Sie sind auf Seite 1von 27

PORTUGAL

Os Órgãos de Soberania
Órgãos de soberania

• São órgãos de soberania:


– o Presidente da República
Poder
– a Assembleia da República político
– o Governo
– os Tribunais.
• A função, a composição, a competência
e o funcionamento dos órgãos de
soberania são os definidos na
Constituição
Órgãos de soberania

• Separação e equilíbrio de poderes;


• Limitação e controlo mútuo dos órgãos de
poder;
• Estabilidade do sistema político;
• Capacidade de superação de impasse político.
Órgãos de soberania

separação e interdependência de poderes, entre o poder legislativo, o poder


executivo e o Presidente da República (Artigo 111.º da CRP)
Órgãos de soberania
Presidente da República

- Representa a República
Portuguesa
- Garante a independência nacional
e a unidade do Estado
- Regula o funcionamento das
instituições democráticas.
- Comandante Supremo das Forças
Armadas
Órgãos de soberania
Presidente da República
• Eleito por sufrágio universal, direto e secreto,
dos cidadãos portugueses eleitores
recenseados no território nacional, bem como
dos cidadãos portugueses residentes no
estrangeiro
• São elegíveis os cidadãos eleitores,
portugueses de origem, maiores de 35 anos.
Órgãos de soberania
Presidente da República
• Mandato: cinco anos
• Não é admitida a reeleição para um terceiro
mandato consecutivo.
• O Presidente eleito toma posse perante a
Assembleia da República. No ato de posse…
Juro por minha honra desempenhar fielmente
as funções em que fico investido e defender,
cumprir e fazer cumprir a Constituição da
República Portuguesa.
Órgãos de soberania
Presidente da República

Algumas competências...

Artigos 133º , 134º e 135º (CRP)


Órgãos de soberania
Presidente da República
No prazo de vinte dias contados da
receção de qualquer decreto da
Assembleia da República para ser
promulgado como lei, ou da publicação
da decisão do Tribunal Constitucional que
não se pronuncie pela
inconstitucionalidade, deve o Presidente
da República promulgá-lo ou exercer o
direito de veto, solicitando nova
apreciação do diploma em mensagem
fundamentada.
Órgãos de soberania
Assembleia da República
O Parlamento de Portugal
é constituído por uma
única Câmara, designada
Assembleia da República:
- “a assembleia
representativa de todos os
cidadãos portugueses”.
Órgãos de soberania
Assembleia da República
• Função representativa
• Assegura a aprovação das leis da República e a
vigilância pelo cumprimento da Constituição,
das leis e dos atos do Governo e da
Administração

• O Primeiro-Ministro e os restantes membros


do Governo prestam contas a esta Assembleia.
Órgãos de soberania
Assembleia da República
• Mínimo de 180 e máximo
de 230 deputados
• As candidaturas para
deputado são apresentados
pelos partidos políticos.
• Os deputados representam
todo o país e não os
círculos pelos quais são
eleitos.
Órgãos de soberania
Assembleia da República
Atualmente…
- 230 deputados distribuídos por seis grupos
parlamentares
- Partido Social Democrata (PSD), Partido
Socialista, (PS), Partido Popular (CDS-PP),
Partido Comunista Português ( PCP), Bloco de
Esquerda (BE) e Partido Ecologista “Os Verdes”
( PEV) - eleições legislativas realizadas em 5 de junho de 2011
Órgãos de soberania
Governo
- Órgão encarregado de conduzir a política geral
do país
- Órgão superior da administração pública

