Sie sind auf Seite 1von 34

Linguagens e Códigos - Arte

Ensino Médio, 1º. Ano


ARTE NAIF
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

No século XX, a arte Naif é reconhecida como uma modalidade artística


específica e se desenvolve no mundo todo, sobretudo nos Estados Unidos, na
ex-Iugoslávia e no Haiti.

Em solo
norte-americano, as
inúmeras cenas da
vida rural pintadas
por Anna Mary
Robertson (1860 -
1961) - conhecida
como Vovó Moses –
adquirem
notoriedade quando
a artista, autodidata,
descoberta por um
colecionador,
completa 80 anos (1).
Anna Mary Robertson / Sugaring off /
http://www.artexpertswebsite.com/pages/artists/moses.php
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

Henri Rousseau estreou com uma


original obra-prima, “Noite de
Carnaval", no Salão dos
Independentes.

Criou exóticas paisagens de selva que


lembram tramas de sonho e parecem
motivadas pelos sentimentos mais
puros (2).

Henri Rousseau / Noite de Carnaval, 1886 /


http://www.ricci-arte.biz/pt/Henri-Rousseau-4.htm
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

Henri Rousseau / O Sonho, 1910 / Fotografia tirada por The Yorck Project: 10.000 Meisterwerke der Malerei. DVD-ROM, 2002. ISBN 3936122202.
Distributed by DIRECTMEDIA Publishing GmbH / GNU Free Documentation License.
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

Seu trabalho obtém reconhecimento


imediato dos artistas de vanguarda
do período como:
•Odilon Redon (1840 - 1916);
•Paul Gauguin (1848 - 1903);
•Robert Delaunay (1885 - 1941);
• Guillaume Apollinaire (1880 -
1918); Pablo Picasso (1881 - 1973),
entre outros, que veem nele a
expressão de um mundo exótico,
símbolo do retorno às origens e das
manifestações da vida psíquica livre
e pura.

Seu trabalho foi reconhecido em


Paris e posteriormente influenciou o
surrealismo (3).

Henri Rousseau / Os Jogadores de Futebol,1908 /


http://www.ricci-arte.biz/pt/Henri-Rousseau-2.htm
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF
Oriunda da tradição de retratistas amadores, a arte Naïf norte-americana encontra
expressão nas obras de J. Frost (1852 - 1929), H. Poppin (1888 - 1947) e J. Kane
(1860 - 1934) (4).

Imagem: John Kane / Farm scene with three horses, 1931 / http://www.all-
art.org/history564_naive_art.html
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

Na Inglaterra, o nome
de Alfred Wallis (1855 -
1942) associa-se a
navios à vela
e paisagens.

Descoberto, em 1928,
pelos artistas ingleses
Ben Nicholson (1894 -
1982) e Christopher
Wood (1901 - 1930),
Wallis pinta com base
na memória e na
imaginação, em geral,
com tinta de navio
sobre pedaços
irregulares de papelão
e madeira (5).
Alfred Wallis / Três navios e o farol / http://www.bbc.co.uk/cornwall/art/2002_stories/terry_frost.shtml
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

Na ex-Iugoslávia, a arte Naif faz


escola, na qual se destaca, por
exemplo, Ivan Generalic (1914 - 1992)
(6).

Ivan Generalic / Veado na floresta /


http://www.all-art.org/art_20th_century/generalic1.html

Ivan Generalic / Bodas de veados /


http://www.all-art.org/art_20th_century/generalic1.html
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

No Brasil, especificamente, uma série de artistas aparece diretamente ligada à


pintura Naif, como Cardosinho (1861 - 1947),

Cardosinho - Sem título, 1931 /


http://www.itaucultural.org.br/aplicExternas/enciclopedi
Cardosinho - Colheita do café, 1945 / a_ic/index.cfm?fuseaction=artistas_biografia&cd_verbet
http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/enciclopedia_IC/Enc_Obras/dsp_dados_ob e=1323&cd_idioma=28555&cd_item=3
ra.cfm?cd_obra=11145&st_nome=Cardosinho&cd_idioma=28555
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

