Sie sind auf Seite 1von 20

PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

PROGRAMA DE PREVENÇÃO
DE
RISCOS AMBIENTAIS

PPRA
EMPRESA: Lógica Engenharia Ltda

LOCAL: Escritório – TEXAS,628

INICIO DO PPRA: JANEIRO 2009

-1-
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

ÍNDICE

1 OBJETIVO

2 IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA

3 QUADRO DE FUNCIONÁRIOS

4 VIGÊNCIA DO PPRA

5 DESCRIÇÃO DO LOCAL DE TRABALHO

6 DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES

7 ANTECIPAÇÃO E RECONHECIMENTO DOS RISCOS EXISTENTES

8 PLANEJAMENTO ANUAL E CRONOGRAMA DAS AÇÕES

9 ESTRATÉGIA E METODOLOGIA DA AÇÃO

10 IMPLANTAÇÃO DE MEDIDA DE CONTROLE E AVALIAÇÃO DE SUA EFICÁCIA

11 PERIODICIDADE E FORMA DE AVALIAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO DO PPRA

12 FORMA DE REGISTRO, MANUTENÇÃO E DIVULGAÇÃO DE DADOS

13 COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES – CIPA

14 SERVIÇO ESPECIALIZADO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA E EM MEDICINA DO


TRABALHO – SESMT

15 TREINAMENTOS DOS EMPREGADOS E MEDIDAS DE CONTROLE COLETIVO OU


INDIVIDUAL

16 PROTEÇÕES COLETIVAS

17 ANEXO - EPI´S POR FUNÇÕES

18 ENCERRAMENTO

-2-
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

1 OBJETIVO

Este trabalho tem por objetivo atender a Norma Regulamentadora nº 09 (NR-9), texto
aprovado pela Portaria no 25, de 29/12/1994 (Lei no 6514, de 22 de dezembro de 1994),
que estabelece a obrigatoriedade de elaboração e implementação do Programa de
Prevenção de Riscos Ambientais – PPRA, visando à preservação da saúde e da integridade
dos Trabalhadores, através da antecipação, reconhecimento, avaliação e conseqüente
controle da ocorrência de riscos ambientais de trabalho, existentes na Empresa, que podem
ser mensurados e localizados, definindo ações para atenuá-los, extingui-los ou mantê-los
sob controle.

2 IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA
Razão Social: Lógica Engenharia Ltda.
Atividade: Edificações (residenciais, industriais, comerciais e de serviços) - inclusive
ampliação e reformas completas.
CNAE: 4120-4/00
Risco: 03
CNPJ: 58.812.413/0001-50
Rua: Texas, 628
Bairro / Município: Brooklin – São Paulo/SP
Telefone: 011 – 5042 – 2701

3 QUADRO DE FUNCIONÁRIOS DO LOCAL

NÚMERO DE FUNCIONÁRIOS
Administração e
Feminino Masculino Horário de Trabalho
Engenharia
Depto. Pessoal 2 1 8:00 as 12:00
Recursos Humanos 0 2
Recepção 1 0 13:00 as 18:00
Limpeza e conservação 1 0 de
Segunda a Quinta,

Sexta feira saída as 17:00 hs

-3-
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

4 VIGÊNCIA DO PPRA

Vigência do PPRA: 15/10/2008 até 15/10/2009.

Atualização: Anual, ou sempre que necessário.

Responsável pelo cumprimento do programa: Sr. Francisco Garcia – Qualificado como


Encarregado de Recursos Humanos
Responsável pela elaboração do PPRA: Renata Milani Forcelini Santos - MTE / - SP
0103.16-0.

