Sie sind auf Seite 1von 2

Escola Estadual Povoado de Limeira.

Praça Antônio Martins Gabriel, 271, Pavão CEP 39814-000 Telefone: 0xx (33) 3535 4001.

Aluno(a):________________________________________________________ Data______________
 Professor (a) __________________________ Série: 1º Ano.
Disciplina: Filosofia.
Prova do 2º bimestre – Valor: 8 Pontos.

1). Questão trabalhada em sala de aula. O que quer dizer prevenção à violência sexual contra crianças e
adolescentes? Que tipos de violência que crianças e adolescentes vem sofrendo em nosso País?
_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________

2). Pergunta: Zeus ocupa o trono do universo. Agora o mundo está ordenado. Os deuses disputaram entre
si, alguns triunfaram. Tudo o que havia de ruim no céu etéreo foi expulso, ou para a prisão do Tártaro ou
para a Terra, entre os mortais. E os homens, o que acontece com eles? Quem são eles?” (VERNANT, Jean-
Pierre. O universo, os deuses, os homens. Trad. de Rosa Freire d’Aguiar. São Paulo: Companhia das Letras,
2000. p. 56.)
O texto acima é parte de uma narrativa mítica. Considerando que o mito pode ser uma forma de
conhecimento, assinale a alternativa correta.
a) A verdade do mito obedece a critérios empíricos e científicos de comprovação.
b) O conhecimento mítico segue um rigoroso procedimento lógico-analítico para estabelecer suas verdades.
c) As explicações míticas constroem-se, de maneira argumentativa e autocrítica.
d) O mito busca explicações definitivas acerca do homem e do mundo, e sua verdade independe de provas.
e) A verdade do mito obedece a regras universais do pensamento racional, tais como a lei de não-
contradição.

3). Várias formas de perceber e conhecer o mundo foram criadas até chegarmos ao que chamamos de
conhecimento científico ou filosófico. No início, não possuíamos métodos racionais de comprovação, sendo
as explicações sobre a realidade apoiadas em forças sobrenaturais, que extrapolavam a vontade e a ação
humana.
A forma de conhecimento que MARCA a ruptura entre o pensamento mítico e o pensamento filosófico é a
A) fé.
B) ciência.
C) razão.
D) sofística.
E) religião.

4). Ser cidadão da polis, pertencer aos poucos que tinham liberdade e igualdade entre si, pressupunha um
espírito de luta: cada cidadão procurava demonstrar perante os outros que era o melhor exibindo, através
da palavra e da persuasão, os seus feitos singulares, isto é, a polis era o espaço de afirmação e
reconhecimento de uma individualidade discursiva.
Esse espírito de luta, virtude e condição para aceder à vida política, ERA
A) a fé
B) a coragem
C) a força
D) o trabalho

Enquanto houver vontade de lutar haverá esperança de vencer. (Agostinho) Boa Prova!
Gabarito: 1-D, 2-D,3-C,4-B.