Luís Soares (1875 - 1948),

Luís Soares / Abacaxis / Luis Soares / Festa religiosa /


http://www.catalogodasartes.com.br/Lista_Obras_Biografia_Artista.as http://www.catalogodasartes.com.br/Lista_Obras_Biografia_Artista.asp?id
p?idArtista=6405&txtArtista=Jose%20Luiz%20- Artista=6405&txtArtista=Jose%20Luiz%20-
%20Jose%20Luiz%20Soares%20Filho %20Jose%20Luiz%20Soares%20Filho
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF
Heitor dos Prazeres (1898 - 1966), natural do Rio de Janeiro, cresceu na cercanias
da zona do Mangue e da Praça 11. Aos 7 anos de idade, trabalhava na rua.
Frequentou as primeiras rodas de samba na casa da Tia Ciata. Está entre os
fundadores da escola de samba Mangueira e Portela. Em meados dos anos 30
começou a pintar mulatas, malandros, o samba e o mundo da favela. Participou da
Bienal de São Paulo em 1951. Fez diversas individuais no Brasil e mostras
nacionais e internacionais. Um se seus quadros foi adquirido pela rainha da
Inglaterra (7).

Heitor dos Prazeres / Sarau / Heitor dos Prazeres – Samba de roda /


http://pinturanoocidente.blogspot.com/ http://africasaberesepraticas.blogspot.com/2010/01/conhecendo-arte-
de-heitor-dos-prazeres.html
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

José Antônio da Silva (1909 - 1996) e muitos outros.

José Antônio da Silva – Fazenda, 1965 /


http://www.escritoriodearte.com/listarQuadros.asp?artista=26

José Antônio da Silva – Cavalgada, 1974 /


http://www.escritoriodearte.com/leilao/2009/novembro/obrasselec.asp?i
d=Jos%C3%A9%20Antonio%20da%20Silva&q=
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF
Entre eles, ganham maior notoriedade: Chico da Silva (1910 - 1985), menção
honrosa na 33ª Bienal de Veneza.

Chico da Silva – Dragão da mata, 1979 / http://raymundo- Chico da Silva – Galos de briga, 1973 / http://busk.com/news/lart-naif-
netto.blogspot.com/2010_11_01_archive.html brasil?period=any&q=hoje
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF
Aluna do Liceu de Artes e Ofícios do Rio de Janeiro, Djanira (1914 – 1979)
completa sua formação com aulas de Emeric Marcier (1916 - 1990) e Milton Dacosta
(1915 - 1988), seus hóspedes na Pensão Mauá, no bairro de Santa Teresa, no Rio
de Janeiro. Nos anos 1950, ela é artista consagrada e uma das lideranças do Salão
Preto e Branco (8).

Djanira – Festa do Divino, 1961 /


http://brasilartesenciclopedias.com.br/nacion
al/djanira05.htm
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF
A arte popular do Nordeste brasileiro
As xilogravuras que acompanham a literatura de
cordel e as esculturas de Mestre Vitalino (1909 -
1963), figura em algumas fontes como exemplos
da arte Naif nacional (9).

Da esquerda para direita: a e b. Mestre Vitalino /


http://onordeste.com/onordeste/enciclopediaNordeste/index.php?titulo=Mes
tre+Vitalino&ltr=m&id_perso=124 c. J. Borges / Moça roubada /
http://artepopularbrasil.blogspot.com/2011/01/j-borges.html

c
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

O termo Arte Naif aparece no vocabulário artístico, em geral, como sinônimo de


arte ingênua, original e/ou instintiva, produzida por autodidatas que não têm
formação culta no campo das artes (10).

