You are on page 1of 32

Agenda da aula

• Organização do Estado
• Tripartição de poderes
• Poder Legislativo
• Exercício avaliativo
Resumo dos
caps 07; 08, 09
Organização e estrutura do Estado
Podem ser analisadas sob três aspectos:
• Forma de governo: República ou Monarquia
• Sistema de governo: Presidencialismo ou
parlamentarismo
• Forma de Estado: Federação ou Estado
unitário

Obs. A diferenciação na autonomia dos Estados


norte-americanos e os Estados brasileiros se
dá, muito provavelmente pela forma em que
contribuíram para a formação da federação.
Características comuns a toda
federação
• Descentralização política
• Constituição rígida com base jurídica
• Inexistência de direito de secessão
(separação)
• Soberania do Estado federal
• Auto-organização dos Estados-membros
(Constituições Estaduais)
• Órgão representativo dos estados membros
(Senado Federal)
• Guardião da constituição (STF)
Fundamentos da República Federativa
do Brasil
Entes componentes da Federação: União,
Estados, Distrito Federal e Municípios

O art. 1º (CF) enumera como fundamentos:


• Soberania
• Cidadania
• Dignidade da pessoa humana
• Valores sociais do trabalho e da livre
iniciativa pluralismo político
Objetivos Fundamentais da República
Federativa do Brasil
O art. 3º (CF) relaciona:
• Construir uma sociedade livre, justa e
solidária
• Garantir o desenvolvimento nacional
• Erradicar a pobreza e a marginalização e
reduzir as desigualdades sociais e regionais
• Promover o bem de todos, sem preconceitos
de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer
outras formas de discriminação.
Princípios que regem a República Federativa
do Brasil nas relações internacionais
O art. 4º (CF) relaciona:
• Independência nacional
• Prevalência dos direitos humanos
• Autodeterminação dos povos
• Não-intervenção
• Igualdade entre os Estados
• Defesa da paz
• Solução pacífica dos conflitos
• Repúdio ao terrorismo e ao racismo
• Cooperação entre povos para o progresso da humanidade
• Concessão de asilo político
Capital Federal (curiosidade)
O art. 18 (CF) relaciona: A Capital Federal é Brasília
• De acordo com constitucionalistas, Brasília não se
enquadra no conceito geral de cidades, por não ser
sede de Municípios;
• Brasília também tem uma peculiaridade diferente
por ser sede de dois governos: Federal e do Distrito
Federal.
Distrito Federal
• Unidade federada autônoma
• Impossibilidade de divisão em Municípios
• Autonomia parcialmente tutelada pela União (por
exemplo: polícias civil, militar, bombeiros militar
embora subordinadas ao DF, são organizadas e
mantidas diretamente pela União)
Estados-membros

• Constituem pessoas jurídicas de direito


público interno, autônomos, nos
seguintes termos: Auto-organização;
autogoverno; auto-administração e
autolegislação;
Formação dos Estados: Regra geral
Fusão

Cisão
Desmembramento anexação
Desmembramento formação
Regiões metropolitanas, aglomerações
urbanas e microrregiões
• O § 3º do art 25 (CF) estabelece que os
Estados Federados poderão instituir regiões
metropolitanas, aglomerações urbanas e
microrregiões – por meio de lei
complementar estatual.
• Estabelece o agrupamento de municípios
limítrofes, para integrar a organização, o
planejamento e a execução de funções
públicas de interesse comum.
Formação dos Municípios
O art. 18 § 4º, da CF/88, com nova redação data
pela EC n. 15/96, estabelece as regras para a
criação, incorporação, fusão e desmembramento de
Municípios que deve obedecer as seguintes etapas:
• lei complementar federal – determinará o
período para mencionada criação, incorporação
etc.
• Estudo de viabilidade municipal
• Plebiscito
• Lei estadual (após as etapas anteriores)
Intervenção
As regras de intervenção seguirá o seguinte esquema:
• Intervenção federal: União -> nos Estados, DF,
municípios dos Territórios (art. 34);
• Intervenção estadual: Estados -> em seus
municípios (art. 35)
Espécies de intervenção:
• Espontânea
• Provocada por solicitação (poder executivo ou
legislativo)
• Provocada por requisição (Poder judiciário)
• Provocada dependendo de provimento de
representação (PGR)
Hipóteses de intervenção federal
• Manter a integridade nacional
• Repelir invasão estrangeira
• Pôr termo a grave comprometimento da ordem pública
• Garantir o livre exercício de qualquer dos Poderes na
unidades da Federação
• Reorganizar finanças da unidade da Federação
• Prover a execução da lei federal, ordem ou decisão
judicial
• Assegurar a observância dos princípios constitucionais
(direitos da pessoas, autonomia municipal, sistema
representativo e democrático etc.)
Divisão Orgânica do Poder –
Tripartição de Poderes
As primeiras bases teóricas para a “tripartição de
Poderes” foram lançadas na antiguidade grega por
Aristóteles, em sua obra “Política”, através da qual o
pensador vislumbrava a existência de três funções
distintas exercidas pelo pode soberano.
Muitos anos depois esta teoria de Aristóteles foi
aprimorada pela visão precursora do Estado Liberal
burguês desenvolvida por Montesquieu em seu O
espírito das leis.
Divisão Orgânica do Poder –
Tripartição de Poderes
Poder Legislativo
• Bicameral ismo federativo – Câmara do Deputados
e o Senado Federal;
• Estadual, municipal e Distrital – é unicameral
Poder Legislativo
Poder Legislativo
Poder Legislativo

