Sie sind auf Seite 1von 7

Segurança no Lar - Acidentes que podem ser evitados !

flickr_G & A Sattler

Uma Casa à prova de Quedas

Verifique constantemente as condições de segurança de sua casa. Não hesite em fazer


consertos e melhorias, assegurando-se das seguintes condições:

Corrimão em todas as escadas;


Fita antiderrapante na beirada de cada degrau da escada;
Barra de segurança no box do banheiro;
Grade de proteção no alto da escada, se houver crianças em casa;
Piso antiderrapante na cozinha, no banheiro e nas áreas de serviço;
Iluminação adequada em banheiros, escadas, acesso a garagem, etc.;
Tacos e carpetes bem colados no piso.

Prevenindo Acidentes

Antes de lavar ou encerar qualquer piso, avise as pessoas da casa ou bloqueio


o acesso ao local (com uma cadeira, por exemplo). Se houver uma faxineira, peça-lhe
para fazer o mesmo.

Ao lavar ou encerar pisos, utilize calçado adequado, que não escorregue.

Utilize tapete de borracha antiderrapante no box do banheiro. O piso e o tapete devem


ser esfregados frequentemente, pois o acúmulo de resíduos pode torná-los
escorregadios.

Não deixe tapetes soltos nas escadas.


Acostume seus filhos a não deixar brinquedos espalhados pela casa. Se o espaço é
pouco, delimite uma área para os brinquedos.

Não deixe os fios de instalação elétrica soltos. Não deixe fios (elétricos, de telefone)
estendidos em áreas de passagem.

Ensine seus filhos a não correr quando estão carregando objetos contundentes.

Não deixe para depois o conserto de tacos soltos, carpetes descolados, pisos
esburacados.

Não suba em escada móvel sem antes verificar seu estado. Não converse nem se distraia
quando estiver em cima de uma dessas escadas, e evite movimentos bruscos. Não
permita que as crianças utilizem esse tipo de escada.

Video: Evitando Fogo na Cozinha

Se a frigideira com óleo pegar fogo, NÃO ENTRE EM PÂNICO. Siga as instruções
abaixo.
Repasse aos seus amigos, ensine a seus empregados.

Como apagar fogo em uma panela, evitando assim, com que o fogo se alastre por toda a
cozinha.

Fontes de queimaduras

Fique atento a várias situações domésticas que podem causar acidentes envolvendo
queimaduras. Evitá-las é de sua total responsabilidade.

Álcool - Bisnagas ou garrafas plásticas contendo álcool são verdadeiras bombas. Evite-
as. Se não houver outro modo, mantenha-as longe do fogo e fora do alcance das
crianças.

Gás - Vazamentos de gás não devem ser verificados com o uso de fósforos.
Passe espuma de sabão no local suposto; se borbulhar é porque existe vazamento.
Usando fósforos, se houver vazamento grande, poderá ocorrer explosão e incêndio.

Fogo - Se você ou alguém de sua família sofre de epilepsia ou outra doença que provoca
ataques convulsivos, evite ficar perto do fogo. Mantenha as crianças afastadas de fogões
e fogueiras.

Mesa - Cuidado com os pratos quentes colocados sobre a mesa. Fique atento às crianças
pequenas, que podem puxar a toalha, entornando líquidos quentes sobre si mesmas.
Gasolina - Evite fumar ao lidar com gasolina. Cuidado também com os fósforos acesos.
Não armazene gasolina e nenhum outro líquido inflamável em casa.

Material Combustível

Os tecidos sintéticos são muito usados hoje em dia para confecção de tapetes, carpetes,
cortinas, colchas, forrações de estofados e roupas. Eles são altamente inflamáveis. Se
não puder evitá-los, tome todo cuidado para que não entre em contato com o fogo. Basta
uma simples fagulha para o fogo se alastrar em poucos segundos.

Não use avental de plástico ou blusão de nailon quando estiver cozinhando.


Não deixe vasilhames ou talheres de plástico em cima do fogão.
Nunca deixe uma panela com óleo esquentando no fogo enquanto vai fazer outras
coisas.

O gás de cozinha é altamente inflamável. Por isso, verifique sempre se não há


vazamentos.
Nunca derreta cera no fogo.
Guarde todo material inflamável e de limpeza em lugar seguro, arejado e afastado do
fogo.
Nunca armazene gasolina em casa. O risco é muito grande.
Evite acumular objetos fora de uso (jornais, pneus, roupas velhas, caixas de papelão
vazias, etc.), pois podem facilitar a propagação do fogo.

Antes de sair de casa, verifique:


Se o gás está desligado;
Se o ferro de passar está desligado;
Se os cigarros estão apagados nos cinzeiros.

Cigarros

Nunca fume na cama.


Nunca fume se estiver com muito sono e relaxado diante da televisão.
Nunca fume ao encerar a casa ou lidar com álcool, parafina, solventes ou materiais de
limpeza em geral.
Não use cinzeiros muito rasos. Utilize cinzeiros fundos, que protegem mais o cigarro,
evitando que uma cortina esbarre nele ou que caia por descuido no tapete.
Antes de despejar o conteúdo do cinzeiro no lixo, certifique-se de que os cigarros estão
bem apagados.
Nunca jogue um cigarro aceso em qualquer tipo de lixeira.

Acidentes acontecem no Banheiro


As quedas são acidentes mais comuns. A causa é simples: a maioria dos banheiros tem
piso escorregadio, que frequentemente se encontra úmido.

Muitas quedas, e até afogamentos, são registrados em banheiras. No banheiro podem


ocorrer também choques elétricos, queimaduras por água quente, além de cortes com
giletes e navalhas.

O uso de tapetes de borracha ou tiras antiderrapantes no fundo das banheiras ou sobre o


piso do box dos chuveiros evita acidentes.

