Sie sind auf Seite 1von 18

Universidade do Estado do Amazonas

Escola Superior de Ciências da Saúde

A relevância da didática e da
concepção freireana de educação
para a formação médica.
Objetivo da aula

 Informar sobre as concepções de educação


existentes de acordo com o educador Paulo Freire;

Apresentar a didática e os métodos para desenvolver


uma aula interessante e significativa dentro do
processo ensino-aprendizagem;

Explorar a educação médica focando nas possíveis


medidas para melhorar a atual situação educativa.
 Apresentação da pedagogia freireana;
 Relevância da concepção freireana de
educação para a formação médica;
Apresentação dos resultados do artigo;
 Processo ensino-aprendizagem –
métodos e formas de avaliação.
Educação Bancária

A ideia de que o professor deve transmitir


conhecimentos ao aluno e que este deve
memorizá-los, internalizá-los e repeti-los
mecanicamente
Educação Bancária

Depósito

Educador Processo
Educando
Sujeito ativo antidialógico Objeto Passivo

Conhecimento Ignorância
Educação Problematizadora
Conhecimento

Educador Seres
Educando
Sujeito ativo incompletos Sujeito ativo

Conhecimento

A educação problematizadora busca estimular a consciência crítica da realidade


e a postura ativa de alunos e professores no processo ensino-aprendizagem, de
forma que não haja uma negação ou desvalorização do mundo que os
influencia.
A Pedagogia Freireana e a Educação
Médica
 É necessário articular a formação de profissionais médicos para
o sistema de saúde, articulando a graduação e o ambiente
acadêmico com a realidade local de cada país.

 A implementação de políticas públicas no nível da gestão do


trabalho em saúde, estando desarticulada de reformulação dos
processos de ensino-aprendizagem das escolas médicas, não resulta
numa efetiva transformação das práticas médicas do País.

 É necessário adotar metodologias que permitam uma


aprendizagem ativa dos estudantes, além de reavaliar a lógica
prioritária de transmissão de conteúdos técnicos e a integração
entre ensino e serviços de saúde.
Relevância da concepção freireana de
educação para a formação médica

A pertinência da educação problematizadora na formação


médica encontra-se em consonância com a construção do
paradigma da integralidade no ensino da Medicina e com
as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de
Graduação em Medicina (DCN), promulgadas em 2014,
que preconizam a formação de médico humanista, crítico
e reflexivo, que atue com responsabilidade social e
cidadania
.
Relevância da concepção freireana de
educação para a formação médica

 Para atingir o objetivo de ensinar de maneira


problematizadora e emancipadora, a capacitação
docente é uma estratégia central. No entanto, os
professores não são adequadamente preparados para a
profissão, principalmente na educação superior
;

 O desafio de desenvolver e implementar reais


transformações nas práticas educacionais dos docentes
de acordo com a pedagogia freireana exige uma
importante ressignificação do papel do professor no
ensino médico..
OBJETIVO DO ESTUDO:
Avaliar a concepção de docentes de Faculdade de Medicina paulistana
sobre o processo ensino aprendizagem segundo os princípios da
pedagogia problematizadora de Paulo Freire.

MÉTODOS:
 Estudo transversal e natureza qualitativa, com realização de análise de
conteúdo.
 Domínios analisados: (a) perspectiva de ensino bancária; (b)
perspectiva de ensino dialógica (valorização do diálogo); (c)
perspectiva problematizadora de ensino (valorização da autonomia).
CONCLUSÕES:

A maior parte deles ainda valoriza a perspectiva “bancária” da


educação;

Barreiras dificultam a transformação da formação de médicos no


País: pequeno investimento na formação de docentes, falta de
profissionalização do professor de Medicina e a desvalorização da
carreira docente, o apelo à pesquisa em contraposição ao ensino de
graduação;
CONCLUSÕES:

desarticulação entre as demandas de saúde e a formação médica,


com treinamento para o cuidado pontual e transversal ao invés do
necessário cuidado longitudinal, com foco hospitalar em
contraposição à ênfase na atenção primária, e despreparo para o
trabalho em equipe

A ressignificação do papel do professor e das relações estabelecidas


com seus alunos configura-se como uma das principais ações de
transformação da educação médica com vistas à qualificação dos
serviços prestados aos usuários
Processo ensino-aprendizagem –
métodos e formas de avaliação.
Método

é o caminho realizado para se atingir um objetivo, ou


seja, os métodos são os meios para realizar objetivos
(LIBÂNEO, 1994).
os métodos que serão aplicados devem possuir em mente
as necessidades dos alunos, só assim a aprendizagem
será obtida de forma efetiva, pois o professor irá relacionar
os conteúdos com base no contexto social de cada
ambiente onde ele está inserido.
Método
 Cada método possui uma função seja a de estimular o
aluno ao debate ou de ajudá-lo a compreender algum
conteúdo no âmbito de sua realidade local.

 Não existe o melhor método, o que existe são


melhores momentos para se aplicar uma técnica de
ensino.

 Para a construção de uma aula o professor se utiliza


de materiais como o livro didático, o quadro, filmes,
slides, ou simplesmente a linguagem oral.
Avaliação
Segundo o professor Cipriano Carlos Luckesi, a avaliação é uma
apreciação qualitativa sobre dados relevantes do processo de
ensino e aprendizagem que auxilia o professor a tomar decisões
sobre seu trabalho. [...] A apreciação qualitativa desses dados,
através da análise de provas, exercícios, respostas dos alunos,
realização de tarefas etc., permite uma tomada de decisão para o
que deve ser feito em seguida (LIBÂNEO, 1994, p. 196).
Funções da Avaliação
Pedagógico/
Diagnóstico Controle
Didática
• refere ao papel da • permite identificar • refere aos meios e
avaliação no progressos e à frequência das
cumprimento dos dificuldades dos verificações e de
objetivos gerais e alunos e a atuação qualificação dos
específicos da do professor que, resultados
educação escolar. por sua vez, escolares,
determinam possibilitando o
modificações do diagnostico da
processo de ensino turma com relação
para melhor às situações
cumprir as didáticas
exigências dos
objetivos
Para Libâneo (1994, p. 201) “A avaliação possibilita o conhecimento de cada um,
da sua posição em relação à classe, estabelecendo uma base para as atividades
de ensino e aprendizagem”.
REFERÊNCIAS

BARROSO, Betania. Os Caminhos metodológicos. In. A constituição do sujeito de


aprendizagem: uma experiência da aprendizagem situada no Centro de Cultura e
Desenvolvimento do Paranoá – CEDEP/DF. Tese de doutorado (em andamento). Brasilia:
UnB, 2015.
FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra; 2005.
FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia. São Paulo: Editora Paz e Terra; 2011.
FRENK, J.; CHEN, L.; BHUTTA, Z.A.; COHEN, J.; CRISP, N.; EVANS, T. Health professional
for a new century: transforming education to strengthen health systems in an
interdependent world. Lancet. 2010; 376:1923-58.
FEUERWERKER, L.C.M. O Movimento Mundial de Educação Médica: as Conferências de
Edinburgh. Cadernos ABEM. 2006; 2:30-38.
LIBÂNEO, J. C. O processo de ensino na escola. São Paulo: Cortez. 1994. P. 77-118.