOS ESTRANGEIROS, BL. 2, FR. 96/97
2620-160 – PÓVOA DE STO ADRIÃO 2665-602 VENDA DO PINHEIRO
TEL.: 219 371 972; FAX: 219 388 448 TEL.: 219 666 872; FAX: 219 862 492
E-MAIL: BOSTIK.PORTUGAL@BOSTIK.COM E-MAIL: INFO@KERAKOLL.PT
SITE: WWW.BOSTIK.COM SITE: WWW.KERAKOLL.COM

HENKEL IBÉRICA PORTUGAL


ESTRADA NACIONAL 10, KM 140, 2
POLÍGONO DE ACTIVIDADES ECONÓMICAS
- PARQUE ORIENTE, BLOCO 1 E 2
2695-167 BOBADELA LRS
TEL.: 219 578 170;
E-MAIL: INFO@ES.HENKEL.COM
SITE: WWW.HENKEL.COM

TINTAS ROBBIALAC, SA
MANJOEIRA – SANTO ANTÃO DO TOJAL
APARTADO 104/EC LOURES
2671-901 LOURES
TEL.: 219 739 600; FAX: 219 739 694
E-MAIL: ROBBIALAC@ROBBIALAC.PT
SITE: WWW.ROBBIALAC.PT

SIKA PORTUGAL – PRODUTOS CONSTRUÇÃO E INDÚSTRIA, SA


RUA DE SANTARÉM, 113
4400-292 VILA NOVA DE GAIA
TEL.: 223 776 900; FAX: 223 702 012
E-MAIL: MARKETING@PT.SIKA.COM
SITE: WWW.SIKA.PT

SOUDAL PRODUTOS QUÍMICOS, LDA


RUA PÉ DE MOURO, Nº 33
CENTRO EMPRESARIAL SINTRA
ESTORIL III - ARMAZÉM O
2710-144 SINTRA - PORTUGAL
TEL.: 219 244 803; FAX: 219 244 805
E-MAIL: GERAL@SOUDAL.PT
SITE: WWW.SOUDAL.PT

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO  60