Sie sind auf Seite 1von 95

Atraia mais prosperidade e abundância para sua vida

Mais do que abundância e dinheiro, a prosperidade está intimamente ligada à nossa mentalidade. Quem
pensa rico acaba ficando rico. E tudo se torna mais fácil ainda se você vive ou trabalha em um ambiente
energeticamente próspero, que facilite a entrada e circulação das energias da luz e que nos lembre a cada
momento da grande generosidade do universo.

Para a grande maioria das pessoas, prosperidade é sinônimo de riqueza material: dinheiro, fama e sucesso. E
este conceito não está de todo errado, mas é limitante.

Prosperidade é ter uma vida abundante. Prosperidade é ser abundante. Prosperidade é pensar, sentir e
emanar abundância em todas as áreas da vida: nas finanças, nos relacionamentos afetivos e profissionais, no
amor, na saúde, na espiritualidade, enfim, em tudo!

Com o Feng Shui, podemos preparar um ambiente, seja a casa, o escritório ou a empresa, para que esteja
energeticamente próspero, abundante e harmônico. Com certeza, esta energia próspera afetará a vida de
todas as pessoas que freqüentam estes ambientes.

E preparar nossa casa para receber e ter prosperidade e abundância é muito importante, mas se você ou os
moradores da casa ou da empresa não forem e se sentirem prósperos, o trabalho ficará incompleto.

Comece a se sentir próspero


A partir do momento em que preparamos uma casa energeticamente para ser próspera, todos os habitantes
serão afetados por essas vibrações positivas. Dá-se então início a um movimento de mudança dos
moradores: vontade de crescer, de prosperar, ânsia de buscar novos horizontes e a extrema necessidade de
livrar-se do velho e ultrapassado. Resumindo, todos começam a pensar e sentir como seres prósperos.
Definitivamente, prosperidade não combina com medo, limitação, baixa auto-estima, preocupação e crença na
pobreza.

Para sermos ricos precisamos começar a pensar como ricos, superar nossas limitações e medos.
Concluímos, assim, que o processo de abundância está mais ligado a fatores internos do que exteriores como
crises econômicas, atrapalhações, perseguições e invejas.

Dentro de nós mesmos estão todos os obstáculos para atingirmos a riqueza, bem como todos os meios para
consegui-la. Cabe a nós utilizar de forma inteligente este potencial.

"Ser próspero" é se sentir próspero, repito. Sentir é uma emoção. E a emoção só irá se realizar se
acreditarmos nela.

Assim, se desejarmos atingir prosperidade, é necessário acreditar em nossas emoções, em nossos sonhos.
Isso mesmo: sonhar. Sonhar é o exercício de imaginar o que queremos. O ser humano sempre sonhou, sonha
e sonhará.

É a partir de um sonho que começamos a criar nossa realidade, nossa vida, nosso destino. "Somos aquilo que
pensamos. Somos aquilo que sonhamos."

A partir do momento que sonhamos, estamos acionando a energia da emoção e, conseqüentemente, estamos
bem próximos de realizar o sonho. Mas é bom avisar que somente aplicar um Feng Shui para ativar a área da
prosperidade e sonhar em ser próspero não é certeza de prosperidade.

Sem ação, o trabalho e o esforço, as tão sonhadas riqueza e abundância continuarão bem longe de nós. Em
outras palavras: "faça sua parte também". Dá trabalho, mas é a regra do jogo. Ou será que você faz parte
daquele grupo de "otimistas" que reclama do barulho quando a sorte bate a sua porta!!????!!!?????

Dicas práticas para atrair abundância


Para ajudar, enumeramos abaixo uma série de dicas práticas do Feng Shui, para ajudar você trazer mais
abundância para sua vida.

A prosperidade entra pela porta de entrada


Como é que você quer que a prosperidade bata à sua porta se sua casa está mal identificada ou numerada?
Parece absurdo, mas não é. Muitas casas têm numeração escondida ou nem tem. Muitas ruas têm
numeração irregular, que atrapalha quando alguém quer nos achar, bem como campainhas que ficam
escondidas.
Se você quer que a prosperidade bata à sua porta, identifique bem sua casa. A porta de entrada também deve
estar sempre bem iluminada e arejada. Lembre-se de uma coisa: "A porta principal tem que abrir-se por
completo para a prosperidade entrar toda". Ou seja, nada de móveis e objetos atrás das portas.

Ponha um sino de vento de metal atrás da porta, pois, além de atrair sorte e abundância, toda vez que o sino
toca ele amplia e aumenta a entrada de oportunidades de prosperar.

Coloque um baguá de cor vermelha na porta de entrada, pelo lado de fora, para proteger a casa.

 Fachadas limpas e prósperas


Parece frescura, mas a prosperidade nota muito a fachada da casa, seu estado e cuidado. A primeira
impressão é a que fica. Pois então, limpe e pinte imediatamente a frente de sua casa.

Coloque e plante bastantes plantas e flores. Use a abuse da imaginação para deixar a frente da casa
atraentemente próspera.

Aproveite para tirar da frente da entrada principal os entulhos e objetos que impedem a circulação das
pessoas e da prosperidade.

• A abundância banha sua casa


Para o Feng Shui, toda a casa deve ter um rio calmo e sereno passando diante de sua porta. O rio irá trazer
para a casa e seus moradores saúde, prosperidade, alimentos e irá levar as más energias embora.

Como nem sempre temos um rio de plantão próximo à nossa porta, podemos colocar pelo lado de dentro da
casa, próximo à porta de entrada, algo que lembre um rio, mar ou água, como por exemplo uma fonte de água
ligada, um aquário com peixes, uma gravura ou um quadro com um rio, mar e barcos, uma foto de um local
que tenha cachoeira ou motivos náuticos. Tudo para atrair prosperidade.

 Cozinha e fogão são o cofre da casa


Uma das áreas mais prósperas da casa é a cozinha. Nela está localizado o "cofre da casa", que é o fogão.
Seu elemento fogo é associado a riqueza e abundância. E nele, preparamos os alimentos que irão nos dar
sustentação e energia no dia a dia.

O fogão deve estar sempre bem limpo, todas as bocas e o forno funcionando e em bom estado de
conservação.

Na cozinha, para atrair prosperidade, abuse da fruteira. Tenha sempre bastante frutas. Flores amarelas e
girassol sempre são bem vindos, pois têm cores de prosperidade

 Cuidado com entulho e lixo


Muito cuidados para não ficar acumulando e guardando objetos, papéis, roupas, utensílios e lembranças que
não têm mais utilidade e uso.

Estes "entulhos" provocam energia estagnada, que atrapalha a prosperidade da casa. Faça uma avaliação e
uma limpeza geral. Abra espaço em sua casa e dê vida à ela. Não esqueça de colocar o lixo para fora
também.

 Verde e plantas na casa


Use e abuse de plantas. Elas trazem boas energias. Coloque muitas flores amarelas e vermelhas, que atraem
prosperidade a abundância. Um arranjo de girassol também é muito usado para atrair riqueza.

 A mesa de jantar
A mesa de jantar, seja da sala ou da cozinha, é o local onde as pessoas se reúnem para as refeições e para
conversar. O Feng Shui considera a mesa de jantar um local de prosperidade.
Coloque sobre a mesa um belo arranjo de flores ou uma fruteira cheia de frutas.
Se houver espaço, coloque na parede um espelho para refletir a mesa de jantar e dobrar a prosperidade.

 Banheiro é ladrão de abundância


Muito cuidado com os banheiros, pois eles são ladrões de abundância. Mantenha sempre a porta do banheiro
fechada e a tampa do vaso sanitário abaixada. Já ira ajudar bastante.

 Cuidado com vazamentos


Fique de olho nos canos. Vazamentos de água podem significar abundância escapando. Tanto os canos que
abastecem a casa como os canos internos devem ser verificados. Se encontrar vazamento, conserte
imediatamente.

Movimentos e mudanças que trazem harmonia

Este é o objetivo principal do Feng Shui: estudar as energias de uma casa e de seus moradores e provocar
mudanças, movimentos e transformações para se alcançar e ter o equílibrio e a harmonia.
Mas afinal, o que poderia fazer agora para 'mudar a energia' de minha casa?"
Minha resposta: "Provocar movimentos!".

Então, vamos começar imediatamente os movimentos e as mudanças em nossos ambientes de trabalho e no


lar.

E para começar iremos revirar nossa casa, armários, escrivaninha, gavetas e garagens. Vamos iniciar
realizando limpezas, consertos, arrumações e a trabalhar nossos apegos. Tudo fazendo parte do processo de
transformações.

Abaixo, seguem algumas regras básicas e práticas para iniciar as mudanças e a harmonização de nossos
ambientes e de nossa vida.

 Faxina geral - uma casa limpa é sinônimo de ambiente sadio e harmonioso, logo, coloque todos na sua
casa para fazer uma faxina geral. Limpe bem tudo. E aproveite para começar a fazer uma limpeza de objetos
e utensílios que não servem mais.

 Tenha a casa arrumada e em ordem - bagunça é sinal de desleixo. Em geral, você está a um passo de
desistir de realizar seus projetos pessoais. Arrume a sala, seu quarto, os armários e as gavetas. Tenha seus
pertences, papéis, roupas e utensílios bem-arrumados e organizados, fáceis de achar. Isso irá facilitar em
muito na hora das mudanças que pretende realizar. Dica importante: Só arrume seus pertences, pois os dos
outros não são seus.

 Conserve bem a casa - casa mal-cuidada, com pinturas descascando, umidade, vidros de janelas
quebrados, paredes trincadas e com bolor e portas que travam são sinais de decadência e falta de vontade de
realizar novos projetos. Pinte e conserte tudo imediatamente.

 Se desfaça de tudo que não tem utilidade - rádio quebrado, jogo de copos e panelas velhas, jornais e
revistas do ano passado, retalhos, formas de alumínio, roupas e sapatos etc, tudo aquilo que está há muito
tempo parado e sem uso e que ocupa espaço. Tudo isso é energia parada e estagnada. Falta de movimento.
Ponha tudo para "rodar", dê um rumo a essas "tralhas". Você deve doar, vender, pôr em uso e, se for o caso,
jogar fora. Movimente as energias. Comece a se desapegar desses objetos. Comece a abrir espaço na sua
vida para o novo, para novas energias.

 Se tiver algo na casa que não goste, passe para a frente - presentes, objetos, roupas que você ganhou
ou comprou e que lhe trazem péssimas lembranças ou má impressão... Faça um favor a você, passe tudo
para a frente.

 Fora com o lixo –


acumular lixo em casa é anti-próspero.

Para quem quer mais movimentos e mudanças na vida, anote e pratique o seguinte exercício:

1. Faça uma lista de 27 locais e objetos em sua casa que há muito tempo você não mexe. Pode ser uma
gaveta, um vaso, uma cadeira ou uma porta da cozinha.

2. Durante nove dias consecutivos você deverá mexer nestes 27 locais e objetos listados. Abra e feche a
gaveta, por exemplo. Levante a cadeira e a coloque no lugar. Abra e feche a porta. O que queremos é
provocar movimento em nossas casas nos locais com energia parada.

3. Aproveite para movimentar sua vida. Pense no que esta parado e, no que você pode fazer para povovar as
mudanças.
4. Este exercício funciona como uma novena, ou seja, se falhar um dia, comece tudo de novo. Ele pode ser
feito em qualquer horário.

Energias negativas podem estar bem perto de você

O Feng Shui procura harmonizar um ambiente através do estudo e da análise das energias do local e de seus
moradores. Assim procuramos melhorar e ativar os campos energéticos que existem em nossas casas e
empresas, anulando e evitando as energias nocivas e negativas que existem nestes ambientes.

Existe uma preocupação unânime das pessoas: como evitar e proteger a residência ou o comércio das
energias negativas que as pessoas deixam ou mandam para estes locais.

Estas energias nocivas ou negativas são causadas por pessoas que frequentam e visitam os ambientes. E o
pior, muitas vezes são pessoas que trabalham ou vivem nestes ambientes.

Independente de quem sejam essas pessoas, elas chegam "carregadas" de problemas e aproveitam a
ocasião para deixar as vibrações negativas em nossos ambientes. Quanto mais pessoas "pesadas"
frequentarem estes locais, mais carregado ele ficará e, por efeito cascata, irá nos atingir a qualquer momento.

Essas energias negativas podem ser provocadas por vizinhos, parentes ou empregados, que por não estarem
em seu perfeito equilíbrio energético, descarregam essas "energias nocivas" nos locais que frequentam, em
geral, que antes tinham uma boa energia.

O mais interessante é que muitas dessas pessoas sabem muito bem que são "pesadas" e "negativas", e que
deixam os locais que frequentam "péssimos", bem como os moradores.

Isso ocorre pela simples troca de energias:

 Leva a boa e deixa a ruim


É claro que existem pessoas que fazem isso "inconscientemente", nem têm conhecimento e ciência que são
"Negativas". Mas as piores são aquelas pessoas que não aguentam ver que uma pessoa está feliz, saber que
uma pessoa tem sucesso, alegria e amor em sua vida, o que para ela é o "fim do mundo".

Sabe aquela pessoa que tem ódio e inveja "mortal" de todos que em sua volta estão "de bem com a vida"?
Elas farão de tudo para estragar a harmonia e a alegria da sua vida.

São estas pessoas as principais causadoras dos chamados "olho gordo" e "derrete aço".

Com toda certeza, quando essas energias negativas se instalam e permanecem em nossas casas e
empresas, deixam os ambientes e as pessoas alteradas, doentes, perturbadas, irritadas, sonolentas,
provocam mal estar, podem causar brigas, desentendimentos, quebra de aparelhos domésticos, pequenos
acidentes e outros males, parece que tudo dá errado.

Nas empresas ou pontos comerciais podem também provocar assaltos, queda nas vendas, perdas de
clientes', atrito entre colegas de trabalho, acidentes de trabalho, e muito mais. Aí vem a pergunta: "o que fazer
para evitar e espantar essas energias, não amistosas". É muito simples. Siga as dicas abaixo.

TUDO COMEÇA POR VOCÊ

 1) Mantenha a boca bem trancada


Chega de falar de seus planos, sonhos, da vida particular e até de suas intimidades para os outros. Pare de
contar para todos os nomes de seus clientes ou o quanto você fatura ou ganha por mês. Note que todos estão
interessados na sua vida, mas, não no seu sucesso.

É claro que você vai falar sobre sua vida, seus planos e do sucesso de sua empresa, mas somente para os
verdadeiros amigos, aqueles que vibram com você e se preocupam com os seus insucessos. Se são muitos
ou poucos, não interessa. O que interessa é que eles existem. É só acha-los e preservá-los.

 2) Ser mais seletivo nas amizades


Seja mais seletivo com as pessoas que frequentam sua casa ou a empresa. Por que motivo você tem que
receber aquela vizinha ou parente que sempre fala mal de alguém ou que está sempre se queixando dá vida?
Ou aquela amiga solteirona que sempre fala que homem não presta, principalmente se for o seu namorado ou
marido colocado em xeque?
A partir de hoje, tenha muito cuidado com quem você convidar para entrar em sua casa. Caso tenha que
receber alguém que não goste, evite assuntos nocivos. Nada de críticas, fofocas ou brigas.

 3) Cuidado com os telefonemas


Não é só recebendo alguém em casa ou na empresa que somos afetados negativamente. Falar com alguém
no telefone ou na rua, ficamos também sobrecarregados de energias negativas.
Só o fato de alguém pensar mal de você já é muito perigoso.

CUIDANDO E PROTEGENDO OS AMBIENTES


Com toda certeza, não iremos conseguir evitar que certas "energias" e pessoas deixem de frequentar nossa
casa ou empresa, mas temos muitas técnicas e formas de proteger muito bem nossa casa e a empresa. Saiba
como:

 1.) Usando o baguá


No Feng Shui, usamos muito o baguá, que é uma figura octogonal que deve ser colocada na porta de entrada,
pelo lado de fora, voltado para quem esta entrando na casa.

Este baguá funciona como um amuleto que irá proteger a casa e seus moradores de todas as energias
negativas. Uma dica muito importante é usar um baguá com espelho no centro.

O espelho irá ajudar a repelir as energias negativas que entrariam nos ambientes.

Na minha opinião, o baguá com espelho convexo, tem maior eficácia na proteção dos ambientes. O baguá é
encontrado em lojas esotéricas

 2.) Gráficos de radiestesia


Para proteção dos ambientes, podemos usar dois gráficos de radiestesia, que são poderosos:

 O gráfico "Nome Místico de Jesus" e o gráfico "Nove Círculos". Eles são encontrados na forma de
adesivos colantes, que devem ser colocados nas portas de entradas de nossa casa ou empresa.

Você também irá encontrar em adesivo colante, o símbolo "OM", em sânscrito. Coloque também nas portas
para proteção dos ambientes.

 3) Plantas vivas
Plantas e flores vivas, além de serem bonitas e perfumadas, têm um grande poder de absorver as energias
negativas dos ambientes. Coloque muitas plantas e flores na sua casa e empresa. Todos os tamanhos e tipos
são bem-vindos. Quanto mais, melhor.

Uma combinação poderosa de plantas e o famoso "Vaso de Sete Ervas". Em geral, é um vaso de sete ervas é
composto pelas seguintes plantas: arruda, alecrim, espada de São Jorge, pimenteira, guiné, manjericão e
elevante.

Um ótimo local para colocar o vaso de sete ervas, é perto da porta de entrada, pelo lado de fora da casa ou
empresa. O vaso de sete ervas irá segurar e repelir todas as energias negativas que iriam para este ambiente

A pessoa, ao ver o vaso de sete ervas, irá desviar momentaneamente sua atenção da porta principal para o
vaso. Isso fará com que as energias negativas fiquem presas às plantas. Teremos o mesmo efeito, se for
colocado uma bela e viçosa planta ou um vaso de flores próximo à porta de entrada, principalmente de cores
bem vermelhas.

 4) Santos de devoção
Com certeza, o povo brasileiro é um dos mais cristãos. A fé que temos em vários santos e santas materializa
uma série de milagres.

É muito comum encontrarmos muitas casas e comércios com um ou mais santos de devoção próximo à
entrada principal, protegendo e abençoando o ambiente.

Imagens de Nossa Senhora Aparecida, São Judas, São Jorge, Menino Jesus e um crucifixo são os mais
vistos e usados.

Pode ser usadas também medalhas de santos, que trarão o mesmo resultado.
 5) Outras dicas
 Água com sal grosso atrás da porta também é muito bom para segurar as "energias";
 Coloque em um copo de vidro um dedo de sal grosso e complete com água;
 Só não esqueça de trocar a água com sal a casa sete dias;
 Oração e Salmos também podem ser usados para proteção;
 Experimente ler o "Salmo 46" e o 91, que são muito fortes, principalmente se for lido todos os dias.

Deu para notar que existem muitas, mas muitas formas de combater as energias negativas e ainda temos
muito o que falar. No nosso próximo encontro, iremos dar dicas de:
 Proteção em ambientes de trabalho;
 Proteção pessoal;
 Limpeza energética.

Aprenda a limpar energias negativas

Proteção energética no trabalho


O local de trabalho, depois de nossa casa, é o local onde mais ficamos. Dependendo de nossas atividades,
temos contato diariamente com muitas pessoas, sem contar com as pessoas que circulam pelo local.
É claro que nesses locais somos também sujeitos a pegar uma carga negativa de energia, pois nossos
próprios colegas de trabalho podem ter inveja e raiva da gente.
Preste atenção em uma coisa: não estou dizendo que ambientes de trabalho e as pessoas que lá estão são
ruins, só estou descrevendo uma realidade. Vamos às dicas para nos protegermos no trabalho:
 Desvie a atenção de você: Saia do foco principal. Coloque bastante plantas e flores no ambiente. Se for
possível, coloque em cima de sua mesa ou no balcão de atendimento, por exemplo, flores vermelhas, que
chamam muito a atenção de quem chega, evitando assim que boa parte da energia negativa fique em você.

 Água e sal grosso: Se for possível, é bom ter um copo pequeno com água e sal grosso debaixo de sua
mesa. Água com sal grosso segura as energias pesadas. Só que, neste caso, todos os dias você coloca água
e sal novos ao chegar no trabalho e despacha em água corrente ao ir embora.

 Proteção vinda do céu: Se possível, coloque um santo de devoção sobre a mesa ou próximo a você.
Pode ser também um crucifixo ou a imagem de um arcanjo de proteção. Tenha uma cópia dos salmos de
proteção em sua gaveta.

 Espanta mau olhado: Um pedaço de alho, uma figa e uma fita do Senhor do Bonfim, discretamente
colocados sobre a mesa, são instrumentos de proteção.

DICA IMPORTANTE: Lembra-se do baguá de porta, do qual falamos em artigos anteriores por repetidas
vezes? Alguém muito inteligente lançou um baguá de mesa, que você encontra em lojas esotéricas. Ele deve
ser colocado na sua mesa, bem de frente para a porta de entrada.

Proteção pessoal
Devemos também nos cuidar das energias negativas a que estamos sujeitos no dia a dia. Comece mantendo
a boca fechada. Nada de ficar falando sobre suas particularidades, seja em casa ou no trabalho, bem como
ficar fofocando ou criticando os outros.

Semelhante atrai semelhante, lembre-se bem deste ditado. Metais têm um grande poder de atrair energias
negativas. Por este motivo, é muito bom você usar correntes de metal, prata ou ouro, para segurar as
negatividades.

Coloque pendurada nesta corrente a medalha de um santo, de uma santa de devoção ou um crucifixo. A figa
e o olho de Ísis também têm poder de proteção.

Quem gosta de cristais pode colocar um pingente de quartzo branco, que segura muita carga pesada.

Não se esqueça de lavar a corrente em água, na hora de tomar banho, para descarrega-lá.

Muitas religiões tem seus patuás, talismãs e guias de proteção. Use-os com fé.
Limpeza energética
Mesmo protegendo nossos ambientes das energias negativas, sempre alguma energia estranha irá entrar.

É nesta hora que se faz necessário uma limpeza energética para limpar e harmonizar os ambientes.

Existem muitas formas de limpeza, que iremos passar agora:

 Uma boa forma de limpar ambientes é usar incensos. Você pode acender incensos em cada cômodo da
casa ou da empresa, ou ainda no ambiente que você mais fica. Ao acender o incenso, circule com ele pelos
quatro cantos dos ambientes. É nos cantos que fica a maior concentração de energia negativa.

Existem vários tipos de incensos. Dos nacionais, prefira os de arruda com sal grosso ou os de sete ervas. Os
importados, os indianos, no entanto, são os melhores. Procure o incenso "Nag Champa" ou o "Spiritual
Guide".

Pode-se também usar defumadores brasileiros para limpeza. O defumador espiritual é muito bom para afastar
os miasmas astrais.

 Limpar o chão e os móveis com água e sal grosso é uma ótima forma de limpeza.

 Um forte aliado na limpeza energética é o amoníaco. Dizem que o amoníaco espanta tudo. Uma dica:
amoníaco se compra em farmácia. Você pode usar o amoníaco numa faxina semanal comum. Em um balde
cheio de água, coloque dez gotas de amoníaco, misture bem e limpe o chão de todos os cômodos da casa ou
empresa com um pano umedecido no balde.

Você também pode pingar uma gota de amoníaco nos quatro cantos de cada ambiente De preferência, saia
do local por pelo menos uma hora. Faça esta limpeza toda a segunda-feira.

Se quiser deixar o local mais harmonizado, pingue doses alfazema nos cantos dos ambientes após a limpeza
com amoníaco.

 Quem é reikiana (o) pode usar o reiki para limpar o ambiente.

 Salmos e orações também têm uma força fantástica. Salmos de limpeza energética, são o Salmo 96 e o
Salmo 56.

 Água benta pode ser usada também. Jogue na parede e nos móveis, usando um borrifador.

 Aromatizadores também têm um efeito fantástico. Os Florais de Bach, Saint Germain, Californianos e
outros têm combinações próprias para limpeza das casas e de seus habitantes.

Muitas lojas esotéricas já vendem vidros de florais de limpeza de ambientes.

E é claro, se você conhece algum tipo de limpeza energética eficaz, utilize.

Melhore a energia e a saúde de sua casa

A energia "Chi", é a energia vital de todos os seres vivos em nosso planeta. Esta energia vital circula
livremente alimentando os ambientes e os seres vivos, deste fluxo de energia vital, tão necessário a todos.

Mas nem sempre esse fluxo de energia vital está bem direcionado ou utilizado, podendo provocar problemas
e até, dependo da situação, interferir na saúde ou agravar um problema de saúde já existente.

O que o Feng Shui faz é analisar como está o fluxo de energia vital dos ambientes, detectando os problemas
e corrigindo (as chamadas curas do Feng Shui), entre outras coisas.

Neste artigo, iremos falar sobre vários tipos de problemas existentes em um ambiente e suas consequências
para nossa saúde, bem como as possíveis soluções.

Ambientes desvitalizados
Uma das queixas que mais escuto das pessoas é que elas estão desvitalizadas, cansadas e desanimadas,
sem "pique"... coisas do dia-a-dia, e na maioria das vezes, sem um motivo aparente.
Quando um caso deste ocorre, em geral o vilão da história é banheiro.

O banheiro é conhecido como ladrão de energia vital. Quando a energia "Chi", circulando pela casa, entra no
banheiro, ela é "sugada" para fora da casa pelos ralos, vaso sanitário e canos de esgoto.

Ou seja, com o passar do tempo, o banheiro ficará "sem energia" alguma, desvitalizado, bem como os
cômodos vizinhos ao banheiro, pois, na hora que toda a energia do banheiro for sugada, ele irá sugar do
ambiente vizinho, deixando este cômodo também desvitalizado.

Agora imagine uma suíte de uma casa. É claro que o quarto e a cama, que irão receber as pessoas para
descansar e dormir para repor as energias, desvitalizados pelo banheiro, deixarão as pessoas mais cansadas
e estressadas ao se levantar, pois irão ter sua própria energia sugada pelo banheiro.

Outro exemplo é uma pessoa que trabalha em um escritório que fica com a porta do banheiro sempre aberta.
É óbvio que o rendimento do trabalho das pessoas neste local cairá drasticamente.

Voltando para o quarto, suponha que uma pessoa acabe de ser operada ou tenha uma doença, que requer
ficar em casa para se recuperar, como dizem "recuperar as energias". Com porta do banheiro aberta de frente
para o quarto ou para a cama do enfermo, ele ficará por muito tempo doente.

Soluções urgentes:
 Mantenha a porta do banheiro sempre fechada. Assim evitará o roubo de energia dos cômodos vizinhos;

 Mantenha os ralos tampados e a tampa da privada sempre baixa;

 Coloque bastante plantas naturais e flores amarelas e vermelhas naturais no banheiro. Irá ajudar a
revitalizar o banheiro.

Corredores de energia
Corredores de energia são ambientes que têm aceleração da energia "Chi". Estes corredores energéticos
podem ser:

 alinhamentos entre portas;


 alinhamentos entre porta e janela;
 corredores de passagem.

Quando uma pessoa fica no meio de um desses alinhamentos, recebe uma "super carga energética do CHI".
O mesmo ocorre em cômodos que ficam no fim de um corredor de passagem, como por exemplo, um quarto.
Quem fica no meio desses corredores energéticos ficará sempre mais agitado, preocupado, nervoso e
impaciente. Terá dor de cabeça e enxaqueca constante. Não conseguirá trabalhar com tranquilidade.
Provocará LER (Lesão por Esforço Repetitivo). Não irá dormir, terá insônia e sono muito agitado... e
ansiedade.

Soluções urgentes:
 Sai imediatamente destes alinhamentos;
 Feche as portas e janelas, quando possível;
 Coloque uma divisória ou um biombo, que irá deter esse fluxo energético.

Olhe para cima


Você sabia que muitas dores no corpo são provocadas pela estrutura ou mobília dos ambientes?

Preste muita atenção e verifique se você tem uma destas situações no seu trabalho ou em casa:

 Viga exposta sobre você, sobre sua mesa de trabalho ou sobre a cama;

 Prateleira e maleiros sobre a cabeça.

Nestes casos, as vigas ou prateleiras forçam o fluxo de energia "Chi" sobre nossos corpos, provocando fortes
dores pelo corpo, dores de cabeça, dor de estômago, dor nas mãos, tensão etc.

Soluções urgentes:
 Sai de baixo das vigas e prateleiras;
 Esconda as vigas com um forro.
Melancolias e depressões
Melancolias, tristezas e depressões são problemas ligados ao campo emocional.
Uma casa ou ambiente cujo elemento predominante é a água irá afetar ainda mais este estado emocional já
problemático.

Muita atenção: ambiente carregado de azul claro, verde água, cinza ou preto, cores que são ligadas ao
elemento água afetam o campo emocional.

Muitos peixes na decoração ou um aquário grande também afetam o campo emocional.

Locais muito escuros e opressivos, com uma péssima iluminação e sujos causam depressão.

Soluções urgentes:
 Mude a pintura e a decoração;
 Ponha mais alegria nos ambientes;
 Muitas plantas e flores bem coloridas;
 Muita luz e limpeza no ambiente.

Respire melhor
Problemas respiratórios podem ter várias causas. Se da porta da casa ou da janela se vê uma chaminé
emitindo fumaça, mesmo que bem distante, isso irá afetar psicologicamente a saúde do morador.

Se, ao entrar em uma sala, nos deparamos com uma chaminé, isso nos passará uma mensagem de "falta de
ar, de não respirar", como o que acontece dentro de uma chaminé.

Cômodos opressivos e apertados nos passam a idéia de falta de espaço e de falta de ar. Reagimos
psicologicamente alterando a respiração.

Soluções urgentes:
 Mais espaço nos ambientes;
 Bastante verde e flores naturais;
 Mais luz natural;
 Procure, se possível, encobrir a visão da chaminé. Plante uma bela árvore.

Outros problemas
Conheça outros tipos de problemas que podemos ter em um ambiente:

1.Problema de circulação sangüínea:


Podem ser causados por excesso de objetos nas áreas de passagem. A energia tem dificuldade de circular

2 Problemas de coração e ventrículos


Porta bloqueada. A porta principal é a boca do "Chi". Se tem algo atravancando, atrapalha . A porta tem que
abrir mais de 90 graus (não ter coisas atrás da porta).

3.Disritmia e labirintite
Podem ser causadas por escadas em espiral. Neste tipo de escada, a energia "Chi" sobe muito rapidamente,
muito agitada e desorganizada.

4.Problemas circulatórios
Veja como está o sistema hidráulico da casa.

5.Problemas imunológicos
Veja como está o sistema elétrico.

6.Problemas de visão
Verifique se as janelas estão com os vidros bem limpos. Nada de vidros quebrados, enfumaçados e
distorcidos. O mesmo vale para os espelhos.

7.Articulações
Algum problema pode ser causado por falta de lubrificação das portas, janelas, ferragens, fechaduras e
dobradiças. Vale também para portas de correr, gavetas e armários. Tudo que range.
É bom lembrar que a solução por meio do Feng Shui pode ajudar a amenizar os problemas, mas a cura
completa virá pela fé em se curar e com a ajuda de um profissional qualificado, como um bom médico.

Proteja sua casa dos ladrões de energia vital

O pior tipo de problema é aquele que provoca a fuga de energia vital "Chi" dos ambientes, deixando esses
locais e as pessoas que moram ou circulam neles desvitalizadas, vamos falar sobre todos os possíveis
"ladrões de energia" de um ambiente e quais são as soluções do Feng Shui para resolver esses problemas.

Acabando com os ladrões de energia

Cuidado com os vidros quebrados


Em qualquer ambiente existe um fluxo natural da energia Chi. Quando uma janela está fechada, a energia Chi
bate nos vidros e é redirecionada, naturalmente, para outros cantos e ambientes.

Mas quando as janelas têm vidros quebrados, há fuga da energia Chi por esses vãos. E o pior de tudo é que
vidros quebrados ou trincados podem significar pouca ou nenhuma visão das metas ou objetivos atuais e
futuros.

Solução: Trocar os vidros quebrados e trincados.

Lareiras: um perigo no meio da sala


Não tem coisa mais gostosa do que ficar ao lado de uma lareira no inverno, se aquecendo e relaxando. Só
que no resto do ano, quando ela não está sendo usada, se você não tomar uma série de cuidados, terá dentro
de casa um "sugador" de energia vital, que sai pela "boca" e pela "chaminé" da lareira.

Solução: Mantenha a porta da chaminé fechada e enfeite o "buraco" da lareira com flores e plantas. Dê vida à
lareira, quando ela não estiver sendo usada.

Muita atenção com os pontos de luz


Um dos problemas que sempre vejo nos ambientes são pontos de luz e interruptores sem espelho de
proteção e com fios desencapados.

Um fio desencapado rouba com facilidade a energia vital dos ambientes (o fio elétrico conduz qualquer tipo de
energia). Um ponto de luz sem espelho é um buraco que rouba energia do ambiente.

Solução: Coloque "espelhos" nos pontos de luz e encape os fios elétricos

Rachaduras nunca mais


Dê uma atenção muito especial às rachaduras que aparecem nos ambientes. Não estou falando de trincas,
mas de rachaduras profundas.

Uma rachadura, além de mostrar que há algo errado na estrutura da casa, pelo Feng Shui pode representar
abalo em algum setor da nossa vida. E dependendo da rachadura, constatamos uma fuga enorme de energia
vital por ela.

Solução: Vede o mais rápido possível essa rachadura.

Os ralos da casa
Muito cuidado com os ralos e os canos de esgoto. Eles são programados para tirar tudo que não será mais
usado dentro de uma casa. Por isso, sugam tudo para fora dos ambientes, até a energia Chi.

Comece imediatamente a mapear os ralos que existem em sua casa ou empresa. Você irá notar que não é só
nos banheiros que existem ralos.

Solução: Tampe todos os ralos com um tapete, por exemplo.

Banheiros: os maiores inimigos. Todo o trabalho do Feng Shui em uma casa ou empresa pode ir
literalmente pelo ralo se não tivermos um cuidado redobrado com os banheiros.
O banheiro é o maior ladrão de energia Chi dos ambientes. Isso ocorre por dois motivos:

 A função principal do banheiro em uma residência ou empresa é a de recolher e tirar desses locais
-através da privada, ralos, esgotos e canos- todas as impurezas do nosso organismo e a água usada no
banho e para higiene pessoal.

Mas toda vez que usamos a descarga da privada ou a água para o banho, a energia Chi que está no local
também vai para o ralo e é sugada para fora do banheiro.

E se a porta do banheiro fica constantemente aberta, toda a energia Chi do cômodo vizinho e da própria casa
é sugada, roubada e retirada do imóvel.

 Outro motivo prejudicial é o fato de a água ser o elemento predominante no banheiro. A água tem
polaridade Yin (negativa), e a energia tem muito mais facilidade de descer do que de subir. Isso contribui
ainda mais para "empurrar" a energia Chi para fora da casa

Esse roubo ou fuga de energia Chi pelos banheiros poderá, dependendo da localização e quantidade de
banheiros em um imóvel, provocar vários problemas já mencionados.

Soluções:
 Mantenha sempre as portas dos banheiros fechadas. Isso evitará a fuga constante da energia Chi
 Mantenha a tampa da privada sempre baixa e os ralos tampados
 Evite usar as cores azul e preto no banheiro. Essas cores representam o elemento água
 Coloque objetos decorativos de madeira ou da cor verde. Isso irá ajudar a subir a energia. Verde no
banheiro é positivo (toalhas, tapetes etc)
 Coloque plantas no banheiro, mesmo que artificiais. Prefira as plantas que crescem para cima
 Use toalhas e tapetes amarelos ou de tons terra para ajudar a conter a fuga de energia
 Mantenha o banheiro sempre ventilado e limpo
 Pendure no batente da porta do banheiro uma esfera facetada. A esfera segura a fuga de energia Chi
 Ponha na porta do banheiro, do lado de fora, um pequeno espelho decorativo. O espelho reflete a energia
Chi de volta para a casa

Tomando esses cuidados iniciais e básicos você terá grandes resultados. E a dica final é: "use e abuse das
plantas, do verde e amarelo nos banheiros. Nada de economia!"

Como tornar sua casa a "morada dos deuses"


A "morada dos deuses" deve ser um local tão perfeito, lindo, com uma energia tão equilibrada e harmoniosa
que dificilmente iremos encontrar um lugar assim no plano terreno (no plano divino ou cósmico, sim).

Mas se ao comprar ou alugar uma casa tivermos uma série de cuidados na escolha, poderemos ter uma casa
que qualquer um dos "deuses" gostaria de morar.

Importante: muitas das dicas podem e devem ser aplicadas na escolha de pontos comerciais também.

COMECE PELA BASE


Para quem for construir sua casa e puder escolher o terreno, seguem abaixo algumas dicas úteis:

Terrenos e suas lembranças


Você já deve ter ouvido falar que as paredes de uma casa "têm memória". Ter memória, significa que um
ambiente registra e guarda a energia das pessoas que ali moraram. Essas energias significam sensações,
emoções, pensamentos, atitudes e palavras -boas ou ruins-, que ficam registradas nos ambientes e afetam
diretamente novos moradores.

É claro que os terrenos também registram essas energias, mesmo que as antigas construções tenham sido
derrubadas ou destruídas.

Uma construção pode ter sido derrubada e seu terreno, limpo, mas mesmo assim o local e a terra guardam o
registro da antiga casa. Por isso, procure saber o histórico do terreno. Muito cuidado com os seguintes casos:
1.Cuidado com terrenos que sofreram incêndios, principalmente se houve vítimas. Quando algum lugar é
atingido por fogo toda a energia é queimada também.
A solução mais plausível é retirar entre 1m e 2m de profundidade de terra do terreno e repor com terra nova.

2- Evite locais que foram:


- Delegacia de Polícia: local com energia de revolta, sofrimento, bagunça, rebelião e mortes
 funerária: local de tristeza, luto e desespero
 hospital: energia de doença, tristeza, angústia e sofrimento
 cemitério: energia de luto, morte e tristeza
 templo religioso: dependendo, é um local de meditação, luto e tristeza
 lixão: energia estagnada
 matadouro: energia de pânico, ansiedade e desespero

Energias da terra
O estudo do terreno pela ótica da rediestesia é muito recomendado, principalmente se o local fica perto de
rios

Um radiestesista profissional irá informar se existe algum tipo de energia proveniente do solo, que influência
ela pode ter sobre a moradia e seus moradores e como corrigir.

Forma do terreno
Procure comprar terrenos de formas retangulares ou quadradas. Para o Feng Shui, são as melhores formas
para se construir uma moradia. Terrenos irregulares devem ser bem estudados na hora de construir.

Cuidado com os fundos


O bom terreno é aquele que tem no fundo uma retaguarda, "um apoio". Essa retaguarda é o "casco da
tartaruga", um dos quatro animais sagrados do Feng Shui esta retaguarda pode ser uma montanha ou morro,
um prédio, uma casa, sobrado, uma árvore ou um muro.
Muito cuidado com rios no fundo do terreno. Um rio leva a prosperidade do terreno e moradores.

ESCOLHENDO BEM SUA NOVA RESIDÊNCIA


1.A primeira impressão é a que vale: Ela é fundamental e importante. Quando você for visitar os imóveis,
preste muita atenção em sua intuição e sensação. Se você não se sentir bem ou ficar estranha ao entrar no
imóvel, pesquise bem por que está tendo essa sensação. Volte novamente ao local. Se não sentir "firmeza",
não feche o negócio. Muitas vezes, não iremos saber o motivo, mas que tem algo errado, com certeza tem.
Energia é energia.

2- O de graça sai caro: Imóveis com preço de venda ou aluguel muito abaixo do mercado pode ser uma
pechincha, mas pode ter algo errado. "O barato hoje sai caro amanhã". Pesquise. Seja um bom detetive.
Converse com os vizinhos, encontre os antigos moradores, olhe e analise a documentação. Vasculhe o
máximo porque todo cuidado é pouco.

3- Fique de olho na fama do imóvel: Procure saber da reputação ou "fama" do imóvel. Tendo uma boa
conversa com os vizinhos você saberá se a casa é de "boa índole" ou não. Procure saber se tem uma
imagem ruim, do tipo "assombrada". Se todos que ali moram têm azar na vida e se só vivem pessoas
estranhas ou baderneiras. Se a casa tiver má fama, pense bem antes de se mudar.

4- Quem morou aqui?: Procure saber o histórico dos antigos moradores. Saber quem morou, como era a
família, sua reputação, sua índole. O padrão energético, econômico e social é muito importante. Você irá notar
que muitas casas têm fama de trazer sorte, alegria e progresso para os moradores. É uma casa muito
harmoniosa e boa para se morar.

Enquanto em outras, temos histórias de desarmonia, desemprego, separações, tristeza, brigas e até
tragédias. E essas situações, quando repetidas, irão influenciar os novos moradores. Uma das formas de
quebrar este "padrão energético", é fazer uma boa reforma, ou seja, mudar todas as características do imóvel:
pintura, fachada, cômodos etc.

5- Fique de olho na vizinhança: Preste muita atenção na vizinhança da nova casa. Certos vizinhos não são
bem vindos pois sua influência é muito negativa. Evite ter como vizinho de porta (em frente à sua porta):
igrejas, hospitais, delegacias e presídios, velórios, funerárias, pronto-socorro, cemitérios, bares que sempre
têm confusão, matadouro, boate e lixão. Esses não são locais de boas vibrações para sua casa.

6- Cuidado com as torres: Muita atenção com torres de alta tensão, de transmissão e recepção de TV e rádio,
de antenas e de celular. São prejudiciais às pessoas que estão muito próximas.
7- Nos mínimos detalhes: Observe as casas em seus mínimos detalhes. Na conservação geral, por exemplo.
Um imóvel mal conservado, com mofo, goteira, infiltração e rachaduras passa uma energia de abandono,
estagnação e melancolia. Só entre nesta casa depois de uma reforma completa.

8- De olho no canos: Preste muita atenção nos canos de água e esgoto da casa. Qualquer vazamento é sinal
de perda de energia. Essa perda poderá afetar sua vida nas seguintes áreas:

 prosperidade e dinheiro
 problema de saúde
 relacionamento amoroso e familiar
 dificuldade no trabalho
 desânimo e alto estima
 reconhecimento e prestígio
 falta de projetos futuros

9- Faxina geral: Antes de ir morar numa casa, não esqueça de fazer um limpeza geral e energética de todos
os ambientes

A terapia para melhorar a energia da sua casa


Responda com sinceridade:

Você tem achado sua casa meio triste, escura, sombria e desanimada?
Sua casa tem apresentado trincas, rachaduras, pintura descascando e infiltração?
Os vidros das janelas estão quebrados e as portas estão emperradas ou caindo?
A instalação elétrica está à beira do caos e nada mais liga ou funciona?
Os canos estão todos furados e a água transborda pelas paredes?
O piso e a cerâmica de sua casa há tempos já se aposentou?
Por mais que você limpe, sua casa continua com cara de suja?

Se você respondeu "sim" a mais de três das perguntas acima, sua casa ou empresa esta sofrendo de "baixa
auto-estima", com tendência a "depressão predial". Sua casa precisa urgente de uma terapia muito especial.

"A reforma-terapia"
Para começar imediatamente o tratamento da reforma-terapia, basta você ir a uma boa loja de construção e
reforma de sua cidade e começar uma reforma com urgência!

