You are on page 1of 34

PLANEJAMENTO E CONTROLE DE

ESTOQUE

Estratégia de
Planejamento e controle operações
de Estoque
O mercado exige...
Uma quantidade de produtos
e serviços em um momento Gestão de
particular Projeto operações Melhoramento

A operação fornece...
A entrega de uma quantidade
de produtos e serviços
quando requerido Planejamento
e controle
PLANEJAMENTO E CONTROLE DE ESTOQUE
Gerentes de produção tem usualmente uma posição ambivalente
em relação a estoques. Se por um lado representam custos,
ocupam espaços, exige cuidados; por outro lado dão uma
segurança para ambientes de demanda e fornecimentos incertos

Questões chave:
Que é estoque?
Por que estoque é necessário?
Quais são as desvantagens de manter estoque?
Quanto estoque uma operação deve manter?
Quando uma operação deve repor o estoque?
Como o estoque deve ser controlado?

Leitura: Operação na prática – pg355


O que é Estoque?
Estoque é: a acumulação armazenada
de recursos materiais em um sistema
de transformação

Todas operações mantêm


estoque...
Hotel
Hospital
Loja de varejo
Distribuidor de autopeças
Manufatura de linha branca
Fabricante de jóias
Todas operações mantêm estoque

• O Valor do estoque
Estoque Vendas Estoque/
Empresa País Negócio (em milhões) (em milhões) Vendas

Atlas Copco Suécia Construção SEK 4425M SEK16007M 0,28


British Gás Reino Unido Gás natural £593M £10254M 0,058
Sandoz Suíça Prod. Farmacêuticos SFr3027M SFr14416M 0,21
Essilor França Prod. Oftálmicos US$281M US$1018M 0,27
Eurocopter França Helicópteros FFr10210M FFr11600M 0,88
Por que existe estoque?

Porque existe uma diferença de ritmo ou


de taxa entre fornecimento e demanda

Tipos de estoque:
de segurança
de ciclo
de desacoplamento
de antecipação
no canal (de distribuição)
de segurança  Estoque isolador

de ciclo  Oriunda da produção por lotes

Produz A Produz B Produz C Produz A Produz B Produz C


Nível de estoque

Entrega A Entrega B Entrega C Entrega A Entrega B Entrega C

Tempo
de desacoplamento  Usado em leiaute funcional
de antecipação
 Para atender a produção e as demandas sazonais

no canal (de distribuição)


 Em trânsito ou em consignação
QUE É ESTOQUE?

 Algumas desvantagens de manter estoque


 Estoque congela dinheiro
 Acarreta custo de armazenamento

 Pode tornar-se obsoleto

 Pode danificar-se ou deteriorar-se

 Pode se perder

 Pode trazer perigo ao ambiente

 Consome espaço

 Envolve custos administrativos e securitários


POSIÇÃO DO ESTOQUE – NOS DIFERENTES ESTÁGIOS DA PRODUÇÃO
•Estágio simples •Dois estágios

Operação Depósito Ponto de Operação


Estoque Distribuição
de vendas central distribuição de vendas
Fornecedores Fornecedores local

•Multiestágio

Estoques Estágio 1 Estoque Estágio 2 Estoque Estágio 3 Estoque


de entrada em processo em processo de bens
WIP WIP acabados
Fornecedores

• Sistema de Estágio Multiescalonado

Manufatura Manufatura
Produtores Armazéns Lojas de
de tecidos de roupas
de fio regionais varejo
(tecelagem) (confecções)
QUE É ESTOQUE?
 Decisões de Estoque de Ciclo
 Quanto pedir
 volume de ressuprimento
 Quando pedir
 momento de reposição
 Como controlar o sistema
 rotinas
 prioridades
 gerenciamento das informações
DECISÕES DE VOLUME DE RE-
SUPRIMENTO DE ESTOQUE QUANTO
PEDIR
 Decisões de re-
re-suprimento implica em:
 Custos de estoque
 Perfis de estoque

 Fórmula do lote econômico de compra


Custos de estoque
1. Custo de colocação do pedido
1. Custo da operação de compra
2. Descontos de preço para quantidades
1. pequenas compras podem ser mais caras
3. Custo pela falta de estoque
1. suprimento de emergência sempre é muito caro
4. Custo de capital de giro
1. contrair empréstimo para fazer estoque é caro
5. Custo de armazenagem
1. custo da operação de armazenagem
6. Custo de obsolescência
1. estocagem por longos períodos corre este perigo
7. Custo de ineficiência de produção
1. estoques podem ofuscar os problemas de produção
Decisões de volume de re-suprimento
de estoque quanto pedir
PERFIL DE ESTOQUE DE CICLO
A figura mostra um perfil de estoque de ciclo para consumo constante e
ressuprimento instantâneo e periódico.

