Sie sind auf Seite 1von 17

Indicadores Epidemiologia

INCIDÊNCIA
• A incidência é a frequência de novos casos de
uma determinada doença ou problema de
saúde num determinado período de tempo,
oriundo de uma população sob-risco de
adoecer no início da observação (COSTA;
KALE, 2009).
INCIDÊNCIA
• A incidência pode ser mensurada de forma
bastante simples, basta contabilizar a
ocorrência de determinado agravo sobre uma
população num determinado período de
tempo, o que representa o número de casos
incidentes.
TAXA DE INCIDÊNCIA
EXEMPLO PARA O CÁLCULO DA INCIDÊNCIA,
MORTALIDADE E LETALIDADE
• » Mortalidade: é uma medida muito utilizada como indicador
de saúde porque permite avaliar as condições de saúde de
uma população. É calculada dividindo-se o número de óbitos
pela população em risco. Estudaremos mais sobre essa
medida ainda nesta unidade.
• » Letalidade: é uma medida da gravidade da doença. Expressa
o poder que uma doença ou agravo à saúde tem de provocar a
morte nas pessoas acometidas. É calculada dividindo-se o
número de óbitos por determinada doença pelo número de
casos da mesma doença. Algumas doenças apresentam
letalidade nula, como, por exemplo, escabiose; enquanto para
outras, a letalidade é igual ou próxima de 100%, como a raiva
humana.
PREVALÊNCIA
• A prevalência é uma medida estática que
representa a aferição do número de casos
existentes em uma população em:

» um dado instante: chamada de prevalência


pontual ou instantânea. Exemplo: aferição dos casos
no 1º dia do ano.
» num dado período: chamada de prevalência de
período. Exemplo: aferição dos casos durante 1 ano.
A prevalência pode ser calculada com base
na seguinte fórmula:
FATORES PODEM INFLUENCIAR NEGATIVAMENTE
OU POSITIVAMENTE A PREVALÊNCIA
INDICADORES DE SAÚDE
• Indicador de saúde pode ser definido como
um dado que represente uma situação de
saúde; em outras palavras, trata-se de um
instrumento de mensuração utilizado para
avaliar situações de saúde, além de ser
utilizado como base para o planejamento,
execução, gerenciamento e avaliação de ações
e serviços de saúde.
INDICADORES DE SAÚDE
• Em linhas gerais, os indicadores de saúde podem
ser categorizados em (PEREIRA, 2013):
• » mortalidade e sobrevida;
• » morbidade;
• » nutrição, crescimento e desenvolvimento;
• » aspectos demográficos;
• » condições socioeconômicas,
• » saúde ambiental;
• » serviços de saúde.
Taxa de Mortalidade Infantil
MORBIDADE

• É a taxa de portadores de determinada doença


em relação à população total estudada, em
determinado local e em determinado
momento.
Epidemiologia
• Uma epidemia pode ser classificada de acordo com
a abrangência geográfica em:
» Pandemia: é o nome dado à ocorrência epidêmica
caracterizada por larga distribuição espacial,
atingindo várias nações. Em outras palavras, a
pandemia pode ser tratada como a ocorrência de
uma série de epidemias localizadas em diferentes
regiões e que ocorrem em vários países ao mesmo
tempo (ROUQUAYROL; BARBOSA; MACHADO,
2013).
VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA
• Pode ser definida como o processo sistemático
e contínuo de coleta, análise, interpretação e
disseminação de informação com a finalidade
de recomendar e adotar medidas de
prevenção e controle de problemas de saúde
(BRAGA; WERNECK, 2009).
INVESTIGAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA
• Objetivos:
• » estabelecer ou confirmar diagnósticos;
• » identificar a fonte de infecção e o modo de
transmissão;
• » identificar os grupos expostos ao maior risco e buscar
casos secundários;
• » esclarecer as circunstâncias que propiciaram a
ocorrência e investigar fatores de risco; e
• » determinar as principais características
epidemiológicas do evento.
INVESTIGAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA
• O propósito final da investigação
epidemiológica é orientar a recomendação e
adoção oportuna de medidas de controle para
impedir a ocorrência de novos casos e a
manutenção da doença na população.