Sie sind auf Seite 1von 2

5/4/2011 Cristianismo Redivivo - História da Era …

Ano 129 • Nº 2. 185 • Abril 2011

Cristianismo Redivivo - História da Era Apostólica - Ainda a Síntese


Cronológica

“Desde já, vejo os críticos consultando textos e combinando versículos para


trazerem à tona os erros do nosso tentame singelo. [...] e ao pedantismo
dogmático, ou literário, de todos os tempos, recorremos ao próprio
Evangelho para repetir que, se a letra mata, o espírito vivifica” 1
Haroldo Dutra Dias

Atendendo ao alvitre de Simão Pedro, Barnabé convidou Paulo para os trabalhos promis sores na Igreja de Antioquia.No
artigo anterior [publicado em jan. 2010, p. 33-35], concluímos que, da data de s ua conversão em Damas co até sua
chegada em Antioquia, transcorreram s eis longos anos (primeiro trimes tre do ano 36 d.C. até o verão do ano 42 d.C.), nos
quais o Após tolo dos Gentios consolidou as profundas transformações que o encontro com Jes us lhe provocou.

Cons oante os informes de Emmanuel e Irmão X:

[...] Ainda, aí, entrou a compreensão de Pedro para que não faltas se ao tecelão de Tarso o ens ejo devido. Observando as
dificuldades, depois de indicar Barnabé para a direção do núcleo do “Caminho”, acons elhou-o a procurar o convertido de
Damasco, a fim de que s ua capacidade alcançasse um campo novo de exercício espiritual.

[...]Press uroso e prestativo, Saulo de Tars o em breve se instalava em Antioquia, onde passou a cooperar ativamente com
os amigos do Evangelho. [...]2

Com efeito, daí a meses , um portador da igreja de Jerus além chegava apressadamente a Antioquia, trazendo notícias
alarmantes e dolorosas . Em longa missiva, Pedro relatava a Barnabé os últimos fatos que o acabrunhavam. Escrevia na
data em que Tiago, filho de Zebedeu, s ofrera a pena de morte, em grande espetáculo público. [...]3 (Grifo nosso.)

Onze anos após a crucificação do Mes tre, Tiago, o pregador, filho de Zebedeu, foi violentamente arrebatado por es birros do
Sinédrio, em Jerusalém, a fim de responder a processo infamante. (Grifo nosso.)

[...]O antigo pescador e aprendiz de Jesus é atado a grande poste e, ali mesmo, s ob a alegação de que Herodes lhe
decretara a pena, legionários do povo pass am-no pela espada, enquanto a turba estranha lhe apedreja os despojos .4

Imensas surpresas aguardavam os emis sários de Antioquia, que já não encontraram Simão Pedro em Jerus além. As
autoridades haviam efetuado a prisão do ex-pes cador de Cafarnaum, logo após a doloros a execução do filho de Zebedeu.
[...]5

Nos capítulos 11, 12 e 13 do livro Atos dos Apóstolos encontram os uma descrição parcial dos fatos ocorridos durante a
permanência do Apóstolo em Antioquia, entre eles a mudança do nome dos seguidores de Jes us, que pass aram a se
chamar “cris tãos ”, um ano depois da chegada de Paulo (Atos , 11:26); as previsões do profeta Ágabo a respeito dos
martírios em Jerusalém (Atos, 11:28); o martírio de Tiago, filho de Zebedeu, e irmão de João Evangelis ta (Atos, 12:2); a
pris ão de Simão Pedro, a morte de Herodes (Atos , 12:3 e 23) e a viagem de Paulo e Barnabé a Jerus além (Atos, 12:25).

Es sa descrição parcial é bastante enriquecida com os dados trazidos pelo Benfeitor Emmanuel, no romance Paulo e
Es têvão, permitindo-nos organizar um quadro razoavelmente detalhado do período.

Dess e modo, conjugando as informações , é possível determinar que o martírio de Tiago ocorreu, s egundo o relato do
Es pírito Irmão X, onze anos após a crucificação. Em publicações anteriores demonstramos que a crucificação de Jesus se
deu em abril/maio do ano 33 d.C.,6 portanto, Tiago morreu no ano 44 d.C.,7 data em que Simão Pedro es creveu a missiva

febnet.org.br/reformadoronline/pagina/… 1/2
5/4/2011 Cristianismo Redivivo - História da Era …
para Barnabé, que se encontrava em Antioquia.

EVENTO DATA REFERÊNCIA


Mateus, 27:27-50; Marcos , 15:16-37; Lucas, 23:26-46;
Crucificação Abril/maio do ano 33 d.C.9
João, 19:17-30
Pentecos tes Maio do ano 33 d.C. Atos, 2:1-36
Escolha dos Diáconos Primavera do ano 35 d.C. Atos, 6:1-7
Martírio de Estevão Verão do ano 35 d.C10 Atos, 6:8; 7:60
Convens ão de Saulo 1º trimestre do ano 36 d.C. Atos, 9:1-18
Paulo em Verão do ano 36 d.C./Verão do ano
Atos, 9:8-25; Gálatas , 1:15-18
Damasco/Arábia 39 d.C.10
Primeira Vis ita a
Verão do ano 39 d.C. Atos, 9:26-29; Gálatas, 1:18-20
Jerus além
Verão do ano 39 d.C./Verão do ano
Paulo em Tarso Atos, 9:30; Gálatas, 1:21
42 d.C.
Paulo em Antioquia Verão do ano 42 d.C. Atos, 11:25-26
Martírio de Tiago Ano 44 d.C11 Atos, 12:1-23
Segunda Vis ita a
Verão do ano 44 d.C. Atos, 11:30; Gálatas, 2:1-10
Jerus além

Herodes Agripa I, filho maisnovo de Herodes Magno (Herodes, o Grande), foi condecorado com o título real pelo imperador
rom ano Calígula no ano 37 d.C., mas somente reinou, efetivamente, a partir do ano 41 d.C. Os historiadores divergem
quanto à data da s ua morte, es peculando que ela tenha ocorrido entre setembro/outubro de 43 d.C. e fevereiro de 44 d.C.

Harold Hoehner, em sua tes e de doutorado intitulada Chronology of the Apostolic Age,8 postula que Herodes morreu no
ano 44 d. C., apresentando diversas evidências documentais e arqueológicas bastante convincentes . Ademais, sua data
se harmoniza perfeitamente com aquela informada pelo Espírito Irmão X.

Após o recebimento da carta de Simão Pedro, Paulo e Barnabé dirigiram-se a Jerusalém, onde foram surpreendidos pela
aus ência do próprio Simão, que havia se retirado da cidade, em função da s ua anterior prisão.

Não obstante, Barnabé e Paulo entregaram a coleta de donativos ao após tolo Tiago, regress ando a Antioquia
profundamente impres sionados com as mudanças ocorridas na Igreja de Jerusalém, que perdera suas características de
simplicidade e independência.

O res umo das datas mencionadas neste artigo e no anterior pode s er conferido na tabela acima, enriquecida com outros
eventos mencionados no livro Atos dos Apóstolos.

febnet.org.br/reformadoronline/pagina/… 2/2