Sie sind auf Seite 1von 5

FisiologiaFisiologia dodo SangueSangue

Fisiologia Fisiologia do do Sangue Sangue Hemerson Hemerson Iury Iury

HemersonHemerson IuryIury

HEMATÓCRITO

é o % de sangue composto por células pós centrifugação

Homem = 40 - 50 % Mulher = 38 - 40 %

varia em função sexo, altitude, grau de atividade

por células pós centrifugação Homem = 40 - 50 % Mulher = 38 - 40 %
pós centrifugação Homem = 40 - 50 % Mulher = 38 - 40 % varia em
pós centrifugação Homem = 40 - 50 % Mulher = 38 - 40 % varia em
pós centrifugação Homem = 40 - 50 % Mulher = 38 - 40 % varia em
pós centrifugação Homem = 40 - 50 % Mulher = 38 - 40 % varia em
IDADE x PRODUÇÃO DE ERITRÓCITOS • 1ª semana de vida ⇒ ⇒ ⇒ ⇒ saco

IDADE x PRODUÇÃO DE ERITRÓCITOS

1ª semana de vida saco vitelino

trimestre médio de gestação fígado

final gestação e pós-natal medula óssea (ossos longos)

após 5 anos medula óssea

(vértebas, costelas, externo e pelve)

idade produtividade

Fatores que estimulam a eritropoiese
Fatores que estimulam a eritropoiese

Hipóxia Testosterona Baixo teor de hemoglobina Fluxo sanguíneo diminuído

ERITRÓCITOS (HEMÁCIAS)

Discos bicôncavos e anucleados

Plasticidade

[Eritrócitos] varia: idade, sexo e

altitude

Homem = 5.200.000 hemácias/mm³

Mulher = 4.700.000 hemácias/mm³

[HEMOGLOBINA] = 34 g/100 ml de célula

Homem = 15 g/100 ml de sangue

Mulher = 14 g/100 ml de sangue

hemácias/mm³ [HEMOGLOBINA] = 34 g/100 ml de célula Homem = 15 g/100 ml de sangue Mulher
Regulação da Produção de Eritrócitos
Regulação da Produção de Eritrócitos
Regulação da Produção de Eritrócitos Célula - Tronco Hematopoiética Pró- Produção de Eritroblasto no rim
Célula - Tronco Hematopoiética
Célula - Tronco
Hematopoiética
Pró- Produção de Eritroblasto no rim
Pró-
Produção de
Eritroblasto
no rim

Eritropoietina

Oxigenação Oxigenação

Eritrócito
Eritrócito

Fatores que reduzem a oxigenação

Diminuição do volume sanguíneo Anemia Baixo teor de hemoglobina Fluxo sanguíneo diminuído Doença pulmonar

Gênese do Eritrócito
Gênese do Eritrócito
• • 1°dia • 2°dia • 3°dia Normoblasto • 4°dia • Reticulócito • 5 -
• 1°dia
• 2°dia
• 3°dia
Normoblasto
• 4°dia
• Reticulócito
• 5 - 7°dia
• Eritrócito

Hemocitoblasto (célula primitiva)

• • • –

Eritoblasto Basófilo início da síntese de Hb

Eritoblasto Policromatófilo

limite metabólico da Hb [34 g/100 ml]

FORMAÇÃO DA HEMOGLOBINA

Cadeia α- 1 Cadeia β- 1 Cadeia β- 2 Cadeia α- 2 Hemoglobina
Cadeia α- 1
Cadeia β- 1
Cadeia β- 2
Cadeia α- 2
Hemoglobina
α- 1 Cadeia β- 1 Cadeia β- 2 Cadeia α- 2 Hemoglobina Atividades das Hemácias nos

Atividades das Hemácias nos Pulmões

Liberação de

gás carbônico

Atividades das Hemácias nos Pulmões Liberação de gás carbônico Captação de oxigênio

Captação

de oxigênio

DESTRUIÇÃO DAS HEMÁCIAS

DESTRUIÇÃO DAS HEMÁCIAS

Atividades das Hemácias nos Tecidos

Captação de

gás carbônico

Atividades das Hemácias nos Tecidos Captação de gás carbônico Liberação de oxigênio

Liberação

de oxigênio

Captação de oxigênio pelo músculo

Captação de oxigênio pelo músculo
Neutrófilos Função - Principal defesa contra a infecção por bactérias (neutrofilia) Núcleo com 2 a

Neutrófilos

Função - Principal defesa contra a infecção por bactérias (neutrofilia)

defesa contra a infecção por bactérias (neutrofilia) Núcleo com 2 a 5 lobos Citoplasma com grânulos

Núcleo com 2 a 5 lobos

Citoplasma com grânulos

Sobrevivem 4 ou 5 dias

Atraídos para o local do dano celular

por agentes quimiotáticos

Basófilos

Reações imunológicas localizadas (tipo imediato)

Reações imunológicas localizadas (tipo imediato) • Multilobulado • Grânulos grandes basófilos •

Multilobulado

Grânulos grandes basófilos

Podem liberar histamina e heparina

Célula Branca Morfologia Função Neutrófilo 2 a 5 glóbulos nucleares Citoplasma granular Defesa com infecção
Célula Branca
Morfologia
Função
Neutrófilo
2 a 5 glóbulos nucleares
Citoplasma granular
Defesa com infecção
bacteriana
Eosinófilo
Núcleo bilobulado
Infestações parasitárias
Grânulos acidófilos
Alergia
Basófilo
Núcleo multilobulado
Reações imunológicas
localizadas
Grânulos grandes
basófilos
Monócito
Núcleo denteado
(riniforme)
Grânulos
Prod. Trombopalstina
Fagocitose
Secreção de ILs
Linfócito
Resposta imune

Bilobulado

Grânulos acidófilos

Fagocitose

Eosinofilia

Eosinófilos

acidófilos • Fagocitose • Eosinofilia Eosinófilos Infestações parasitárias Estados alérgicos

Infestações parasitárias

Estados alérgicos

Hipersensibilidade

imediata

Monócitos/ Macrófagos

Monócitos/ Macrófagos • Diâmetro médio de 15 a 20 µ µ µ µ m • Núcleo

Diâmetro médio de 15 a 20 µµµµm

Núcleo denteado (formato de rim)

Grânulos

1 ou 2 dias após liberados migram para tecidos (fígado, baço, linfáticos, pulmões) ficam por dias ou meses Macrófagos do sistema reticuloendotelial

Monócitos/ Macrófagos

Monócitos/ Macrófagos Funções - • Elaboração de tromboplastina tecidual, ativadores de plasminogênio •

Funções -

Elaboração de tromboplastina tecidual, ativadores de plasminogênio

Fagocitose

Apresentadores de antígenos para linfócitos T e B

Secretam interleucinas

IL-1- proliferação e maturação dos linfócitos T, pirogênio

IL-2- ativam linfócitos T

IL-4 e IL-5- proliferação de linfócitos B e diferenciação em plasmócitos (anticorpos)

Linfócitos

Linfócitos 6 a 20 µ µ µ µ m de diâmetro • Linfócitos B- plasmócitos (anticorpos

6 a 20 µµµµm de diâmetro

Linfócitos B- plasmócitos

(anticorpos de imunoglobulinas)

Linfócitos T- resposta imune celular

T

auxiliar- incitam linfócitos B

T

supressor- inibem linf. B

Citotóxico- lise celular, rejeição de transplantes

Assassina natural (NK)- destroem céls. tumorais ou infectadas por vírus