Sie sind auf Seite 1von 2

Controvérsias

A tomografia computadorizada substitui as radiografias


periapicais no diagnóstico das reabsorções dentárias?
Alberto Consolaro

A força e os meandros do conhecimento são incompará- mentando sua precisão. Mas, a rigor, serão poucos os casos
veis com a frieza e a linearidade da tecnologia. de reabsorção dentária em que a tomografia computadori-
As radiografias periapicais obtidas e analisadas duran- zada será determinante e indispensável. A popularização da
te o planejamento ortodôntico são fundamentais para a tomografia computadorizada vem reduzindo seus custos
prevenção de problemas profissionais relacionados às rea- operacionais e oferecendo para os pacientes serviços cada
bsorções radiculares. As radiografias periapicais permitem vez mais acessíveis, especialmente onde existe mais de um
avaliar com precisão a forma e a proporção das raízes, dos aparelho funcionando comercialmente.
ápices e da crista óssea alveolar. A avaliação da morfologia Toda nova tecnologia gera impactos positivos e nega-
radicular e da crista óssea são pontos essenciais no con- tivos. Infelizmente, muitos erros de diagnóstico têm acon-
ceito de planejamento defensivo para as reabsorções den- tecido nas interpretações tomográficas, incluindo-se erros
tárias durante o tratamento ortodôntico. Nas radiografias como reabsorções cervicais interpretadas como cárie de
panorâmicas, a avaliação precisa e segura destes aspectos colo e sulcos de desenvolvimento radicular identificados
morfológicos, infelizmente, não é possível. como linhas de fraturas e outros.
Entre 5 e 10% da população ocidental que nunca sub- Da mesma forma, erros de diagnóstico ainda ocorrem
meteu-se à movimentação ortodôntica têm algum tipo com freqüência nas interpretações de radiografias peria-
de reabsorção dentária. Quando reconhecidas no planeja- picais, como reabsorções cervicais consideradas cáries de
mento ortodôntico, logo são diagnosticadas, suas causas colo, reabsorção por substituição como anquilose alveo-
identificadas e tratadas, em geral, pelo lodentária, reabsorção externa como in-
endodontista indicado. Em radiografias pa- terna, etc. Retomando o raciocínio da pri-
norâmicas, ou ortopantomografias, quan- meira frase deste artigo, de nada adianta
do visualizadas, as reabsorções dentárias a tecnologia se não houver conhecimento
estão em fase avançada de evolução. prévio. Infelizmente, apesar do elevado
Mesmo em radiografias periapicais, o grau de aperfeiçoamento da técnica e da
diagnóstico das reabsorções radiculares qualidade das radiografias periapicais, sua
iniciais e/ou localizadas nas faces vestibu- interpretação ainda fica a desejar por parte
lar e lingual pode, eventualmente, ser di- de muitos profissionais.
ficultado. Entretanto o conhecimento e a Ao quê mais serviriam as tomografias
experiência prévia associados às variações Figura 1 - Imagem tomográfica de computadorizadas na Ortodontia? Algu-
reabsorção radicular na face palatina do
nas angulações diferentes na obtenção das mas das inúmeras possibilidades que se
incisivo central superior que, em função
radiografias periapicais, geralmente, eluci- da localização, dificultou sua avaliação apresentam são:
dam as dúvidas. Raramente as radiografias precisa em radiografias periapicais (ce- 1) determinação precisa da relação dos
periapicais não permitem um diagnóstico dida por A. R. Barbosa, Brasília/DF).
dentes com as corticais, visto que, reco-
seguro e preciso das reabsorções dentárias, nhecidamente, a movimentação ortodôn-
mas pode-se ter casos em que a identificação do tipo de rea- tica, quando envolve estas placas de osso mais denso, au-
bsorção, seu grau de evolução, seus limites e sua causa não menta a possibilidade de reabsorção radicular;
sejam definitivamente possíveis de ser determinados (Fig. 2) determinação imaginológica em 3D da borda WaLa;
1). Nestes casos podemos, agora, lançar mão da tomografia 3) avaliação da relação, posicionamento e angulação dos
computadorizada: a análise da reabsorção, a determinação dentes;
de sua extensão e localização serão muito facilitadas, au- 4) avaliação mais precisa da sutura palatina mediana em