Aécio / http://www.alamaula.com.br/s-o-paulo/colec-es-antigueedades/arte-naif-brasileira-de-aecio/481986
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

Nesse sentido, a
expressão se
confunde
frequentemente
com arte
popular, arte
primitiva e art brut,
por tentar
descrever modos
expressivos
autênticos,
originários da
subjetividade e da
imaginação
criadora de
pessoas
estranhas à
tradição e ao
sistema artístico
(11). Aécio de Andrade – Comércio na Fazenda /
http://www.catalogodasartes.com.br/Lista_Obras_Biografia_Artista.asp?idArtista=5535&txtArtista=A%E9cio%20de%20Andr
ade%20-%20Aecio%20Andrade
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

É a arte da
espontaneidade, da
criatividade autêntica, do
fazer artístico sem escola
nem orientação, portanto
é instintiva e onde o
artista expande seu
universo particular.

Arte Naif (arte ingênua) é


o estilo a que pertence a
pintura de artistas sem
formação sistemática.
Trata-se de um tipo de
expressão que não se
enquadra nos moldes
acadêmicos, nem nas
tendências modernistas,
nem tampouco no
Aracy – A Feira / http://blog-do-rona.blogspot.com/2011/07/feira-vida.html#.T1pDFIEgdmo conceito de arte popular
(12).
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

Esse isolamento situa a Arte Naif numa faixa próxima à da arte infantil, da arte do
doente mental e da arte primitiva, sem que, no entanto, se confunda com elas.

O artista Naif não se preocupa em preservar as proporções naturais nem os dados


anatômicos corretos das figuras que representa (13).

Jú, 8 anos / Autor desconhecido/ http://andreavsavoia.blogspot.com/2008/06/r-t-e-n-f-


http://www.mzv.cz/lisbon/pt/actualidades/menc_o_honrosa_da_exp arte-da-espontaniedade-da.html
osic_o.html
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

Imagem: Luiza Caetano / http://www.fotolog.com.br/madruga_1/79091441/


Assim, o artista Naif é
marcadamente
individualista em suas
manifestações mais puras,
muito embora, mesmo
nesses casos, seja quase
sempre possível descobrir-
lhes a fonte de inspiração
na iconografia popular das
ilustrações dos velhos
livros, das folhinhas
suburbanas ou das imagens
de santos.

Não se trata, portanto, de


uma criação totalmente
subjetiva, sem nenhuma
referência cultural (14). Luiza Caetano –
S. António de Lisboa
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

Características gerais da Arte


Naif:

· composição plana,
bidimensional, tende à simetria
e a linha é sempre figurativa;

· não existe perspectiva


geométrica linear;

· pinceladas contidas com


muitas cores (15).

Imagem: Paisagem naïf de autor desconhecido,


sem data, possivelmente pernambucano dos anos
70. Coleção de Ricardo Frantz. / Creative
Commons Attribution-Share Alike 3.0 Unported.
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

A história da pintura Naif liga-se


ao Salão dos Independentes,
de 1886, em Paris,

Online Collection of Brooklyn Museum; Photo: Brooklyn Museum, 67.24.14.jpg


com exibição de trabalhos de
Henri Rousseau.

Henri Rousseau (1844-1910),


homem de pouca instrução
geral e quase nenhuma
formação em pintura. Em sua
primeira exposição foi acusado
Imagem: Autoretrato de H. Rousseau /

pela crítica de ignorar regras


elementares de desenho,
composição e perspectiva, e de
empregar as cores de modo
arbitrário (16) .
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

http://catalogodasartes.com.br/Lista_Obras_Biografi
a_Artista.asp?idArtista=1312&txtArtista=Bajado%20
Imagem: Bajado , O glorioso São Jorge, 1975 /
Bajado, ou Euclides Francisco Amâncio
(1912-1996), radicou-se em Olinda
desde 1930, quando fazia cartazes de
cinema e caricaturas. Em 1956 iniciou
profissionalmente atividades artísticas,
com a pintura de painéis e murais em
centros comerciais e na decoração do

(1912-1996)
Carnaval de Olinda.

