Sie sind auf Seite 1von 2

LOGO DA EMPRESA FUNÇÃO

ORDEM DE SERVIÇO DE
SEGURANÇA DO TRABALHO
SETOR: COZINHA AUXILIAR DE
COZINHEIRO
De acordo com a Lei 6514 de 22 de dezembro de 1977, que altera o capítulo V, título II da CLT.
Art. 157
Item I – Cabe as empresas cumprir e fazer cumprir as normas de segurança e medicina do trabalho;
Item II – Instruir os empregados através de ordens de serviço, quanto às precauções a tomar no sentido de evitar acidentes do trabalho ou
doenças ocupacionais.

Art. 158
Cabe as empresas observar as normas de segurança e medicina do trabalho, inclusive as instruções de que trata o Item II do art. anterior
conforme Portaria nº 3214 de 08 de junho de 1978 norma regulamentadora NR-1, item 1.7 e 1.8., a seguir:
1.7. Cabe ao empregador:
a. Cumprir e fazer cumprir as disposições legais e regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho;
b. Elaborar ordens de serviço sobre segurança e medicina do trabalho, dando ciência aos empregados, com os seguintes objetivos:
 Prevenir atos inseguros no desempenho do trabalho;
 Divulgar as obrigações e proibições que os empregados devam conhecer e cumprir;
 Dar conhecimento aos empregados de que serão passíveis de punição, pelo descumprimento das ordens de serviço expedidas;
 Determinar os procedimentos que deverão ser adotados em caso de acidente do trabalho e doenças profissionais ou do trabalho;
 Adotar medidas determinadas pelo M.T.E;
 Adotar medidas para eliminar ou neutralizar a insalubridade e as condições inseguras de trabalho.
c. Informar aos trabalhadores:
 Os riscos profissionais que possam originar-se nos locais de trabalho;
 Os meios para prevenir e limitar tais riscos e as medidas adotadas pela empresa;
 Os resultados dos exames médicos e de exames complementares de diagnóstico aos quais os próprios trabalhadores forem
submetidos;
 Os resultados das avaliações ambientais realizadas nos locais de trabalho.
d. Permitir que representantes dos trabalhadores acompanhem a fiscalização dos preceitos legais e regulamentares sobre segurança e
medicina do trabalho.

1.8. Cabe ao empregado:


a) Cumprir as disposições legais e regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho, inclusive as ordens de serviço expedidas
pelo empregador;
b) Usar o EPI fornecido pelo empregador;
c) Submeter-se aos exames médicos previstos no PCMSO.
d) Colaborar com a empresa na aplicação das Normas Regulamentadoras - NR.

1.8.1. Constitui ato faltoso, a recusa injustificada do empregado ao cumprimento do disposto no item anterior.

O colaborador deverá:

1. Apresentar-se para o expediente que estiver escalado uniformizado, com os EPI adequados, de forma que sua presença não cause mal
estar a seus companheiros e nem prejudique a realização das tarefas;
2. Antes de iniciar o trabalho, o funcionário deve inspecionar as ferramentas de trabalho, máquinas e equipamentos, bem como, o local
de trabalho e, em caso de observar qualquer defeito ou falta de preparo, deve comunicar o fato imediatamente ao seu encarregado ou
gerente e recusar aquelas que não apresentam condições satisfatórias;
3. Comunicar imediatamente a seu encarregado ou gerente ou procure o serviço médico da empresa a ocorrência de qualquer acidente
que tenha sido vitima – por mais insignificante que pareça;
4. Submeter-se a todos os exames médicos relacionados à sua atividade/função;
5. Usar corretamente todos os EPI, zelar pela sua guarda e conservação e utilizá-los apenas para a finalidade a que se destinam;
6. Participar ativamente de todos os programas institucionais da empresa, que visem a preservação da saúde, integridade física e defesa
do meio ambiente;
7. Comunicar à seu encarregado ou gerente imediatamente, e a segurança do trabalho quaisquer condições inseguras ou situações de
risco que venham a gerar lesões pessoais, danos materiais ou que tenham potencial para causar dano;
8. Zelar pela sua integridade física e de seus colegas de trabalho;
9. Zelar pelo patrimônio da empresa e os de terceiros que lhe prestem serviço;
10. Cumprir rigorosamente com seu horário de trabalho;
11. Comparecer quando for intimado às reuniões para Investigação de Acidentes ou outras em que for necessário prestar esclarecimentos.
12. É terminantemente PROIBIDO ao empregado:
a. Apresentar-se nas frentes de serviço ou onde for obrigatório o uso de EPI sem fazer uso destes;
b. Efetuar trabalhos elétricos sem estar devidamente qualificado e autorizado;
c. Retirar os dispositivos de segurança de máquinas ou equipamentos, sobre qualquer justificativa .
d. Fazer uso de ferramentas ou equipamentos defeituoso.
e. O uso de acessórios pessoais como(pulseira, relógio, brinco, cordal, argola, anel,etc...) durante o horário de trabalho.

DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE DESENVOLVIDA


Auxiliar nas diversas tarefas relacionadas com atividades, tais como: preparação de alimentos, limpeza e conservação das
dependências da cozinha ,e dos equipamentos existentes no setor; auxiliar no preparo das refeições, sobremesas, lanches, etc…; manter a
ordem e a limpeza da cozinha, procedendo a coleta e a lavagem das bandejas, talheres e utensílios utilizados no preparo dos alimentos;
auxiliar no serviço de copeiragem em geral e na montagem das bandejas térmicos; realizar serviço de limpeza nas dependências da
cozinha; auxiliar na seleção de verduras, carnes, peixes e cereais para preparação do alimento; executar outras tarefas de mesma natureza
e nível de complexidade associadas ao ambiente organizacional.

RISCO DA OPERAÇÃO

 Levantamento e transporte manual de peso  Cortes, quedas do mesmo nível, batidas contra, Lesões
 Temperatura superficiais, diversas.
 Queimaduras  Substancia composta de produtos químicos ( produtos de
limpeza)
 Microrganismos .

EPI’s RECOMENDADOS

 Calçado de segurança  Toca (ou boné)


 Bota de PVC  Avental impermeável
 Luvas de térmica  Luva de malha de aço( para diversos cortes)
 Japona(câmara fria)
 Outros , etc...

MEDIDAS PREVENTIVAS

 Inspecione o local no começo de cada jornada. Atenção a cada detalhe, ser minucioso nessa hora é muito importante. Se
observar algum risco ainda que pequeno, não deixe de realizar os reparos . Acione o reparo qualificado, para posteriormente
liberá-lo o para uso;
 Cuidado com a rede elétrica não faça gambiaras em extensões quadros tomadas elétricas;
 Trabalhe com os EPI’s recomentados realização das suas atividades;
 Participar dos exames periódicos quando convocado;
 Não levantar nem transportar peso acima da sua capacidade física, se precisar peça ajuda;
 Posicionar-se corretamente ao pegar peso;
 Cumprir as disposições legais e regulamentadoras sobre Segurança e Medicina do Trabalho;
 Paralisar seu serviço sempre que constatar qualquer irregularidade quanto a sua segurança, comunicando imediatamente o sue
encarregado ou gerente de setor;
 Não improvise EPI’s e EPC’s;
 Se o óleo de cozinha pegar fogo, não jogue água e nem tente remover a panela do fogão, isto vai espalhar o fogo. Tape a panela
com uma tampa ou utilize um extintor de incêndios adequado;
 Não deixe as panelas no fogão ou formas no forno ligado para fazer outras atividades fora da cozinha como, por exemplo,
atender ao telefone. Além de queimar o alimento, pode-se também causar grandes acidentes, como incêndio.
 Quando utilizar a panela de pressão procure acrescentar no mínimo de água necessário para que o líquido não seque antes do
cozimento do alimento ou, do contrário, não transborde ao ferver, entupindo a válvula de segurança. Esta válvula age quando a
pressão interna atinge um ponto perigoso. É muito importante mantê-la limpa e desentupida, para que o vapor saia livremente,
evitando o risco de explosões.
 Mantenha afastados papeis toalhas, potes plásticos ou outros objetos da tampa do fogão e também de eletrodomésticos que
emitam calor, como as torradeiras e grill. Com o calor liberado, eles podem derreter ou incendiar.
 Sempre abra a porta do forno antes de acendê-lo. Desta forma, você não acumula gás na cavidade do aparelho e também pode
verificar se a chama está realmente acesa. Esta simples dica pode salvar sua vida evitando o vazamento de gás e o risco de
explosão.
 Utilize um avental e sapatos fechados que ajudam a proteger o corpo contra fogo, água e sujeira. Quem tem cabelo comprido já
sabe, é medida de higiene e segurança prendê-lo.
 O piso da cozinha deve estar sempre limpo no final da jornada de trabalho;
 Todo cuidado é pouco ao usar a faca e objetos cortantes. Você evitará cortes e pequenos acidentes se estiver atento a faca e as
suas mãos. Uma boa dica é utilizar uma faca de mesa (aquela de ponta arredondada) ao invés das afiadas. E utilize a luva de
malha de aço.
 Ao utilizar os equipamentos como ( batedeira, liquidificador ) aumente a velocidade gradativamente , para que não haja da
dados; pois todos os equipamentos que estão no seu setor também são sua responsabilidade;
 É proibido obstruir extintores no setor;

TERMO DE RESPONSABILIDADE
Recebi orientações de segurança e saúde no trabalho, bem com todos os equipamentos de proteção individual para neutralizar a
ação dos agentes nocivos presentes no meu ambiente de trabalho.
Declaro estar ciente dos riscos inerentes as atividades da minha função de acordo com esta Ordem de Serviço, em concordância com o art.
157, item II da Lei 6514 de 22/12/1977 e NR 1, item1.7 e 1.8 da portaria 3214 de 08/06/1978.

NOME DO FUNCIONÁRIO: MATRICULA:

ASSINATURA DO FUNCIONÁRIO (letra legível)


ASS:

Assinatura do técnico(a) de segurança do trabalho: