Sie sind auf Seite 1von 3

1

STROBE Statement

STrengthening the Reporting of OBservational studies in Epidemiology

 

Item

 

Coorte

 

Caso-controle

Transversal

   

Identifique o artigo como um estudo de

Identifique o artigo como um estudo de

Identifique o artigo como um estudo transversal no título ou no resumo

Título e Resumo

1

coorte no título ou no resumo

caso-controle no título ou no resumo

   

O Resumo deve ser a síntese informativa e estruturada do artigo, contemplando pontos fundamentais constantes deste checklist.

INTRODUÇÃO

Fundamentação

 

Explique o fundamento científico e a razão para a investigação que

e marco

2

está sendo relatada.

 

lógico/teórico

 

Objetivos

3

Declare os objetivos específicos, incluindo qualquer hipótese que tenha sido anteriormente especificada.

MÉTODO

   

Apresente elementos fundamentais do desenho de estudo.

Desenho de

estudo

4

Declare o propósito da pesquisa original, se o artigo é um dentre vários de um estudo em prosseguimento.

Contexto

5

Descreva contexto, locais e datas, definindo períodos de coleta de dados.

   

a)

Apresente critérios

a)

Apresente, para

a) Apresente critérios de inclusão e de exclusão, fontes e métodos de seleção de participantes.

de inclusão e de exclusão, fontes e métodos de seleção de participantes.

casos e controles separadamente, critérios de inclusão e de exclusão, fontes e métodos de seleção de participantes.

b)

Apresente períodos

b)

Apresente precisos

 

Participantes

6

e métodos de acompnhamento.

critérios de diagnóstico para casos, e razão para escolha de controles.

 

c)

Para estudos

 

emparelhados, apresente critérios de emparelhamento e número de controles para cada caso.

   

Liste e defina claramente todas as variáveis de interesse, indicando quais são vistas como dependentes (resultados, desfechos), ou

Variáveis de

interesse

7

independentes (variáveis de exposição, explicativas, preditivas), bem como potenciais variáveis de confusão e variáveis modificadoras de efeito.

2

   

a)

Para cada variável de interesse dê detalhes de métodos de

Medidas

8

*

avaliação (medida)

 

b)

Se aplicável, descreva a comparabilidade de métodos de

   

avaliação entre grupos.

 

Vieses

9

Descreva todas as medidas tomadas para abordar potenciais fontes de vieses (bias).

Tamanho da

 

Descreva a razão para o tamanho da população de estudo, incluindo considerações práticas e estatísticas.

amostra

10

   

a)

Descreva todos os métodos estatísticos utilizados, incluindo

aqueles usados para controlar confundimento.

 

b)

Descreva o

b)

Descreva como foi

b) Descreva como qualquer efeito do desenho de estudo e dados ausentes foram tratados.

tratamento adotado

feito o

Métodos

para perda de acompanhamento de casos (follow-up) e dados ausentes.

emparelhamento de casos e controles, e o tratamento adotado para dados ausentes.

estatísticos

11

c)

Se aplicável, descreva métodos utilizados para análises de

subgrupos e análises de sensibilidade.

 
   

a)

Explique como foram analisadas variáveis quantitativas, por

exemplo, quais agrupamentos (estratificações) foram escolhidos e

Variáveis

12

por que.

 

quantitativas

b)

Apresente resultados de análises contínuas (variáveis “cruas”),

 

assim como de análises agrupadas (variáveis transformadas), se for apropriado.

   

Apresente a fonte de financiamento e o papel do(s) financiador(es)

Financiamento

13

para o presente estudo e, se aplicável, para o estudo original no qual o presente artigo é baseado.

RESULTADOS

   

a)

Informe o número de indivíduos em cada fase do estudo, por

exemplo: número de casos potencialmente elegíveis, quantos foram trabalhados pelo critério de elegibilidade, quantos foram efetivamente confirmados como elegíveis, quantos foram incluídos no estudo, quantos completaram seguimento no tempo, e quantos foram finalmente analisados.

b) Apresente as razões para não-participação em cada etapa.

Participantes

14*

c) Um diagrama de fluxo é recomendável.

 

d) Relate datas definindo períodos de recrutamento.

 

e)

Em estudos

 

emparelhados, apresente a distribuição do número de controles para cada caso.

Dados

 

a) Dê características dos participantes de estudo (por exemplo,

descritivos

15*

demográficas, clínicas, sociais) e informação sobre exposições e potenciais confundimentos.

b)

Indique para cada variável de interesse a completude dos dados.

* Dê tal informação separadamente para casos e controles, e se aplicável para expostos e não- expostos em estudos de coorte e estudos transversais.

3

   

c)

Resuma a média e

   

total de casos acompanhados, definindo datas de seguimento (follow- up).

Dados de

 

Relate o número de eventos de desfecho ou resuma as medidas com o passar do tempo.

Relate números em cada categoria de exposição.

Relate o número de eventos de desfecho ou resuma as medidas.

desfecho

16*

   

a)

Dê medidas de associação não-ajustadas e ajustadas para

confundimento, e a precisão das mesmas (por exemplo, intervalos de confiança de 95%). Torne claro quais variáveis de confusão foram ajustados e em que base elas foram incluídos e outras não.

b)

Para comparações que usam categorias derivadas de variáveis

Resultados

17

quantitativas, informe a gama de valores ou valor mediano em cada grupo.

principais

c)

Traduza medidas relativas em diferenças absolutas, para um

período de risco significante que não vá além da gama de valores dos dados.

d)

Relate resultados padronizados para distribuições de variáveis de

confusão e modificadoras de efeito, para populações

realisticamente trabalhadas.

 

Outras análises

18

Relate qualquer outra análise executada, por exemplo análises de subgrupos e análises de sensibilidade.

DISCUSSÃO

Achados

 

Resuma resultados fundamentais com referência à hipótese do

centrais

19

estudo.

 
   

a)

Discuta limitações do estudo, levando em consideração

potenciais fontes de vieses ou imprecisões, e problemas que

Limitações

20

poderiam surgir da multiplicidade de análises, exposições e resultados. Discuta direção e magnitude de qualquer viés potencial.

b)

Considere que a discussão de limitações não deve ser usada

como um substituto para análises quantitativas de sensibilidade.

Generalização

21

Discuta a generalização (validade externa) dos achados do estudo.

   

Dê uma cautelosa interpretação global dos resultados, no contexto

Interpretação

22

da evidência atual e limitações do estudo, prestando atenção na possibilidade de interpretações alternativas.