- Constituição: Primeiro-ministro, Ministros,


Secretários e Subsecretários de Estado, Vice
Primeiro-ministro.
- Os membros do Governo reúnem-se em Conselho
de Ministros.
Órgãos de soberania
Governo
Órgãos de soberania
Governo
- PM é nomeado pelo Presidente da República,
ouvidos os partidos representados na
Assembleia da República e tendo em conta os
resultados eleitorais.
- Os restantes membros do governo são
nomeados pelo Presidente da República, sob
proposta do Primeiro-ministro.
- O Governo tem 10 dias para apresentar o
programa de Governo.
Órgãos de soberania
Governo
- Programa do governo: documento com as
principais orientações políticas e medidas a
adoptar, ou a propor, nos diversos domínios
da actividade governamental.
- O programa é apreciado na Assembleia da
República, antes do executivo ter plenitude de
funções.
- O Governo é responsável perante o Presidente
da República e a Assembleia da República.
Órgãos de soberania
Tribunais
• Administrar a justiça em
nome do povo.
• Local onde os cidadãos,
cujos direitos são
violados, podem exigir a
efetivação desses mesmos
direitos.
• Independentes e apenas
sujeitos à lei.
Órgãos de soberania
Tribunais
Existem as seguintes categorias de tribunais:
• Tribunal Constitucional
• Supremo Tribunal de Justiça (órgão superior da
hierarquia dos tribunais judiciais)
• Tribunais Judiciais de Primeira e Segunda
Instância (tribunais de comarca e da Relação; tribunais
comuns em matéria cível e criminal)
• Supremo Tribunal Administrativo
• Tribunais Administrativos e Fiscais
RECORDANDO….

VERDADEIRO ou FALSO???
1- São órgãos de soberania o Presidente
da República, o Governo e os Tribunais.
2 – A Assembleia da República assegura o poder
executivo.
3 – O poder judicial centra-se nos Tribunais.
4- A separação e a interdependência de
poderes, entre o poder legislativo, o poder
executivo e o Presidente da República, é uma
característica da República portuguesa.
5 – A Constituição esclarece as funções dos
órgãos de soberania.
Presidente da República
1- Todos os cidadãos portugueses maiores de 30
anos podem candidatar-se a este cargo.
2 – Cavaco Silva pode ser reeleito para um
terceiro mandato.
3 - O Presidente eleito toma posse perante a
Assembleia da República.
4 - O mandato tem a duração de quatro anos e
termina com a posse do novo Presidente eleito.
5 – Perante qualquer decreto proveniente da
Assembleia da República, o PR tem a obrigação
de o promulgar sempre.
Assembleia da República
1 - A Assembleia da República tem o mínimo de
180 e o máximo de 200 deputados, nos termos
da lei eleitoral.
2 – A Assembleia da República é uma das
Câmaras do Parlamento português.
3 - É da sua competência a aprovação das
alterações à Constituição, fazer leis, votar
moções de confiança e censura ao Governo,
entre outras.
4 – A legislatura tem a duração de cinco sessões
legislativas.
Assembleia da República
5 – Atualmente, a Assembleia da República tem
230 deputados, distribuídos por sete grupos
parlamentares.
6 - Os deputados são eleitos por um círculo
eleitoral e representam-no.
7 – A Assembleia da República representa alguns
cidadãos portugueses, aqueles que foram às
urnas exercer o seu dever de voto.
Governo
1 - É constituído pelo Primeiro-Ministro e pelos
Ministros.
2 - O Conselho de Ministros é constituído pelo
Primeiro-Ministro, pelo(s) Vice-Primeiro(s)-
Ministro(s), se os houver, pelos Ministros e pelos
Secretários de Estado.
3 - O Governo português é constituído por dez
ministros.
4 – O Governo é responsável apenas perante a
Assembleia da República.
Governo
5 - Compete ao Governo fazer executar o
Orçamento do Estado.
6 – É a Assembleia da República que nomeia o
Primeiro-ministro.
7 - Os ministros são nomeados pelo Presidente
da República, sob proposta do Primeiro-
ministro.
8 – Se um partido da oposição apresentar uma
moção de censura, o Governo cai.
Tribunais
1 - Os tribunais são dependentes de outros
órgãos e apenas estão sujeitos à lei.
2 - Além do Tribunal Constitucional, existem
outras categorias de tribunais, como o Supremo
Tribunal de Justiça ou os tribunais
administrativos e fiscais (como o Tribunal de
contas).
3 – Cada tribunal dedica-se a uma certa matéria
judicial.
4 – O Ministério Público representa o Estado.