E aí, gostaram da idéia da "reforma-terapia" para melhorar a auto-estima de sua casa e, consequentemente, a
energia e harmonia de todos os ambientes!?

E não tem sensação mais gostosa que ver a casa reformada, com aquele cheiro de tinta fresca e de coisas
novas pela casa.

Mexer numa casa -pintando, fazendo uma grande reforma ou até construindo cômodos novos- renova a
energia da casa toda e o ânimo dos moradores.

Vocês já notaram a cara de alegria e satisfação das pessoas quando entram em uma loja de materiais de
construção e reforma para escolher e comprar os materiais necessários para a reforma ou construção de uma
casa?

É claro que as pessoas reclamam do trabalho que dá escolher as cores da tinta, da cerâmica, dos azulejos
para cozinha ou banheiro. Que o pedreiro errou na quantidade da areia, que a entrega da obra está atrasada,
que o preço está alto etc.

Mas, no final, não há preço para ver e sentir o novo astral e alegria da casa toda reformada ou construída,
conforme planejamos. Quem sabe não estamos chegando perto da "morada dos deuses"?! Quem sabe..

Loja de material de construção: a loja das boas energias

ROTEIRO DAS ENERGIAS


 Setor de tintas.
A melhor casa para se morar é a casa da criança. Esta é, com certeza, uma casa que tem muito colorido,
movimento e vibração, já que as crianças precisam de estímulo.Se possível, pinte os cômodos da casa com
cores diferentes. Use e abuse de sua criatividade. Em um quarto de casal, coloque as cores românticas: rosa,
salmão, pêssego e o verde erva-doce. Evite pintar as paredes de vermelho, azul claro e lilás.

Nos quartos de criança em idade escolar, o amarelo é ótimo para estimular os estudos.

Numa sala de jantar, para animar a conversa, podemos usar a cor pêssego ou um laranja bem claro.

Para dar um destaque, podemos texturizar uma das paredes. Quem gosta de pintar toda a casa de uma cor
só, é bom tomar cuidado para não deixar a casa com uma energia muito monótona. Neste caso, aconselho o
uso das cores na decoração quadros, tapetes e plantas.

 Setor de jardinagem
Plantas e flores: As naturais elevam o padrão energético. Quanto mais verde, mais vida.
Velas decorativas: São muito usadas para energizar os ambientes. As cores podem influenciar o uso de um
ambiente.
Vasos: Além de decorativos, quando usamos os coloridos, podemos energizar e harmonizar um ambiente.
Fontes d'água: Purificam e energizam os ambientes. Também são ótimas para atrair prosperidade.

 Setor de quadros e gravuras


Depois da pintura, uma das formas de dar uma nova vida aos ambientes é a utilização de gravuras e quadros
nas paredes. Os motivos e cores dependem de cada pessoa e ambiente.

No quarto do casal, um quadro sensual ou romântico é estimulante para a intimidade. Coloque também
detalhes em vermelho na decoração -nas cortinas, almofadas, tapetes e velas.

Para atrair abundância, coloque um quadro com água, rios, mar e peixes.

 Setor de tapetes e persianas


apetes, persianas e cortinas podem ser usadas nos ambientes para energizar, por meio das cores, formas e
desenhos.

Nas casas onde há alguém doente, de cama, quadros e persianas verdes ajudam na recuperação.

Uma persiana vermelha ou dourada numa sala de trabalho estimula a auto-estima e a prosperidade.

No quarto do casal, o tapete vermelho deixa a relação mais "quente".

 Setor de iluminação
Com o apagão, fica um pouco complicado de falar sobre iluminação. Mas, o efeito de uma boa iluminação é
fantástico. Nada como clarear bem aquele canto escuro da sala ou do escritório.

 Setor de cerâmica
Os azulejos e pisos cerâmicos sempre renovam a energia. As cores e padrão variam de casa para casa.
Numa cozinha, por exemplo, o branco e o amarelo são as cores mais favoráveis. Nos banheiros, o verde e
amarelo são as mais propícias. Em locais muito escuros, pisos que tem reflexo ajudam na iluminação

Espelhos na casa: magia e perigo


Que utensílio da sua casa você pode amar ou odiar só de olhar para ele (e ver sua imagem refletida)? Ou qual
objeto mostra a realidade nua e crua, sem que nós possamos impedir? De quem estamos falando? Do
glorioso espelho, aquele que reflete tudo e todos.

O espelho tem o poder de reproduzir e multiplicar as mais lindas imagens ou refletir e dobrar as cenas mais
tristes de nossas vidas. Sem medo de exagerar, o espelho é um dos objetos de maior importância em um
ambiente e em nossas vidas.

Ao aplicar o Feng Shui num ambiente, o espelho é muito usado em correções e curas, mas sua utilização
deve ser muito bem estudada para que não prejudique as pessoas que vivem nesses ambientes.

Espelhos: como usá-los corretamente


1- É verdade que um espelho pequeno do lado de fora da porta de entrada de uma casa nos protege das
energias negativas?

- Sim, é verdade. Se colocarmos um espelho acima da porta de entrada, do lado de fora, protegemos nossa
casa das energias negativas. Para ajudar mais ainda, podemos usar um baguá com um espelho no centro
acima da porta de entrada.

2- Se houver um espelho na frente da porta de entrada, do lado de dentro da casa, o efeito é o mesmo?

- Sim, mas esta localização é muito perigosa. Nunca coloque um espelho de frente para a porta de entrada. O
espelho tem a propriedade de refletir e expulsar todo o tipo de energia que entra pela porta -ruins e boas.

É muito bom ter um espelho ao lado da porta de entrada. Ele dobra a entrada de oportunidades e retém as
energias negativas

3- É verdade que o espelho que reflete a mesa de jantar aumenta a prosperidade?

Sim, é verdade. A mesa de jantar ou da copa é usada pelos moradores da casa para as refeições. Como
"mesa farta é mesa próspera", ter um espelho refletindo a mesa significa aumentar a prosperidade. Para atrair
mais abundância, coloque sobre a mesa uma bela fruteira ou flores -vermelhas ou amarelas.

4- Existe outras formas de usar o espelho para atrair prosperidade?

- Sim. Você pode colocar um espelho pequeno na cozinha, atrás do fogão. Como a chama do fogão
representa prosperidade, o espelho irá dobrar a chama e a abundância.

Quem tem comércio, pode colocá-lo do lado da caixa registradora para duplicar os lucros.

5- Espelho de frente para a janela é bom ou ruim?

- Depende do que tem do lado de fora da janela. Se a visão que você tem desta janela for um jardim florido, a
energia positiva será atraída para sua casa. Mas se a vista da janela for um hospital ou fábrica, a energia
atraída para sua casa não será boa.

6- Quais são os cuidados que se deve ter com o espelho no quarto?

- O espelho não pode refletir as pessoas deitadas. Os chineses acreditam que "se ver dormindo" atrai má
sorte. Pode provocar, por exemplo, doenças. Mude o espelho de lugar ou cubra com um tecido ao deitar.

7- Por que é bom colocar um espelho pequeno no alto de uma parede ou na porta que fica no final de um
corredor?

- O corredor é um acelerador de energia vital. Quanto mais comprido for, maior será a aceleração. Para fazer
com que a energia volte para o resto dos cômodos, costuma se colocar um espelho no final do corredor para
que ele reflita a energia de volta. No entanto, esse procedimento só tem sucesso se colocarmos uma ou duas
esferas multifacetadas penduradas no teto do corredor. A esfera facetada distribui melhor essa energia
acelerada para os outros cômodos.

Dica: Se você tem na sua casa um local muito estreito ou pequeno, no qual as pessoas se sentem sufocadas
ou passam mal, um espelho grande numa das paredes pode dar sensação de amplitude ao local, melhorando
a vibração. O mesmo procedimento pode ser usado numa loja.

Estimule as energias de sua casa


Pela ótica do Feng Shui, uma casa saudável é aquela que tem boas energias, ou seja, com boa circulação de
energia vital -energia "Chi".

A energia "Chi", que entra pelas portas e janelas de casas e empresas, deve circular livremente por todas as
dependências, energizando e harmonizando tudo e todos de maneira positiva.

A circulação de energia "Chi" ocorre eternamente e pode ser estimulada nos ambientes de várias formas.
Vento, luz, água, plantas, cores e cristais, por exemplo, são formas de manifestação da energia "Chi". Na
verdade, tudo que tem movimento, vibração e bom astral tem energia "Chi".

Dentro do Feng Shui existem "nove formas" ou "nove dicas" para estimular a energia dos ambientes. São
dicas de fácil aplicação, usando objetos que podem ser encontrados em lojas de Feng Shui ou esotéricas.

Dica importante: use o bom senso na hora de aplicar as "nove dicas". Não vá deixar sua casa parecida com
uma loja de Feng Shui -cheia de objetos. A boa aplicação é aquela que ninguém nota.

Nove formas para energizar um ambiente


1-Objetos luminosos e brilhantes: são aqueles que levantam, expandem e controlam a energia "Chi" dos
ambientes.
 Iluminação: um local iluminado é um lugar com boa energia. Muitas vezes, uma lâmpada acesa no local
traz estímulos ao ambiente.

 Esferas facetadas e primas: renovam e trazem energia aos ambientes. O prisma d'água deve ser colocado
sempre em janelas ou varandas onde bata sol. Já as esferas facetas podem ser colocadas em locais onde
você acha que falta energia. Ambos devem ser pendurados no teto.

 Cristais: são elementos vivos e muito bem-vindos. Procure saber qual é a função de cada um. Os cristais
de quartzo branco energizam muito os ambientes. Não esqueça que é muito bom lavá-los de vez enquanto.

 Velas e lanternas: são geradores de energia. Não é necessário deixar as velas acesas.

2- Sons: provocam movimento, energia, vibração e melhoram as vibrações das pessoas.


 Sinos de vento: elevam e espalham energia. Podem ser de metal, bambu ou pedra.

 Fonte d'água: o som produzido por este objeto agrada e acalma.

 Música: é só escolher a que mais agrada.

3- Cores: um dos grandes coringas na energização dos ambientes. Aumentam ou suavizam a circulação do
"Chi". As vivas e alegres são sempre bem-vindas. Por isso, mantenha a residência sempre pintada. As cores
dependem do estudo do ambiente e dos moradores.

4- Objetos pesados: servem para amenizar uma energia acelerada nos ambientes. Por exemplo, se uma
energia "Chi" acelerada entrar num quarto, as pessoas que dormem ali ficarão com o sono agitado. Use
estátuas, pedras, chafariz e biombos.

5- Plantas e animais: representam vida, energia e a natureza. Estimulam a energia "Chi" e repelem as
energias negativas. Trazem cor, cheiro e natureza para dentro de casa. Tenha plantas, bonsais, árvores,
aquário com peixes, pássaros, animais de estimação e flores.

6- Objetos que produzem movimento: produzem energia "Chi" e dispersam a energia estagnada e negativa.
Use dançarina dos ventos, sino de vento, fontes de água, móbiles, cata-vento e flâmulas

7- Objetos que produzem energia


 eletrodomésticos, televisão, computadores e aparelhos de som ligados
 fogos de artifício
 talismãs: trazem proteção espiritual

8- Força das águas: faz o "Chi" circular e ativa a prosperidade e a riqueza. Para aplicar, é preciso saber onde
está o setor da prosperidade do ambiente. Use fontes, aquário, chafariz, jarros e tigelas com água.

9- Flautas de bambu: trazem uma mensagem de paz, proteção e segurança. Anulam o "Chi" opressivo. As
flautas de bambu devem ser penduradas em locais altos como no batente da porta de entrada.

Deu para perceber que existem muitas formas de ativar a energia num ambiente, mas que é preciso ter um
pouco mais de conhecimento na hora de aplicar. E para isto não tem jeito, é necessário ler e estudar mais
sobre Feng Shui. Mas vale a pena deixar nossa casa ou empresa mais energizadas.
Cuidado com os dráculas emocionais
Segundo a terapeuta holística Vera Caballero, que estuda há muito tempo os "vampiros de energia", a maioria
das pessoas já passou pela desagradável experiência de se sentir mal ao lado de alguém. Em geral,
bocejamos sucessivamente, sentimos sonolência, temos dor de cabeça, irritação, perda de energia, confusão
na cabeça e enjôo. Até mesmo um simples telefonema desses "dráculas" pode acabar com as nossas
energias. Pior ainda quando a pessoa que nos causa mal faz parte do nosso círculo de amigos, trabalha
conosco ou é membro de nossa família.

Como o Brasil é um país muito místico, é comum ouvirmos expressões como "energia positiva", "baixo-astral",
"olho gordo", "mau-olhado" e "ambiente carregado", mas, na verdade, poucas pessoas sabem explicar de
forma objetiva o que tudo isso significa. O vampirismo energético é um dos fenômenos mais comuns e mal
esclarecidos que existem. De nada adianta energizar e harmonizar um ambiente pelo Feng Shui, se não
cuidarmos dos "vampiros" que nos rodeiam.

Para Vera, o ser humano emana ininterruptamente energia para o ambiente, impregnando o local onde está e
atingindo também os outros com suas vibrações. Cada um de nós possui um padrão energético, que é
determinado pelo tipo de pensamento, sentimentos e condição física. Todo mundo tem antipatia gratuita por
determinadas pessoas sem nem mesmo ter mantido algum tipo de comunicação com elas. O que acontece
nesses casos é uma incompatibilidade energética, embora o contato possa ser amistoso. A mesma regra vale
para as relações de simpatia e afinidade.

Em resumo, além de todos os tipos de comunicação possíveis -fala, audição, toque, visão e escrita-, estamos
o tempo inteiro nos comunicando energeticamente. Nosso campo energético interage com o do ambiente e
com o das pessoas com quem mantemos contato.

O ideal seria mantermos uma comunicação sadia, pautada pela troca de energias de maneira equilibrada e
cooperativa. Porém, como ainda estamos muito distantes disso, alguns acabam sugando muita energia e
dando pouco em troca, desvitalizando assim os ambientes e as pessoas.

De acordo com a terapeuta, "um vampiro de energia é uma pessoa que está em profundo desequilíbrio
interno. Frustração, baixa auto-estima, ressentimento, complexo de perseguição e de vítima, insegurança e,
acima de tudo, o egoísmo são estados psíquicos que fazem com que a configuração energética da pessoa se
torne desequilibrada, afetando negativamente outras pessoas, roubando-lhes sua energia vital. Alguns
chegam a interferir de forma concreta na vida pessoal de suas vítimas: intrigas, fofocas, competição desleal
agravam mais a situação."

O pior é que a vida nas grandes cidades desequilibra ainda mais as relações entre os seres humanos. O
homem moderno se afastou da natureza -nossa maior fonte de alimento energético. Não existe nada
comparável a um banho de mar, rio ou cachoeira, ao contato com as plantas e os animais, o ar puro de uma
montanha ou comparável ao silêncio do campo para reciclar e repor as energias.

Outra importante fonte de energia é o sono. Ninguém melhor do que o homem moderno para enumerar os
efeitos nocivos das noites maldormidas.

Como não dispomos de uma fonte eficiente para reciclar as energias estáticas e temos desequilíbrios
pessoais, o resultado é um contingente enorme de seres desvitalizados. A única saída para essas pessoas é
roubar energia de quem estiver mais perto.

A competitividade dos ambientes de trabalho é outro fator negativo. Como não somos educados para a
cooperação e para a vida em comunidade, acabamos nos fechando num mundo só nosso e encarando o
semelhante como ameaça à nossa felicidade.

Os principais tipos de drácula moderno


É bom lembrar que você também pode ser um desses dráculas. Mas não se preocupe, tudo tem solução.
Divirta-se, afinal o bom humor é a melhor defesa!

 Drácula Cobrador: cobra sempre, de tudo e todos. Quando nos encontramos com ele, quer logo saber por
que não telefonamos nem o visitamos. Se você vestir a carapuça e se sentir culpado, estará abrindo as
portas. O melhor a fazer é usar a mesma arma, ou seja, devolver a pergunta, questionando por que ele não
liga ou não aparece. Deixe-o confuso, não o deixe retrucar e se retire rapidamente.
 Drácula Crítico: só sabe criticar. Todas as observações são negativas e destrutivas. Vê a vida somente
pelo lado sombrio. A maledicência tende a criar na vítima um estado pesado e abrir um sistema para que a
energia seja sugada. Diga "não" às suas críticas. Nunca concorde com ele. A vida não é tão negra assim. Não
entre nessa vibração.

 Drácula Adulador: é o famoso puxa-saco. Adula o ego da vítima, cobrindo-a de elogios falsos e tentando
seduzi-la pela adulação. Muito cuidado para não dar ouvidos ao adulador, pois ele simplesmente espera que o
orgulho da vítima abra as portas de sua aura para sugar a energia.

 Drácula Reclamador: é aquele tipo que reclama de tudo, de todos, da vida, do governo e do tempo. Opõe-
se a tudo, exige, reivindica e protesta sem parar. O mais engraçado é que nem sempre dispõe de argumentos
sólidos e válidos para justificar seus protestos. A melhor tática é deixá-lo falando sozinho.

 Drácula Inquiridor: sua língua é uma metralhadora. Dispara perguntas sobre tudo e não dá tempo para que
a vítima responda. Na verdade ele não quer respostas. Pretende apenas desestabilizar o equilíbrio mental da
vítima, perturbando seu fluxo normal de pensamentos. Para sair de suas garras, não ocupe sua mente à
procura de respostas. Para cortar seu ataque, reaja fazendo-lhe uma pergunta bem pessoal e contundente e
procure se afastar assim que possível.

 Drácula Lamentoso: são os lamentadores profissionais, que choram sua desgraças o tempo todo. Para
sugar a energia da vítima, ataca pelo lado emocional e afetivo. Chora, lamenta-se e faz de tudo para
despertar pena. É sempre o coitado, a vítima. Só há um jeito de lidar com esse tipo de vampiro: cortando suas
asas. Dê um corte em suas lamentações, dizendo que não gosta de queixas, principalmente daquelas que
não resolvem situação alguma.

 Drácula Pegajoso: investe contra as portas da sensualidade e sexualidade da vítima. Aproxima-se como
se quisesse lambê-la com os olhos, com as mãos e com a língua. Parece um polvo querendo envolver a
pessoa com seus tentáculos. Se você não escapar rápido, ele sugará sua energia. Seja conseguindo seduzi-
lo com seu jogo pegajoso, seja provocando náuseas e repulsa. Em ambos os casos você estará
desestabilizado e, portanto, vulnerável.

 Drácula Grilo-Falante: a porta de entrada que ele quer arrombar é o seu ouvido. Fala durante horas,
enquanto mantém a atenção da vítima ocupada, suga sua energia vital. Para livrar-se, invente uma desculpa,
levante-se e vá embora.

 Drácula Hipocondríaco: cada dia aparece com uma doença nova. Adora colecionar bula de remédios.
Desse jeito chama a atenção dos outros, despertando preocupação e cuidados. Enquanto descreve os
pormenores de seus males e conta seus infindáveis sofrimentos, rouba a energia do ouvinte, que depois se
sente mal.

 Drácula Encrenqueiro: para ele, o mundo é um campo de batalha onde as coisas só são resolvidas na
base do tapa. Quer que a vítima compre sua briga, provocando nela um estado raivoso, irado e agressivo.
Esse é um dos métodos mais eficientes para desestabilizar a vítima e roubar sua energia. Não dê espaço
para a agressividade, mantenha sua calma e corte laços com esse vampiro.

Como combater esses vampiros modernos


A terapeuta diz que não existe um método infalível para combater os "vampiros de energia". O ideal é
aprender a lidar com eles. A melhor tática é a segurança interior e saber como o vampiro pensa e age,
estabelecendo então uma conduta eficaz para combatê-lo

Existem algumas táticas infalíveis usadas pelos vampiros para nos desestabilizar energeticamente e roubar
nossa força vital. As mais comuns são o medo e a culpa. Irritação também desequilibra nosso campo
energético.

A regra é: "não fazer o jogo do outro". Se você sabe que alguém quer provocá-lo, fique calmo. Observe-o e
descubra suas fraquezas. Assim, aos seus olhos, ele deixará de ser um bicho-papão. Não entre na onda de
negativismo que está no ar, fuja das conversas fiadas e, conheça-se muito bem.

Se você sabe quais são os seus pontos fracos pode mapear o caminho por onde o vampiro tentará atacá-lo.
Cuidar da saúde e da vitalidade física, além de buscar equilíbrio mental e emocional o ajudarão a criar um
campo energético forte e menos vulnerável às energias externas.

Outra dica valiosa é cultivar a compreensão e a compaixão -estados de espírito absolutamente positivos e
fortalecedores. Lembre-se de que um vampiro, acima de qualquer maldade (90% deles operam de forma
inconsciente), é uma pessoa em profundo desequilíbrio e que precisa de ajuda. Mas quando esse ser errante
não aceita ajuda e esclarecimento, o melhor é afastá-lo do grupo.

No entanto, como nem sempre é possível afastar certas pessoas, o melhor é tentar entender por que ela está
em nossa vida. Os problemáticos podem ser verdadeiros instrutores, já que nos incentivam a cultivar a
paciência, a compreensão, a criatividade ou o perdão. O conselho é sempre o mesmo: nunca se misture com
a energia do vampiro. Mantenha a calma, o bom humor e a positividade.

Antes de sair apontando o dedo para o próximo, descobrindo vampiros em seus relacionamentos, faça um
auto-exame. Analise suas atitudes e observe se você não anda pegando energia "emprestada" dos outros
também!

Que tal um pouco mais de cor em sua casa (e na vida também)?


Quando estamos de baixo astral e de mal com a vida, nada como vestir uma roupa nova e colorida para
mudar nosso humor e energia, sem falar nas pessoas que mudam a cor do cabelo radicalmente e ficam e
bem com a vida.

Agora, imagine você que mora ou trabalha em um ambiente escuro, frio, sujo, sem estimulo ao trabalho ou
criatividade. Um local com cores pesadas ou escuras. Um local deprimente e feio. Horrível, não?!?!?!

Imagine agora o mesmo local pintado, claro, limpo e arrumado. Será uma mudança de 180° na energia do
ambiente e no astral das pessoas.

Um ambiente com pintura nova, além de trazer uma sensação de limpo e novo, poderá trazer uma vibração
especial para o ambiente e para as pessoas, de acordo com a cor escolhida.

No Feng Shui, as cores são um dos pontos importantes para renovar e harmonizar as energias de um
ambiente, seja casa ou empresa.

O uso de cores nos ambientes pode ser feito por meio da pintura de paredes e portas. E pode ser também por
meio da decoração: tapetes, quadros, estofados, moveis, objetos etc.

Na minha opinião, como consultor, um ambiente com cor é uma ambiente alegre e cheio de boas energias.

Em outras palavras, coloque mais cor em sua casa e vida.

Mas muito cuidado na hora de escolher a cor das paredes ou da decoração de um ambiente, pois da mesma
forma que uma cor pode vibrar positivamente, as cores podem nos desagradar ou passar péssimas
sensações ou energias.

Cor é fonte de energia, que, com certeza, irá estimular uma série de pontos em nossas vidas. Mas existe uma
dose certa para a aplicação da cor, que varia de pessoa para pessoa

Por exemplo, a cor vermelha é estimulante às emoções, paixões e sexualidade das pessoas

Se o Vermelho estimula as relações amorosas mais íntimas, então vamos pintar o quarto do casal de
vermelho, certo? Errado!!!

O vermelho estimula sim, mas, em excesso nos ambientes, provoca nas pessoas com o tempo brigas,
desentendimentos e ataques de raiva.

Então, para um quarto de casal, por exemplo, coloque vermelho em pequenas quantidades e detalhes, com
um quadro, um tapete, uma almofada, um vaso de flores vermelhas.

Em resumo, na hora de escolher a cor que irá predominar em um ambiente, seja na pintura ou da decoração,
leve sempre em conta os efeitos que as cores terão nas pessoas, na personalidade e no temperamento.

Você já pode começar evitando os excessos das cores vermelho, preto, cinza escuro e roxo.

Você não irá errar se ficar com as cores básicas ou neutras: branco, gelo, areia, creme, salmão, rosa,
pêssego etc.
Para ajudar a entender os efeitos das cores nos ambientes e nas pessoas, elaboramos um roteiro com os
efeitos das cores, analisados os seus efeitos pela ótica do Feng Shui e da decoração.

Os efeitos das cores

 Branco
Na decoração: A cor branca nos ambientes pode trazer para as pessoas a sensação de paz, calma,
tranquilidade e serenidade. Para outras pessoas, no entanto, pode significar a sensação e de frieza, tristeza e
impessoalidade. O branco nos passa também uma sensação de limpeza, até exagerada. O branco só é
branco quando recebe uma luz intensa direta. Locais com a cor branca dão uma sensação de mais claridade
e amplitude

No Feng Shui: é uma cor neutra, que pode ser usada em qualquer ambiente. Tome muito cuidado quando o
branco aparece em demasia em um ambiente. O branco representa infinito. Quando uma pessoa fica por
tempo demais neste ambiente todo branco, terá uma sensação de infinito, frieza, vazio e hostilidade. Deve-se
quebrar o branco com quadros e móveis bem coloridos.

 Preto e cinza
Na decoração: Muito cuidado com o uso destas cores. Elas devem ser usadas em pequenos detalhes na
decoração, principalmente quando queremos fazer um " efeito especial", tanto dentro quanto fora da casa.
Ainda na área interna, é usado para fazer contrastes, principalmente com o branco. Muito usado no teto com
pé direito muito alto, para a dar sensação de rebaixo.

No Feng Shui: É opressivo e depressivo. Lembra luto, perdas e tristezas. Representa o elemento água e
deve se usar com muito cuidado. Água em demasia nos ambientes pode deixar as pessoas tristes e
angustiadas. Em geral, é usado em pequenos detalhes na casa.

Verde
Na decoração: É uma cor muito usada e sempre traz alegria e vida. No piso, nos lembra da natureza. Não
incide muita luz, mantendo a cor original. Em locais abertos, complementa madeira e jardins.

No Feng Shui: É uma cor neutra que representa o elemento madeira. Acalma o sistema nervoso e os
sentidos. Também significa esperança e satisfação. Muito cuidado em usar a cor verde em locais que
predomina o vermelho, pois teremos um local muito quente. Deve-se usar nos banheiros para elevar a energia
do local. Para casas com problemas de saúde, o verde é uma ótima cura.

 Lilás e violeta
Na decoração: Tons mais claros podem ser usados em todos os ambientes e em pequenos detalhes. Se for
uma cor monocromática, pode cansar.

No Feng Shui: Traz tranquilidade, sossego e calma. Estimula a espiritualidade. Tem efeito purificador e
transforma as energias negativas em positivas. Ótimo para a saúde. Acalma o coração, a mente e os nervos.
Nas casas, os melhores locais para uso são em locais de meditação e oração. Em excesso, pode trazer
depressão e ansiedade.

 Laranja
Na decoração: Inconscientemente, lembra sabores agradáveis e nos remete à infância. Em geral, é muito
usado em cozinhas. Abre e estimula o apetite. Pode ser usado na sala de jantar, em uma só parede, em tons
bem suaves (cor pêssego). Em tons mais escuros, sugere estabilidade.

No Feng Shui: É a cor do intelecto. Em doses pequenas, estimula os sentidos, a criatividade e a


comunicação. Boa para áreas da casa onde queira se estimular o diálogo, como a sala de visitas, de jantar e
nas cozinhas. Em excesso, pode provocar conversas demais e até rebeldia.

 Vermelho:
Na decoração: Como já foi dito, muito cuidado na hora de se aplicar esta cor nos ambientes. É uma cor muito
energética e vibrante e pode provocar excitação e nervosismo, quando aparece em excesso nos ambientes.
Em pequenas doses, traz aos ambientes um ar de glamour e até exótico. Em demasia, se cai para a
vulgaridade.

No Feng Shui: Cor que ativa estimula as áreas de relacionamento afetivo, sucesso, auto estima, fama e
prosperidade. Deve ser usado com muito cuidado e em pequenas doses, pois é uma cor excitante e
estimulante. No quarto de casal, ativa a sexualidade. Na sala ou cozinha, estimula o apetite e a fala. Em
excesso, provoca brigas, confusões e explosões de humor.

 Azul
Na decoração: Pode ser aplicado em grandes áreas sem tornar-se cansativo, mas deve ser combinado com
outras cores para evitar a monotonia e sono. Mais escuro, transmite autoridade.

No Feng Shui: É uma cor calmante e traz tranquilidade aos ambientes e às pessoas. Cuidado com o excesso
de azul nos ambientes, pois paredes pintadas de azul claro podem provocar sono em excesso. Já para quem
é muito agitado, deve ser usado.

 Amarelo
Na decoração: É muito usado para esquentar e iluminar áreas escuras. Em pisos, provoca sensação de
avanço. Em grandes áreas e superfícies, pode incomodar por causa da incidência de luz.

No Feng Shui: Outra cor que estimula o intelecto. É também a cor da luz. Estimula a comunicação, atividades
mentais e abre o apetite. Deve ser usado, por exemplo, no quarto de estudo ou em escritórios. Na cozinha,
estimula o apetite. Em excesso, provoca muita conversa e pensamentos acelerados e confusos, provocando
preocupação.

Feng Shui, numerologia e a sua casa

Tudo na vida é energia. O Cosmos é energia; a natureza é uma das maiores fontes de energia; os seres vivos
são energia; o pensamento é energia; os objetos são energia. Enfim, tudo e todos são energia.

O principal ponto do Feng Shui é estudar estas energias nos ambientes, procurando sempre equilibrá-las e
harmonizá-las.

Nas Ciências Alternativas, existe o estudo da influência dos números em nossas vidas, a numerologia.

Na numerologia, existe um segmento que aborda a influência dos números nos ambientes e nos imóveis

Para a numerologia, o número de um imóvel -seja residência,comércio ou escritório- irá trazer uma série de
vibrações para o local e para seus habitantes.

Claro que o grau de influência de um número irá variar de casa para casa, de empresa para empresa e de
pessoa para pessoa.

Para ajudar a conhecer um pouco da vibração dos números, segue abaixo a influência de cada número para
uma residência, bem como, o cálculo para determinar o número de seu imóvel

A vibração dos números

Nº 1: Típica casa onde as pessoas são agitadas, dinâmicas e inquietas. Ela se destaca na vizinhança, pois
seus moradores tendem a gostar de coisas exóticas e diferentes. São pessoas que têm uma vida social muito
intensa. Trabalho idem. Saem muito e gostam de promover reuniões com amigos e parentes, bem
movimentadas, alegres e "barulhentas". É uma casa que traz aos moradores prosperidade e sucesso, mesmo
que as pessoas não se preocupem com estes aspectos

Nº 2: Típica residência que nos faz lembrar de nossa época de infância, quando não saíamos da casa de
nossa tia ou de nossa própria casa, muito bem cuidada por nossa mãe, nos pequenos detalhes, bem
femininos. É um local bonito, acolhedor e tranquilo. As pessoas, em geral, são simpáticas, amáveis e ótimas
anfitriãs. Os moradores preferem mais receber os amigos a fazerem uma visita. Sala e cozinha são locais
mais movimentados da casa.

Nº 3: É um dos imóveis mais alegres e de "alto astral" da vizinhança. Será muito difícil ver alguém triste ou
desanimado. As melhores festas serão dadas nesta casa. Se quiser convidar pessoas animadas, joviais e
otimistas, é só ir até esta casa. Em geral, é uma casa de cores claras e alegres. São pessoas dinâmicas e
expansivas, fazendo com que sempre estejam mudando algo na casa pinturas ou executando pequenas
reformas.
Nº 4: É uma casa funcional, organizada, prática e cheia de normas, obrigações e deveres, que deverá ser
seguida à risca por todos os moradores. Em geral, são pessoas muito conservadoras e apegadas a
tradições.Nesta casa, tudo vai para a "agenda": lista de compras, despesas da casa, telefones úteis, receitas
de bolo etc. A decoração básica é de móveis de madeira ou bem tradicionais. As pessoas, em geral, são
equilibradas e reservadas. É uma típica casa familiar.

Nº 5: Outra casa agitada, dinâmica e cheia de movimento. Em geral, os moradores têm muito "jogo de cintura"
para trabalhar com as mudanças constantes em suas vidas. São pessoas que também promovem bastante
transformações. Não gostam de monotonia. Por este motivo, estão sempre trocando os móveis de lugar e
fazendo reformas. São tipos de pessoas que gostam de se manter informadas. Jornais, TV, rádio, livros e
internet fazem parte da rotina desta casa. Por ser bastante agitada, pode provocar incômodo para os vizinhos

Nº 6: Uma típica residência familiar. Para quem vai casar, este número traz muita sorte e harmonia. Ótimos
anfitriões. Chegam ao ponto de incomodar as visitas, pelo excesso de preocupação com o seu bem-estar.
Gostam de conforto e luxo, por isso, trabalham muito para conseguir prosperar. Cuidam muito bem da casa.
Nunca a deixam deteriorada ou suja. Sala de estar, de TV e cozinha são os "points" da casa. Em geral, os
amigos do filhos adoram ficar na casa

Nº 7: Uma casa discreta, com moradores reservados e que detestam fofocas e bagunça. Esta é casa
tipicamente "7". Seus moradores gostam de ler, estudar e praticar ensinamentos espirituais, místicos e
filosóficos. As reuniões feitas nesta casa sempre serão para discutir assuntos espirituais e filosóficos. É muito
difícil ter muitos moradores nesta casa. No máximo um casal, com um filho. Sala de leitura e meditação são
cômodos obrigatórios nesta casa. No entanto, existe uma tendência a um isolamento exagerado pelas
pessoas

Nº 8: É a casa dos "novos ricos" ou milionários. Pelo menos é a impressão que passa para quem esta
olhando de fora. O "8" passa uma vibração de sucesso, solidez material, segurança e poder. Em geral, seus
moradores aprendem a trabalhar bem com sua carreira, prosperidade e abundância. Não é muito difícil
encontrar pessoas que progrediram na vida depois que moraram numa casa "8". É claro que este progresso
veio com trabalho e determinação.

Nº 9: Típica casa que, quando se entra nela, não se deseja sair mais. É tão acolhedora, amistosa e de boas
energias que seus moradores devem tomar o cuidado para que as pessoas não invadam sua privacidade.
Todos que habitam são desapegados e têm uma preocupação com o próximo e a comunidade. Não é difícil
ter entre os moradores um médico, um líder comunitário, uma assistente social ou pessoas trabalhando como
voluntárias. As pessoas terão muita facilidade em compreender os problemas do próximo.

Como calcular o seu número


Para determinar qual a vibração que nos influencia, devemos pegar os números de nossa resIdência e somá-
los sucessivamente até reduzi-los a um único algarismo. Exemplos:

1- Uma casa com numeração 547: somamos os números até reduzi-los: 5 + 4 + 7 = 16 = 1 + 6 = 7. Assim,
este imóvel tem vibração 7.

2- Uma casa com numeração 2076: somamos até reduzir os números a uma casa: 2 + 0 + 7 + 6 = 15 = 1 + 5
= 6. Neste exemplo, o imóvel tem vibração 6

No caso de edifícios e condomínios, temos dois tipos de influências:

 A numeração do apartamento ou da casa;


 A somatória da numeração da rua com a numeração da residência (apartamento ou casa).

As duas influências são muito importantes e vale a pena conhecer ambas.Exemplos:


1- Edifício localizado na: Rua da Paz, 421, apartamento 69

 Influência do nº do apartamento: 6 + 9 = 15 = 1 + 5 = 6
 Influência na soma do número do apartamento (ou da casa) com a numeração da rua: 6 + 9 + 4 + 2 + 1 =
22 = 2 + 2 = 4

Sono é uma ótima fonte de energia


Uma das maiores fontes de energia natural que o ser humano tem sem fazer muito esforço é o sono. Após
uma noite "bem dormida", conseguimos repor nossas energias e nos preparar para mais um dia de tarefas,
alegrias e oportunidades.

E para termos uma boa noite de sono temos de dormir num ambiente harmonizado, calmo e equilibrado.

Entendendo o sono
Segundo a terapeuta Vera Caballero, o sono é um elemento essencial à vida, da mesma forma que a água, os
alimentos e o ar. Uma pessoa privada do sono apresenta distúrbios emocionais terríveis, podendo chegar à
morte.

Não só os esforços musculares, mas também os sentimentos e pensamentos produzem modificações


químicas. Um corpo saudável está sempre tentando contrabalançar essas modificações, mas nunca chega a
consegui-lo enquanto estamos acordados. O sono, portanto, tem a função de descarregar a tensão e
desintoxicar "psicologicamente" o cérebro.

Os cientistas concluíram que o sono não é somente um período de descanso, em que o homem tempera
novamente as suas forças, mas um estado indispensável e necessário porque permite a atividade onírica
(sonhos) -fator fundamental para a saúde psíquica do homem. "Através dos sonhos, libertamos o inconsciente
bloqueado no estado de vigília", diz Vera.

Para a terapeuta, as funções do sono não param por aí. "Quando estamos despertos, somos prisioneiros do
nosso 'eu' consciente e das limitações de lugar, espaço e tempo. Mas quando dormimos, entramos numa
nova dimensão, onde nos sentimos livres, onde espaço e tempo são anulados, onde as distâncias não
existem, onde há o eterno presente", afirma.

O sono também é importante como fonte de cooperação, de ajuda e inspiração, uma vez que torna possível
nosso contato com a memória arcaica de toda a sabedoria da humanidade. Também nos coloca em contato
com seres de outras dimensões mais elevadas, podendo ser fonte de revelações e iluminações. "Dependendo
da vibração com a qual formos para a cama, como raiva, ódio ou angústia, também poderemos nos conectar
com seres de vibrações mais densas, que acabarão por sugar nossas energias", explica Vera.

Ela finaliza suas explicações descrevendo "as viagens astrais" que ocorrem durante o sono. Segundo Vera,
"durante boa parte do período em que dormimos, fazemos projeções ou viagens astrais. O relaxamento do
corpo físico e a consequente baixa do metabolismo provocam o afrouxamento dos laços energéticos que
mantêm o espírito unido ao corpo físico. Algumas pessoas simplesmente se desprendem de seu corpo físico e
continuam inconscientes. As projeções acontecem com todas as pessoas, mas são poucas as que se
recordam das experiências vividas fora do corpo. Muitas experiências projetivas são consideradas como
simples sonhos. Muitas idéias, intuição e soluções de problemas que 'intuímos' nos momentos de vigília são
lembranças de instruções recebidas do plano espiritual durante nosso período de sono".

Dormindo bem em seu quarto


Pelo Feng Shui, existe uma série de cuidados e recomendações que devemos ter para que tenhamos um
quarto com uma boa energia. Veja alguns deles:

 Seu quarto deve ser um "mar de tranquilidade", um local calmo, limpo, arejado, sadio, com claridade e
organizado. Se estiver nestas condições, já é um bom início.

 Mantenha a privacidade no seu quarto, com apenas a sua energia e a de seu parceiro (a). Evite a
circulação de pessoas de fora da casa nesse ambiente. Evite receber visitas no seu quarto.

 Se possível, evite colocar TV ou computador no quarto. As ondas eletromagnéticas emitidas por esses
aparelhos fazem mal à saúde. Caso você tenha aparelhos no quarto, tente mantê-los distante pelo menos
dois metros do seu corpo.
 Nem pense em trabalhar no quarto. Esse é o local menos indicado. Se não der para evitar, relaxe e
esqueça dos problemas do trabalho antes de deitar.

 Se seu quarto for uma suíte, evite manter a porta do banheiro aberta. O banheiro rouba a energia dos
cômodos vizinhos -no caso, a do quarto.

 Se a porta do seu quarto está alinhada à porta do banheiro, mantenha sempre as duas portas fechadas.

 Evite ter prateleiras ou armários sobre sua cama, principalmente sobre sua cabeça. Elas exercem pressão,
provocando dor de cabeça, insônia e mal-estar.
 Se no seu quarto existem vigas expostas no teto, não coloque sua cama debaixo delas. Isso pode causar
problemas de saúde.

 Entulho ou bagunça no quarto é sinal de vida particular bagunçada. Arrume imediatamente seu quarto e
sua vida.

 Se seu quarto fica no fim do corredor, e a porta do quarto está alinhada com o corredor, você pode receber
uma corrente muito forte de energia "Chi" que provoca:

- sono agitado e noites mal dormidas


- irritabilidade, nervoso e preocupação
- pensamentos agitados e frustrações
- brigas entre o casal

É aconselhável pendurar no teto um cristal de esfera facetada no meio do corredor. A esfera facetada distribui
a energia.

 Não coloque espelhos no teto e na parede do quarto que reflitam você dormindo. Para os chineses, se ver
deitado não é bom agouro.

 Selecione o tipo de leitura que você faz na cama, antes de dormir. Ler contratos, processos ou livros
"pesados" atrapalham o sono.

Feng Shui e as mulheres

Falar sobre o que é o Feng Shui, como aplicá-lo para ter resultados benéficos nos ambientes e sobre a
importância de harmonizar as energias já não é mais novidade. No entanto, até agora, quase ninguém falou
que o sucesso do Feng Shui se deve quase que exclusivamente às mulheres, que têm aceitado e aplicado
esta técnica chinesa em suas residências e locais de trabalho, obtendo ótimos resultados e, é claro, ajudado a
divulgá-lo.

Para provar que a dupla "Feng Shui e mulheres" anda junto, coletei alguns dados profissionais interessantes:
 90% dos meus clientes de consultorias em Feng Shui são mulheres;
 a maioria dos clientes homens, 10% do total, só contratou a consultoria de Feng Shui porque uma mulher,
geralmente com quem é casado ou a secretária, sugeriu;
 em todos os locais onde dou palestras sobre Feng Shui, mais de 90% do público é composto por mulheres
-podendo chegar a 100%, às vezes;
 nos meus cursos, 80% dos alunos são mulheres;
 as revistas especializadas em Feng Shui, como "Vida em Equilíbrio" e "Bom Astral", têm como público fiel
as mulheres;
 a maioria dos portais e sites dedicados às mulheres ou com temática feminina, como decoração, tem uma
coluna ou artigos sobre Feng Shui.

E por que as mulheres se deram tão bem com o Feng Shui? Para entender, é preciso prestar atenção e
refletir.

O JEITO DETALHISTA DA MULHER


O impressionante o potencial de captar os mínimos detalhes que uma mulher tem quando começa a observar
um ambiente. São capazes de ver detalhes que passariam desapercebidos, mas que podem mudar a energia
de um lugar ou pessoa. E são nesses detalhes que, muitas vezes, o Feng Shui se apóia para transformar as
energias e harmonizá-las.

A INTUIÇÃO FEMININA
Quando se aplica o Feng Shui, além da inteligência e sabedoria, a pessoa deve usar a intuição -uma das
formas de "ver" a energia dos ambientes e saber quais as "curas". Intuição é sinônimo de mulher.