Estoque médio = Q/2


Intervalo de tempo entre entregas = Q/D
Freqüência de entregas = D/Q

Q Taxa de Demanda
Demanda fixa e previsível= D= ΣQ (declividade)
Nível de estoque

Estoque médio =Q/2

Tempo

Entrega instatânea à freqüência de D/Q


PERFIL DE ESTOQUE DE CICLO
 A figura mostra perfis de estoque duas políticas de
tamanho de pedido

Plano A Demanda (D) = 1000 itens por ano


Q=400
Nível de estoque

400

Estoque médio para


o plano A=200
Plano B
100 Q=100 Estoque médio para
o plano B=50

Tempo
0,1 ano 0,4 ano
LOTE ECONÔMICO DE COMPRA OU PRODUÇÃO
LEC Dados para a planilha de custos no LEC
Ce = custos unitários de estocagem
Cp = custos unitários de pedido ou setup
C eQ
Custo de manutenção Ce =
2
C pD
Custo de troca Cp =
Q
C eQ C D
Custo total Ct = + p
2 Q

Custos de pedidos com diferentes quantidades no período de um ano


Demanda (D) = 1000 unidades, Custo de manutenção (Ce) = R$1,00 anual
Custo de Pedido (Cp) = R$20,00 por pedido
Custo de Custo de
Pedido (Q) Manutenção Ce Pedidos Cp Custo Total
CexQ/2 D/QxCp

50 25 20x20=400 425
100 50 10x20=200 250
150 75 6,7x20=134 209
200 100 5x20=100 200
250 125 4x20=80 205
300 150 3,3x20=66 216
350 175 2,9x20=58 233
400 200 2,5x20=50 250
Lote Econômico de Compra ou Produção
Dados para a planilha de custos no LEC A variação de Ct é dada pela derivada:
Ce = custos unitários de estocagem
Cp = custos unitários de compra ou setup dC t C C D
= e − p2
dQ 2 Q
Custo de estocagem C eQ
= O mínimo custo representa o Qp (LEC)
2
C pD dC t
Custo de troca = = 0
Q dQ
Ce C pD
Custo total C eQ C pD 0 = −
Ct = + 2 Q2
2 Q 2C p D
Q p = LEC =
Ce

500

400
Custos totais
300
Custos

200
Custos de
manutenção Custos de pedidos
100
LEC

50 100 150 200 250 300 400


Quantidade de Pedidos
EXEMPLO: PRODUÇÃO DE REFRIGERANTES Pg 391

Um atacadista de material de construção obtém seu cimento de um


fornecedor único
Dados Demanda: D=2000 ton/ano
Custo de aquisição $60,00/ton
Custo do pedido: Cp=$ 25,00/pedido
Custo de manutenção de estoque (Ce ) é 20% do custo de
aquisição por ano

2C p D
Q p = LEC =
Ce

2 × 25 × 2000
=
0 , 2 × 60

100 . 000
=
12

LEC= 91,29 toneladas


REABASTECIMENTO GRADUAL – DE COMPRA OU PRODUÇÃO

Q Demanda (D) = 1000 itens por ano


Nível de estoque

Aclive Declive
P-D D

Tempo
Q/P

Quando os pedidos chegam gradualmente Como antes


(situação de fornecedor interno) a uma taxa de
entrada P e é retirada a uma taxa D. Custo total = Custo de manutenção de
Tem-se: estoque + custo de troca de produto
•nível máximo de estoque = M
•aclive de estoque no suprimento = P - D C eQ ( P − D ) C p D
Ct = +
2P Q
Q
M = (P − D) dC t C e ( P − D ) C p D
P = −
dQ 2P Q2
Nível médio de estoque =M/2
2C p D
Q LEP =
= (P − D)  D 
2P C e 1 − 
 P 
EXEMPLO: PRODUÇÃO DE REFRIGERANTES Pg 391

Qual o tamanho ótimo do lote de produção Q?