29 18
Modificada por EC
em 2015
Questões avaliativas
1. Com base nas hipóteses para que ocorra uma
intervenção federal, julgue o fundamento da
intervenção da segurança pública no RJ e classifique
também o tipo de intervenção.
Gincana – Questões avaliativas

1. A constituição CF/88 conceitua que a federação


brasileira é constituída pela união indissolúvel:

(a) Da União, Estados, Distrito Federal e Municípios


(b) Da União, Estados e Distrito Federal
(c) Da União, Estados, Distrito Federal, Municípios e
Territórios;
(d) Da União, Estados e Municípios
(e) Da União, Estados, Distrito Federal e Territórios
Gincana – Questões avaliativas

2. Podem ser divididos em Municípios


(a) Estado, Distrito Federal e Territórios
(b) Estados e Distrito Federal
(c) Estados e Territórios
(d) Apenas os estados
Gincana – Questões avaliativas
3. A criação, incorporação, fusão e o desmembramento de Municípios
far-se-ão:
(a) Por lei estadual, dentro do período determinado por lei
complementar federal, e dependerão de consulta prévia, mediante
plebiscito, às populações dos Municípios envolvidos;
(b) Por lei estadual, dentro do período determinado por lei
complementar estadual, após consulta prévia, mediante
plebiscito, às populações dos Municípios envolvidos, desde que
referendado o resultado daquele pelas Câmaras Municipais
destes municípios;
(c) Por lei estadual, dentro do período determinado por lei
complementar estadual, após consulta prévia, mediante
plebiscito, às populações dos Municípios envolvidos, desde que
referendado o resultado daquele pelo Executivo e pelo
Legislativo desses Municípios;
(d) Por lei federal, dentro do período determinado por lei
complementar federal, e dependerão de consulta prévia, mediante
plebiscito, às populações dos Munícipios envolvidos.
Gincana – Questões avaliativas
4. Não configura causa de intervenção federal em um
Estado
(a) O descumprimento, pelo Estado, de uma lei
estadual;
(b) A não aplicação, pelo estado, na manutenção e
desenvolvimento do ensino, do percentual de
receita exigido na Constituição;
(c) O descumprimento, pelo Estado, de decisão
judicial estadual;
(d) O desrespeito, pelo Estado, da autonomia
municipal;
Gincana – Questões avaliativas
5. A intervenção em um município, desde que
verificada uma das hipóteses que a possibilite,
compete:
(a) À união
(b) Ao Estado em cujo território se localiza;
(c) Ao STF, se localizado em Território Federal;
(d) À União e ao Estado em cujo território se
localiza, concorrentemente;
Gincana – Questões avaliativas
6. O Poder Legislativo dos Estados é constituído sob o
regime:
(a) Bicameral
(b) Unicameral
(c) Pluricameral
(d) multicameral
Gincana – Questões avaliativas
7. A fixação dos subsídios dos deputados federais:

(a) É da competência concorrente da Câmara dos


Deputados e do Senado Federal
(b) É da competência da Câmara dos Deputados
(c) É da competência exclusiva do congresso
nacional;
(d) Depende da iniciativa privativa do Congresso
Nacional
Gincana – Questões avaliativas
8. Determinado Estado da Federação tem
representação de 68 Deputados na Câmara dos
Deputados. De acordo com as disposições
constitucionais sobre a matéria, quantos Deputados
a Assembleia Legislativa haverá?

(a) 96
(b) 84
(c) 92
(d) 76
(e) 70