Sie sind auf Seite 1von 65

Gestão de Compras

E
Estoque

Prof. Amaro Simões Freitas


CURRÍCULO DO PROFESSOR
 Mestrando em Administração de Empresas - FUCAPE;
 MBA Finanças, Auditoria e Controladoria -
FGV/MMURAD;
 Pós-graduado em Logística e ComEx - UVV
 Graduado em Administração de Empresas - FAESA.
 Docência em diversas Faculdade;
 Consultor em Estratégia, Logística, ComEx
 MG9 Trading, Terca (Cotia Traiding), Banco Bradesco
S.A.,
BIBLIOGRAFIACOMPLEMENTAR
Recuperando
Conhecimentos
E
Informações
Sociedade Industrial

Sociedade do Conhecimento
Teoria de sistemas
 É um conjunto de elementos que interagem entre si para
atingir um objetivo específico.

 Elementos (partes) de um sistema


Compras e Estoque
Definindo
Área de atuação
Importância de Compras
Recursos da Empresa
Recursos da Empresa
Evolução da Logística
PERSPECTIVA
FASES FOCOS
DOMINANTE

.Gestão de Estoques
ZERO Administração de Materiais .Gestão de Compras
.Manuseio de Materiais

Administração de Materiais
PRIMEIRA E .Otimização de Transportes
Distribuição

.Visão Sistêmica da
Empresa.
SEGUNDA Logística Integral
.Integração por Sistemas
de Informação

.Visão Sistêmica da
Empresa, incluindo
TERCEIRA Supply Chain Management fornecedores e canais de
distribuição
Logística integrada

A figura abaixo ilustra a integração desejada pela logística.

Fluxo de Serviço ao
materiais cliente
materiais

fornecedores
Empresa clientes

Logística Integrada
Fonte: adaptado de CHRISTOPHER (1997)
Processo de Compras
Gestão de Compras
E
Estoque
Introdução à
Gestão de
Almoxarifado
Compras e Estoque
Compras e Estoque
Compras e Estoque
1 – Introdução à Gestão de Almoxarifado
A Importância do Almoxarifado nas organizações

 No início – Depósito – Pior lugar na empresa –


pessoal despreparado.
 Hoje – Grande – organizado – Integrado – pessoal
capacitado.
 Reservatório.
 Origem “Al-Xarif”.
 Fiel guarda e conservação de materiais.
 Objetivo – Impedir divergências de inventário e
perdas de qualquer natureza.
 Representa uma unidade da organização para guarda,
conservação, movimentação e recuperação.
Segundo normas do país e/ou empresa.
Compras e Estoque
1 – Introdução à Gestão de Almoxarifado

Funções do Almoxarifado

Regra dos 3 Ps

 Possuir;

 Prover;

 Preservar.
Compras e Estoque
1 – Introdução à Gestão de Almoxarifado

Almoxarifado e a Gestão de Materiais


 Almoxarifado
Esta ligado a estrutura física.
 Gestão de Materiais
Esta ligado ao gerenciamento de materiais.
Compra, estocagem e movimentação;
 Almoxarifado (1) X Estoque (2)
(1) Utilizado para o próprio consumo da empresa.
(2) Utilizado para as operações da empresa.
Fabricação e Comercialização.
Compras e Estoque
1 – Introdução à Gestão de Almoxarifado
Evolução da Logística
PERSPECTIVA
FASES FOCOS
DOMINANTE
.Gestão de Estoques
Administração de .Gestão de Compras
ZERO
Materiais .Manuseio de
Materiais
Administração de
Materiais .Otimização de
PRIMEIRA
E Transportes
Distribuição
.Visão Sistêmica da
Empresa.
SEGUNDA Logística Integral .Integração por
Sistemas de
Informação
.Visão Sistêmica da
Empresa, incluindo
Supply Chain fornecedores e
TERCEIRA
Management canais de
distribuição
Compras e Estoque
1 – Introdução à Gestão de Almoxarifado

Gestão de Materiais
Objetivos da Gestão de Materiais
 Pontualidade;
 Controle;
 Redução de Esforços;
 Comunicação com o Cliente.
Compras e Estoque
1 – Introdução à Gestão de Almoxarifado
Recursos da Empresa.
Compras e Estoque
1 – Introdução à Gestão de Almoxarifado
Recursos Materiais.