SENSIBILIDADE
Outro aspecto importante na aplicação do Feng Shui pelas mulheres é a sensibilidade. A mulher nunca negou
nem negará sua facilidade de sentir a energia dos ambientes e das pessoas. Aquilo que os olhos não vêem, a
mulher pode sentir. O radar feminino ajuda a detectar os pontos problemáticos de um ambiente e de seus
moradores.
MELHORAR E HARMONIZAR SEMPRE
Por se preocupar em melhorar, harmonizar e transformar as energias de sua vida, da casa e da família, a
mulher descobriu que pelo Feng Shui pode alcançar estes resultados.

SEMPRE NA VANGUARDA
As mulheres estão sempre atentas às novidades e inovações que podem melhorar sua casa e sua vida. Há
poucos anos, o Feng Shui era uma técnica pouco conhecida, mas, a partir da vontade de experimentar, as
mulheres conheceram melhor o Feng Shui.

CORAGEM DE MUDAR
Quando a mulher percebe que algo não está bem, ela tem coragem de assumir o problema e de procurar
formas para resolvê-los. O Feng Shui, na maioria dos casos, não vem para resolver o problema, mas ajuda a
transformar a energia.

A PREOCUPAÇÃO COM O BELO


Quando as mulheres começaram a aplicar o Feng Shui, a técnica era aplicada para decoração, com o intuito
de deixar a casa mais bonita.

Tudo isso mostra a intimidade que existe entre o Feng Shui e a mulher. Não quero dizer que os homens não
têm sensibilidade ou visão para aplicar a técnica, pois se isto fosse verdade eu não seria consultor de Feng
Shui nem escreveria colunas sobre o assunto. Os homens são dotados das mesmas condições e qualidades,
mas as mulheres têm uma vantagem: estão sempre na nossa frente.

Meu trabalho como consultor não teria os mesmos resultados se eu não contasse com a participação e as
idéias das mulheres. Quando digo para uma cliente que é importante dar vida a uma casa, imediatamente ela
sai para comprar flores e plantas naturais.

Quando recomendo mais cor num ambiente, ela vai a uma casa de tintas, escolhe outra cor e manda pintar a
casa. Ou então, compra quadros e tecidos para deixar os ambientes mais alegres e descontraídos.

Se você chegar numa loja ou escritório e encontrar uma fonte d'água na entrada, para atrair prosperidade,
pode apostar que foi uma mulher que a colocou

Mude o quarto para esquentar o relacionamento amoroso


Manter a energia de um casal sempre elevada não é tarefa fácil. As causas que diminuem ou extinguem o
"fogo da paixão" são muitas, mas as soluções também.

No livro "Feng Shui Para o Amor e o Romance", o escritor Richard Webster sintetiza bem essa fase da vida do
casal. Segundo ele, "por mais triste que seja, é preciso admitir que nem sempre uma paixão dura para
sempre".

Muitos casais, que a princípio desfrutam de uma vida amorosa estimulante e feliz, percebem que a paixão aos
poucos vai diminuindo e a vida sexual passa a ser cada dia menos intensa. Agora se o relacionamento é bom
em muitos aspectos, mas falta mais entusiasmo entre os lençóis, várias soluções podem estimular e revitalizar
relações desgastadas, e o Feng Shui está aí para isto.

A paixão não acaba necessariamente, mas amadurece e se transforma em muitas outras formas de amor
-uma energia mais calma, segura e romântica. Essa mudança faz com que muitos casais caiam num "mar de
tranquilidade" e não se preocupem em estimular "novas paixões" dentro do próprio relacionamento.
Resultado: monotonia e sensação de vazio.

Para estimular o relacionamento amoroso, o ponto de partida é o quarto do casal, onde ocorrem os momentos
mais íntimos, sendo por isso um dos ambientes mais especiais de uma casa. Além de ser o local onde as
energias do sono são renovadas diariamente, é nele que são compartilhados os amores profundos e os
desejos "proibidos".

Por esses motivos é que a energia "Chi" precisa circular 24 horas por dia. Cuidar da arrumação, limpeza,
ventilação, decoração e iluminação é primordial para que o quarto tenha uma energia agradável, seja
aconchegante, convidativo e íntimo.
Várias dicas podem deixar o quarto mais "caliente". Veja:
 Mantenha o sempre arrumado, limpo e organizado. Não deixe nada bagunçado neste ambiente.

 Evite brigas e discussões no quarto. Desentendimentos devem ser resolvidos em outro cômodo da casa.
O quarto do casal deve ser um "oásis" de paz, amor e harmonia.

 Seja sensato ao decorá-lo. Evite móveis e objetos grandes que causem uma sensação de aperto. Quem
gosta de móveis escuros precisa equilibrar a energia usando cores claras na decoração e na roupa de cama.
Se você gosta de móveis e decoração em tons claros ou pastéis, ponha energia com detalhes em vermelho,
amarelo e azul royal.

 Aumente a iluminação do quarto. Luz e claridade, natural ou artificial, atrai e estimula a energia "Chi".
Quartos escuros ou sombrios revelam relacionamentos apáticos, sem graça. Durante o dia, deixe a luz do sol
entrar. Abra as janelas, cortinas e persianas. À noite, ascenda as luzes ou luminárias por algumas horas.

 Mantenha o quarto bem arejado. Deixe as janelas abertas por algumas horas diariamente.

 Atenção com a cama do casal, já que quase tudo ocorre sobre ela. Tenha os seguintes cuidados:

1- Evite que o sol bata diretamente sobre a cama. Acredita-se que isso ative demais o leito, podendo
prejudicar o sono, por exemplo. Mas se vocês são recém-casados ou se a vida sexual anda muito monótona,
uma cama aquecida e ativada é tudo o que se quer!

2- É importante que a cama tenha cabeceira e esteja apoiada na parede para que o casal tenha sensação de
segurança.

3- Evite que a cama fique alinhada com a porta do quarto. Nesta posição, a cama receberá muita energia
"Chi" e deixará a cama e o casal muito agitado

4- Nunca ponha a cama debaixo de uma viga exposta, ainda mais se viga ficar entre o casal. Simbolicamente,
pode representar uma separação.

5- Evite que a cama fique encostada na parede onde passam os canos de água e esgoto do banheiro. Isso
pode provocar o roubo de energia da cama, o que, por tabela, desanima o casal.

Dicas para aquecer o quarto do casal


Os estímulos capazes de ativar a energia do quarto podem ser objetivos ou subjetivos, dependendo de cada
pessoa. As dicas a seguir trabalham com vários elementos e símbolos para estimular as energias.

 Pintura do quarto: Muito cuidado na hora de pintar o quarto. O branco total nas paredes e na roupa da
cama não é uma boa opção. Como cor é energia, a falta dela pode caracterizar um estado de falta de vigor e
monotonia. Prefira as cores neutras ou pastéis. Para ter um quarto com boas energias prefira pintar as
paredes com salmão, pêssego, verde erva-doce, areia e rosa. Vermelho, amarelo e laranja são ótimos para
estimular a sexualidade, mas devem ser usados apenas em detalhes. Nunca pinte com essas cores paredes
inteiras, principalmente com o vermelho.

 Cor é energia: Quanto mais cor tiver o quarto, mais alegre será o relacionamento amoroso, mas tenha
bom-senso na hora de decorá-lo. Equilibre as cores para não haver excessos. Conheça as mensagens de
algumas cores para saber o que elas podem trazer para o seu relacionamento:

VERMELHO: é a cor das paixões, dos amores, da sexualidade e do tesão. Por ser vibrante, ativa até demais.
Melhora o astral e o humor das pessoas
ROSA, SALMÃO E LILÁS: transmite paz, serenidade, amor, romantismo e paixão suave
AZUL CLARO: passa calma, serenidade e aconchego
BRANCO: vibração de luz, calma, tranquilidade e equilíbrio
LARANJA: sensação de aconchego, alegria, jovialidade e juventude
AMARELO: estimula a comunicação do casal, além de passar alegria e vitalidade
-VERDE: passa uma sensação de equilíbrio, renovação e segurança

 Os casais do Feng Shui: O quarto do casal deve ter muitos símbolos de duplas ou casais que passem a
idéia de união, amor, amizade, carinho e sinceridade. Comece por colocar no quarto, e por toda a casa, várias
fotos do casal. Fotos do casamento, daquela viagem feliz e da festa de fim de ano. Prefira as fotos de vocês
juntos em momentos especiais e felizes. Outros objetos simbolizam união, como um par de velas (vermelhas
ou rosas), de abajures e de vasos com flores. Use também um casal de anjos, de gatos, de pombos, de
crianças ou de monstrinhos -dependo do seu gosto e humor. Estatuetas de casais nus se abraçando, se
beijando ou se amando são boas opções.

 Quadros e gravuras: Estimular o quarto do casal por meio de quadros e gravuras é um recurso valioso.
Para os sensuais, silhuetas de mulheres nuas ou bocas femininas carnudas. Para os eróticos, casais nus.
Motivos de flores são indicados para os românticos. Para os abstratos, o vermelho, rosa, azul claro e branco
transmitem paixão e amor.

 Poder dos perfumes: Podemos estimular o relacionamento usando perfumes no ambientes. Conheça o
poder de algumas essências:
ROSAS: estimula o amor, romance e a paz
ÂMBAR: considerado um tônico sexual
CAMÉLIA: realiza todos os desejos
LAVANDA: reaproxima quem se ama
NARCISO: estimula a amizade
PINHO: potencializa a atração
BAUNILHA: aguça a sensualidade

Outros detalhes
 As pedras e cristais são geradores de energia. Prefira as pedras vermelhas, cristal de quartzo rosa ou
branco.
 Coloque na decoração do quarto a figura de uma casa -um dos maiores símbolos de união, paz,
segurança e amor.
 O vermelho pode aparecer nas flores, no tapete, na cortina e nos lençóis, mas sempre em pequenas
proporções.
 Coloque muitas flores no quarto -brancas, rosas, violetas e vermelhas. Elas esquentam o relacionamento e
limpam o ambiente das energias negativas.
 Se o casal fizer estilo romântico, a roupa de cama pode ter motivos florais. Os "descolados" podem optar
pelos desenhos geométricos.
 Pelo Feng Shui, os tons rosados devem predominar na colcha e na cortina. Coordenados, são recursos
que ativam o quarto do casal. Com padronagem de flores é ainda melhor. Os chineses acreditam que a flor é
um símbolo de amor.
 Não podemos esquecer das almofadas sobre cama. Além de decorativas, podem ser instrumentos de
amor, dependendo da imaginação do casal.

Atitudes erradas jogam energia pessoal no lixo

Posicionar os móveis de maneira correta, usar espelhos para proteger a entrada da casa, colocar sinos de
vento para elevar a energia ou ter fontes d'água para acalmar o ambiente são medidas que se tornarão
ineficientes se quem vive neste espaço não cuidar da própria energia.

Portanto, os efeitos positivos da aplicação do Feng Shui nos ambientes estão diretamente relacionados à
contenção da perda de energia das pessoas que moram ou trabalham no local. O ambiente faz a pessoa, e
vice-versa.

A perda de energia pessoal pode ser manifestada de várias formas, tais como:
 falha de memória (o famoso "branco")
 cansaço físico
 o sono deixa se ser reparador
 ocorrência de doenças degenerativas e psicossomáticas
 quando um sofá confortável diante da TV se torna mais convidativo do que outras atividades, como sexo,
por exemplo
 diminui a velocidade das atividades
 os projetos são "aposentados" para economizar energia
 o crescimento pessoal, a prosperidade e a satisfação diminuem
 os talentos não se manifestam mais por falta de energia
 o magnetismo pessoal desaparece
 medo constante de que o outro o prejudique, aumentando a competição, o individualismo e a
agressividade
 falta proteção contra as energias negativas e aumenta o risco de sofrer com o "vampiro energético"
A terapeuta holística Vera Caballero, elaborou uma lista de atitudes pessoais capazes de esgotar as nossas
energias. Conhecendo cada dessas ações para evitar a "crise energética pessoal". Veja:

1-Maus hábitos e falta de cuidado com o corpo


Descanso, boa alimentação, hábitos saudáveis, exercícios físicos e o lazer são sempre colocados em
segundo plano. A rotina corrida e a competitividade fazem com que haja negligência em relação a aspectos
básicos para a manutenção da saúde energética.

2- Pensamentos obsessivos
Pensar gasta energia, e todos nós sabemos disso. Ficar remoendo um problema cansa mais do que um dia
inteiro de trabalho físico. Quem não tem domínio sobre seus pensamentos -mal comum ao homem ocidental-,
torna-se escravo da mente e acaba gastando a energia que poderia ser convertida em atitudes concretas,
além de alimentar ainda mais os conflitos. Não basta estar atento ao volume de pensamentos, é preciso
prestar atenção à qualidade deles. Pensamentos positivos, éticos e elevados podem recarregar as energias,
enquanto o pessimismo consome energia e atrai mais negatividade para nossas vidas.

3- Sentimentos tóxicos
Choques emocionais e raiva intensa também esgotam as energias, assim como ressentimentos e mágoas
nutridos durante anos seguidos. Não é à toa que muitas pessoas ficam estagnadas e não são prósperas. Isso
acontece quando a energia que alimenta o prazer, o sucesso e a felicidade é gasta na manutenção de
sentimentos negativos. Medo e culpa também gastam energia, e a ansiedade descompassa a vida. Por outro
lado, os sentimentos positivos, como a amizade, o amor, a confiança, o desprendimento, a solidariedade, a
auto-estima, a alegria e o bom-humor recarregam as energia e dão força para empreender nossos projetos e
superar os obstáculos.

4- Fugir do presente
As energias são colocadas onde a atenção é focada. O homem tem a tendência de achar que no passado as
coisas eram mais fáceis: "bons tempos aqueles!", costumam dizer. Tanto os saudosistas, que se apegam às
lembranças do passado, quanto aqueles que não conseguem esquecer os traumas, colocam suas energias
no passado. Por outro lado, os sonhadores ou as pessoas que vivem esperando pelo futuro, depositando nele
sua felicidade e realização, deixam pouca ou nenhuma energia no presente. E é apenas no presente que
podemos construir nossas vidas.

5- Falta de perdão
Perdoar significa soltar ressentimentos, mágoas e culpas. Libertar o que aconteceu e olhar para frente.
Quanto mais perdoamos, menos bagagem interior carregamos, gastando menos energia ao alimentar as
feridas do passado. Mais do que uma regra religiosa, o perdão é uma atitude inteligente daquele que busca
viver bem e quer seus caminhos livres, abertos para a felicidade. Quem não sabe perdoar os outros e si
mesmo, fica "energeticamente obeso", carregando fardos passados

6- Mentira pessoal
Todos mentem ao longo da vida, mas para sustentar as mentiras muita energia é gasta. Somos educados
para desempenhar papéis e para não para sermos nós mesmos -a mocinha boazinha, o machão, a vítima, a
mãe extremosa, o corajoso, o pai enérgico, o mártir e o intelectual. Quando somos nós mesmos, a vida flui e
tudo acontece com pouquíssimo esforço.

7- Viver a vida do outro


Ninguém vive só e, por meio dos relacionamentos interpessoais, evoluímos e nos realizamos, mas é preciso
ter noção de limites e saber amadurecer também nossa individualidade. Esse equilíbrio nos resguarda
energeticamente e nos recarrega. Quem cuida da vida do outro, sofrendo seus problemas e interferindo mais
do que é recomendável, acaba não tendo energia para construir sua própria vida. O único prêmio, nesse caso,
é a frustração

8- Bagunça e projetos inacabados


A bagunça afeta muito as pessoas, causando confusão mental e emocional. Um truque legal quando a vida
anda confusa é arrumar a casa, os armários, gavetas, a bolsa e os documentos, além de fazer uma faxina no
que está sujo. À medida em que ordenamos e limpamos os objetos, também colocamos em ordem nossa
mente e coração. Pode não resolver o problema, mas dá alívio.

Não terminar as tarefas é outro "escape" de energia. Todas as vezes que você vê, por exemplo, aquela blusa
de tricô que não concluiu, ela lhe "diz" inconscientemente: "você não me terminou! Você não me terminou!"
Isso gasta uma energia tremenda. Ou você a termina ou livre-se dela e assuma que não vai concluir o
trabalho. O importante é tomar uma atitude.
O desenvolvimento do auto-conhecimento, da disciplina e da determinação farão com que você não invista
em projetos que não serão concluídos e que apenas consumirão seu tempo e energia.

9 - Afastamento da natureza
A natureza, nossa maior fonte de alimento energético, também nos limpa das energias estáticas e
desarmoniosas. O homem moderno, que habita e trabalha em locais muitas vezes doentios e desequilibrados,
vê-se privado dessa fonte maravilhosa de energia. A competitividade, o individualismo e o estresse das
grandes cidades agravam esse quadro e favorecem o vampirismo energético, onde todos sugam e são
sugados em suas energias vitais

O quarto do bebê

A emoção deste momento é única na vida de uma mulher. Ela abre o envelope e o resultado é mágico: está
grávida! Uma mistura de susto, euforia, espanto e alegria circula na mente e no coração. O pai fica atônito e
preocupado, mas feliz.

Enfim, a gravidez se "espalha" para toda a família. As avós, principalmente, ficam extasiadas com a idéia da
chegada de um bebê. Passada a euforia dos primeiros dias, todos começam a pensar e a sonhar como será a
criança e sua vida.
 Será menina ou menino?
 Será que nascerão gêmeos?
 Que nome vamos dar?
 Será calma ou agitada?
 Parecida com o pai ou com a mãe?
 E na escola, como será?
 Qual carreira deve segui?

Mas o melhor mesmo é começar pela harmonização da energia do local onde a criança passará a parte inicial
de sua vida: "o quarto do bebe".

É neste cômodo que a criança fará os primeiros contatos com o mundo exterior, o mundo fora da "barriga na
mãe".

É no quarto que o bebê vai descansar, sonhar, ser alimentado, protegido, amado, estimulado e irá
desenvolver seus sentidos, percepção, emoção e criatividade. Onde aprenderá a dar seus primeiros passos,
palavras e conhecimento. O quarto do bebe é o seu santuário e por isso os pais devem deixar este cômodo
com a energia equilibrada, para estimular a mente, o corpo e o espírito da criança durante seu crescimento.

Veja um roteiro com dicas e cuidados para estimular e harmonizar a energia do quarto das crianças pelo Feng
Shui.

Cuidando da energia dos baixinhos


 O mundo é colorido: Cor é vibração, energia, estimulo e vida. Para estimular os sentidos da criança desde
o nascimento, escolha bem as cores do quarto -da parede aos brinquedos. As cores tradicionais, como
branco, azul e rosa, verde, areia e pêssego podem ser usadas em tons bem suaves ou pastéis. Mas nunca
deixe o quarto do bebê monocromático. Uma cor só no ambiente não estimula a curiosidade da criança.

Defina uma cor para o quarto e coloque quadros, figuras, cortinas, móbiles e brinquedos de cores vivas -azul,
verde, amarelo, laranja e lilás. Tome cuidado com o excesso de vermelho porque essa cor é muito
estimulante. As cores fortes e quentes devem ser usadas com bom senso, apenas em detalhes na decoração,
como no papel de parede, por exemplo.

 Movimento, brilho e som: Outra forma de estimular e aguçar a curiosidade e os sentidos das crianças é por
meio dos movimentos, brilhos e sons. Podemos decorar o quarto com objetos como móbiles coloridos, sino
dos ventos, bailarina dos ventos, biruta colorida e cata-vento.

 Berço de frente para porta: Evite que o berço da criança fique de frente para a porta do quarto. Como a
energia "Chi" tem fluxo natural em todos os cômodos da casa, ao entrar no quarto pela porta ela irá energizar
demais a cama da criança. Isso pode provocar excesso de energia, deixando a criança nervosa, irritada,
inquieta e com dificuldade para dormir.
 Posição do quarto do bebê: Quando for escolher o quarto do bebê, evite aquele cômodo que fica no final
do corredor porque ele o corredor acelera a energia "Chi". Caso isso ocorra, coloque um espelho pequeno na
porta do quarto e uma esfera facetada no lustre do corredor para quebrar a aceleração da energia "Chi".

 Nada de agitação: Muito cuidado com a agitação, movimento e falatório no quarto. Agitação é sinônimo de
sono ruim e de criança chorona. Se o quarto da criança tiver duas portas de entrada, mantenha uma sempre
fechada. Evite também que os irmãos mais velhos fiquem brincando no quarto do bebê, principalmente nos
primeiros meses de vida. Esta é uma fase em que a criança precisa dormir.

 Cuidado com os banheiros: Já disse muitas vezes que o banheiro é considerado um ladrão de energia da
casa. Como o bebê é muito sensível, evite que seu quarto tenha um banheiro como vizinho de parede ou que
a porta do quarto fique de frente para a porta do banheiro. Isso evita que a criança perca energia, ficando
desvitalizada. Quando o quarto do bebê é uma suíte, tome as seguintes medidas:

mantenha a porta do banheiro sempre fechada


nunca encoste o berço na parede do banheiro

 Evite dor de cabeça: Muito cuidado com as prateleiras e vigas expostas sobre o berço. Elas exercem
pressão, podendo causar dores ou bloqueios.

Quarto energizado Outra forma de energizar o quarto do bebê é abrir todos os dias a janela para que o sol
entre e ilumine o ambiente. Tome cuidado para que o sol não bata diretamente sobre o berço, para que ele
não fique demasiadamente energizado.

Pendure prisma d'água do lado de fora da janela. Assim, toda vez que o sol bater no prisma, um arco-íris se
forma e energiza o quarto. Não esqueça de manter o quarto limpo e organizado.

Janelas: os olhos da casa

Há mais semelhanças entre a estrutura de uma casa e a composição do corpo humano do que podemos
imaginar. Eis algumas delas:

 Porta de entrada: a boca da casa: Para o ser humano, a boca tem uma função de sobrevivência. É por ela
que ingerimos os alimentos e líquidos -fontes energéticas vitais. Pela porta de entrada, a casa recebe sua
energia vital "Chi", que energiza a casa e os moradores.

 Canos de água - as emoções: A água no Feng Shui está muito ligada às emoções. Em uma casa, ela
circula por encanamentos. Por isso, fique de olho em possíveis vazamentos e infiltrações. Além de serem
pontos de fuga de prosperidade, podem simbolizar problemas emocionais entre os moradores.

 Sistema elétrico - nosso sistema nervoso: Quando os nervos dos moradores estão à flor da pele, pode
haver problemas nas fiações elétricas, como curtos-circuitos, aparelhos eletrônicos quebrando e lâmpadas
queimando.

 Esgoto - aparelho excretor : Dispensa comentários.

 Janelas - os olhos da casa: Junto da porta da casa, as janelas são fundamentais para a entrada e
circulação da energia "Chi". Por meio delas, olhamos para o mundo exterior, observando tudo e todos -nossos
vizinhos, as oportunidades, os obstáculos, os horizontes, temos idéias, sonhos e medos.

Mas pela mesma janela, o mundo externo pode nos ver, descobrir nossos segredos e a intimidade da nossa
casa. Se os olhos são os espelhos de nossa alma, as janelas também podem mostrar como estamos e somos
interiormente. Basta analisar como elas estão dispostas e seu estado de conservação. Uma janela tem uma
série de simbologias e informações sobre a residência e seus moradores. Para explicar a simbologia das
janelas, elaborei uma relação com dicas e cuidados que devemos ter com "os olhos de nossas casa".

ABRA BEM OS OLHOS

Janelas sempre fechadas


Janelas que nunca são abertas podem simbolizar cegueira. As pessoas dessa casa não devem ter visão do
futuro, perderam oportunidades e, talvez, não queiram ver a verdade. Em geral, não sabem para onde ir ou
não têm rumo certo. Sempre terão a sensação de que falta luz no fim do túnel. Local com janelas fechadas
também é sinônimo de ambiente doente. Quando não há circulação de ar, as bactérias e mofo começam a
prevalecer neste ambiente, trazendo grandes riscos à saúde.

A falta de ar puro pode causar problemas como, por exemplo, cansaço mental. Emocionalmente, locais
fechados podem dar uma sensação de falta de ar, de sufocamento e de prisão. A solução é manter as janelas
sempre abertas. Caso não seja possível, ligue um ventilador no ambiente e coloque algumas plantas e flores
naturais, além de quadros com motivos de natureza e horizontes.

Janelas quebradas
Casa que tem janelas quebradas, além de passar um aspecto de decadência ou de desleixo, simboliza que as
pessoas não estão ou não querem enxergar bem as situações e os acontecimentos de sua vida. Essa falta de
visão, pode causar perda de oportunidades, falta de objetivos e de planos futuros, medo de arriscar e demora
para decidir. Trate de arrumar as janelas e trocar os vidros quebrados da veneziana.

Locais sem janelas


Fachadas que têm porta, mas não têm janela transmitem uma sensação de cegueira. Simbolizam mal estar,
sensação de prisão e falta de contato com o mundo exterior, o que pode causar, com o passar do tempo, uma
série de distúrbios ao nosso estímulo sensorial -essencial ao nosso equilíbrio energético e bem-estar.

Nos lugares onde as pessoas trabalham sem janelas e sem luz natural, os trabalhadores terão maior índice de
estresse, ansiedade e vontade de ir embora o mais rápido possível. Portanto, ilumine e clareie bem o
ambiente. Coloque plantas e flores naturais em pontos estratégicos, de preferência nos locais onde as
pessoas mais ficam ou circulam.

Ambientes com muitas janelas


Nossa casa é o local sagrado e reservado, onde nos sentimos seguros e protegidos no mundo exterior.
Quando sentimos que ela pode estar sendo vigiada por outras pessoas, sentimos nossa privacidade sendo
invadida. Essa sensação ocorre quando temos uma casa com muitas janelas, como numa vitrine, onde tudo
está exposto. A colocação de cortinas e plantas bem altas próxima perto das janelas protegem mais, trazendo
discrição e privacidade ao ambiente.

Uma sala com muitas janelas


O Feng Shui fala que as crianças e adolescentes serão desobedientes se ficarem em ambientes com mais de
três janelas para cada porta. Isso ocorrerá quando elas tiverem de fazer uma tarefa e ficarem distraídas,
olhando para o que acontece do lado de fora da casa através das janelas. Caso sua casa tenha ambientes
com muitas janelas, procure afastar as crianças delas ou feche as cortinas.

Janelas muito baixas


Janelas instaladas junto do chão, com o parapeito abaixo do nível do joelho, podem passar uma sensação de
insegurança e fragilidade. O melhor é colocar um objeto ou móvel grande na frente dela, para impedir a
aproximação das pessoas.

Localização das janelas


Alguns cuidados deveriam ser tomados ao se projetar uma residência, no que se refere à posição das janelas.
Devemos observar em qual direção vem o vento mais frio. Para o Feng Shui, ter muitas janelas voltadas para
esse lado não traz boas energia. O mesmo cuidado devemos tomar quando há muitas janelas voltadas para
locais que sopram ventos fortes -sinal de agitação e pessoas nervosas.
Procure ter janelas voltadas para o nascer do sol. Assim teremos um ótimo dia pela frente, vitalizados com os
raios do sol.

Casa deve mudar junto dos ciclos da vida

É muito interessante observar os vários ciclos que ocorrem em nossas vidas. O tempo passa, as
transformações ocorrem, nós evoluímos, vencemos, perdemos, crescemos e um dia olhamos para trás e
percebemos o quanto vivemos, realizamos, construímos e amamos. Mas, nos mesmos ciclos, podemos
chorar, odiar, perder, ser maltratados e iludidos.

Querendo ou não, o tempo passa e os ciclos ocorrem. E, ao final de cada ciclo, algo ocorreu, algo mudou e
algo aprendemos. Faz parte da lição da vida. Faz parte da nossa evolução.

E uma casa, será que tem seus ciclos?


Sim, ela tem. Mais do que um amontoado de tijolos, concreto e objetos, nosso lar é, acima de tudo, um
elemento vivo e atuante em nossas vidas. Acompanha de forma intensa cada uma das fases dos moradores,
modificando-se e transmutando-se para refletir e tornar mais fáceis as etapas de nossas vidas.

A casa é um ser vivo que interage de forma muito ativa com a vida e ciclos de seus moradores. Fica alegre e
colorida com a chegadas dos filhos, silenciosa e recolhida quando alguém adoece, fica meio negligenciada e
até sujinha quando o pessoal da casa só pensa em trabalho. Outras vezes se renova constantemente,
trocando de cores, roupas e utensílios. A casa se arruma e brinda nos dias de festa e fica muito cuidadosa
quando vovô e vovó chegam. Reflete de forma muito clara o momento de vida de seus moradores e todos os
seus ciclos.

Duas pessoas recém-casadas estão no início de uma nova etapa de suas vidas e, nesta fase, tudo é
novidade, com muitas expectativas de uma vida feliz e próspera. E a casa dos "pombinhos" reflete isso de
forma muito clara: tudo é novo, cheira tinta fresca, sem uso... esperando que alguém entre e imprima uma
nova história.

É como se não existisse passado e a casa ainda não tivesse uma personalidade definida. Ainda não há
marcas nas paredes, da mesma forma que não existem rugas no rosto de uma criança.

Quando a casa recebe um bebê, a esperança sede lugar à alegria e tudo é modificado no sentido de protegê-
lo e criar condições para seu pleno desenvolvimento. As tomadas são protegidas, bibelôs e objetos pequenos,
que podem ser engolidos são guardados, medicamentos e produtos químicos são colocados em prateleiras
altas.

Escadas e piscinas são cercadas. Os móveis muitas vezes são arrumados de forma a favorecer o livre
trânsito das crianças. E por aí vai. A casa se modifica em função dos pequenos moradores.

À medida em que as crianças crescem, a casa vai assumindo nova configuração.

As paredes começam a receber as marcas dos pequenos moradores e tornam-se objeto de criatividade e
travessuras. Brinquedos espalhados por todos os cantos, bicicletas, bolas, objetos coloridos e muitos
chorinhos, risinhos e palminhas.

As primeiras letras chegam e com elas a preocupação de encontrar um cantinho para as lições de casa. No
varal, uniformes de escola, tênis e bonés. No ar o som dos apelos das mães, implorando para que os
pequenos façam seus deveres de casa.

Com o tempo, os brinquedos são substituídos por vídeo games, diários secretos e as paredes adornadas com
pôsteres de astros de cinema, cantores de rock ou mulheres nuas. Os tons pastéis e coloridos vão sendo
substituídas pelas cores mais escuras e até negras. As camas dos jovens são usadas cada vez menos e
muitas vezes ficam livres nos finais de semana. O banheiro também já não guarda mais sabonetinhos,
cotonetes e colônias infantis, mas cremes, xampus e maquiagens teens. Mais do que higiene, é vaidade.

A alegria e vida trazidas pelas crianças vão cedendo lugar às energias descontroladas dos jovens: hormônios
em ebulição. Espinhas, conflitos, descobertas. As paredes guardam agora os choros dos amores juvenis, o
vestibular e as noites de sábado que os pais passam em claro preocupados com o paradeiros de seus jovens.

A garagem fica mais apertada, afinal, a pequena bicicleta deu lugar ao carro do filhão. Até que, finalmente, o
"bebezão" vai embora. Busca seu próprio canto junto a um outro alguém. A casa que antes parecia até
apertada, de repente, fica grande demais, silenciosa demais... vazia.

São tantas fases, tantos ciclos ao longo da vida de uma família e sua casa...

Quando se perde o emprego e chega a fase das "vacas magras", a cozinha -símbolo da prosperidade de um
lar- reflete essa carência e fica menos exuberante. A despensa oferece menos opções. A beleza das frutas
mais raras, o luxo e o supérfluo dá lugar ao estritamente necessário. Receber visitas para confraternizações é
proibido, e tudo fica mais lento e triste.

Muitas vezes, o marido desempregado fica mais tempo no quarto, buscando o recolhimento e a solidão. E a
mulher, na tentativa de segurar as pontas, busca novas atividades, sai e descobre talentos. A casa fica, então,
em segundo plano, meio que abandonada. Alguns maridos até tentam assumir as rédeas da casa, que se vê,
então, sob uma nova direção e forma de ser administrada.
Depois de tantas aventuras e peripécias, o que todos queremos é uma velhice alegre e saudável e nossa
amiga inseparável, a casa, tenta fazer a sua parte. Tira-se todos os tapetes escorregadios e móveis
supérfluos do meio do caminho. Ilumina-se mais para evitar acidentes e tenta fazer de tudo para facilitar a
vida e suprir as limitações do corpo.

Mas existem também mini-ciclos, que se repetem todos os anos. A Primavera, por exemplo, chega com um
ânimo novo, trazendo sol, flores, aromas e muita vida. Aproveite isso e traga essa atmosfera para dentro de
casa. A ordem é renovação.

Se você está pensando em pintar as paredes ou fazer qualquer tipo de reforma, esta é a época ideal.
Desfaça-se também de tudo o que é velho e inútil, abra espaço para o novo. Se você não tem tempo ou
dinheiro para uma reforma radical, use a criatividade. Como a Primavera pede tons claros e florais, mude o
tecido das almofadas ou coloque um xale novo no sofá

Uma cortina nova, uma colcha diferente, uma pátina num pequeno móvel também ajudam. Abra as janelas e
deixe o sol e o vento entrarem.

E se você colocar plantas e uma fonte de água ou aquário, terá em casa os quatro elementos: fogo, ar, terra e
água. Quanto aos aromas, não abra mão deles. Velas aromáticas, rechaud, incensos de rosas e lavanda. E
não esqueça das flores, não faz mal que seja apenas um pequeno vaso, o importante é que você não
esqueça que é Primavera!

Dica
Observe atentamente sua casa e tente detectar que ciclo de sua vida ela está espelhando.

Veja se ela corresponde ao seu estado de espírito atual e fase de vida

Se a resposta for negativa, não tenha escrúpulos e mude o que precisar. Muitas vezes deixamos um passado
para trás, mas nossa casa fica refletindo e nos recordando de coisas que gostaríamos de esquecer. Outras
vezes nos remete a um saudosismo inútil e não nos deixa buscar alegrias novas. Desapego e atualização
sãos as palavras de ordem. Veja se sua casa não está parecendo um filho de 20 anos com roupinha de
bebê... ridículo, né!?

Melhore sua auto-estima usando os animais de poder

"Ele é fera no assunto" é uma das expressões mais usadas quando queremos dizer que uma pessoa é
especialista, inteligente, esperta e dinâmica. O uso da frase não é gratuito, já que o homem busca nos
animais inspiração e energia para melhorar seu desempenho e auto-estima. A observação dos movimentos e
da vida dos animais é outro fato histórico na história da nossa sociedade.

Um dos melhores exemplos são o Tai Chi Chuan e o Kung Fu, cujos movimentos são baseados na análise,
prática e aperfeiçoamento deste comportamento por mestres das artes orientais.

No Xamanismo, o praticante entra em contato com a "energia animal", ou melhor, com o "símbolo animal",
que está profundamente gravado no inconsciente coletivo da humanidade, com o intuito de adquirir
conhecimento, força e sabedoria.

No dia-a-dia, o "poder dos animais" está diante de nossos olhos, sempre nos estimulando. No filme "Tarzan, o
Homem Macaco" a energia do bem luta contra seus inimigos ferozes, "Os Homens Leopardos" -há símbolos e
energia dos animais nos estimulando. E não podemos esquecer de "Batman, o Homem Morcego" e do
sucesso do momento, "O Homem-Aranha".

Até quando assistimos ao desenho "Rei Leão" recebemos uma série de estímulos e ensinamentos. Você já
percebeu quanta simbologia o desenho traz do nosso dia-a-dia? O trecho em que o "Rei Leão" passa da fase
adolescente para a adulta é um dos exemplos. Crescer não é fácil para ninguém.

Como consultor de Feng Shui, preciso resgatar e estimular a auto-estima do cliente para fazer com que ele
tenha sucesso no trabalho ou na vida pessoal. Para que isso aconteça uso a energia ou o símbolo dos
"animais de poder". Junto do cliente, tento identificar algum animal que o simbolize e transmita a energia que
ele precisa naquele momento
Quanto falo nisso, sempre me vem à mente o caso de uma senhora na faixa dos 50 anos, muito ativa,
decidida e realizada, mas que à época estava se sentindo triste, desestimulada e sem pique para realizar
seus sonhos e objetivos. Enquanto relatava seu momento atual, notei que ela só conseguiria elevar sua auto-
estima através do símbolo de um felino. Quando sugeri que ela colocasse em sua casa a figura de um "animal
de poder", um felino, ela imediatamente escolheu o tigre.

Na mesma hora, a cliente tirou do armário um casaco com uma estampa da pele do animal e com olhos de
tigre nas costas. Pedi para que ela arrumasse um enfeite com tigres e colocasse na casa. Desta forma, toda
vez que ela olhasse para o objeto se sentiria estimulada.

Sem saber da história, a filha mais velha deu, naquela semana, um quadro com um casal de tigres de
presente para a mãe. Como resultado, a auto-estima da senhora começou a crescer.

Um outro cliente, dono de uma empresa, queixa-se de falta de flexibilidade e de liderança. Além disso,
também se achava um pouco lento. Aplicando a técnica do "animal de poder" ele chegou à conclusão de que
deveria colocar em sua sala um cavalo preto árabe. Para ele, o cavalo simbolizava liderança, velocidade e
movimentos rápidos. Era um líder que diante dos problemas sabe qual caminho tomar e levar sua manada
para um local seguro.

O quadro com um cavalo preto, guiando uma manada, foi colocado em sua sala -bem atrás da mesa. A
estátua de um cavalo completou o ambiente, sendo posicionada sobre a mesa.

O princípio do "animal de poder" é o mesmo do uso das rosas vermelhas para atrair amor e da fonte d'água
para atrair prosperidade.

Veja, a seguir, uma lista de animais de poder e suas energias:

 ÁGUIA OU FALCÃO: liberdade, flexibilidade, poder, visão, coragem e oportunidades


 ARANHA: criatividade, a teia da vida e sabedoria para tecer o futuro
 BORBOLETA: auto-transformação, clareza mental e liberdade
 CACHORRO: lealdade, estar a serviço e atenção
 CASTOR: segurança, construção e paciência
 COBRA: sabedoria, sensualidade e transmutação
 COELHO: fertilidade, crescimento, agilidade e prosperidade
 CORUJA: sabedoria antiga e habilidades ocultas
 CORVO: guardião da magia e ocultismo, o mensageiro
 ELEFANTE: longevidade, inteligência e memória ancestral
 FORMIGA: força, trabalho em equipe, paciência e resistência
 GATO: sensualidade, limpeza e visão mística
 GALO: altivez, sexualidade e garra
 LEÃO OU TIGRE: poder, força, nobreza e liderança
 LOBO: esperteza, agilidade e fidelidade
 POMBO: mensageiro da paz e liberdade
 RAPOSA: habilidade, astucia e integração
 SAPO: humor, limpeza e transformação
 TARTARUGA: estabilidade, longevidade, honra e proteção
 TOURO: fertilidade, sexualidade, poder e trabalho

Fotos trazem recordações de momentos importantes da vida

Certa vez um índio norte-americano disse que as fotos aprisionam a alma das pessoas. Talvez ele não
estivesse de todo errado

Além de registrar a imagem de um momento importante, as fotos têm a capacidade de fazer um registro da
"alma" naquele momento, ou seja, de nossas emoções, lembranças, saudades, amores, alegrias, tristezas,
sucessos, fracassos e surpresas.

Talvez uma foto nada mais seja que uma poção mágica que consegue materializar a imagem de uma pessoa
que amamos, ou um fato importante de nossas vidas, num pedaço de papel brilhante -a mesma cena
registrada, de forma subjetiva, em nossa mente.

Na realidade, a magia que existe é o fato de uma foto desencadear uma série de emoções e lembranças de
experiências vividas no passado e registradas em nossa alma.
Vendo fotos conseguimos liberar e resgatar essas emoções, analisar e compreender uma situação que pode
decidir nosso futuro.

Na revista "Bons Fluidos", de maio de 2000, o psicanalista Bernardo Tanis escreveu o artigo "Memórias em
Preto-e-Branco". Segundo ele, "fotos antigas são o elo entre elementos centrais da vida: a memória, a idéia
de transformação e o futuro".

Tanis diz que a memória nos conecta com a origem. Fotos de família, por exemplo, estabelecem um caminho
de continuidade com o presente. Isso nos ajuda a enfrentar as transformações e aceitar o novo. É um tipo de
bagagem que não deixa a sensação de partir do zero.

Para ele, "as imagens guardadas na memória são tecidas com o fio dos sonhos". É o que poderíamos chamar
de foto-sonho, pois tem toda a riqueza e a afetividade do mundo onírico. Permite tocar emoções que escapam
à linguagem verbal. "São como lembranças de músicas, cheiros, comidas, ou paisagens da infância", diz ele.

Resumindo, traga mais energia, motivação e alegria usando todas as fotos mais importantes de sua vida até
hoje. Coloque as fotos em porta-retratos e espalhe todas pela casa, empresa e escritório

Organize as fotos da família em sua casa. Coloque as fotos dos filhos, dos avós, dos sobrinhos, dos tios, da
sogra, dos amigos verdadeiros e do casal na sala principal. Escolha fotos de momentos de grande alegria,
paz, união, amor e harmonia.

Para reforçar a união do casal e trazer mais amor e paixão é importante ter fotos do casal espalhados pela
casa -principalmente no quarto do casal e na sala. O quarto do casal teve ter somente a foto do casal e, no
máximo, dos filhos. É sempre interessante misturar fotos recentes com as antigas.

Para quem é solteiro, mas está namorando, a dica é colocar fotos dos dois juntos, em momentos de amor e
alegria. E por falar em quarto de solteiro, é muito legal ter nesse cômodo um mural com fotos dos amigos e
amigas tiradas em festas e viagens. A foto de toda a família junta também é indispensável.

Uma dúvida constante é sobre fotos de pessoas que já morreram. Devemos colocá-las ou não? A resposta é
sim. Devemos ter e guardar com muito carinho, saudade e respeito as fotos de pessoas queridos -em álbuns
ou porta-retratos.

No local de trabalho, para melhorar o humor e conseguir mais motivação, o ideal é colocar uma foto da
pessoa amada sobre a mesa ou na estante da sala. A tela de descanso do computador também pode exibir a
imagem dos filhos rindo ou a família toda unida

Outra foto que nos motiva no trabalho é aquele onde aparecemos recebendo um prêmio ou ministrando um
curso. Imagens como essa devem ficar em destaque na sua sala. Tire também fotos de todos os funcionários
que trabalham com você -em situações do cotidiano ou em festas- e coloque no mural de avisos. Você logo
verá a diferença no ânimo dos funcionários.

Quem pratica esporte tem como opção fotos de competições ou treinos. Elas sempre trazem um grande
estímulo no dia-a-dia.

Mas se você não tem o hábito de tirar fotos não tem problema. Saia imediatamente, compre uma máquina e
comece a registrar suas emoções e alegrias.

A causa oculta das doenças

Por trás de uma doença ou acidente sempre existe alguma energia agindo. Tendo pensamentos negativos
criamos em nosso mundo mental uma realidade que se materializa no nosso corpo. Portanto, aquilo que
pensamos -coisas boas e ruins- atraímos para nossas vidas.

O Feng Shui cuida e melhora a energia dos ambientes, mas para torná-los mais saudáveis temos de cuidar e
equilibrar primeiro nossos pensamentos. Em outras palavras, devemos fazer um Feng Shui pessoal e mental.

