Sie sind auf Seite 1von 1

INSTITUTO FEDERAL DO MARANHÃO

CAMPUS TIMON
1
DISCIPLINA: ARTE / Profa. Roseane Serra
Aluno(a): _____________________________________

INSTITUTO
CAMPUS
FEDERAL
Afinal, o que é arte?
DO MARANHÃO
TIMON
DISCIPLINA: ARTE – Profª Roseane Serra
A arte é uma forma do ser humano expressar suas emoções, sua história
e sua cultura através de alguns valores estéticos, como beleza, harmonia,
Alunos
equilíbrio. A arte pode ser representada através de várias formas, em
especial na música, na escultura, na pintura, no cinema, na dança, entre
outras.
Após seu surgimento, há milhares de anos, a arte foi evoluindo e
ocupando um importantíssimo espaço na sociedade, haja vista que
algumas representações da arte são indispensáveis para muitas pessoas
Isto não é um cachimbo!
Rene Magritte. A Traição das imagens, 1928-29.
nos dias atuais, como, por exemplo, a música que é capaz de nos fazer
felizes quando estamos tristes. Ela funciona como uma distração para
certos problemas, um modo de expressar o que sentimos aos diversos grupos da sociedade.
Muitas pessoas dizem não ter interesse pela arte e nem por movimentos ligados a mesma, porém o que elas
não imaginam é que a arte não se restringe a pinturas ou esculturas, também pode ser representada por
formas mais populares, como a música, o cinema e a dança. Essas formas de arte são praticadas em todo o
mundo, em diferentes culturas. Atualmente a arte é dividida em clássica e moderna, qualquer pessoa pode se
informar sobre cada uma delas e apreciar a que melhor se encaixa com sua percepção de arte.

Para eles, o que é arte?


A Arte como verá a seguir, tem sido definida de “Será Arte tudo o que eu disser que é Arte” (Marcel
diferentes formas, sendo que nenhuma delas chegou Duchamp).
a esgotar o seu conteúdo ou significado. “A Arte é uma mentira que nos permite dizer a
Arte, para JANSON (1993, pg. 11), é, em primeiro verdade” (Pablo Picasso).
lugar, uma palavra que pode significar tanto o “A Arte não reproduz o visível, torna visível” (Paul
conceito de arte como a existência do objeto arte. Klee).
Para KOSIK (2002) a arte é parte integrante da “A Arte não tem nada a ver com o gosto, não há
realidade social, é elemento de estrutura de tal nada que o prove” (Marx Ernst).
sociedade e expressão da prática social e espiritual “A beleza perece na vida, porém na Arte é imortal”
do homem. (Leonardo Da Vinci).
Já para MERLEAU-PONTY (1980), a arte não é “A fantasia, isolada da razão, só produz monstros
tradução do mundo, mas a instalação de um impossíveis. Unida a ela, ao contrário, é a mãe da
mundo. “A expressão não pode ser então a Arte e fonte de seus desejos” (Francisco de Goya).
tradução de um pensamento já claro, pois que os “Enquanto a ciência tranqüiliza, a Arte perturba”
pensamentos claros são os que já foram ditos em (George Braque).
nós ou pelos outros”. “Se eu pinto meu cachorro exatamente como é,
Alguns artistas também tentaram definir um naturalmente terei dois cachorros, mas não uma
conceito para a arte, conheça alguns: obra de arte” (Johann Wolfgang Von Goethe).

A partir de tantas reflexões sobre o que é arte, surge a necessidade de se compreender os períodos, os
movimentos e o contexto em que estavam alguns desses autores para compreendermos o real sentido das suas
definições para a Arte. Porém, nosso objetivo é chamar sua atenção para o seguinte fato: há muito tempo se
discute o sentido da arte, sem que se chegue, porém, a um único significado, cabível a qualquer cultura em
qualquer época.