Bajado – O glorioso São Jorge, 1975 Realizou inúmeras exposições


individuais e participou de mais de 100
coletivas. Integrou o "Movimento da
Ribeira", em 1964, passando a enfocar
temas de Arte-Sacra e do folclore (17).

Imagem: Bajado, O homem da meia-noite, 1976 /


http://catalogodasartes.com.br/Lista_Obras_Biogr
afia_Artista.asp?idArtista=1312&txtArtista=Bajado
%20(1912-1996)

Bajado – O homem da meia noite, 1976


ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

Mestre Vitalino - Ceramista popular e músico.


Filho de lavradores, ainda criança começa a
modelar pequenos animais com as sobras do
barro usado por sua mãe na produção de
utensílios domésticos, para serem vendidos na
feira de Caruaru.

Imagem: Mestre Vitalino /


http://desetattoo.blogspot.com/2011/01/mestre-vitalino.html
Imagem: Mestre Vitalino / A noiva no cavalo do noivo /

Sua atividade como ceramista permanece


http://www.ceramicanorio.com/artepopular/caru

desconhecida do grande público até 1947,


quando o desenhista e educador Augusto
Rodrigues (1913 - 1993) organiza no Rio de
Janeiro a 1ª Exposição de Cerâmica
Pernambucana, com diversas obras suas.
Em 1955, integra a exposição Arte Primitiva
e Moderna Brasileiras, em Neuchatel, Suíça
(18).
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

J. Borges é um dos mestres do cordel, um dos artistas

com/2009/10/13/j-borges-e-a-linha-
http://rosenbaumdesign.wordpress.
folclóricos mais celebrados da América Latina e o

Imagem: J. Borges / Nordeste /


xilogravurista brasileiro mais reconhecido no mundo.
Começou tarde, aos vinte anos, vendendo folhetos de
cordel. Antes, trabalhou na roça, foi pintor, carpinteiro,
e pedreiro, mas lembra que aprendeu a ler e a
escrever para conseguir ler os versos de cordel.

caruaru/
O artista revela que teve que aprender a fazer as
próprias gravuras para ilustrar os seus folhetos.

http://www.flickr.com/photos/galeriadegravura/416910
Imagem: J. Borges / A chegada da prostituta no céu /
"Comecei escrevendo cordel, e precisei ilustrar o
cordel. Peguei um pedaço de madeira, plainei, ai eu fiz.
Levei na gráfica pra fazer uma prova, e vendi bem. Ai
parti para fazer o segundo. Quando eu já estava com
três ou quatro publicados, outros cordelistas pediram
desenhos pra mim. Passei cinco ou seis anos só
fazendo isso, pra ‘mim’ comer. Aí depois surgiu esse
pessoal de fora pedindo pra fazer maior." Já escreveu
e ilustrou mais de duzentos cordéis e perdeu a conta
do número de gravuras (19).

7138/
Arte NAIF
ARTE, 1º. Ano

Imagem: Mestre Vitalino / http://elainecrespo.blogspot.com/2011/07/vitalino-pereira-dos-santos-o-


mestre.html
ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

Acesse os links abaixo e amplie os horizontes dos seus educandos.

Museu virtual co Mestre Vitalino - http://www.casadomestrevitalino.com.br/

Galeria Jacques Ardies – Arte Naif - http://www.ardies.com/

Arte naif regional brasileira - http://www.youtube.com/watch?v=I4EzZLbX2uY


ARTE, 1º. Ano
Arte NAIF

Fontes de pesquisa:

-ARGAN, Giulio Carlo. Arte moderna; São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

- Arte naif regional brasileira - http://www.youtube.com/watch?v=I4EzZLbX2uY

- CHIPP, H.B. Teorias da Arte Moderna. São Paulo: Martins Fontes, 1993.

-Galeria Jacques Ardies – Arte Naif - http://www.ardies.com/

- GOMBRICH, E.H. A História da Arte. Rio de Janeiro: Editora Guanabara, 1978.

