Sie sind auf Seite 1von 3

Meu Mundo http://www.cesariof.xpg.com.br/estat/estat_4_6.

htm

CRIE JÁ SEU BLOG HOSPEDAGEM GRÁTIS COMPARTILHE ESTE SITE ESCOLHA UM CONTEÚDO BUSCAR NO XPG...

CAPÍTULO 04
ESTATÍSTICA

4.6 – INTERVALO DE CONFIANÇA

Seja uma distribuição amostral de média e desvio padrão s. Esta distribuição é dita normal quando o gráfico desta distribuição apresentar a forma
semelhante à indicada na figura abaixo.

Numa distribuição amostral aproximadamente normal é de se esperar que 68,27% das medidas da amostra estejam no intervalo [ – s, + s],
95,45% estejam no intervalo [ – 2x, + 2s] e 99,73% estejam no intervalo [ – 3x, + 3s].
Estes intervalos são denominados intervalos de confiança de 68,27%, 95,45% e 99,73%, respectivamente. Os extremos dos intervalos são
chamados de limites de confiança de 68,27%, 95,45% e 99,73%.

É comum representar o intervalo de confiança, com percentual P%, por ± zs, onde z é o coeficiente de confiança.

A tabela abaixo mostra valores para coeficientes de confiança e os respectivos percentuais.

1 de 3 6/4/2011 10:58
Meu Mundo http://www.cesariof.xpg.com.br/estat/estat_4_6.htm

Conforme dito anteriormente a tabela deverá ser usada para uma distribuição normal ou uma distribuição com um tamanho suficientemente
grande. Em geral para amostra de tamanho maior ou igual a 30, a distribuição amostral se aproxima de uma distribuição normal.

Quando o tamanho da amostra é menor que 30, costuma-se usar o coeficiente “t” de confiança de Student. O coeficiente “t” depende do grau de
liberdade da amostra. Para uma distribuição aproximadamente normal, com amostras de tamanho maior ou igual a trinta, os valores de "z" e de "t" levam
praticamente aos mesmos resultados.
Considera-se o grau de liberdade de uma amostra de tamanho “n” como sendo “n – 1”. Ao usar a tabela de Student deve ser observado que a
primeira coluna corresponde ao tamanho da amostra menos 1.
Veja a tabela de Student na página a seguir.

Exercícios resolvidos
(1) A média e o desvio padrão das alturas de 1000 alunos são 1,657 m e 0,012 m. Supondo uma distribuição normal das alturas, determine o intervalo
que agrupa 866 das alturas (86,6%) da amostra.
Solução: considerando o tamanho da amostra que é de 1000 alunos, deve-se usar o coeficiente "z" que para 86,6% (aproximadamente 86,64%) vale 1,5
(ver tabela de valores para z). Isto resulta em 1,657 + 1,5x0,012 = 1,657 + 1,018.
Assim, 866 alturas, provavelmente estarão entre 1,639 m e 1,675 m.

Analisando graficamente:

No gráfico a área preenchida corresponde a 86,6% da área total. São então: (1000 – 866)/2 = 67 alunos com altura superior a 1,675 m e 1,639
alunos com altura abaixo de 1,639.

É comum usar os limites de confiança para selecionar elementos de um grupo.

(2) As notas de 21 alunos de uma classe têm média 6,60 e desvio padrão 1,50. Provavelmente, quantos alunos tiraram notas:
(a) entre 5,31 e 7,89?
(b) acima de 8,59?

2 de 3 6/4/2011 10:58
Meu Mundo http://www.cesariof.xpg.com.br/estat/estat_4_6.htm

Para uma amostra de tamanho inferior a 30 (no caso, o tamanho da amostra é 20) usa-se a tabela de distribuição de Student.
(a) tomando o limite 7,89 resulta para o produto ts = 7,89 - 6,60 = 1,29. Sendo o desvio padrão s = 1,50, o valor de t é t = 1,29/1,50 = 0,86.
Localizando o valor 0,86 na tabela de Student, para um grau de liberdade igual a 21 - 1 = 20 (lembre que o grau de liberdade é igual ao tamanho da
amostra menos 1), encontra-se o percentual de 80%.
Portanto, 80%x21 = 0,80x21 = 16,8 alunos terão notas entre 5,31 e 7,89. Como não há fração de alunos o número de alunos com notas entre 5,31 e
7,89 é 16.

(b) o desvio em relação à média é 8,59 – 6,60 = 1,99 que corresponde ao produto ts. Como s = 1,50, o valor de t é t = 1,99/1,5 = 1,327. Localizando o
valor 1,327 para 21 – 1 = 20 graus de liberdade, obtém-se o valor 90% (usar o valor mais próximo de 1,327 que é 1,325).
Assim, são 90% dos alunos entre 6,60 – 1,327x1,5 = 4,61 e 6,60 + 1,327x1,5 = 8,59. Portanto, 100% - 90% = 10% estarão fora desse intervalo.
Deste modo, 5% (10%/2) dos alunos têm notas abaixo de 4,61 e 5% dos alunos terão notas superior a 8,59.
Concluindo, o número de alunos com nota superior a 8,59 é 5% de 21 = 0,05x21 = 1,05. Como não existe fração de aluno, 1 aluno terá nota superior a
8,59.
Veja o gráfico correspondente

EXERCÍCIOS
1 - Ao pesquisar a variação do comprimento dos pregos produzidos por uma firma obteve-se uma média de 10,32 cm e desvio padrão 0,12 cm em uma
amostra de 2000 pregos.
(a) Determine o intervalo de comprimentos que, provavelmente, agrupará 91,08% dos parafusos;
(b) Determine o número de parafusos cujo comprimento esteja compreendido entre 10,08 cm e 10,56 cm.
(c) Determine o número de parafusos cujo comprimento é maior que 10,62 cm.
(d) Qual foi o tipo de score (z ou t) usado na resolução dos itens acima? Justifique.

2 - As alturas de 20 alunos de uma classe apresentam média 1,60 m e desvio padrão 0,02 m.
(a) Determine o intervalo de alturas que, provavelmente, agrupa 90 % dos alunos?
(b) Quantos alunos têm, provavelmente, altura superior a 1,64 m?
(c) Qual foi o tipo de score (z ou t) usado na resolução dos itens acima? Justifique.

Criado e editado por Cesário José Ferreira

3 de 3 6/4/2011 10:58