Sie sind auf Seite 1von 18

p 

  

 
     



|

   
 

  
 
    
 
    
         
!
   


 
"#  
    
$% 
 
& # #
!

'   
 ('  #

'  
   

  

| )
'   
*
 + '%      
*
 ,-  
 


  
.+/0.1234&5,,642)734&
+&42.+,21,0+&,), 
80+&10&844&,2
124359/43&2.,21404).&42
,)0,22,.2+,+02

s
 
   

     
| 8     1- :
#

  -  


   !
 

    '   
"%
 0  0 
 #    %%
 

  #   

 

 
+ ' 
     
     
 

 
     #
 <
       

 
s,-  
 4 -  
 
        
     &#
  
 ;   '
- 
  
     
¬
È  p  
  

|) # 


= 

) # 3 
= 3 


×
È   

È  (2
 -  
  

  ;>
#-  "

$ ?  !
 
' ##> 

 ; 


È    
È  (' % !
?  
     " 
   
     =
.+3)0&)

'
„        
 
   

&042)9),5,2= Política  4A3


1!
 
homem é naturalmente um animal social,
político
Zoon Politikon
;    ' ##>
|@
„        
 
   

&042)9),5,2= Política  4A3


,(
2,0A45,2,02.1,040

||

 
 
÷ 

2 43
1!
 ;   
  
    
|
a primeira causa da
agregação de uns homens a
outros é menos sua
debilidade do que um certo
instinto de sociabilidade em
todos inato;a espécie
humana não nasceu para o
isolamento e para a vida
errante, mas com uma
disposição que,mesmo na
abundância de todos os
bens, a leva a procurar o
 ÷ 

  apoio comum
|
 È   
  
   



o homem é, por natureza, animal social e político,


vivendo em multidão, ainda mais que todos os outros
animais, o que se evidencia pela natural
necessidade

|s
 È   
  
  

& %   & !



;
       '(
-;" 
| '  
= A


  
= &    + 
  
= 1  
|

p ! 
÷
 !
!
;  !
'
       !

 ;          
 -   % 
  

# !
 
# 
;   #
      
" " 
 ;     ;

%   %      
 
?       
 <

;
 


p  
3 
%(
Õ ã ã    
È ã

ã 
 

 ããÈ ãÈ
ã
 ã  ã ã  Èã

ã ã


p   

8" 


|