Sie sind auf Seite 1von 4

COMO AS CÉLULAS OBTÊM ENERGIA

As células obtêm energia, pela degradação de substâncias orgânicas de alimento. A


energia liberada é transferida para moléculas de ATP: um nucleotídeo formado por uma
base nitrogenada (adenina), por um glicídio (ribose) e por três fosfatos.
ATP: trifosfato de adenosina; inglês: Adenosine Triphosphate.
Síntese de ATP: Ocorre pela adição de um fosfato inorgânico (pi) ao ADP (difosfato de
adenosina). Essa reação consome energia.
Degradação do ATP: Quando uma atividade requer energia, o ATP é degradado em
ADP e pi, liberando energia.

FOTOSSINTESE
Processo no qual moléculas de CO2 e de água se combinam, na presença de energia
luminosa, produzindo moléculas orgânicas e O2.
ETAPAS DA FOTOSSINTESE:
1-Etapa fotoquímica ou fase clara: Há participação de energia luminosa; Ocorre nos
tilacóides com a participação de pigmentos fotossintéticos; Compreende a
fotofosforilação e a fotólise da água.
2-Etapa química ou fase escura: Não há participação direta da energia luminosa; Ocorre
no estroma e compreende o ciclo das pentoses.
1- ETAPA FOTOQUIMICA:
1.1_FOTOFOSFORILAÇÃO: Adição de fosfato em presença de luz. A substância que
sofre fosforilação é o ADP, que se transforma em ATP.
A fotofosforilação é o processo de produção de ATP com energia luminosa, que é
captada pelas moléculas de clorofila a, que emite elétrons energizados, que serão
captados e transportados na membrana dos tilacóides, liberando energia. A energia
liberada é utilizada para produzir ATP. Veja:
_A energia liberada é utilizada para bombear íons de hidrogênio (H+) para dentro dos
tilacóides. Os H+ voltam para o estroma por difusão, através de proteínas
transportadoras chamadas sintetase do ATP, que liberam energia para produzir ATP.

Representação esquemática do transporte de elétrons, realizado através da cadeia


transportadora de elétrons na membrana do tilacóide, e da produção de ATP por
fotofosforilação.

1.2 FOTÓLISE DA ÁGUA: Quebra da molécula de água na presença de luz.


H2O  elétrons + H+ + O2.
A molécula de água é quebrada, liberando elétrons que são captados pela clorofila a
repondo o que ela perde na pela excitação da luz (na fotofosforilação), ao mesmo tempo
em que os H+ são captados pelo NADP, formando NADPH2. Forma-se também O2 que
é liberado.

2. ETAPA QUIMICA: Produz moléculas de glicose a partir de moléculas de CO2 do ar,


de hidrogênios da água trazidos pelo NADP e de energia do ATP formado na
fotofosforilação. Nessa etapa, ocorrem reações ligadas à fixação do carbono. Essas
reações ocorrem no estroma e, apesar não dependerem diretamente da luz, dependem de
reações da fase fotoquímica, pois precisam do ATP e do NADPH formados na presença
de luz. Nessa etapa, o CO2 participa de uma série de reações que ocorrem no ciclo das
pentoses. O CO2 se uma a um composto de 5 carbonos chamado ribulose bifosfato ou
RuBP, formando um produto com seis carbonos que é imediatamente quebrado em duas
moléculas de dois carbonos cada_ o 3fosfoglicerato (G3P). Parte dessas moléculas irão
participar da produção de glicose e outra parte irá produzir novas moléculas de RuBP.
Para cada três CO2 incorporados no ciclo, formam-se seis moléculas de G3P, onde
apenas uma será usada pela célula como produto; as cinco restantes originam três
moléculas de RuBP que serão usadas para incorporar mais três CO2, reiniciando o ciclo.
Para produzir uma molécula de glicose, consome-se:
_6 CO2;
_18ATP;
_12NADP.

DESTINO DOS PRODUTOS DA FOTOSSINTESE:

*GLICOSE:
_Usada na respiração celular;
_Transformada em substâncias orgânicas como: aminoácidos, açúcares, gorduras.
*GÁS OXIGÊNIO:
_ Usado na respiração celular;
_Transformado em amido.

QUIMIOSSÍNTESE
Consiste na produção de substâncias orgânicas a partir da energia liberada em reações
químicas inorgânicas.
Ex: bactérias metagênicas que obtém energia a partir da reação entre H2 e CO2,
produzindo metano (CH2). Vivem em ambientes anaeróbicos como depósitos de lixo,
pântanos e tubo digestório de animais.
Ex: nitrosomonas e nitrobactérias que reciclam o nitrogênio no solo.
*nitrosomonas: obtém energia através da oxidação da amônia, transformando-a em
nitrito.
(amônia) (nitrito)
2NH3 + 3O2  2HNO2 + 2H2O + energia, utilizada na conversão de CO2 e H2O em
carboidrato.
*nitrobactérias: obtém energia através da oxidação do nitrito em nitrato.
(nitrito) (nitrato)
2HNO2 + O2  2HNO3 + energia.
OBS: Essas bactérias conseguem se desenvolver em ambientes desprovidos de luz e de
matéria orgânica, pois a energia necessária é obtida de oxidações inorgânicas. Elas
necessitam apenas de O2(agente oxidante), CO2 e H2O(matéria prima para produção de
glicose).

Fonte: Conceitos de Biologia, Amabis e Martho, Editora Moderna.


Bio I, Sônia Lopes, Editora Saraiva.