You are on page 1of 14

Capítulo 2 – Comportamento Organizacional e

Comunicação

Aula I
Capítulo 2

O que vem a ser Comportamento


Organizacional
Capítulo 2 – Comportamento Organizacional e
Comunicação

Objetivos de Aprendizagem

1. Explicar a importância de uma compreensão mais clara do


que venha a ser Comportamento Organizacional (CO).
2. Definir Comportamento Organizacional e quais as
disciplinas que integram esta área de conhecimento.
3. Identificar os diferentes níveis de análise que compõem a
área de CO.
4. Apresentar, de uma forma articulada, o modelo CO – MAPA
de CAMPO, com suas integrações e inter-relacionamentos.

2
Capítulo 2 – Comportamento Organizacional e
Comunicação

Comportamento Humano e Gerência

“Muito do comportamento que hoje nós vemos em uma


típica organização industrial não é uma conseqüência da
natureza humana; é uma conseqüência da forma como nós
organizamos, da forma como nós gerenciamos as pessoas.”

Douglas McGregor, The Professional Manager

3
Capítulo 2 – Comportamento Organizacional e
Comunicação

Comportamento Humano e Consumo

Se uma empresa tem um produto razoavelmente


bom, não será tal produto consumido pelo
mercado, ainda que ela não tenha uma força de
trabalho muito contente, motivada e realmente
engajada no trabalho?

4
Capítulo 2 – Comportamento Organizacional e
Comunicação

Comportamento Organizacional: Onde


Buscar as Respostas?

O importante é que nos apercebamos que as


respostas podem ser buscadas em níveis muito
diferentes: dentro do próprio indivíduo atendente,
em outro colega, em grupo de colegas, na política
da organização ou ainda no próprio ambiente
externo.

5
Capítulo 2 – Comportamento Organizacional e
Comunicação

O Comportamento Organizacional
preocupa-se com:

 o estudo do comportamento, das atitudes e do desempenho


dos trabalhadores em um ambiente organizacional;

 o efeito da organização e do grupo informal sobre as


percepções, sentimentos e ações dos trabalhadores;

 o efeito do ambiente sobre a organização, seus recursos


humanos e objetivos;

 o efeito dos trabalhadores sobre a organização, no que tange


sua eficiência, eficácia e efetividade”.

6
Capítulo 2 – Comportamento Organizacional e
Comunicação

Comportamento Organizacional:
Conceito

“Um corpo interdisciplinar de conhecimento e de pesquisa,


preocupado em explicar como as organizações formais, o
comportamento das pessoas dentro das organizações e os
traços mais salientes de seu contexto e ambiente adquirem
forma; a razão pela qual todas essas coisas acontecem da
maneira como acontecem e a que propósito elas servem”.

7
Capítulo 2 – Comportamento Organizacional e
Comunicação

CO: Elementos Essenciais

Esta definição traz dois elementos essenciais:

A pesquisa, pois o CO necessita tanto investigação quanto


aperfeiçoamento para se manter viável e útil.

A interdisciplinaridade, já que CO não deve ser


considerado uma disciplina, mas sim uma área de
conhecimento onde múltiplas disciplinas das Ciências
Comportamentais trazem sua contribuição.

8
Capítulo 2 – Comportamento Organizacional e
Comunicação

CO: Contribuições Interdisciplinares

O Comportamento Organizacional é uma área de


conhecimento integrante das ciências sociais que
analisa o comportamento. Trata-se de um campo
interdisciplinar que compartilha conceitos
provenientes de várias outras ciências sociais.

9
Capítulo 2 – Comportamento Organizacional e
Comunicação

CO: Disciplinas Integrantes

Psicologia NÍVEL INDIVIDUAL DE ANÁLISE


• Percepção/Concepção e Comportamento Individual
• Motivação
• Stress e seu controle.
Sociologia • Aprendizagem

NÍVEL GRUPAL DE ANÁLISE


• Formação do grupo
Antropologia • Operação do Grupo ou da Equipe.

NÍVEL ORGANIZACIONAL DE ANÁLISE


• Liderança
Ciência Política • Conflito, Poder e política
• Processo Decisório

10
Capítulo 2 – Comportamento Organizacional e
Comunicação

CO e o Método Científico

Baseia-se no método científico e que prevê


observação, predição e mensuração.

O método científico nos auxilia a explicar e até


certo ponto, predizer o comportamento das
pessoas na organização.

11
Capítulo 2 – Comportamento Organizacional e
Comunicação

CO e a Teoria da Contingência

Se a forma de gerenciar é adequadamente vista como


dependente da situação que se procura equacionar, o que
decorre, como conseqüência, é que não há um único
conjunto de princípios de “boa organização”, um tipo ideal
de sistema gerencial que sirva de modelo para que a
prática administrativa imite ou deva imitar.

12
Capítulo 2 – Comportamento Organizacional e
Comunicação

CO e a Teoria da Contingência

A abordagem contingencial é conceitualmente


atraente, embora extremamente difícil de ser
seguida. Tentar destacar inter-relacionamentos
importantes entre as variáveis é extremamente
difícil.

13
Capítulo 2 – Comportamento Organizacional e
Comunicação

14