5 DESCRIÇÃO DO LOCAL DE TRABALHO


 A empresa atua no mercado de Engenharia civil tais como, Construção, reforma e
ampliação geral.
 Local trata-se de uma casa possuindo 02 (dois) pavimentos contendo três salas no
pavimento superior e duas na parte térrea num total de cinco salas um quintal e três
banheiros.
O pavimento térreo é composto pela recepção, um banheiro, duas salas sendo uma sala
dividida para segurança do trabalho, recepcionista e departamento pessoal, na outra sala
departamento pessoal e recursos humanos, quintal e edícula nos fundos para guarda de
alguns materiais.
No pavimento superior uma sala é destinada ao estoque de EPI’S, outra para arquivo morto
e terceira sala para Treinamentos e Reuniões, tendo também dois banheiros.

Setores de Trabalho

1. Recepção
2. Recursos Humanos
3. Departamento de Pessoal
4. Sala de Treinamentos

-4-
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

6 DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES

Gerente Departamento Pessoal / RH


ATIVIDADE: Gerenciam atividades de departamentos ou serviços de pessoal,
recrutamento e seleção, realizam folha de pagamento, benefícios cargos e salários,
Assessoram diretoria e setores da empresa em atividades como planejamento,
contratações, negociações de relações humanas e do trabalho. Atuam em eventos
corporativos e da comunidade, representando a empresa.

Encarregado Recursos Humanos


ATIVIDADE: Executam serviços de apoio nas áreas de recursos humanos, lideram
atividades do departamento de pessoal; formulam políticas de cargos, salários e
benefícios; desenvolvem estratégias de seleção, treinamento e desenvolvimento de
pessoal. Participam na formulação e execução de estratégias e planos de negócios da
empresa; coordenam políticas de integração e eventos, na empresa; conduzem atividades
de integração de recursos humanos.

Auxiliar de Departamento Pessoal

ATIVIDADE: Executam serviços de apoio nas áreas de departamento de pessoal


auxiliando na elaboração e conferencia da folha de pagamento, fechamento de cartões de
ponto, planejamento de benefícios; desenvolvem estratégias de seleção, treinamento e
desenvolvimento de pessoal. Participam na formulação e execução de estratégias e
planos de negócios da empresa; coordenam políticas de integração e eventos, na
empresa; conduzem atividades de integração de recursos humanos.

Auxiliar de Recursos Humanos

ATIVIDADE: Executam serviços de apoio nas áreas de Recursos Humanos


auxiliando na contratação de funcionários, pagamento de benefícios ,
encaminhamento a exames médicos, suporte aos administrativos ou apontadores
das obras. Treinamento e desenvolvimento de pessoal.

-5-
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

7 ANTECIPAÇÃO E RECONHECIMENTO DOS RISCOS EXISTENTES

 O reconhecimento dos riscos ambientais está contido na forma de avaliação qualitativa


sendo feita na forma de planilhas que seguem, e contem os seguintes itens:

a. Exposição aos Riscos que o trabalhador esta exposto.

b. Danos / Impactos causados a saúde do trabalhador

c. Tipo de exposição que o trabalhador estar exposto

d. Recomendações Prevencionista para prevenção da saúde e integridade física e mental


do trabalhador.

-6-
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

ANTECIPAÇÃO E RECONHECIMENTO DOS RISCOS EXISTENTES

Gerente de Departamento De Pessoal ou Encarregado de Recursos Humanos

Caracterização Identificação Tipo da Fontes Possíveis Medidas de


da atividade do Agente de exposição geradoras do danos à saúde Preventivas
geradora de Risco agente de ou impactos ao
potencial risco meio ambiente
exposição ao relacionados
agente de aos riscos
risco identificados,
Atividades de 1-Riscos Eventual Computadores Perda auditiva, Utilizar
escritório do Físicos e impressora. fadiga equipamentos
departamento nervosa , se o com baixo
ou serviços de Ruído risco não for índice de ruído,
pessoal neutralizado realizar
medições
conforme
cronograma de
ações.
2- Risco Eventual. Beber Água Infecções Beber água
Biológico não potável e intestinais e potável.
Vírus, ao utilizar o possíveis Manter os
(bactérias e sanitário. envenenamentos locais limpos,
fungos) higienizado e
em boas
condições de
uso.
Após utilizar o
sanitário fazer
sempre a
higiene das
mãos.
3- Riscos Permanente A própria Dores Seguir
Ergonômicos enquanto atividade é a musculares, orientações do
Estiver fonte geradora lombares e Laudo
-Ritmo exercendo as membros Ergonômico.
excessivo de Atividades superiores, Participar da
trabalho, administrativas alterações do ginástica
monotonia, sono, queixas laboral da
repetitividade, músculo empresa,
postura esqueléticas em sempre que
inadequada geral, LER - necessário faça
de trabalho, (Lesões por pausas para

