Sie sind auf Seite 1von 17

PORQUE DEUS

MANDOU MATAR?
PROBLEMA.

“Porém, se ela não fizer paz contigo, mas te fizer guerra,


então, a sitiarás. Vemos dois problemas nesses textos,
E o SENHOR, teu Deus, a dará na tua mão; e todos os do
sexo masculino que houver nela passarás a fio de primeiro é a descrição da tamanha
espada;”
Deuteronômio 20:12-13
violência, segundo, aparentemente
feito em nome de Deus.
Tudo quanto na cidade havia destruíram totalmente a fio
de espada, tanto homens como mulheres, tanto meninos
como velhos, também bois, ovelhas e jumentos.
Qual a imagem de Deus que
Josué 6:21 poderíamos tirar de tudo isso?
Os que caíram aquele dia, tanto homens como mulheres, Como posso dizer que Deus é amor
foram doze mil, todos os moradores de Ai.
Josué 8:25 com tais relatos cabulosos no antigo
testamento?
Como ordenara o SENHOR a Moisés, seu servo, assim
Moisés ordenou a Josué; e assim Josué o fez; nem uma
só palavra deixou de cumprir de tudo o que o SENHOR
Seria Deus um monstro moral?
ordenara a Moisés.
Josué 11:15 Como entender tudo isso?
Vai, pois, agora, e fere a Amaleque, e destrói totalmente a
tudo o que tiver, e nada lhe poupes; porém matarás
homem e mulher, meninos e crianças de peito, bois e
ovelhas, camelos e jumentos.
1 Samuel 15:3
Uma das questões mais intrigantes enfrentados pelos cristãos é uma série de
dissonantes textos do antigo testamento. Depois de ser libertado da escravidão
no Egito, os israelitas chegaram á beira da terra prometida. O livro de
deuteronômio registra que Deus então ordenou a Israel que
“DESTRUIR...totalmente”(Dt 7:2) as pessoas que ocupam essas regiões( os
cananeus), para não deixar nada vivo que respira( Dt 20:16).
Da mesma forma, em 1 Samuel Deus ordenou a Saul para “DESTRUIR
TOTALMENTE” e “NÃO POUPAR os amalequitas: morto o homem e a
mulher, criança e bebê, bois e ovelhas, camelos e jumentos”(1 Sam 15:3). Se
tomar estas passagens literalmente, eles registram a comissão divinamente
autorizado de uma “guerra santa”, uma guerra total lutou no comando, como
mulheres e crianças. Á luz disto, os críticos do teísmo cristão muitas vezes
perguntam: “Como poderia comandar um Deus bom e amoroso o extermínio
dos cananeus?
CONTEXTUALIZANDO.

Na época de Abraão, a lei de Talião que se encontra no código de Hamurabi,


dizia:
“olho por olho, dente por dente, mão por mão, pé por pé.”
Era tão comum as pessoas se matarem, em especialmente por motivos de
vingança, então, o legislador Hamurabi em 1750 A.C através desta lei colocou
um limite na vingança.
Isto foi uma maneira que o código de Hamurabi encontrou na ocasião para
colocar um limite na vingança.
E os assírios que dominavam onde é a região do Iraque, eram um povo
implacável, considerados guerreiros ferozes, os assírios impunham a
dominação pelo terror. Saqueavam, destruíam e massacravam os vencidos
O PLANO DE DEUS.

O plano de Deus não era guerra, diante


dessa devasta violência Deus tirou
Abraão de Ur para enviá-lo a uma terra
menos violenta. Assim diz o texto
bíblico:
“Ora, o Senhor disse a Abraão: sai-te
da tua terra, da tua parentela e da casa
de teu pai, para a terra que eu te
mostrarei. E far-te-ei uma grande
nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei
o teu nome; e tu serás uma benção. E
abençoarei os que te abençoarem, e
amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e
em ti serão benditas todas as famílias
da terra. Gn 12:1-3
Mesmo que houvesse menos violência nesta terra, havia povos que moravam
em Canaã. Deus falou com Abraão que daria esta terra para ele.
Considere estes pontos:
1. juízo- “na quarta geração, tornarão para aqui, por que não se encheu ainda
a medida da iniquidade dos amorreus.” Gn 15:16
2. – Um lugar para nascer o Messias.
3. - Um lugar para guardar a revelação verdadeira.
4. - Um lugar para servir de centro de bençãos para os demais;
A PROSPERIDADE DE
ABRAÃO
Abraão conquistou territórios através
da prosperidade, o livro de gênesis
traz anotações específicas da
aquisição de direitos territoriais na
terra de Canaã (poços, altares,
túmulo, agricultura) por parte dos
patriarcas (21;15-34, 22:19; 23:1-20;
26:12-33 ;33:19-30; 46:1-5). Note que
havia cerimônias públicas que
legitimavam os acordos exatamente
com encontramos em documentos
babilônicos e sumérios da mesma
ocasião
Abraão sem guerra, sem derramamento de
sangue começou a comprar porções da terra
de Canaã, entre eles, um terreno para sepultar
sua esposa Sara.
Depois de algum tempo, nos dias de José, seus
irmãos o venderam para o Egito( primeiro
erro), o ódio dos irmãos fizeram com que José
fosse para o Egito. Depois que José se torna
segundo depois de faraó, toda sua família se
muda para o Egito, como consequência a terra
de Canaã fica inabitada por séculos e acaba
sendo invadida por povos que viviam ao redor
de Canaã.( cananeus). Deus agora os tira da
escravidão do Egito para mandá-los de volta a
terra que legalmente é dos patriarcas, Abraão
e Isaque não roubaram terra alguma, eles
tinham aquisições de direitos territoriais que
legalmente pertenciam a eles.
ORDEM DE DEUS?