- Imagens pescadas do Google.

- Museu virtual co Mestre Vitalino - http://www.casadomestrevitalino.com.br/

- PROENÇA, Graça. História da Arte. São Paulo: Editora Ática, 1994.


Tabela de Imagens
Slide Autoria / Licença Link da Fonte Data do
Acesso
Anna Mary Robertson / Sugaring off / http://www.artexpertswebsite.com/pages/artist 07/03/2012
http://www.artexpertswebsite.com/pages/artist s/moses.php
2 s/moses.php
Henri Rousseau / Noite de Carnaval, 1886 / http://www.ricci-arte.biz/pt/Henri-Rousseau- 07/03/2012
http://www.ricci-arte.biz/pt/Henri-Rousseau- 4.htm
3 4.htm
Henri Rousseau / O Sonho, 1910 / Fotografia http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Henri_ 07/03/2012
tirada por The Yorck Project: 10.000 Rousseau_005.jpg?uselang=pt-br
Meisterwerke der Malerei. DVD-ROM,
2002. ISBN 3936122202. Distributed by
DIRECTMEDIA Publishing GmbH / GNU Free
4 Documentation License.
Henri Rousseau / Os Jogadores de Futebol,1908 http://www.ricci-arte.biz/pt/Henri-Rousseau- 07/03/2012
/ http://www.ricci-arte.biz/pt/Henri-Rousseau- 2.htm
5 2.htm
John Kane / Farm scene with three horses, 1931 http://www.all- 13/03/2012
/ http://www.all- art.org/history564_naive_art.html
6 art.org/history564_naive_art.html
Alfred Wallis / Três navios e o farol / http://www.bbc.co.uk/cornwall/art/2002_storie 08/03/2012
http://www.bbc.co.uk/cornwall/art/2002_storie s/terry_frost.shtml
7 s/terry_frost.shtml
Ivan Generalic - Bodas de veados / http://www.all- 08/03/2012
http://www.all- art.org/art_20th_century/generalic1.html
8a art.org/art_20th_century/generalic1.html
Tabela de Imagens
Slide Autoria / Licença Link da Fonte Data do
Acesso

Ivan Generalic / Veado na floresta / http://www.all- 08/03/2012


http://www.all- art.org/art_20th_century/generalic1.html
8b art.org/art_20th_century/generalic1.html
Cardosinho - Colheita do café, 1945 / http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/en 08/03/2012
http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/en ciclopedia_IC/Enc_Obras/dsp_dados_obra.cfm?c
ciclopedia_IC/Enc_Obras/dsp_dados_obra.cfm?c d_obra=11145&st_nome=Cardosinho&cd_idiom
d_obra=11145&st_nome=Cardosinho&cd_idiom a=28555
9a a=28555
Cardosinho - Sem título, 1931 / http://www.itaucultural.org.br/aplicExternas/en 08/03/2012
http://www.itaucultural.org.br/aplicExternas/en ciclopedia_ic/index.cfm?fuseaction=artistas_bio
ciclopedia_ic/index.cfm?fuseaction=artistas_bio grafia&cd_verbete=1323&cd_idioma=28555&cd
grafia&cd_verbete=1323&cd_idioma=28555&cd _item=3
9b _item=3
Luís Soares / Abacaxis / http://www.catalogodasartes.com.br/Lista_Obra 08/03/2012
http://www.catalogodasartes.com.br/Lista_Obra s_Biografia_Artista.asp?idArtista=6405&txtArtist
s_Biografia_Artista.asp?idArtista=6405&txtArtist a=Jose%20Luiz%20-
a=Jose%20Luiz%20- %20Jose%20Luiz%20Soares%20Filho
10a %20Jose%20Luiz%20Soares%20Filho
Luis Soares / Festa religiosa / http://www.catalogodasartes.com.br/Lista_Obra 08/03/2012
http://www.catalogodasartes.com.br/Lista_Obra s_Biografia_Artista.asp?idArtista=6405&txtArtist
s_Biografia_Artista.asp?idArtista=6405&txtArtist a=Jose%20Luiz%20-
a=Jose%20Luiz%20- %20Jose%20Luiz%20Soares%20Filho
10b %20Jose%20Luiz%20Soares%20Filho
Tabela de Imagens
Slide Autoria / Licença Link da Fonte Data do
Acesso

