You are on page 1of 38

O sono do líder é agitado.

A mulher sacode-o
até acordá-lo do pesadelo. Estremunhado ele
se levanta, bebe um pouco de água, vai ao
banheiro onde se vê diante do espelho. O
que vê ele? Um homem de meia-idade. Ele
alisa os cabelos das têmporas, volta a deitar-
se. Adormece e a agitação do mesmo sonho
recomeça. O líder se assusta enquanto
dorme. [...] O líder revolve-se na cama. De
noite ele tem medo. Mesmo que seja um
pesadelo sem história.
De noite vê caras quietas, uma atrás da outra. [...] cada noite,
mal adormece, mais caras quietas vão-se reunindo às outras.
É uma sucessão de caras iguais como numa repetição
monótona de um rosto só. O líder se cobre de suores porque
os milhares de olhos vazios não pestanejam. (LISPECTOR,
1999, p. 198-9)
Por que um jogador com talento para
atacante deveria suar para desenvolver
sua habilidade na defesa?
4

MBA em Gestão
Empreendedora
ANT
Ambientação em
Novas Tecnologias Módulo Gestão

Módulo PROC Módulo Educação


Empreendedorismo Gestão de Processos PROE
ESTR Práticas
INEM Gestão Estratégica Organizacionais na
GRH Escola
Inovação e ARE
Empreendedorismo Gestão de Pessoas
MKT Ambiente
Regulatório
Marketing e Comunicação
LID da Educação
NEG
Liderança e PPE
Negociação e Mediação
Comportamento Políticas Públicas de
de Conflito
Educação
Empreendedor FIN
Gestão Financeira
AVED PLEM
 Avaliação da Educação Plano de
Empreendimento

LID –Professora Joysi Moraes


O que torna uma organização lugar ruim para trabalhar?
Liderança – Aula 1: Aspectos conceituais e
técnicos
• Quais as perguntas que um gestor deve se fazer
todos os dias?
• O que é preciso ser feito?

• O que eu faço pode ser feito por qualquer outra


pessoa?
• Qual a minha contribuição para com a escola?

• O que estou agregando a esta escola?

• Fiz a diferença hoje?

• O que eu entrego para a escola todos os dias?


Qual é a minha parte?
• O que as pessoas e a escola esperam de
mim?
• Quais são as minhas responsabilidades?

• Qual é a ideia?
• Cada profissional tem que saber
exatamente qual é o seu trabalho, qual
o tempo para fazê-lo e com quem pode
contar de imediato.
• O líder também deve estimular que
cada pessoa sob a sua
responsabilidade responda a estas
perguntas.
O que tudo isso significa?
• Que uma pessoa que assumiu uma posição de liderança
tomou para si a responsabilidade por determinada tarefa.
• Portanto, se exige dela:
• Disposição individual para dedicar-se a algo
• Algumas renúncias
• Dedicação às pessoas e à organização

• Posição de responsável por


pessoas e pela organização
• Responsável pelos
resultados da sua equipe, do
seu setor, da sua escola.
O que é liderança?
• É a capacidade concreta de influenciar pessoas a
trabalhar em direção a metas e objetivos.
• É um processo de influenciar as atividades individuais e
de grupo para alcançar as metas organizacionais.
• Exercer a liderança implica em gerir relacionamentos.
• A qualidade dos relacionamentos é fundamental para o
exercício da liderança.

Influência
Pessoas/Grupos
Metas
Abordagens da liderança
• Abordagem de traço
pessoal (traços físicos,
habilidades, personalidade)

• Abordagem do estilo
(comportamento dos
líderes; ênfase no
treinamento)
Abordagens da liderança
• Abordagem contingencial
ou situacional (foco
na situação; no contexto)

• Abordagem da nova liderança


(um articulador; um político)
Aula 2: Competências das lideranças empreendedoras

• Conhecimento – o que fazer e o motivo


• Capacidade – como fazer
• Atitude –vontade, desejo de fazer
Suas competências como gestor e as
competências da sua equipe de trabalho
• Individual – capacidade de utilizar
concretamente os conhecimentos adquiridos
• Gerencial – saber mobilizar os próprios
conhecimentos e o da equipe de trabalho em
prol da organização
• É só isso?! desde o nível estratégico ao
nível operacional; competências
organizacionais básicas; seletivas e
essenciais.
Mapeando

