Sie sind auf Seite 1von 5

ADN

Estrutura do ADN
• O ADN (ácido desoxirribonucleico) é um ácido
nucleico constituído por nucleótidos (monómeros que
formam os ácidos nucleicos) que se distribuem ao
longo de duas cadeias peptídicas.

• Essas cadeias peptídicas estão ligadas entre si, por


complementos de bases, através de pontes de
hidrogénio.

• Cada nucleótido é formado por um açúcar, por um


ácido fosfórico e uma base azotada, sendo que esta
pode variar entre as seguintes: Adenina (A), Timina
(T), Citosina (C) e Guanina (G).
Importância da Descoberta do ADN
• Na Medicina
- permite aos cientistas determinar exatamente os erros
genéticos que causam ou contribuem para as doenças, seja ele
hereditário ou resultante da resposta do corpo a estímulos
ambientais como vírus ou toxinas.
• Na Agricultura
- permite enriquecer um alimento
- consegue produzir sementes que produzem frutos saborosos
num espaço relativamente curto de tempo
- a composição do leite pode ser modificada de forma
transgénese que melhora o seu valor nutricional.
- melhorar a resistência das plantas (vírus, insetos, fungos)
Importância do ADN para Investigação
Criminal e Investigação Cientifica

• Investigação Criminal – essencialmente para


identificar um criminoso. O ADN está
presente no sangue, na saliva, na pele e no
sémen.

• Investigação Cientifica – as mutações que o


ADN sofre durante o tempo permite aos
cientistas conhecer a histórias das
populações.
Criação da Base de Dados de ADN
• Facilita as investigações criminais

• Na Identificação Civil, contém o perfil


genético de um individuo.

• O perfil genético, permite identificar, em caso


de crime, através do ADN a identificação de
cadáveres, excluir inocentes, ligação de
crimes, desaparecimentos.