Heitor dos Prazeres – Samba de roda / http://africasaberesepraticas.blogspot.com/201 08/03/2012


http://africasaberesepraticas.blogspot.com/201 0/01/conhecendo-arte-de-heitor-dos-
0/01/conhecendo-arte-de-heitor-dos- prazeres.html
11a prazeres.html
Heitor dos Prazeres / Sarau / http://pinturanoocidente.blogspot.com 08/03/2012
11b http://pinturanoocidente.blogspot.com/
José Antônio da Silva – Fazenda, 1974 / 08/03/2012
http://www.escritoriodearte.com/listarQuadros http://www.escritoriodearte.com/listarQuadros
12a .asp?artista=26 .asp?artista=26
José Antônio da Silva – Cavalgada, 1974 / http://www.escritoriodearte.com/leilao/2009/n 08/03/2012
http://www.escritoriodearte.com/leilao/2009/n ovembro/obrasselec.asp?id=Jos%C3%A9%20An
ovembro/obrasselec.asp?id=Jos%C3%A9%20An tonio%20da%20Silva&q=
12b tonio%20da%20Silva&q=
Chico da Silva – Dragão da mata, 1979 / http://raymundo- 08/03/2012
http://raymundo- netto.blogspot.com/2010_11_01_archive.html
13a netto.blogspot.com/2010_11_01_archive.html
Chico da Silva – Galos de briga, 1973 / http://busk.com/news/lart-naif- 08/03/2012
http://busk.com/news/lart-naif- brasil?period=any&q=hoje
13b brasil?period=any&q=hoje
Djanira – Festa do Divino, 1961 / http://brasilartesenciclopedias.com.br/nacional 08/03/2012
http://brasilartesenciclopedias.com.br/nacional /djanira05.htm
14 /djanira05.htm
Tabela de Imagens
Slide Autoria / Licença Link da Fonte Data do
Acesso

Mestre Vitalino / http://onordeste.com/onordeste/enciclopediaN 09/03/2012


http://onordeste.com/onordeste/enciclopediaN ordeste/index.php?titulo=Mestre+Vitalino&ltr=
ordeste/index.php?titulo=Mestre+Vitalino&ltr= m&id_perso=124
15a m&id_perso=124
Mestre Vitalino / http://onordeste.com/onordeste/enciclopediaN 09/03/2012
http://onordeste.com/onordeste/enciclopediaN ordeste/index.php?titulo=Mestre+Vitalino&ltr=
ordeste/index.php?titulo=Mestre+Vitalino&ltr= m&id_perso=124
15b m&id_perso=124
J. Borges / Moça roubada / 09/03/2012
http://artepopularbrasil.blogspot.com/2011/01/ http://artepopularbrasil.blogspot.com/2011/01/
15c j-borges.html j-borges.html
Aécio / http://www.alamaula.com.br/s-o- http://www.alamaula.com.br/s-o-paulo/colec- 09/03/2012
paulo/colec-es-antigueedades/arte-naif- es-antigueedades/arte-naif-brasileira-de-
16 brasileira-de-aecio/481986 aecio/481986
Aécio de Andrade – Comércio na Fazenda / 09/03/2012
http://www.catalogodasartes.com.br/Lista_Obr http://www.catalogodasartes.com.br/Lista_Obr
as_Biografia_Artista.asp?idArtista=5535&txtArti as_Biografia_Artista.asp?idArtista=5535&txtArti
sta=A%E9cio%20de%20Andrade%20- sta=A%E9cio%20de%20Andrade%20-
17 %20Aecio%20Andrade
Aracy – A Feira / http://blog-do- http://blog-do- 09/03/2012
rona.blogspot.com/2011/07/feira- rona.blogspot.com/2011/07/feira-
18 vida.html#.T1pDFIEgdmo vida.html#.T1pDFIEgdmo
Tabela de Imagens
Slide Autoria / Licença Link da Fonte Data do
Acesso

