Sie sind auf Seite 1von 15

Deus recompensa

com abundância
e esplendor
todos aqueles
que por seu amor
ajudam o próximo
buscar a vida eterna.
As fadigas, a paciência e toda iniciativa
e preocupação que tivermos no procurar
todo o necessário para
os nossos destinatários, segundo
o evangelho, serão amplamente
recompensadas, seja agora com
dons temporais, ou seja depois com
aqueles infinitos e eternos no Paraíso.
Os prêmios que
Deus
nos prepara nesta
e na outra vida
são imensos
e preciosos.
Aqueles que o servem com amor
e fidelidade,
Deus os recompensa abundantemente
com prosperidade temporais,
com a paz do coração,
com a serenidade da alma
e com todas
as divinas
bênçãos.
Assim também,
seremos recompensados,
se tivermos cura dos pequenos e pobres
por amor do Senhor,
ajudando-os de todos os modos possíveis,
incansavelmente sem nos poupar...
...porque quando
somos solícitos e fervorosos
na caridade para com
os pobrezinhos,
igualmente será Deus
para conosco,
cumulando-nos
generosamente com
suas bênçãos
e com seus bens...
...mas, todos os bens terrenos
são um nada em confronto
ao premio com o qual Deus nos
premiará no outro mundo em
recompensa
à caridade que
aqui tivemos
para com
o próximo...
...Esta recompensa consiste
na plena alegria em ver
Deus face a face
e no participar da plenitude
de seus bens...
... e será Deus mesmo
a nossa única, suma e eterna
recompensa...
...será um viver Nele e com Ele,
da sua mesma vida divina,
gloriosa e sem fim.
A fé nos ensina que todas
estas grandes coisas nos são
preparadas no céu, porque
Deus
nos prometeu como prêmio
pelas obras de caridade
que realizamos...
Todos aqueles
que se afadigaram
na vida para ajudar
o próximo gozam
das alegrias eternas...
Assim acontecerá
também conosco, resplenderemos
mais do que o sol diante de Deus
e seremos como tantas estrelas
brilhantes por toda a eternidade.
Seremos preenchidos
de sabedoria e de capacidade
de compreender,
mais do que todos os teólogos, mais
do que todos os filósofos, mais do
que todos os sábios
deste mundo.
Em grandeza e potência
superaremos todos os reis.
Hoje por motivo da fragilidade humana,
não compreendemos a grandeza de ver e
ter Deus eternamente...

... Porém virá um tempo


em que através da fé a nossa inteligência e
o nosso coração experimentarão
plenamente as alegrias do céu.
Confortadas
e animadas pela
esperança do grande
e eterno prêmio,
que é o próprio Deus,
continuemos
a Servir o Senhor
cuidando e educando
das pobrezinhas.
Deus, oferecendo-nos o precioso
dom de nos chamar a este mais
que extraordinário ministério,
que é o serviço ao próximo,
nos deu o bilhete
premiado dos
bens eternos.
Portanto,
agradeçamo-Lo
afetuosamente e
façamos o nosso
serviço em modo
que Ele reconheça
que somos felizes em
servi-Lo, servindo
os pequenos e
pobres...