You are on page 1of 2

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL 2

PROFº: CHÁRCHAR Frente: 03 Aula: 08 ED140607


(CN)

ETAPAS DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL um autônomo mais vulnerável aos acidentes detrabalho devido
à própria monotonia de suas atividades Para diminuir custos e
A Revolução Industrial comumente é dividida pela gastos mulheres e crianças também serão aproveitadas.
geografia e pela historiografia tradicional em etapas: Certas funções femininas, como as tarefas domésticas,
o aleitamento e a educação das crianças foram quase
Primeira etapa (1760- 1860) - a revolução Industrial ficou totalmente suprimidos, causando um considerável descontrole
limitada, basicamente, à Inglaterra, primeiro pais europeu a familiar. Sem contar que os salários das mulheres e das
desenvolver o processo de industrialização. O grande destaque crianças eram bem menores do que os dos homens Paul
foi o desenvolvimento da indústria de tecidos de algodão, com a Mantoux, um estudioso da manufatura do século XVIII, primeira
utilização do tear mecânico. Além disso, o aperfeiçoamento das fase da Revolução Industrial, relata que o trabalho das crianças
máquinas a vapor teve extrema importância para o progresso era muitas vezes preferido, devido à docilidade, à maior
das fábricas. facilidade no aprendizado, à submissão no cumprimento das
ordens e aos salários menores que recebiam.
Segunda etapa (1860-1900) - a Revolução Industrial espalhou-
se pela Europa central e oriental, atingindo países como
TRABALHANDO O TEXTO
Bélgica, França, Alemanha, Itália e Rússia. Alcançando outros
continentes, o processo de industrialização chegou aos Estados
Unidos e ao Japão. Nessa etapa, as principais inovações Novidades industriais
técnicas foram: a utilização do aço, superando o ferro; o
aproveitamento da energia elétrica e dos combustíveis mudam a vida das pessoas
petrolíferos; a invenção do motor a explosão, da locomotiva
elétrica; e o desenvolvimento dos produtos químicos. O A Invenção da locomotiva a
progresso tecnológico foi de tal modo significativo que essa vapor e o desenvolvimento dos trilhos de ferro, ambos
etapa é comumente denominada Segunda Revolução Industrial. ocorridos na Inglaterra, contribuíram muito para
expansão do capitalismo industrial no resto da Europa.
A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL: AS CONSEQÜÊNCIAS E Com isso, houve uma multiplicação das trocas
MUDANÇAS QUE O MUNDO SOFREU comerciais internacionais. A vida das pessoas também
O processo revolucionário na indústria trouxe varias passou por uma transformação: começa a ficar mais fácil
mudanças e consequências que ainda hoje o mundo vive. conhecer outros lugares, visitar parentes e amigos longe
Talvez a primeira delas seja a consolidação do Capitalismo de casa, fazer compras em outros mercados.
como sistema propriamente dito, pois segundo Marx é a partir O processo de siderurgia repercutiu
desta revolução que a burguesia torna-se hegemónica como enormemente nos meios de transporte: os navios de aço
classe e o proletariado se constitui como base de lucro para a
eram cada vez maiores e as ferrovias cada vez mais longas
indústria através da Mais valia1. Gerou o aumento da produção, [C1] Comentário:
do consumo, da riqueza e da pobreza. Vamos analisar esta e eficientes. Desse modo, pode-se viajar para outros
questão através dos textos abaixo. países mais confortavêlmente.
A Industrialização foi muito mais do que o fruto de uma
revolução técnica e científica. Ela representou uma mudança (L’èpoque contemporaine, Paris. Fernand Nathan.1984; 1900, La
social profunda na medida em que transformou a vida dos naissance du siécie. Paris, Casterman,1985)
homens, sem se preocupar com custos sociais dessa mudança.
Uma das primeiras transformações diz respeito ao
próprio significado da palavra trabalho. O que antes significava É fato bem conhecido que as estatísticas podem provar
dor, humilhação e pobreza passou a dignar fonte de qualquer coisa. Nunca proporcionaram um quadro mais falso do
propriedade, riqueza, produtividade e até mesmo a expressão que o relativo ao período de infância da Revolução Industrial na
da condição humana. O trabalho passou a dignificar o homem e Inglaterra (e no mundo). Toda tabela de números mostrava
a qualifica-lo, tornando-se um indicador de posição social. progressos tremendos. A produção de algodão, ferro, carvão, de
(MOTA. 2002) qualquer mercadoria, multiplicou- se por dez. O volume e o total
Outro aspecto relevante é o controle técnico do de vendas, os lucros dos proprietários – tudo isso subiu aos
processo de produção, que passou para as mãos do capitalista, céus. Lendo tais números ficamos surpreendidos. A Inglaterra,
no momento em que se instituiu a divisão e o parcelamento do ao que tudo indica, devia ter sido então o paraíso que os autores
trabalho. O resultado foi a Alienação crescente do trabalhador, de canções mencionam sempre. Foi, realmente - para uns
cada vez mais afastado do produto final de seu esforço. poucos.