-7-
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

etc. Esforços alongamento


Repetitivos), dos membros;
4- Riscos de Arranjo físico Lesões, Manter o local
Acidentes. inadequado, hematomas e de trabalho
Choque Equipamentos possível fratura, limpo,
elétrico em ma iluminado e
Equipamentos condições de organizados,
diversos uso permitindo
fluxo de
pessoas de
maneira
satisfatória.
Manter os
equipamentos e
parte elétrica
em bom estado
de conservação
e realizar
manutenção
preventiva
periodicamente.

ANTECIPAÇÃO E RECONHECIMENTO DOS RISCOS EXISTENTES

-8-
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

Auxiliar de Depto. Pessoal / Recepcionista


Caracterização Possíveis
da atividade danos à saúde
Fontes
geradora de Identificação ou impactos ao
Tipo da geradoras do Medidas de
potencial do Agente de meio ambiente
exposição agente de Preventivas
exposição ao Risco relacionados
risco
agente de aos riscos
risco identificados,
Utilizar
Serviços de equipamentos
Perda auditiva,
escritório, 1- Riscos com baixo índice
fadiga
Físicos Computadores de ruído, realizar
digitação, Eventual. nervosa , se o
e impressora. medições
arquivos de risco não for
Ruído conforme
DP e RH neutralizado
cronograma de
ações.
Beber água
potável.
Manter os locais
2- Risco Infecções limpos,
Beber Água
Biológico intestinais e higienizados e em
não potável e
Vírus, Eventual possíveis boas condições de
ao utilizar o
(bactérias e envenenamentos uso.
sanitário.
fungos) Após utilizar o
sanitário fazer
sempre a higiene
das mãos.
Dores Seguir
3- Riscos musculares, orientações do
Ergonômicos lombares e Laudo
Permanente membros Ergonômico .
Ritmo enquanto superiores, Participar da
excessivo de Estiver A própria alterações do
ginástica laboral
trabalho, exercendo as atividade é a sono, queixas
monotonia, Atividades fonte geradora músculo da empresa,
repetitividade, administrativas esqueléticas em sempre que
postura geral, LER - necessário faça
inadequada de (Lesões por pausas para
trabalho, etc. Esforços alongamento dos
Repetitivos),
membros;

-9-
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

Manter o local de
trabalho limpo,
iluminado e
organizados,
permitindo fluxo
de pessoas de
4- Riscos de Arranjo físico maneira
Acidentes. inadequado, Lesões, satisfatória.
Choque Equipamentos hematomas e Manter os
elétrico em ma possível fratura, equipamentos e
Equipamentos condições de parte elétrica em
diversos uso
bom estado de
conservação e
realizar
manutenção
preventiva
periodicamente.

