Sie sind auf Seite 1von 1

João da Ega do século XXI

Comparar uma personagem de ‘’Os Maias’’ com personagens do século em que vivemos não é
tão linear quanto parece, pois na época em que a novela foi escrita as pessoas pensavam e agiam de
maneira diferente.
Apenas podemos vislumbrar algumas características em certas pessoas de quem ouvimos falar no
dia-a-dia, que correspondem, por exemplo, a Afonso da Maia ou João da Ega.
Duas personagens bem evidentes são Dâmaso Salcede que hoje em dia pode ser por exemplo
representado por Cristiano Ronaldo ou a Condessa de Gouvarinho como Lili Caneças.
Neste contexto iremos imaginar como seria nos nossos tempos a famosa personagem de João da
Ega, grande e fiel amigo de Carlos da Maia, que para muito é o alter-ego de Eça de Queirós, o autor do
romance estudado, ‘’Os Maias’’.

João da Ega do século XXI seria um homem rico, que não ligaria a minorias ou coisas comerciais
que corrompem as massas, como o futebol, ou até o McDonald’s. Seria possivelmente um homem muito
crítico, e muito provavelmente cronista num jornal, onde escreveria sobre a moral e costumes da
corrupta sociedade portuguesa. No fundo, Ega seria um grande contestatário, talvez até pertencesse a
certos sindicatos e fosse apologista das manifestações, pois eram para este a forma mais eficiente de
educar o povo, quer a nível cultural, espiritual,estético,ético e até poético.
Ega teria várias aspirações como futuro ministro, com propostas de projectos muito voltados para
a evolução e o combate à ignorância da sociedade. Mas estes projectos tal como todos os outros que
tinha começado, ter-se-iam ficado na teoria, nunca chegando a ser posto em prática.
Seria um homem que adoraria a novidade, mas que no entanto era um homem de hábitos e
requintes.
Um homem irónico, bastante sarcástico, com alguma irreverência, que adora criticar tudo e
chocar os que o rodeassem, o que por vezes o levaria a mostrar-se contraditório nas suas opiniões.
Seria um homem que gostaria de ser notado nos círculos que frequentava, sobretudo pela sua
cultura ou até mesmo pelos seus sentimentos e opiniões.
Teria um paladar requintado, apreciando no entanto a verdadeira comida portuguesa, mas acima
de tudo adorava todas as novidades neste campo, quer a nível nacional ou internacional.
Teria um gosto cultural bastante requintado onde não entrariam os populares cantores portugueses
como Tony Carreira, que segundo Ega, corromperia as multidões, com tanta facilidade como o futebol,
um desporto sem qualquer sensibilidade que conquistava o apoio do público. Ega seria possivelmente
um grande ouvinte de música clássica, e grande apreciador da companhia de homens que considerava
com uma fina sensibilidade e com valores diferentes da corrupta sociedade, tais como os poetas.

No fundo Ega seria a personificação de várias características bem portuguesas, ou até mesmo do
Homem em geral, como por exemplo o facto de um ser humano contestar sem dar soluções. Ficando a
meio dos sonhos e projectos que tivera que abandonara por várias razões, que no entanto poderiam ser
todas diferentes, mas que levariam a que no fim das nossas vidas continuássemos a ser uns falhados da
vida, pois deixamos os nossos projectos e sonhos de parte, porque no fundo a grande verdade, é que a
vida é mesmo assim.

Verwandte Interessen