Sie sind auf Seite 1von 18

INF 1503 – Processamento de Dados

para Economia

• Prof. Alberto Raposo: abraposo@tecgraf.puc-rio.br


– Mensagens sempre com subject: [INF1503]...

• Site do curso:
http://www.tecgraf.puc-rio.br/~abraposo/INF1503/

Avaliação – Categoria VIII

P = [ 8(nota prova) + presença + participação] / 10


Presença: 2 faltas (75%) Participação:
3 faltas (50%) trabalhos, exercícios
4 faltas (25%)
5 ou mais faltas (0%)

Provas Práticas (individuais)


• 04 e/ou 05 de outubro
• 05 e/ou 07 de dezembro Introdução a Informática
– Talvez seja necessário fazer com metade da
turma em cada dia
Baseada nos textos da Aula 01, disponível
no site do curso
http://www.tecgraf.puc-rio.br/~abraposo/INF1503/

1
Informática – Cada vez mais onipresente
História do computador
• Época Manual

História do computador História do computador


• Época mecânica
• Época mecânica

História do computador História do computador


• Época mecânica
• Época eletrônica

Hollerith fundou em 1896 a Tabulating


Machine Company, que depois se fundiu
com 2 outras empresas, e passou a se Remington Rand Corp.
chamar Computing Tabulating Recording
(CTR). Em 1924 a CTR troca de nome, e
passa a se chamar International Business
Machines Corporation (IBM).

2
História do computador História do computador
• Época eletrônica • Época eletrônica

História do computador Histórias “paralelas”


• Época eletrônica Reduced Instruction Set Computer • Mobilidade

• Software, S.O., etc.


• Internet / Web

Processamento de Dados Sistema de Informação


• Exemplo: quando se compra passagem • Hardware: equipamento
aérea – Responsável pelo processamento
• Software: programas
– Responsável pela organização e metodologia
em que os dados serão processados
• Peopleware: pessoas envolvidas no
processamento

3
Tipos de Computadores
• Microcomputador
Hardware – Tipo mais popular
– Lançado originalmente pela IBM, e hoje conta
com inúmeros fabricantes (e mesmo sem
fabricantes – montados)
– PC (Personal Computer) x Macintosh

Tipos de Computadores Tipos de Computadores


• Notebooks • Mainframes /
– Microcomputadores portáteis Supercomputadores
– Computadores de grande
– Pc x Mac porte
• Workstations – Para aplicações de
– Mais poderosos e mais caros grande porte
• Sistemas bancários
que os PCs • Sistemas meteorológicos
– Usados em aplicações mais • Sistemas de controle de
sofisticadas (ex., Computação vôos espaciais
• Sistemas militares
Gráfica)

Tipos de Computadores Arquitetura Básica de Computadores

• Palmtop • Von Neumann


– Ainda menor que os
notebooks (cabem no bolso
e na palma da mão)
– Menos capacidade de
processamento que os
microcomputadores e
notebooks

4
Arquitetura Básica de Computadores CPU ou UCP (Unidade Central de Processamento)

• Encarregada de gerenciar todo o tráfego de informações e


também efetuar todo o processamento de dados
• A principal peça da CPU é o microprocessador, que é
composto por
– UC: Unidade de Controle
– ULA: Unidade Lógica e Aritmética
– Registrador de Instruções
– Registrador de Dados
– Via de Dados (Bus / Barramento)
• Normalmente, o microprocessador dá
nome ao computador

CPU ou UCP (Unidade Central de Processamento) Arquitetura Básica de Computadores


• ULA: verifica e faz o controle
das instruções (comandos)
realizados na UCP
• Registrador de instruções:
armazena temporariamente a
instrução que está sendo
realizada pela UCP
• Registrador de dados: armazena
temporariamente os operandos
referentes à instrução atual
• ULA: responsável pela realização
das operações aritméticas ( + / - *)
e lógicas (and, or, nor, not, xor)
• Via de Dados: conexões elétricas por onde vão transitar os dados em forma de impulsos
elétricos, da UCP para as demais partes do sistema computacional e vice-versa