110 Rev. Clín. Ortodon. Dental Press, Maringá, v. 6, n. 5 - out./nov. 2007


Alberto Consolaro

casos de expansão da maxila, bem como de seus efeitos na são estas:


tábua óssea vestibular dos dentes que atuaram como anco- 1) Sim, as radiografias periapicais apresentadas permi-
ragem dos expansores; tiriam o diagnóstico, mas as reabsorções dentárias não fo-
5) diferenciação precisa de casos duvidosos de reabsor- ram relatadas nos laudos radiográficos e não constam, por
ção interna; escrito, explicitamente citadas no planejamento ortodôn-
6) relação precisa entre dentes próximos um dos outros, tico do caso.
quer sejam irrompidos, parcial ou totalmente não irrompi- 2) Sim, muito embora na documentação do caso as ra-
dos, e suas decorrentes conseqüências, como reabsorção e diografias periapicais não tenham sido devidamente soli-
concrescência radiculares; citadas na composição da pasta de documentação, invia-
7) avaliação mais precisa de espaços interdentários e ós- bilizando um diagnóstico preciso e seguro, visto que as
seos, pela possibilidade de imagens em 3D; radiografias panorâmicas não permitem um detalhamento
8) análise criteriosa dos remanescentes radiculares em de alterações dentárias como, por exemplo, as reabsor-
dentes submetidos a reabsorções das mais variadas natu- ções.
rezas e causas. Para o diagnóstico preciso das reabsorções dentárias, as
O contato muito freqüente com as imagens tomográfi- radiografias periapicais são fundamentais e sua interpre-
cas me leva, singelamente, a refletir sobre a prática atual da tação requer conhecimento e experiência prévios, obtidos
interpretação imaginológica em tomografias computadori- com estudo e treinamento.
zadas oferecidas aos ortodontistas. Algumas perguntas in- A tomografia computadorizada pode substituir ou é
quietantes precisariam ser respondidas ou, no mínimo, ser melhor que as radiografias periapicais no diagnóstico das
levadas em consideração no estabelecimento de protoco- reabsorções radiculares?
los de documentação, diagnóstico e terapêutica: A tomografia computadorizada oferece maior precisão
1) Os centros de documentação, de um modo geral, es- e precocidade no diagnóstico das reabsorções dentárias em
tão preparados para fornecer este serviço aos ortodontis- função dos vários sentidos nos planos de cortes e da recons-
tas com a qualidade, seriedade e rigor que se requer de um trução em 3D. A tomografia computadorizada não substitui
serviço de diagnóstico imaginológico? as radiografias periapicais no diagnóstico das reabsorções
2) Os cursos de pós-graduação em nível de especializa- radiculares, mas complementa-as, ao mesmo tempo que
ção, mestrado e doutorado oferecem formação e treina- amplia as possibilidades de diagnósticos mais precisos,
mento necessário para que os egressos exerçam este servi- quanto ao seu grau de comprometimento e localização,
ço tomográfico com segurança e precisão que dignifiquem e também oferece, ainda, a oportunidade de identificação
esta maravilhosa especialidade odontológica? Os progra- mais precoce do processo. Entretanto, ressalta-se que seu
mas destes cursos estão adaptados a esta nova realidade? uso indiscriminado e superficial pode gerar avaliações equi-
3) Esta formação é realizada com carga teórica e prática vocadas e diagnósticos que levam a planos de tratamento
em aparelhos modernos? indesejáveis para o paciente. Quanto mais explorarmos as
4) Estariam as demais especialidades odontológicas, in- radiografias periapicais, maior será a valorização das tomo-
cluindo a Ortodontia e a Ortopedia Dentofacial, adaptadas grafias computadorizadas.
para receber laudos e imagens tomográficas, ou para soli- Lembremos: tecnologia sem conhecimento prévio, sem
citá-las, ou ainda para aplicá-las e se responsabilizar pelas a serenidade necessária no discernimento das imagens,
interpretações efetuadas? pode trazer mais danos do que benefícios aos nossos pa-
5) Qual a carga horária das aulas e atividades relaciona- cientes. O caminho deve ser permeado por muito estudo e
das especificamente ao estudo e treinamento de diagnósti- treinamento!
co das reabsorções dentárias?
Quando participo como consultor ou perito em alguns
casos de reabsorção dentária, esta é a pergunta mais fre-
Alberto Consolaro
qüente: este diagnóstico poderia ter sido feito a partir dos Professor Titular em Patologia Bucal na Faculdade de Odontologia de Bauru
exames imaginológicos apresentados? (Graduação e Pós-Graduação) e na Pós-Graduação da Faculdade de Odon-
tologia de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo.
As situações que determinam as respostas, geralmente, E-mail: alberto@fob.usp.br

Rev. Clín. Ortodon. Dental Press, Maringá, v. 6, n. 5 - out./nov. 2007 111