De acordo com a terapeuta holística Vera Caballero, que pesquisa o assunto, achar que a causa dos nossos
problemas está na crise econômica, na frente fria, no trânsito, na violência, no chefe, no marido ou na esposa
pode ser um grande engano. A principal causa dos nossos problemas e infortúnios está dentro de nós
mesmos, nos nossos pensamentos e crenças. Essa é a opinião de Louise Hay, que é uma das maiores
pensadoras norte-americanas da Nova Era e autora do livro "Você pode curar sua vida". No Brasil, esse livro
vendeu mais de um milhão de exemplares e ajudou a modificar a consciência de muita gente. Pessoas que,
conduzidas por padrões mentais negativos, deixaram-se levar pelas doenças e sentimentos nocivos.

Louise Hay aponta a crítica, o ressentimento e, principalmente, a falta de amor próprio como os grandes
causadores de enfermidades e todo o tipo de problemas em nossa vida. Criamos as doenças em nossa
cabeça e o corpo funciona apenas como um reflexo dos pensamentos, crenças e sentimentos. Ou seja, por
trás de uma doença existe sempre uma crença incorreta, como o uso de frases como "não sou bom o
bastante", "não vou conseguir", "sou culpado e portanto não mereço ser feliz", "nada para mim dá certo" e
"todos me perseguem"

Se você não acredita na teoria de Louise, saiba que ela curou um câncer fazendo afirmações positivas,
tratamentos alternativos e mudando sua forma de encarar a vida.

A seguir você vai conhecer o significado das principais partes do nosso corpo e identificar os padrões mentais
causadores de doenças. No entanto, isso não dispensa, de forma alguma, o tratamento médico convencional.
O ideal seria escolher um médico de sua confiança e, paralelamente ao tratamento, fazer uma análise
profunda da forma como você vê e se comporta diante da vida.

Ao resgatar sua auto-estima e adotar pensamentos positivos e otimistas, você estará criando condições para
que seu organismo reaja de forma mais rápida e favorável ao tratamento. Além de ajudar na recuperação
mais rápida, você também prevenirá o aparecimento de doenças futuras e construirá uma vida mais alegre e
próspera.

Cada dor tem uma história


Confira na lista a seguir o significado de cada enfermidade. Veja se o significado vale para você. Se não, fique
em silêncio, concentre-se e pergunte para si mesmo: "Que pensamentos criaram isso em mim?". Alguns
significados são até fáceis de serem detectados, outros estão em níveis tão profundos de nossa psique que
se torna necessária uma ajuda externa. Uma vez identificadas as crenças incorretas, começa uma nova
etapa: a superação das carências e medos, o fortalecimento do eu e a busca de uma nova filosofia de vida,
mais positiva, alegre e confiante.

 ACIDENTES: incapacidade de defender-se, rebelião contra a autoridade e crença na violência.


 ALCOOLISMO: sentimento de futilidade, inadequação, culpa e auto-rejeição.
 ALERGIAS: negação do próprio poder.
 ANEMIA: falta de alegria, não se sentir bom o bastante e hesitante.
 ANSIEDADE: falta de confiança no fluxo e no processo da vida.
 ARTERIOSCLEROSE: resistência, tensão, estreiteza mental e recusa em ver o bem.
 ARTICULAÇÕES: representam as mudanças de direção na vida e a facilidade desses movimentos.
 ARTRITE: sentimento de falta de amor, crítica e ressentimento.
 ASMA: amor sufocante; incapacidade de respirar por si; choro reprimido.
 BURSITE: raiva reprimida e vontade de agredir alguém.
 CÂNCER: mágoa profunda, ressentimento antigo, grande segredo; ódios.
 CELULITE: prisão a sofrimentos da primeira infância; dificuldade em avançar e medo de escolher a própria
direção.
 COLESTEROL: obstrução dos canais da alegria; medo de aceitar a alegria.
 DESVIOS DE COLUNA: incapacidade de fluir com o apoio da vida.
 INFARTO: abrir mão da alegria do coração em favor do dinheiro, posição, etc.
 DENTES: indecisão duradoura; incapacidade de analisar idéias e tomar decisões.
 DERRAME: desistência; preferência pela morte à mudança; resistência e rejeição da vida.
 DIABETES: tristeza profunda, amargura, grande necessidade de controlar.
 DOENÇAS CRÔNICAS: recusa em mudar, medo do futuro e insegurança
 ENXAQUECA: medos sexuais, resistência ao fluxo da vida ou desagrado por ser impelido por alguém.
 GASTRITE: incerteza prolongada e sensação de condenação.
 GARGANTA: criatividade sufocada, raiva engolida, incapacidade de expressão.
 GORDURA: proteção e supersensibilidade
 GRIPE: abalo forte no sistema imunológico causado por choque emocional.
• INSÔNIA: medo; falta de confiança no processo da vida e culpa.
 LABIRINTITE: medo de não estar no controle.
 MENOPAUSA (problemas): medo de não ser mais desejada, de não ser boa o bastante.
 MENSTRUAÇÃO (problemas): rejeição da feminilidade e dos órgãos sexuais, culpa
 TORCICOLO: teimosia inflexível.
 TUBERCULOSE: definhamento por causa do egoísmo, possessividade, pensamentos cruéis e vontade de
vingança.
 HIPERTENSÃO: problemas emocionais não resolvidos
 PRISÃO DE VENTRE: recusa em soltar velhas idéias; prisão no passado.
 REUMATISMO: sentimento de vítima, ressentimento, amargura crônica, falta de amor.
 SINUSITE: irritação com alguém próximo.
 ÚLCERAS: medo de não ser bom o bastante.
• VARIZES: excesso de trabalho e desencorajamento.

Cuide do quarto dos seus filhos

Se você perguntar para quem é pai ou mãe qual é a maior dádiva da vida deles, a resposta será uma só:
"Meus filhos". Seja qual for a idade dos filhos, para os pais eles sempre serão eternas crianças.

A principal preocupação dos pais é prover e dar aos filhos amor, boa educação, alimentação, carinho, um lar e
conforto. Mas o equilíbrio das energias ao redor dele é um item importante e pode ser conseguido por meio do
Feng Shui

O quarto, além de ser o local onde ficamos pelo menos um terço de nossas vidas, tem simbologia especial
para crianças e adolescentes. É nesse espaço que eles começam a criar seu próprio território, em que se
sentem seguros e começam a interagir e se integrar à sociedade, por meio das regras, deveres e obrigações.
É também no quarto que ele cresce, brinca, estuda, se veste, recebe os amigos, guarda seus pertences, "fala
com o mundo" -pelo telefone ou pela internet- e fica namorando.

Com algumas dicas do Feng Shui podemos tornar o quarto de nossos filhos um espaço com energia saudável
e equilibrado e, o melhor, respeitando seu universo e suas escolhas. Veja abaixo dicas e cuidados:

 Cuidado com os móveis de frente para a porta: evite que a cama fique de frente ou alinhada com porta do
quarto. A energia Chi, responsável pela energização dos cômodos, entra pela porta. Como esse fluxo é
constante, quando temos um móvel de frente para a porta ele recebe energia em demasia. O excesso de
energia pode provocar irritação, falta de motivação, sono em excesso e inquietude. Se o móvel alinhado à
porta for a mesa de estudo, isto poderá atrapalhar o desenvolvimento escolar da criança.

 Quarto da bagunça: existem dois tipos de "bagunça", a que o próprio filho faz e a que os adultos fazem. Se
a criança é a responsável, peça para que ela arrume. Ela tem de aprender sobre deveres e obrigações. Agora
se a bagunça for dos adultos este é um péssimo exemplo, que deve ser imediatamente corrigido.

 Banheiros: este é um pontos mais perigosos da casa por ser um ladrão de energia. Para que esse cômodo
não roube energia do quarto do filho nem dele, a porta do quarto não deve ficar de frente para o banheiro. Se
isso ocorrer, mantenha as duas fechadas. Se o quarto for suíte, mantenha a porta do banheiro fechada.
Verifique também se pela parede em que a cama está encostada não passam os encanamentos da privada e
esgoto. Se for o caso, a cama e seu filho estão ficando sem energia.
 Olhe para cima para evitar dores: muito cuidado com prateleiras e armários sobre a cama e a
escrivaninha. Quando isso ocorre, quem fica embaixo pode receber uma "pressão" energética sobre o corpo,
provocando dores no local.

 Cuidado com quartos no final do corredor: o corredor acelera o fluxo de energia Chi. Se no final do
corredor há um quarto, por exemplo, a energia que este cômodo recebe é muito forte, podendo deixar quem
dorme nele agitado, irritado, preocupado e com insônia. A melhor solução é manter a porta do quarto fechada
e pendurar uma esfera facetada no teto do corredor, em geral no lustre, e outra no batente da porta do quarto.

Estimulando as energias
 As cores: muita atenção na hora de escolher a cor que irá predominar no quarto da criança e do
adolescente. Algumas devem ser evitadas, como o vermelho, por ser muito vibrante, e tons escuros, que
podem deixar o ambiente sombrio e pesado. O azul claro pode deixar seu filho com excesso de sono. Procure
o equilíbrio das cores, mescle tons suaves, claros e pastel com tonalidades vibrantes e quentes. Uma cor que
estimula a mente e os estudos é o amarelo. Uma cor que ajuda na comunicação e desinibe seu filho é o
laranja, mas só use essa cor em detalhes.

 Estimule a auto-estima: é muito importante estimular a auto-estima dos filhos. Ela é facilmente alcançada
quando colocamos no quarto símbolos que nos estimulam. Podemos colocar nas paredes e prateleiras do
quarto medalhas e troféus que seu filho ganhou, o emblema ou foto do time para o qual torce e os pôsteres
dos conjuntos preferidos.

 As fotos: estimule seus filhos a fazer um painel de fotos da família e dos amigos em momentos de alegria.
O melhor local para colocar esse painel é na parede direita do quarto (à direita de quem está entrando no
quarto). Você pode colocar as fotos nas prateleiras da estante e na escrivaninha.

 Canto do estudo: podemos ajudar a estimular a energia do estudo, do conhecimento e da sabedoria


colocando a escrivaninha e o computador em áreas próprias para ativá-las. Um bom local para colocar a
escrivaninha é no meio da parede onde fica a porta do quarto -área das tarefas do Feng Shui. Podemos
também colocá-la na área da criatividade -no meio da parede do lado direito de quem entra no quarto. Outro
ponto interessante é o meio da parede em frente à porta de entrada do quarto -área do sucesso.

Saiba como evitar o "olho gordo"

Desde a antiguidade, os olhos são considerados "a expressão da alma". Órgão sagrado e de grande poder,
têm um potencial oculto e emitem energias que podem intensificar as palavras ditas. Um olhar dirigido e
penetrante pode reforçar uma mensagem ou um ensinamento. E, muitas vezes, sozinhos conseguem passar
toda a informação necessária.

Portanto, grande parte da energia gerada por nossos pensamentos e sentimentos é emitida pelos olhos. Além
de ser o "espelho da alma", o olho também é um grande emissor de magnetismo e energia.

Existem relatos de homens santos que, apenas com seu olhar, curavam os doentes. Isso nada mais é do que
uma energia de cura muito poderosa que é canalizada por meio dos olhos. Mas, infelizmente, nem só de
santos vive a Terra. Muitas pessoas desequilibradas emitem, pelo olhar, energia "desgovernada". Podem
matar plantas, murchar bolos, colocar quebranto em crianças pequenas, quebrar objetos, enguiçar máquinas
e provocar mal-estar em outras pessoas. Esse "fenômeno" é o conhecido "olho gordo".

Para a terapeuta holistica Vera Caballero, muitos consideram o "olho gordo" pura superstição, mas o tema já
era tratado por Lao-Tse, criador do Taoísmo, que viveu há mais de 350 anos antes de Cristo, e por Confúcio,
que viveu 600 anos antes de Cristo, -ambos na China

O "olho gordo" nada mais é do que a canalização, por meio dos olhos, de uma energia interna gerada pelo
desejo de possuir o que é dos outros e pela inveja, o que não deixa de ser um roubo de energia. Quem tem
"olho gordo" são aquelas pessoas que estão em permanente estado de descontentamento e que têm
complexo de inferioridade -mesmo que camuflado. Como não se julgam capazes de conseguir por mérito
próprio o objeto de sua cobiça, seguem lamentando-se de sua má sorte e nada fazem para construir uma vida
mais feliz.

"Pessoas assim podem ser consideradas vampiros de energia e estão ligadas aos baixos desejos, à
mesquinhez, ao egocentrismo e a uma série de assuntos internos mal resolvidos. Gostam de estar sempre
por perto e, diante de algum acontecimento, são solícitos e companheiros. Utilizam-se do recurso da
aproximação", diz a terapeuta.

Segundo Vera, nossa felicidade certamente incomoda muita gente e durante toda a vida nos veremos
obrigados a lidar com isso. Portanto, não adianta fugir nem fingir que não é com você. "Aprender a nos portar
diante do fato é o melhor que temos a fazer", afirma.

Em seus estudos sobre "olho gordo", Vera Caballero elaborou seis dicas para lidar com ele. Leia a seguir:

1- Há pessoas que costumam usar amuletos para evitar as energias negativas. Embora muitos não acreditem
em sua eficiência, na verdade, esses objetos são receptores de energias desarmoniosas. Apesar de
absorverem e neutralizarem essas energias, são de pouca valia se a pessoa que o usa vibre o mal ou tenha
baixa auto-estima.

2- Deixar a ingenuidade de lado também é muito útil nessas horas. Com um pouco de conhecimento, prática e
atenção é possível começar a pressentir as intenções dos outros, para não sermos pegos de surpresa. Isso
não significa ser malicioso e apenas ver o mal em tudo e em todos, mas com um pouco de sensibilidade
aprenderemos a nos posicionar de forma correta em cada situação, nos abrindo para quem merece nossa
confiança e nos colocando em posição de defesa em relação ao que não nos inspiram bons agouros.
O segredo é não se deixar levar pelas aparências, somente pela razão. A intuição e uma observação apurada
também contam muito. A partir daí, selecione seus amigos, saiba a quem confiar segredos e principalmente
determine quem deve ou não frequentar sua casa.

3- Outra dica boa é o uso de visualização criativa e do mentalismo. Imagine-se envolto em luz dourada, que o
torna invulnerável às investidas do invejoso. Aproveite também para mandar um pouco de luz para ele, afinal
a generosidade é uma energia que nos protege. Faça o mesmo com sua casa, animais e objetos de valor. O
azul é outra cor muito boa para a proteção: a cor do arcanjo Miguel

4- Em se tratando de "olho gordo", o mais importante é a postura da pessoa diante do fato. Seres de vontade
fraca, indecisos, medrosos e supersticiosos, que não se julgam merecedores de felicidade, são alvos fáceis
do invejoso. O fortalecimento interior é a melhor arma contra as investidas externas.

5- Outro aspecto importante é a naturalidade. Nada de esconder o carro novo, a promoção merecida e muito
menos os seus dons pessoais, nunca use de falsa modéstia, assuma com firmeza e merecimento as suas
riquezas. Por outro lado, também não caia no outro extremo, saindo por aí exibindo-se e atiçando a inveja dos
outros. Repito: a naturalidade aliada à segurança do senso de merecimento nos protegem da inveja alheia.

6- Nunca olhe para o invejoso com medo ou se sentindo inferior. Lembre-se que quem tem inveja é porque
não é feliz e não tem capacidade de conquistar o que deseja. A sua firmeza é que vai protegê-lo e o medo só
dará forças ao invejoso. Use e abuse do senso de humor. A alegria aliada à presença de espírito -sem
agressividade- cortam o padrão vibratório do invejoso, deixando-o sem ação. E não se esqueça: Nunca tenha
vergonha ou culpa por ser feliz.

Conheça as energias que vêm da terra

A Terra é um ser vivo e, como tal, emana uma série de energias próprias, chamadas de energia telúrica. A
emanação dessa energia ocorre a partir do centro da Terra, subindo perpendicularmente à superfície
terrestre. Como toda energia, afeta os seres vivos -plantas, animais e os homens- de forma positiva, como o
magnetismo, ou negativa, como veios d'água subterrâneos

É por isso que antigamente seguia-se uma série de regras antes de construir casas, vilas ou cidades. Os
antigos respeitavam a natureza, observavam os animais, investigavam e estudavam o terreno para determinar
se o local não era insalubre, evitando problemas futuros, como doenças e má sorte.

Por meio da radiestesia, astrologia e geobiologia, os antigos chineses praticantes de Feng Shui determinavam
com precisão os locais onde haviam emanação dessas energias nocivas, denominada pontos
geopatogênicos, conhecidos como "portas de saída do dragão" e "veios do dragão", onde havia rio
subterrâneo.

No entanto, por inúmeros motivos, esses estudos e cuidados foram esquecidos, principalmente no Ocidente.
A partir de 1970, surgiu uma nova ciência que se preocupa em estudar as diferentes relações entre o meio e a
saúde dos seres vivos: a geobiologia.

Essa ciência nasceu dos estudos e observações de vários radiestesistas que comprovaram a relação causa e
efeito entre a exposição às "emanações telúricas" e as alterações na saúde dos seres vivos.

Atualmente, a geobiologia usa informações obtidas por meio da astrofísica, geofísica, geologia, biologia,
hidrologia, eletrônica, das ciências alternativas, esotéricas e, principalmente, da radiestesia.

Um profissional de geobiologia, por meio de uma série de instrumentos, medições e estudos conseguem
determinar se o ambiente -residência, empresa, comércio ou terreno- está sendo afetado por alguma energia
nociva, de procedência telúrica. Ou seja, ele irá determinar se o ambiente está doente e desequilibrado, a
causa e foco da doença, os principais efeitos e as curas necessárias.

Um ambiente doente e desequilibrado pode causar em seus frequentadores:

 distúrbios emocionais e psíquicos


 estresse, tensão, nervosismo e agitação
 dificuldade e bloqueio de criação e concentração
 bloqueio, perdas e estagnação profissional
 perdas e bloqueio financeiro
 insônia e distúrbios de sono
 ansiedade e depressão
 retenção de líquidos
 dores de cabeça e no corpo
doenças

Principais focos da energia telúrica


Conhecido os efeitos nocivos, iremos conhecer os principais focos ou causas destas ondas nocivas.

Podemos dividir a Energia Telúrica em dois grupos distintos:


O primeiro grupo engloba pontos geopatogênicos, ou seja, pontos da terra doentes, que podem ser causados
por:

 veios d'água
 rios subterrâneos e cruzamentos destes rios
 fissuras geológicas
 cavernas e galerias subterrâneas
 tubulações e poços
 veios de metais
cruzamentos das linhas Hartman e Curry

Esses são os pontos problemáticos que nossos ancestrais conheciam e evitavam ao construir.

O segundo grupo engloba as radiações provenientes da tecnologia dos tempos atuais. Os aparelhos
eletroeletrônicos emitem uma série de ondas eletromagnéticas que causam problemas ao homem quando
exposto por muito tempo. Cuidado com:

 televisão, radio, radio relógio, celular


 computador, fax, maquina xerox, ar condicionado
 microondas, geladeiras, vídeo
 rede de alta tensão, antena parabólica, torre de celular, torre de radio e televisão

Se observarmos bem nosso ambiente de trabalho e residência, vamos perceber que estamos cercados por
estes aparelhos 24 horas por dia.

Dicas para combater as energias telúricas


Os problemas provocados pelas energias nocivas provenientes de aparelhos eletroeletrônicos em ambientes
fechados podem ser amenizados com os seguintes cuidados:

 evite concentrar muitos aparelhos próximos uns dos outros


 evite colocar muitos aparelhos perto de você
 coloque plantas e flores naturais perto de você e desses aparelhos
 coloque ao lado ou debaixo dos aparelhos um gráfico de radiestesia chamado SCAP

No caso dos pontos geopatogênicos, deve-se estudar com muita atenção onde esse ponto aparece em um
ambiente. Em muitos casos, é comum usar o gráfico de radistesia denominado Keiti.

Bagua mapeia energias do ambiente

O estudo da circulação das energias nos ambientes e o mapeamento e ativação dos pontos energéticos, por
meio do Baguá, constituem o trabalho de Feng Shui. Agora, começo uma série de artigos sobre a aplicação
do Baguá nos ambientes.

Mas o que é o Baguá? É uma figura octagonal, ou seja, tem oito lados, cada um deles conhecido como "gua",
que representa uma energia ligada a nossas vidas. Observando a figura fica mais fácil identificar os lados ou
"guas": do trabalho, da sabedoria, da família, da riqueza, do sucesso, do amor, da criatividade, dos amigos e
da saúde.

Essas energias estão em todos os ambientes, em pontos específicos determinados pela aplicação do Baguá
sobre a planta deste ambiente.

Como aplicar o Baguá e por quê?


Para aplicar o Baguá devemos seguir as seguintes instruções:

1-Desenhe o ambiente que deseja mapear, no tamanho próximo à figura do Baguá

2- Coloque o Bagua sobre a planta que desenhou, posicionando o "gua do Trabalho" sobre a porta de entrada

3- Assim que o "gua" do trabalho estiver posicionado sobre a porta de entrada, centralize o Bagua sobre a
planta toda, até que ele esteja "encaixado" na planta.

Após aplicar e posicionar o Baguá na figura desenhada da residência vamos notar que cada lado do Bagua
está localizado em um ou dois cômodos da residência, que são justamente os pontos energéticos de cada
"gua".

Quando localizamos os pontos energéticos, mapeamos em nossas residências, por exemplo, as fontes que
emitem um fluxo constante desta energia a todos os moradores da casa. Ou seja, em nossas residências
recebemos constantemente fluxos de energia, emitidos a partir de fontes energéticas, que são as áreas do
Bagua.

Para recebermos com mais intensidade essas energias e direcionarmos para objetivos que desejamos,
devemos fazer uma ligação entre nós e essas fontes do Bagua.

Para que um elo seja criado, precisamos "ativar" essa área, colocando em cada "gua" um símbolo que para
nós represente aquilo que desejamos. Por exemplo: imagine que em uma residência o "gua" do amor esteja
localizado no quarto do casal e que este casal queira mais amor e paixão porque acham que o
relacionamento está morno. Eles querem também mais segurança, paz e romance. Temos o que eles
desejam e sabemos onde está a área do amor na casa. Falta agora definir os símbolos que transmitam todos
os desejos do casal. Suponha que o casal escolheu os seguintes símbolos:

 Um quadro sensual, com um casal de amantes, colocado sobre a cama


 Edredron com desenhos flores (romantismo) em vermelho, branco e rosa (cores do amor)
 Uma foto do casal em momentos felizes

Aprenda a ativar todas as áreas do Baguá


Veja abaixo todas as áreas do Bagua e exemplos de como ativá-las por meio dos símbolos:

"Gua" do trabalho, carreira e comércio


Diplomas de faculdade, certificados de cursos, premiações

"Gua" da sabedoria e espiritualidade


 Livros, revistas e jornais
 Imagens de santos e anjos
 Pirâmides e incensos

"Gua" da família
 Porta-retrato com fotos de toda a família
 Ótimo local para colocar uma mesa de jantar (símbolo de união)

"Gua" da riqueza, prosperidade e abundância


 Aquário com muitos peixes ou fonte d'água
 Quadro com imagem de árvores frutíferas ou imagem do sol
 Um arranjo de girassol ou fruteira cheia de frutas

"Gua" da fama e sucesso


 Sol vermelho ou amarelo
 Premiações, diplomas ou fotos em eventos especiais

"Gua" do amor
 Coração vermelho ou rosa
 Flores vermelhas ou brancas
 Fotos do casal

"Gua" dos filhos e criatividade


 Fotos dos filhos ou figuras de crianças brincando
 Livros ou computador que ajudem a ativar a criatividade
"Gua" dos amigos
 Ótimo local de colocar um ponto de telefone ou internet
 Uma sala de visitas
 Anjos e querubins

"Gua" da saúde
 Plantas e quadros com muito verde e saúde

Veja quais são as "armadilhas" de uma casa


Descobrir as armadilhas escondidas em uma casa é tarefa possível apenas quando aplicamos o Bagua na
planta baixa desta casa. Portanto, veja a seguir quais são essas armadilhas, seus efeitos negativos e as
possíveis "curas" para cada caso.

 Quarto de bagunça: o nome desse cômodo já diz tudo. Sem dúvida, acumula energia estagnada por
guardar entulhos e objetos quebrados. Quando alguma área do Bagua cai nesse espaço significa que a
energia vital pode estar parada, desorganizada ou bagunçada. Imagine descobrir que sua contas estão
bagunçadas porque sua área da riqueza se encontra no quarto da bagunça... A melhor solução é arrumar
imediatamente todo bagunça e parar de chamá-lo de quarto da bagunça.

 Cômodos vazios ou quarto de hóspedes: em geral, esses cômodos têm pouca energia porque não são
muito usados. Quando a área do Bagua do amor cai nesse cômodo, significa que a vida amorosa pode estar
vazia, que a pessoa está só ou que a vida afetiva do casal anda devagar. Para corrigir esse problema, dê vida
ao local. Coloque computador, faça ginástica nesses cômodos, ligue o som, veja TV e tire uma soneca lá, de
vez em quando. Outra idéia é pintar as paredes de rosa, colocar a foto do casal ou da pessoa amada e, até
mesmo, namorar nesse local.

 Área de serviço: achar que esse local não afeta nada nas áreas do Bagua é puro engano. É na área de
serviço que costumamos ter dois tipos de problema: bagunça e vazamento de água. É preciso corrigir o
vazamento para evitar a fuga de energia. Se, por exemplo, a área da prosperidade cair aí, todo o dinheiro
ganho pode sumir.

 Área faltante ou área vazia: observe o exemplo em que aplicamos o Bagua na planta baixa de uma casa
de formato irregular (clique aqui para ver o Bagua aplicado sobre uma planta). Isso acontece quando
temos vários setores do Bagua caindo em áreas vazias da planta. Quando temos uma área faltante em algum
setor do Bagua, dizemos que essa energia não existe e por isso pode afetar negativamente seus moradores.
Por exemplo, se uma área faltante cair no setor do trabalho, as pessoas podem perder sempre o emprego ou
não receberem promoção no trabalho. A solução mais comum é de aplicar o Bagua em cada cômodo para
ativar as áreas faltantes.

 Banheiros: esse continua sendo o maior vilão de uma casa. Para quem não sabe, o banheiro é um grande
"ladrão" de energia. Quando um setor do Bagua se localiza no banheiro ou no lavabo toda a energia desse
setor vai pelo ralo. Se por exemplo, a área da amor cair em um banheiro, podemos concluir que há desgaste
no casamento ou problemas de relacionamento se a pessoa for solteira. Para evitar isso, coloque muitas
plantas e flores, use decoração em verde e amarelo e cerâmica, além de objetos e móveis de madeira natural.
Todos esses itens ajudam a elevar a energia do banheiro.

Com este artigo encerramos, por hora, o assunto Bagua. Na próxima coluna o assunto será a casa de cada
signo.

A Casa de Cada Signo

Não estranhe se ouvir seu decorador, paisagista, arquiteto e, principalmente, seu consultor de Feng Shui,
perguntar qual é seu signo. Essa informação ajuda o profissional a saber o que pode ser feito, onde e como,
direcionando o trabalho de acordo com o gosto do cliente e, o mais importante, fazendo com que ele se sinta
bem nesse ambiente.

Mas será que existe uma casa especifica para casa signo? E como seria a decoração da casa de áries, por
exemplo? Para ajudar a responder essas questões, fui consultar o astrólogo e Fabian A. Cubakowic.Fabian
afirma que é impossível ter uma casa ou ambiente com as características de um signo solar. Seria preciso
estudar o mapa astral da pessoa em profundidade para termos mais informações e detalhes. Sem contar que
em uma casa pode morar mais de uma pessoa, de signo e gostos diferentes. Portanto, cada uma teria de
decorar e arrumar seu "território" - o quarto.

Fabian explica que cada um dos doze signos é associado a um elemento, indicativo de uma série de dicas
para harmonizar a casa. Conheça cada um dos quatro elementos e a que signo está associado:

Elemento fogo - Áries, Leão e Sagitário


Os signos de fogo são ativos, entusiastas, impetuosos, corajosos, voluntariosos, extrovertidos e egocêntricos.
Eles vêem a vida como um campo aberto para a aventura e a exploração. Detestam a monotonia das coisas
planejadas e totalmente estruturadas. Gostam que o fogo da excitação os alimente, na verdade, precisam
dele. Nada de rotinas, de horários marcados, de resultados previsíveis. Se houver isso, com certeza, darão
um jeito de introduzir um elemento imprevisto, como um atraso, por exemplo.
Esse gosto pela excitação muitas vezes os torna "um pouquinho" exagerados. Nunca sentem um ventinho,
enfrentam um furacão.

Elemento terra - touro, virgem e capricórnio


Contato íntimo com os sentidos e com a realidade do aqui e agora material é a essência deste elemento.
Práticos, persistentes, resistentes, cautelosos, convencionais e um pouco céticos, são alguns dos adjetivos
mais usados para defini-los. Estão ligados na realidade concreta e material. São pragmáticos.
Os signos de terra apreciam as rotinas, as atividades estruturadas e organizadas. Precisam de um senso de
ordenamento em sua vida, de segurança material e uma estrutura estável. Caminham lenta e seguramente
em direção ao objetivo antevisto, pelo percurso previamente esboçado. Geralmente não têm tempo para
gastar com filosofias, pois estão muito ocupados tentando ordenar e estruturar o caos da realidade material a
fim de criar uma base estável e segura onde viver.

Elemento ar - gêmeos, libra e aquário


Expansivos, comunicativos, mentais e aéreos, é claro, assim são os signos de ar. Muito preocupados em
saber como as coisas são e por quê são assim, muitas vezes se esquecem do lado mais tedioso da rotina
diária e mesmo das suas emoções e sentimentos. Afinal, é tão mais gostoso viver no mundo das idéias, tirar
os pés do chão, voar, voar... Objetivos (a sua maneira), totalmente racionais, lógicos, vivem naquele espaço
onde as realidades são plasmadas em matéria mental, antes de se concretizarem.
Teorias e conceitos são seu alimento mais importante, e o gosto por trocar idéias e opiniões os transformam
nos signos mais sociáveis do zodíaco.

Elemento água - câncer, escorpião e peixes


Como a água, esses signos são plásticos, maleáveis e penetrantes. Para eles, as emoções são tão (ou mais)
reais que o chão sob seus pés. Extremamente sensíveis, podem se abalar com sutilezas que outros nem
sequer percebem.

Aparentemente calmos no exterior, geralmente têm um turbilhão emocional fervilhando em seu interior.
Gozam também da obstinação da água, nunca desistem antes de atingir seu objetivo.
Afeição e sensação de preenchimento emocional são o que mais buscam na vida, venha essa sensação de
um parceiro, de um filho, de uma religião, do dinheiro ou do poder. Geralmente pacíficos e afetuosos, se
afrontados ou ameaçados podem desencadear um maremoto.

E casa de casa signo, como será? Leia abaixo o que o astrólogo Fabian A.Cubakowic fala de cada casa:

 Áries: Para alguém tão ativo, talvez a primeira providência seja deixar os caminhos livres. Nada de móveis
entulhando as passagens dos quais se tem que desviar e nos quais se pode dar trancos que resultarão em
manchas roxas e bibelôs quebrados pelo chão. Por outro lado, na parte mais intima cores frias são altamente
recomendáveis, para auxiliar a "aquietar o fogo", relaxar e dar um descanso para nervos e músculos
estressados.

De maneira geral, tudo que seja prático e ajude a terminar mais rápido com as tarefas estafantes da rotina
diária é muito bem vindo. O estilo pode variar do "clean" ao ostentatório, mas sempre com cores vivas e sem
muitos rococós. Alguns objetos como espadas e adagas podem ser queridos, ou mesmo um antigo canhão no
jardim.

 Touro: Conforto e prazer sensorial são as normas nesse caso. Móveis de madeira, sofás e poltronas
espaçosos, uma hidromassagem no banheiro. No quarto, além de uma cama espaçosa, com colchão de
molas e travesseiros macios, lençóis de seda e um closet, além de uma penteadeira com as melhores
fragrâncias e os melhores cremes, inclusive os eróticos.
A cozinha é parte importantíssima da casa. Deve ser espaçosa, equipada com todos os objetos necessários à
confecção de obras primas culinárias.
Plantas são indispensáveis, principalmente se um jardim não for possível. Mas, importante mesmo são as
prateleiras e gavetas, para guardar tudo o que a taurina considera que pode ser útil algum dia e, portanto, não
deve ser jogado fora.

 Gêmeos: Tem uma (ou melhor, várias) estante cheia de livros? Tem televisão, home teather, um bom
equipamento de som, assinatura de TV paga, telefone e um computador poderoso com internet rápida?
Então, é o suficiente. Claro, uma poltrona confortável onde se possa ler, ver as últimas notícias, assistir filmes
e ouvir boa música também é muito recomendável. O resto é supérfluo.
Fácil perceber que o escritório, a sala de estar ou o espaço multimídia são os lugares que devem receber a
maior atenção. Além de televisões e telefones espalhados por todos os cômodos da casa. A casa geminiana é
uma central de informações plugada no mundo. Quanto mais automatizada, melhor, sobra mais tempo para
pensar. Porém, para a nervosa geminiana, também é imprescindível um quarto leve, de cores frias, para que
todo o sistema nervoso e a mente possam se refazer do trabalho de inteligir e acumular informações diário

 Câncer: A casa canceriana se assemelha a um colo de mãe. Tudo é aconchegante e acolhedor. Dos
móveis aos cheiros, tudo lembra a mamãe. Estão presentes detalhes como pantufas fofinhas, toalhas macias
e perfumadas, além de retratos de parentes espalhados por móveis herdados da família ou comprados em
antiquários, desde que sejam iguais aos da casa de infância.
A cozinha pode não ser das mais modernas, pois a canceriana talvez prefira fazer à moda antiga, botando
mãos à massa.
Porém, é importante que a parte íntima da casa seja resguardada e de acesso restrito, para preservar o
sentimento de segurança e privacidade que a sua intimidade exige.

 Leão: Da porta ao teto, com certeza a casa leonina mostra personalidade. Não importa muito qual a
opinião dos especialistas, se ela quer, é o que ela vai fazer. Clean e despojado não se aplicam aqui.
Grandiosidade, suntuosidade é a meta. Isso não é necessariamente ostentação, é apenas a forma como a
leonina encara o mundo: como algo grandioso e nobre. Assim, é natural que sua casa reflita essa visão.
Móveis estilo Luís 16 vêm bem a calhar, além de mármores e granitos, e muito dourado. Muitos espelhos,
carpetes espessos, quadros, tapeçarias e objetos de arte. Objetos que tragam conforto e prazer. Sim, conforto
é muito importante, mas com estilo. Na dúvida, o estilo prevalece.

 Virgem: Organizada. Essa talvez seja a maior característica de uma casa virginiana. Mais que os aspectos
decorativos -que também serão considerados, dentro de um padrão lógico e prático- o que será levada em
conta será a praticidade e a organização para a realização das tarefas rotineiras, além dos aspectos relativos
à saúde.

Estofados fáceis de limpar, utensílios que agilizem o trabalho na cozinha, materiais que facilitem a
higienização no banheiro, colchões semi-ortopédicos, tudo isso será levado em consideração. Ah, sim, é
óbvio, armários e móveis especialmente planejados para que cada coisa tenha seu lugar. Depois, tudo, dos
vasos às escovas de dente, será colocado cuidadosamente no lugar, onde deverá permanecer, até segunda
ordem, do mesmo jeito como foi colocado (aí de quem tirar um milímetro fora do lugar).

A Casa de Cada Signo - 2


 Libra: Harmonia e equilíbrio são as palavras-chave aqui. Nada de linhas pós-modernas de estilo
desconstrutivista, algo mais clássico vai bem melhor. Se tiver um vaso de um lado, deve ter outro igual do
outro lado. Cores mais neutras e suaves, numa decoração básica, com toques e detalhes originais que darão
o charme característico do signo.
Para esse signo de ar, a área social deverá receber atenção especial, provendo todo o necessário para que
seus convidados se sintam "em casa"
Obras de arte, tapetes, cortinas e estofados, tudo tem que combinar e estar simetricamente arrumado,
formando um conjunto harmônico e integrado. Conforto e praticidade devem estar presentes, mas, acima de
tudo, como diria o poeta, beleza é fundamental.

 Escorpião: Não é muito fácil descobrir o que agrada uma escorpiana, mesmo porque ela mesma faz
questão de não deixar isso muito claro. Afinal, para que você quer saber? Sendo assim, deve-se buscar ao
máximo montar ambientes preservados em sua intimidade. Área social e área íntima claramente definidas e
isoladas uma da outra são muito importantes.
Talvez ela queira estilos neutros para preservar suas opiniões, ou talvez queira deixar extravasar sua enorme
dramaticidade na decoração, mas, com certeza, um toque marcial estará sempre presente.
Uma banheira ou ofurô é recomendável, tanto para ajudar a relaxar esse rígido e exigente signo, como
também para ensiná-lo a ser flexível e fluido como a água, seu elemento.

 Sagitário: Tudo que for possível, ao mesmo tempo e no mesmo lugar! Claro, isso é uma brincadeira, mas
não fica muito longe dos desejos sagitarianos. Amplidão, variedade, liberdade de movimentos, são os
principais fatores a serem levados em consideração.
Bem, o que há na casa talvez não tenha tanta importância assim, mesmo porque a casa é um dos lugares
menos prováveis para se encontrar uma sagitariana. O maleiro pode ser maior que o normal. Talvez haja mais
malas que roupas no guarda-roupas.
Pode-se perceber que a casa deve estar adaptada para enfrentar os períodos em que ficará fechada,
enquanto sua dona viaja a procura de conhecimentos e novas experiências. Por falar em adaptação, tudo que
possa livrar a sagitariana das maçantes rotinas diárias é muito bem vindo. Para ela fazer duas vezes a mesma
coisa já é terrível, ter que repeti-las todo dia então, é impensável!

 Capricórnio: Para a austera capricorniana, uma casa deve ter, acima de tudo, sobriedade e eficiência.
Pragmática por excelência, ela troca sem pestanejar o que é mais bonito pelo que funciona melhor. Tudo é
organizado e estruturado para funcionar como um relógio, aliás, com certeza haverá muitos deles pela casa.
Também não será difícil encontrar antiguidades.
Porém, mesmo que seja preciso um grande esforço, é imprescindível que áreas de lazer e espaços lúdicos
sejam criados, para que a criança brincalhona que se esconde dentro de todo capricorniano possa vir à tona e
brincar, aliviando o estresse que a responsabilidade e a luta diária provocam.
Ah! E por favor, nada de escrivaninhas e computadores no quarto, certo?

 Aquário: Sim, sim, com certeza uma casa original. Nada do trivial cotidiano, inovar é a palavra, mesmo que
pareça excêntrica. De preferência com muita tecnologia. Para quê perder tempo com tarefas rotineiras, se
podemos por uma máquina para fazê-las por nós e termos mais tempo para pensar em como mudaremos o
mundo?
Como todo signo de ar, o contato com o mundo é priorizado. Televisão, computador, uma boa estante de
livros e uma poltrona devem estar sempre presentes.
Para a impessoal aquariana, plantas, um bichinho de estimação ou mesmo um aquário (sem trocadilhos),
podem ser bastante recomendáveis, ajudando-a a entrar em contato com seu próprio mundo emocional.

 Peixes: Ao se trabalhar com esse sensível signo aquático, todos os detalhes são importantes e deve-se ter
sempre muito claro o objetivo pretendido. Senão, a pisciana pode começar a ter problemas de insônia num
quarto amarelo, ou dormir no meio do filme numa sala azul-bebê. Qualquer pequeno detalhe tende a ter mais
efeito sobre seu humor do que possa transparecer à primeira vista.

Um canto tranquilo, com um altar ou oratório é muito importante para que a pisciana possa parar e entrar em
contato com seu centro interior, acalmar sua ansiedade e colocar suas idéias no lugar, com clareza e
objetividade.

Podemos encontrar anjinhos e duendes espalhados pelos cômodos, lembrando-nos que a vida, para a
pisciana, é muito mais do que julga nossa pobre racionalidade.

Conheça simbologia de sua casa

Por meio de um passeio, visitaremos cada cômodo de nosso lar, conhecendo suas simbologias e significados.
E, uma vez desvendados os seus segredos, aprenderemos a viver em harmonia com eles.

Chegamos ao artigo de número 40 desta coluna. Há quase um ano e meio, temos encontros quinzenais, onde
procuro "ensinar " um pouco da técnica do Feng Shui e o significado e simbologia das energias

Mesmo com muitas informações já publicadas, sempre recebo muitas perguntas sobre o "Significado,
Simbologia e Cuidados" com os cômodos de uma casa.

Por esta razão, resolvi escrever este artigo, falando de uma forma direta e objetiva, a simbologia dos cômodos
da sua casa. Mas não se esqueça: você pode se aprofundar no assunto, lendo os 39 artigos já publicados
nesta coluna

Os símbolos da casa - Sala, quarto, cozinha, banheiro... Cada um dos espaços de nossa casa tem um
significado que corresponde a aspectos importantes de nossa vida. Desvendando estes segredos, vamos
aprender a viver em harmonia com nosso lar e permitir que as energias da prosperidade -em todos os seus
aspectos- estejam sempre presentes.

Portão ou porta de entrada - são consideradas as "bocas" do terreno ou da casa. São eles que fazem o
contato entre a casa e o mundo exterior e controlam a qualidade e a quantidade de energia que vai entrar. Os
muros não devem estar rachados ou com pintura em mau estado. Isso revelaria pontos fracos na proteção da
família. Janelas nos muros não são aconselhadas e muito menos portões enferrujados, em desnível ou com
madeira comida.
O caminho que leva à porta de entrada deve estar sempre limpo, bem cuidado, iluminado e ter fácil acesso.
Além de ser convidativa e acolhedora, a entrada nunca deve apresentar obstruções e entulhos. A porta de
entrada também deve estar em bom estado, com maçanetas firmes e sempre desobstruída. Nunca coloque
móveis ou entulhos atrás das portas. Lembre-se: a entrada é o cartão de visita de sua casa tanto para as
visitas quanto para as boas energias.

Formato dos cômodos - no caso de uma residência, a melhor forma de se construir um cômodo ou mesmo
toda a casa é apostando no quadrado. Nele, a energia circula com mais facilidade, dificultando a existência de
um local onde ela fique presa e estagnada ou onde se possa formar um vazio de energia. As casas com
formato em "L" ou as construções irregulares não são aconselháveis. Mas nesses casos, um consultor de
Feng Shui pode encontrar maneiras de corrigir esses pontos fracos.