Memória Memórias
• Memória Primária • RAM
– Para gravação e leitura, pode ser gravada e lida pelo processador,
– RAM (Randomic Access Memory) isto é, podemos gravar programas, dados, resultados de
processamento
– ROM (Read Only Memory) – Volátil: perde-se quando o computador é desligado
– CACHE • ROM
– Somente para leitura
• Memória Secundária / Auxiliar – Utilizada apenas para inicializar o equipamento e por parte do
processador
– HD – Seu conteúdo é gravado durante a fabricação do equipamento,
– Disquetes, CD, etc. geralmente, informações básicas relacionadas à configuração e
desempenho do equipamento, não sendo possível alterá-la

5
Memórias Memórias
• CACHE • Memória Auxiliar
– Leitura ou gravação feita pelo computador depende do – Complementa a memória principal
movimento de peças mecânicas, diminuindo a – Vantagens
velocidade de processamento • dados podem ficar guardados por longos períodos de tempo
– Alguns equipamentos são dotados de uma memória • capacidade de armazenamento muito superior à da memória RAM
especial denominada CACHE (esconderijo) para • proporcionalmente ao que grava, tem um custo muito mais baixo
acelerar significativamente o processamento em certas – Desvantagem
circunstâncias • acesso mais lento
– Na verdade, é uma pequena memória RAM que – Exemplos
armazena as informações mais solicitadas, evitando • HD, disquete, CD, etc
novos acessos

Placa-mãe (Mother Board) Arquitetura Básica de Computadores

• CPU + Memórias
principais (RAM e
ROM), além das outras
placas (de vídeo, de
rede, etc.)

Dispositivos de Entrada Dispositivos de Saída


• Permitem a entrada de dados no computador • Responsáveis pela divulgação dos dados e
• Exemplos informações obtidos com base no processamento
eletrônico
• Exemplos

6
Representação Binária Numeração com base 2
• Toda a manipulação dos dados em um sistema • Sistema de numeração binária utiliza
computacional é feita sob a forma de sinais combinações dos dígitos 0 e 1
elétricos, codificados em um sistema binário.
• Toda a informação que circula dentro de um
• Bit (binary digit) é a menor quantidade de
informação que pode ser armazenada e processada
sistema informático é organizada em grupos
por um computador. de bits
• Símbolos fundamentais: 0 e 1, que formam a • Os mais frequentes são os múltiplos de 8
numeração com base 2 bits: 8, 16, 32, etc.

Numeração Binária
Numeração Binária
• 1 Byte → 8 bits → 28 = 256 combinações possíveis
• Byte (B) = 8 bits representa unidade básica de memória =
• No sistema binário (0 e 1), para determinar o número de
1 caracter armazenado em memória
combinações com n bits, basta calcular 2n
• Tabela de 256
• Exemplos: 0 0
caracteres: ASCII
- 1 bit → 21 = 2 combinações possíveis (0 e 1) 0 1
- 2 bits → 22 = 4 combinações possíveis 1 0
- 3 bits → 23 = 8 combinações possíveis
1 1
0 0 0 0 0 1
0 1 0 0 1 1
1 0 0 1 0 1
1 1 0 1 1 1

Binário x Decimal Conversão Decimal Æ Binário


• Efetuar divisões sucessivas por 2 até se obter o quociente 1
• Decimal (0 1 2 3 4 5 6 7 8 9) • Agrupar o último quociente e todos os restos da divisão
1998 = 1x1000 + 9x100 + 9x10 + 8x1 encontrados por ordem inversa.
• Exemplo:
= 1x103 + 9x102 + 9x101 + 8x100 20 2
• Binário (0 1) 0 10 2
01101001 = 0 x 27 + 1 x 26 + 1 x 25 + 0 x 24 + 0 5 2
1 2 2 20(10) = 10100(2)
1 x 23 + 0 x 22 + 0 x 21 + 1 x 20 =
0 1
= 64 + 32 + 8 + 1 = 105 (em decimal)