Conhecimento

Habilidades Competência

Atitudes
Aula 2: Competências das lideranças
empreendedoras

Internalização – aprender fazendo


Socialização – estagiários com um professor sênior
Externalização – a escrita para divulgação do conhecimento
Combinação – sistematização para divulgação
Aula 3: Lideranças empreendedoras
• Quem é o líder intraempreendedor?
• Você já parou para pensar sobre o motivo de ter sido
alçado ao papel de gestor?
• O que será que as pessoas esperavam e ainda esperam
de você como gestor?
• Resultados!!!!
• Efetividade!!!
Metas
• Mas como é possível obter os resultados sem saber qual é a
meta? Toda a escola sabe das metas?
Diferença entre metas e objetivos
• Objetivos
• O que queremos?.
• O que vamos fazer?
• Meta
• O que queremos e quanto queremos?
• Como queremos?
• Quando queremos?
• Meta se mensura/ Meta tem parâmetros.
• Objetivo sem meta é vazio.
Reconhecendo sua organização
Aula 4: Liderando equipes
• Papel fundamental do líder: conhecer os liderados
e definir o estilo de liderança adequado
• O resultado obtido depende da adequação do estilo
de liderança à maturidade do liderado.
• Maturidade no trabalho:
saber-fazer
• Maturidade psicológica:
querer-fazer – motivado
O que faz o líder?
• Desenvolve um plano de ação a partir
das metas a serem alcançadas.
• Compartilha o plano e as metas com
a equipe de trabalho.
• Foca em oportunidades, não em problemas.
• Gerencia reuniões rápidas e produtivas.
• Aprende a distinguir o momento de dizer “Nós” e
de dizer “Eu”!
• Escuta primeiro. Escuta muito. Fala depois.
• Assume a responsabilidade por suas decisões.
O que faz o líder?
METAS 2014,
2015, 2016,
2017, 2018,
2019, 2020

Desenvolve um
plano de ação
Exercendo um papel de liderança
 Quem são os melhores na minha escola?
 Quem são os melhores na minha equipe de trabalho?

Por que eles são os melhores?


 O que eles fazem?
 O que eu faço com esta informação?
 O que a minha equipe está fazendo?
 O que eu posso fazer para chegar lá?
 O que a minha equipe pode fazer para
chegar lá?
Aula 5: Centralização e descentralização
Como é que se gerencia uma organização,
seja ela de grande, médio ou pequeno porte,
se você não é onipresente?
Centralização e descentralização
Vantagens da descentralização
Decisões tomadas por quem está mais perto do problema
Diminui o tempo de esperta por uma resposta
Reduz o trabalho das chefias mais acima

Vantagens da centralização
Decisões tomadas por quem tem a visão
geral da escola/organização
Decisões da direção levam em conta os grandes
objetivos da organização
Evita duplicação de esforços e padroniza
Aula 6: Avaliação de desempenho
• É sistemática; serve para
identificar se as metas foram
atingidas; alocar recursos;
fornecer feedback aos
liderados

• Mostrar como a escola/organização está


progredindo.
• Recompensar os membros da organização
Aula 6: Avaliação de desempenho
• Aconselhar e desenvolver
os liderados
• Reforçar fatores positivos

• Ajustar os processos organizacionais para


melhorar o desempenho da organização
Aula 7: Metodologias de avaliação de desempenho

• Só é possível avaliar o
processo que você
conhece.
• Nenhuma metodologia é
melhor do que a outra

• Nenhuma metodologia se adéqua a todo contexto


• Cada metodologia tem valor à medida que
serve como ferramenta de gestão e ajuda a
pensar a organização.
PDCA: planeja, faz, verifica e age (corrige
e melhora o processo)
Aula 8: Principais desafios à liderança
• Como gerir com um
sistema baseado na
responsabilidade coletiva?

• Como utilizar uma gestão


democrático-participativa
se no final das contas a
responsabilidade pelos
resultados é sua?
Eu gestor
• Quais são meus pontos fortes?
• Pontos que colaboram de modo expressivo para o
alcance de resultados positivos, desempenho efetivo, ou
seja, para a obtenção do sucesso da sua escola?

• Quais são meus pontos fracos?


• Pontos que dificultam o bom andamento dos trabalhos da
equipe e acabam por provocar situações desfavoráveis
ao seu desempenho.
Liderança
• Como meus pontos fortes são utilizados no
processo de gestão de equipe?
• Como o seu ponto forte agrega valor para a
escola?
• Um líder tem diversos estilos de liderança ou
apenas um na condução dos seus funcionários?
Que tipo de líder sou eu?

Eu sou mais voltado para tarefas.

Eu sou mais voltado para pessoas.


Reconhecendo meu perfil

Voltado para tarefas


O líder está mais preocupado com
as tarefas executadas do que com
os funcionários que as executam.

Voltado para pessoas


O líder se mostra mais preocupado: com o modo as
tarefas e a escola estão influenciando a vida das
pessoas; em procurar criar um clima organizacional
agradável para que todos se sintam confortáveis na
empresa.
A minha maturidade

X
A maturidade dos meus
funcionários
É possível gerir sem tesão?!

Feliz pela atenção recebida!!!!

Joysi Moraes
São Paulo, 25 de setembro de 2015