A "robotização do trabalhador" foi também um aspecto Para muitos, podia ser qualquer coisa, menos um
gerado pela Revolução Industrial. O operário especializou-se em paraíso. Em termos de felicidade e bem-estar dos trabalhadores,
servir uma máquina, transformando-se em autónomo destinado aquelas estatísticas róseas diziam mentiras horríveis. Um autor
a desempenhar atividades cotidianas cansativas e autônomas. E mostrou isso num livro publicado em 1836: 'Mas de um milhão
de seres humanos estão realmente morrendo de fome, e
1
'Em termos simples, podemos explicar a noção de mafs-valla da seguinte esse número aumenta Particularmente ruim era a situação
maneira: um operário, por exemplo, ao realizar um trabalho, deveria dos artesãos, que ganhavam antes o bastante para uma vida
receber de forma integral o correspondente ao valor social do seu decente e que agora, devido á competição das mercadorias
trabalho. Entretanto, o capitalista apodera-se de parte desse trabalho que feitas pela máquina, viram-se na miséria[…].
deveria ser pago ao operário. A essa parte nâo-remunerada do trabalho As máquinas, que podiam ter tornado mais leve o
social dá-se o nome de mais-valia. (Cotrin, Gilberto-história Global. trabalho, na realidade o fizeram pior. Eram tão eficientes que
P.241). tinham de fazer sua mágica durante o maior tempo possível.
Fale conosco www.portalimpacto.com.br
Para seu donos, representavam tamanho capital que não EXERCÍCIOS
podiam parar - tinham de trabalhar, trabalhar sempre. Além
disso, o proprietário inteligente sabia que arrancar tudo da 01. A respeito da Revolução Industrial, assinale a alternativa |
máquina, o mais depressa possível, era essencial porque, com incorreta.
as novas inovações, elas podiam tornar- se logo absoletas. Por
a) Ocorreu em primeiro lugar na Inglaterra nos meados do
isso os dias de trabalho eram longos, de 16 horas Quando
século XVI 11
conquistaram o direito de trabalhar eram dois turnos de 12
b) Caracteriza-se pela separação entre força de trabalho e
horas, os trabalhadores consideram tal modificação como uma
propriedade dos meios de produção.
benção[…].
c) Favoreceu a ascensão da Inglaterra à posição de maior
Pagavam os menores salários possíveis. Buscavam o
potência económica europeia.
máximo de força de trabalho pelo mínimo necessário para
d) No campo político estimulou a concretização das teorias
pagá-Ias. Como mulheres e crianças podiam cuidar das
filosóficas de Hobbes.
máquinas e receber menos que os homens, deram-lhes
e) Encampou um extenso desenvolvimento tecnológico.
trabalho, enquanto o homem ficava em casa, frequentemente
sem ocupação. A principio os donos de fábricas compravam o
02. Sobre a Revolução Industrial:
trabalho das crianças pobres, nos orfanatos; mais tarde, como
I - Ocorreu principalmente por causa do acúmulo de enormes
os salários do pai operário e da mãe operária não eram
capitais provenientes das atividades mercantilistas.
suficientes para manter a família, também as crianças que
II - Ocorreu principalmente na Inglaterra (primeira Revolução
tinham casa foram obrigadas a trabalhar nas fábricas e minas.
Industrial) e mais tarde em alguns paises da Europa Ocidental e
Os horrores do industrialismo se revelam melhor pelos
nos EUA (Segunda Revolução Industrial).
registros do trabalho infantil naquela época.
(HUBERMAN, Leo, A história da Riqueza do homem, p 176-178) Ill - Trouxe como consequência a abolição da escravidão em
alguns países com objetivo de ampliar os mercados
consumidores mundiais.
O LUDISMO
Assinale, agora, a alternativa mais adequada:
De acordo com a) l e II estão correias, b) III e II estão incorretas.