- 10 -
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

ANTECIPAÇÃO E RECONHECIMENTO DOS RISCOS EXISTENTES

Auxiliar de Limpeza
Caracterização Identificação Tipo da Fontes Possíveis Medidas de Preventivas
da atividade do Agente de exposição geradoras danos à
geradora de Risco do agente saúde ou
potencial de risco impactos ao
exposição ao meio
agente de ambiente
risco relacionados
aos riscos
identificados,
2- Risco químico Permanente Pelo ar e Doenças Uso do EPI adequado ao risco
-Contato com enquanto cutâneo pelo pulmonares e Luvas de látex, calçado
substâncias Estiver manuseio de respiratórias. fechado e Mascara
Químicas diversas: executando produtos Dermatite de semifacial descartável sempre
Detergente, sabão as atividades.. químicos. contato. que necessário.
em pó, cloro,
desinfetante, cera
liquida e outros.
3- Risco Eventual. A própria Infecções Manter os locais limpos,
Biológico atividade de intestinais e higienizado e em boas condições
Vírus, (bactérias e trabalho é a possíveis de funcionamento, não permitir
fungos) fonte envenenamentos calçados, roupas e outros
geradora objetos pessoais nos sanitários,
utilizar botas de borrachas e
luvas de látex, durante a limpeza
e lavagem dos sanitários.
4- Riscos de Permanente: A própria Lesões, -Manter o local de
Acidente enquanto atividade de hematomas e trabalho limpo, iluminado
-Queda de estiver trabalho é a possível e organizado.
colaborador executando fonte fratura, , Para a execução de
com mesmo suas geradora Cortes, trabalho superior a 2
nível e nível atividades. contusões, metros de altura ou,
diferente. fraturas e possível próximo janelas e outros
óbito locais que ofereça risco
de queda é obrigatório o
uso do cinto de
segurança tipo para-
quedista atrelado a cabo
guia devidamente fixado a
estrutura.
5-Risco de Eventual Fogão ou Pele Após a queimadura
Queimadura outra fonte vermelha, acontecer é recomendado
-Contato com água de calor inchaço, fazer uma limpeza do
Quente para bolhas sobre local afetado com água e
preparar café e pele, dores sabão durante cinco
outros. intensa minutos e depois secá-lo.
Isso é bom para evitar o

- 11 -
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

risco de infecções e
conter o dano da
queimadura.
- Após o acidente de
queimaduras é mais
prudente que se vá
imediatamente à um
hospital,

- 12 -
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

8 PLANEJAMENTO ANUAL E CRONOGRAMA DAS AÇÕES

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Jan
09 09 09 09 09 09 09 09 09 09 09 09 10
Renovação do PPRA 
Treinamento
            
Admissional
Treinamento de
 
Segurança e Meio
Ambiente
Treinamento Primeiro
 
socorros
Treinamento Plano de  
Emergência
Avaliação Quantitativa
Ruído, iluminação,
concentração de 
poeiras e outros
(LTCAT)
Manter o fornecimento
dos EPI adequados e
atualizar as fichas de   
         
controle
Elaboração e             
Divulgação da APR
Participar das
reuniões da CIPA da
empresa ou da             
contratante
Observar o
cronograma de ações
do PCMSO, para             
realização de exames.
Complementares.
Participar do             
Programa Ergonômico

- 13 -
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

9 ESTRATÉGIA E METODOLOGIA DA AÇÃO

 No Programa de Prevenção de Riscos Ambientais seguiram as seguintes etapas:


a) Antecipação e Reconhecimento dos Riscos;
b) Estabelecimento de prioridades e metas de avaliação e controle;
c) Avaliação Qualitativa dos riscos e da exposição dos trabalhadores;
d) Implantação de medidas de controle e avaliação de sua eficácia;
e) Monitoramento da exposição aos riscos;
f) Registro e divulgação dos dados.

10 IMPLANTAÇÃO DE MEDIDAS DE CONTROLE E AVALIAÇÃO DE SUA


EFICÁCIA

10.1 MEDIDAS DE CONTROLE


 Serão adotadas as medidas necessárias suficientes para a eliminação, a minimização
ou o controle dos riscos ambientais sempre que forem verificadas uma ou mais das
seguintes situações:
 Identificação, na fase de antecipação, de risco potencial à saúde;
 Constatação, na fase de reconhecimento de risco evidente à saúde;
 Quando os resultados das avaliações quantitativas da exposição dos trabalhadores
excederem os valores dos limites previstos na NR 15 ou, na ausência destes os valores
limites de exposição ocupacional adotado, ou aqueles que venham a ser estabelecido
em negociação coletiva de trabalho, desde que mais rigorosos do que os critérios
técnico-legais estabelecidos; Quando, através do controle médico da saúde, ficar
caracterizado o nexo causal entre danos observados na saúde os trabalhadores e a
situação de trabalho a que eles ficam expostos.