Quando o povo de Israel voltou para


Canaã, aqueles povos estavam mais fortes e
violentos, então, Deus permitiu por uma
situação necessária que os Israelitas
pegassem em armas para se defender contra
aqueles povos, não era o ideal de Deus,
mas, necessário.
As pessoas que têm esta visão pode, e
costuma fazer, acho que os casos em que
Deus ordena essas coisas são extremamente
raros e que qualquer afirmação de que
Deus ordenou tal ação, hoje, é improvável.
Na verdade, eles podem ter razões
teológicas para pensar que tais comandos
não ocorreria fora dos eventos registrados
na história da salvação.
GRAMÁTICA HEBRAICA.
(VERBO MATAR)

Imperativo Qal,
coortativo e jussivo
Qal imperativo:
O imperativo de qal é
geralmente usado para
expressar um comando direto.
Outros usos para o imperativo
Qal são para conceder
permissão ou comunicar uma
solicitação. O imperativo de Qal
está relacionado às formas
imperfeitas correspondentes.
O imperativo de Qal só ocorre
na segunda pessoa, singular e
plural.
português hebraico

Estou te autorizando a sair Eu te farei sair da


da igreja para buscar seu igreja para buscar seu
filho. filho.
.JUSSIVO imperfeito- 2 pessoa.
3 pessoa. Estou lhe dando permissão Eu te farei tomar
para tomar sorvete depois sorvete depois da
da janta. janta.
.COORTATIVO- 1 pessoa.
Alguns verbos imperativos no hebraico
como o jussivo e o coortativo, não
significam ordem direta de Deus, mas,
PERMISSÃO, TOLERÂNCIA.
O jussivo no imperfeito, na segunda e
terceira pessoa, e o coortativo na primeira
pessoa podem expressar ideia causativa,
permissiva(tolerância), e modalidade
deóntica. Ou seja, eles colocam Deus como
responsável por aquilo que ele permite e
autoriza.
Jo e S p r i n k l e
P r o f e s s o r d e h e b r a i c o P. H . D ,
Hebrew Union College.

Este autor argumenta que paralelos idênticos


ou semelhantes a este verso deve ser
entendido como um uso permissivo deste
verbo(modo imperfeito). Assim Deut 20:12-13
ficaria assim:
“Agora, se ela(a cidade) não estiver disposta a
ter paz com vocês, mas em vez disso fizer
guerra, então vocês tem permissão para sitiá-
la.
Então, YHWH seu Deus deixará em sua mão,
você tem permissão para matar qualquer um
de seus homens ao fio da espada.”

Não combatentes seriam poupados.


ORDENS PARA MATAR MULHERES
E CRIANÇAS DE PEITO.

Hipérbole das linguagens


semíticas
A hipérbole era um recurso de linguagem muito utilizado na
bíblia,
Muitas hipérboles são encontrados na literatura cananita ao
redor do Egito. Aristóteles declara em seu livro a “arte” da
retórica III.xi.16:
“Há algo de adolescente nas hipérboles, pois elas expressam
as coisas violentamente...São mais usadas por pessoas
iradas que por outras pessoas.”
Na nossa língua, também temos muitas hipérboles.
Exemplos:
“Eu quero ter um milhão de amigos e bem mais forte pode
cantar…”
Já te avisei um bilhão de vezes!
Se você for embora chorarei rios de lágrimas!
Na bíblia também encontramos hipérboles, exemplos:
"E ainda vos digo que é mais fácil passar um camelo pelo
fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus.
[...] Guias cegos, que coais os mosquito e engolis o camelo."
- Mateus 19.24; 23.24.
Referências:
. Is God moral monster? Paul Copan.
Por Brendo Calado.
. Holy war in the bible. Paul Copan
. Did God Really Command Genocide? Paul
Copan
. The Joshua Delusion?: Rethinking Genocide in
the Bible. Douglas S. Earl
. Interlinear: hebraico português (gramática
hebraica)
. Wilfred G.E. Watson, “An unreconlzed hyperbole
in krt”
. I.H. Eybers, “some examples of hyperbole in
biblical hebrew”
. Arnold, Bill T., John H. Choi. A guide to biblical
hebrew syntax. Cmbridge, U.K: Cambridge
University´press 2003.
. Andersen, David. “The evolution of the hebrew
verbal system. “Zeitschrifit fur Althebraistik 13/1
(2000): 1-66

Verwandte Interessen