 Matéria Prima;
 Material de Embalagem;
 Material Auxiliar;
 Produto Intermediário;
 Material de manutenção;
 Material de escritório;
 Materiais diversos;
 Produtos acabados.
Compras e Estoque
1 – Introdução à Gestão de Almoxarifado

Relação do almoxarifado com outros


setores da empresa.

 Logística;
 Marketing;
 Produção;
 Finanças.
Compras e Estoque
1 – Introdução à Gestão de Almoxarifado
O perfil e as Atribuições do Almoxarifado

 Conhecer a rotina dos outros setores;


 Identificar os materiais de uso dos setores;
Comum, Genérico e Específico.
 Pleno conhecimento da previsão de consumo;
 Avaliar as pesquisas dos materiais de uso mais
econômico;
 Orientar e coordenar as compras;
 Fazer levantamento de materiais;
 Estudar e identificar os materiais;
Compras e Estoque
1 – Introdução à Gestão de Almoxarifado

Enfoques e Tendências.
 Agregar valor para o cliente;
 Automação;
 Preparação para embarque;
 Embalagem de transporte;
 Carregamento automático;
 Despacho do veículo para o cliente;
 Crescimento modular.
Compras e Estoque
1 – Introdução à Gestão de Almoxarifado

A Logística Interna.

 Agregar valor para o cliente;


 Automação;
 Flexibilidade.
Tipos
de
almoxarifado
e
suas estruturas
Uma visão Geral sobre os tipos de Almoxarifado

Quando observadas as finalidades de um almoxarifado


é possível constatar que existem diversos tipos de
almoxarifados, adequados a cada uma das
especificações existentes na indústria, comércio e
serviços. As estruturas desses ambientes possuem
suas atividades organizadas para atender as
especificidades do ramo a que devem servir.
Tipos de Almoxarifados segundo a estrutura física

a) Armazém;

b) Centro de Distribuição (CD);

c) Galpão;

d) Pátio.
Tipos de Almoxarifado de acordo com o item a ser armazenado

a) Estoque de Matérias-Primas (MPs)

Os estoques de MPs constituem os insumos e materiais


básicos que ingressam no processo produtivo da
empresa. São os itens iniciais para a produção dos
produtos/serviços da empresa.
b) Estoques de Materiais em Processamento ou
em Vias ou ainda Intermediário.

Os estoques de materiais em processamento - também


denominados materiais em vias - são constituídos de
materiais que estão sendo processados ao longo das
diversas seções que compõem o processo produtivo da
empresa.
c) Estoques de Materiais auxiliares

Os estoques de materiais auxiliares auxiliam a


produção, mas não componente do produto. Como
exemplo temos óleos para, lixas, etc.
d) Estoques de Manutenção
Os Estoques de manutenção são armazenados as peças que
servem de apoio à manutenção dos equipamentos e edifícios.

e) Estoques de Produtos Acabados (Pas)


Os Estoques de Pas se referem aos produtos já prontos e
acabados, cujo processamento foi completado inteiramente.
As preocupações com o ambiente do Almoxarifado para a
eficácia do serviços

• Planejamento;
• Ambiente Grande e organizado para atender
demandas;
• Organizar segundo frequência;
• Layout;
• Eficiência – Eficácia;
• Importância do Layout.
Importância do Layout
Equipamentos
Gerais
do
Almoxarifado
Exemplos de Pallets de Madeira
Exemplos de Pallets de Plástico
Exemplos de Pallets de Aço
Exemplos de Prateleiras
Exemplos de Racks
Exemplos de Carros de transporte

Equipamentos de movimentação simples


Exemplos de Empilhadeiras

Equipamentos de transporte simples


Exemplo de Transportador de Rolos

Equipamentos de movimentação complexos


Exemplo de Correia Transportadora

Equipamentos de transporte complexos


Empilhador *

* Suporte móvel para empilhar em ambientes confinados.