7
Unidades Grandezas
• Capacidade de Armazenamento
• Simplificadamente Memória RAM do PC 128 MB a 2 GB
Disquete 3,5’’ 1,44 MB
HD (Hard Disk) 80 GB (típico)
Zip Drive 100 MB
CD-ROM 700 MB (80 min) ou 680,4 MB (74min)
DVD-ROM 4,25 GB por lado (1, 2 ou 4 lados: 4,25, 8,5
• Na verdade ou 17 GB) – 2h20min de vídeo por lado.
Pen-drive 256 MB, 512 MB, 1GB (típicos)
Cartão de memória (máquinas digitais) 512 MB, 1GB (típicos)

Software
• São os programas, que tornam o
computador útil, informando a ele como
Software executar determinada tarefa.
• Representado por um conjunto de instruções
(comandos) escritas em código binário
(linguagem) Æ Programa
• Computador como conhecemos: Hardware
+ Software

Tipos de Software Sistema Operacional (SO)


• Sistemas Operacionais • Nível mais básico de software, representando a camada de
"inteligência" que dá as instruções primárias para o
• Aplicativos funcionamento do computador.
– Responsável pela supervisão e administração dos recursos de
– Editores de Texto hardware
• SO é ativado sempre que o computador é ligado, permanecendo ativo
– Banco de Dados até que a máquina seja desconectada.
• Gerencia memória, dispositivos de entrada e saída... Organiza tudo!!
– Planilhas
– Responsável pela comunicação do computador com seu usuário,
– Gráficos, etc. servindo ainda como suporte para a execução de software
aplicativo.
• Software de Desenvolvimento • É o “chefe” dos demais softwares que executam em um computador

8
Exemplos de Sistemas Operacionais Exemplos de Sistemas Operacionais
• MS-DOS (Microsoft Disk Operating System)
– Usado nos primeiros PCs da IBM, daí a razão da sua popularidade
– Maioria dos software ainda hoje implantados em microcomputadores
"rodam" baseados no DOS
– interface de linha de comando a partir da qual o usuário insere, pelo
teclado, palavras e símbolos pré–definidos, que permitem a
determinação
dos comandos
que serão
executados

Exemplos de Sistemas Operacionais Exemplos de Sistemas Operacionais


• MS-Windows • MS-Windows XP
– Principal SO atualmente, usado na maioria dos PCs e notebooks – Principais características
– Resposta da Microsoft à necessidade e desejo dos usuários passarem a • Projetado para o usuário final
contar com uma interface gráfica (GUI - Grafical User Interface), • Emprego de interface gráfica / ícones
muito mais fácil de utilizar e extremamente mais agradável aos olhos, • Utilização intuitiva
pela qual o usuário seleciona ícones, que comandam as operações • Apresenta ambiente
desejadas. multitarefa
• Metáfora WIMP (Windows, • Oferece recursos de rede
Icons, Menus and Pointing próprios
device) • Exige maiores recursos
de hardware

Bill Gates

Exemplos de Sistemas Operacionais


Aplicativos
• Linux
– Ideologicamente
baseado em Unix,
criado por Linus
Torvalds
– Multi-tarefa e
multi-usuário
– Multi-plataforma
– Open-Source • Há categorias de aplicativos que se tornaram essenciais:
(gratuito!!!) editores de texto, planilhas, banco de dados, software de
– Vários apresentação, etc.
desenvolvedores

9
Editores de Texto Editores de Texto: WordPerfect

Editores de Texto: StarOffice (Linux) Planilha Eletrônica

• Estrutura básica de uma planilha


– área reservada se divide em linhas e colunas
– cruzamento de cada linha e coluna representa uma célula na qual pode ser
armazenado um valor numérico, uma fórmula ou um texto qualquer.
– células, quando têm seu conteúdo definido, passam a compor as tabelas
(ou planilhas), onde as colunas e linhas são planejadas de modo a permitir
a disposição dos valores desejados, melhorando a organização do trabalho
do usuário e o cumprimento das funções do software.

Sistema Gerenciador de Dados


Planilha Eletrônica: Excel
(Banco de Dados)
• Utilizado para assegurar o armazenamento e o processamento
dos dados estruturados de determinada organização
• SGBD (Sistema gerenciador de banco de dados) permite que
os dados sejam armazenados em um formato pré-definido e
recuperados posteriormente para que possam ser submetidos
ao processamento desejado.
• Devido a sua alta flexibilidade e aplicabilidade em diversas
área das organizações, esse tipo de software tem sido utilizado
em larga escala para o desenvolvimento de sistemas de
contabilidade, contas a pagar, controle de estoque.
• Exemplos: Oracle, RDB, DBase, SQL, MS-Access, Delphi,
Progress.

