Sie sind auf Seite 1von 33

EIA

Estudo de Impacto Ambiental


AIA
Avaliação de Impacto Ambiental

RIMA
Referências:
Jean, 2008. Disponível em:
eco.ib.usp.br/lepac/bie314/RIMA_etapas_metodos_2008.pdf;
GIMENEZ, J. R.
www.hidro.ufcg.edu.br/twiki/pub/CienciasdoAmbiente/Semestre20081/Impactos_ambientais.
ppt
Licenciamento ambiental
(Resolução CONAMA 001/86 de 23/01/1986)
Conjunto de procedimentos utilizados para
regulamentar as atividades que causam
impacto sobre o ambiente
O QUE É IMPACTO AMBIENTAL?
Segundo o CONAMA impacto ambiental é:
Qualquer alteração do meio ambiente que, direta ou
indiretamente, afete:
- a saúde, a segurança e o bem estar da população;
- as atividades sociais e econômicas;
- a biota;
- as condições estéticas e sanitárias do meio;
- a qualidade dos recursos ambientais.
QUE PROJETOS REQUEREM EIA/RIMA?

1. Estradas de rodagem com duas ou mais faixas de


rolamento;
2. Ferrovias;
3. Portos e terminais de minério, petróleo e produtos
químicos;
4. Aeroportos, conforme definidos pelo inciso 1, artigo
48, do Decreto-Lei nº 32, de 18.11.66;
5. Oleodutos, gasodutos, minerodutos, troncos
coletores e emissários de esgotos sanitários;
6. Linhas de transmissão de energia elétrica, acima de
230KV;
7. Obras hidráulicas para exploração de recursos
hídricos, tais como: barragem para fins hidrelétricos,
acima de 10MW, de saneamento ou de irrigação,
QUE PROJETOS REQUEREM EIA/RIMA?

8. Extração de combustível fóssil (petróleo, xisto, carvão);


9. Extração de minério, inclusive os da classe II, definidas no
Código de Mineração;
10. Aterros sanitários, processamento e destino final de
resíduos tóxicos ou perigosos;
11. Usinas de geração de eletricidade, qualquer que seja a fonte
de energia primária, acima de 10MW;
12. Complexo e unidades industriais e agro-industriais
(petroquímicos, siderúrgicos, cloroquímicos, destilarias de
álcool, hulha, extração e cultivo de recursos hídricos);
13. Distritos industriais e zonas estritamente industriais - ZEI;
14. Exploração econômica de madeira ou de lenha, em áreas
acima de 100 hectares ou menores, quando atingir áreas
significativas em termos percentuais ou de importância do
ponto de vista ambiental;
15. Projetos urbanísticos, acima de 100ha. ou em áreas
consideradas de relevante interesse ambiental a critério da
SEMA e dos órgãos municipais e estaduais competentes;
16. Qualquer atividade que utilize carvão vegetal, em
quantidade superior a dez toneladas por dia.
Exercício de Simulação de
Audiência Pública

• Audiência Pública de Construção de uma


Barragem (UHE
Igarapava):
Empreendedor (G7), Consultor (G11), ONG
ambiental (G5),
ONG social (G4, G2), SMA – Secretaria de Meio
Ambiente (G6)

• Audiência Pública de Construção de uma


REFERÊNCIAS LEGAIS
DEFINIÇÕES BÁSICAS
DIRETRIZES PARA A
ELABORAÇÃO DO EIA-RIMA
DIRETRIZES PARA A
ELABORAÇÃO DO EIA-RIMA
DIRETRIZES PARA A
ELABORAÇÃO DO EIA-RIMA
DIRETRIZES PARA A
ELABORAÇÃO DO EIA-RIMA
DIRETRIZES PARA A
ELABORAÇÃO DO EIA-RIMA
DIRETRIZES PARA A
ELABORAÇÃO DO EIA-RIMA
DIRETRIZES PARA A
ELABORAÇÃO DO EIA-RIMA
DIRETRIZES PARA A
ELABORAÇÃO DO EIA-RIMA
DIRETRIZES PARA A
ELABORAÇÃO DO EIA-RIMA
DIRETRIZES PARA A
ELABORAÇÃO DO EIA-RIMA
EIA-
RIMA
PCH
SALTO
GOES –
TANGAR
Á/SC
DIRETRIZES PARA A
ELABORAÇÃO DO EIA-RIMA
DIRETRIZES PARA A
ELABORAÇÃO DO EIA-RIMA
DIRETRIZES PARA A
ELABORAÇÃO DO EIA-RIMA
GENERALIDADES
PUBLICIDADE
Araraquara, sábado, 26 de junho de 2004 - Eia/Rima da Termo estão
disponíveis
Renê Gardim - editor de Economia

A empresa ARS Energia, do grupo Contem, já colocou à disposição da


população os documentos do Estudo de Impacto Ambiental e o Relatório
de Impacto Ambiental (Eia/Rima) da instalação da Termoelétrica em
Araraquara, na biblioteca do Sesc.

Qualquer pessoa pode conhecer os estudos sobre os efeitos da


construção da usina no meio ambiente.

Para analisar os documentos basta apresentar documentação de


identificação. Os cinco volumes não podem ser retirados da biblioteca.
Outras cópias estão disponíveis na sede da Associação Comercial e
Industrial de Araraquara (Acia) e na Prefeitura de Boa Esperança do Sul.

No dia 22 de julho acontece a audiência pública, quando a ARS Energia,


empresa do grupo Contem, vai apresentar o projeto do empreendimento.

A Audiência Pública, convocada pelo Conselho Estadual do Meio


PUBLICIDADE
Os cinco volumes não podem ser retirados da biblioteca. Outras
cópias estão disponíveis na sede da Associação Comercial e
Industrial de Araraquara (Acia) e na Prefeitura de Boa Esperança
do Sul.

No dia 22 de julho acontece a audiência pública, quando a ARS


Energia, empresa do grupo Contem, vai apresentar o projeto do
empreendimento.

A Audiência Pública, convocada pelo Conselho Estadual do Meio


Ambiente, será realizada no ginásio de esportes do Sesc, em
Araraquara. Segundo o presidente do grupo Contem, Ítalo
Hamilton Barioni, será a oportunidade para a população regional
conhecer a Termoelétrica.

“Vamos apresentar o projeto e a comunidade poderá julgar se é


de seu interesse este empreendimento. Se houver embasamento
técnico, será possível, inclusive, embargar a obra”.