- 14 -
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

10.2 PROTEÇÕES COLETIVAS


 O estudo, desenvolvimento e implantação de medidas de proteção coletiva deverão
obedecer à seguinte hierarquia:
 Medidas que eliminem ou reduzam a utilização ou a formação de agentes prejudiciais à
saúde;
 Medidas que reduzam os níveis ou a concentração desses agentes no ambiente de
trabalho; A implantação de medidas de caráter coletivo deverá ser acompanhada de
treinamento dos trabalhadores quanto os procedimentos que assegurem a sua eficiência e
de informação sobre as eventuais limitações de proteção que ofereçam;
 Quando comprovado LÓGICA ENGENHARIA LTDA a inviabilidade técnica da adoção
de medidas de proteção coletiva ou quando estas não forem suficientes ou encontrar-se
em fase de estudo, planejamento ou implantação ou ainda em caráter complementar ou
emergencial deverão ser adotados outras medidas obedecendo-se à seguinte hierarquia:
Medidas de caráter administrativo ou de organização do trabalho; Utilização de
Equipamento de Proteção Individual EPI.

10.3 PROTEÇÕES INDIVIDUAIS:


 A utilização de EPI no âmbito do programa deverá considerar as Normas Legais e
administrativas em vigor e envolver no mínimo:
 Seleção do EPI adequado tecnicamente ao risco a que o trabalhador está exposto
e à atividade exercida, considerando-se a eficiência necessária para o controle da
exposição ao risco;
 Programa de treinamento dos trabalhadores quanto à sua correta utilização e
orientação sobre as limitações de proteção que o EPI oferece;
 Estabelecimento de normas ou procedimento para promover o fornecimento, o uso, a
guarda, a higienização, a conservação, a manutenção e a reposição do EPI, visando a
garantir a condições de proteção originalmente estabelecidas;
 Caracterização das funções ou atividades dos trabalhadores, com a respectiva
identificação dos EPI utilizado para os riscos ambientais.

- 15 -
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

10.4 AVALIAÇÃO DA EFICÁCIA DAS MEDIDAS DE CONTROLE


 Serão estabelecidos critérios e mecanismos de avaliação da eficácia das medidas de
proteção implantadas considerando os dados obtidos nas avaliações realizadas e no
controle médico da saúde prevista na NR 7.
 A avaliação da eficácia das medidas de controle se dará por meio da realização de:
A. Inspeções de Segurança;
B. Monitoramento biológico;
C. Análise crítica por ocasião de reedição anual do PPRA;
D. Tratamento de condições inseguras e/ou desvios relatados pela força de trabalho.

11 PERIODICIDADE E FORMA DE AVALIAÇÃO DO


DESENVOLVIMENTO DO PPRA

11.1 PERIODICIDADE DA AVALIAÇÃO


 Deverá ser efetuada, sempre que necessário, e pelo menos uma vez ao ano, uma análise
global do PPRA para avaliação do seu desenvolvimento e realização dos ajustes
necessários e estabelecimento de novas metas e prioridades.

11.2 FORMAS DE AVALIAÇÃO


 O PPRA, durante a sua implementação e acompanhamento, deverá ser avaliado através
de reuniões com a participação de representantes dos empregados, direção da empresa
ou representantes, membros da CIPA e membros do SESMT.
 Outra forma de avaliação do PPRA é por intermédio de planilhas de Auditoria, em
formato a critério da Empresa, onde são verificados os diversos itens referentes ao PPRA.