Sala de estar - vedete da casa e considerada por muitos o cômodo mais valorizado, seria aconselhável que a
sala estivesse localizada bem no centro da construção, onde se encontra o "coração" da casa. Não sendo
possível, o segundo cômodo favorável para ocupar o centro é o dormitório principal, mas nunca o banheiro, a
cozinha ou o porão. O ideal seria que a sala de estar recebesse atenção especial com relação ao equilíbrio de
suas energias.
Sofás e poltronas nunca devem estar de costas para a porta principal, mas sim voltados para ela numa atitude
receptiva para quem chega. Aliás, a disposição dos móveis deve obedecer a certos critérios que levem em
conta a recepção das energias e sua livre circulação pelo ambiente. Quando os móveis, pela sua disposição
incorreta, tamanho inadequado ou por número excessivo, obstruem a livre movimentação das energias no
ambiente, isso causa problemas para os moradores. O uso de cores adequadas, espelhos, sinos de vento,
fontes de água e outros recursos do Feng Shui ajuda a atrair e a movimentar adequadamente aos bons
fluídos na sala

Quartos - todos nós sabemos muito bem o que significa uma noite mal dormida. Além dos prejuízos para a
saúde física, acaba influenciando negativamente em nossas vidas profissional e afetiva, obstruindo os canais
criativos e espirituais. Daí a necessidade de um extremo cuidado com a saúde energética desse cômodo tão
vital para nós. Um quarto deve ser ao mesmo tempo relaxante e capaz de propiciar um ambiente agradável e
excitante para um casal, de modo que, ao fazerem amor, se sintam sensuais e, após o ato, relaxados e
felizes.

Muitos casos de problemas de coluna, insônia, depressão e ansiedade são ocasionados pela incorreta
localização da cama. Objetos eletrônicos devem ser evitados, na medida do possível, e o computador e a TV,
cobertos com um tecido preto para neutralizar as ondas magnéticas que emitem mesmo desligados. Todos os
objetos que lembrem trabalho devem ser retirados do quarto de dormir. Lembre-se sempre: quarto
bagunçado, noite agitada.

Cozinha - este é o local da casa em que as energias se propagam no sentido de gerar prosperidade e riqueza
para os moradores. Qualquer problema nesse cômodo pode, então, prejudicar as finanças da família. A
localização da cozinha na planta da casa é de vital importância tanto para proteger e atrair a prosperidade
material quanto para preservar seus moradores dos excessos alimentares. E o fogão é, sem dúvida, a grande
vedete da cozinha. Seu bom estado de limpeza, conservação e localização são muito importantes. Muito
cuidado deve ser tomado em relação a vazamentos de água, limpeza e ordem dos armários e despensa, e
certos alimentos como o arroz, o sal, frutas, milho e o mel também atraem boa fortuna.

Banheiros - a água simboliza fartura e dinheiro, e é justamente o banheiro o local onde a água sai da casa. É
neste cômodo que depositamos todas as nossas impurezas. Local Yin por natureza, se mal localizado, pode
atrair e mandar embora todas as boas vibrações da casa. Embora muito cômodas, as suítes não são
aconselháveis, uma vez que, se a cama estiver alinhada com o vaso sanitário (os dois estiverem na mesma
parede), o morador, com certeza, terá problemas sérios de saúde. A cozinha (fartura) também deve estar
afastada do banheiro. As portas devem sempre permanecer fechadas, assim como a tampa do vaso sanitário.
A limpeza e utilização de cores adequadas é de suma importância, assim como manter plantas no local

Corredores - são as veias da casa. São eles que ligam os diversos cômodos, permitindo que entre eles haja
uma boa troca de energias. Assim, se os corredores não respiram, toda a casa pode sufocar. Já os corredores
muito compridos acabam por acelerar demais as energias, causando nervosismo e desequilíbrio nos
moradores, principalmente em quem dorme no quarto que fica no final do corredor e acaba por tornar-se
demasiadamente excitado. Nesse caso, o ideal é colocar quadros nas paredes, tapetes com estampas ou
objetos de decoração, que teriam o efeito de diminuir a velocidade da energia Chi. O excesso de portas em
um corredor também não é muito positivo, uma vez que pode gerar diversidade de opiniões contraditórias e
grande desperdício de energias, resultando em desarmonia entre os familiares.

Escadas - as escadas servem como túneis por onde a energia de uma casa flui de cima para baixo, fazendo
um intercâmbio energético na vertical. Nesse caso, as escadas com degraus vazados são desaconselháveis,
uma vez que dispersam as energias e as em espiral causam confusão. As escadas nunca devem estar no
centro da casa e muito menos dirigidas para a porta de entrada, pois são como uma queda d'água que se
dirige para fora levando toda a energia com ela. Vasos de plantas, luminárias, biombos e esferas facetadas
são algumas das curas propostas pelo Feng Shui para equilibrar a energia das escadas.

Portas e janelas - são, respectivamente, as bocas e olhos da casa. Das portas já falamos e para as janelas o
Feng Shui recomenda cuidado especial com a limpeza e vidros que facilitem a visualização do cenário
exterior. Nada de vidros quebrados ou rachados. Caso contrário, este descuido pode se refletir em problemas
visuais em seus moradores, bem como a falta de horizontes e perspectivas. As portas são como as bocas dos
pais, enquanto as janelas são as vozes das crianças. Por isso, não se devem construir cômodos em que o
número de janelas seja superior a três para cada porta da casa. Se isso acontecer, coloca-se um sino atrás da
porta principal do aposento, e que toque todas as vezes em que a porta se abrir. Desta forma, as crianças
ouvirão as vozes de seus pais, depositando confiança e respeito em suas palavras.

Os animais protetores do Feng Shui

A escola das formas é considerada a mais antiga, tradicional e aplicada nas consultorias do Feng Shui
contemporâneo. Essa escola tem como objetivo analisar, ler e interpretar as formas e energias explícitas ou
sutis da paisagem e do relevo local.

Nessa análise tudo é considerado importante: as formas do terreno, o tamanho e formato das montanhas, os
padrões locais do clima, o fluxo d'água, qual a visão que se tem na direção de cada ponto cardeal etc.

Antigamente, na China, quando se escolhia um local para a construção de uma moradia todos esses fatores
eram analisados. Assim, podia-se determinar pelas formas terrestres em volta de determinado local quais
eram os "guardiães" do local.

Cada "guardião" tem significado, simbologia e energia própria, representando aquilo que buscamos para uma
moradia e seus habitantes.

Esses "guardiões" são conhecidos como "Os Animais Sagrados" ou "Os Animais Protetores" do Feng Shui.
Conheça abaixo esses animais sagrados, sua simbologia e função que desempenham em uma casa:

Serpente: é o local principal ou central onde se construía uma casa. Desse ponto central, analisava-se todo o
relevo em sua volta. A serpente ao centro está sempre em alerta, estável, observando e vendo tudo o que
ocorre. Sempre pronta para agir e tomar decisões rápidas. É protegida à volta pelos outros animais.

Tartaruga: é um animal de casco duro, passa energia de proteção e segurança. Está localizada nas costas ou
na parte de trás da casa. Transmite também energia de estabilidade, poder, autoridade e firmeza. Em geral,
era representada por uma montanha bem alta.

Dragão: era um animal muito especial para os chineses pois representava a reencarnação de reis com origem
divina. Representa a sabedoria, a intuição e a sensibilidade. Canaliza as energias sutis, celestiais e o contato
com as divindades. Está localizado à esquerda da casa e era representado por uma montanha alta.

Tigre: é um animal que representa força física, emoções, instinto de preservação, ação e reação. Ágil,
dinâmico e feroz, quando necessário. Está localizado à direita da casa e é representado por uma montanha,
mais baixa que a do dragão.

Fênix: é um animal que representa a capacidade de visão, de ver os horizontes, as oportunidades, de sonhar,
nossas metas e objetivos. Está localizada na frente da casa, onde podemos ver as paisagem ampla. Passa
idéia de liberdade e futuro.

Aplicação dos animais sagrados hoje


Para facilitar a aplicação do conceito dos "Animais Sagrados do Feng Shui" nos dias atuais, preparei alguns
exemplos práticos que aplico em minhas consultorias. Veja:

Casas térreas ou sobrados: nem sempre conseguimos aplicar todos os conceitos dos animais sagrados em
uma casa pela falta de uma área externa, por exemplo. Mesmo assim, vale a pena conhecer a aplicação em
uma residência:

Serpente: á a própria casa

Visão da Fênix: representa a frente da casa ou a porta de entrada. Aí está localizado o futuro, os sonhos, os
projetos e as oportunidades de toda família. Procure ter uma boa visão externa deste local.

Casco da tartaruga: está no fundo da casa. Para ter a proteção desejada, basta ter uma construção mais alta
que a casa. Pode ser a casa ou prédio vizinho, uma edícula, árvores ou muro bem alto

Dragão: fica à esquerda da casa (parado no centro da casa, olhando na direção da frente do terreno). Nesse
local iremos ativar a proteção divina de nossa casa, nossa intuição e sensibilidade. O dragão pode ser
representado por uma casa vizinha, maior que nossa, por um muro alto ou por árvores altas.

Tigre: fica à direita da casa. Podemos ativar nesse local a energia de sobrevivência, ou seja, força e animo
para trabalhar. O tigre pode ser simbolizado por um muro ou árvores mais baixas que o lado do dragão.

Apartamento: este é o caso mais complicado de se aplicar as técnicas dos animais sagrados. Não temos
espaço externo para trabalhar essas energias. O que dá para ativar é a visão da fênix, ou seja, a porta de
entrada. Em geral, ao abrirmos a porta do apartamento damos para o corredor ou hall do elevador.

Procure decorar esse local com muitas flores, plantas e uma pintura especial nas paredes. Caso não seja
possível, coloque um sensor de luz que, ao abrir a porta, seja ativado para iluminar seu futuro e suas
oportunidades.

Escritório de trabalho: podemos, com facilidade e sucesso, aplicar os animais sagrados em nosso local de
trabalho. Basta seguir o roteiro abaixo:

Serpente: é a sua mesa de trabalho. É o local onde você deve ficar atento a todos e a tudo que ocorre a sua
volta, para tomar decisões rápidas e desenvolver um bom trabalho.

Casco de tartaruga: para se sentir protegido, seguro e firme em seu trabalho, posicione sua mesa e cadeira
perde de uma parede. Essa parede irá representar a energia da tartaruga. Para transmitir energia de
autoridade e poder, utilize uma cadeira com encosto bem alto. Se atrás de sua mesa houver uma janela, você
conseguirá representar a tartaruga com uma cortina fechada, com uma estante alta ou com uma planta
também alta.

Dragão: está localizado à esquerda de sua mesa (olhando para a mesa a partir de sua cadeira). Em geral,
para ativar esse animal colocamos uma estante ou armário alto (pode ser uma planta). Em último caso,
coloque um dragão pequeno, no lado esquerdo de sua mesa

Tigre: fica à direita de sua mesa. Você pode ativar esse animal colocando móveis baixos como, por exemplo,
um arquivo, plantas, ou um tigre pequeno sobre sua mesa, à direita.

Visão da Fênix: é a visão do que está à sua frente ou à frente de sua mesa. A sua visão deve ser a mais
ampla possível. Atenção, se você trabalha em uma mesa onde fica de costas para a sala e olhando só para
uma divisória ou parede, tome as seguintes providências:

1) Retrovisor: instale um espelho nesta parede, como um retrovisor de carro. Assim você verá tudo o que
ocorre atrás de você

2) Belas paisagens: cole na parede em frente a você vários pôsteres ou gravuras com belas paisagens.

O poder da mente

Quem nunca passou pela experiência de desejar muito alguma coisa -um carro melhor, outro emprego, uma
viagem, reencontrar um amigo ou um novo amor- e teve este desejo realizado, como se fosse uma magia?
Essa "magia" nada mais é que o poder da mente, que com seu potencial infinito é responsável por tudo aquilo
que o homem faz e cria. Usando o poder da mente colocamos energia em um sonho, meta ou objetivo, com
grandes chances de realizá-los.

Diante de tanta força, dois princípios universais devem ser lembrados sempre: "você colhe aquilo que planta"
e "querer é poder". Em outras palavras, quando desejamos algo, o primeiro passo é ver, imaginar e visualizar
essa vontade em nossa mente.

Por exemplo, se o objetivo é passar as próximas férias em uma praia, não adianta só dizer para sua mente
"férias na praia", pois esta informação é muito ampla e, ao mesmo tempo, vaga. Você precisa ser objetivo e
dar o máximo de informações à sua mente: "quero passar minhas próximas férias, em julho de 2003, nas
praias do Recife".

Definido o objetivo, comece a visualizá-lo em "sua tela mental" como se fosse um filme projetado na tela de
cinema. Imagine-se nas praias do Recife, tomando sol, mergulhando -feliz e realizado. Veja as cores, sinta os
cheiros e aromas no ar, a brisa e o calor. Quando se consegue essa projeção mental, colocamos "emoção" no
sonho porque acreditamos nele

É neste momento que o "querer é poder". Quando realmente queremos algo, precisamos ter o poder de
acreditar que vamos realizá-lo. Se duvidarmos não vamos conseguir alcançá-lo. Dizer "não" à nossa mente é
o primeiro passo para nada se concretizar. Acreditando nos sonhos, vamos "plantar", ou seja, "agir".

E que é agir?
Nada mais é que colocar toda energia para concretizar um objetivo. Se o sonho é uma viagem, é preciso
trabalhar mais, guardar dinheiro para as férias, ler artigos sobre pontos turísticos, visitar uma agência para
saber das promoções de férias e pesquisar hotéis. Veja três dicas:

1- visualize o que quer


2- acredite no que quer
3- plante e aja para concretizar o sonho

Atualmente, há muitas técnicas e exercícios para desenvolver o potencial de nossas mentes. Conheça alguns:

O baguá da fortuna
O interessante do exercício do "Bagua da Fortuna" é a possibilidade de visualizar vários objetivos simultâneos
em nossas vidas. O bagua é uma figura de oito lados, dividido em oito quadrantes, em que cada quadrante
representa uma área da vida: trabalho, sabedoria, família, riqueza, fama, amor, projetos futuros e amigos

No bagua pode-se ver perceber mais detalhadamente sua forma e quadrantes. O primeiro passo do exercício
é desenhar um bagua, como o da figura anexa, em uma cartolina grande. No desenho vamos colar imagens
do que queremos.

Por exemplo, se o objetivo é comprar uma Ferrari Vermelha, recorte uma foto do carro e cole no quadrante da
riqueza. Se a intenção é arrumar um novo amor até junho de 2003, coloque corações vermelhos e casais
apaixonados no quadrante do amor.

O próximo passo é definir um horário e, diariamente, olhar, mentalizar, visualizar e acreditar em cada objetivo,
agindo para alcançá-lo. Deixe o bagua exposto em casa ou no trabalho, para que você possa olhá-lo e
mentalizar o sonho.

Quando a maioria dos objetivos forem concretizados, mude o bagua, que pode e deve ser montado em
qualquer época do ano. Que tal montar um ainda hoje com seus objetivos para 2003?

Para encerrar este artigo, conheça cada quadrante do bagua e seus objetivos:

 trabalho, carreira e negócios: neste quadrante temos de visualizar nossa promoção no trabalho, aumento
de salário, novo emprego, ampliação dos negócios, abertura de uma empresa ou negócio próprio e aumenta
nas vendas
 conhecimento e sabedoria: ótimo quadrante para visualizar um curso de pós-graduação, de
especialização, técnico ou para obter mais conhecimento profissional e pessoal
 família: visualize neste quadrante união, amor e segurança na família, o casal, filhos e parentes. Para
quem está noivo e deseja casar e para quem quer ter filhos
 riqueza e prosperidade: neste quadrante visualize aumento nos ganhos e bens materiais
 fama e sucesso: mentalize prestígio e reconhecimento no trabalho, sucesso de uma empresa, marca ou
negócio e fama em todas as áreas da vida
 amor e relacionamento amoroso: para mentalizar um novo amor ou paixão, para quem quer mais paixão,
amor, tesão e sexo no relacionamento atual ou mais união e paz nos relacionamentos
 projetos futuros e filhos: é o quadrante de objetivos e sonhos futuros, aqueles que chamamos projetos de
vida. É também o quadrante da gravidez ou de quem está planejando ter filhos.

Prepare-se para receber 2003

O final do ano se aproxima e traz junto uma lista de desejos para 2003. Nesta época, não é raro ver até os
mais céticos fazendo simpatias para atrair boas energias para o Ano Novo.
Por isso, a coluna de hoje relaciona várias dicas de como preparar sua casa ou empresa para receber as
boas energias de 2003.

Purificando o ambiente
A primeira atitude a tomar para receber o Ano Novo é fazer uma limpeza energética, ou seja, purificar o
ambiente. Essa purificação é necessária, pois não podemos começar uma nova fase em nossas vidas tem ao
nosso lado antigas energias.

 Amoníaco: Para limpar sua casa, você precisará de um borrifador de plantas e amoníaco de farmácia. No
borrifador, pingue 11 gotas de amoníaco e complete com água. Espirre essa solução em todos os ambientes
da casa ou empresa. Ao mesmo tempo, faça alguma oração e mentalize o que você deseja para 2003.

 Sete ervas: Uma das formas de purificar os ambientes é pela defumação. Você pode "limpar" sua casa,
defumando-a com incensos de "sete ervas". Pegue sete varetas do incenso de sete ervas, ascenda e ande
por todos os ambientes da casa, sempre orando e mentalizando a limpeza energética.

Para quem não conhece, o incenso de "sete ervas" é composto por arruda, guiné, alecrim, espada de São
Jorge, comigo-ninguém-pode, pimenteira e manjericão. Outra opção é o incenso espiritual ou o incenso de
igreja

Proteção dos ambientes


Para proteger o ambiente, use um vaso de flores brancas naturais e um vaso de sete ervas no corredor ou na
sala de entrada. Eles vão filtrar as energias ruins, protegendo nossos ambientes
Colocar uma imagem de seu santo protetor na entrada de casa é outro meio de proteger sua casa e sua
família. Pelo Feng Shui, podemos fixar na porta de entrada, do lado de fora, um bagua com espelho no centro.

Atraindo nossos objetivos


Ja que falamos muito sobre plantas e ervas, vamos usar as cores das flores para atrair nossos objetivos em
2003:

 amor e paixão: flores naturais vermelhas, brancas e rosas


 sucesso e fama: flores vermelhas e amarelas
 paz e tranquilidade: flores brancas
 auto-estima: flores vermelhas, amarelas e laranjas

Os cheiros que trazem boas energias

Lembra quando você comprou ou ganhou aquele carro dos seus sonhos? O que mais lhe marcou? O cheiro
do carro novo. Lembra quando você mudou para a casa nova, abriu uma empresa ou reformou sua casa? O
que mais lhe marcou? O cheiro da pintura. Se você está na rua e sente aquele aroma de bolo de fubá o que
isto te lembra? O café com bolo de fubá que nossa mãe ou avó servia quando éramos criança. E o perfume
que usamos no encontro com o nosso primeiro grande amor, que até hoje não esquecemos?

Não posso dizer que o "olfato" é o sentido mais importante, mas que ele tem poder...

O olfato está ligado diretamente às nossas emoções, pois quando um cheiro chega às nossas narinas
automaticamente é registrado em nosso cérebro, ativando e alterando nosso estado físico, mental e espiritual.
Quantas vezes não nos pegamos melancólicos e tristes e resolvemos ascender um incenso de alfazema ou
rosa para sair do baixo astral? O cheiro do incenso está associado a alguma lembrança muito positiva que
vivemos no passado.

É por isso que tratamentos realizados à base de fragrâncias naturais, a aromaterapia, tem alcançado bons
resultados. Segundo a terapeuta Vera Caballero, esses tratamentos são relativamente baratos, simples e
muito agradáveis. Afinal, quem não gosta de usufruir de um aroma gostoso e reconfortante? Mas é preciso
estar atento a alguns fatores importantes.

Em primeiro lugar, os óleos aromáticos devem ser de boa procedência, já que um produto sintético ou
adulterado não promove os resultados desejados. É também aconselhável consultar um terapeuta para que
ele determine o conjunto de aromas mais indicado para o seu caso e a dosagem adequada. E, por fim,
lembre-se que nenhuma terapia faz milagres, ela é apenas mais um elemento que vem para ajudar e reforçar
o seu poder de decisão e força de vontade.

Os cremes para o corpo e óleos para massagem são muito usados. Basta pingar algumas gotas de essência
em cremes ou óleos neutros. O tratamento também pode ser feito na hora do banho, com a utilização de
sabonetes líquidos com óleos essenciais. Outra opção é o uso de travesseiros terapêuticos recheados com
ervas aromáticas e complementados com os óleos essenciais

Já para os ambientes, podem ser usados aromatizadores, velas aromáticas e sprays, que além de tirar os
cheiros de cigarro, elevam o padrão do ambiente e também influenciam positivamente as pessoas que
frequentam o local. O próprio terapeuta indicará qual o melhor método para cada caso.

O mais importante de tudo é saber qual o "cheiro" indicado para melhorar a energia do ambiente, do momento
e da pessoa, ou seja, nossa energia.

Selecionei uma lista de fragrâncias e incensos com a utilidade e função. Veja:

Incensos
 Acácia: um ótimo incenso para ser usado nos locais de trabalho e negócios
 Madeira: muito usado para desatar "nós" ou abrir caminhos
 Rosa: muito usado para atrair amor ou ativar o relacionamento afetivo. Pode ser usado para acalmar os
ambientes
 Amêndoa: usado para limpeza energética de ambientes
 Alecrim: usado para limpeza de ambientes
 Ópio: ótimo incenso para energizar objetos e ambientes
 Almíscar: potente incenso para ascender ou inflamar as relações amorosas
 Jasmim: muito usado para criar uma atmosfera amorosa e romântica
 Benjoim: pode ser usado para proteger os ambientes e atrair sucesso
 Lótus: incenso da paz
 Patchuli: para quem quer grandes paixões
 Sândalo: muito usado para quem quer meditar ou orar
 Mirra: usado para limpezas energéticas
 Flor de laranjeira: ótimo calmante quando se sente o ambiente nervoso
 Mil-flores: usado contra o olho gordo e a inveja
 Dama da noite: para encontros amorosos
 Maçã: muito bom para saúde, alegria e amor
 Campestre: estimula a intuição e atividades mentais
 Canela: atrai justiça

Vaporizadores e borrifadores
As essências aromáticas naturais têm características analgésicas, estimulantes, sedativas, anti-viróticas,
expectorantes, estimulam as defesas do organismo e atuam poderosamente sobre o equilíbrio das emoções.
Tudo isso confere às essências uma grande capacidade de aliviar diversos males como dores de cabeça,
problemas digestivos, ansiedade, tensão, impotência, problemas de pele e menstruais, entre outros.

Podem ser utilizados em massagens, banhos, vaporizadores, difusores, em forma de cremes, loções, sprays,
podendo atender tanto as necessidades pessoais quanto as de um ambiente específico.

Use o borrifador de água para plantas com água mineral ou filtrada e cerca de 15 a 20 gotas do óleo essencial
que desejar usar. Agite bem antes de borrifar os ambientes.
O aromatizador é um instrumento que todas as pessoas têm em casa ou no trabalho. Basta colocar algumas
gotas da essência desejada e ascender a vela que fica embaixo para que ambiente fique energizado com a
fragrância.

Conheça algumas destas essências:


 Gerânio: dá coragem para enfrentar momentos de mudanças
 Ylang-Ylang: aumenta a auto-estima e o amor próprio
 Olíbano: traz sensação de proteção e aconchego e limpa as vias respiratórias
 Vetiver: incentiva a força de vontade e a certeza, combatendo a insegurança
 Manjerona: acalma o coração agoniado
 Bergamota: controla o apetite e combate a depressão
 Lavanda: traz equilíbrio e diminui a ansiedade
 Eucalipto: promove a limpeza das vias respiratórias
 Menta: bom para usar nos ambientes para tirar cheiros
 Citronela: essência de purificação ambiental
 Âmbar: tônico sexual
 Camélia: aumenta o amor e as paixões
 Baunilha: estimula a sensualidade
 Lavanda: aproxima os amantes
 Verbena: alivia todos os tipos de conflitos
 Cravo: renova as energias
 Sândalo: eleva a espiritualidade
 Limão: é tonificante
 Pinho: aumenta a atração
 Jacinto: aumenta a intuição

Quando uma área do bagua cai no banheiro


Muitos leitores que leram as colunas sobre o Bagua e aprenderam a aplicá-lo sobre a planta de suas casas
tiveram a mesma dúvida: "Como ativar a área do Bagua que cai no banheiro?"

O grande problema do banheiro, assunto já abordado em outras colunas, é o fato de ele ser um cômodo que
rouba energia. Por isso, quando uma ou mais áreas do Bagua caem em banheiros e lavabos é preciso fazer
alterações nestes cômodos para que os outros setores da nossa vida não sejam afetados negativamente.

Veja quais são as situações negativas que já encontrei em minhas consultorias quando as áreas do Bagua
caem no banheiro:

 Área do trabalho: Em geral, nota-se que o rendimento no trabalho cai. A prometida promoção não
acontece, não se consegue mudar de emprego e a toda hora alguém fica desempregado.

 Área do conhecimento: Não se aprende novos métodos de trabalho; não é possível preparar-se para
provas e concursos e o rendimento escolar das crianças é muito baixo. Não há vontade para ler nada.

 Área da família: Em geral, encontram-se muitos conflitos e desgastes nos relacionamentos familiares.

 Área da prosperidade: O dinheiro entra e some, "sai pelo ralo", ou seja, o desaparece com uma série de
imprevistos em nosso orçamento. Temos dificuldade para fazer negócios ou receber dinheiro já ganho. O
trabalho mingua.

 Área da fama: O prestígio e fama no trabalho não são reconhecidos. Falta ânimo, pois a auto-estima fica
baixa. O sucesso na empresa ou em negócios emperra ou não decola.

 Área do relacionamento afetivo: Os namoros não decolam, o casamento está desgastando por motivos
fúteis e você e seu parceiro só brigam.

 Área dos filhos e futuro: A comunicação com os filhos está "estranha" e o filho anda meio rebelde. Não
projetos para o futuro em nenhum setor da vida.

 Área dos amigos: Você não tem nenhum amigo de confiança nem colegas para bater papo. Ninguém
lembra de você na hora de viajar e nem o convida para festas.
 Área da saúde: Gripes, dor de cabeça e chateações constantes. Falta pique e as doenças demoram para
passar.

A função do banheiro é retirar, pelos canos de esgoto da privada e da pia, toda a sujeira nele depositada.
Diante dessa finalidade, simbolicamente o banheiro acaba roubando a energia da área do Bagua que nele se
encontra.

Além disso, o principal elemento do banheiro é a água, cuja polaridade é negativa (Yin). Isso faz com que a
energia do banheiro seja puxada para baixo, o que provoca a fuga de energia dos vários setores do Bagua.

Por isso, antes de ativar os setores do Bagua em um banheiro é preciso cessar o roubo de energia e fazer
sua energia ser mais Yang (positiva)

Como evitar a energia estagnada e a fuga de energia


 Mantenha o banheiro sempre arrumado e limpo
 Tenha cuidado com a pintura e a cerâmica do banheiro
 Evite bagunça neste cômodo, como manter roupas e toalhas jogadas pelos cantos
 Arrume os vazamentos. Cano furado é sinal de perda de energia. O mesmo vale para infiltrações, mofo e
umidade
 Feche os ralos e tampo da privada
 Mantenha o local arejado e iluminado

Como tornar a energia do banheiro mais positiva (Yang)


 Se a água ajuda na fuga de energia o que pode-se colocar no banheiro para represar a água? Terra. No
Feng Shui, o elemento é representado pelas cores amarelo e suas variáveis, além dos tons de terra. Coloque
vários objetos, toalhas e pinturas com essas cores. Não esqueça também de colocar vasos de cerâmica
-material que vem da terra.

 O elemento madeira precisa muito do elemento terra para crescer, para ficar mais Yang. Por isso, objetos
e móveis com cor de madeira podem ser usados no banheiro. Outra opção é usar a cor da madeira, que é o
verde. Use então plantas e flores naturais nos banheiros, além de objetos e toalhas verdes.

 Muita luz e vento são bem-vindos.

 Para tornar a energia do banheiro mais Yang, use dois instrumentos do Feng Shui: pendure uma esfera
facetada no ponto de luz ou um sino de vento de metal no teto.

Dicas para ativar as áreas do Bagua no banheiro


 Área do trabalho: Para quem gosta de ler no banheiro, colocar revistas e livros ligados à profissão é uma
ótima alternativa. Colocar o boneco da profissão é outra dica. Plantas fortes e robustas, que crescem para
cima, podem representar o sucesso no trabalho.

 Área do conhecimento: A leitura de livros e revistas neste cômodo ativará esta área do Bagua. Velas e
símbolos esotéricos ativam a espiritualidade. Objetos, decoração e toalhas verde e azul esverdeado ajudam a
ativar esta área. O elemento Terra rege essa área, que pode ser ativada por formas quadradas, objetos de
cerâmica e cores amarelo e tons de terra.

 Área da família: Coloque um porta-retrato com a foto da família. Se você for mais tradicional, use um
quadro com a figura de uma casa. Como o elemento que rege esta área é a madeira, cuja a cor é verde,
podemos ativá-la colocando móveis e objetos cor de madeira ou verde, bem como plantas e flores naturais.

 Área da prosperidade: Objetos, ornamentos e decorações douradas e amarelas ativam esta área do
Bagua. Para os brasileiros, um grande símbolo de riqueza são as matas. Ou seja, coloque muitas plantas
naturais e que crescem para cima. Abuse de flores amarelas, vermelhas e laranjas -cores de riqueza. Use um
sol dourado, uma estrela amarela ou um arranjo de girassol.

 Área da fama e sucesso: Esta área pode ser ativada com objetos, ornamentos e utensílios dourados,
amarelos e vermelhos. Sucesso lembra brilho e luz. Por isso, temos de caprichar na iluminação -artificial ou
natural. Abuse das flores vermelas, amarelas e laranjas. Quanto mais quente, melhor. Não podemos esquecer
que o elemento fogo rege essa área. Velas de todos os tipos e tamanhos devem aparecer neste cômodo. Não
esqueça de colocar a figura do sol, estrelas e uma esfera facetada.

 Área do relacionamento afetivo: Coloque flores vermelhas, brancas ou rosas -cores do amor. Essas cores
podem se repetir nas toalhas e objetos decorativos. Pares e casais são sempre bem-vindos: duas
saboneteiras, um par de toalhas etc. Para aquecer o amor, velas vermelhas sempre em pares. Pedras rosas,
vermelhas e lilás dão uma charme final.

 Área dos filhos e criatividade: Quem rege esta área é o elemento metal. Objetos e utensílios de metal,
como alumínio, prata, cobre e ferro, podem ser usados em luminárias, torneiras e molduras de espelho.
Branco e tons pastéis também podem ser usados para ativar essa área. Revistas e livros que estimulem a
criatividade são boas alternativas. Brinquedos ativam a área dos filhos.

 Área dos amigos: Ter um ponto de telefone no banheiro para falar com os amigos é uma maneira original
de ativar esta área do Bagua. Coloque presentes e lembranças de amigos ou de viagens feitas com eles. O
elemento Metal rege esta área. Por isso, use objetos de metal.

 Área da saúde: Ative-a com muito verde -plantas e flores-, amarelo e tons terra. Coloque também uma
esfera facetada.

O fogão e o cofre

 Após usar o fogão você o limpa com o devido cuidado?


 Você tem usado todas as suas bocas?
 As bocas e o forno estão funcionado bem?
 Você cozinha muito no fogão de sua casa?

Se você respondeu não para uma ou mais perguntas, pode ter certeza de que está tendo problemas com na
área da fartura. Para o Feng Shui, o fogão é o "cofre" da casa, um dos pontos mais importantes e que pode
afetar todos os moradores.

Todos têm um "cofre" ou um "caixa forte" em casa, pronto para nos ajudar a prosperar. Para tanto, basta
tomar alguns cuidados.

A cozinha, principalmente por causa do fogão, é considerada o segundo ponto mais importante da casa pelo
Feng Shui -o primeiro é a porta de entrada. Veja porque o fogão é tão importante, ao ponto de influenciar a
área da prosperidade, da saúde e da riqueza:

 O elemento do fogão é o fogo, que significa energia Yang, positiva, quente, dinâmica e criadora. É neste
fogo que preparamos os alimentos que vão nos nutrir e alimentar. Os alimentos contém energia vital para
trabalhar, vitalizar e equilibrar nossa saúde.

 O elemento fogo está associado às riquezas, pois é pelo fogo que conseguimos obter as peças de ouro
mais puras, após sua fundição.

Para saber como cuidar do seu "cofre" veja algumas dicas:


 todas as bocas do fogão e o forno devem estar em perfeito estado de funcionamento. Nada de bocas
sujas ou entupidas

 mantenha o fogão sempre limpo

 não posicione o fogão sob uma viga exposta no teto da cozinha. A viga "corta" a prosperidade do fogão.

Nesse caso, mudar o fogão de lugar é a solução mais fácil


 procure usar todas as bocas do fogão para atrair mais oportunidades e prosperar

 verifique se o fogão não está alinhado ou próximo de algum vaso sanitário. Ele provoca o roubo de energia
e, no caso do fogão, da prosperidade. Se isso ocorrer, tire o fogão desse alinhamento. O mesmo vale para
canos de esgoto ou fossas alinhadas ou passando debaixo do fogão

 evite ter lixo ou lixeira ao lado fogão. O lixo rouba a prosperidade do fogão. Afaste o lixo do fogão, ou
mantenha a lixeira sempre vazia

 o fogão não deve estar ao lado ou de frente para a geladeira ou a pia. A pia e a geladeira representam
elemento água (Yin). Quando estão alinhados com o fogão, que é o elemento fogo (Yang), há uma briga de
energia que, com certeza, afetará a prosperidade.
 se não for possível mudar o fogão de posição, coloque entre ele e a geladeira ou a pia, objetos verdes, de
madeira ou cerâmica, como panos verdes, toalhas verdes, potes verdes ou de madeira, vasos de cerâmica
etc.

 para dobrar a força do fogão, coloque atrás dele um espelho pequeno. Ele dobrar sua abundância e
riqueza ao refletir as chamas

 quem está cozinhando deve ver tudo que ocorre atrás de si. Por isso, mude a posição do fogão para ter
uma visão completa da cozinha, ou coloque um sino de vento na porta para saber se tem alguém entrando.
Outra opção é colocar um espelho perto do fogão.

Cozinha: templo da riqueza

Embora a sala seja o cômodo da casa "preparado" para receber os convidados e reunir a família, a cozinha
quase sempre rouba a cena e acaba se transformando no principal ponto de encontro das residências. Para o
Feng Shui, além de a cozinha ser o local onde os alimentos são preparados é também fonte de energia e
vitalidade.

Nem todos têm um "olhar" simples sobre a cozinha. No imaginário de cada um, esse cômodo pode ganhar
outros sentidos:

 ateliê de arte: onde obras da culinária são preparadas


 laboratório: onde pratos são pesquisados e inventados
 confraria: onde os amigos se reúnem para conversar e saborear bons pratos
 clube da Luluzinha: onde homem não entra
 sala da criatividade: onde os cinco sentidos ajudam a criar pratos imaginários
 sala da emoções: onde as emoções afloram e o amor pela culinária é exposto por meio de pratos
apaixonantes
 área do terror: é aquele local de terror para quem detesta cozinhar, mas tem de abrir um enlatado ou
descongelar o alimento para não passar fome

No livro "No Amor, Todo Cuidado é Pouco", a autora Nancillee Wydra diz que "as pessoas que cozinham sem
receita geralmente são ousadas em todas as áreas" e que "dar de comer a uma pessoa é dar-lhe o nosso
afeto".

Para a autora, "a energia de uma cozinha revela a vitalidade e auto-estima do proprietário." A energia desse
cômodo depende de fatores como:

Sinais favoráveis
 fruteira com frutas frescas ou vaso de flores
 tapete perto da pia
 exposição de utensílios, potes e panelas
 potes com ervas

Sinais desfavoráveis
 desleixo
 toalhas ou esponjas com sujeira
 louça por lavar
 saco com a comida do cão ao lado da fruteira
 geladeira vazia
 armários com poucos produtos

Cuidados com a cozinha

Reunir a família e os amigos na cozinha é uma forma de resgatar lembranças e sensações da infância. Por
isso, a cozinha têm de ser um lugar convidativo. Segundo o Feng Shui, esse cômodo deve ter janelas que
tragam iluminação natural e ar puro, fatores que promovem o movimento da energia "Chi".
Cozinha é sinônimo de prosperidade e riqueza. Portanto, a abundância tem de saltar aos olhos. A despensa,
os armários, o balcão, a fruteira e a geladeira devem ter sempre comida. Quanto mais alimentos, mais
próspera se sentirá a família. Outro símbolo de riqueza na cozinha é o fogão, tema da última coluna

Muito cuidado, se morar em sobrado, para que o banheiro não esteja sobre a cozinha. Se isso ocorrer, o
banheiro e a privada podem roubar a prosperidade da cozinha. O mesmo acontece quando a porta da cozinha
fica de frente para a do banheiro ou lavabo. A solução é manter sempre as portas fechadas.

A sala de jantar deve ficar ao lado da cozinha. Quanto maior a distancia, maior será a perda de energia dos
alimentos preparados. Não é aconselhável que a cozinha seja visível da porta de entrada para que os
moradores não tenham fome a toda hora e para que ninguém inveje sua prosperidade e abundância.

Saiba como atrair sucesso e fama profissional


Quando você pergunta para uma pessoa o que ela deseja para sua vida profissional, em geral as respostas
são: sucesso, vitórias, conquistas, fama, prestígio, felicidade e realização. Mas será que com essa diversidade
de expressões as pessoas não estariam falando da mesma coisa? Tais palavras não teriam o mesmo
significado?

Para começar, vejamos o significado de cada uma destas palavras em seu sentido mais amplo.

"Sucesso" significa concluir, realizar; ter bom resultado ou êxito profissional. "Vitória" é o ato ou efeito de
vencer um obstáculo, de ter triunfo ou êxito em qualquer campo de ação. "Prestígio" é a superioridade pessoal
baseada no bom êxito individual em qualquer setor de atividade. "Realizar" quer dizer pôr em prática, efetuar,
criar. "Felicidade" é ter bom êxito e sucesso; ter boa fortuna.

Uma simples consulta ao dicionário nos mostrou que sucesso, vitória, prestígio, realização e felicidade em
geral estão integrados e interligados, mas fama, que significa notoriedade pública, nem sempre está
associada a esses outros elementos. Ou seja, ter fama não significa, necessariamente, ter sucesso ou
vitórias.

Separar o desejo de ter sucesso e vitórias do desejo de ter fama é fundamental. Para explicar melhor essa
diferença, cito as observações feitas pela psicóloga Suzy Fleury, no livro "Competência Emocional" ( Ed.
Gente).

Ao pesquisar profissionais bem sucedidos em várias áreas de atuação, Fleury observou que existem
características comuns ou um padrão mental que se repete nas pessoas que conseguem resultados
excepcionais de sucesso.

Uma característica comum à idéia de sucesso é a de que somos conhecidos e reconhecidos pela qualidade
daquilo que fazemos. A imagem de uma pessoa vencedora passa pelo reconhecimento individual ou público
do que ela realiza na vida.

Para a psicóloga, é importante perceber que os conceitos de sucesso e de fama são complexos e, muitas
vezes, até polêmicos. Ser uma pessoa de sucesso é diferente de ser famosa. Conhecemos gente famosa que
não é , necessariamente, bem-sucedida.

O verdadeiro significado das conquistas e vitórias está na capacidade que cada um tem de estar
constantemente construindo, ao longo de toda a jornada, uma vida de realizações, em que a felicidade pode
ser encontrada nos mais diferentes momentos. Um verdadeiro vencedor é capaz de escrever sua história ao
longo da caminhada.

Ser um vencedor tem, então, relação direta com o prazer e a sensação de felicidade que podemos ter em
nossos corações. Ser um vencedor é buscar, durante toda a existência, a felicidade e a realização onde quer
que estejam.

Como materializar algo que nem sabemos o que é?

Em todos estes anos em que atuo como consultor de Feng Shui, é muito comum as pessoas não saberem o
que querem quando falamos de sucesso e fama. Sempre queremos e desejamos muitas coisas na vida, mas
não sabemos descrever ou exemplificar concretamente esses desejos.
É muito comum eu chegar em um escritório, aplicar o baguá no ambiente, determinar a área do sucesso e da
fama e, na hora em que peço para meu cliente ativar esta área de sua vida profissional com símbolos
pessoais que representem tudo o que ele deseja ou quer do sucesso e da fama, em geral ele não sabe o que
colocar.

A maioria das pessoas quer ter sucesso, mas não sabe com o quê ou como obter. Daí vem a dificuldade de
se escolher um símbolo e, consequentemente, as frustrações.

Para ativar esta área da vida há duas sugestões simples:

 Aplique novamente o baguá no seu escritório ou na sua casa

 Descubra a área da fama e do sucesso e coloque símbolos que estão diretamente ligados aos seus
objetivos

Vivendo sempre em paz


Infelizmente, o tema paz só volta com força total aos noticiários e nas conversas de nosso cotidiano quando
uma guerra como a do Iraque acontece e sacode toda a energia mundial. Efeitos da globalização...

Analisando bem, quantas guerras que não estão sendo travadas no momento em todo o Mundo: A guerra no
Afeganistão, a guerra contra guerrilha na Colômbia, a guerra na Palestina, a guerra urbana nas cidades
brasileiras e mundiais e a guerra do dia-a-dia para sobreviver.

Quando se levanta a bandeira de um conflito, imediatamente se ergue com a mesma força uma bandeira pela
paz e harmonia.

Se a coalizão EUA-Inglaterra decidiu pelo conflito armado, invadindo o Iraque para derrubar Saddam Hussein,
para se alcançar a paz, nunca eles imaginavam que milhões sairiam às ruas para fazer centenas de
manifestações pelo mundo, movimentando as pessoas.

Que energia fantástica é esta se movimentado pelo planeta Terra, em busca da paz mundial.

Mas, se cada um de nós não buscarmos a nossa paz pessoal, provavelmente muitos conflitos ainda irão
ocorrer nas gerações futuras.

A guerra pessoal

O ser humano todos os dias sofre uma série de influências e pressões, seja no trabalho ou em casa, na vida
particular, que fazem com que ele fique sempre nervoso, inquieto, irritado, estressado, ansioso, de mau
humor, depressivo, amargurado, triste, sem tesão ou vontade de trabalhar ou de se cuidar ou de namorar.

Estou chamando a atenção porque todos nós, em maior ou menor grau, vivemos todos os dias um ou outro
tipo de conflito particular.

Estamos vivendo um estado de guerra. Só que uma guerra particular ou pessoal, que infelizmente pode e esta
acabando aos poucos com nossa energia pessoal, afeta a saúde mental, física, emocional e espiritual.

E, para acabar com esta guerra pessoal, só vejo dois caminhos:

1. O isolamento total da sociedade;


2. Buscar a paz vivendo em sociedade

Sobre o primeiro caminho, tenho pouco a escrever. Não sei se alguém hoje em dia está muito disposto a se
isolar no meio de uma ilha ou montanha para alcançar sua paz pessoal.

Antigamente, os seres iluminados faziam este retiro com muito sucesso. Mas não sei se este método é o mais
eficaz nos dias atuais, pois, muitas vezes, o isolamento total só fará, no máximo, adormecerem os nossos
conflitos

O mais coerente hoje é o segundo caminho, aprender a conviver com nossa guerra pessoal, mas levantando
a bandeira pela paz pessoal.
Em busca da paz pessoal

E como se chega à paz pessoal, afinal? Como se alcança esta energia de paz e harmonia pessoal? Ótimas
perguntas, mas não tenho totalmente as respostas para elas!.