Norberto Bobbio, o ludismo c) Todas estão incorretas. d) Todas estão correia.
foi nome usado para designar e) l e II estão correias.
movimentos operários de
protesto que se 03. (Unicentro-PR) Durante muito tempo, a Revolução Industrial
desenvolveram no final do praticamente limitada à Inglaterra, porém, logo as demais
século XVIII e inicio do nações europeias passaram a identificar a industrialização
século XIX, com o propósito de buscar melhorias salariais e como sinal de poderio. Mediante essa afirmativa, identifique os
conter a mecanização do ciclo produtivo. Havia também o itens correios e, depois, assinale a alternativa correspondente.
Cartismo que a seu modo também mostrou a insatisfação da I - A primeira e grande depressão do capitalismo (1873-1896)
classe operária. levou ao fortalecimento das empresas pela centralização e
Estando os artesãos e os operários arruinados pela concentração de capital; inicia-se uma fase do capitalismo, sua
revolução da indústria, esses e os desempregados reagiram de fase monopolista.
forma espontânea à exploração capitalista, Acreditavam que os II - Enquanto a primeira fase da Revolução Industrial
responsáveis por sua miséria e desemprego eram as máquinas concentrou-se na indústria pesada, particularmente na produção
e passaram a destrui-las. Esse movimento de quebradores de de carvão e aço, na Segunda etapa, a produção de bens de
máquinas (1811-1812) foi liderado por um artesão empobrecido consumo, principalmente têxtil, passou a ser o centro do sistema
chamado Led Ludman, e ficou conhecido como Ludismo. Além produtivo.
de quebrar máquinas, os ludistas passaram a espancar e Ill - O desenvolvimento acelerado dos meios de transporte
perseguir os capitalistas. representou uma verdadeira revolução. As estradas de ferro
foram o maior investimento industrial do século XIX.
A MAIOR DAS TECNOLOGIAS, A MAIOR DAS MÁQUINAS IV - A unificação da Alemanha impediu sua rápida
industrialização que, a partir de 1890, ainda não superara o
O mais avançado sistema, o mais atraso técnico.
moderno computador. O robô mais eficiente V - Na Itália, apesar da industrialização estimulada e protegida
e opulento. Nunca terá o que tem o mais pelo Estado, permaneceram as grandes disparidades entre o
humilde dos homens: A capacidade de Norte (industrializado) e o sul (agrário).
AMAR e enxergar o próximo como ser a) l, II, III estão correias d) II, II! e IV estão correias
humano. b) l, II e V estão correias, e) l, IV e V estão correias
Talvez cientificamente esse c) l, III e V estão correias.
pensamento seja raso. Mas humanamente profundo e talvez
tecnicamente duvidoso. 04 - (UFSM) A Revolução Industrial:
Pois foi feito por mãos que tem o direito que nem uma I - ocorreu na Inglaterra, durante o século XVIII, devido ao
máquina tem: O direito de ERRAR. Errar e amar é humano. excesso de capitais oriundos do comércio internacional.
(COSTA, Anderson. História para o Dia-a-dia) II - criou uma estrutura fabril que provocou o deslocamento das
populações urbanas para o campo.
Ill - Ocasionou o surgimento de novas classes sociais: a
burguesia industriai e o proletariado urbano.
BIBLIOGRAFIA: IV - Estruturou a organização social em comunidades rurais
BOBBIO, Norbert et ai. Dicionário de política. Brasília, Ed.UnB, 1992. livres, eliminando a propriedade privada.
CÁCERES, Florívat- A Revolução Industrial. SSo Paulo. Atiça 2000.
DECCA. Edgar de e MENEGUELLO, Cristina. Fabricas e Homens: A
V - Provocou o surgimento de movimentos sociais e ideologias,
Revolução Industrial e o cotidiano dos trabalhadores São Paulo. Atual. como o anarquismo e o socialismo, alternativas à brutal
1999 exploração e ás precárias condições de vida do proletariado.
HOBSBAWM, Eric J. A era das revoluções. Rio de Janeiro, Paz e Terra. Estão corretas:
1996.
REGINA, Tânia de Luca. Indústria e Trabalho na História do Brasil. São
a) apenas l e IV. b) apenas II e III.
Paulo. Contexto . 2001. c) apenas l, III e V d) apenas II, IV e V.
e) l, II, III, IV e V.
Fale conosco www.portalimpacto.com.br