12. FORMA DE REGISTRO, MANUTENÇÃO E DIVULGAÇÃO DE DADOS.

12.1 REGISTRO DAS INFORMAÇÕES


 O Registro do PPRA será feito da seguinte forma:
a) Manter um registro de dados, estruturado de forma a constituir um histórico técnico e
administrativo do PPRA.
b) Manter este registro por um período de no mínimo 20 anos.
c) O registro de dados deverá estar sempre disponível aos trabalhadores interessados ou
seus representantes e para as autoridades competentes.

- 16 -
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

12.2 INFORMAÇÕES
 Os Trabalhadores Interessados terão o direito de apresentar propostas e receber
informações e orientações a fim de assegura a proteção aos riscos ambientais identificados
na execução do PPRA.

 Os Empregadores deverão informar os Trabalhadores de maneira apropriada e


suficiente sobre os riscos ambientais que possam originar-se nos locais de trabalho e sobre
os meios disponíveis para prevenir ou limitar tais riscos e para proteger-se dos mesmos.

 O Empregador deverá garantir que, na ocorrência de riscos ambientais nos locais de


trabalho que coloquem em situação de grave e iminente risco um ou mais Trabalhadores,
os mesmos possam interromper de imediato as suas atividades, comunicando o fato ao
superior hierárquico direto para as devidas providências.

13 COMISSAO INTERNA DE PREVENÇAO DE ACIDENTES –CIPA NR 5

 A empresa que possuir na mesma cidade 1 (um) ou mais canteiros de obra ou frentes
de trabalho, com menos de 70 (setenta) empregados, deve organizar CIPA centralizada.
 A CIPA centralizada será composta de representantes do empregador e dos
empregados, devendo ter pelo menos 1 (um) representante titular e 1 (um) suplente, por
grupo de até 50 (cinqüenta) empregados em cada canteiro de obra ou frente de trabalho,
respeitando-se a paridade prevista na NR 5.
 A empresa que possuir 1 (um) ou mais canteiros de obra ou frente de trabalho com 70
(setenta) ou mais empregados em cada estabelecimento, fica obrigada a organizar CIPA
por estabelecimento.
 Ficam desobrigadas de constituir CIPA os canteiros de obra cuja construção não exceda
a 180 (cento e oitenta) dias, devendo, para o atendimento do disposto neste item, ser
constituída comissão provisória de prevenção de acidentes, com eleição paritária de 1 (um)
membro efetivo e 1 (um) suplente, a cada grupo de 50 (cinqüenta) trabalhadores.
 As empresas que possuam equipes de trabalho itinerantes deverão considerar como
estabelecimento a sede da equipe.
 As subempreiteiras que pelo número de empregados não se enquadrarem no subitem
18.33.3 participarão com, no mínimo 1 (um) representante das reuniões, do curso da CIPA
e das inspeções realizadas pela CIPA da contratante.
 Aplicam-se às empresas da indústria da construção as demais disposições previstas na

- 17 -
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

NR 5, naquilo em que não conflitar com o disposto neste item.


 A LÓGICA ENGENHARIA LTDA. Manterá em perfeito funcionamento a centralização
da CIPA no Escritório central na sede da empresa, Entretanto, é designado para o
cumprimento das atribuições da NR 5. o SR. Francisco Garcia.

14 SERVIÇO ESPECIALIZADO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA E EM


MEDICINA DO TRABALHO - SESMT

 De acordo com o quadro II da NR 4 e o efetivo de trabalho LÓGICA ENGENHARIA


LTDA, foi constituído o SESMT da empresa sendo constituído por:
 03 Técnicos em Segurança do Trabalho
 01 Engenheiro de Segurança do Trabalho
 01 Medico do Trabalho.
Ainda assim temos mais 02 Técnicos em Segurança do trabalho sendo um contratado para
atendimento de obras específicas.

15 TREINAMENTOS DOS EMPREGADOS E MEDIDAS DE CONTROLE


COLETIVO OU INDIVIDUAL.
Palestra de Integração:
 Os empregados recém-admitidos deverão ser instruídos sobre
a importância da segurança no trabalho, nos objetivos da empresa, diretrizes gerais e
parcelas de responsabilidade que cabe a cada um.