Poderíamos encontrar respostas ao analisar o sentido ou a energia da paz.

Para muitos, paz é tranquilidade e segurança. Então, eu estaria sempre em paz no conforto de meu lar, na
segurança de minha residência, junto de minha família.

Paz pode ser, para outros, sinônimo de amor. Sempre iria ver a paz sobre minha mesa de trabalho, toda vez
que olhar para a foto de meus filhos, do marido ou da mulher, da namorada ou da família, a quem eu amo
muito.

Talvez esteja aí a resposta de onde vem tanta paz e tranqüilidade, especialmente naquele dia em que tudo
dava errado na empresa e quase você ia pedir as contas. Mas aquela foto sobre a mesa lhe trouxe paz e
razão para refletir e sorrir dos problemas.

A paz, ainda para outros, é encontrada na prática de esportes. Quem corre, anda, nada, joga bola, tênis, vôlei
ou basquete ou malha na academia, sabe muito bem que além de um corpo sarado, fica em um estado de
calma profunda.

A paz pode ser alcançada também por meio de um hobby. Quantas pessoas que relaxam e ficam em
harmonia em uma pescaria, dançando, indo ao cinema, cantando, cozinhando, fazendo artesanato, lendo ou
indo a sebos para buscar suas raridades.

Para muitos, a paz é um estado de espírito, que pode ser alcançado através da meditação, ioga e tai-chi-
chuan.

Muitos encontram a paz torcendo pelo seu clube de futebol. Que brasileiro não ficou alegre e em estado de
graça quando o Brasil foi pentacampeão no ano passado? Que torcedor não ficou admirado e não vibrou com
o jovem time do Santos e os dribles de Diego e Robinho no final do Brasileiro do ano passado?

Paz é alegria. A alegria de ter um trabalho. A alegria de ter amigos. A alegria de amar e ser amado. A alegria
de estar vivo. A alegria de ter saúde. Paz é sorrir. Sorrir para adversidades. Sorrir para os obstáculos. Sorrir
diante a uma perda. Sorrir diante a um choro.

Paz é dizer sim. Sim para as coisas que você deseja fazer. Sim para quem você ama. Sim para as belezas e
boas energias da vida. Paz também é dizer não. Não ao negativismo. Não ao baixo astral, às pessoas
invejosas e chatas. Não às guerras e conflitos pelo mundo.

Atraindo a energia da paz

Segundo o Feng Shui, podemos dispor de vários símbolos para ativar e trazer paz nos ambientes de trabalho
ou nas residências.

Veja abaixo alguns exemplos:

1. Flores brancas ou rosas;


2. Fotos da família;
3. Fotos de pessoas que amamos (marido, mulher, namorado, namorada etc);
4. Uma paisagem de mar aberto com céu azul ao fundo;
5. Um quadro com muitas flores;
6. Um coração branco;
7. Uma imagem de Cristo e de são Franscico de Assis, para quem é católico;
8. Uma imagem de Buda;
9. A pomba da paz;
entre outros.

Na verdade, a paz é um estado constante de busca de equilíbrio interior, que não é fácil de se manter, mas
fácil de se tentar alcançar.
Perguntas de Feng Shui: caso queira fazer perguntas ou saber mais informações sobre o assunto, entre em
contato pelo e.mail fvct@uol.com.br.

Muita Paz!!!!!!

O melhor escritório para cada signo


Quando escrevi o artigo "A Casa de Cada Signo", procurei mostrar as principais características, gostos e
energias de um signo e que é possível decorar um ambiente ativando e harmonizando a energia de uma
residência, deixando a casa com a cara, estilo e gosto do signo.

Aí veio uma indagação: Será possível montar um escritório ou ter uma mesa ou um canto de trabalho com
boas energias e em harmonia, conforme a energia e as características de cada signo?

Sim, é possível colocarmos uma série de elementos e símbolos ligados a um signo em um ambiente de
trabalho para melhorar a energia do local e, por consequência, o rendimento profissional. É o que afirma o
astrólogo e terapeuta floral Fabian A. Cubakowic.

Para Fabian, o ideal para se ter um escritório com a energia do profissional que ali trabalha é fazer e estudar
seu o mapa astral e, a partir disso, ter uma radiografia completa de quem é a pessoa e de sua personalidade,
com os pontos positivos e negativos.

Com o mapa astral em mãos, iremos ativar os aspectos positivos e arrumar e equilibrar os pontos negativos,
no próprio ambiente de trabalho.

Quando não temos este mapa ou não temos uma sala só nossa de trabalho, podemos energizar alguns
pontos do nosso ambiente de trabalho, por meio de algumas dicas básicas de cada signo.

O próprio Fabian selecionou os principais aspectos de cada signo e como podemos melhorar a energia de
nosso ambiente de trabalho.

O signo e seu canto de trabalho

Áries
Para este ígneo e impulsivo signo, o que normalmente não falta é estímulo. Sua vida é movida por desafios,
muitas vezes pulando sem olhar o tamanho do buraco. Por isso, em seu ambiente de trabalho são
aconselhadas cores mais suaves, mais frias, que favoreçam seu relaxamento, uma maior reflexão e a
diminuição da tensão e da velocidade. A foto do namorado ou da mulher num canto da mesa acalma suas
tensões e aquece a paixão.

Touro
Quanto mais confortável o ambiente, maior o rendimento do sensorial taurino. Uma decoração mais clássica
agrada mais do que projetos pós-modernos, sem esquecer das plantas. A mobília deve ser sólida e resistente.
Sendo sua principal motivação a obtenção de segurança e conforto materiais, manter junto de si símbolos
dessas conquistas sempre são um estímulo a mais. Não será difícil encontrar na mesa ou num canto do
escritório vários porta-retratos com toda a família (filhos, mulher, avós etc).

Gêmeos
Escritório não é bem o lugar onde um geminiano mais gosta de ficar, mas desde que tenha que ficar ali,
quanto menos objetos de distração para sua mente voadora, melhor. Sendo motivado por conhecimento e
comunicação, fax, telefone, internet, devem estar à mão, além das outras eventuais fontes de informação
necessárias ao seu trabalho. Colocar fotos de suas viagens, com a namorada ou a família, são formas de
estimular e acalmar este signo.

Câncer
O que move o canceriano são seus vínculos emocionais. Uma foto de sua família, marido/mulher,
namorado/namorada e dos filhos na mesa ou no escritório, é uma das maneiras mais agradáveis para
estimular este signo. Se for uma empresa familiar, colocar aquela foto bem antiga dos avós, da empresa ou
dos pais fundadores mexem muito com seu emocional. Também objetos que remetam à solidez de suas
raízes. A limpeza e proteção energéticas são bastante importantes, pois pode haver tendência a absorver
muito a carga do ambiente.
Leão
Autoridade e comando são qualidades que agradam ao leonino. Qualquer símbolo de autoridade, seja nos
objetos de decoração até na disposição dos móveis, devem identificar o seu comando, seu domínio e ajuda
na segurança e estabilidade de poder que esse signo necessita sentir para produzir e criar em seu máximo
potencial, independente de qual seja sua função. Uma parede com cores cítricas ou berrantes, uma estante
ou parede cheio de premiações ou uma mesa ou cadeira enorme podem representar estes símbolos de
poder.

Virgem
Não há como negar que o virginiano se dá bem entre arquivos, pastas, papéis e escaninhos onde tudo tem
seu lugar certo. Quanto mais organizado o ambiente, melhor. O lema de trabalho do virginiano é: "ordem e
limpeza sempre!". Atenção aos detalhes; são seus objetivos de vida. Assim sendo, a simplicidade pode ser
menos estressante, deixando sua mente mais leve para se concentrar nos detalhes de sua função, que será
sempre cumprida com extrema competência. Ambientes amplos e claros facilitam o trabalho deste signo.

Libra
Um tapete ou quadro de cor destoante pode colocar todo o rendimento de trabalho do libriano a perder, lhe
deixando irritado e nervoso (às vezes inconscientemente). Tudo deve ser harmonioso e simetricamente
combinado. Alguns detalhes em cores vivas (vermelho e amarelo, por exemplo) podem ser recomendáveis
para ativar a ação física desse signo de tendência fortemente mental. Fotos de familiares e amigos no seu
ambiente de trabalho estimulam muito este signo.

Escorpião
O ambiente ideal de trabalho para escorpião deve ter neutralidade, nada espalhafatoso, mas, principalmente
passar um ar de privacidade. Essa deve ser a diretriz mais importante para o escorpiano se sentir em paz e
confortável para render seu máximo. Sendo um signo passional, quanto mais o ambiente despertar sua
paixão pelo que faz, maior será seu rendimento. Os aromas também são parte importante do conjunto devido
ao olfato bastante sensível do escorpiano.

Sagitário
Sagitário tende a ser dispersivo, agitado, nervoso e ansioso. Assim, seu ambiente de trabalho deve favorecer
a concentração da atenção. Sua motivação provém em grande parte de ter sempre novas metas e novos
objetivos a alcançar. A sensação de liberdade, de autonomia, é fundamental para sua produtividade. É
aconselhável substituir o café por chá de ervas. Muito cuidado com as cores muito fortes nos ambientes para
não deixar este signo mais agitado. A melhor medida é implantar cores suaves.

Capricórnio
Nada como um painel com o fluxograma representando a estrutura da empresa ou um gráfico onde o
capricorniano possa ir ticando as etapas do projeto atual no qual está envolvido conforme forem sendo
realizadas. Ao lado deste painel, com certeza iremos encontrar o logo da empresa, as premiações, a
verificação ISO 9000 e a foto da família, ou seja, tudo que lhe traga segurança e realização. Neste ambiente,
irá sempre prevalecer a sobriedade e a praticidade. O que não pode faltar são a agenda, o calendário e um
bom e belo relógio. Se for antigo, melhor ainda.

Aquário
Tecnologia de ponta, originalidade e vanguarda são as diretrizes do escritório aquariano, mantendo uma
estrutura capaz de ser completamente remodelada a qualquer momento. É importante que haja todas as
condições para que o aquariano se sinta o mais possível livre de rotinas. Quanto mais descompromissado,
mais sua criatividade pode se manifestar. Irá render muito mais se o ambiente for bem iluminado, amplo,
arejado e limpo. Um quadro com paisagem e céu aberto do lado da mesa do aquário já resolve o problema.

Peixes
Em primeiro lugar, um ambiente de trabalho deve passar a sensação de segurança. Tudo que facilitar a
concentração no aqui e agora ajuda este signo imaginativo e dispersivo, mas talvez o mais importante seja o
cuidado com a limpeza energética, principalmente se o local for de grande circulação de pessoas, pois o
pisciano tende a ser muito aberto às influências externas e pode carregar consigo muito lixo que não lhe
pertence.

Faça sua bagunça valer ouro


Pela ótica do Feng Shui, ter objetos, roupas, sapatos, aparelhos eletrônicos, utensílios domésticos, CDs e
livros guardados ou jogados em algum canto da casa é um claro sinal de que há energia estagnada.Energia
parada em ambientes ou residências significa que as pessoas que moram ali têm um ou mais pontos de sua
vida em desarmonia.

Essa situação fica muito clara quando, ao aplicar o Bagua, descobrimos que um desses pontos do Bagua fica,
por exemplo, no quarto da bagunça, aquele cômodo onde guardamos roupas, sapatos, utensílios e
eletrodomésticos novos e semi-novos comprados por impulso, rejeitados não ficou bom ou saiu de moda.Os
dias passam e quando se perceber, uma das áreas do Bagua acabam sendo bloqueadas energeticamente.
Para ajudar a entender esse estrago, veja alguns problemas mais comuns na área do (a):

- Trabalho: não arruma ou muda de emprego nem tem ânimo para trabalhar
- Sabedoria: não aprende com facilidade nem tem animo para estudar
- Família: desarmonia da relação familiar
- Riqueza: rombo no orçamento, má administração das contas da casa
- Sucesso: não é promovido, ninguém reconhece seu trabalho e há baixo auto-estima
- Amor: desgaste na relação, não arruma namorado(a)
- Criatividade: não tem "pique" para criar ou pensar
- Amigos: eles somem, não consegue falar com aquele amigo que pode lhe abrir portas profissionais

As curas
- desativar o quarto da bagunça, arrumando-o
- ver o que realmente tem serventia ou ainda será usado
- doar o que não vai ser usado
- transformar esse cômodo numa dispensa da residência
- guardar o que for necessário e o que for realmente usar

A fonte do problema
Quem gera bagunça em casa ou na vida é você mesmo. Todo homem tem necessidade e desejo de ter bens
materiais -isso é fato. Mas o que pode ser um grande problema é querer ter, comprar ou ganhar todos os tipos
de bens, sem saber se realmente eles são necessários. Veja exemplos:

Qual é a vantagem de uma pessoa ter em casa quatro caixas fechadas de jogo de panelas anti-aderentes,
guardadas no armário, se as que estão em uso estão praticamente novas?
- Que vantagem tem o artista de novela em dizer que tem mais de 50 pares de sapatos?
- Que vantagem temos em guardar durante mais de dez anos presentes do casamento que nunca usaremos?
- Qual a vantagem em ter gavetas, armários e closet cheios de roupas que nunca usamos?

Notem que em nenhum dos exemplos citei bens ou pertences de nosso uso diário. Chamo atenção para
objetos que estão parados na sua casa, sem uso. Quando você compra um objeto e o usa, é claro que depois
de um tempo irá haver o desgaste natural. Aí você vai e compra outro objeto e doa o antigo, fazendo a
energia girar.

Mas ao comprar um objeto e não usar, você simplesmente está segurando a energia da prosperidade,
acumulando bens desnecessários e impedindo que a economia gire.

Devemos sempre deixar espaço em nossas gavetas e armários para as novidades e prosperidades entrem.
Portanto, se a vida está parada, vá ao armário e doe o que não tem mais utilidade para você. Esse ato irá
fazer a energia se movimentar.

Se para você esses objetos não têm tanta valia, tenha certeza de que para uma entidade como a AACC, por
exemplo, que cuida e apoia crianças e seus familiares. Sua bagunça vai valer ouro!

Para terminar, "nunca doe algo por caridade, doe por cidadania!"

Sua casa é Yin ou Yang?


Esta coluna comemora hoje dois anos de existência. E "dois" será também o tema deste artigo: o equilíbrio da
polaridade Yin-Yang.

O Feng Shui se baseia em três princípios filosóficos: o Tao, a polaridade Yin-Yang e a energia Chi. Segundo
os chineses, o mundo começou com o Tao, o início e o nada --ao mesmo tempo. O Tao pode ser traduzido
como o "caminho", um meio para o fim. O Tao gerou o número um, o único, o início.
À medida que esse único se expande, tem-se a polaridade Yin e Yang, representada pelo número dois. As
forças da polaridade Yin-Yang são as geradoras de todas as coisas e manifestações no mundo físico e
invisível. A Energia Chi se manifesta em tudo que vemos e sentimos no dia-a-dia.

A polaridade Yin-Yang está em tudo e em todos, na matéria, no ser vivo, nos sentimentos e nas energias.
Essa polaridade é mais conhecida como a dualidade de nosso universo:
Yin Yang
feminino masculino
céu terra
noite dia
molhado seco
silêncio som
quente frio
fogo água
duro mole
positivo negativo
cheio vazio
alegria tristeza

Essas dualidades representam os opostos, mas são complementares.Na obra "Feng Shui - Livro das
Soluções", Nancilee Wydra descreve como essas dualidade se complementam:

Consideremos um ioiô. Esse brinquedo funciona utilizando dois extremos em uma relação equilibrada entre
um e o outro. Sem um dos extremos, um ioiô não vai funcionar. Ele precisa tanto do "para cima" quanto do
"para baixo". Na dualidade, o Yin e Yang sempre precisam um do outro para equilibrar um jogo, a pessoa e as
energias."

O ser humano, dual por natureza, tem e é energia. E essa energia tem a polaridade Yin-Yang se equilibrando.
Ninguém será 100% Yin ou 100% Yang, pois a polaridade busca o eterno equilíbrio.No entanto, em uma
pessoa pode manifestar mais o Yin ou o Yang que em outra. Uma pessoa quieta, reservada e discreta é mais
Yin. Porém, tenha a certeza de que na hora que tiver de demonstrar força e brigar pelos seus direitos, seu
Yang irá se manifestar.

Da mesma forma, uma pessoa agitada, falante e enérgica, mesmo sendo tipicamente Yang, terá tempo no
seu dia-a-dia para parar uma hora por dia para ter seu momento Yin de meditação ou Yoga.

Equilíbrio da polaridade nos ambientes.

Quando a energia Chi circula dentro de uma residência, passa por todos os cômodos ou ambientes,
energizando-os. Nesse movimento, uma das polaridades Yin-Yang se destaca, de acordo com o uso e a
necessidade do cômodo.Por exemplo, o quarto é considerado um ambiente Yin. É nele que dormimos,
repomos nossas energias, namoramos e relaxamos. Por isso, o quarto tem de ser calmo, silencioso e sem
muita agitação: Yin.

A sala de estar, de som, de TV, de jantar e a cozinha, por sua vez, são considerados ambientes Yang por
serem espaços de muita agitação, circulação de pessoas, conversa e barulho: Ying.
A sala de estudo, a biblioteca ou o escritório da casa são ambientes Yin pela mesma razão do quarto: a
calma, a tranquilidade e a concentração dominam. Os banheiros também são Yin.

Todos esses cômodos devem manter o equilíbrio de polaridade. Um quarto ou sala de estudo nunca pode
ficar agitado ou barulhento para que não "pulem" do Yin para o Yang.

Veja alguns exemplos de características Yin e Yang que podem aparecer ou serem aplicadas nos ambientes:
Yin Yang
cores escuras cores claras
linhas curvas (móveis) linhas restas
luz embaçada/fraca luz brilhante
umidade seco
baixo (sofás) alto (prateleiras)
almofadas macias bancos de madeira
paredes vazias paredes com quadros
imóvel (cadeira) móvel (ventiladores)

Quando observarmos que um ambiente está Yin ou Yang demais, podemos acrescentar elementos opostos,
mas complementares para equilibrá-lo. Veja os exemplos abaixo:

Muito YIN: acrescentar YANG

- Use luzes mais brilhantes e fortes


- Use móveis altos, como o encosto de uma cadeira ou estante alta
- Acrescente cores vivas e alegres
- Aumente a sensação de movimento e atividade, colocando relógios, sino de vento, música ambiente etc
- Ligue o ventilador ou abra a janela para ventilar o ambiente
- Coloque plantas que crescem para cima

Muito YANG: acrescentar YIN

- Use menos luz


- Use assentos com encosto baixo
- Use cores em tons pastéis ou escuros
- Coloque uma fonte d'água ligada
- Móveis e tecidos com linhas curvas
- Não use aparelhos sonoros; se usá-los, deixe baixo
- Use plantas que crescem para baixo

Lembre-se: a busca do equilíbrio da polaridade é constante. O exercício diário faz a diferença.

Tensão eletromagnética: o mal da vida moderna


Não bastassem as tensões geopatogênicas --resultado das distorções das emanações eletromagnéticas
naturais da terra-- e os efeitos do campo eletromagnético natural que atua sobre a Terra, o homem também é
afetado pelos pela energia dos campos artificiais, provenientes dos aparelhos eletro-eletrônicos.Na ordem
natural da vida, o homem, que também possui seus próprios campos eletromagnéticos, é influenciado pelo
campo natural, mas de uma forma equilibrada. No entanto, com o avanço tecnológico, surgem mais e mais
aparelhos eletro-eletrônicos e, consequentemente, aumentam as tensões eletromagnéticas.

A tensão eletromagnética é causada pela exposição do corpo humano a campos eletromagnéticos artificias,
tais como rádio, TV, geladeira, geradores, celulares, microondas, que penetram nas células, alterando os
processos celulares. O resultado é que o homem acaba tendo sua energia vital, saúde, vitalidade, emoções,
saúde mental e psicológica afetados.Mesmo com a publicação de vários estudos sobre efeitos negativos
desses aparelhos, nenhuma medida concreta foi tomada para combater o problema.

Veja abaixo uma relação dos principais focos de emissão de campo eletromagnético artificia e seus males:

Rede de alta tensão, cabos de força ou torres de transmissão de energia: alguns estudos mostraram que ficar
próximos dessas redes pode causar leucemia. No Brasil, é proibido ter construções a menos de 25 metros
dessas redes. O mais aconselhável é que nenhuma moradia ou empresa esteja a menos de 400 ou 500
metros. Os campos eletromagnéticos mais fortes estão entre uma torre de transmissão e outra e não em torno
da torre. Moradias próximas devem fazer com que os quartos fiquem o mais longe possível das redes,
principalmente o das crianças. Muros altos e árvores ajudam a filtrar um pouco os campos elétricos. Alguns
gráficos de radiestesia também podem ajudar nestes casos.
- Aparelhos domésticos: toda casa possui um ou mais aparelhos ligados que, consequentemente, emitem
campos eletromagnéticos. Comece a mudar isso ligando só os parelhos que realmente precisam ser usados
como, por exemplo, a geladeira.

Procure ficar a distância mínima de 1,5m dos aparelhos. Mesmo que você desligue todos e os tire da tomada,
ainda existe a emissão de CEMs, pois os elétrons continuam a se movimentar pelo circuito elétrico.

Preste atenção à chave geral de força. Se existe algum aparelho ligado, isso significa que haverá corrente
elétrica passando pela chave e emitindo CEMs. Por isso, mesmo que a chave estiver do outro lado da parede,
evite colocar a cama ou a mesa de estudo ou trabalho próximo da chave geral. Cuidado com camas de metal.
Se ela estiver muito próxima de um aparelho eletrônico, será condutora dos CEMs, afetando seu dono.
Cuidado também com o rádio-relógio. Há pessoas que não acordam bem quando têm um relógio próximo da
cabeça

- Televisão: quase sempre a TV fica a menos de 1,5 m de distância dos olhos. TVs coloridas emitem grandes
CEMs e podem conservar a carga por vários dias, mesmo que desligada. Colocar TV no quarto não é uma
boa idéia. Se for o caso, coloque a TV a mais de 2m ou 3m de seu corpo.

- Computadores: quem tem de usar computador por várias horas e todos os dias, além de ser bombardeado
pelos CEMs, é afetado pelo monitor em razão da luz ultravioleta, radiação eletromagnética e íons positivos
que podem prejudicar a visão e causar dores de cabeça.

Algumas providências básicas podem ser tomadas para amenizar o problema, tais como: deixar o aparelho no
descanso quando não estiver sendo usando; usar protetores de tela; usar roupas naturais, já que as sintéticas
ajudam na emissão dessas energias, ter muitas plantas perto do computador e usar gráficos de radiestesia.

Celular: existe um grande dilema se o uso do celular faz ou não mal a saúde. Na dúvida, use o menos
possível o aparelho.

Há problemas também com de material sintético na pintura dos ambientes, no forno de microondas, no
excesso de iluminação artificial, no uso excessivo de metais no corpo etc.

Para encerrar, quero deixar claro que não tenho nada contra a modernidade, mas contra seus efeitos
maléficos!

Saiba como energizar os pontos de amor na sua casa

O Dia dos Namorados é uma data de grandes emoções e surpresas, mas também pode ser de tristeza. Para
muitos casais apaixonados --sejam casados, namorados ou amantes-- o dia será comemorado com
presentes, flores, jantares e amor. Para outros, o dia será comum, pois há muito tempo o amor está morno ou
foi esquecido.

Contudo, para os que "esqueceram" do amor, a data poderá ser um dia para reflexão e para cultivar a
esperança de aquecer o relacionamento. Já para os que estão sozinhos, a data pode não ser nem um pouco
alegre, já que vão passar novamente esta data sem poder comemorar e amar.

A despeito do Dia dos Namorados, procurar formas e maneiras de aquecer mais o relacionamento ou de sair
do ostracismo faz parte do crescimento e da conscientização de cada um de nós.

Para quem está em crise na relação ou sozinho, gostaria de alertar que está em suas mãos a chance de
mudar esta energia. Mas para isso ocorrer é necessário, em primeiro lugar, se amar. Quando nos amamos,
estamos respeitando nossos sentimentos e emoções. A partir daí começamos a nos interiorizar e
descobrimos por que estamos sós ou bloqueando nossos sentimentos em uma relação.

Nem sempre essa interiorização é fácil de se conseguir ou enxergar. Muitas pessoas alcançam isso por meio
de conversas, outras com a ajuda de um terapeuta ou com meditação e lançando mão da intuição.

No entanto, o mais importante é saber o que desejamos e o queremos em uma relação amorosa --seja ela
atual ou futura-- e buscar essas energias em nossas vidas.
Uma das formas de melhorar nossa vida amorosa e de atrair mais amor ou um novo amor é projetando esse
desejo na energia de nossos ambientes. A tarefa é fácil quando aplicamos a técnica de harmonização de
energias do feng shui.

Quando mapeamos as energias da casa aplicando o baguá, descobrimos quais são os pontos ligados à
energia do amor e do relacionamento amoroso em nossa casa..A partir da localização deste cômodo,
podemos projetar o que desejamos para nossa vida afetiva utilizando símbolos energéticos.

Veja os exemplos a seguir:

- Fotos dos casal em momentos felizes ou amorosos, porta-retratos na forma de coração

- Fotos de casais apaixonados

- Quadros de flores ou casais apaixonados

- Vasos com flores vermelhas, a cor da paixão, brancas ou rosas, cores do amor, da paz e do romance

- Esculturas ou enfeites em pares representam a união

- Enfeites de casas representam segurança

- Imagem de Santo Antonio, que além de santo casamenteiro é o protetor das famílias

- Velas em pares vermelhas ou cor-de-rosa. A vela representa o fogo da paixão e o amor

- Objetos e decoração nas cores do amor e da paixão : vermelho, rosa, salmão e branco.

- Cristais de quartzo rosa, ametista e quartzo branco

Cuidados
Além de energizar os pontos do amor com seu símbolo próprio, é muito importante o cuidado que se tem com
o cômodo ou o ambiente.

-Evite ter bagunça ou entulhos no cômodo, pois representa energia estagnada e pode estagnar a sua vida
amorosa.Procure manter o local sempre arrumado, arejado e iluminado com luz natural.

- Cuide da limpeza e conservação dos ambientes, pois locais sujos ou mal conservados representam energia
yin e podem significar vida amorosa em abandono ou sem energia.

Cuidado com vazamentos na instalação hidráulica, pois representa fuga de energia vital nas relações
amorosas

Cuidado com pontos de amor que caem no banheiro ou no lavabo. Como já explicamos, estes cômodos
roubam energia e, infelizmente, influenciam negativamente em nossa vida amorosa, desgastando a relação
ou atrapalham a conquista de novos amores. Em geral, as curas mais comuns para estes cômodos é tampar
os ralos, fechar as portas e colocar muitas plantas e flores.

Muita atenção com o quarto do casal. Este é o local de maior intimidade do casal, portanto, procure deixar o
local sempre arrumado e sempre com um ar romântico e de cumplicidade. Um quadro de casal nu se amando
ou de uma mulher nua pode ativar muito o desejo amoroso.

- Cuidado quando o ponto do amor cai na área de serviço. Há tendência para que este cômodo da casa seja
uma bagunça geral. Mantenha o local sempre arrumado. Coloque muitas plantas e flores para atrair mais
amor e use utensílios domésticos nas cores vermelha e rosa.
- Quando o ponto do amor cai no quarto da filha é muito fácil energizar este cômodo. É só pintar o quarto de
rosa, colocar muitos corações na decoração e presentear a filha com bonecos em pares. Ela vai adorar.

-Quando é o quarto do filho, a situação é bem diferente. Neste caso, aconselho a colocar alguns objetos nas
cores brancas ou vermelhas, a foto dos pais em um porta-retrato e a foto da namorada, se o garoto já estiver
com alguém.

Só fato de querer aplicar o baguá na casa, descobrindo e energizando as áreas do amor já é um ponto
positivo. É, no mínimo, um exercício de conscientização.
Cuide das artérias energéticas da sua casa

Quando estudamos o corpo humano, ficamos fascinados com a complexidade e a eficácia do funcionamento
do conjunto de órgãos que sustentam nossa vida. Para viver, precisamos receber constantemente fontes de
energia como o ar, os alimentos e os líquidos. Essas fontes energéticas são processadas pelos órgãos
internos e se transformam em energia vital que, através do fluxo sanguíneo, nutre todas as partes do corpo
humano.

Todo esse processo ocorre pelo sistema circulatório --formado pelo coração, pelas artérias e pelas veias--,
cuja função é fazer com que o sangue circule pelo corpo humano, irrigando, drenando, nutrindo e
desintoxicando.

Quando analisamos uma casa ou empresa pela ótica do feng shui, descobrimos que também existe, nesses
imóveis, um sistema circulatório de energia vital ou energia chi.

Como já explicamos em artigos anteriores, a energia chi circula pela superfície do planeta, desde seu
"nascimento".O chi entra na casa pela porta de entrada (a boca da casa) e circula por todos os ambientes e
cômodos, nutrindo, alimentado, energizando e desintoxicando esses locais.

Em um imóvel, as artérias, vasos e veias são representados pelos corredores, escadas e halls internos, que
têm a finalidade de fazer o chi circular e fazem a ligação entre os principais cômodos e ambientes. Da mesma
forma que ocorre no corpo humano, o sistema circulatório da casa também não pode sofrer nenhum tipo de
problema para não prejudicar o fluxo de energia chi.

O que pode obstruir o fluxo de energia em sua casa:

-Não obstruir ou interromper o fluxo de energias. Isso ocorre quando colocamos entulhos, bagunças, móveis
muito largos ou vasos de plantas muito grandes nestes locais.

-Locais muito estreitos ou apertados por causa da decoração ou construção podem obstruir o fluxo de
energia.-Locais mal iluminados, escuros, mal cuidados e que têm uma péssima impressão ou sensação
prejudicam o fluxo de energia.

-Corredores muito compridos aceleram o fluxo do chi, causando problemas.

-Escadas vazadas e escadas do tipo caracol fazem a energia chi se perder ao subir estas escadas,
prejudicando o fluxo de energia para o andar superior.

-Halls internos pequenos, mal iluminados e apertados prejudicam o fluxo do chi.

Veja alguns cuidados para manter a energia circulando na casa:

-Iluminar bem os locais (com luz natural ou iluminação artificial)

-O hall, o corredor e a escada devem ser locais agradáveis para circular. Além de bem iluminado, decorar
estes ambientes com quadros, gravuras, fotos de família e uma pintura especial bem clara ( nada de cores
escuras), darão um outro astral.

-Não obstrua esses locais com nenhum tipo de móvel ou bagunça. Você ou qualquer pessoa da casa deve
transitar por esses cômodos com tranquilidade e espaço.

-No hall interno é muito comum a sensação de aperto. Podemos melhorar esta sensação ampliando o hall
com uma pintura de parede com cores claras, boa iluminação e espelhos para "duplicar" o espaço.

-Corredores muito estreitos podem ser ampliados com muita luz, pintura clara e espelhos nas paredes
laterais.

-Para corredores muito compridos, onde a energia chi fica muito acelerada, aconselho pendurar esferas
facetadas nos ponto de luz do teto para desacelerar o chi.
-Para escadas, tome cuidado com as vazadas e em forma de caracol. Caso tenha alguma destas em casa,
coloque debaixo delas plantas que crescem para cima. Isso ajudará a formar uma barreira que impedirá que a
energia chi vaze pelas aberturas dos degraus.

Acredito que com estas dicas teremos um ótimo e constante fluxo de energia chi nos ambientes.

As plantas e as flores para cada situação


Embelezar, colorir e alegrar a casa não são as únicas vantagens proporcionadas pelo uso de plantas e flores
naturais. Outra atribuição delas é a energização dos ambientes. Para saber quais plantas e flores são mais
indicadas, esta coluna traz três subdivisões e as respectivas dicas. São elas: ornamentais, para as áreas do
Bagua e para cada signo.

Plantas ornamentais

As plantas abaixo relacionadas, cujos nomes são os mais populares ou regionais, são indicadas para os
ambientes internos. Veja algumas dicas:

- Lírio da Paz
- Corno de Alce
- Samambaia
- Comigo Ninguém Pode
- Jibóia
- Peperonia
- Drascena
- Lança de Ogum
- Antúrio
- Begônia
- Impatiens
- Bromélia
- Flor de Maio
- Violeta
- Fícus
- Árvore da Felicidade
- Palmeira
- Pata de Elefante

Plantas para as áreas do Bagua

Veja lista das plantas e flores correspondentes a cada uma das áreas do Bagua:

- Setor do trabalho: flor d'água, brinco de princesa, aguapé, plantas e arbustos com folhas arredondas
- Setor da espiritualidade: violetas, prímula, lírio da paz, hortênsias e maria-sem-vergonha
- Setor da família: bambu, palmeira e rapis
- Setor da prosperidade: girassol, lírio amarelo, flor de maio, begônia, margaridas amarelas e hera-da-fortuna
- Setor do sucesso: bico de papagaio, dália, begônia, rosas vermelhas, bromélia e primavera
- Setor do amor: rosas de todas as cores, árvore da felicidade macho e fêmea, camélia, gardênia e azaléia
- Setor da criatividade: cravo, gerânio, margarida, hortênsia e azaléia
- Setor dos amigos: jasmim, violeta, hortênsia azul e agerato
- Setor da saúde: girassol, lírio-laranja, camarão-amarelo e gérbera amarela

As flores de cada signo

Você conhece qual flor mais combina com seu signo? Conheça abaixo:

- Áries: primavera, antúrio, gerânio, bico de papagaio e girassol


- Touro: verbena, rosa, lírio, papoula, camélia e crisântemo
- Gêmeos: lírio, margarida, oliveira, valeriana e sempre-viva
- Câncer: violeta, tília, acácia, rosa, dália e miosótis
- Leão: cactos, carvalho, flor do campo, girassol e laranjeira
- Virgem: cravo, alecrim, jasmim, verbena e lótus
- Libra: verbena, violeta, miosótis, narciso, hortênsia e lírio da paz
- Escorpião: rosa, videira, dália, amor perfeito, azaléia e orquídea
- Sagitário: jasmim, figueira, cravo, gerânio, girassol e violeta
- Capricórnio: pinheiro, papoula, cravo, verbena, eucalipto e narciso
- Aquário: margarida, orquídea, violeta, salgueiro e jasmim
- Peixes: rosa, amor-perfeito, betume, narciso e flor de lótus

O regime e os ambientes
Força de vontade, auto-estima, dieta equilibrada e exercícios físicos são fatores indispensáveis para quem
pretende emagrecer, mas não são os únicos. A disposição dos ambientes onde passamos boa parte do dia
pode interferir no processo, contribuindo para o sucesso ou fracasso do regime.

Veja, segundo a ótica do Feng Shui, que mudanças fazer em sua casa ou ambiente de trabalho para evitar a
gula:

O excesso de energia: como a angústia e o nervosismo podem causar gula, é preciso combater os focos
energéticos negativos.

- não deixe a cama de frente para a porta do quarto para não receber muita energia que deixa o sono dos
moradores agitado evite dormir em quartos que fiquem no final de um corredor muito comprido. O corredor
acelera a energia que chega ao quarto não coloque a mesa de trabalho ou estudo em frente à porta de
entrada ou corredor

Posição da cozinha: se ao entrar em casa o primeiro cômodo visto é a cozinha, mantenha sua porta fechada
para amenizar a vontade de comer em excesso ou a qualquer hora.

Evite beliscar enquanto cozinha: para evitar a tentação de beliscar os alimentos usados no preparo das
refeições desvie sua atenção para outros objetos. Uma TV na cozinha; uma janela com visão para a área
externa ou quadros são paliativos.
Cuidado com as cores: Vermelho, amarelo e laranja são cores que aguçam o apetite e podem até trazer
angústia. Por isso, não são indicadas para a cozinha ou sala de jantar.

Calma nas refeições: Comer em frente à televisão ou falando ao telefone não são práticas aconselháveis. Os
órgãos do sentido se distraem e o resultado é a ingestão de alimentos maior que a real necessidade. Procure
também relaxar antes de começar as refeições. Veja algumas dicas: o azul é uma cor calmante, relaxante.
Use copos, pratos e toalhas dessa cor
escute música agradáveis e relaxantes
procure conversar assuntos alegres e agradáveis durante as refeições
coloque uma fonte d'água no ambiente
ponha um relógio com pêndulo na parede

Os estímulos visuais: pacotes de biscoito, cesta de frutas e quadros de natureza morta estimulam o apetite.
Por isso, evite esses objetos, assim como quadros com muito vermelho, laranja e amarelo.

Os aromas: use os cheiros ao seu favor para diminuir a ansiedade e a fome. Grapefruit, tangerina,
manjericão, hortelã, junipero e olibano são boas alternativas.

O desprendimento: quem é apegado costuma guardar muitos objetos em armários e no quarto da bagunça.
E para começar a perder peso é preciso se desapegar. Dê ou jogue fora aquilo que não usa mais.

O poder dos cristais e das pedras


Tão antigos quanto a própria Terra, os cristais sempre fascinaram o homem por sua beleza e energia. Em
antigas civilizações da Índia e da Grécia, os cristais eram usados com fins terapêuticos.

Atualmente, muitos terapeutas holísticos usam os cristais --fontes de energias naturais-- em sessões de
cromoterapia e massagem para harmonizar e renovar as energias de seus clientes.Da mesma forma que os
homens, os cristais trocam energia, ou seja, emitem e recebem continuamente. Cada cristal tem suas
propriedades energéticas e, por isso, devem ser estudas com profundidade por cada pessoa.
Como fontes de energia, podemos usar os cristais e as pedras para energizar um ambiente ou pessoa. Para
saber como usá-los, veja quais são os mais indicados para cada setor do Bagua e também os mais comuns
de cada signo:

Os cristais e o Bagua

Trabalho: é regido pelo elemento água, simbolizado pela cor azul. Podemos ativar esse setor com os cristais:
água marinha, lápis lazuli ou turmaliza azul. Podemos colocar também um pirita, que está associado ao ouro e
à riqueza de nosso trabalho. O diopsidio também pode ser usado porque é uma pedra que traz concretização
profissional e comercial.

Espiritualidade: a pedra mais usada para esse setor é a ametista, pois simboliza o terceiro olho. Ativa a
intuição e é uma ótima pedra para a meditação. Podemos também usar o cristal de quartzo, que simboliza a
pedra da clarividência, sabedoria e misticismo.

Família: é regido pelo elemento madeira e pelas cores verde e azul. Podemos ativar esse setor com as
pedras lápis lazuli, quarto verde, turmalina verde e quarto azul.

Prosperidade: as cores que predominam nesse setor são o vermelho, o lilás, o amarelo, o dourado, o laranja
e o verde. Com essa variedade de cores, podemos usar uma boa quantidade de pedras para ativar este setor,
como pirita, turquesa, granada, água marinha, citrino, esmeralda, turmalina verde e quarto verde.

- Sucesso: esse setor está associado ao elemento fogo e as suas cores são o vermelho, o amarelo, o laranja
e o dourado. Podemos ativar esse setor com as pedras granada, esmeralda, citrino, safira, turquesa e pirita.

- Amor: os cristais mais usados para ativar esse setor são o turmaliza rosa, quarto rosa e o quarto branco
--associados às cores do amor. A pedra da lua também pode ser usada nesse setor com muito sucesso. Por
ser vermelha, a granada ativa as paixões.

- Filhos e setor da criatividade: podemos ativar essa área com o cristal de quarto, pois a cor que predomina é
o branco. O citrino pode ser usado para ativar a criatividade. A soldalita fortalece a comunicação e
criatividade, e a opala é uma ótima opção para o crescimento das crianças.

- Amigos: Use a pedra feldespato, que fortalece a comunicação e as amizades. O cristal de quarto e o quarto
rosa favorecem os relacionamentos.

As pedras e os signos

- Áries: jaspe verde; ametista; ágata; turmalina rosa; granada e topázio


- Touro: água marinha, esmeralda, lápis lazuli, safira e quarto rosa
- Gêmeos: ágata, magnetita, crisocola, safira e topázio
- Câncer: esmeralda, turmalina verde, pedra da lua, opala e rodocrosita
- Leão: citrino, ágata, granada, rubi, topázio e turmalina rosa
- Virgem: amazonita, citrino, safira e ágata
- Libra: água marinha, esmeralda, safira, pedra da lua e opala
- Escorpião: turmalina verde, obsidiana, pedra da lua, rubi e esmeralda
- Sagitário: ametista, azurita, turmalina rosa, sodalita e topázio
- Capricórnio: ametista, cornalina, turmalina verde, rubi e safira
- Aquário: água marinha, granada, opala e lápis lazuli
- Peixes: ametista, fluorita, turmalina verde e pedra da lua

Observação: todos os signos podem usar o quarto branco!

Limpeza e energização dos cristais

Como o uso do cristal pode saturá-lo de energias negativas, é necessário saber algumas formas de limpá-lo e
energizá-lo.Sempre que ganhar ou comprar um cristal, purifique-o ou limpe-o e energize-o antes de usar.
Esse ritual de limpeza e energização deve ser praticado mensalmente com os cristais que já usamos. Essa
prática é necessária porque o cristal emiti e recebe energias, podendo ficar saturado de vibrações negativas.

Entre as muitas formas de limpeza do cristal, uma das mais comuns é deixá-lo mergulhado em uma vasilha de
vidro ou cerâmica, com água e sal grosso (ou marinho), por 24 horas.
Depois, banhe-o em água corrente por alguns minutos, completando assim o processo de limpeza. Outra
forma é deixá-lo ao lado de um incenso aceso (arruda, mirra ou alecrim). A chuva e o sol são outras fontes de
limpeza.

A vida sexual do casal


Amor, companheirismo, respeito e amizade são "ingredientes" indispensáveis em qualquer relacionamento
afetivo, mas não são os únicos. A felicidade do namoro e do casamento depende também da vida sexual do
casal que, como em outros setores da vida, pode ser afetada pelo desequilíbrio de energia dos ambientes
onde vivemos --e convivemos.

Para melhorar a qualidade dos relacionamentos sexuais, veja algumas dicas de Feng Shui:

Ative o Bagua da casa (parte 1)

Aplique o Bagua na planta de sua casa e localize em qual cômodo caiu o setor do relacionamento afetivo. Se
for um cômodo problemático, segundo o Feng Shui, faça as curas necessárias já mencionadas nas colunas
anteriores. Veja quais são os cômodos problemáticos:

banheiro e lavabo: rouba energia do setor afetivo, podendo diminuir a vida íntima do casal
quarto da bagunça: energia estagnada; pode causar falta de desejo
lavanderia e área de serviço: cuidado com as bagunças e canos d'água furados que podem causar
desinteresse na vida sexual
cômodo sem uso, vazio ou fechado: falta de energia; pode causar desinteresse na vida sexual do casal

Ative o Bagua da casa (parte 2)


Após saber qual é o cômodo da casa, pode-se começar a ativar a vida íntima do casal. Respeitando algumas
exceções, como o quarto dos filhos, é possível incrementar a vida sexual colocando símbolos universais ou
particulares relacionados ao tema.

