Sie sind auf Seite 1von 21

Paisagens geológicas e

minerais constituintes das


rochas
Paisagens geológicas

• As paisagens geológicas são paisagens naturais que, ao contrário


do que se poderia supor, estão em contante transformação.

• As paisagens vão sofrendo modificações devido a fenómenos


geodinâmicos internos - movimentos da litosfera, os sismos e a
atividade vulcânica e a fenómenos geodinâmicos externos -
diferenças de temperatura, o vento, a água em movimento, ou a
ação dos seres vivos.
Paisagens magmáticas: dependem, em grande parte, do tipo de
rocha existente em cada região.
Paisagens Magmáticas
Paisagens basálticas

As paisagens basálticas são caracterizadas por aspectos típicos das


regiões vulcânicas, entre os quais se destacam os cones vulcânicos, as
caldeiras e a disjunção prismática ou colunar.
Paisagens Magmáticas
Paisagens graníticas
O aspeto mais característico das regiões graníticas é a existência
à superfície de caos de blocos. Estes originam-se pela alteração
física e química provocada pela água das chuvas nas fendas
(diáclases) dos granitos.
Paisagens Sedimentares

As paisagens sedimentares podem ser muito diversificadas, o que


depende em grande parte do tipo de rocha existente, mas também
do agente erosivo predominante.

Aspetos mais característicos das paisagens


sedimentares:
- estratificação das camadas
- dunas
- modelado cársico
Paisagens Sedimentares

Paisagem Cársica
A dissolução dos calcários pelas águas dá origem à paisagem
cársica.
Parte das estruturas cársicas encontra-se sob a superfície.
Paisagens Sedimentares

Outras formas da paisagem sedimentar, resultantes de processos


erosivos específicos, são os blocos pedunculados e as chaminés
de fada.
Rochas metamórficas
Todas as rochas quando são submetidas a pressões e/ou
temperaturas elevadas sofrem transformações na sua
mineralogia e textura, dando origem às rochas metamórficas.

Este complexo e lento conjunto de transformações,


em que as rochas envolvidas se mantêm no estado
sólido, designa-se por METAMORFISMO.
Rochas metamórficas
O tipo de rocha metamórfica final depende:
-da rocha pré-existente que lhe deu origem;
- do tempo;
- do tipo e intensidade do(s) agente(s) de metamorfismo
atuante(s).
Paisagens Metamórficas

As paisagens metamórficas são influenciadas pela resistência das


rochas à erosão. A fraca resistência dos xistos à erosão dá origem a
vales abruptos e encaixados. Pelo contrário, os quartzitos, muito
resistentes à erosão, salientam-se na paisagem metamórfica.
Rochas, testemunhos da atividade da Terra

• O nosso planeta é essencialmente constituído por rochas.


• Para o compreendermos, torna-se necessário conhecer as rochas, a sua
origem e a sua evolução.
Os geólogos estudam as rochas a diferentes níveis de observação:

Afloramentos rochosos Amostra de mão Cristais de uma rocha


observados numa lâmina
delgada ao microscópio
petrográfico
Como são constituídas as rochas?

• As rochas são massas sólidas naturais constituídas por minerais.

• Um mineral é um elemento ou composto químico, normalmente cristalino


que resultou de processos geológicos.

• A identificação de minerais à “vista desarmada” pode ser conseguida


através da observação de algumas das suas propriedades físicas e
químicas.
Cor

Propriedades físicas Brilho

Traço

Dureza

Clivagem
Propriedades Físicas
Cor

A cor é uma propriedade que deve ser observada à luz natural, pois é o
resultado da absorção das radiações luminosas que incidem sobre o
mineral.

Alguns minerais surgem na natureza tipicamente com uma cor própria,


enquanto outros apresentam diversas cores.
Propriedades Físicas
Brilho

O brilho de um mineral diz respeito à qualidade e intensidade de


luz refletida pela superfície desse mineral.

Os minerais podem ser


divididos em:
A - Minerais de brilho metálico B - Minerais de brilho não metálico
Propriedades Físicas
Traço

• O traço ou a risca de um mineral é a cor que este apresenta


quando reduzido a pó.

• O traço pode ser observado riscando o mineral numa placa de


porcelana.

• Mesmo que um mineral apresente várias cores na natureza, o


seu traço é sempre constante, podendo em certos casos ser
diferente da cor do mineral.
Propriedades Físicas
Dureza

- A dureza de um mineral é uma propriedade que consiste na


resistência que esse mineral oferece em ser riscado por outro
mineral ou por determinados objetos.

Para avaliar esta característica foi elaborada uma escala de 10


minerais designada por escala de Mohs.

Cada termo da escala de Mohs risca o termo imediatamente


anterior, não sendo riscado por ele. Se o mineral risca e é riscado
por determinado termo, ou se não se riscam mutuamente, a dureza
do mineral será correspondente à desse termo.
Propriedades Físicas
Clivagem
- A clivagem é a propriedade física que traduz a tendência que alguns
minerais têm para se fragmentar segundo superfícies planas bem definidas,
quando sujeitos à aplicação de uma força.

- Os planos de clivagem correspondem a superfícies de fraqueza na


estrutura do mineral. Caso um mineral não apresenta superfícies de
fraqueza na sua estrutura, fragmenta-se de forma irregular quando sujeito à
aplicação de uma força, neste caso diz-se que apresenta fratura.
Propriedades Químicas

- Alguns testes químicos podem ser utilizados para indicar a


presença de determinados minerais. É o caso do teste de
efervescência produzida por ação de um ácido, como por exemplo
o ácido clorídrico.
Síntese

• Na Terra podemos observar uma grande variedade de paisagens


geológicas. Para a formação das diferentes paisagens geológicas
contribui não só a enorme diversidade de rochas existentes
como também os processos de meteorização e erosão
envolvidos.

• As paisagens vão sofrendo modificações devido a fenómenos


geodinâmicos internos - movimentos da litosfera, os sismos e
a atividade vulcânica e a fenómenos geodinâmicos externos
- diferenças de temperatura, o vento, a água em movimento, ou
a ação dos seres vivos.
Síntese

• Todas as rochas são constituídas por um ou mais minerais.


Existem rochas constituídas por uma só variedade de mineral, e
rochas constituídas por diversos tipos de minerais.

• Os minerais são elementos ou compostos químicos,


normalmente cristalinos, que resultaram de processos
geológicos.

• Para se efetuar a identificação dos minerais à “vista desarmada”,


são analisadas algumas das suas propriedades físicas e
químicas.

• As propriedades físicas mais utilizadas na identificação de


minerais são a cor, o brilho, a dureza, o traço e a clivagem.

• A reação de determinados minerais aos ácidos é uma


propriedade química frequentemente utilizada na identificação
de minerais.