Sie sind auf Seite 1von 23

TIPOS DE PESQUISA

Como sabemos PESQUISA é o desenvolvimento efetivo de


uma investigação bem planejada, feita e redigida segundo
as normas metodológicas provenientes da ciência
Usualmente, a pesquisa parte de uma dúvida, um
problema.
Através da utilização do método científico, busca-se
solução ou resposta para a questão.

Visa, fundamentalmente, a busca e a evolução do


conhecimento humano em todos os setores da ciência
pura ou aplicada.
A pesquisa é a busca de resposta para determinados
problemas, um instrumento dinâmico de
questionamento, indagação, descoberta e
aprofundamento.
É no planejamento da pesquisa (Projeto) que definimos
o tipo de pesquisa que será desenvolvido.

Existem diversos tipos de pesquisa e natureza das


abordagens de um trabalho científico.

Tais procedimentos orientam a investigação e a


metodologia específica que sustenta a elaboração da
pesquisa.
UMA PESQUISA TEM POR OBJETIVO

• Demonstrar a existência (ou ausência) de relações entre


diferentes fenômenos.
• Estabelecer a consistência interna entre conceitos nos
limites de uma teoria.
• Desenvolver novas tecnologias ou demostrar novas
aplicações de tecnologias conhecidas.
• Aumentar a generalidade do conhecimento.
• Descrever as condições sob as quais um fenômeno
ocorre.
(LUNA, 1999 apud ESTÁCIO/UNISEB, 2014, p. 48).
Existem várias formas de classificar as pesquisas
CLASSIFICAÇÃO DAS PESQUISAS
Quanto a forma de apresentação do problema • Qualitativa
• Quantitativa
• Quali-quanti / Quanti-quali
Quanto aos objetivos
• Exploratória
• Descritiva
• Explicativa

Quanto aos procedimentos técnicos • Bibliográfica


• Documental
• Experimental
• Levantamento
• Estudo de campo
• Estudo de caso
• Pesquisa- ação
COM RELAÇÃO A FORMA DE ABORDAGEM DO
PROBLEMA A PESQUISA PODER SER
Quantitativa: considera que tudo pode ser quantificável,
traduzido em números. Opiniões e informações são
traduzidos em números para serem classificados e
analisados. Usa de recursos e de técnicas estatísticas.
OU
Qualitativa: considera que há um vínculo indissociável
entre o mundo objetivo e a subjetividade do sujeito que
não pode ser traduzido em números. A interpretação dos
fenômenos e a atribuição de significados são básicas. O
pesquisador é o instrumento-chave.
Pesquisa Qualitativa ou Quantitativa?

É um equívoco colocar a questão da qualidade e


quantidade em termos opostos.
Na verdade, ambas as dimensões fazem parte da realidade
da vida.
Não são coisas estanques, mas facetas do mesmo todo.

Por mais que possamos admitir qualidade como algo


“mais” e mesmo “melhor” que quantidade, no fundo, uma
jamais substitui a outra, embora seja sempre possível
preferir uma à outra (DEMO, 1999).
CLASSIFICAÇÃO DAS PESQUISAS QUANTO AOS
OBJETIVOS

Do ponto de vista de seus objetivos a


pesquisa pode ser: exploratória, descritiva
e explicativa.
CLASSIFICAÇÃO DAS PESQUISAS QUANTO AOS
OBJETIVOS
A pesquisa exploratória tem como objetivo procurar
padrões, hipóteses ou ideias.
O objetivo não é testar ou confirmar uma determinada
hipótese.
Foca sobre um problema de pesquisa que geralmente
tem pouco (ou nenhum) estudo anterior a respeito.
As técnicas mais comumente utilizadas são os estudos
de caso, as observações ou as análises históricas.
Fornecem dados qualitativos ou quantitativos.
CLASSIFICAÇÃO DAS PESQUISAS QUANTO AOS
OBJETIVOS
A pesquisa descritiva estuda as relações entre variáveis de
um dado fenômeno, mas não os manipula.
Principal característica é o aprofundamento do objeto de
estudo, uma vez que observa, analisa, registra e
correlaciona fatos e fenômenos sem manipulá-los, isto é,
procura descrever as características de determinadas
populações ou fenômenos.
Utiliza técnicas padronizadas de coleta de dados, como a
observação sistemática e o questionário.
CLASSIFICAÇÃO DAS PESQUISAS QUANTO AOS
OBJETIVOS
A pesquisa explicativa tem por objetivo explicar a razão, o
porquê dos fenômenos, uma vez que aprofunda o
conhecimento de uma dada realidade.