- cor vermelha: associada ao desejo e às paixões, deve ser usada com moderação pois é muito vibrante e,
por isso, pode deixar as pessoas agitadas. O vermelho pode estar presente em quadros, tecidos, flores,
almofadas ou em pintura especial de parede.

- vídeos e revistas eróticas: os casais que gostam de ver vídeos eróticos, esse cômodo é um bom local para
guardar a coleção de fitas ou revistas.

- quadros: um dos símbolos universais são os quadros com figuras de casais nus.

- esculturas: com o mesma força afrodisíaca dos quadros, as esculturas de casais são símbolos universais em
várias civilizações.

- divindades: muitos povos têm divindades que simbolizam fertilidade, virilidade e sexualidade. Quem conhece
ou gosta desse tema, deve pesquisar para saber quais são as divindades adequadas.

- serpente: essa figura representa a atividade e a liberação das energias sexuais (kundalini).

Ative o Bagua dos ambientes

O Bagua pode ser aplicado nos principais cômodos da casa, como a sala e o quarto do casal, para que o
setor do relacionamento seja localizado em cada um deles. Desta forma, basta ativá-los com os símbolos
citados acima.

Quarto do casal

- coloquem velas coloridas no quarto. Prefira o vermelho e o laranja


- coloquem um quadro com cores quentes ou imagens sensuais na parede da cabeceira da cama
- tenham na cabeceira da cama um exemplar do livro Kama-Sutra
- não esqueçam de colocar uma escultura de um casal ou da serpente
- ascendam incensos afrodisíacos (cravo, dama da noite, ylang-ylang ou rosas)
- ouçam músicas que lembrem momentos importantes do casal
- acertem a luminosidade do quarto
Não esqueça que apesar de todas essas dicas de Feng Shui, a imaginação e a vontade do casal são
indispensáveis.

As cinco manifestações da energia Chi


Da milenar cultura chinesa provêm a acupuntura, a medicina, o I Ching e a astrologia, entre outras ciências.
Segundo os chineses, tudo no Universo teve iniciou com o Tao, o inteiro e o nada, simultaneamente.

O Tao gerou o número 1 --o único. À medida que ele se manifesta ou se expande, gera o número 2 --a
polaridade Yin e Yang. A força da polaridade Yin e Yang gera ou cria tudo e todos no mundo. É o número 3
--a energia.

Essa energia é chamada pelos chineses de energia Chi ou energia vital. O Chi é a essência da vida e da
morte, capaz de transformar tudo e todos. O Chi controla as etapas de geração, nascimento, crescimento,
expansão, destruição e morte. A morte transforma, gera, faz nascer, expande e destrói, sempre de uma forma
equilibrada. É a essência da vida.

Analisando essas etapas, os sábios chineses descobriram que o Chi pode se manifestar de cinco formas
diferentes. Essas manifestações ficaram conhecidas como "A Lei dos Cinco Elementos".

Esses elementos ou energias devem estar em constante movimento para que mantenham um equilíbrio
dinâmico na natureza pois, segundo o tratado da filosofia Hong Fan, a origem do universo pode ser explicada
pela combinação dos cinco elementos da natureza: madeira, fogo, terra, metal e água.

Os cinco elementos no Feng Shui


Juntamente com o estudo da circulação de energia e a aplicação do Bagua, a teoria dos cinco elementos é
usada como uma das ferramentas fundamentais na harmonização dos ambientes, pois pode proporcionar
boas ou más vibrações, relacionadas aos ciclos criativo/produtivo e destrutivo.

O ciclo criativo, como o próprio nome diz, representa o crescimento e geração nos ambientes. Nesse ciclo, o
elemento madeira alimenta o fogo, que produz cinzas e terra. Da terra retiramos o metal, que atrai a água por
condensação. A água nutre a madeira. E assim continua o ciclo construtivo. No ciclo destrutivo, a madeira
consome a terra, que represa a água. A água apaga o fogo, que derrete o metal. E o metal corta a madeira.

A teoria dos cinco elementos e de seus ciclos é fundamental para a maioria das escolas de Feng Shui na
aplicação de curas e energização dos ambientes. Veja as características e particularidades de cada elemento:

Madeira: simboliza o início do ciclo dos cinco elementos. Simboliza a energia que se expande em todas as
direções. É nessa fase do ciclo que as coisas emergem e começam a crescer. Pode ser representada pela cor
verde.
Fogo: representado pelo vermelho, simboliza o auge do ciclo porque o fogo eleva-se, sobe. Produz calor e
movimento, aquece e queima.
Terra: é sólida, firme e estável. Tudo que se planta, cresce. No entanto, existe o tempo da semente germinar,
antes de crescer e dar frutos. O elemento terra representa o momento de pausa no ciclo vital. É representado
pelo amarelo.
Metal: é o crepúsculo do ciclo natural. Neste estágio, a energia está decrescendo ou realizando um
movimento interior. É o mais denso de todos os elementos. Está em transformação e é representado pela cor
branca.
Água: sua cor é o preto ou o azul. Representa o início de um novo ciclo vital, quando as coisas alcançam seu
ponto máximo de descanso.
Mas como esse conhecimento pode ser aplicado na prática? A resposta fica para a próxima coluna!

A prática da teoria dos cinco elementos


A união dos cinco elementos --madeira, fogo, terra, metal e água-- nos ambientes de casa ou da empresa
permite que o local seja energizado de maneira equilibrada e harmônica. Para promover essa presença
conjunta, responsável pela estimulação de uma série de energias favoráveis aos homens, é preciso conhecer
as propriedades de cada elemento:
- Madeira: estimula o crescimento, a nutrição, a paz, a criatividade e contato com a natureza.

- Fogo: estimula a ação, a motivação, a sexualidade, a auto-estima, o prazer, o calor humano, o prazer, a
alegria, o calor, o contato com a terra e a energia vital.

- Terra: estimula a segurança, a estabilidade, a confiança, a honestidade, a solidez e a força.

- Metal: estimula a riqueza, o sucesso financeiro, a intelectualidade, a pureza, a força e a moralidade.

- Água: estimula a comunicação, a perseverança, o bom senso, a pronfundidade e o direcionamento.

No entanto, o excesso ou a falta de algum elemento pode causar problemas. Antes de saber quais são eles,
vamos aprender a identificar os elementos nos ambientes.

Manifestação dos cinco elementos

Cada elemento pode se manifestar por meio de seu forma, cor e material presente no ambiente, na
decoração, na arquitetura ou na construção do imóvel. Conhecer e identificar cada elemento requer prática na
aplicação do Feng Shui. Conheça essas manifestações:

Madeira
Forma: colunas, edifícios, formas cilíndricas, alturas retangulares e torres trapezoidais
Cor: verde e azul esverdeado em móveis, tecidos, pintura, decoração.
Materiais: pisos, portas, móveis, tetos, decks, plantas naturais ou artificiais, flores e árvores naturais ou
artificiais, plantas e flores em quadros e retratos, tecidos com motivos florais.

Fogo

Forma: formatos pontiagudos, picos, cumes, árvores e plantas pontiagudas, formas triangulares, telhado de
forma triangular, torres de ângulos agudos.
Cor: vermelho, amarelo e laranja em móveis, tecidos, pintura, decoração etc.
Materiais: luz natural e artificial, lâmpadas, luminárias, lareiras, velas, lanternas, fogão etc.

Terra
Forma: planas, quadrados e retangulares, construções baixas, longas e planas.
Cor: amarelo e suas derivações e tons terra, em móveis, tecidos, pintura, decoração etc.
Materiais: argila, tijolo, concreto, cerâmica e terracota.

Metal
Forma: circulares, ovais e arcos.
Cor: branco, prata, dourado e cinza claro, em móveis, tecidos, pintura, decoração etc.
Materiais: objetos, móveis, peças de metal, cobre, ferro, aço, alumínio etc.

Água
Forma: irregulares, ondulações, riachos, rios, mar, formas soltas e assimétricas.
Cor: preto, azul e cinza escuro, em móveis, tecidos, pintura, decoração etc.
Materiais: transparentes, vidros, espelhos e a própria água.

Os excessos e faltas dos elementos

Ter os cincos elementos de maneira equilibrada nos ambientes é garantida de ambientes energizados. O
excesso ou falta dos elementos, por outro lado, é garantia de um ambiente problemático. Veja quais são os
efeitos negativos do desequilíbrio de cada elemento causados no ambiente e nas pessoas e o que fazer para
corrigi-los:

Madeira
Excesso: provoca teimosia e dificuldade de aceitar a opinião alheia. Os projetos e metas não se concretizam
ou demoram para acontecer pois o elemento madeira cresce lateralmente.
Solução: acrescentar os elementos fogo ou metal.
Falta: torna as pessoas passivas e calmas, de fácil influência.

Solução: acrescentar os elementos madeira ou água.


Fogo
Excesso: provoca agressividade, intolerância, violência, raiva, impulsividade etc.
Solução: acrescentar os elementos terra ou água.

Falta: torna as pessoas calmas demais e introspectivas. Engolem demais as ofensas e desaforos.
Solução: acrescentar os elementos madeira ou o elemento fogo.

Terra
Excesso: Provoca seriedade excessiva, monotonia, ansiedade e conservadorismo.
Solução: acrescentar os elementos metal ou madeira.
Falta: Pode atrair egoísmo, falsidade e avareza.

Solução: acrescentar os elementos fogo ou terra.

Metal
Excesso: Provoca frieza, rigidez, intolerância e discussões.
Solução: acrescentar os elementos água ou fogo.
Falta: Pode trazer timidez e problemas de expressão.
Solução: acrescentar os elementos metal ou água

Água
Excesso: Provoca tristeza, depressão e angústia.
Solução: acrescentar os elementos madeira ou terra.
Falta: traz pouca mobilidade, eficiência e coordenação no dia a dia.

Solução: acrescentar os elementos água ou metal.


É bom lembrar que o acréscimo de qualquer elemento pode ser feito por meio de uma cor, forma ou material
que simbolize o elemento. Para ficar mais claro, veja um exemplo prático da aplicação da teoria dos cinco
elementos:

O banheiro, velho conhecido por ser "ladrão" de energia, tem como aspecto negativo a presença do elemento
água que, por ser Yin, faz com que a energia vital do ambiente desça, vá embora. Como queremos que a
energia vital desse cômodo suba, ou seja, fique mais Yang, temos de combater os efeitos negativos do
elemento água.

Conhecendo a teoria dos cinco elementos, sabemos pelos ciclos destrutivos que o elemento terra represa a
água. Como a terra pode ser representada pelo amarelo, é indicado o uso dessa cor na decoração do
banheiro. O amarelo tem a finalidade de "reter" água.

Outro elemento indicado para os banheiros é a madeira. Ao estudar o ciclo construtivo ou gerador dos cinco
elementos, percebemos que o elemento água gera o elemento madeira, ou seja, faz a energia subir, crescer.
É por esse motivo que o verde no banheiro, com o uso de plantas e madeira, é muito bem-vindo.

A influência das quatro estações


A chegada da primavera ilumina, alegra e colore os dias, os ambientes e as pessoas. O mesmo acontece com
as outras três estações: verão, outono e inverno. Cada uma delas transformar não apenas o clima, o tempo e
a temperatura, como têm também grande influência energética sobre o humor, a personalidade, a saúde e a
energia de cada pessoa.

No verão sentimos-nos mais quentes, fortes, cheios de energia, com vitalidade e mais vontade de amar e de
viver. No outono ficamos mais calmos, preguiçosos, nos interiorizamos, ficamos um pouco saudosistas e
começamos a reparar mais na vida, nas pessoas e nos detalhes. No inverno temos a tendência de ficar mais
quietos, mais pensativos, saímos menos e nos preparamos para um novo ciclo. Na primavera saímos do
casulo: temos mais vontade de viver, amar, ousar e se divertir.

As quatro estações de cada pessoa


Além da influência das estações da natureza, cada pessoa é regida pelas quatro estações pessoais, segundo
a terapeuta holística Vera Caballero. Segundo Vera, se cada um descobrir em que estação está, poderá tirar
proveito das energias desta época.
No entanto, nem sempre a primavera acontece em setembro, o outono em março, o inverno em junho e o
verão em dezembro para todas as pessoas. Independentemente das estações do ano, cada qual tem seu
próprio ciclo, determinado pela data de nascimento.

Vera diz que tudo ao nosso redor, inclusive nossos corpos, é regido pelas quatro estações do ano, cada uma
com suas características e encantos. O que poucos sabem é que cada um tem seu próprio ciclo pessoal.
Através dele é possível estabelecer, pela data do nascimento, em que estação você está para nortear suas
atitudes para tirar o maior proveito de cada período.

É muito fácil descobrir e calcular as datas de suas estações pessoais. Basta estabelecer que no dia de seu
aniversário é o início de sua primavera. Depois de três meses inicia-se seu verão, em seguida o outono e, por
fim, o inverno.

Por exemplo, uma pessoa que nasceu no dia 12 de abril tem nesta data o início de seu ciclo pessoal, com a
primavera. No dia 12 de julho, ou seja três meses depois, começa o verão. Em 12 de outubro começa o
outono e em 12 de janeiro, o inverno.

Com o conhecimento do início de cada estação pessoal, fica mais fácil aproveitar a energia do período de
maneira favorável em muitos aspectos da vida.

As estações e suas influências

Primavera: significa vida e renascimento. No dia de seu aniversário forma-se um canal de luz: as portas de
oito dimensões extra-físicas se abrem e por esse portal uma quantidade imensa de energia chega ao
aniversariante, trazendo força suficiente para mais um ano. Alegria, vitalidade, proteção e bons fluídos estão à
nossa disposição. A primavera pessoal é a fase ideal para sonhar, fazer planos, determinar os objetivos para
os próximos doze meses. Enquanto se mentaliza tudo o que se deseja, é hora de tomar posse de tudo o que
é nosso, tanto física, emocional quanto espiritualmente. Fortaleça a autoconfiança e mantenha uma vibração
de alegria, fé e esperança. O campo mental estará muito estimulado, só não perca o senso de praticidade e
trabalhe bastante.

Verão: valorize, neste período, a parte social. Você estará mais desinibido, alegre e comunicativo. Aberto a
novas idéias, mais despojado e pronto para novas aventuras, período ótimo para vendas, concretização de
negócios e relacionamentos. Para os que estão sozinhos, as energias favorecem o encontro de um
companheiro (a). Esse é o momento ideal para materializar tudo o que mentalizou e plantou em sua
primavera. Suas emoções estarão mais exaltadas nesse período.

Outono: termine sua colheita, deixe todos os assuntos pendentes em ordem e tire férias. Nesse período você
estará mais propenso a cansaços e falta de energia. Nos últimos seis meses, planejamentos, trabalho e
relacionamentos podem ter desgastado muito suas reservas de energia. Lembre-se de que seu inverno não
será fácil, uma vez que as energias que recebeu no dia de seu aniversário já estarão na reta final. Aproveite,
então, para repor suas forças. Caso contrário, os últimos três meses serão muito difíceis. Invista em lazer,
faça viagens, mesmo que rápidas, e aproveite para cuidar da saúde. Tudo o que você puder fazer que seja
energizante será bem vindo. Essa não é uma época favorável para começar nem idealizar novos projetos,
apenas administre o que tem.

Inverno: estamos na reta final de nossa reserva de energias. Cuidado com problemas de saúde e combata a
depressão, o corpo pode se ressentir da falta de energia cósmica. As boas idéias e intuições também poderão
estar em baixa, mas quem soube administrar bem o seu outono pessoal poderá passar tranquilamente por
essa fase. Período mais espiritual e intimista, que pode até levar a uma certa auto-cobrança, uma vez que
nessa fase poderemos ser levados a fazer uma avaliação de nosso desempenho no último período: "será que
estou no caminho certo?"; "é isso mesmo o que eu quero da vida?". Esses questionamentos são muito úteis.
Lembre-se de que, em breve, você estará entrando em sua nova primavera, tempo de refazer sonhos e
planos.

Energize seu altar


É muito comum ouvir comentários sobre a religiosidade do povo brasileiro. Se alguém dúvida é só ver o
número de fiéis que participaram de duas festas religiosas no último dia 12:

Festa da Padroeira do Brasil em Aparecida do Norte (SP): 200 mil pessoas


Festa do Sírio de Nazaré em Belém do Pará: 1,8 milhão de pessoas
Isso sem falar no culto à Iemanja no Réveillon, Semana Santa, Corpus Christie etc. Um dado interessante
observado nas consultorias de Feng Shui é que a maioria das pessoas tem uma imagem de santo, crucifixo
ou bíblia exposta na sua residência e no local de trabalho.

Na verdade, a maioria das pessoas gosta de ter seu altar arrumado e harmonizado num canto do sala ou
quarto para que possa orar e meditar com tranquilidade.

Um altar não tem tamanho padrão e pode ter diferentes símbolos, dependendo da crença, como:

- santos (as) de devoção


- terço e cruz
- orixás
- divindades hindus
- anjos e arcanjos
- bíblia ou evangelho segundo o espiritismo

O altar pode também ser espiritualista ou esotérico:

- velas, incensos, defumadores, aromatizadores


- gnomos, bruxas, duendes, anjos
- pirâmides, cristais, símbolo OM, símbolo Yin-Yang
- os quatro elementos da natureza

Seja qual for o tipo de altar, sua função é fazer com que alguns momentos do nosso dia seja reservado para
entrarmos em contato com os planos superiores, seja por meio da meditação ou das orações.

Um dos exemplos mais bonitos é o culto aos antepassados feito pelos orientais. Em geral, os oratórios para
esse culto ficam no quarto.

No Feng Shui, a religião, a crença, a fé, a espiritualidade de cada pessoa representam energias muito
importantes para o equilíbrio e harmonia pessoal. O Feng Shui tem uma série de recomendações e cuidados
quanto à localização do altar. Uma delas é que o local onde ele é montando: deve ficar em um lugar tranquilo
para ter a sua volta energia Yin (calma e serena). Conheça mais dicas do Feng Shui para melhorar as
energias de seu altar:

Não monte seu altar:

- no quarto da bagunça (para evitar a energia estagnada)


- no fundo da garagem (para o carro não atrapalhar suas orações)
- no banheiro (porque há muito roubo de energia)
- na estante
- debaixo da escada (energicamente é o mesmo que pisar nos santos)
- na parede onde passam os canos de esgoto ou onde fica a privada (porque há roubo de energia)
- no corredor de passagem da casa (atrapalhará a concentração na hora das orações)
- em ambientes cujo cômodo de cima é o banheiro
- em cima de uma fossa de esgoto
- em ambientes que tenham muitos aparelhos eletrônicos ligados
- embaixo de uma viga exposta

O altar deve ter uma retaguarda, ou seja, uma proteção em suas costas. A solução mais adequada é encostá-
lo na parede. Se o altar ficar no quarto do casal, é aconselhável colocá-lo dentro de um oratório ou separá-lo
do resto do ambiente por meio de um biombo. A energia desse cômodo não tem relação com a energia de um
altar. Caso o altar seja montado em um lugar desfavorável energeticamente, coloque-o dentro de um oratório.

A relação entre os que ficaram e os que partiram


Assimilar a morte de pessoas queridas não é tarefa fácil. Com a proximidade do Dia de Finados, uma
"energia" de saudade paira no ar e talvez seja o momento ideal para falarmos nisso.
Os orientais têm como costume prestar reverências aos seus antepassados. Os japoneses, por exemplo, têm
oratórios em casa para fazerem suas orações. Essa tradição é facilmente compreensível quando entendemos
que "orar" pelas boas energias, lembranças, alegrias, ensinamentos, carinho e amor de nossos ancestrais
transmite boas energias para nossos descendentes diretos e gerações futuras.

No Brasil, em razão do sincretismo religioso, o modo como cada um encara a morte e o Dia de Finados é
diferente.

Como consultor de Feng Shui, sempre sou questionado sobre o tema "morte". Selecionei as dúvidas mais
frequentes e suas respectivas respostas. Espero que elas possam ajudá-lo a enfrentar melhor o assunto!
É verdade que não podemos lembrar ou pensar nas pessoas que morreram dentro de casa porque isto
traz más energias?

Não é verdade! Devemos sim, sempre que possível, cultuar e resgatar as boas lembranças que temos de
nossos entes queridos. O que não podemos é ficar a vida toda lamentando o fato dessa pessoa não estar
mais entre nós nem parar de viver por isso. É evidente que quando a morte é recente, é normal sentirmos a
dor da ausência, mas depois a vida continua. Temos de continuar a vida e buscar na mente as boas
lembranças.

Podemos ter fotos de pessoas que morreram em casa? Há quem diga que não é bom...
Sim, essas fotos podem ficar guardadas em álbuns ou expostas em porta-retratos. Recomendo apenas que
elas fiquem na sala ou no corredor. Evite colocá-las nos quartos.

Podemos guardar objetos pessoais de pessoas que morreram?


Claro! Eles devem ser guardados e, se possível, usados.

E quanto às roupas, sapatos e utensílios?


Não há problemas em guardá-los, mas nesse caso podemos causar um grave problema, de acordo com o
Feng Shui: a energia estagnada ou parada. Se essa roupa guardada for usada pelos membros da família, não
há problema. Em geral, costuma-se doar a maioria das roupas e só guardar aquilo que será usado.

Depois de quanto tempo podemos mexer nas coisas, roupas e objetos da pessoa que morreu?
Não há regra, mas tenho visto muitas pessoas esperarem de sete a trinta dias depois da morte para começar
a mexer nos pertences.

Posso manter um cômodo fechado com todos os objetos, móveis e roupas da pessoa que morreu?
Assim, sinto que estarei mais próximo dele (a)?

Com sinceridade, não recomendo. O Feng Shui fala em energia e o melhor é a energia em movimento, de
vida. Aconselho dar vida ao cômodo. O mais correto é doar os móveis e roupas. Guarde apenas alguns
objetos, lembranças e fotos mais pessoais.

Podemos mexer na casa toda depois que uma pessoa morreu?


Sim. Caso deseje, pinte os ambientes, mexa ou troque os móveis de lugar ou compre novos. No entanto,
procure esperar de 30 a 90 dias para fazê-lo.

Posso acender dentro de casa vela para quem morreu?


Se sua religião ou crença "pedir" esse tipo de ritual, não há problema. Caso não seja de sua crença, não
acenda. Algumas religiões não têm o costume de acender vela para os mortos dentro de casa pois não acham
essa prática apropriada.

Devemos rezar missas ou fazer orações para quem morreu?


Meu conselho é seguir suas crenças e rituais de passagem, conforme sua religião ou filosofia.

Pelo Feng Shui, quais são as atitudes após a morte de alguém querido?
Além de guardar as boas lembranças de quem partiu, aconselho aos que ficaram viver a vida da melhor
forma, pois o que nos separa de quem foi é só uma vibração energética. Viva bem a vida, com suas alegrias,
tristezas, vitórias, derrotas, amores e lamentos. Dessa forma, quem partiu poderá vivenciar tudo isso também!

A energia de nomes, marcas e logotipos


Você já parou pensar na força ou energia que seu nome tem? O modo como é chamado na família, pelos
amigos e no trabalho é sua "impressão digital energética".

Seu nome registrado na certidão de nascimento, o chamamento no ambiente profissional ou o apelido são
muito importantes pois, além de nos identificarem, nos localizam e posicionam energeticamente diante do
mundo e do cosmos.

Um herói ou vilão é lembrado pelos seus feitos na historia da humanidade por meio de seu nome, caso
contrario, caem no anonimato e sua energia se perde.

Quando pronunciamos o nome de alguém, estamos emitindo um "mantra", um som, uma vibração, uma
energia que vibra e fortalece a pessoa. O mesmo ocorre quando escrevemos ou assinamos nossos nomes.

Se de um lado muitas pessoas trabalham e usam muito bem a energia de seus nomes, a maioria não se
preocupa com esta vibração. E pior ainda: muitas não gostam do nome ou de serem identificadas como são.

O conselho que posso dar a quem não trabalha bem a vibração de seu nome é mudar para ela não ser
esquecida energeticamente.

Marca e logotipo de empresas

Nas consultorias de Feng Shui em empresas, uma das falhas energéticas mais gritantes é o mau uso do
nome e logomarca da companhia no mercado no qual atua.

É muito comum entrar em uma loja de roupas, fazer compras e sair do lugar sem conseguir identificar o nome
do estabelecimento. Muitos lojistas não se preocupam com a identificação visual da loja e com a marca --da
fachada ao interior da loja, passando pelas embalagens.

Há várias empresas que prestam serviços de manutenção, por exemplo, e não colocam nenhuma
identificação de sua empresa, nem mesmo um telefone de contato para o cliente o contata quando
necessário.

Isso sem citar os folderes de empresas que escondem o nome e logo ou não identificam com clareza o
produto ou serviço oferecido. Em um mercado competitivo como o brasileiro, é importante que as empresas
se preocupem em fortalecer o nome, a marca e o logotipo, associando o ao produto ou serviço oferecido.

Afinal, "a propaganda é a alma do negócio", e não existe propaganda melhor que o nome da empresa. Por
isso, todas deveriam se preocupar com a energia do nome, nome fantasia, logomarca e logotipo --"DNA
energético da empresa".

A mensagem e energia que a empresa deseja passar aos seus clientes deve estar associada ao nome e ao
logotipo. Há empresários que contratam os serviços de numerólogos, artistas plásticos, arquitetos e
consultores de cores, imagens e marketing para definir a energia favorável de uma marca.

O interessante é notar que pequenas alterações, como o simples acréscimo de uma cor, dão resultado rápido.
Em outros casos, basta desenvolver uma identificação visual, por meio da criação de uma marca ou logo.

Grandes ou pequenas, cabe a cada empresa efetuar as mudança para melhorar, firmar e divulgar o nome de
sua marca. Nada adianta ter uma empresa com bom astral e boas energias se os consumidores não
conseguem identificar seu nome no mercado.

Lembre-se: tudo na vida é uma questão de energia, até mesmo a propaganda e divulgação de sua empresa.
Pense nisto e divulgue para crescer.

As energias de sua mesa de trabalho


O dia passa, você não rende, se sente cansado e com sono. Distrai-se com facilidade e está sempre com
dores e mal-estar. Como não consegue trabalhar, observa o ambiente para descobrir o que há de errado. O
lugar é bem iluminado, arejado, espaçoso, tem cadeiras confortáveis, é bem decorado e aconchegante.
Aparentemente nada errado, mas não pela ótica do Feng Shui. Dependendo de onde sua mesa de trabalho
está você pode sofrer influência negativa capaz de afetar seu desempenho profissional. Veja abaixo os
problemas mais comuns e soluções para melhorar seu dia-a-dia de trabalho:

Mesa ao lado da parede do banheiro: muito cuidado se sua mesa de trabalho estiver encostada ou muito
próxima à parede do banheiro onde ficam os canos de esgoto ou privada. Nessa situação, toda a energia de
trabalho será sugada pelos canos e privada.
Solução: afaste o máximo que puder a mesa desta parede. Coloque entre a mesa e a parede um armário ou
estante para bloquear o roubo de energia.

Mesa em frente à porta do banheiro: outra posição em que há roubo de energia. Quando o banheiro fica
com a porta aberta ou ela é constantemente aberta, ele suga ou rouba energia da mesa em frente.
Solução: tire a mesa desse alinhamento ou coloque uma divisória ou biombo na porta do banheiro, evitando
assim a visão do cômodo e o roubo de energia.

Canos de esgoto embaixo da mesa: é muito comum encontrar conjuntos comerciais ou escritórios que
foram reformados e tiveram o banheiro transformado em sala, mas os canos de esgoto e privada não foram
retirados. Ao colocar a mesa de trabalho sobre os canos, há o roubo de energia.
Solução: retire os canos ou não posicione a mesa sobre eles.

Mesa de trabalho em frente à porta de entrada: evite ter sua mesa de trabalho nesta posição. Do contrário
sua mesa receberá muita energia, afetando negativamente seu desempenho profissional.
Solução: tire a mesa desse alinhamento.

Mesa de trabalho entre porta e janela alinhadas: é o mesmo caso do item anterior. Para piorar, toda a
energia passa pela mesa e sai pela janela.
Solução: tire a mesa desse alinhamento.

Mesa embaixo de uma escada: esse caso é muito comum. Por falta de espaço, é muito comum colocar a
mesa de trabalho sob a escada. A escada exerce muita pressão sobre a mesa e o corpo da pessoa que, com
certeza, ficará cheia de dores.
Solução: o melhor é tirar a mesa dessa posição.

Vigas expostas sobre a mesa: as vigas pressionam energeticamente quem trabalha nesta mesa,
prejudicando seu trabalho e provocando, por exemplo, muita dor de cabeça.
Solução: afaste a mesa das vigas.

Mesa de trabalho ao lado de uma janela: se você for uma pessoa que se distrai com facilidade, evite
colocar sua mesa ao lado de uma janela que tenha muito movimento ou uma paisagem que lhe chame
atenção.

Fazendo pequenas alterações no seu ambiente de trabalho você notará grandes mudanças.

A relação com a família e os amigos


A aproximação do Natal traz consigo um misto de saudades, tristeza e solidão para algumas pessoas. Há
quem sinta uma energia meio "estranha" no ar e acredite que o espírito natalino acabou à medida que a data
virou sinônimo de comilança, troca de presentes e viagem de férias.

Com essa inversão de valores, os termos confraternização, união, felicidade, paz e amor perderam o sentido
e viraram obrigação. Por isso, é cada vez maior o número de pessoas que prefere ficar em casa ou viajar a ter
de participar de um encontro social, digamos, sem sentido.

As famílias grandes, que têm muitas crianças e parentes mais velhos geralmente mantêm o astral e a alegria
do Natal. De certa maneira, isso acontece porque os mais velhos presenciaram uma época em que a família e
amigos se reuniam para verdadeiramente comemorar e se confraternizar. Nesse tempo não existia o Natal
comercial, mas sim um Natal de renascimento e amor, no qual a troca de presentes vazia parte das
comemorações mas não era o mais importante.

Em alguns países da Europa os presentes são trocados no Dia de Reis, em 6 de janeiro, e não no Natal. A
prática mostra que o espírito de Natal serve, entre outras coisas, para reunir familiares e amigos que
pretendem comemorar o nascimento de Jesus.
Mas então o Natal acabou?
Claro, que não! O que temos de fazer é resgatar o verdadeiro espírito e energia de Natal. Veja algumas dicas
para melhorar as energias nos dias de Natal: procure não ficar sozinho neste dia aceite o convite de amigos e
parentes para passar esse dia com eles. Se não gosta de Natal, aproveite a companhia das pessoas de quem
gosta,
se você se sentir triste nesses dias, esqueça o motivo e vá para a casa de alguém e aproveito os momentos
como se fosse um almoço qualquer
se você está de cara virada com algum parente, esse é um bom momento para fazer as pazes se não quer ir
para casa de ninguém, convide pessoas queridas para irem na sua casa. Faça uma festa com os parentes e
amigos que ficarão sozinhos nesse dia
se não recebeu nenhum convite, aproveite para visitar amigos e parentes que gostam de receber visita. Não
esqueça de levar uma garrafa de vinho ou um panetone combine uma viagem como seus amigos, namorado
(a) ou parentes

Hábitos errados: Passado o Natal e o Réveillon, outro ano começa e voltamos à rotina de trabalho.
Novamente nos afastamos dos nossos familiares e amigos e ficamos cada vez mais sós, repetindo os
mesmos erros dos anos anteriores.

Se deseja realmente ter um ano mais movimentado, com vida social agitada e cheio de amigos ao redor, é
preciso começar imediatamente a planejar encontros e confraternizações.

Pelo Feng Shui, podemos energizar esses contatos e encontros. Para que isso aconteça, basta seguir este
roteiro:

aplique o Bagua na sua casa e nos cômodos que você mais fica
localize os setores da família, dos amigos e do relacionamento afetivo ativando ou energizando cada um
desses setores você dará mais vida e movimento à sua vida social

Para ativar o setor dos amigos use objetos e decoração nas cores azul escuro, cinza escuro, branco e tons
metálicos. Objetos de metal são bem-vindos, assim como presentes dados por amigos. No setor família
coloque fotos de parentes, use objetos e móveis de madeira e decoração nas cores verde e azul. No caso do
setor de relacionamentos use coloque objetos e decoração nas cores branco, vermelho, rosa e tons pasteis.

Ao energizar os setores não esqueça de mentalizar o que deseja mais: amigos, mais união, mais festas etc.

Energia acelerada
Irritação, estresse, distração, cansaço e ansiedade são sintomas de um problema chamado pelo Feng Shui de
"flechas assassinas" ou "setas assassinas".

Caracterizada pela aceleração exagerada de energia, as "flechas assassinas" estão mais presente no dia-a-
dia do que poderíamos imaginar. Quando "apontadas" para alguém, as setas lançam uma energia muito forte
e acelerada que pode causar sintomas negativos.Saiba onde ficam essas setas assassinas e como combatê-
las:

Antena parabólica: se estiver apontada para a janela ou a porta de casa, o ambiente receberá muita energia
acelerada. Para resolver o problema, é preciso colocar um pequeno espelho no parapeito da janela ou sobre o
batente da porta voltado para a antena. A intenção é desviar a energia negativa do ambiente. No entanto, se a
flecha estiver voltada para a parede da casa não há problema.

Quinas de prédios ou casas: se a quina exterior de um prédio ou casa estiver apontada para a janela ou
porta de entrada do imóvel há um problema de "seta assassina". Para amenizar o problema, coloque espelhos
na janela ou porta apontados para o prédio.

Ponta de telha: quando o bico de um telhado aponta para a janela ou porta de um imóvel é necessário
plantar plantar árvores que tampem a visão entre a "flecha assassina" e o imóvel.

Outdoor ou placas de propaganda: exemplo comum de "flecha assassina" são as laterais de outdoor ou
placas de propaganda voltadas para janelas e portas de um imóvel. A soluções prática é usar espelhos ou
construir um muro alto.
Quinas de móveis: ocorre dentro dos ambientes de trabalho ou residenciais. Cuidado com cantos de mesa
ou escrivaninha apontados para onde você fica por muito tempo sentado ou dormindo. A melhor solução é
não manter este alinhamento ou coloque uma barreira entre você e a "flecha".

Objetos pontudos: idem ao item anterior.

Quinas de sala: a solução para esse caso pode ser simplesmente sair do alinhamento desta quina ou colocar
um vaso de plantas que esconda o problema.

A importância da mesa de jantar


Nos filmes, quando a intenção é mostrar a vida de uma família feliz e unida, é ao redor de uma mesa repleta
de alimentos que os membros da casa aparecem. Não importa a classe social: em toda moradia há uma mesa
onde os familiares se reúnem e se alimentam.

Atualmente, em razão da rotina atribulada dos grandes centros, é cada vez mais raro ver uma família fazer, no
mesmo horário, ao menos uma das refeições. No entanto, mesmo sem ser muito usada, a mesa de jantar está
lá pronta para servir.

É interessante notar que em muitas residências de pessoas solteiras há uma bela mesa de jantar, quase
sempre pouco usada. E ela geralmente é o primeiro móvel a ser comprado. Mais curioso ainda é reparar que
esse móvel tem a mesma simbologia em diferentes épocas, culturas e civilizações.

A mesa de jantar transmite muitos significados. Conheça alguns deles:

União da família: a cena da família sentada ao redor da mesa, fazendo junta as refeições é um dos mais
fortes símbolos de união e comunhão familiar.

Alegria e felicidade: as pessoas mais queridas --da família aos amigos-- unem-se ao redor da mesa de jantar
para compartilhar momentos de alegria.

Assuntos sérios e importantes: nos momentos difíceis e importantes da família a mesa é usada para reuniões.
É nela que os moradores analisam o caso e tomam as decisões necessárias.

Prosperidade e riqueza: uma mesa com muitos alimentos é um dos mais antigos símbolos de riqueza,
abundância e prosperidade.

Vitalidade e energia: a cena de uma mesa com muitos alimentos é um forte símbolo de energia. Se for uma
mesa com comidas coloridos representa vitalidade.

Segundo o Feng Shui, é muito importante estimular as energias de uma mesa de jantar e corrigir problemas
energéticos que possam prejudicá-la. Leia abaixo quais são as providências recomendadas pelo Feng Shui:

Luz sobre a mesa: é importante ter uma iluminação sobre o móvel porque luz é energia. Caso não tenha um
ponto de luz, puxe um sobre a mesa ou para a parede mais próxima.

Evite bagunças: não há nenhum problema em usar a mesa para estudar, ler o jornal ou trabalhar. O problema
é deixar a mesa permanentemente bagunçada ou desorganizada. Boa energia é sinônimo de arrumação.

Privadas: quem mora em sobrado ou duplex deve tomar cuidado. Se no andar de cima, sobre a mesa de
jantar, houver um banheiro ou lavabo esse alinhamento é prejudicial. Pode haver "roubo" de energia.

Espelhos: é muito bom ter um espelho que duplique a mesa de jantar para "dobrar" as boas energias, a união
e a prosperidade. Tome cuidado para que o espelho não reflita uma imagem negativa do ambiente. Se o
espelho refletir a imagem de uma janela cuja visão seja de uma delegacia, o espelho irá "trazer a delegacia"
para a mesa de jantar.

Mesas muito grandes: se a mesa de jantar for muito grande, evite que as pessoas sentem-se muito afastadas
uma das outras. Procure sentar todas do mesmo lado da mesa. Mesas muito grandes podem afastar as
pessoas.
Cadeiras vazias: evite ter uma mesa na qual mais de metade das cadeiras fiquem permanentemente vazias.
Cadeiras vazias dão uma sensação de vazio ou ausência. Uma saída é ter mesa de jantar que se abre e
aumente quando necessário. Outra saída é retirar o excesso de cadeiras vazias.

Evite sustos: quando nos sentamos à mesa para fazer nossas refeições, queremos tranqüilidade e
serenidade. Se a mesa ficar em um local de passagem ou um dos lados da mesa ficar de costas para uma
área de muito movimento, podemos, sem querer, levar um susto caso alguém se aproxime de repente. Uma
solução é termos visão dessa passagem e do movimento das pessoas quando estamos sentados.

Atraia mais riqueza: quando a mesa de jantar não estiver sendo usada para as refeições, coloque no centro
uma fruteira com muitas frutas ou um cacho de flores amarelas para atrair riqueza.

Agora é só preparar belas refeições e juntar a família e os amigos para um bom papo.

As boas energias dos bichos de estimação


Ter animais de estimação em casa é uma maneira de energizar o ambiente. As plantas e as flores têm o
mesmo poder. Os bichos são pólos de atração de energia negativa, como inveja e rancor.

Outro detalhe interessante é que o animal pode indicar a existência de pontos geopatogênicos na casa. O
gato é atraído por estes pontos negativos. Já o cão, os evita. Ou seja, verifique onde seu gato ou cão gosta de
dormir e ficar para saber onde você poderá dormir ou sentar.

Pesquisas médicas já mostraram que um animal de estimação ajuda a curar ansiedade, depressão, solidão e
problemas cardíacos de seus donos. Portanto, ter um bicho de estimação faz com que nos relacionemos
melhor com o outro. E para harmonizar a convivência entre os bichinhos e os moradores da casa, conheça
algumas características deles:

Energia e atividade: A maioria dos animais não pára de se mover enquanto o proprietário não mandar --e às
vezes nem assim ele pára. São esses movimentos, agitação, barulho e correria que trazem energia ao
ambiente.

Amizade e companheirismo: os animais de estimação são ótimos amigos e fazem companhia a qualquer
hora e momento.

Passeios e brincadeiras: os bichinhos, principalmente gatos e cachorros, estão sempre prontos para nos
acompanhar em passeios e fazer exercícios. Brinque e passeie com eles sempre que possível.

Animador e amoroso: em qualquer ambiente, os bichos sempre alegram, animam e divertem com seu jeito
sincero de ser. Amoroso, adora lamber. Retribua com carinho!

A fé e as energias
O Feng Shui pode trazer sucesso à vida das pessoas que aplicam esta técnica chinesa, conhecida por
harmonizar as energias de um ambiente?

A resposta a esta pergunta só pode ser uma. Sim, quando aplicamos o Feng Shui acreditamos e temos fé de
que esta técnica pode transformar, mudar e melhorar as energias do lugar. Também acreditamos e temos fé
de que a energia de nossa vida pode mudar e prosperar.

Mas o que acontece se eu aplicar o Feng Shui sem acreditar? As energias do ambiente vão melhorar? E a
minha energia, vai ficar harmonizada mesmo sem eu acreditar?

A resposta novamente é sim. Ao aplicar o Feng Shui, as energias do ambiente são harmonizadas,
independentemente de as pessoas acreditarem ou não. E, por tabela, quem vive neste lugar terá suas
energias melhoradas também.No entanto, quando há fé, crença e confiança de que o sucesso --e não
fracasso-- terá mais espaço na vida, as energias fluem de maneira equilibrada e positiva.

Acreditar na vitória, por exemplo, é o diferencial de um time que disputa um campeonato. Se um atleta crê que
chegará na frente dos outros competidores, isso fará a diferença. Ter fé na cura, faz com que muitos doentes
sarem.Tudo isso porque o poder da fé, muito pessoal e subjetivo, vem de dentro de nós e está intimamente
ligado às emoções humanas.

No caso do sucesso do Feng Shui, tudo começa quando a pessoa quer harmonizar a energia de sua casa e
quer melhorar a energia de sua vida. O querer é tão importante quanto o acreditar e ter fé.

Mas é importante lembrar que agir é tão importante quanto o querer e o acreditar!

A energia dos quatro elementos em sua casa


Quem acompanha a filosofia chinesa através da acupuntura, da medicina chinesa e pelos meus artigos Feng
Shui já deve estar familiarizado com os Cinco Elementos Chineses: madeira, terra, fogo, metal e água, que na
verdade não se tratam de cinco elementos e sim de cinco energias diferentes.
Aqui no Ocidente também temos nossos "elementos", que são quatro: terra, fogo, água e ar

Eles fazem parte da constituição de toda a vida na Terra. os quatro elementos estão presentes, por exemplo,
no seu corpo através da: água que constitui mais de 70% do seu corpo
Ar que você respira

- terra nos minerais que existem em seu organismo

- fogo na queima e transmutação dos elementos

No planeta Terra, também estão presentes os quatro elementos:

- água constitui 70% da superfície da Terra

- o fogo está nos vulcões

- o ar que nos faz respirar

- e a terra, que constitui o planeta Terra

Deu para perceber que o conjunto dos quatro elementos é um fator para que a vida se mantenha no planeta
Terra ou é um "quarteto energético bem poderoso".
É muito interessante manter um representante de cada elemento em nossa casa, trazendo assim a energia e
força da terra, fogo, água e ar, principalmente as casas das grandes cidades, tão afastadas dos elementos da
natureza.
Para quem tem um altar em casa, seja de que caminho religioso for, ter representado cada um dos quatro
elementos é uma forma de potencializar a energia de seu altar.

Conheça agora mais de perto a energia e vibração de cada um dos quatro elementos, e saiba de que forma
você pode trazê-los para seu ambiente.

Fogo - Desde tempos imemoriais o fogo tem sido considerado sagrado, participando de inúmeras cerimônias
religiosas e místicas. Sendo um presente dos deuses, é usado para penetrar no reino invisível do espírito. Ele
pode tanto manter quanto destruir a vida; é energia pura, associada ao espírito.
Pode ser usado para limpeza espiritual e consagração de ambientes, uma vez que tem um grande poder
purificador e transformador absoluto. Na antiga China, era considerado também um catalisador das
mudanças.