10
Banco de Dados: Access Editoração Eletrônica e Programas Gráficos

• Capacidade de trabalhar com alta resolução


gráfica para produzir criações profissionais
como cartazes, jornais, panfletos,
slides/transparências, etc.
• Softwares mais sofisticados permitem
adição de áudio, vídeo, etc.
• Exemplos: PowerPoint, PageMaker,
Photoshop, Illustrator

PowerPoint Adobe Photoshop

Navegadores Web (Browsers) Navegadores Web (Browsers)


• FireFox
• Internet Explorer

11
Microsoft Project
Software para gerenciamento de projetos

• Conjunto de programas capazes de registrar a evolução do


processo de desenvolvimento de projetos,
independentemente do tipo de atividade.
• Geram a necessidade de maior envolvimento dos membros
do projeto, no que se refere ao registro das ocorrências
verificadas durante seu desenvolvimento
• Permitem o ganho de produtividade e tomam a tarefa de
acompanhamento e gerenciamento das atividades muito
mais ágil, representando, portanto, uma ferramenta capaz
de otimizar os esforços empregados.
• Exemplo: Microsoft Project

Sistema de Gestão Empresarial SAP

• A evolução da Tecnologia da Informação (TI) fez com


que surgissem os Enterprise Resource Planing (ERP),
ferramentas voltadas especificamente para propiciar um
bom sistema informatizado de gestão empresarial.
• Premissa:
– completa automação e integração de todas as variáveis dos
processos empresariais (recursos humanos, marketing, produção,
vendas, compras, contabilidade) visando o apoio à tomada de
decisão acertada.
• Exemplos de empresas que fabricam ERPs: SAP,
MICROSIGA, DATASUL, BAAN, LOGOCETER e
JEDWARDS.

Software de Desenvolvimento Software Livre


Características
Múltiplos desenvolvedores,
não-proprietário, código-fonte
Software Livre disponível, gratuito

Proprietário, código-fonte
Software Open Source disponível, gratuito

Proprietário, gratuito
Software Gratuito

Proprietário, pago
Software Comercial
MS Visual Studio

12
Peopleware
• Profissionais ligados ao processamento de dados
Peopleware

Peopleware (cont.) Peopleware (cont.)

Redes: Finalidades

Redes de Computadores

13
Internet Internet: a rede das redes
• Origem: Guerra Fria
• DARPA (Departamento de Defesa de Pesquisas
Avançadas) decidiu desenvolver uma rede de
computadores que pudesse sobreviver a um ataque aos
EUA
– Redundância no tráfego e nos dados para sobreviver à
destruição de pontos da rede
– Multi-plataforma (nem todos computadores precisam ser
iguais)
• Militar Æ Ensino / Pesquisa Æ Comercial / Cidadão

Internet: TCP / IP (Protocolo de Controle de


Internet Transmissão / Protocolo da Internet)
• Protocolo (conjunto de regras para que os computadores "conversem"
• Não tem dono. entre si) que possibilitou a Internet chama-se TCP/IP ()
– Desenvolvido pelo Univ. de Berkley, sob encomenda do governo
– Cada uma das redes interligadas tem sua americano
própria administração • Fragmenta as informações que precisam ser transmitidas
– Esses fragmentos são identificados e enviados ao destino. O caminho até o
destino normalmente não é único. A estrutura funcional das redes TCP/IP
– Cada país pode ter suas políticas particulares a permitem que as rotas sejam dinamicamente criadas/alteradas baseando-se
respeito (ex., China). em tráfego (congestionamento) ou defeitos no caminho. O protocolo é
forte o suficiente para sempre garantir que as informações sempre sejam
"montadas" corretamente no destino. Havendo problemas na rede, pacotes
podem até seguir rotas diversas para chegar o destino. Porém o protocolo
sabe exatamente a ordem de montagem dos pacotes para garantir a
integridade da informação transmitida.
• Permite a existência da Internet e que computadores que rodam
sistemas operacionais totalmente distintos (como o DOS e o UNIX)
conversem entre si sem problemas.