Registra fatos, analisa-os, interpreta-os e identifica suas


causas, visando ampliar generalizações, definir leis mais
amplas, estruturar e definir modelos teóricos.
Está calcada em métodos experimentais e encontra-se
mais direcionada para as ciências físicas e naturais.
CLASSIFICAÇÃO DAS PESQUISAS QUANTO AOS
PROCEDIMENTOS TÉCNICOS

Aqui temos a pesquisa bibliográfica, documental,


experimental, levantamento, estudo de campo, estudo de
caso e pesquisa-ação.
CLASSIFICAÇÃO DAS PESQUISAS QUANTO AOS
PROCEDIMENTOS TÉCNICOS

A pesquisa bibliográfica baseia-se na consulta a livros


ou outros tipos de documentação escrita (periódicos,
artigos, dissertações, teses etc.) a fim de obter
subsídios para a compreensão de um fenômeno ou
responder a perguntas de pesquisa.
Sua principal característica é a sua informalidade,
criatividade e flexibilidade.
CLASSIFICAÇÃO DAS PESQUISAS QUANTO AOS
PROCEDIMENTOS TÉCNICOS

A pesquisa documental é semelhante à pesquisa


bibliográfica.

É elaborada, entretanto, a partir de documentos que ainda


não receberam tratamento analítico como, por exemplo,
relatórios, mapas, prontuários, fotos etc.
CLASSIFICAÇÃO DAS PESQUISAS QUANTO AOS
PROCEDIMENTOS TÉCNICOS

A pesquisa experimental é mais comumente utilizada nas


ciências naturais e a principal característica é a
manipulação das variáveis relacionadas com o objeto de
estudo.
A manipulação das variáveis propicia o estudo da relação
entre causas e efeitos de um dado fenômeno.
O pesquisador cria uma situação artificial com o objetivo
único de testar para obter os dados de que necessita e
para que possa medi-los e analisá-los com precisão.
CLASSIFICAÇÃO DAS PESQUISAS QUANTO AOS
PROCEDIMENTOS TÉCNICOS

A pesquisa de levantamento, também chamada de survey,


é utilizada quando se interroga diretamente pessoas cujo
comportamento se deseja conhecer.
Pesquisas de opinião, intenção de voto, preferências,
crenças.
Podem ser utilizadas entrevistas e questionários.
CLASSIFICAÇÃO DAS PESQUISAS QUANTO AOS
PROCEDIMENTOS TÉCNICOS

O estudo de campo (pesquisa de campo) parte da


observação dos fenômenos exatamente onde ocorre
naturalmente.
Objetiva-se compreender um fenômeno considerando-se
a particularidade do local onde acontece.
É muito utilizado pelas ciências sociais e humanas.
CLASSIFICAÇÃO DAS PESQUISAS QUANTO AOS
PROCEDIMENTOS TÉCNICOS

O estudo de caso envolve o estudo profundo e exaustivo


de um ou poucos objetos de maneira que se permita o seu
amplo e detalhado conhecimento.

Diferentemente da pesquisa de levantamento, que em


geral toma uma amostra extensa, o estudo de caso limita-
se a um ou a um pequeno grupo de indivíduos,
considerados representativos da questão que se quer
investigar.
CLASSIFICAÇÃO DAS PESQUISAS QUANTO AOS
PROCEDIMENTOS TÉCNICOS

Na pesquisa-ação (ou pesquisa intervenção) o


pesquisador intervém em uma determinada questão social,
com vistas a modificar uma dada realidade, a partir da
mobilização dos participantes do local. Os participantes
dessa pesquisa então envolvidos de modo cooperativo ou
participativo.

A pesquisa-ação supõe uma forma de ação planejada de


caráter social, educacional, técnico entre outros.
CLASSIFICAÇÃO DAS PESQUISAS QUANTO AOS
PROCEDIMENTOS TÉCNICOS

Além dos tipos de pesquisa discutidos, temos ainda outras


possibilidades de investigação como a pesquisa de
laboratório, a pesquisa participante, a pesquisa
etnográfica, a pesquisa ex post facto.

A escolha de um ou outro tipo de pesquisa dependerá da


natureza do objeto e do objetivo da investigação. Cabe ao
pesquisador fazer a escolha adequada.
Na verdade, já definimos nossa pesquisa, de acordo
com a natureza do objeto.

Agora é a hora de apresentar os resultados da


investigação. Isto será feito com a elaboração do
Trabalho de Conclusão de Curso.