A maneira mais eficiente e moderna de trazer o fogo para sua casa, altar ou local de trabalho é através das
velas decorativas tão em moda hoje em dia.

Água - Com propriedades purificadoras inatas, tem a capacidade de absorver energias estagnadas e
negativas de um ambiente. E, em contrapartida, oferece vida, juventude, sabedoria e imortalidade. No Feng
Shui é o símbolo máximo da prosperidade.

No cristianismo, através do batismo, ela traz o renascimento. Já nas culturas indígenas, era freqüentemente
usada nas cerimônias de cura. Na psique humana também está associada ao mundo das emoções. Nos
sonhos sempre representará os sentimentos humanos.
Manter uma jarra ou copo com água é a forma mais simples de trazer o poder e energia desse elemento para
sua casa. Já uma fonte de água traz também a energia do movimento e vida para o ambiente. Outra forma
eficiente e também muito decorativa de trabalhar com o elemento água é os aquários ou fontes d'água

Mas não se esqueça de trocar regularmente essa água, para que não fique estagnada.

Terra - Nas antigas culturas, quando o homem vivia em total harmonia e intimidade com os elementos da
natureza, ela sempre foi reverenciada como a Grande Mãe-Terra, ser vivo e consciente, provedor de todos os
seres vivos. Todos nós viemos de seu ventre e para ele retornaremos e assim como os seres humanos, a
terra também é habitada por um espírito.

Terra significa aprendizado e força, seu espírito nos traz estabilidade, sabedoria e poder. De seu ventre
tiramos o alimento e o remédio para nossos males. A terra é regeneradora e transmutadora. Quando a terra
reside em uma casa traz consigo estabilidade, segurança e força interior para seus habitantes, que se sentem
protegidos e bem direcionados na vida.
Vasos de plantas, flores, jardins e todos os tipos de cristais são os melhores representantes desse elemento
em sua casa.

Ar - Transformação: essa é a principal característica desse elemento. Todos nós estamos o tempo todo em
constante comunhão com esse elemento através do ar que respiramos e apenas alguns poucos minutos sem
ele pode significar a morte, tamanha é sua importância em nossas vidas. Portanto, a melhor forma de entrar
em harmonia com ele é através das respirações profundas e conscientes.

O ar traz consigo as energias da mudança e da transformação. De uma brisa suave a uma ventania ou um
terrível furacão, o ar transforma tudo aquilo com o qual entra em contato. Mesmo uma leve brisa é capaz de
transportar as sementes e os pólens das flores, fecundando e propiciando a renovação da vida.

Representado pela águia, nos remete à liberdade, percepção e comunicação. Abrir a janela e respirar fundo
nos momentos de grande tensão nos traz novas perspectivas e ampliação de horizontes.

O ar pode ser representado em sua casa através das defumações, onde queimamos ervas para as mais
diferentes finalidades e também através dos incensos. No Feng Shui os móbiles, sinos de vento, cata-ventos
e todos os objetos que se movam podem também representar esse elemento.

A memória da casa
A energia e o padrão vibratório de uma casa têm relação direta com o estado de espírito de seus moradores
no dia-a-dia. Escolher uma profissão, um namorado, a cor da calça que vai vestir, a marca do carro que
comprará e o banco onde terá uma conta são decisões pessoais e pensadas. Da mesma forma, existem
outras escolhas mais sutis e absolutamente importantes que, muitas vezes, nem nos damos conta.

O humor, a qualidade dos pensamentos e os sentimentos que regem a vida não deixam de ser escolhas.

No entanto, a tendência geral é a displicência com nosso mundo interior. O resultado são ambientes, pessoas
e situações interferindo diretamente em nosso estado de espírito.

Quando escolho ficar de bom humor em plena segunda-feira chuvosa e coloco um sorriso no rosto, não há
cara feia de chefe nem frustração do colega de trabalho capaz de alterar minha paz de espírito.

Se o ambiente está carregado, é possível me fechar em meu círculo de luz e sustentar minha leveza de
espírito. Ficar deprimido porque está fazendo um dia feio? Nem pensar. E por aí vai. Precisamos fazer
escolhas e buscar recursos para sustentá-las, independentemente dos fatores externos.

O corpo é nossa primeira morada e nossa casa, sua extensão. É ela que nos acolhe, protege e guarda nossa
história. Da mesma forma que limpamos, nutrimos e cuidamos da vibração de nosso corpo, devemos estender
esses cuidados e carinhos ao lar.

Mais que escolher o imóvel e enfeitá-lo com móveis e objetos --muitas vezes guiados apenas por modismos
ou pura praticidade-- a elaboração da atmosfera de um ambiente é importante porque reflete a personalidade
de seu dono, dando pistas sobre seus gostos, estilo de vida, história e sonhos.
Há quem acredite que colocando cristais, sinos de vento, fontes ou espelhos --tão em moda hoje em dia-- é
possível atrair bons fluídos e equilíbrio para dentro de casa. Embora este pensamento não esteja errado, a
personalidade de um ambiente vai além. Ela é conseguida dia após dia, não apenas com técnicas, mas com
pequenos atos de carinho e com muita energia boa.

As paredes têm memória


Mais do que atrair bons fluídos para nosso lar, temos todas as condições de criá-los no interior do próprio
ambiente antes de usar qualquer técnica, objeto ou ritual. O conjunto de pensamentos, sentimentos, estado
de espírito, condições físicas, anseios e intenções dos moradores fica impregnado no ambiente, criando o que
se chama de egrégora

Você, com certeza, já esteve em uma residência ou ambiente onde sentiu um profundo bem-estar e sensação
de acolhimento, independentemente da beleza, luxo ou qualquer outro fator externo.

Essa atmosfera gostosa, sem dúvida, era dada principalmente pelo estado de espírito positivo de seus
moradores. Infelizmente, hoje em dia, é muito mais corriqueiro entrarmos em ambientes que nos oprimem ou
nos dão a sensação de falta de paz e, às vezes, até de sujeira, mesmo que a casa esteja limpa. A vontade é ir
embora rapidamente, mesmo que sejamos bem tratados.

O que poucos sabem é que as paredes, objetos e a atmosfera da casa têm memória e registram as energias
de todos os acontecimentos e do estado de espírito de seus moradores.

Por isso, quando pensar na saúde energética de sua casa, tome a iniciativa básica e vital de impregnar sua
atmosfera apenas com bons pensamentos e muita fé. Evite brigas e discussões desnecessárias. Observe seu
tom de voz: nada de gritos e formas agressivas de expressão. Não bata portas e tente assumir gestos
harmoniosos, cuidando de seus objetos e entes queridos com carinho.

Não pense mal dos outros. Pragas, nem pensar! Selecione muito bem as pessoas que vão freqüentar sua
casa. Festas, brindes e comemorações alegres são bem vindas porque trazem alegria e muita energia, mas
cuidado com os excessos. Nada de bebedeiras e muito menos uso de drogas, que atraem más energias.

Se você nutre uma mágoa profunda ou mesmo um ódio forte por alguém, corra e procure ajuda para limpar
essas energias densas de seu coração. Lembre-se que sua casa também pode estar contaminada.

Aprenda a fazer escolhas e determine o que quer para sua vida e ambiente onde mora. Alegria, amor, paz,
prosperidade, saúde, amizades, beleza já estão bons para começar, não é mesmo?!

Comece a refletir como você anda vivendo em sua casa, no que anda pensando, como anda seu humor e
reclamações no seu dia-a-dia. Tudo isto reflete no astral da casa e de seus moradores.

O poder da parede nos ambientes


A decisão de tirar ou colocar uma parede em um ambiente não deve ser pensada apenas sob o ponto de vista
arquitetônico/estrutural. Para o Feng Shui, uma parede tem o poder de alterar todo o fluxo energético do
ambiente e, porque não dizer, de toda residência ou empresa.

Esta mudança pode ser tanto positiva quanto negativa. Antes de tudo, temos de entender como funciona o
fluxo ou circulação de energia. A energia Chi, segundo a definição chinesa, circula do lado de fora e em volta
do imóvel. O Chi entra nas casas por meio das portas de entrada e circula por todos os ambientes de maneira
contínua.

O Chi não atravessa móvel, porta, vidro, janela fechada, cortina ou parede porque tem forma concreta
--verdadeiras barreiras energéticas que desviam ou direcionam a energia. Portanto, quando não há nenhuma
barreira o Chi circula livremente, sem desvios.

Retirada de paredes
Caso 1: porta de entrada alinhada com a janela
Ao retirar uma parede ampliamos o espaço, mas podemos causar um problema grave de fuga de energia Chi.
A fuga ocorre se a porta de entrada fica de frente para a janela ou varanda. Neste alinhamento, a energia Chi
sairá direto pela varanda, deixando a casa e os ambientes sem energia vital. Este problema não existia antes
pois a parede fazia a "barreira" entre a porta e a janela, impedindo a fuga de energia.
Soluções:
- Reconstruir a parede
- Manter a janela fechada
- Manter a porta da varanda fechada
- Colocar uma cortina ou persiana, criando uma barreira para a fuga de energia

Caso 2: porta de entrada alinhada com o corredor dos quartos


Neste caso, a energia Chi entra pela porta e vai direto para o corredor e, com certeza, para os quartos que
ficam no fim dele. O problema está no fato de o corredor ser muito estreito e acelerar a energia Chi, conhecida
neste caso como energia Sha (Chi em mau aspecto). A energia Chi acelerada significa desequilíbrio
energético do ambiente e das pessoas.
Solução:
- Colocar uma porta na entrada do corredor e mantê-la fechada

Caso 3: roubo de energia de um banheiro


Pelo Feng Shui, banheiro e lavabo são conhecidos ladrões de energia Chi. Muitas vezes um ambiente
começa a ficar desvitalizado porque a porta do banheiro dá diretamente para este ambiente.
Solução:
Manter a porta do banheiro sempre fechada

Caso 4: Expor demais a casa toda


Derrubar paredes, ganhar espaço e iluminação é muito importante, mas temos de tomar cuidado porque
podemos expor demais a intimidade da família e o sossego de um escritório ou sala de estudos. Antes de
quebrar paredes, verifique se este ambiente não é um local onde você trabalha e no qual o fluxo de pessoas
ou visitas não vá atrapalhar o bom andamento de sua empreitada.

Onde colocar uma parede

Caso 1: ganhar privacidade em casa


A construção de uma parede que vá trazer mais intimidade a uma sala muito grande é muita bem-vinda.

Caso 2: ganhar privacidade do escritório


Em um conjunto comercial amplo a idéia é boa para proporcionar privacidade e concentração no trabalho.

Por que nem sempre o Feng Shui dá certo?


Algumas pessoas têm entrado em contato comigo através de e-mail ou pessoalmente em eventos e me feito o
seguinte questionamento: "Eu apliquei Feng Shui na minha residência ou na minha empresa ou comércio,
mas notei que não deu muito certo ou que não alcançou o resultado que eu esperava".

Afinal, por que o Feng Shui não deu certo?

Antes de dar uma resposta coerente, é preciso conhecer bem o caso e os fatos. É necessário conhecer o
histórico do caso. É necessário ter claro alguns pontos, do tipo:

Quem aplicou o Feng Shui?

- Por que você quis aplicar o Feng Shui?

- Qual era o intuito de aplicar o Feng Shui?

- O que você fez no ambiente que determina ou indica que foi feito Feng Shui?

- Qual foi sua participação no processo do Feng Shui?

- Qual era o resultado que você esperava?

- Alcançou o resultado?

- Você realizou as mudanças necessárias? Realizou as mudanças pessoais?


Deu para notar que existem muitas variáveis que envolvem o processo de aplicação do Feng Shui num
ambiente residencial ou empresa. A pessoa que deseja aplicar o Feng Shui quer equilibrar e harmonizar a
energia dos ambientes e das pessoas ali convivem.

A pessoa, conscientemente ou não, deseja mudar e transformar as Energias destes ambientes, de uma forma
positiva.

Ou seja, a pessoa que aplica o Feng Shui no seu ambiente tem como intuito melhorar a energia dos ambiente.
Correto, fantástico, maravilhoso! Mas não deu certo!!!!! E por que???

Para começar a responder, preparei alguns dos possíveis motivos, que combinados ou não, são os principais
motivos do não-sucesso.

Não acredito que sejam esses os fatores, mas a leitura deles pode dar uma luz a muitas pessoas que não
entendem o que não deu certo em seu caso.

Os motivos de não dar certo

Falhas do profissional de Feng Shui: Será que o profissional contratado fez uma análise correta das
energias do ambiente? Será que ele fez a orientação adequada dos problemas encontrados? Deu suporte
correto após a consultoria? Se o profissional não trabalhou de forma correta, todo o serviço pode "ir por água
abaixo".

Caso tenha ocorrido isso, o profissional deve ser contatado para sanar possíveis falhas e orientações
adequadas. O profissional de Feng Shui é responsável por todas as consultorias que realiza.

Pessoas não-qualificadas: Infelizmente, como em qualquer profissão, tenho encontrado pessoas não-
qualificadas ou não-preparadas, que aplicam o Feng Shui de uma forma não-profissional. Tenha a certeza
que esta pessoa irá falhar, e muito.

Autodidata:Muitas pessoas que estudam o Feng Shui, ao aplicá-lo nos seus ambientes, nem sempre aplicam
de uma forma completa. Faltam muitas etapas a serem concluídas, que por falta de informação ou
conhecimento, não são aplicadas. Daí, o Feng Shui não irá funcionar de forma adequada.

Feng Shui na decoração: Muita pessoa tem decorado ambientes, usando alguns princípios de Feng Shui. Só
que não se esta aplicando o Feng Shui com profundidade e por completo. Daí pode ocorrer a questão de se
frustrar com o mau desempenho do Feng Shui. O correto é realizar um estudo de Feng Shui com
profundidade e usar a decoração para aplicação da técnica chinesa.

Feng Shui não é aplicado por completo: Muitas vezes, a pessoa em todas as informações para se aplicar o
Feng Shui de forma correto e completa e, não o faz. Aplica-se o que dá ou convém. O Feng Shui é aplicado
de forma errada pelo profissional contratado ou pela própria pessoa.

Não se resolve ou se aplica a solução: Quando se faz uma análise energética dos ambientes pelo Feng
Shui, sempre iremos detectar pontos problemáticos. Para cada ponto problemático, teremos uma ou mais
soluções. Agora, quando não aplicadas, os problemas continuam e o Feng Shui falha.

O cliente ou interessado deve participar: Um dos pontos fundamentais do sucesso do Feng Shui é a
participação do cliente ou interessado. Se ele não participar, poderá não entender o processo de
transformação que com certeza irá ocorrer.

A pessoa não faz as mudanças necessárias


profissional de Feng Shui. Aplicar Feng Shui num ambiente para mudar as energias requer que as pessoas
mudem suas energias pessoais, crenças, valores etc. Não tem fé, aplica o Feng Shui, mas não tem muita fé.

Qual é a melhor posição energética para colocar sua cama?


Afinal, qual é a melhor posição de uma cama num quarto, segundo o Feng Shui? Esta é uma das perguntas
que mais recebo via e-mail ou escuto em eventos que realizo. E, com toda certeza, é um questionamento
muito importante, pois passamos mais de um terço de nossas vidas, em média, deitados neste móvel,
descansando e repondo energias.
Se energeticamente a cama apresentar algum tipo de problema, quem será afetado negativamente é quem
nela dorme. Pelo Feng Shui e pela Radiestesia, podemos encontrar e identificar as causas destes problemas
energéticos, as quais indico abaixo:

A cama deve ficar posicionada para qual ponto cardeal? Norte ou Sul? Leste ou Oeste?
Esta é uma dúvida muito comum, mas que não tem uma resposta definitiva. Muitos estudiosos indicam
colocar a cama no alinhamento do campo magnético da Terra, em que a cabeceira da cama ficaria voltada
para o Norte e os pés, para o Sul, assim a pessoa receberia as energias que circulam pelos pólos terrestres.

Já outros estudiosos indicam que a cama deve ficar alinhada com o movimento do Sol. Assim, a cabeceira da
cama ficaria voltada para o Leste (nascente) e os pés, para o Oeste (poente).

Na minha opinião, tente as duas formas, e, se possível, verifique em qual você dorme melhor.

A cama pode ficar posicionada de frente para a porta do quarto?


Nunca a cama não pode ficar de frente para a porta do quarto, pois nesta posição a cama recebe muita
energia Chi, que entra pela porta, e ficará com muita energia.

Cama muito energizada pode deixar a pessoa com o sono muito agitado ou conturbado, por exemplo. A
pessoa poderá ter muita insônia, preocupação, poderá acordar mais cansada do que quando foi dormir etc.

Mas atenção: quando falamos em cama de frente para a porta do quarto significa cama alinhada frontalmente
com a porta.

A cama pode ficar debaixo de uma janela?


Sim, a cama pode ficar debaixo de uma janela sem problema algum. Se a pessoa se sente desprotegida por
ter uma janela atrás da cabeceira da cama ou ao lado, é só fechar a cortina ou a janela e, se sentirá
protegida.

A cama pode ficar encostada na parede ao lado do banheiro?


Depende. Se nesta parede onde a cama estiver encostada passarem os canos de esgoto e do vaso sanitário,
não pode, pois neste caso, temos roubo de energia.

Caso for uma parede por onde não passe nenhum tipo de encanamento, pode posicionar a cama sem
problemas.

A cama pode ficar de frente para a porta de um banheiro?


Não. Quando a cama ficar alinhada com a porta de um banheiro, corre o risco de ter a energia roubada. Cama
sem energia é sinônimo de pessoas acordando cansadas e sem ânimo.

Neste caso, a melhor solução é manter a porta do banheiro sempre fechada ou, se possível, mudar a cama de
lugar.

Posso colocar prateleiras sobre a cama?


Não é aconselhável. Uma prateleira sobre o corpo humano pode causar pressão energética, o que, com
certeza, irá causar algum tipo de dor, insônia ou incômodo à pessoa.

Posso dormir em uma cama cuja cabeceira é embutida em armários?


Também não. Aplica-se o mesmo caso do item anterior. Só que neste caso, temos somente a cabeça
sofrendo pressão energética.

Posso ter vigas expostas sobre a cama?


Não, não podemos ter vigas expostas sobre a cama, pois irá cair no mesmo problema na prateleira e armário:
pressão energética. Este caso se resolve ou tirando a cama do alinhamento com a viga ou cobrindo a viga.

A cama pode ficar de costas para a porta de entrada do quarto?


A literatura do Feng Shui recomenda que a pessoa, deitada na cama, tenha visão completa da porta de
entrada do quarto, para não ter surpresas desagradáveis. A única posição de ocorrer este fato é quando a
cabeceira cama estiver posicionada na parede onde fica a porta de entrada do quarto. Quando isto ocorrer,
podemos posicionar um espelho num ponto do quarto, que ao deitar, nos dê a visão da porta de entrada.

Posso colocar um espelho bem em frente os pés da cama?


Não, não pode. Existem muitas teorias para não se posicionar um espelho de frente aos pés da cama, entre
elas, é que traz azar ou más energias.

As soluções mais comuns são mudar o espelho de lugar ou cobri-lo ao dormir.

Posso ter gavetas sob a cama?


Outra dúvida muito comum. Sim, pode-se ter gavetas sob a cama. Só tome cuidado para não encher de
bagunças e entulhos. Bem, acredito que com essas informações poderemos ter uma noite de sono mais
tranquila.

Pequeno dicionário de Feng Shui


Sem medo de exagerar, cada vez mais pessoas conhecem ou já ouviram falar na técnica de harmonização de
ambientes: o Feng Shui.

Por ser de origem chinesa, muitos termos técnicos do Feng Shui são usados pelos profissionais e estudiosos
da técnica, mas são pouco conhecidos pelas pessoas em geral. Estes termos técnicos, quando não são bem
divulgados, em vez de esclarecer, confundem.

Para facilitar o entendimento dos termos mais usados pelo Feng Shui, preparei um "pequeno dicionário" de
fácil compreensão. Boa leitura e conhecimento!

Ambiente: todo local (residência, empresa, lojas) onde pode ser aplicada a técnica do Feng Shui

Auspicioso: bons presságios, boa sorte, promissor

Baguá: figura octogonal e um dos poderosos símbolos do Feng Shui. Representa pontos ou energias
importantes de nossas vidas: trabalho, conhecimento, família, riqueza, sucesso, relação amorosa, filhos,
amigos e saúde. Em cada um dos oito lados ou "guas" do Baguá aparece um dos trigramas do I Ching.
Quando o Baguá é aplicado na planta de um imóvel, localizamos e mapeamos os pontos energéticos neste
imóvel

Baguá de proteção: um dos instrumentos do Feng Shui. Tem forma octogonal. É um talismã poderoso que
afasta as energias negativas dos ambientes. Deve ser usado do lado de fora dos imóveis

Chen: um dos oito trigramas. Significa Trovão. Fica no "gua" da família

Chi: é a energia vital para os chineses. Deve estar em todos os ambientes para que haja harmonia

Chien: um dos oito trigramas. Significa céu. Fica no "gua" dos amigos

Dragão: um dos animais sagrados do Feng Shui. Acredita-se que o espírito do dragão tem a capacidade de
influenciar as forças naturais, trazendo boa ou má sorte

Elementos: para os chineses, os cinco elementos (terra, fogo, metal, água e madeira) fornecem energia
essencial para a prática do Feng Shui

Escola da Bússola: uma das escolas do Feng Shui. Ela considera os pontos cardeais e o norte magnético
para aplicação do Feng Shui, além do mapa astral das pessoas, o mapa numerológico e os cinco elementos

Escola do Chapéu Preto: uma das escolas mais usadas no Ocidente nos últimos anos. Trabalha com a
aplicação do Baguá e a simbologia e significado de cada "gua" na vida das pessoas

Escola da Forma: é a mais tradicional escola do Feng Shui. Estuda o relevo, os pontos cardeais, os animais
sagrados, a circulação de energias etc

Feng Shui: Feng significa "vento" e Shui significa "água". É uma técnica que tem mais de 3.000 anos de
existência

Flecha assassina: uma estrutura que forma uma quina ou reta que emana energia negativa, ou "Sha"

Forma sinuosa: um dos aspectos relevantes da arquitetura de um ambiente dentro do Feng Shui.
Gua: um dos oito lados ou pontos do Baguá (trabalho, família etc)

Hexagrama: figura de seis linhas das quais surgem 64 no I Ching

Hong Fan: é um antigo tratado de filosofia que acredita que a origem do Universo foi a combinação dos
elementos (madeira, fogo, terra, metal e água)

I Ching: oráculo que concentra os conhecimentos da filosofia chinesa originárias do Feng Shui

Kan: um dos oito trigramas. Significa água. Fica no "gua" do trabalho

Ken: um dos oito trigramas. Significa montanha. Fica no "gua" do conhecimento

Kun: um dos oito trigramas. Significa terra. Fica no "gua" do amor

Li: um dos oito trigramas. Significa fogo. Fica no "gua" do sucesso

Lopan: bússola magnética rodeada por um disco com forma de rede e caracteres chineses que fornece uma
série de dados. É um instrumento utilizado na Escola da Bússola

Pa Kua: outra forma de se designar o Baguá

Sha: é a energia negativa, dentro do Feng Shui.

Sha Chi: é a energia negativa, dentro do Feng Shui.

Sopro da morte: é a energia negativa, ou Sha.

Sun: um dos oito trigramas. Significa vento. Fica no "gua" da família

Tai Chi: é o centro do Baguá e representa o equilíbrio das forças

Tao: O caminho, uma filosofia ou modo de vida. Seu símbolo é um círculo dividido por uma linha sinuosa que
delimita duas partes: o Yin e o Yang, duas forças complementares dentro da filosofia do Feng Shui

Tui: um dos oito trigramas. Significa lago. Fica no "gua" dos filhos

Yang: força masculina dentro do Tao. Sua polaridade é positiva

Yin: forma feminina dentro do Tao. Sua polaridade é negativa

Com esses termos e significados, acredito que o estudo do Feng Shui ficará mais fácil.

As escolas do Feng Shui


Sabe-se que os primeiros indícios do Feng Shui na antiga China datam de mais 3.000 anos atrás. Existem
dados históricos de que o Feng Shui é praticado deste a dinastia Tang (618-907d.C).

Seu mais antigo praticante conhecido foi o mestre Yang Yun-Sang, um dos mandarins da corte do imperador
Tang. Seus textos de Feng Shui foram conservados ao longo do tempo e até hoje são estudados pelos
praticantes do Feng Shui.

Na época da dinastia Tang, o Feng Shui era usado pelos chineses para escolher estrategicamente os terrenos
de suas construções para evitar problemas climáticos: enchentes, secas, tufões, terremotos, ciclones etc.

Os chineses buscam pelo Feng Shui linhas de energia auspiciosas, conhecidas como "a respiração cósmica
do dragão" ou Sheng Chi, e evitavam as linhas de energias desfavoráveis, conhecidas como "sopro da morte",
ou Shar Chi.

Com o passar do tempo, a utilização do Feng Shui ultrapassou as barreiras da China e chegou a outros
pontos do Oriente e Ocidente, surgindo então novas interpretações da técnica e novos mestres.
Destas novas interpretações ou ramos de pensamento, surgiram outras Escolas de Feng Shui, mas que no
fundo têm o mesmo objetivo: Equilíbrio e harmonia da energia dos ambientes e das pessoas que ali moram ou
trabalham.

Abaixo, descrevo as principais escolas do Feng Shui:

Escola da Forma: é a mais tradicional escola de Feng Shui. Esta técnica valoriza o relevo e os pontos
cardeais. Para a Escola da Forma o mais importante é o relevo ou a topografia do terreno onde vai se
construir uma moradia.

Em seguida estudam-se os pontos cardeais, ou a aplicação da Teoria dos Quatro Animais Sagrados (já
mencionado em artigo anterior). Pela teoria dos quatro animais, ao norte fica a tartaruga preta; ao sul fica a
fênix vermelha; ao leste o dragão verde e ao oeste, o tigre branco.

Para que tenhamos uma boa circulação de energia no terreno e moradia, os quatro animais devem estar
correlacionados à topografia do terreno. Assim, a tartaruga preta deve ficar ao norte, para proteger a
construção ou terreno. O mais aconselhável seria termos neste ponto uma montanha alta.

Já ao sul, onde se localiza a fênix vermelha, não podemos ter nenhum tipo de elevação ou construção, já que
a ave deve ver ao longe e ter liberdade para voar.

Ao leste, onde está o dragão verde, devemos ter uma elevação menor que a montanha da tartaruga. Ao
oeste, onde se localiza o tigre branco, devemos ter uma elevação menor que a do dragão, para dar liberdade
ao animal.

Escola da Bússola É a escola mais usada no Oriente. Essa escola estuda as melhores condições e o
melhor espaço para se viver por meio de cálculos que envolvem o uso da bússola de Lou Pan, compasso que
possui agulha imantada sul/norte, com uma série de anéis contendo as informações: astrologia chinesa,
planetas, cinco elementos água, madeira, fogo, terra, metal, numerologia etc.

Comparada a outras escolas, a interpretação da Escola da Bússola é considerada mais complexa, pois além
do ambiente, o que mais valoriza é a pessoa, por meio de seu mapa astral, seu elemento, seu numero
pessoal e os ciclos da astrologia chinesa.

Além destes aspectos, para definir a arquitetura do imóvel, utiliza-se o Lo Pan (Bússola) e o Lo Shu, que
darão as informações necessárias para realização do projeto.

Entre muitas interpretações, a Escola da Bússola se preocupa com a análise das pessoas que vivem nesta
casa e a combinação de cores, formas e matérias existentes. Esta é uma das perguntas mais comuns que eu
encontro no meu dia a dia como consultor.

Escola do Budismo Tântrico: Também conhecida como Escola do Chapéu Preto, é a mais usada no
Ocidente e no Brasil. Esta corrente existe, segundo informações, a mais de 1.500 anos e chegou ao EUA há
cerca de trinta anos, através do mestre chinês Lin Yun, que uniu preceitos do Feng Shui à filosofia do budismo
tântrico tibetano.

Esta é uma das escolas mais práticas e ecléticas do Feng Shui. Baseada na intuição e no conhecimento
místico, sua prática inclui a observação e as curas físicas da Escola da Forma associadas às práticas de
caráter metafísico.

Tem como ponto fundamental, a aplicação do Bagua e sua interpretação simbólica. O Bagua, "espécie" de
bússola de forma octogonal, é aplicado em plantas para localizar uma série de pontos energéticos (trabalho,
família, riqueza, amor etc). Quando mapeamos estes pontos energéticos, podemos direcionar melhor estas
energias para nossa vida.

Escola da Pirâmide: Esta Escola busca interpretar os conceitos do Feng Shui de um ponto de vista ocidental
contemporâneo. Nancilee Wydra, fundadora da escola, tentou fazer uma relação entre a ciência moderna e o
Feng Shui. Usando conceitos fundamentais do Feng Shui, com uma ótica psicológica, a Escola da Pirâmide
busca adaptar o Feng Shui à cultura, às condições climáticas e ambientais do mundo ocidental.

Como podemos observar, existem várias escolas de Feng Shui. Muitos conceitos são aplicados no dia-a-dia e
outros são adaptados à vida moderna.
Pendure mais energia nos ambientes

Antes de começar a ler este artigo, faça o seguinte exercício:

Levante-se, vá até o ponto central do ambiente em que esta e analise todos pontos, ou seja, faça um giro de
360 graus, observando o que existe neste local. Observe principalmente o que existe na altura de seus olhos
e acima sua cabeça. Anote tudo o que notou numa folha de papel.

Agora, repita o exercício e anote tudo aquilo que está no ambiente acima dos olhos e cabeça e que possa lhe
passar boas energias ou energizar o ambiente e você.

Provavelmente você encontrou mais objetos e utensílios, mas marcou bem menos, pois o que afinal pode ou
não energizar o ambiente numa situação desta? Muitas vezes andamos pelos ambientes e nem notamos os
objetos e utensílios que estão na altura de nossos olhos e acima de nossas cabeças.

E, com toda a certeza, nem pensamos em colocar "fontes de energia" nos ambientes em pontos que ficam na
altura dos olhos e acima da cabeça. E é uma pena não nos preocuparmos, pois em nossa cabeça esta
localizada nossa mente, nossos sentidos e nossa percepção. Nem preciso escrever muitas linhas para
convencer o quanto é importante energizar nossa mente e estimular as energias que ficam na altura e acima e
envolta de nossas cabeças.

Abaixo descrevo formas simples de estimular as "energias aéreas". São dicas simples, mas eficazes.

Plantas e flores naturais: energizam qualquer ambiente, além de estimular as vibrações pela cor e beleza.
Pendure em locais que não atrapalhe a circulação de pessoas. Evite colocar sobre cadeiras e poltronas, pois
não é uma boa posição energética.

Luzes: uma lâmpada acesa em qualquer ambiente, ilumina e energiza. Um canto escuro e tenebroso num
ambiente, por exemplo, pode facilmente ser energizado com uma luminária ou tubo.

Lustres de cristal: além da luz ser uma fonte de energia, os cristais do lustre também são uma fonte de
energia.

Ventiladores: seja localizado no teto ou na parede, quando ligados, os ventiladores provocam movimentação
da energia.

Caixa de alto falante: instaladas na parede ou teto, ou em prateleiras bem altas, irão energizar o ambiente
quando o som se propagar. O tipo de som varia conforme o gosto de cada pessoa. Quem não gosta de uma
música ambiente?

Relógio de parede: seu movimento é sinal de energia em movimento.

Quadros: um das forma mais fácil e simples de decorar as paredes e energizar os ambientes. E muito difícil
uma pessoa não encontrar uma figura ou paisagem de seu agrado para colocar em sua sala, por exemplo.

Sino dos ventos: seja de metal ou de pedras, quando colocado em ambientes que tem circulação de ar, irá
tocar e vibrar positivamente. Uma boa dica é colocar o sino próximo a janelas ou varandas, pendurados no
teto.

Móbiles: sempre associamos móbiles a quarto de criança. Na verdade, além do quarto da criança, podemos
pendurar móbiles em qualquer ponto da casa, pois seu movimento estimula a circulação de energia. E
existem vários tipos de móbiles. Procure colocar o mais colorido possível ou com espelhos.

Esfera facetadas: um dos instrumentos do Feng Shui mais usado para energizar ambientes. Podemos
pendurar no teto, por exemplo, sobre a mesa de trabalho ou no ponto de luz da sala para termos mais
energia.

Cristais austríacos ou swarovisk: Em várias cores, tamanhos e formatos, são lindos e fontes de energia
para qualquer local do ambiente. Só tem um inconveniente: são caros.

Dançarina do vento: é uma espécie de móbile.


Dobradura de papel (origami): pequenos, com formas variadas e coloridas, quando presentes num
ambiente, dão um toque alegre e descontraído.

Mandalas: por si só são fontes de energia.

Bandeiras e flâmulas: estimulam nosso visual e ambiente.

Filtro do sonho: em geral, são colocados sobre a cama. Protegem nosso sono das más vibrações.

Candelabro: a vela energiza há séculos o ser humano.

Fotos: seja num porta-retrato de parede, seja expostas em prateleiras altas, fotos sempre vão estimular
nossas vidas.

Com toda a certeza, podemos completar esta lista com outros exemplos, como, por exemplo, pôster de
equipamentos da empresa que trabalhamos ou a última coleção de roupas que criamos.

O importante é energizar nossos ambientes e não deixá-los vazios, sem energia.

Chakras: pontos de energia do corpo humano


Você não consegue se realizar campo profissional? Tem dificuldades de relacionamento? Sofre de dores na
região do estômago? Tem medo de ficar na miséria ou vive no mundo da lua? Segunda a terapeuta floral Vera
Caballero, estas dificuldades podem ser causadas pela disfunção dos "chakras".

Os chakras são centros energéticos espalhados pelo corpo humano que captam energias e canalizam as
células do corpo físico. Por não serem centros físicos e sim sutis, não podem ser vistos.

E quais são estas energias que os chakras captam e onde se encontram? Estas energias são as mesmas
mencionadas pelo Feng Shui: a energia "Chi" que circula na natureza e nos ambientes residências e
empresas.

O homem vive no meio de uma fonte de muitas energias e interage com elas. Além da energia "Chi", o corpo
humano recebe pelo topo da cabeça energia cósmica que vem do alto, do céu. Recebe pelos pés energia
telúrica, que vem da terra/solo

Os chakras, suas funções e características já eram conhecida pelos antigos estudiosos de espiritualidade e
ocultismo. Segundo Vera Caballero, mesmo nos dias atuais, com o grande avanço tecnológico, ainda não
existem aparelhos capazes de comprovar cientificamente a existência destes centros energéticos em nosso
corpo. Um dos poucos recursos para se detectar os chakras é a clarividência (qualidade de enxergar além do
mundo físico) e o aurameter (aparelho de radiestesia).

O corpo humano conta com centenas destes centros de força, mas existem alguns que são considerados
mais importantes: os "sete chakra principais", que além de serem responsáveis pela nossa saúde física,
também estão relacionados a estados de espírito e ao nosso equilíbrio emocional e psíquico. O bloqueio ou
desequilíbrio de um destes chakras pode acarretar tanto problemas de ordem física quanto alterações de
comportamento e até dificuldades no plano espiritual e físico como, por exemplo, a dificuldade em ganhar
dinheiro, bloqueios sexuais e emocionais.

Segundo Vera Caballero, existem muitas formas de equilibrar os chakras: o reiki é ótimo para alinhar esses
centros de força. Os florais também podem promover equilíbrio, proteção e limpeza dos chakras. A radiestesia
possui equipamentos para medição e equilíbrio da energia desses centros. Outro método, considerado um
dos mais eficientes e seguro para limpeza, energização e, principalmente, desenvolvimento dos chakras é,
sem dúvida, a prática do Yoga.

A próxima coluna mostrará quais são os sete chakras, sua localização e características.

A localização dos chakras e suas funções


Conheça abaixo as principais características, funções e localização dos sete chakras principais:

Coronário
- Localização: na moleira, no alto da cabeça. Está relacionada com a glândula pineal.
- Cor: Violeta
- Função: uma das mais importantes é vitalizar o cérebro, que consome muita energia "alimentando" os
neurônios. Regem a troca de energia com o universo, consciência cósmica, espiritualidade, integração
cósmica e consciência pura.

Frontal
- Localização: entre as sobrancelhas, está relacionado à glândula hipófise.
- Cor: Anil
- Função: vitaliza a região dos olhos, visão e nariz. Desenvolve a clarividência. Este é o chakra do
conhecimento, responsável pela atenção, força de vontade, poder de raciocínio, síntese e interesse pelo novo.
Quando em equilíbrio, a pessoa sente-se encaixada no aqui e agora e tem a intelectualidade equilibrada.
Quando em desequilíbrio, causa intelectualismo frio, ego exagerado, apego aos estudos etc. Pode causar
problemas de rinite e visão.

Laríngeo
- Localização: fica na base do pescoço e está relacionada à glândula tiróide.
- Cor: azul
- Função: Rege a expressão verbal e corporal, a criatividade, comunicação, fluência e a realização
profissional. Quando está em desequilíbrio, causa medo de se expor, falta de maturidade para conviver com
críticas externas e problemas físicos com a boca, faringe e laringe. Este chakra está, constantemente,
sobrecarregado porque, por meio da palavra, expressamos energias nem sempre positivas de nossa mente e
coração.

Cardíaco
- Localização: fica no centro do peito, próximo ao coração e está relacionada à glândula timo. Vitaliza toda a
área cardiorespiratória.
- Cor: verde
- Função: rege as trocas afetivas, compaixão, alegria, sentimentos nobres, educando nossas emoções. Em
desequilíbrio causa rancor, egoísmo, dificuldade em perdoar, inibe as relações afetivas e pode causar
problemas cardíacos e imunológicos. O que mais enfraquece este chakra é a magoa e os ressentimentos.
Fortaleça o chakra com boas risadas, amor e alegria.

Umbilical
- Localização: fica 3 cm acima do umbigo e está relacionado com o pâncreas. Vitaliza todo o sistema digestivo
- Cor: amarelo
- Função: é considerado o chakra central e é responsável pelo equilíbrio e distribuição de energia para todo o
sistema e pelo equilíbrio entre mente e corpo. Este chakra está relacionado com as emoções mais densas e
inferiores, como os desejos, preocupações, agressividade, raiva e etc. Em desequilíbrio pode causar úlceras e
gastrites, além de disfunções psicológicas, como o medo de agir e a indecisão. É um chakra muito sensível às
energias negativas de ambientes e pessoas.
Sacro
- Localização: fica na região pubiana e está relacionado às glândulas sexuais, vitalizando a sexualidade e
atraindo o sexo oposto.
- Cor: laranja
- Função: Está ligado à reprodução humana, criatividade e poder de criação. Quando em equilíbrio causa
harmonia da essência vital, das sensações e do prazer físico e sexual. Em desequilíbrio provoca medo da
troca sexual, repressão dos instintos, vergonha do corpo e falta de auto aceitação.

Básico
- Localização: fica na região do períneo e sua boca está voltada para o chão. Está relacionado às glândulas
supra-renais, que vitalizam o corpo físico.
- Cor: vermelho
- Função: quando em equilíbrio, este chakra traz vontade de viver, ânimo para concretizar as coisas no mundo
material. Nos faz sentir confortável no plano físico, nos aterra, nos ajusta no dia-a-dia e na sociedade. Em
desequilíbrio pode ocasionar medo de viver, falta de disposição, alienação ou extremo apego às coisas
matérias ou dificuldades de lidar com elas.

A melhor maneira para estimular e manter nossos chakras sempre equilibrados é buscar o crescimento
interior, a positividade e a alegria.

Para construir uma casa harmônica, comece pelo terreno


Quando uma pessoa resolve comprar uma residência para morar costuma dar preferência por um imóvel já
pronto, seja um apartamento ou uma casa, principalmente nas grandes cidades. Pelo tamanho do Brasil é
muito comum encontrar também pessoas que planejam a construção de sua futura residência, escolhendo
estilo arquitetônico, cores, numero de cômodos, etc.

Essa última atitude certamente é uma forma de ter uma casa mais harmônica e equilibrada, pois será
construída conforme o seu gosto e o seu sonho. E muita mais harmonizada ficará a casa, se o projeto for
elaborado ou analisado pelos "olhos do Feng Shui".

Mas atenção: essa busca pela harmonia deve começar bem antes da construção da casa, já na escolha do
terreno. Saber o histórico do local ou o tipo de relevo ajudará na hora de escolher o espaço que abrigará a
sua casa.

Leia abaixo algumas recomendações e cuidados na hora da escolha do futuro terreno.

Terrenos com memória


Você já deve ter ouvido falar que a parede de uma casa tem memória, o que significa que um ambiente
registra e guarda a energia das pessoas que ali moraram. Sensações, emoções, pensamentos, atitudes e
palavras --sejam boas ou ruins-- ficam registradas nos ambientes e afetam diretamente os moradores.

Os terrenos também registram essas energias, mesmo que as antigas construções tenham sido destruídas,
pois o local e a terra guardam o registro da antiga construção. Por esse motivo, procure saber o histórico do
terreno e fique atento em casos especiais:

a)Cuidado com os terrenos onde um imóvel foi incendiado, principalmente se houve vitimas, o local tem "um
mau Feng Shui". A solução é retirar de um a dois metros de profundidade de terra e repor com uma terra
nova.

b)Evite locais que foram: delegacia de policia (com energia de revolta, sofrimento, bagunça, rebelião e
mortes); funerária (local de tristeza, luto e desespero); hospital (energia de doença, tristeza, angústia e
sofrimento); cemitério (energia de luto, morte e tristeza); templo religioso (pode ser um local de luto e tristeza);
lixão (energia estagnada); matadouro (energia de pânico, ansiedade e desespero).

Energia telúrica

Faça um estudo do solo através da radiestesia de ambientes ou geobiologia. Um radiestesista profissional irá
analisar o terreno e informar se existe algum tipo de energia do solo, a chamada energia telúrica. Ele saberá
dizer que tipo de influência o local poderá gerar na casa e em seus moradores, além de conseguir corrigi-la.

Forma do terreno
Procure comprar terrenos retangulares ou quadrados. Para o Feng Shui, são as melhores formas para se
construir uma moradia. Terrenos assimétricos demais podem ter um "mau Feng Shui".

Nada de declives ou terrenos acidentados demais


Nesses casos poderão haver problemas na construção do terreno, como, por exemplo, energia acelerada.
Sendo assim, é bom consultar um profissional para estudar a energia do terreno.

Cuidado com os fundos


O bom terreno é aquele que tem no fundo uma retaguarda, "um apoio", que é considerado o "casco da
tartaruga", um dos quatro animais sagrados do Feng Shui. Pode ser uma montanha, um morro, um prédio,
uma casa-sobrado, uma árvore ou um muro. Saiba que os rios no fundo do terreno levam a prosperidade do
local e dos moradores, por isso caso isso ocorra levante um muro alto o suficiente que cubra a visão do rio.

Verwandte Interessen