Endereço IP Endereço IP (cont.)


• Cada site e cada computador possui seu próprio endereço e
pode ser exibido de duas formas
– Grupo de números com divisão de pontos entre eles. Ex.:
199.60.103.11
– Grupo de letras ou palavras com divisão de pontos entre eles. Ex.:
uol.com.br
• A cada conjunto de computadores (exemplo uma rede
local) que seja ligada a Internet, é atribuído um nome de
domínio e um grupo de endereços IP correspondentes, por
uma entidade central em cada país.
– FAPESP, sob a chancela do Comitê Gestor da Internet no Brasil
– Esse controle centralizado é que permite que se encontre
informações sobre qualquer máquina ligada a Internet e onde ela se
encontra.

14
WWW - Histórico
WWW – World Wide Web
• Tim-Berners Lee (físico) criou programa
• “Versão ilustrada da Internet” para uso pessoal: páginas interligadas por
• Acesso a informações em meio de palavras
vários formatos, a partir – Hipertexto
dos navegadores Web

HTML – Hypertext Markup Language HTTP – HyperText Transfer Protocol


• Padrão para apresentação de hipertexto • Protocolo para transmissão de páginas Web
– recursos de estruturação de texto construído em cima do TCP / IP
– inclusão de imagens e multimídia • URL: Universal Resource Locator
– links entre documentos
– conjunto limitado de widgets
• botões, checkboxes, listas de seleção, caixas para
entrada de texto, imagens mapeadas
• Páginas Web estão em HTML (.html ou • Outro protocolo: FTP (File Transfer
.htm) Protocol)

Tipos de Domínio
Domínio
• Nome da instituição na Web

15
Tipos de Internet / Web
Domínio
• Internet Î TCP/IP
• Web Î Internet + HTTP + HTML

Para conectar à Internet / Web Serviços Básicos Internet


• No seu computador • E-mail
– Modem (conexão discada)
– Placa de Rede + modem específico (conexão banda • Navegação Web
larga: Velox, Virtua, etc)
– Navegador Web • FTP
• Serviços
– Provedor de acesso
• Banda Larga (Velox, Virtua)
• Discado (UOL, Terra, etc.)
– Provedor de conteúdo (em alguns casos): UOL, Terra,
Globo.com, etc.

E-mail Endereço Eletrônico

16
Ferramentas de E-mail WebMail
• Programas para troca de e-mails
• E-mail dentro de navegador web
• Exemplos: MS-Outlook, Eudora, Thunderbird

SPAM
• Mensagens não solicitadas Navegadores Web
• No ambiente Internet, "SPAM" significa enviar uma
mensagem qualquer para uma grande quantidade de
usuários, sem primeiro verificar a utilidade do conteúdo da • Um "navegador" é uma ferramenta de software
mensagem para aqueles destinatários. que você usa para ver as páginas da web, acessar
• Propiciado pelo baixo custo de envio de mensagem webmail, etc.
eletrônica, causa inconveniência e custo para o
destinatário. • Surfar na web significa seguir os hyperlinks para
• Filtros anti-SPAM diferentes páginas da web
– O navegador é capaz de ler HTML
• OBS:
Prof. Alberto Raposo: abraposo@tecgraf.puc-rio.br • Exemplos: Internet Explorer, FireFox.
– Mensagens sempre com subject: [INF1503]...
– Para diferenciar do SPAM

Máquinas de Busca FTP: File Transfer Protocol


• Devido à grande quantidade de informação
na Web, máquinas de busca se tornam cada
vez mais importantes para encontrar algum
tipo de informação
• Exemplos

17
Outros Serviços na Web
• Chat
– Conversa em tempo-real (texto, às vezes áudio / vídeo)
• ICQ, MSN, Skype
• Newsgroups, Foruns, FAQs
• Blogs (diários)
• “Comunidades”: Orkut
• Jogos online
• E-commerce

18