Sie sind auf Seite 1von 3
Data: / / FichaFichaFichaFicha dededede FormaçãoFormaçãoFormaçãoFormação CívicaCívicaCívicaCívica Tema:

Data:

/

/

FichaFichaFichaFicha dededede FormaçãoFormaçãoFormaçãoFormação CívicaCívicaCívicaCívica

Tema: Educação para a Saúde

Nome:

SIDA

A infecção pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) e a doença dela resultante, a SIDA (Síndro-

ma da Imunodeficiência Adquirida), são problemas muito preocupantes na nossa sociedade. A Sida é uma doença transmissível, que resulta numa falha do sistema imunitário do organismo. Um indivíduo pode estar contaminado pelo HIV e não ter nenhuns sintomas. São os seropositivos, portadores do

vírus e que podem infectar outras pessoas, mas muitos trabalham normalmente, sentem--se bem e podem vir ou não a contrair a doença.

Os indivíduos infectados com o vírus da Sida podem transmiti-lo por três vias: sexual, materno- infantil e sanguínea.

A transmissão por via sexual é a mais frequente e pode acontecer tanto nas relações homossexuais

como nas heterossexuais, desde que um dos parceiros seja portador.

A transmissão por via materno-infantil pode ocorrer durante a gravidez ou o parto. A transmissão por

via digestiva também é possível se as mães infectadas amamentarem os seus bebés. No entanto e segundo notícias mais recentes, já é possível, através da fecundação in vitro, o nascimento de crianças saudáveis filhas de pais portadores de HIV.

A transmissão por via sanguínea ocorre pela partilha de agulhas e seringas infectadas, material de

Também pode ocorrer atra-

manicura, de calista, de barbeiro, de perfuração de orelhas, de tatuagens

vés de transfusões de sangue ou derivados, quando contaminados, no entanto este problema está qua-

se

totalmente extinto devido aos testes realizados a todas as colheitas de sangue.

O

vírus não se transmite por picadas de insectos, contactos profissionais e sociais, relações sexuais

usando preservativos, piscinas, saunas, restaurantes, uso de telefones ou casas de banho públicas. Por

isso, não há motivo para discriminar os indivíduos infectados, nos locais de trabalho, nas escolas ou nos locais de convívio.

A comunidade científica tenta desesperadamente encontrar uma vacina, mas os recombinantes do HIV

fazem com que as dificuldades sejam enormes.

E apesar da maior parte dos países mostrar muitas preocupações e da ONU acelerar acções de combate

à doença, os números são assustadores.

Lê o seguinte texto:

Dez milhões de jovens estão contaminados com a Sida

) (

correm, seja nos contactos sexuais desprotegidos, seja no consumo de drogas por via intravenosa. Na

África subsariana encontram-se 75% dos jovens, com idades compreendidas entre os 15 e os 24 anos, portadores do vírus. Neste continente existem 16 milhões de jovens raparigas que não imaginam sequer que uma pessoa com aspecto saudável possa estar contaminada com Sida. Em Moçambique 74% das raparigas entre 15 e 19 anos não conhecem nenhum meio de protecção con-f tra a doença. A Ucrânia tem o número mais elevado de infecções pelo HIV ( )

Os jovens continuam a pagar com a vida o facto de não estarem bem informados dos riscos que

Actividades

Forma grupos de trabalho.

Jornal de Notícias, 17 de Junho de 2001

1. Depois de leres o texto, explica o efeito que as migrações podem ter na propagação da Sida.

2. Reflecte e dá a tua opinião sobre os seguintes casos:

a) O Mário e a Cátia apaixonaram-se

O Mário gostava de a beijar, mas tem medo de o fazer

porque ela às vezes sangra pelas gengivas. Justifica-se o receio do Mário?

b) O Jorge cortou-se com um x-acto numa aula e o sangue derramou-se pelo chão. Que cui- dados se deve ter?

c) A Anita pediu a flauta da Rute emprestada, mas ela tem uma ferida no lábio inferior. Bas- ta] aplicarem-se os cuidados normais de higiene?

d) A Ana faz natação na piscina municipal, mas anda preocupada porque é frequentada por muita gente, talvez por alguns seropositivos. Justifica-se a sua apreensão?

e) Numa aula de Ciências, todos querem ver o seu sangue ao microscópio. Que cuidados devem ter?

f) A Rita gostava de fazer uma tatuagem e o Carlos prontificou-se a apresentar-lhe um ami- go que, segundo ele, é especialista no assunto. Que conselhos darias à Rita?

Numa escola do país foi aceite a inscrição de um aluno, Francisco José, que é seropositivo e filho de pais toxicodependentes. O Presidente do Conselho Executivo da escola sabia do caso, Quando os outros pais souberam do que se estava a passar acusaram o Presidente e ameaçaram não deixar os seus filhos irem à escola até o Francisco ser expulso. O Presidente convocou uma reunião para ser debatido este caso, na qual participaram:

• o Presidente do Conselho Executivo;

• o representante da Associação de Pais;

• a Presidente da Assembleia da Escola (que também tem um filho na turma do Francisco);]

• o pai do Francisco;

• um médico.

Distribuam os papéis entre vocês, estudem o caso na perspectiva do papel que vão representara elejam dois observadores silenciosos que anotem o que de mais importante for dito. Dramatizem a reunião para toda a turma e, no final, debatam as conclusões a que chegarem.

Nota:

Fora do organismo humano, o vírus da Sida não é, felizmente, resistente. E é relativamente fácil elimi- ná-lo com lixívia (de preferência pura ou em solução fresca, preparada quotidianamente nas propor- ções de uma medida de lixívia para 9 medidas de água e neste caso durante 20 minutos de aplicação), água oxigenada, álcool a 70% e temperatura superior a 60 graus (lavar o vestuário contaminado na máquina a 70 graus com detergentes ou optar pela lavagem a seco).