Jú, 8 anos / 09/03/2012


http://www.mzv.cz/lisbon/pt/actualidades/men http://www.mzv.cz/lisbon/pt/actualidades/men
19a c_o_honrosa_da_exposic_o.html c_o_honrosa_da_exposic_o.html
Autor desconhecido/ http://andreavsavoia.blogspot.com/2008/06/r- 09/03/2012
http://andreavsavoia.blogspot.com/2008/06/r- t-e-n-f-arte-da-espontaniedade-da.html
19b t-e-n-f-arte-da-espontaniedade-da.html
Luiza Caetano / http://www.fotolog.com.br/madruga_1/790914 13/03/2012
http://www.fotolog.com.br/madruga_1/790914 41/
20 41/
Paisagem naïf de autor desconhecido, sem http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Naif00. 13/03/2012
data, possivelmente pernambucano dos anos jpg
70. Coleção de Ricardo Frantz. / Creative
21 Commons Attribution-Share Alike 3.0 Unported.
Autoretrato de H. Rousseau / Online Collection http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brookl 13/03/2012
of Brooklyn Museum; Photo: Brooklyn Museum, yn_Museum_-_Self-Portrait_-_Henri-Julien-
67.24.14.jpg F%C3%A9lix_Rousseau_called_Le_Douanier_Ro
22 usseau.jpg
Bajado , O glorioso São Jorge, 1975 / http://catalogodasartes.com.br/Lista_Obras_Bio 13/03/2012
http://catalogodasartes.com.br/Lista_Obras_Bio grafia_Artista.asp?idArtista=1312&txtArtista=Ba
grafia_Artista.asp?idArtista=1312&txtArtista=Ba jado%20(1912-1996)
23a jado%20(1912-1996)
Tabela de Imagens
Slide Autoria / Licença Link da Fonte Data do
Acesso

Bajado , O homem da meia-noite, 1976 / http://catalogodasartes.com.br/Lista_Obras_Bio 13/03/2012


http://catalogodasartes.com.br/Lista_Obras_Bio grafia_Artista.asp?idArtista=1312&txtArtista=Ba
grafia_Artista.asp?idArtista=1312&txtArtista=Ba jado%20(1912-1996)
23b jado%20(1912-1996)
Mestre Vitalino / A noiva no cavalo do noivo / http://www.ceramicanorio.com/artepopular/car 13/03/2012
http://www.ceramicanorio.com/artepopular/car uaru/caruaru.htm
24a u
24b Mestre Vitalino / http://desetattoo.blogspot.com/2011/01/mestr 13/03/2012
http://desetattoo.blogspot.com/2011/01/mestr e-vitalino.html
e-vitalino.html
25a J. Borges / Nordeste / http://rosenbaumdesign.wordpress.com/2009/1 13/03/2012
http://rosenbaumdesign.wordpress.com/2009/1 0/13/j-borges-e-a-linha-caruaru/
0/13/j-borges-e-a-linha-caruaru/
25b J. Borges / A chegada da prostituta no céu / http://www.flickr.com/photos/galeriadegravura/ 13/03/2012
http://www.flickr.com/photos/galeriadegravura/ 4169107138/
4169107138/
26 Mestre Vitalino / http://elainecrespo.blogspot.com/2011/07/vital 13/03/2012
http://elainecrespo.blogspot.com/2011/07/vital ino-pereira-dos-santos-o-mestre.html
ino-pereira-dos-santos-o-mestre.html