Análise Preliminar de Riscos:


 Os empregados devem ser informados no próprio local de trabalho, sobre riscos detectados
na execução de suas funções, serão instruídos sobre os controles implantados e sua
importância.

Diálogo Semanal de Segurança:


 É um programa que visa dar instruções e treinamento, reciclagem de normas operacionais
onde ha risco iminente aos empregados, mantendo-os informados sobre regras e
procedimentos de segurança, com o objetivo de despertar e/ou consolidar o interesse pela
prevenção de acidentes.
 Devem ser realizados pelos encarregados das áreas 15 minutos antes de iniciar os serviços;

Ginástica laboral:
É um programa de visa diminuir, neutralizar os riscos ergonômicos sendo acompanhado

- 18 -
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

por um profissional de Ergonomia, com levantamentos, laudos, correções e fiscalização.

Medidas de controle coletivas:


 O estudo, desenvolvimento / implantação das medidas coletivas devem obedecer a seguinte
hierarquia:
 Medidas que eliminem ou reduzem a utilização ou formação dos agentes prejudiciais a
Saúde do trabalhador.
 Medidas que previnam a liberação ou disseminação destes agentes no ambiente de
trabalho.

16 PROTEÇÕES COLETIVAS.
 Não é permitida a utilização de tomadas que provoque sobrecarga (Tipo benjamim), ao
utilizar uma extensão à mesma deverá ser composta por plug macho e fêmea.
 Colocar em lugar visível para os trabalhadores, cartazes alusivos à prevenção de
doenças ocupacional e acidentes do trabalho.
 Colocar corrimão em toda extensão da escada.
 Fita antiderrapante na escada.
 Extintor de CO2 ou PQS próximo ao quadro elétrico
 Extintor de água pressurizada em locais com forração de carpete ou materiais de fácil
combustão com a propriedade de queimarem em sua superfície e profundidade, e que
deixam resíduos, como: tecidos, madeira, papel, fibras, etc.
 Manter as portas de saídas livres e desimpedidas

17 EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL.

Auxiliar de Limpeza:
 Uso de Luvas de Látex
 Mascara Respiratória – quando necessário
 Uniforme
 Calçado fechado
 Bota de borracha para trabalhos úmidos.

- 19 -
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

18 ENCERRAMENTO

 O respectivo Programa de Prevenção de Riscos Ambientais - PPRA tem como ponto


principal adotar as medidas de caráter preventivo bem como, adotar outras medidas que
possam erradicar as respectivas fontes geradoras dos agentes potencialmente agressivos.
 Seguir as metas estabelecidas neste programa e se atentar ao cronograma de ações
sugerido farão com que a empresa atenda as diversas solicitações exigidas pelas
Legislações Trabalhistas e, estará convergindo para o cumprimento das técnicas de
gerenciamento de risco.
 O presente Programa de Prevenção de Riscos Ambientais – PPRA, foi elaborado e
desenvolvido pela Renata Milani Forcelini Santos, Técnica em Segurança do Trabalho –
sendo que o acompanhamento e todas as medidas necessárias para a implantação do
mesmo são de exclusiva responsabilidade da empresa LÓGICA ENGENHARIA LTDA.

OBS: Todas as recomendações citadas deverão ser seguidas impreterivelmente, para que
tenhamos um bom ritmo de trabalho com segurança.
Caso os funcionários deixarem de cumprir as normas de segurança do trabalho e as
normas internas da empresa serão advertidos.

São Paulo, 13 de Janeiro de 2009.

____________________________ ___________________________
Renata Milani Forcelini Santos Francisco Garcia
Técnica de Segurança do Trabalho Resp. pelo cumprimento do PPRA
MTE / - SP 0103.16-0.

OBS: Manter este registro guardado por um período de no mínimo 20 anos.

- 20 -