Dado: Demanda: D=80000 U/mês ou D=500 U/hora
Capacidade: P=3000 U/hora (mês de 160 horas)
Tempo de troca= 1 hora
Custo da troca Cp=100 $/hora
Custo de manutenção de estoque Ce= $ 0,1 U/mês

2C p D
LEP =
 D 
C e 1 − 
 P 

2 × 100 × 80000
LEP =
 500 
0 ,1  1 − 
 3000 

LEP= 13.856
CRÍTICA DA ABORDAGEM DO LEC
 Pressuposições dos modelos
 estabilidade da demanda
 custo de pedido conhecido é fixo
 custo de manutenção de estoque é fixo
 Quão custoso é o estoque?
 Análises mais profundas indicam que os estoques tem muito
mais custos intangíveis do que é expressa pelo modelo LEC

Custos totais
revisados Custos de manutenção
500 revisados

400 Custos totais originais


Custos

300
LEC Custos de manutenção
200 revisado originais

100 LEC Custos de pedidos


original
50 100 150 200 250 300 400

Quantidade de Pedidos
MUDAR A OPERAÇÃO PARA REDUZIR
ESTOQUES
 Uso do modelo LEC como prescrição
 O perfil da demanda pode exigir perfil de estoque diferente do estipulado
pelo calculo do LEC
 O LEC como meta a ser alcançada pela redução de setup ou do custo da
operação de compra
 No cálculo da formula LEC se entra com o tamanho do lote e se calcula o
custo de setup ou da operação de compra

Custos totais
revisados Custos de manutenção revisados
500

400 Custos totais originais

300
Custos

Custos de manutenção originais

200
Custos de pedidos originais
LEC original
100
LEC revisado Custos de pedidos revisados

50 100 150 200 250 300 400

Quantidade de Pedidos
CASO BREVE: HOWARD SMITH PAPER GROUP
pg370
DECISÕES SOBRE O TEMPO
QUANDO COLOCAR UM PEDIDO
 Quando colocar um pedido
 Nível de re-suprimento
 Lead time
 Modelo determinístico
 Demanda
 Lead time
 Uso do lead time

Demanda (D) = 100 itens por semana


Modelo linear 400- Nível de
determinístico ressuprimento
Nível de estoque

300-
Ponto de
ressuprimento
200-

100-

1 2 3 4 5 6 7 8
Tempo
Lead time de
pedido
DECISÕES SOBRE O TEMPO
QUANDO COLOCAR UM PEDIDO
Com a redução dos estoques de segurança a atenção
se volta para o controle

Nível de
ressuprimento
Modelo não
determinístico
Nível de estoque

Distribuição de
Q uso do lead time

d1
d2
s
t1 t2 Tempo
Revisões contínuas e periódicas
Revisões contínuas e periódicas
Revisões contínuas
 períodos irregulares
 tamanho de pedidos constantes

Nível de
Tamanho igual
ressuprimento
dos pedidos
Nível de estoque

Distribuição de
Q uso do lead time

d1
d2
s
t1 t2
Tempo
Nível de Pedido
segurança
Revisões contínuas e periódicas
Revisões periódicas
 tamanho do pedido variável
 períodos regulares

Q
Nível de estoque

Q1 Q3
Q2

T1 T2 T3
Tempo
t1 t2 t3

tf tf tf
Revisões contínuas e periódicas
Intervalo de Tempo
Revisões contínuas e periódicas
Sistemas de 2 e 3 gavetas
Gaveta 1
 itens sendo usados

Gaveta 2
 estoque de reposição

Gaveta 3
 estoque de segurança

Sistema flow rack


SISTEMA DE CONTROLE E ANÁLISE DE ESTOQUE
SISTEMA DE CONTROLE E ANÁLISE DE ESTOQUE

 Prioridades de estoque
 Regra de Pareto
 itens classe A ⇒ (20% representa 80%)
 itens classe B ⇒ (30% representa 10%)
 itens classe C ⇒ (50% representa 10%)

100 -
Outros fatores que devem
90 -
ser considerados
%Cumulativa do valor total
80 -
•Conseqüência da falta de 70 -
estoque 60 -
50 -
•Incerteza de fornecimento 40 -
•Alta obsolescência ou risco 30 - Itens Itens Itens
20 - Classe A Classe B Classe C
de deterioração
10 -

10 20 30 40 50 60 70 80 90 100

% do número total de itens


Sistema de controle e análise de
estoque
Medindo o estoque
valor total do estoque
cobertura de estoques - estoque médio
giro do estoque
Exercício resolvido pg 405

Sistema de informação de estoques


atualizar registros
gerar pedidos
gerar registros de estoque
prever