Exemplos de Ponte Rolante
Exemplos de Pórticos
Administração
De
Materiais
A Logística
De
Materiais
A Logística de Materiais
A Logística engloba o suprimento de materiais e
componentes, a movimentação e o controle de
produtos e o apoio ao esforço de vendas dos produtos
finais, até a colocação do produto acabado para o
consumidor.
Atividades logísticas
• Compras e transportes;
• Programação de entregas para a fábrica;
• Armazenagem e controle de estoque;
• Previsão de necessidades de materiais;
• Processamento de pedidos de clientes;
• Administração dos centros de distribuição.
Logística Interna e Externa
Logística Interna
 Esta ligada ao processo de recebimento, guarda,
controle e distribuição dos materiais utilizados dentro
de uma organização.
Logística Externa
 Refere-se a toda movimentação de mercadoria de
uma empresa para outras.
Compra, armazenamento, distribuição, transporte
e informações entre empresas.

Canal de distribuição – “Conjunto de organizações


interdependentes envolvidos no processo de
disponibilizar um produto ou serviço para uso ou
consumo.” Kotler (2000).
Movimentação de Estoque
Para que a matéria-prima possa ser beneficiada pelo
menos um dos três elementos básico de produção –
homem, máquina ou material – deve ser movimentado.

Classificação
 Granel;
 Cargas unitárias;
 Embalagem;
 Armazenamento;
 Vias de Transporte;
 Análise de Dados;
Movimentação de Estoque

Finalidade de um Sistema de Transporte

 Redução de custos;
 Aumento da capacidade produtiva;
 Melhores condições de trabalho;
 Melhor distribuição;
Movimentação de Estoque
Leis de movimentação
 Obediência ao fluxo de materiais;
 Mínima distância;
 Mínima manipulação;
 Segurança e satisfação;
 Padronização;
 Flexibilidade;
 Máxima utilização de equipamentos;
 Máxima utilização da gravidade;
 Máxima utilização do espaço disponível;
 Métodos alternativos;
 Menor custo total.
Gerenciamento de Cadeia de Suprimentos

Supply Chain Management - SCM


Consiste no estabelecimento de relações de parcerias de
longo prazo entre os componentes de uma cadeia
produtiva, que irão planejar estrategicamente suas
atividades e compartilhar informações, visando a
desenvolver suas atividades logísticas de forma
integrada.
Fluxo de Serviço ao
materiais cliente
materiais

fornecedores Empresa clientes


As Tendências nos Processos
De
Controle de Estoque

 A Tecnologia;

 Qualidade;
As Tendências nos Processos de Controle
de Estoque
Tecnologia
É o enfoque da informática e o seu gerenciamento,
utilizando-se para isso os sistemas automatizados – TI e
Informática.

WMS – Warehouse Management System – Sistema de


gerenciamento de armazéns.

 Programação e entrada de pedidos;


 Planejamento e alocação de recursos;
 Recebimento, Estocagem, Transferência;
 Separação de pedidos, Expedição, Inventários;
 Controle de contenedores e Relatórios.
As Tendências nos Processos de Controle
de Estoque
Qualidade
Dimensões
 Desempenho, Opcionais, Conformidade;
 Garantia, Serviço, Estética;
 Qualidade percebida;
 Preço;

Importante
 ISO;
 JIT;
 Kanban;
A Informatização na Administração
de Estoque

A informatização deve proporcionar

 Racionalização das entradas e saídas;


 Deve ser possível digitar as informações;
 Aumento da qualidade;
 Melhores condições de trabalho.
Atenção

2.0
1 - 41
2 - 40

2.1
3 - 19
4 - 31
5 - 44 e 45
Exercício Avaliativo

1 – Cite e explique as atividades primárias da Logística.


2 – Explique os tipos de estoque: Matéria Prima; Material
Auxiliar; Manutenção; Intermediários e Acabados.
3 – Explique a função do almoxarifado sob ótica da regra dos
3 P’s (Possuir, Prover e Presevar).
4 – Cite e explique os tipos de Almoxarifado.
5 – Cite e explique os equipamentos: (1) Equipamentos de
movimentação simples e (2) Equipamentos de Transporte
simples.
Obrigado!

amarofreitas@gmail.com