Sie sind auf Seite 1von 16

“ Ansiedade é algo que dá e passa”.

(Anônimo)

Por: Profa. Dra. Mônica Portella


Ansiedade e Reações Fisiológicas

Tremor Enjôo

Suor Tontura
Taquicardia
Relaxamento: Ansiedade:

Redução do ritmo Aumento do ritmo


cardíaco. cardíaco.
Aumento da Redução da
temperatura temperatura
da pele. da pele.
Redução da Aumento da
tensão muscular. tensão muscular.
Aumento da GSR. Redução da GSR.
Estratégias de Relaxamento

RPM Imaginação Respiração


Profunda
Relaxamento
Sinalizado
Respiração
Diafragmática
BF
Hipnose
Treinamento
Autógeno
Problema Apresentado
Pelo Cliente

Escolhendo a Técnica de
Relaxamento

Preferências e Características
Pessoais
Aplicações de Relaxamento em
Psicoterapia

Hostilidade,
Fobia Simples
Raiva, etc.
e Social

Stress
Obesidade Insônia

Ansiedade em Transtorno
Situações Específicas do Pânico
Relaxamento Muscular Progressivo

Envolve a contração e o relaxamento de


músculos voluntários até que esses estejam
completamente relaxados.
Relaxamento Muscular
Progressivo

PRESSUPOSTO:
Tensão está associada a ansiedade.

ASSIM:
Experimentamos redução da ansiedade
quando nossa musculatura está relaxada.
Método Abreviado
Braços e Mãos

Pernas e Pés

Costas

Ombros e Pescoço

Barriga
Rosto
Relaxamento via Imagem Mental

Muitas pessoas consideram a


imagem mental a forma mais
simples e natural de relaxamento.
Imagem Mental Metafórica
Substituir a
Visualizar imagem de
uma tensão por
IM que uma imagem
represente que
tensão. represente
relaxamento.
Imagem Mental Básica

1.Explorar o IM agradável e
relaxante para o cliente.
2. Instruções iniciais.
3. Relaxamento via IM.
4. Instruções finais
Relaxamento Sinalizado

Calmo e
Seguro ...
Associar

Estímulo
Estado

Associação de um estímulo a uma


experiência e/ou estado interno.
Relaxamento Sinalizado

Diante da situação estressante o indivíduo


utiliza o estímulo condicionado para relaxar.
Cuidados para o Relaxamento

1. Assegurar-se que ansiedade é um dos


principais problemas do cliente.
2. Apresentação da técnica de relaxamento:
2.1.Explicar a importância dos exercícios de relaxamento,
relacionando-os à problemática do cliente.
2.2. Explicar em que consiste a técnica de relaxamento
antes de começar o exercício.
2.3. Como se procederá nas sessões.
2.4. Importância da prática de casa
3. O terapeuta dirige os exercícios no início
do treinamento.
4. Ambiente físico ( temperatura, luz,
conforto, garantir que nada atrapalhe o
relaxamento do cliente ).
5. Voz do terapeuta.
5.1. Tom de voz: compassado, baixo, lento, pausado e
monótono.
5.2. Utilizar no final das frases palavras que denotem
calma, contingente à expiração.
5.3. Rapport.
6. Saindo do relaxamento.