Pessoas idosas e deficientes físicas correm maior risco de sofrer quedas. A instalação de
barras de ferro junto ao vaso sanitário e ao box do chuveiro pode prevenir quedas.

Não deixe sabonetes e vidros de xampu jogados no piso do box ou na banheira.

Ninguém está livre de uma queda. Mas você pode preveni-la, tomando alguns cuidados.

Intoxicação por Cosméticos ou Medicamentos

Para evitar este tipo de intoxicação, observe à risca as recomendações abaixo:

Conserve artigos de limpeza, cosméticos e remédios fora do alcance das crianças.


Guarde os produtos num armário trancado á chave.
Evite misturá-los no mesmo compartimento.
Todos os produtos de limpeza e remédios devem estar bem identificados.
Se os rótulos forem danificados, providencie novas identificações.

Destrua os remédios que estão fora de uso. Derrame os líquidos no vaso sanitário e puxe
a descarga; dissolva os comprimidos e faça o mesmo.

Não deixe que suas filhas pequenas brinquem com cosméticos. Muitas vezes um
produto que é inofensivo ao adulto traz graves malefícios a uma criança.

No caso de ingestão de qualquer produto, procure o médico.

Asfixia

A falta de ar é o sintoma principal da asfixia, mas, além disso, as batidas do coração se


aceleram e a pele em volta da boca e em baixo das unhas fica arroxeada.
Conforme o caso, podem ocorrer também convulsões, contrações musculares e
desmaios.

O que pode causar a Asfixia:


afogamento;
grande traumatismo do tórax;
envenenamento por drogas ou gases;
enforcamento;

choque elétrico;
qualquer bloqueio da vias respiratórias.

Se não tiver socorro imediato, a pessoa asfixiada morre. Por isso, é importante que você
saiba que medidas tomar até que seja possível conseguir o atendimento médico.

As crianças são as principais vítimas de asfixia. Em geral, a asfixia infantil é


decorrência de brincadeiras inocentes e desconhecimento ou falta de controle da
situação.

Veja como socorrer uma criança asfixiada:


Identifique a causa da asfixia.
Aja com rapidez.
Você tem no máximo 5 minutos para fazer com que a criança volte a respirar.

Engasgo

Segure a criança por trás, pela cintura. Suspenda-a no ar, de forma que o tronco, os
braços e a cabeça fiquem curvados para baixo.
Com uma das mãos, mantenha-a nesta posição. Coloque a outra mão acima do umbigo
da criança e aperte rapidamente o punho contra o estômago dela.
Repita o movimento até que o corpo estranho seja expelido pela boca.

Corpos Estranhos no Nariz

Tente fazer a criança respirar pela boca e segurar o ar nos pulmões.


Aperte a narina desobstruída e peça para a criança assoar.
Esta manobra requer a colaboração da criança, o que nem sempre é possível.
Se o objeto não for expelido ou se a criança não colaborar, não insista. Leva-a
imediatamente ao pronto-socorro mais próximo.

Aspiração de Vômito

Ao vomitar, a criança pode aspirar o próprio vômito, que vai para os pulmões.
Deite a criança de lado. A cabeça deve ficar mais baixa que o corpo.
Com os dedos, tape as duas narinas da criança.
Coloque a sua boca na dela e aspire forte até retirar o máximo de vômito dos pulmões.
Não deixe a criança deitar de costas.
Leve-a ao pronto-socorro mais próximo.
É natural que esta manobra provoque nojo em algumas pessoas. Mas lembre-se de que
você está salvando uma vida, portanto, controle-se.

Saco Plástico

É comum as crianças enfiarem a cabeça em sacos plásticos por brincadeira, muitas


vezes provocando sua própria asfixia.
Retire o saco rapidamente, rasgando-o com as mãos.
Cuidado para não machucar a criança.
Deite a criança de costas, coloque uma da mãos sob o pescoço e outra sobre a testa,
levando a cabeça para trás.
Inicie a respiração boca a boca.
Com os dedos da mão que está sobre a testa, tape as narinas da criança, coloque sua
boca aberta sobre a dela e sopre com força. Ao perceber que o peito da criança se
expande, tire a boca para que o ar seja expelido.
Repita a manobra até a respiração se normalizar.

Lembre-se. Você é responsável pela segurança de seus filhos.


Vigie permanentemente os bebês e as crianças menores para que não se engasguem ou
sufoquem.
Alerte as crianças maiores sobre o perigo de determinadas brincadeiras, que podem
provocar asfixia.
Não perca seus filhos de vista quando estiverem na piscina, na praia, na represa, etc.,
mesmo se eles já souberem nadar.
Vale o velho ditado: É melhor prevenir do que remediar.

Dois Conselhos Úteis

1. Se notar vazamento de gás em sua casa, evite respirar até conseguir ventilar o
ambiente . O gás pode provocar a asfixia.

2. Não ligue o motor do carro num local fechado, sem ventilação. O monóxido de
carbono expelido pelo carro é tóxico e pode matar.

Vazamento de Gás - Como Proceder em casos de Emergência

Vazamento de gás "sem fogo"

Feche o registro de gás.


Afaste as pessoas de local.
Não acione interruptores de eletricidade.
Desligue a chave geral de eletricidade somente se ela estiver fora da residência.
Não fume nem acenda fósforos ou isqueiros.

Se ocorrer em ambiente fechado, abra portas e janelas.


Entre em contato com a empresa distribuidora de gás e, em casos mais graves, com o
Corpo de Bombeiros.

Vazamento de gás "com fogo"

Se possível, feche o registro de gás.


Afaste as pessoas do local.
Desligue a chave geral da eletricidade.
Retire do local os materiais combustíveis que puder.

Chame o Corpo de Bombeiros.