Sie sind auf Seite 1von 5

Laboratório de Circuitos Elétricos 1 – 2010/2 Experiência N o 07: Circuitos RC e RL

I – Objetivos

Esta experiência tem como objetivo analisar o comportamento, do transitório ao regime permanente, de circuitos de primeira ordem quando excitados por uma onda quadrada e por um sinal senoidal.

II – Pré-relatório

Faça, como de costume, os cálculos para todas as medições que serão realizadas no laboratório. Faça os cálculos considerando R, L e C como variáveis genéricas, substituindo-as pelos valores projetados apenas ao final dos cálculos. Dessa forma, os cálculos poderão ser reajustados no laboratório, caso os valores projetados não possam ser obtidos com os componentes disponíveis.

III - Procedimento Experimental III. 1 - Parte 1

Seja o circuito RC da Figura 7.1:

Laboratório de Circuitos Elétricos 1 – 2010/2 Experiência N 07: Circuitos RC e RL I –

Figura 7.1 - Circuito RC

Circuito RC excitado por uma onda quadrada

  • a) Projete os valores dos componentes para obter uma constante de tempo τ = RC de aproximadamente

100µs.

  • b) Monte o circuito RC da Figura 7.1 com os componentes projetados. Excite o circuito com uma onda quadrada de frequência 500 Hz e amplitude de 5 Volts. Verifique o comportamento do circuito, tomando nota da curva de tensão sobre o capacitor.

  • c) De forma a verificar a teoria, tome valores de tensão sobre o capacitor nos instantes t = RC , t = 3*RC e t = 5*RC.

Circuito RC excitado por um sinal senoidal

d)

Excite

agora o

circuito RC com um sinal

senoidal de amplitude 5 Volts. Escolha três valores de

freqüência: f << 1/( 2 π R C), f = 1/( 2 π R C) e f >> 1/( 2 π R C).

  • e) Para cada valor de freqüência, visualize no osciloscópio e anote o valor da amplitude da tensão sobre o capacitor (medida com o multímetro na posição AC).

III. 2 - Parte 2

Seja o circuito RL da Figura 7.2:

V in

L i
L
i

R

Figura 7.2 - Circuito RL

Circuito RL excitado por uma onda quadrada

  • a) Projete os valores dos componentes para obter uma constante de tempo τ = L/R de aproximadamente

1µs.

  • b) Monte o circuito RL da Figura 7.2 com os componentes projetados. Excite o circuito com uma onda quadrada de frequência 50KHz e amplitude de 5 Volts. Verifique o comportamento do circuito, tomando nota da curva de corrente no indutor (proporcional à tensão sobre o resistor).

  • c) De forma a verificar a teoria, tome valores da corrente no indutor nos instantes t = L/R , t = 3*L/R e t = 5*L/R.

Circuito RL excitado por um sinal senoidal

d)

Excite

agora o

circuito RL com um sinal

freqüência: f << R/( 2 π L), f = R/( 2 π L) e

senoidal de amplitude 5 Volts. Escolha três valores de f >> R/( 2 π L).

  • e) Para cada valor de freqüência, visualize no osciloscópio e anote o valor da amplitude da tensão sobre o indutor (medida com o multímetro na posição AC).

Laboratório de Circuit os Elétricos 1 - Experiência Nº 07: Circuitos RC e RL -
Laboratório de Circuit os Elétricos 1 - Experiência Nº 07: Circuitos RC e RL - 2010/2
Laboratório de Circuit os Elétricos 1 - Experiência Nº 07: Circuitos RC e RL - 2010/2

Alunos:

Turma:

__________

Data: __________

Matrícula:

Matrícula:

Matrícula:

Parte 1 Procedimento (b)

Tensão sobre o capacitor

Laboratório de Circuit os Elétricos 1 - Experiência Nº 07: Circuitos RC e RL -

Procedimento (c)

 

Instante de te mpo

RC

3RC

 

5RC

 

Tensão no cap acitor

     

Procedimento (e)

 
   

f

f << 1/( 2 π R C)

 

f = 1/( 2 π R C)

f >> 1/( 2 π R C)

freqüência ajustada

     
 

amplitude

     

Um filtro é dito passa-baixas qu ando a sua saída é praticamente igual à entrada p ara freqüências baixas, mas muito reduzida para freqüências altas (acima da sua freqüência de corte). De ma neira complementar, a saída de um filtro passa-altas é pratic amente inalterada para freqüências altas, enquan to que as freqüências mais

baixas são bastante atenuadas.

Com base nas medidas realizadas com os sin ais de entrada senoidais, o

circuito RC testado tem caracterí sticas de um filtro passa-baixas ou de um filtro p assa-altas? Justifique.

Laboratório de Circuit os Elétricos 1 - Experiência Nº 07: Circuitos RC e RL -
Laboratório de Circuit os Elétricos 1 - Experiência Nº 07: Circuitos RC e RL - 2010/2
Laboratório de Circuit os Elétricos 1 - Experiência Nº 07: Circuitos RC e RL - 2010/2

Alunos:

Turma:

__________

Data: __________

Matrícula:

Matrícula:

Matrícula:

Parte 2 Procedimento (b)

Corrente no ind utor

Laboratório de Circuit os Elétricos 1 - Experiência Nº 07: Circuitos RC e RL -

Procedimento (c)

 

Instante de te mpo

L/R

3L/R

5L/R

 

Corrente no in dutor

     

Procedimento (e)

 
   

f

f << R/( 2 π L)

 

f = R/( 2 π L)

f >> R/( 2 π L)

 

freqüência ajusta da

     
 

amplitude

     

Um filtro é dito passa-baixas qu ando a sua saída é praticamente igual à entrada p ara freqüências baixas, mas muito reduzida para freqüências altas (acima da sua freqüência de corte). De ma neira complementar, a saída de um filtro passa-altas é pratic amente inalterada para freqüências altas, enquan to que as freqüências mais

baixas são bastante atenuadas.

Com base nas medidas realizadas com os sin ais de entrada senoidais, o

circuito RL testado tem caracterí sticas de um filtro passa-baixas ou de um filtro p assa-altas? Justifique.